WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
alba


jamile_yamaha

sintesi17

novembro 2017
D S T Q Q S S
« out    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  

editorias


:: ‘Ilhéus’

MORRE O JORNALISTA MANOEL VICTAL

Ilheense, Manoel Victal trabalhou no Notícias Populares e Última Hora

Ilheense, Victal trabalhou no Notícias Populares e Última Hora

Jornalista da época de ouro do Notícias Populares, o ilheense Manoel Victal faleceu na última quarta-feira (20), em Ilhéus. Ele estava com 80 anos. O corpo do jornalista foi enterrado ontem à tarde, no Cemitério da Vitória.

De acordo com a jornalista Karoline Vital, sobrinha de Manoel, o profissional aposentado faleceu de insuficiência cardíaca. Deixa duas filhas, Soraia e Ana Eliete, e quatro netos.

Manoel Victal começou na profissão como repórter de rádio em Ilhéus. A trajetória foi marcada por passagens em grandes jornais da época, como o Última Hora e o Notícias Populares, em São Paulo.

Já aposentado e com 68 anos, o jornalista realizou um de seus sonhos ao caminhar da Praça da Sé em São Paulo à praça homônima de Salvador, em 2005. Uma distância de 2.214 quilômetros.

A aventura  se tornou recorde mundial de caminhada solitária. O feito teve o apoio da Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj) e Sindicatos dos Jornalistas dos estados de São Paulo, Espírito Santo e Bahia, dentre outros apoios. A aventura foi repetida dois anos depois, já sem o mesmo suporte institucional e aos 70 anos de idade.

ILHÉUS: CORPO É ENCONTRADO CARBONIZADO EM FAZENDA NO JAPU

Júnior estava dormindo no quarto onde o corpo foi encontrado

Júnior dormia no quarto onde corpo foi encontrado

O corpo carbonizado em uma fazenda no Japu, em Ilhéus, pode ser o fisioterapeuta Jaime Brito Júnior, de 32 anos. Júnior, como era mais conhecido, estava residindo na fazenda da família há vários meses.

A suspeita é a de que o fisioterapeuta estava dormindo, quando ocorreu a tragédia. O caseiro da fazenda confirmou que Júnior estava dormindo no imóvel onde o corpo foi encontrado.

Peritos do Departamento de Polícia Técnica (DPT) em Ilhéus não conseguiram identificar o corpo. A confirmação será feita mediante exames de DNA ou da arcada dentária.

Júnior deixa uma filha. Os familiares do fisioterapeuta estão residindo no Centro-Oeste do País. Um caseiro da fazenda chegou a confirmar que a vítima do incêndio é Júnior.

UBER CADASTRA MOTORISTAS EM ITABUNA E ILHÉUS

Uber começa a cadastrar motorista em Ilhéus e Itabuna || Foto Divulgação

Uber começa a cadastrar motorista em Ilhéus e Itabuna || Foto Divulgação

O aplicativo de carona paga Uber entrará em operação no sul da Bahia em breve. A empresa já começou a cadastrar, nesta semana, motoristas para o serviço em Ilhéus e em Itabuna .

O cadastramento é feito pela internet, no site da empresa. O pagamento pelas viagens é feito diretamente à empresa e a transferência de valores para o motorista-parceiro é feita semanalmente, de acordo com a empresa. Isso, quando o cliente não paga a corrida em espécie.

CLIENTES

Para usar o serviço, o cliente precisa se cadastrar no aplicativo. O dispositvo deve ser baixado em smartphone. Depois, é só informar a origem e o destino da “corrida”. O App acionará o motorista mais próximo. O aplicativo também informa o valor aproximado do percurso. O pagamento pode ser feito em cartão de crédito ou débito ou em dinheiro.

__________
tirulipa
__________

JACARÉ DE UM METRO E MEIO É RESGATADO NO VILELA, EM ILHÉUS

Corpo de Bombeiros resgata Jacaré em Ilhéus

Corpo de Bombeiros resgata Jacaré em Ilhéus|| Foto Corpo de Bombeiros

Homens do Corpo de Bombeiros em Ilhéus resgataram na segunda-feira (19) um jacaré-de-papo-amarelo, que desde o início do ano assustava moradores do bairro Teotônio Vilela. Segundo os Bombeiros, o animal mede cerca de um metro e meio de comprimento e foi retirado de uma rede de esgoto que corta o bairro.

O jacaré foi levado para uma lagoa numa região conhecida como Lava-Pés, onde ficará sob observação de técnicos do Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema). O animal foi visto pela primeira no Teotônio Vilela no início de maio deste ano. De acordo com moradores, quase sempre ele aparecia em lugares de intenso fluxo de pessoas.

JORNALISMO PERDE ROBERTO RABAT

Roberto Rabat numa entrevista ao Pimenta em 2009, quando completou 40 anos de jornalismo

Rabat durante entrevista ao completar 40 anos de jornalismo || Foto Pimenta

A blogosfera regional perdeu o pai. O jornalismo ficou sem uma de suas principais referências. Roberto Rabat Chame, de 62 anos, nos deixou às 16h45min desta quinta (14). O fundador do primeiro blog sul-baiano, o R2Cpress, faleceu após sofrer um infarto e ficar internado por mais de 20 dias no Hospital de Ilhéus.

O menino-repórter começou no jornalismo aos 13 anos. Estreou como repórter da Rádio Cultura de Ilhéus. Depois, migrou para o jornalismo impresso e fez história no webjornalismo baiano com o site R2Cpress, daí o apelido de Pai da Blogosfera regional. O R2Cpress foi fundado em 2003.

O corpo do jornalista está sendo velado no Necrotério Santa Isabel, ao lado do Fórum Epaminondas Berbert de Castro, na Cidade Nova. O enterro está marcado para as 16h30min, no Cemitério da Vitória.

Um pouco dos 48 anos de jornalismo de Rabat pode ser conferido numa entrevista que ele concedeu ao PIMENTA em 2009, ano em que o Rei da Arubumba completou quatro décadas de profissão.

A entrevista traduz bem o espírito de Rabat, um grande ser humano, um grande profissional e grandes histórias. Fala do começo no jornalismo, do R2Cpress e de como incendiava Ilhéus com sua Arubumba – ou o Marimbondo (reveja aqui).

Frases de Rabat

Parece que eu nasci pra fazer reportagem. Ninguém acreditava, cara.

Peço a Deus que chegue o tempo em que a coisa seja verdadeira, que não exista tanta safadeza, tanta mentira, que o político deixe de enganar.

Rapaz, eu achava rádio interessante. O pessoal lá de casa ficava escutando e eu achava o maior barato aquela caixa e todo mundo prestando atenção.

Quando saía da rádio, eu ia pro Diário da Tarde e ficava olhando aquelas máquinas de linotipo. Aquilo parecia Disneylândia. Rapaz, eu ficava fascinado com aquele negócio.

MARINHA ALERTA PARA VENTANIA E ONDAS DE 4 METROS NO SUL DA BAHIA

Com ressaca do mar, ondas podem chegar a 3 metros de altura em Ilhéus || Foto Pimenta

Com ressaca do mar, ondas podem chegar a 3 metros de altura em Ilhéus || Foto Pimenta

O Comando do 2º Distrito Naval da Marinha do Brasil emitiu alerta de mau tempo para o sul da Bahia. As ondas podem chegar a até 4 metros de altura e os ventos a 61 km/h, segundo o Distrito Naval.

Com base em informações do Centro de Hidrografia, a Marinha informou que as ondas podem chegar a 3 metros de altura em Ilhéus por causa da ressaca. O alerta vale para até esta quarta (13).

A INVASÃO DOS SAPOS

Gerson Marques artigosGerson Marques

 

O desespero já tomava conta de todos, sem verem uma saída para tamanha tormenta, quando um garoto de pouco mais de 12 anos, de nome Catussadas, fez uma singela pergunta, tão simples e inteligente, que nela mesmo continha a resposta e a solução.

 

 

Quando o castelhano Filipe de Guillen chegou aqui, fazia três anos que tinha começado a praga dos sapos. Nestes tempos, viviam em Ilhéus umas oitenta almas – índios e negros não contavam – em umas doze moradias, quase todas no Outeiro de São Sebastião e em três engenhos de cana de açúcar. Eram habitações muito rústicas, feitas de madeira, pedra, barro e palhas.

A pequena igreja de Nossa Senhora e a Casa dos Padres eram as edificação mais importante da Vila, feitas em adobe ajuntado por uma espécie de cimento com areia, pó de conchas e óleo de baleia. Não existia nem um padre morando por aqui, já que não restou um vivo na cidade depois que começou a praga dos sapos. O último, Manoel de Andrade, havia morrido queimado na Santa Fogueira da Inquisição, depois de enlouquecer atormentado com a invasão dos anfíbios batráquios, como explicou Tertulino Alvarenga, o coroinha da Paróquia, que naqueles tempos era única autoridade eclesial da comunidade.

Segundo o relatado na missiva mandada ao Rei D. João III, em 1539, por Filipe Guillen, a Vila era o lugar mais parecido com o inferno que ele podia imaginar, se não fosse aqui o próprio Hades. Ilhéus nesta época vivia uma desolação completa, tomada por uma praga de sapos que invadiu todos os lugares, casas, ruas, igreja, plantações e todo espaço possível. A perturbação era potencializada pelo enorme barulho do coaxar incessante, dia e noite, capaz de enlouquecer até um monge tibetano. O único lugar da cidade que não tinha sapos era a praia.

Essa tragédia teria começado quando o fidalgo português João de Tiba aportou na Vila vindo de Portugal em uma nau muito avariada depois de quatros meses e doze dias de navegação, errante pelo Atlântico. Seu destino era a Capitania de Porto Seguro, onde o donatário Pedro Tourinho teria lhe ofertado uma enorme sesmaria. Trazia na bagagem, entre as coisas que pôde salvar – já que metade dos pertences foram jogados ao mar para aliviar o peso e evitar naufrágio certo -, uma gaiola onde mantinha um rebanho de sapos, trinta fêmeas e seis machos, que, segundo João de Tiba, seria muito útil para comer besouros e todo tipo de inseto que infestavam as terras ainda virgens do Brasil.

Deixando sua carga mal arrumada no improvisado porto da Vila de São Jorge dos Ilhéus, enquanto consertava sua nau, João de Tiba teve sua gaiola de sapos surrupiada pelos moleques que viviam de mariscarem pelo cais. Desta galhofa, terminou que os sapos fugiram e passaram a habitar um brejo mal cheiroso que existia na altura de onde hoje é a Praça Cairu, no centro da cidade. Deste brejo infestado de mosquitos, os sapos se proliferaram de tal maneira que apenas um ano após a malfadada passagem de João de Tiba, a pequena Vila foi tomada por uma sapaiada dos infernos, tornando a vida aqui um suplício.

Um ano antes de sua trágica morte, o padre Manoel Andrade fechou a igreja, entregando-a em definitivo aos sapos, principalmente depois que, no Domingo de Páscoa, os fiéis foram servidos com vinho de um barril infestado de anfíbios, causando febre e dores intestinais em todos. Dizem até que, deste acontecimento, nasceu a expressão “engolindo sapos”.

O padre Manoel de Andrade foi o último de um grupo de cinco padres jesuítas que chegaram a Ilhéus por volta de 1536. Destes, dois foram comidos por Botocudos quando catequizavam na região do Gongogi. Outro morreu afogado em um naufrágio com a canoa que viajava afundando em uma tormenta na foz do Itaípe. Do quarto, corre a história de que teria se achamegado com uma índia e sumido para dentro da floresta, e de quem nunca mais se teve notícias.

Assim, só restou Manoel de Andrade, lusitano de nascimento, da cidade de Aviedo. Ordenado padre no famoso Seminário Nossa Senhora da Conceição na cidade do Porto, chegou ao Brasil ainda novo. Aqui, três anos depois teria sido acometido da loucura dos sapos para uns. Ou possuído pelo diabo, para outros – no caso, os inquisidores da Igreja.

Fato é que o padre Manoel estava cada vez mais esquisito nos últimos tempos, atormentado pelo coaxar incessante de milhares de sapos, dia e noite. Sem conseguir dormir nem comer, foi definhando a cada dia, passava a vida trancado em um minúsculo quarto, em rezas e penitências. Tinha certeza de que sua vida de pastor em Ilhéus era um castigo divino, por ter na infância cometido, de forma excessiva, o pecado da masturbação.

Os sinais da loucura, porém foram se apresentando aos poucos. Quando rezava uma missa, foi tomado por uma súbita crise, agarrando um sapo que repousava sobre a imagem de Nossa Senhora e o devorando vivo, para horror dos fiéis. Tempos depois, criou uma campanha para coletar sapos em troca de bênçãos que, acumuladas em certa quantidade, permitiriam ao fiel, em sua morte, ascender diretamente aos céus sem a necessária passagem pelo purgatório. Chegou a fazer uns escritos: “Duzentos sapos, morte tranquila,; trezentos sapos, morte assistida por anjos; mais de quatrocentos, passagem direta para o céu ao lado de Deus”.

O caso entrou para história da Igreja como a venda de indulgência por sapos. Assim, foi denunciado ao Conselho da Inquisição. Terminou condenado, por heresia, à pena de perder a batina e morrer queimado em uma fogueira. Levado em maio para Portugal, em um galeão da Marinha Real, foi queimado em dezembro de 1539.

Clique no link para ler a íntegra :: LEIA MAIS »

MOTORISTA “VALENTÃO” E AMIGO AGRIDEM AGENTE DE TRÂNSITO, APÓS INFRAÇÃO

Agente mostra marcas da violência sofrida enquanto trabalhava || Imagem Secom-Ilhéus

Agente mostra marcas da violência sofrida enquanto trabalhava || Imagem Secom-Ilhéus

O agente municipal de trânsito Antônio de Souza Brito, lotado na Superintendência de Transporte e Trânsito (Sutran) de Ilhéus, prestou queixa na 7ª Corpin, após ter sido agredido na última sexta-feira (1°), na Rua Sete de Setembro, Centro, enquanto trabalhava.

De acordo com o boletim de ocorrência, o agente exercia suas funções e notificava o Fiat Pálio, placa NYI 4528, por este estar obstruindo a via pública e provocando grande engarrafamento no local.

O motorista não gostou da cobrança do cumprimento da lei. Após retirar o veículo da área, ele retornou minutos depois, acompanhado de um amigo, e desferiu socos e chutes no agente, que ainda estava, de costas, concluindo o preenchimento do auto de infração.

A vítima teve hematomas no olho esquerdo e passou por exame de corpo delito. Um inquérito sob a responsabilidade do delegado Evy Paternostro está sendo conduzido na 7ª Corpin. A direção da Sutran disse hoje (6) que está acompanhando o processo e cobrará das autoridades a punição do culpado.

O prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre, condenou o uso da violência contra um agente público e disse que a Prefeitura não vai tolerar ações deste nível e que irá até as últimas consequências, seja no âmbito policial, quanto no âmbito da justiça, para garantir o direito e a segurança dos seus servidores, quando estes estiverem atuando em defesa dos interesses da coletividade.

TPI FARÁ AUDIÇÃO DE ELENCO PARA NOVO ESPETÁCULO

Teatro Popular fará audição de elenco para montagem de espetáculo

Teatro Popular fará audição de elenco para montagem de espetáculo

O grupo Teatro Popular de Ilhéus (TPI) anunciou nesta segunda-feira (4) a realização de uma audição de elenco para o seu novo espetáculo, com estreia prevista em novembro e direção assinada por Romualdo Lisboa.

O novo espetáculo fará parte da Trilogia da Guerra, projeto que  conta exclusivamente com o financiamento do público teve como primeira montagem “Os fuzis da senhora Carrar”, de Bertolt Brecht.

Os interessados em participar da seleção têm até o próximo sábado (9) para preencher formulário online, disponível na página www.teatropopulardeilheus.com.br.

Após isso, os pré-selecionados serão contatados pelo grupo e convocados para a audição na noite de terça-feira (12), na Tenda Teatro Popular de Ilhéus, na Avenida Soares Lopes.

Apenas as pessoas que preencheram o formulário e foram contatadas poderão participar do evento, segundo a direção do TPI. A participação na pré-seleção é aberta para homens e mulheres, incluindo não atores, com idade mínima de 18 anos.

TEATRO POPULAR DE ILHÉUS 

Fundado em 1995, por Équio Reis, o TPI mantem atividades ininterruptas ao longo de seus 22 anos.  Em seu portfólio, possui mais de 40 espetáculos estreados e participações em festivais nacionais e internacionais de Teatro, com indicações aos prêmios Shell e Braskem.

Atualmente, o grupo, também administra o espaço cultural Tenda Teatro Popular de Ilhéus e é apoiado financeiramente pelo Programa Ações Continuadas a Instituições Culturais, iniciativa da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (SecultBA) através do Fundo de Cultura da Bahia (FCBA).

CURSO DE MEDICINA DA UESC É UM DOS 20 MELHORES DO BRASIL, APONTA MEC

Curso de Medicina da Uesc entre os melhores

Curso de Medicina da Uesc entre os melhores

O curso de Medicina da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) obteve nota 3,5922 pontos e conceito 4, numa escala de zero a 5 pontos no Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade) 2016. A instituição ficou na 13ª colocação no “Conceito Enade” divulgado na sexta-feira (1ª) pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), do Ministério da Educação (MEC).

O curso de Medicina da Uesc foi segundo mais bem avaliado no Nordeste, atrás apenas da Universidade Estadual do Ceará (Uece), que ficou com conceito 5 no Enade e nota 3,9851 pontos. Na Bahia,  a Uesc teve o melhor resultado entre instituições públicas e privadas,  conforme apurou o PIMENTA.

Outra instituição pública que também apresentou bom resultado no curso de Medicina foi a Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb), campus de Vitória da Conquista, com conceito 4 (nota 3,5273 pontos). Entre os 20 melhores cursos aparece ainda a Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública (EBMSP), de Salvador, com Conceito Enade 4 (3,497 0 pontos).

O curso de Medicina da Universidade Federal da Bahia não ficou entre os 20 melhores do País, mas foi bem avaliado, com nota 2,9986 e conceito 4. Como se percebe, a diferença na classificação deve-se aos décimos. As notas são arredondadas pelo MEC.

No topo da lista no país ficou o curso de Medicina da Universidade Federal de Viçosa (UFV), de Viçosa, em  Minas Gerais, com Conceito Enade 5 (4,8308 pontos). O Enade avalia o conhecimento, competência e habilidades dos estudantes. A nota varia de zero a 5 pontos.

COMO É FEITA A AVALIAÇÃO

O Enem é composto de 40 questões, divididas em duas partes: Formação Geral (FG) e Componente Específico (CE). A primeira tem dez questões, sendo oito de múltipla escolha e duas discursivas, que contempla temas como sociodiversidade, biodiversidade, globalização, cidadania e problemas contemporâneos.

Essas perguntas equivalem a 25% da nota da prova. A segunda visa aferir as competências, habilidades e o domínio de conhecimentos necessários para o exercício da profissão e é composta por 30 questões, sendo 27 questões de múltipla escolha e três discursivas, o que equivale a 75% da nota da prova.

 

POLÍCIA APREENDE 152 QUILOS DE COCAÍNA QUE SERIAM DISTRIBUÍDOS EM ILHÉUS E JEQUIÉ

Força-Tarefa prende casal que transportava drogas para Ilhéus

Força-tarefa prende casal que transportava drogas para Ilhéus|| Foto divulgação/SSP-BA

Uma operação em conjunto entre a Secretaria da Segurança Pública da Bahia e Polícia Militar de Goiás resultou na apreensão  de 152 kg de cocaína em Contendas do Sincorá, na Bahia, e na capital de Goiás, na manhã deste sábado (2). Quatro traficantes foram presos e relataram que os destinos da droga seriam as cidades de Ilhéus e Jequié.

Além da cocaína, dois veículos utilizados pela quadrilha foram também localizados. As ações foram iniciadas na cidade baiana e durante abordagem a um veículo modelo Ford KA as equipes encontraram 16,5 quilos da droga. Após depoimento do casal de traficantes que estava no carro os policiais montaram uma campana e pegaram um veículo modelo Doblô com mais 25kg que vinha na sequência.

Droga seria distribuída em Ilhéus e Jequié

Droga seria distribuída em Ilhéus e Jequié||Foto divulgação da SSP-BA

O casal informou que a maior parte da droga estava em uma casa na cidade de Goiânia.  “De imediato pedimos o apoio da Polícia Militar de Goiás, com quem temos ótimo relacionamento por conta das ações integradas de combate a roubos de bancos”, explicou o coordenador da Força Tarefa da SSP, major Marcelo Barreto.

Mais de 100 quilos de cocaína apreendidos em Goiás

Mais de 100 quilos de cocaína apreendidos em Goiás

O oficial contou que na residência foram encontrados mais 110,5 kg de cocaína e capturado outro traficante. “Seguimos firme com o propósito de combater as organizações ligadas ao tráfico. Ficamos tristes, por outro lado, em saber que muita gente na Bahia usa drogas enriquecendo essas facções. É preciso também conscientizar sobre o prejuízo do consumo e tratar quem já esta entregue ao vício”, finalizou.

A droga apreendida na Bahia e os traficantes foram apresentados na Delegacia da Polícia Federal de Feira de Santana.

ESTUDANTES TÊM AULA DE HISTÓRIA NAS RUAS DO CENTRO DE ILHÉUS

Alunos têm aula de história em excursão em Ilhéus || Fotos Karoline Vital

Alunos têm aula de história em excursão em Ilhéus || Fotos Karoline Vital

A turminha do segundo ano do Ensino Fundamental I da Escola e Brinquedoteca A Casa Amarela teve uma aula de história diferente. Para aprender mais sobre Ilhéus, as crianças participaram de uma breve excursão pelo Centro da cidade, guiada pelo historiador Moisés Alves. A atividade extraclasse, neste semana, proporcionou aos estudantes vários dos principais monumentos da cidade, sob a supervisão da diretora pedagógica Sara Lemos, da diretora administrativa, Gabriela Puentes, e da professora Rossane Sales.

O primeiro ponto de parada da excursão foi o Outeiro de São Sebastião, local onde os colonizadores portugueses fundaram a Vila de São Jorge dos Ilhéus, em 1536. No Mirante do Canhão, as crianças ouviram do professor Moisés Alves como se deu a ocupação do local pelos homens brancos, seus conflitos com os indígenas locais e ataques de piratas franceses.

Os estudantes, na sequência, visitaram a Igreja de São Jorge, construção mais antiga do centro histórico, datada do final do século XVII, e foram a pé ao Palácio Paranaguá, onde viram fotografias antigas e quadros dos ex-prefeitos da cidade, no Salão Nobre. O grupo seguiu para a Praça J.J. Seabra, onde contemplou as esculturas em mármore de Carrara de Sapho e do Inverno.

Excursão leva estudantes a conhecer história e patrimônio de Ilhéus

Excursão leva estudantes a conhecer história e patrimônio de Ilhéus

Com direito à parada para pipoca na Rua Jorge Amado, os alunos da Casa Amarela foram recebidos pelo ator José Delmo, no Teatro Municipal de Ilhéus. O artista contou uma breve história sobre os mitos fundadores da região. Os pequenos curiosos visitaram ainda a I Exposição Filatélica “Viagem no Mundo dos Selos”, realizada pelos Correios e Secretaria Municipal de Cultura. E, após passarem pela Catedral de São Sebastião, os estudantes concluíram o passeio com pose para foto no letreiro turístico de Ilhéus.

Para a diretora pedagógica da Casa Amarela, Sara Lemos, a excursão oportunizou aos alunos a terem uma visão diferente sobre a cidade. “Em sala de aula, buscamos sempre incentivar a curiosidade e a vontade de aprender. Mas, através da interação com os locais e os monumentos, eles puderam vivenciar a história e construir um novo olhar sobre o que Ilhéus representa”.

Excursão ao Centro Histórico Casa Amarela 29-08-17 - foto Karoline Vital (6)

ILHÉUS TEM PLANTÃO NESTE SÁBADO PARA VACINAR CONTRA O VÍRUS HPV

Secretária de Saúde de Ilhéus destaca a importância da vacina

Secretária de Saúde de Ilhéus destaca a importância da vacina

A Secretaria de Saúde de Ilhéus (Sesau) faz neste sábado (2) um plantão de vacinação contra o HPV (Human Papiloma Virus) destinado a homens e mulheres na faixa etária de 15 a 26 anos. A ação ocorrerá no Calçadão Marquês de Paranaguá, em frente ao INSS, e também no Terminal Rodoviário Urbano, no centro da cidade, das 8 às 12 horas.

Outra equipe do plantão vai atender no Centro de Convenções de Ilhéus, durante a campanha de Rastreamento do Câncer de Mama, também no sábado. Quem for se vacinar deve levar a carteira de vacinação.

Segundo a coordenadora de Imunização da Sesau, Walkiria Cardeal, a atividade cumpre determinação do Ministério da Saúde e da portaria do Sistema Único de Saúde (SUS), e faz um alerta: “Apesar de todos esses esforços, as coberturas vacinais continuam abaixo da meta preconizada de 80%. Temos realizado, anualmente, campanhas de divulgação na mídia sobre a importância da vacina HPV e vários materiais educativos foram elaborados com esse objetivo”.

Já a secretária de Saúde, Elisângela Oliveira, informou que na sede as vacinas já estão sendo disponibilizadas, durante toda a semana, nos postos de saúde. “Os adolescentes que estão nestes dois grupos devem procurar as unidades e postos de saúde municipais para regularizarem estas vacinas. Aos pais, pedimos que incentivem seus filhos. Vamos cuidar da saúde dos nossos adolescentes e a participação da família é de grande importância para o sucesso desta campanha”, destacou Elisângela.

PREVENÇÃO CONTRA O CÂNCER

Desde que ampliou a faixa etária de vacinação de HPV pelo SUS, a secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab) intensificou a campanha de chamamento junto ao público jovem. Para meninos na faixa etária de 11 a 13 anos e meninas de 9 a 14 anos, a vacina deve ser mantida com duas doses, sendo aplicadas com intervalo de seis meses.

A vacina HPV Quadrivalente é segura, eficaz e é a principal forma de prevenção contra o aparecimento do câncer do colo de útero, 4ª maior causa de morte entre as mulheres no Brasil. Nos homens protege contra os cânceres de pênis, orofaringe e ânus. Além disso, previne mais de 98% das verrugas genitais, doença estigmatizante e de difícil tratamento.

NAZAL QUESTIONA ESTIMATIVA E RELEMBRA EQUÍVOCOS DO IBGE EM CENSOS

Nazal questiona estimativa feita pelo IBGE para Ilhéus || Foto Maurício Maron

Nazal questiona estimativa feita pelo IBGE para Ilhéus || Foto Maurício Maron

O vice-prefeito e secretário de Planejamento de Ilhéus, José Nazal, emitiu nota pública para questionar a estimativa populacional divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE) sobre o município. Nazal observa que a redução pode afetar Ilhéus na atração de investimentos.

Nazal observa equívocos dos últimos censos feitos pelo IBGE em Ilhéus. “No ano 2000, a população do bairro da Conquista era de 22.045 habitantes e o bairro possuía 5.703 domicílios. Já em 2.010, o mesmo bairro possuía 6.379 domicílios e registrava apenas 18.892 habitantes. Então, segundo o IBGE, ao tempo em que o número de residências cresceu 11%, houve uma redução da população em torno de 15% por cento. Portanto, o IBGE nunca conseguiu explicar razoavelmente os dados relevantes e incongruentes, constantes do censo do ano 2000”.

Confira a nota, na íntegra.

NOTA PÚBLICA

Os números projetados e divulgados ontem pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), instituição nacional responsável pela guarda, controle e contagem da população brasileira, mais uma vez mostraram o crescimento populacional negativo no município de Ilhéus.

Chama a atenção da opinião pública, especialmente dos ilheenses, a significativa diminuição populacional ocorrida no município entre as contagens do Censo de 2000 e o de 2010.

Há sete anos, representando Ilhéus na Comissão de Geografia e Estatística, fui informado pelo coordenador que a projeção que estava sendo feita, com base nos dados levantados até aquele momento, daria ao município algo em torno de 185 mil habitantes, o que se comprovou com o registro oficial de 184.236 habitantes.

A perplexidade ocorreu ao compararmos aqueles números com os do Censo de 2000, que identificou uma população de 222.127, ou seja, 37.891 habitantes a menos, num período de 10 anos.

Por conta desta significativa diferença, auditores do IBGE fizeram uma aferição nos dados coletados entre os censos, quando se verificou que, em várias localidades do município, especialmente na zona rural, o número de domicílios e de habitantes contados era inferior ao que havia sido coletado pelo mesmo Instituto, no ano 2000. Por razões que desconhecemos, os números do censo do IBGE do ano 2000, irreais, superestimaram a nossa população.

No ano 2000, a população do bairro da Conquista era de 22.045 habitantes e o bairro possuía 5.703 domicílios. Já em 2.010, o mesmo bairro possuía 6.379 domicílios e registrava apenas 18.892 habitantes. Então, segundo o IBGE, ao tempo em que o número de residências cresceu 11%, houve uma redução da população em torno de 15% por cento. Portanto, o IBGE nunca conseguiu explicar razoavelmente os dados relevantes e incongruentes, constantes do censo do ano 2000 e que, a partir desse logro, vem gerando desdobramentos igualmente desacreditados, contrariando a lógica, a matemática e a percepção geral.

É considerando os números do ano 2000/2010, e utilizando os vetores resultantes desses levantamentos, que o IBGE vem fazendo a cada ano essas projeções, chegando a uma estimativa da população do município. Ora, se o vetor 2000/2010, revela decréscimo demográfico, atribui-se o mesmo declínio aos anos subsequentes, alheio às possibilidades de estagnação do decréscimo, ou mesmo reversão do vetor. Assim, a população de Ilhéus continuará definhando, mesmo que não seja verdade, até que um novo censo populacional seja efetuado.

Outros sintomas, como o aumento do número de domicílios e a quantidade expressiva de novas construções, além do considerável crescimento da “mancha urbana”, são fatos incontestáveis e que contrariam as projeções do IBGE. Ou seja, a incongruência se evidencia, mais uma vez: enquanto o município se expande e a população decresce.
Oficializamos a reclamação de Ilhéus no escritório do IBGE na Bahia, à metodologia questionável do Censo de 2000. Uma demanda jurídica para anulação do referido censo chegou a ser cogitada, mas demonstrou-se inviável, pois seria demasiadamente longa e os efeitos buscados se perderiam.

A título de esclarecimento, os novos números apresentados não representam nenhum tipo de prejuízo financeiro direto, mas, eventualmente, podem gerar consequências danosas nas avaliações sobre o nosso município, conquanto a prováveis investimentos pelos quais nos empenhamos diuturnamente, mas cujo decréscimo populacional pode vir a representar um dado desestimulante.

Por isso, em que pese a queda nos índices populacionais, faz-se necessário informar que Ilhéus se manteve com uma boa margem de segurança na faixa de transferências constitucionais a que teríamos direito, sobretudo o Fundo de Participação dos Municípios (FPM).
Externo as minhas convicções de que esse erro será desmistificado em 2020 – quando está previsto a realização de um novo Censo Demográfico Nacional – e a verdade restabelecida.

Ilhéus, 31 de agosto de 2017

José Nazal Pacheco Soub
Vice-prefeito e secretário municipal de Planejamento e Desenvolvimento Sustentável

FESTIVAIS SÃO DESTAQUES NA PROGRAMAÇÃO DO TPI EM SETEMBRO

Tenda do TPI divulga programa de setembro || Foto Lucas Vitorino

Tenda do TPI divulga programa de setembro || Foto Lucas Vitorino

Saiu a programação de setembro da Tenda Teatro Popular de Ilhéus. Os destaques são os festivais Latino-Americano de Teatro da Bahia (Filte) e Sonora – Ciclo de compositoras.

Realizado em Salvador e Ilhéus, o Filte acontece na Tenda nesta sexta (1º) e sábado (2), às 20h, com apresentação do espetáculo Os fuzis da senhora Carrar, do Teatro Popular de Ilhéus (TPI). O ingresso, que pode ser adquirido na bilheteria do espaço cultural, custa R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia). A classificação indicativa é 14 anos.

Surgido a partir de um movimento internacional na internet, o Sonora reunirá mulheres criadoras do sul da Bahia nos dias 15 e 16, com a realização da Oficina gratuita Corpo e Mandinga (9h), por Evani Tavares, e shows de diversas compositoras (19h), além do Bazar das Comadres. :: LEIA MAIS »

SESC INVESTIRÁ R$ 20 MILHÕES NA CONSTRUÇÃO DE CLUBE E ESCOLA EM ILHÉUS

Presidente da Fecomercio confirma a Marão construção de clube-escola do Sesc em Ilhéus

Presidente da Fecomercio confirma a Marão construção de clube-escola do Sesc em Ilhéus

O Serviço Social do Comércio (Sesc) vai investir R$ 20 milhoes na construção de um clube-escola no quilômetro 5 da Rodovia Ilhéus-Itacaré (BA-001), segundo garantiu o presidente da Federação do Comércio (Fecomercio), Carlos Andrade, em audiência com o prefeito Mário Alexandre (Marão). O equipamento terá escola do ensino fundamental, piscinas, quadras e quiosques. O prazo de conclusão da obra será de cinco meses.

O equipamento, na zona norte de Ilhéus, ocupará área de 50 mil metros quadrados e será destinado aos filhos dos comerciários de toda a região cacaueira. Para dar inicio à obra, só depende apenas de alguns trâmites legais, “mas nada impeditivos”, segundo o prefeito.

“A construção vai começar logo”, garantiu. Mário Alexandre destacou a importância do investimento, que será destinado ao atendimento de lazer, cultura, esporte e saúde para os comerciários do sul da Bahia, em especial os de Ilhéus

“Quando falamos comerciários, estamos nos referindo aos trabalhadores do setor do Turismo, de prestação de serviços médicos, da educação, da central de abastecimento. Trata-se e um equipamento que tem o objetivo de promover a socialização e envolve muita gente, muitas famílias serão beneficiadas”, destacou.

ITABUNA E ILHÉUS FORA DO RANKING DOS 30 MELHORES ÍNDICES SOCIOECONÔMICOS

Itabuna e Ilhéus

Itabuna e Ilhéus ficam atrás de Itagibá no ranking socioeconômico|| Foto José Nazal

Itabuna e Ilhéus ficaram atrás de municípios como Itagibá, Mucuri, Eunápolis, Porto Seguro e Jequié e não estão entre os 30 primeiros colocados no ranking socioeconômico atualizado pela Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI). Os dados foram divulgados nesta quarta-feira (30).

A SEI traz o resultado do Índice de Performance Socioeconômica dos Municípios Baianos (IPESE) referente a 2014. O levantamento aponta Mata de São João com melhor resultado, com indicador de 0,844 décimos, numa escala de zero a um ponto. O município registrou desempenho “muito alto” (1,000 ponto) na dimensão economia e finanças, “alto” (0,861) na Educação e desempenho “médio” (0,672 décimos) na Saúde.

No extremo sul, Eunápolis foi o município com melhor desempenho, na 13ª colocação, com indicador IPESE de 0,765 décimos. Em seguida aparece Porto Seguro, na 14º posição, com 0,763 décimos.  Outro município daquela região bem avaliado é Mucuri, que ficou na 22ª colocação, com indicador de 0,731 décimos.

SUL DA BAHIA

Itagibá ficou entre os 30 municípios com melhores indicadores econômicos

Itagibá ficou entre os 30 municípios com melhores indicadores econômicos em 2014

O único município do sul da Bahia no ranking é Itagibá, na 24ª posição, com indicador de 0,726 décimos. O município registrou o 7ª melhor resultado na dimensão finanças e economia, com 0,910 décimos. No sudoeste baiano, Jequié foi o município com melhor desempenho, na 28ª colocação, com indicador IPESE de 0,721 décimos.

Os dados mostram que Ilhéus teve o seu melhor resultado na dimensão economia e finanças, com 0,864 décimos. O município ficou na 13ª colocação quando considerado somente esse indicador.  Itabuna aparece bem atrás de Ilhéus, na 27º posição na dimensão economia e finanças, com  0,791 décimos.

Quando são excluídos os municípios com menos de 100 mil habitantes, Itabuna e Ilhéus aparecem na 7ª e 9ª posições no indicador IPESE. O levantamento mostra também que a performance socioeconômica de Itabuna melhorou entre 2010 e 2014, passando de 0,676 para 0,717 décimos. Houve evolução também em Ilhéus, com o indicador subindo de 0,631 para 0,703 no período de quatro anos.

De acordo com a SEI, o indicador foi elaborado com a finalidade de ser um instrumento de monitoramento e avaliação de políticas públicas, medindo a oferta e a qualidade com que um município oferece certos serviços básicos a população.

IBGE: ITABUNA ATINGE 221 MIL HABITANTES; ILHÉUS REGISTRA NOVA QUEDA

Itabuna tem mais de 221 mil habitantes; Ilhéus cai para 176 mil moradores

Itabuna tem mais de 221 mil habitantes; Ilhéus cai para 176 mil moradores

Maior município do sul da Bahia em número de habitantes, Itabuna manteve ritmo de crescimento populacional nos últimos 12 meses. Já Ilhéus, continua em queda acentuada, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE).

O órgão federal divulgou hoje (30) as novas estimativas populacionais. Os números são utilizados para definir políticas públicas e repasses constitucionais, a exemplo do Fundo de Participação dos Municípios (FPM), principal fonte de receita da maioria dos municípios brasileiros.

Segundo o IBGE, Itabuna chega a 221.046 habitantes. Eram 220.386 no ano passado. Com esse ritmo, caiu da quinta para a sexta posição dentre os mais populosos do Estado, superado por Juazeiro (220.253 ano passado e 221.773 agora). Localizado no Vale do São Francisco, o município sempre aparece entre os campões de geração de empregos no Brasil nos últimos anos.

ILHÉUS EM QUEDA

Panorâmica de Coaraci, no sul da Bahia || Imagem Infosaj

Coaraci, no sul da Bahia || Imagem Infosaj

Ilhéus tinha 180.213 habitantes em 2015, caiu para 178.210 no ano passado. E manteve ritmo de queda populacional, chegando a 176.341 moradores em 2017, conforme cruzamento de dados feito pelo PIMENTA.

Mais da metade dos municípios do centro-sul e do extremo-sul da Bahia acompanhou Ilhéus e registrou decréscimo populacional, conforme as estimativas oficiais.

Santa Luzia está entre as quedas significativas na região. Caiu de 13.508 para 13.398 habitantes entre 2016 e 2017. Coaraci está à frente, no quesito, com redução de 19.383 para 19.022 agora.

SALVADOR É 4ª MAIS POPULOSA

Salvador é quarta cidade mais populosa do país || Foto GovBA

Salvador é quarta cidade mais populosa do país || Foto GovBA

A estimativa do IBGE também aponta que Salvador se mantém como a quarta capital mais populosa do país, com 2.953.986 habitantes. Feira de Santana é o segundo município baiano (627.477). Vitória da Conquista 346.069 saltou de para 348.718. Quarta maior, Camaçari saiu de 292.074 para 296.893 moradores.

Ainda segundo o IBGE, o Brasil superou a marca de 207,6 milhões de habitantes em 2017. A Bahia chegou a 15.344.447 moradores ante 15.276.566 em 2016.

OS MAIS POPULOSOS DA BAHIA*

1º Salvador – 2.953.986
2º Feira de Santana – 627.477
3º Vitória da Conquista – 348.718
4º Camaçari – 296.893
5º Juazeiro – 221.773
6º Itabuna – 221.046
7º Lauro de Freitas – 197.636
8º Ilhéus – 176.341
9º Jequié – 162.209
10º Teixeira de Freitas – 161.690
11º Barreiras – 157.638
12º Porto Seguro – 149.324
13º Simões Filho – 136.050
14º Paulo Afonso – 120.706
15º Eunápolis – 115.290
16º Santo Antônio de Jesus – 103.342

_______________________________________
* Fonte: IBGE (Estimativa populacional)
Ubaitaba é dos municípios que tiveram decréscimo populacional || Foto Aleilton Oliveira

Ubaitaba é dos municípios que tiveram decréscimo populacional || Foto Aleilton Oliveira

POPULAÇÃO (CENTRO-SUL E EXTREMO-SUL)

Almadina – 6.062 (2016) | 5.985 (2017) –
Arataca – 11.697 | 11.661 –
Aurelino Leal – 12.891 | 12.706 –
Barra do Rocha – 6.338 | 6.258 –
Barro Preto – 6.367 | 6.251 –
Belmonte – 23.891 | 24.013 +
Buerarema – 19.269 | 19.256 –
Camacan – 33.257 | 33.310 +
Camamu – 36.543 | 36.644 +
Canavieiras – 33.130 | 33.002 –
Caravelas – 22.646 | 22.740 +
Coaraci – 19.383 | 19.022 –
Dário Meira – 11.864 | 11.716 –
Eunápolis – 114.275 | 115.290 +
Firmino Alves – 5.804 | 5.822 –
Floresta Azul – 11.279 | 11.244 –

Clique no leia mais e confira os dados dos demais municípios :: LEIA MAIS »

JUSTIÇA MANDA SOLTAR EX-VEREADOR JAMIL OCKÉ, PRESO NA OPERAÇÃO CITRUS

Jamil Ocké e Kacio Brandão estão presos desde 21 de março

Jamil Ocké e Kacio Brandão estão presos desde 21 de março

O ex-vereador e ex-secretário de Desenvolvimento Social de Ilhéus Jamil Ocké teve pedido de soltura aceito pela justiça nesta terça (29), segundo informa O Tabuleiro. Ele ganhou a liberdade em julgamento da Segunda Turma da Primeira Câmara Criminal do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA).

Os desembargadores da Segunda Turma, de forma unânime, seguiram voto do relator do pedido de habeas corpus, Abelardo Paulo da Matta Neto. Jamil, que teve o mandato de vereador extinto pela Câmara no início deste mês, foi preso em 21 de março na Operação Citrus, que investiga fraudes em licitações, em Ilhéus, no período de 2009 a 2016.

De acordo com o Ministério Público da Bahia (MP-BA), o esquema causou rombo de mais de R$ 25 milhões nos cofres da Prefeitura de Ilhéus no período. O ex-vereador deve ser solto até a manhã desta quarta (30). Além de Jamil, estão presos no Presídio Ariston Cardoso, em Ilhéus, o empresário Enoch Andrade e o ex-secretário de Desenvolvimento Social de Ilhéus Kácio Brandão. Atualizado.

CONCURSO PREMIARÁ PROPOSTAS DE REVITALIZAÇÃO DO CENTRO DE ILHÉUS

vivaacidadeEstudantes de Arquitetura e Urbanismo da Bahia poderão propor ideias de revitalização de parte do centro histórico de Ilhéus no concurso de ideias de arquitetura “VivaAcidade”, promovido pelo Instituto Nossa Ilhéus.  A área do projeto, conforme edital, será a poligonal que envolve as ruas Araújo Pinho e Santos Dumont. O estudante deverá propor soluções criativas e inovadoras.

As inscrições no concurso prosseguem até 15 de setembro. As ideias dos estudantes, que devem estar matriculados, podem ser apresentadas de forma individual, dupla ou trio. Para validar a inscrição, devem preencher ficha de inscrição disponibilizada no anexo do edital (no site do instituto) e o Termo de Concordância de exposição pública do trabalho e depois  enviar a proposta na prancha, seguindo as normas técnicas brasileiras.

Segundo a comissão do concurso, o objetivo é considerar as melhores propostas de revitalização da área tendo como base a apropriação do espaço público pelas pessoas e a valorização do patrimônio histórico e cultural. Os trabalhos serão avaliados com base nos critérios de criatividade, objetividade, clareza e inovação; atendimento ao programa; e inserção urbana e integração com o entorno de valor histórico.

Como prêmio, o primeiro lugar ganhará hospedagem em um fim de semana no Hotel Farol Tororomba, e o segundo lugar, hospedagem em um fim de semana no Hotel Village Indaiá. O projeto vencedor será entregue ao prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre, junto com o plano Ativa Ilhéus, na cerimônia de premiação, que será no último dia da Semana de Mobilidade, 22 de setembro, em horário e local a serem divulgados previamente. :: LEIA MAIS »

alba



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia