WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


alba

unesul bahia

uniftc






janeiro 2020
D S T Q Q S S
« dez    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

editorias


:: ‘Ilhéus’

PROGRAMAÇÃO DO CARNAVAL ILHEENSE

A folia ilheense começou neste sábado, com vários blocos e atrações como a cantora Viviane Trípode e a banda Circuito Fechado. No domingo, segundo dia da festa, a programação começa às 13 horas, com o desfile dos blocos. Quem abre é o Chap Chap, seguido pelos blocos Vonga Pescados, Advai Folia, Fiscalização, Carne de Bode, Peixe Galo e 20Comer.

Entre as bandas, os destaques do domingo de Carnaval serão Gang Cidade, Lordão e Sambágua.

O carnaval de Ilhéus vai até o dia 8, na Avenida Soares Lopes. A festa começa sempre às 13 horas.

SAMU FUNCIONA EM ILHÉUS

O Samu de Ilhéus voltou a funcionar nesta sexta-feira, 04, após uma paralisação de 24 horas. O retorno ao trabalho foi decidido em uma reunião entre representantes dos funcionários, Secretaria Municipal da Saúde e prefeito Newton Lima.

Na reunião, foi acertado que todos os servidores terão direito aos mesmos benefícios concedidos aos médicos do Samu. Ou seja, pagamento de 40% de insalubridade, 20% a mais na gratificação e melhoria nas condições de trabalho.

EM QUALQUER LUGAR DO MUNDO PODE. POR QUE NÃO EM ILHÉUS?

Aldicemiro Duarte | mirinho_estivador@hotmail.com

 

Curioso verificar que uma das regiões mais procuradas por turistas de todo o mundo convive com três grandes terminais de embarque de minério, sem que essa situação interfira em sua vocação turística.

 

O noticiário informa que a Vale irá expandir o seu terminal de embarque de minério em Mangaratiba, no sul do Estado do Rio de Janeiro, em uma região conhecida como Costa Verde. O terminal tem capacidade para movimentar 42 milhões de toneladas de minério de ferro por ano e recebe investimentos para alcançar 54 milhões de toneladas / ano em 2015.

Além da exportação de minério de ferro, Mangaratiba, um município dinâmico, está entre os mais procurados por turistas de todo o mundo, possuindo grandes condomínios e hotéis e resorts de luxo. A localização privilegiada, próxima a Angra dos Reis, Paraty e Itaguaí, favorece a atividade turística, sendo importante destacar que na região existem outros dois portos que se dedicam à exportação de minério de ferro.

Em Ilhéus, a empresa Bahia Mineração aguarda a Licença Prévia do Ibama para a instalação de um Terminal de Uso Privativo, pelo qual serão escoados 19,5 milhões de toneladas de minério de ferro/ano (menos da metade do volume embarcado em Mangaratiba). O minério virá de Caetité pela Ferrovia da Integração Oeste-Leste (Fiol), esta com as obras já iniciadas.

Um parêntese: é importante destacar que o transporte do minério de Caetité a Ilhéus seria feito por mineroduto, mas o Governo Federal entendeu que o empreendimento da Bamin seria a oportunidade de colocar em prática o antigo projeto de construir a Ferrovia Oeste-Leste. Ou seja, a iniciativa privada favoreceu e ajudou a viabilizar uma ação de alto valor estratégico para o Brasil.

Curioso verificar que uma das regiões mais procuradas por turistas de todo o mundo convive com três grandes terminais de embarque de minério, sem que essa situação interfira em sua vocação turística. Não desconsiderar também o fato de que se trata de uma região conhecida como Costa Verde e na qual a Mata Atlântica ainda preserva sua exuberância.

A convivência entre grandes portos e zonas turísticas existe em outros lugares do Brasil, como Suape (Pernambuco), que fica próximo à belíssima praia de Porto de Galinhas e ao Eco Resort Cabo de Santo Agostinho. Quem visita esses locais se encanta com a beleza e pode observar a satisfação da comunidade com a existência do terminal portuário. É um catalisador de empregos e desenvolvimento.

Há pequenas cidades na Europa onde vários portos operam com cargas diversas. Sines, em Portugal, tem uma população menor que a do bairro ilheense do Teotônio Vilela e conta com três grandes portos.

Em Ilhéus, um reduzido grupelho, cheio de interesses “por baixo do pano”, combate com ferocidade o Complexo Intermodal Porto Sul e o Terminal de Uso Privativo da Bamin. A turma tenta propagar que a infraestrutura do complexo será incompatível com o turismo e destruirá o meio ambiente. A visão é obtusa e míope, a postura é arrogante e egoísta.

Essa turma tem entre suas maiores protagonistas uma senhora que cultivava ligações bastante próximas com hoteleiros ingleses cuja área foi desapropriada pelo Governo da Bahia para a instalação do Complexo. Seus interesses, disfarçados de defesa do meio ambiente, passam por essas e outras questões, que depõem contra a seriedade do falso movimento ambientalista.

Diante de tamanha insensatez e egoísmo de quem sobrepõe mesquinhos interesses a um projeto que trará desenvolvimento para a nossa região, resta-nos um grito: Socorro!

Aldicemiro Duarte (Mirinho) é coordenador do Coeso (Comitê de Entidades Sociais em Defesa dos Interesses de Ilhéus e Região).

A GREVE DO SAMU EM ILHÉUS

Em greve desde a tarde desta quinta-feira, 03, o Samu de Illhéus recebeu determinação judicial para manter pelo menos 60% do efetivo em operação. Esse percentual foi estabelecido em liminar concedida pelo Tribunal Regional do Trabalho, em resposta a uma ação da Procuradoria Geral do Município.

Logo mais, às 15 horas, na Secretaria Municipal da Saúde, haverá reunião entre o secretário Jorge Arouca e os dirigentes do Sindicato dos Médicos e do Sinsepi (Sindicato dos Servidores Públicos de Ilhéus), que representa as demais categorias, como condutores e enfermeiros.

A briga é por uma reposição salarial de 20%, pagamento referente à insalubridade, entre outras reivindicações, para todos os funcionários do Samu. Os médicos já haviam sido atendidos nesses mesmos pleitos, porém os demais servidores não foram contemplados.

TRANSAÇÃO DIFÍCIL

GOVERNO ELEVA TETO PARA COMPRA DE IMÓVEIS COM RECURSOS DO FGTS

Os novos limites para financiamento de imóveis dentro das regras do FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço) começaram a valer nesta quinta-feira. Com isso, sobe também o teto dos imóveis enquadrados no programa Minha Casa, Minha Vida.

A Caixa Econômica já opera com os novos valores. Nos municípios com população igual ou superior a 50 mil e abaixo de 250 mil habitantes, o limite para compra dentro do Minha Casa, Minha Vida passou de R$ 80 mil para R$ 100 mil (casos de Ilhéus e Itabuna, na Bahia) para famílias com renda até R$ 3,9 mil. Para os demais municípios, o valor segue em R$ 80 mil. Informações da Folha.

— Clique aqui e confira dezenas de ofertas de imóveis em Itabuna e Ilhéus

PREFEITOS DIALOGAM SOBRE “ZONA DE CONFLITO”

A faixa de terra onde se encontram instaladas as lojas do Makro e do Atacadão, na rodovia Ilhéus – Itabuna, pode ser considerada atualmente como a área mais disputada em todo o sul da Bahia. Sabe-se que, apesar de serem “colados” na zona urbana de Itabuna, os terrenos oficialmente ficam no município de Ilhéus e é para este que converge a receita tributária oriunda do comércio ali praticado.

Itabuna, por sua vez, reivindica o território e apresenta uma série de argumentos na tentativa de evidenciar que o mesmo lhe pertence. Um deles é o de que as pessoas que vivem na área têm a cidade como referência e utilizam os serviços, inclusive os públicos, por ela oferecidos. Antigos limites, no entanto, colocam a “Faixa de Gaza” dentro do município ilheense.

A questão é objeto de estudos da Secretaria de Planejamento da Bahia e será discutida logo mais, às 10 horas, em Itabuna. O prefeito ilheense, Newton Lima, vai à casa do adversário para pregar a paz e, ao mesmo tempo, defender seu peixe.

Republicamos charge de Marcos Maurício sobre a disputa entre Newton e Nilton

 

NA PRESSÃO, SETUR LIBERA MAIS UM TRIO

O prefeito de Ilhéus, Newton Lima, imitou Caetano e cantou para Domingos Leonelli a música “Atrás do trio elétrico só não vai quem já morreu”. Newton foi atrás e conseguiu mais um trio, além do que o secretário do Turismo da Bahia já tinha prometido mandar para o carnaval ilheense.

A festa, que acontece de 5 a 8 de março na Avenida Soares Lopes, vai contar agora com três trios maiores e quatro mini-trios. A maior parte das atrações artísticas é da própria região.

NÚMERO DE HOMICÍDIOS CAI 42,1% EM CONQUISTA

O Blog do Gusmão, de Ilhéus, revela que o número de homicídios em Vitória da Conquista, no sudoeste baiano, caiu 42,1% nos dois primeiros meses deste ano em comparação com igual período de 2010.

Foram 38 assassinatos no ano passado ante 22 registrados em 2011. A cidade implementou o “Pacto pela Vida” e a população tem colaborado nas denúncias contra o tráfico de drogas (responsável por 80% dos homicídios, conforme a polícia local).

Como bem assinala o blog, fica o exemplo para as cidades de Ilhéus e Itabuna, esta última considerada a 13ª mais violenta do país, segundo dados do Instituto Sangari e Ministério da Justiça. Itabuna, com 204 mil habitantes, registrou 33 homicídios nos dois primeiros meses deste ano, o que corresponde a mais de uma morte a cada dois dias, na média.Vitória da Conquista tem 306.374 habitantes, segundo o IBGE.

Os números itabunenses foram ainda mais alarmantes em janeiro. A cidade estava há oito dias sem registro de assassinato, mas, no último domingo, dois homens foram assassinados – um deles tinha 17 anos e possuía ligação com o tráfico de drogas comprovada.

Confira mais no blog (clique aqui).

INDÚSTRIAS INVESTIRÃO R$ 120 MILHÕES EM ILHÉUS, DIZ PRESIDENTE DA ACI

Cruz: investimentos em Ilhéus.

Ilhéus receberá investimentos de R$ 120 milhões com a ampliação do parque industrial da Cargill e a construção de um parque da General Electric (GE) voltado à fabricação de equipamentos para produzir energia eólica. O anúncio foi feito pelo presidente da Associação Comercial e Empresarial de Ilhéus, Nilton Cruz, numa entrevista ao programa O Tabuleiro, da Conquista FM.

Nilton, ex-diretor da Sudic, afirma que a informação foi repassada a ele em telefonema do secretário de Indústria, Comércio e Mineração da Bahia, James Correia, e o deputado estadual Rosemberg Pinto (PT). Nesta terça (1º), foi assinado financiamento que assegura à Cargill os R$ 70 milhões para expansão da indústria no sul da Bahia. “Esse investimento vai gerar mais 100 empregos”, observou.

A GE construirá no município a fábrica de equipamentos de energia eólica. “Empresários chegarão [a Ilhéus] provavelmente após o carnaval. Já estamos buscando o terreno para instalação da indústria”, diz.

ANO LETIVO AMEAÇADO EM ILHÉUS

Alunos da rede municipal de ensino em Ilhéus estão sob ameaça de ficar com o ano letivo totalmente comprometido. Motivo: faltam professores.

Nesta terça-feira, 1º,a professora Lidney Campos, secretária da Educação no município, expôs o drama no programa Alerta Geral, apresentado por Gil Gomes na Rádio Santa Cruz.

Lidney explicou que a carência de profissionais do magistério será suprida pelo concurso público a ser realizado em meados deste mês. Ocorre que os aprovados no certame, findos os prazos legais e os recursos de praxe, somente serão convocados lá para maio. E olhe lá!

Enquanto isso, várias salas de aula estão fechadas e uma grande quantidade de crianças curtem férias prolongadas.

A PÃO E ÁGUA

O secretário do Turismo da Bahia, Domingos Leonelli, recebeu de mãos fechadas o titular ilheense da mesma pasta, Paulo Moreira. Este foi até Salvador em busca de um apoio para a realização do Carnaval de Ilhéus e ouviu o seguinte do outro lado: “só podemos disponibilizar um artista e um trio elétrico, nada mais”.

Moreira voltou triste e cabisbaixo com tamanha demonstração de avareza, mas não teve argumento que convencesse Leonelli. Nem o fato de ser correligionário do prefeito de Ilhéus e do próprio Paulo Moreira amaciou o coração do homem…

NEWTON LIMA CRIARÁ SECRETARIA DA PESCA

O prefeito de Ilhéus, Newton Lima, criará uma nova secretaria em seu governo. Segundo o gestor, ainda esta semana será enviado à Câmara de Vereadores o projeto de lei que institui a Secretaria Municipal da Pesca, com a missão de articular políticas públicas de apoio ao setor.

O anúncio foi feito na manhã desta segunda-feira, 28, quando Lima participou da abertura do 5º Fórum para o Desenvolvimento e Sustentabilidade da Pesca, evento que acontece até esta terça-feira no Clube Social de Ilhéus.

O prefeito mencionou a construção do terminal pesqueiro ilheense e observou que o projeto irá fortalecer a atividade dos pescadores que atuam no município.

INFRAERO INICIA EIA-RIMA DO NOVO AEROPORTO ILHEENSE

A Infraero iniciou este mês o Estudo de Impacto Ambiental e Relatório de Impacto Ambiental (EIA-Rima), além da elaboração do Plano Diretor do novo aeroporto de Ilhéus, que integrará o Complexo Intermodal Porto Sul. Este também irá incluir a Ferrovia da Integração Oeste-Leste, cujas obras já foram iniciadas, um porto público e o terminal de uso privativo da empresa Bahia Mineração.

A conclusão da primeira parte do EIA deve ocorrer no prazo de 120 dias e serão necessários mais 11 meses para a realização de trabalhos de campo com o objetivo de mensurar os impactos ambientais, conforme exigência do IMA (Instituto do Meio Ambiente da Bahia).

Segundo informações, a Infraero investirá R$ 1,96 milhão na elaboração do EIA-Rima e R$ 258 mil no Plano Diretor do novo aeroporto. Este deverá estar finalizado no segundo semestre de 2011 e, em seguida, será submetido à aprovação da Anac (Agência Nacional de Aviação Civil).

O início das obras do aeroporto está programado para 2013 e a conclusão deverá ocorrer no ano de 2015.

PORTO SUL: DESAPROPRIAÇÕES GERAM APREENSÃO EM ILHÉUS

Camila Oliveira | A Tarde

Apesar de ainda não estar autorizada, a  implantação do Complexo Intermodal Porto Sul preocupa moradores dos condomínios localizados na Ponta da Tulha. De acordo com relatório do Departamento de Infraestrutura de Transportes da Bahia (Derba), foram cadastradas 269 construções para desapropriação em quatro condomínios: 155 casas no Paraíso do Atlântico; 78 edificações e lotes sem construções no Barramares; 33 casas e lotes sem construções no Loteamento Vilage da Barra e três casas no Barra Nova.

Os proprietários das casas reclamam da falta de transparência e comunicação do Derba, autarquia responsável pelo processo de desapropriação. E questionam o tratamento dado aos moradores pelo órgão: “Quando os funcionários vieram fazer o cadastramento dos moradores para desapropriação, eles falavam : ‘Pode curtir o verão e o Carnaval que em abril estaremos aqui. Se não sair, o trator derruba’. Foi uma falta de respeito”, disse a professora Maria D´Ajuda.

O diretor do Derba, Saulo Pontes, explica que a intenção do Estado é evitar conflitos sociais que porventura possam ocorrer no futuro. E afirma que, apesar de a área ter sido declarada como de interesse público,  ainda não é possível informar quantos imóveis serão desapropriados.

De acordo com ele, a medida vai depender da abertura de processo licitatório para contratação de uma consultoria que vai acompanhar o projeto do porto público. “É possível que nenhuma casa seja atingida. Tudo vai depender do resultado do estudo”, disse ele.

Confira reportagem completa n´A TArde

EMBASA DEIXA PARTE DO NELSON COSTA SEM ÁGUA. MORADORES ORGANIZAM PROTESTO

Moradores do Nelson Costa, zona sul de Ilhéus, reclamam da constante falta d´água no bairro. As vítimas da Embasa, dizem, já estiveram várias vezes no escritório da companhia para reclamar, mas o problema até agora não foi resolvido.

A “seca” atinge mais de uma centena de residências situadas em vias próximas (avenida Lótus e ruas Gardênia, Hortência, Jasmim, Orquídea, Eucário Bastos e Mangueira).

A pouca sensibilidade da empresa prejudica consumidores residenciais e comerciais da localidade. A água chega sem pressão suficiente para alcançar os reservatórios. Aí, relatam as vítimas, é um corre-corre para encher pequenos vasilhames e esperar que o milagre se repita em qualquer outro dia da semana.

Indignados, os moradores ameaçam fazer protesto com baldes (vazios, logicamente!) e vassoura em frente ao escritório da empresa – onde, garantem, prestarão as devidas homenagens ao chefe da Embasa em Ilhéus, José Lavigne.

A turma tá braba, Zé!

SONS E SABORES

O Festival Sons & Sabores promete agitar Ilhéus no mês de abril, entre os dias 20 e 24, coincidindo com o feriadão da Semana Santa. Realizado pela agência de propaganda M21, com o apoio do Governo da Bahia, Bahiatursa, Prefeitura de Ilhéus, Atil e Ilhéus Convention Bureau, o evento – segundo seus organizadores – vai celebrar a diversidade cultural e gastronômica da Bahia.

Programado para acontecer no Centro de Convenções, o Festival Sons & Sabores vai reproduzir um ambiente com barzinhos, onde os participantes poderão não somente se deliciar com a culinária regional, como também aprender a preparar alguns pratos. Durante o evento, técnicos do Sebrae ministrarão oficinas de artesanato e culinária.

A programação musical será outro destaque da atividade, que terá a presença de vários artistas regionais e outros de projeção nacional.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia