WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
ftc


janeiro 2017
D S T Q Q S S
« dez    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

editorias


:: ‘Ilhéus’

PP OFICIALIZA CACÁ NA DISPUTA PELA PREFEITURA DE ILHÉUS

Cacá é o nome do PP para a sucessão de Jabes Ribeiro (Foto Alfredo Filho).

Cacá é o nome do PP para a sucessão de Jabes Ribeiro (Foto Alfredo Filho).

O nome do empresário Carlos Machado (Cacá dos Colchões) deverá ser confirmado como o candidato do PP à Prefeitura de Ilhéus em convenção na próxima sexta (5), no Clube Social de Ilhéus, a partir das 9h.

Além de oficializar o nome de Cacá, apoiado pelo prefeito Jabes Ribeiro, a convenção também definirá o vice na chapa pepista, além dos candidatos a vereador da coligação que reúne partidos como PRB e PCdoB, que deverá indicar a advogada Stela Carillo como a vice da chapa.

Cacá é o nome de Jabes na disputa. O prefeito desistiu do projeto de reeleição, segundo afirma, por questões de saúde. Corre o risco de perder a visão do olho esquerdo, agravada por um glaucoma.

ILHÉUS: PT RATIFICA NOME DE CARMELITA; CONVENÇÃO SERÁ DIA 5

Carmelita é o nome do PT para prefeita ou composição como vice.

Carmelita é o nome do PT para prefeita ou composição como vice.

Depois de acenos em direção até à pré-candidatura jabista de Cacá Colchões (PP), o PT promoveu encontro para ratificar a candidatura da Professora Carmelita. A convenção do diretório ilheense está marcada para a próxima sexta (5), a partir das 16 horas, no Centro de Convenções de Ilhéus.

Durante o encontro, a professora avaliou as discussões do Programa de Governo Participativo (PGP), promovidas em bairros, distritos e povoados ilheenses. A participação popular no PGP também foi avaliada em encontro que ainda abordou as coligações das chapas majoritária e proporcionais, quando se estabeleceu com quem o PT deve coligar.

Após o encontro do último final de semana e as decisões tomadas desde a última quinta (28) por outras legendas, restará a Carmelita lançar candidatura própria ou compor com Cacá Colchões (PP), já que Mário Alexandre (PSD) fechou com José Nazal (Rede) e Bebeto Galvão (PSB) debandou-se da ala governista para a aba de ACM Neto. Além destes nomes, composições poderiam ser feitas com Cosme Araújo (PDT) ou Professor Gurita (PSC).

MPT ACIONA HOSPITAL GERAL DE ILHÉUS PARA QUE CORRIJA FALHAS DE SEGURANÇA

Hospital Geral, que enfrenta greve dos terceirizados, é alvo do MPT.

Hospital Geral, que enfrenta greve dos terceirizados, é alvo do MPT.

O Ministério Público do Trabalho (MPT) vai recorrer da decisão da 3ª Vara de Ilhéus, que negou liminar pedindo que o Hospital Regional Luiz Viana Filho cumpra as normas de saúde e segurança do trabalho. Segundo inquérito, a unidade de saúde expõe seus empregados a riscos cotidianos de adoecimento, estresse e acidentes.

O MPT pede que a unidade de saúde seja condenada a pagar indenização por danos morais coletivos de R$1 milhão e a corrigir 23 falhas no cumprimento das normas de saúde e segurança nas atividades de técnicos, médicos, enfermeiros e pessoal de apoio.

Para o procurador Ilan Fonseca, autor da ação e responsável pelo inquérito que o MPT abriu em 2012 a partir de denúncias anônimas de funcionários do hospital, “é preciso chamar a sociedade para o debate sobre a situação vivida pelos profissionais que garantem o funcionamento desta unidade de saúde”.

O procurador explica que o MPT pede a condenação do hospital após o processo e as audiências, mas pedia também que o hospital fosse obrigado, desde o início da ação, a cumprir o que manda a legislação brasileira em vigor. O Ministério do Trabalho, órgão do Governo Federal, estabelece normas técnicas para cada tipo de atividade profissional que são obrigatórias para todos.

O juiz José Cairo Júnior, titular da 3ª Vara de Ilhéus, alegou que a unidade é “uma das poucas entidades hospitalares do município”. Ele disse também que o cumprimento das medidas pedidas poderia “prejudicar os já precários serviços públicos prestados à comunidade antes mesmo da decisão definitiva”.

:: LEIA MAIS »

CESTA BÁSICA AUMENTA 7,73% EM ITABUNA

Tomate tomou posto de feijão e registrou maior alta.

Tomate tomou posto de feijão e registrou maior alta.

O custo da cesta básica disparou em julho em Itabuna. Saltou de R$ 329,58 em junho para R$ 355,05 no mês passado, segundo levantamento do Departamento de Economia da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc). Já em Ilhéus, a alta ficou em 5,84%. Saiu de R$ 355,15 para R$ 375,90 em igual período.

Feita em supermercados e feiras livres dos dois maiores municípios sul-baianos, a pesquisa constatou que o tomate foi o produto que mais forçou a alta da cesta básica, ficando 25,15% mais caro em Itabuna e 19,09% em Ilhéus.

O feijão ficou em segundo lugar entre os componentes da cesta básica com maior aumento em Itabuna (22,96%).

A alta do produto em Ilhéus foi bem menor, mas ainda considerável: 11,16%. Por lá, o arroz foi o vice em carestia em julho, alcançando alta de arroz 15,85%.

A pesquisa mensal feita pela Uesc detectou queda de 6,17% no litro do óleo, 2,93% no quilo de carne e 1,03% no quilo do açúcar, no comparativo entre junho e julho em Itabuna. Farinha (4,60%) e óleo (2,81%) foram as maiores quedas em itens da cesta básica em Ilhéus.

ITABUNA FECHA 855 VAGAS DE EMPREGO NO PRIMEIRO SEMESTRE

Itabuna registrou nova queda no número de empregos (Foto Pedro Augusto).

Itabuna registrou nova queda no número de empregos (Foto Pedro Augusto).

Itabuna fechou 855 postos de trabalho com carteira assinada no primeiro semestre deste ano, segundo dados do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE).

O comércio sentiu mais os efeitos da crise econômica. Fechou 497 vagas no período, seguido pelo setor de serviços (-338).

Apenas indústria e administração pública encerraram o primeiro semestre com saldo positivo (diferença entre contratações e demissões). A indústria abriu 177 vagas, enquanto o setor governamental criou 35 vagas de janeiro a junho.

No acumulado dos últimos 12 meses, a economia itabunense fechou 2.591 vagas de trabalho. No período, foram 9.514 contratações ante 12.105 desligamentos.

Quando analisados os números de junho, 137 postos de trabalho foram fechados, a maioria (74) na área de serviços.

ILHÉUS TAMBÉM FECHA NO VERMELHO

O município de Ilhéus fechou o período com 1.090 demissões. Todos os setores fecharam no negativo. O pior saldo ocorreu na área de serviços, com o corte de 402 postos de trabalho.

A construção civil eliminou outros 241, seguido pelo comércio (-213). Até mesmo a indústria ficou no negativo no período – corte de 64 vagas.

Nos últimos 12 meses, o município perdeu 1.359 empregos (7.426 contratações ante 8.785 desligamentos).

Se forem contabilizados apenas os números de junho, foram eliminados 168 postos de trabalho, sendo 82 no setor de serviços, 52 na construção civil e 34 no comércio.

ELEITORADO DE ITABUNA CRESCE 14,77% EM OITO ANOS

eleições 2014O eleitorado de Itabuna cresceu 14,77% em um intervalo de oito anos, de acordo com dados divulgados pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). No próximo 2 de outubro, 150.221 eleitores poderão ir às urnas.

Já em 2012, quando o eleito foi Claudevane Leite (PRB), que não concorre à reeleição, estavam aptos 145.005. O município possuía 130.889 eleitores em 2008, ano em que Capitão Azevedo, hoje pré-candidato pelo PTB, saiu vencedor.

As mulheres representam 54,29% do eleitorado itabunense, de acordo com os dados divulgados. Os homens, 45,58%. O universo de pessoas que não informaram o sexo chega a 0,11%.

Eleitores que votarão para prefeito e vereador pela primeira vez serão 2.733, dos quais 280 têm 16 anos. Outros 713 têm 17 anos e 1.740, 18 anos.

Dos aptos a comparecer à urna em outubro, 33.120 são jovens – 16 aos 29 anos.

O maior percentual de eleitores situa-se na faixa dos 30 a 34 anos. São 17.798. Dos 35 aos 39 anos, é próximo: 17.076.

Ainda conforme o TSE, quase 20% do eleitorado itabunense é idoso. Representa 28.640 dos aptos a eleger vereadores e prefeito, dos quais 5.116 estão com 79 anos ou mais.

ILHÉUS ATINGE 135,4 MIL ELEITORES

A Justiça Eleitoral aponta que 135.424 pessoas poderão escolher o sucessor de Jabes Ribeiro (PP) e os novos vereadores. Em 2012, eram 132.366.

Dos aptos para as eleições 2016, 71.349 identificaram-se como do sexo feminino, enquanto 63.966 são homens. Os que não informaram o sexo, 109.

2.307 eleitores são da faixa dos 16 aos 19 anos. E 31.471 estão na faixa dos 30 a 39 anos, de acordo com o TSE. Do Pimenta.

PARA AMPLIAR ALIANÇAS, CACÁ PODE TIRAR VAGA DE VICE DO PCdoB

PCdoB apresentou Stella para vaga de vice.

PCdoB apresentou Stella para vaga de vice.

O PCdoB tem poucas chances de emplacar a advogada e professora Stella Carillo como vice na chapa encabeçada pelo atual vice-prefeito, Cacá (PP), na sucessão municipal.

A avaliação, no grupo do prefeito Jabes Ribeiro, que dá sustentação à candidatura de Cacá, é de que o PCdoB já faz parte do arco de alianças desde 2012 e a chance de deixar a futura coligação é baixa, quase inexistente.

A fidelidade dos cururus é “garantida” pelo deputado federal Davidson Magalhães, cacique e pré-candidato a prefeito de Itabuna com o apoio do PP itabunense.

Como querem atrair cada vez mais partidos para a coligação, os articuladores jabistas – Isaac Albagli, Jhon Ribeiro e o próprio Jabes, pretendem usar a vaga de vice na chapa, claro, como moeda de troca para selar apoios.

Na mira, hoje, estão nomes como o de Luiz Uaquim, que não decola nas pesquisas, mas tem nas mãos o diretório do PMDB, que garante minutos preciosos no rádio. Sem TV, a propaganda eleitoral em Ilhéus tem no rádio um forte trunfo.

ILHÉUS: INDÚSTRIA DE MULTAS IGNORA CRISE E SEGUE COM PRODUÇÃO EM ALTA

Máquina de fazer dinheiro opera em alta em Ilhéus

Máquina de fazer dinheiro opera em alta em Ilhéus

A famosa e próspera indústria de multas de trânsito enfrenta a crise econômica sem se abater e com o desempenho em alta. Em Ilhéus, levantamento feito pelo vereador Fábio Magal, do PSC, chegou ao somatório do que a prefeitura arrecadou com multas de trânsito desde 2013: mais de R$ 7 milhões. “Os números da arrecadação são espantosos”, afirma o membro da Câmara.

O primeiro ano, quando o atual governo ainda se iniciava, foi apenas um ensaio, terminando com uma arrecadação de R$ 562.422,10. Mas, do segundo ano em diante, as máquinas foram azeitadas e a indústria passou a operar a pleno vapor. Resultado, a receita bombou em 2014, atingindo R$ 3.375.420,75, seis vezes mais que no ano de estreia da nova gestão.

Houve uma retração de 25% em 2015, quando a crise se agravou em todo o país, mas ainda assim com um ritmo de atividade muito bom, em comparação a outros setores da economia. Em 2016, somente nos seis primeiros meses, a fantástica fábrica de multas já acumula uma receita de R$ 1.368.508,92.

Apesar do sucesso dessa indústria, a população ilheense desconhece o retorno social de tanto dinheiro arrecadado. Para Fábio Magal, o “pote de ouro” poderia ser bem empregado na construção de uma ciclovia, o que é um sonho acalentado pela Associação Ilheense de Ciclistas.

Como o custo estimado é de R$ 650 mil por quilômetro, o montante amealhado pelos pardais ilheenses desde 2013 daria para construir uma ciclovia de 12 quilômetros. Aí sim a indústria poderia demonstrar que, além de ser um eficiente instrumento para fazer dinheiro, é também útil para a sociedade.

AZUL ACABA COM VOOS RECIFE-ILHÉUS

Azul acaba com vôos ligando Ilhéus e Recife (Foto Allan Martins Antunes).

Azul acaba com vôos ligando Ilhéus e Recife (Foto Allan Martins Antunes).

A Azul Linhas Aéreas acabará com os voos entre Ilhéus e Recife, pouco menos de três meses depois de inaugurá-lo. Os voos diretos ligando o sul da Bahia e a capital pernambucana apresentavam tarifas promocionais de até R$ 79,90.

A companhia aérea não informou o motivo da extinção da rota. O voo tinha frequência semanal e foco no turista pernambucano que buscava o litoral do sul da Bahia. Os últimos embarques entre os dois destinos ocorrerão em 30 de julho. Agora, a opção será por meio de conexão em Salvador, deixando a viagem mais cara.

PAINEL CONTA HISTÓRIA DE ILHÉUS

Painel de Rido Foge retrata um pouco da história de Ilhéus (Foto Alfredo Filho).

Painel de Rido Foge retrata um pouco da história de Ilhéus (Foto Alfredo Filho).


Parte dos 482 anos de história de Ilhéus é contada em um painel de Rildo Foge no centro da cidade. A arte de aproximadamente 700 metros quadrados dá vida e cor a um dos principais corredores urbanos e ligação do centro com a zona sul de Ilhéus, a Rua Bento Berilo, no paredão de acesso ao Hospital São José.

Para retratar a história ilheense, Rido Foge recorre à técnica da aerografia, semelhante à do grafite, na qual usa o esmalte sintético. Encantado com a arte, o secretário de Turismo e Esporte, Josenaldo Cerqueira, diz que o painel valoriza, visualmente, uma das áreas mais movimentadas da bela Ilhéus.

CACÁ LANÇA PRÉ-CANDIDATURA

Nome de Cacá será confirmado neste sábado

Nome de Cacá será confirmado neste sábado

Apesar do princípio de rebelião produzido pelo vereador Jamil Ocké, o PP terá mesmo o atual vice Cacá Colchões como seu nome na sucessão municipal ilheense. O lançamento da pré-candidatura acontece na manhã deste sábado (16), na Associação Desportiva 19 de Março, no bairro da Conquista.

Cacá foi alçado à sucessão com a desistência do prefeito Jabes Ribeiro de tentar um novo mandato. O gestor municipal sofre com um glaucoma e retirou seu nome da disputa no último dia 6. No dia seguinte, Ocké distribuiu nota, informando que a escolha do sucessor ainda não estaria definida.

Ao PIMENTA, o vereador afirmou que, além do nome de Cacá, o PP teria outras opções, como ele próprio e o vereador Tarcísio Paixão.

 

ILHÉUS: PACIENTE COM CÂNCER SOFRE POR DESCASO DA SECRETARIA DE SAÚDE

Dona Maria Elizabete mostra documento em que o serviço social da Santa Casa de Itabuna informa à Secretaria da Saúde de Ilhéus sobre as sessões de radioterapia

Dona Maria Elizabete mostra documento em que o serviço social da Santa Casa de Itabuna informa à Secretaria da Saúde de Ilhéus sobre as sessões de radioterapia

A idosa Maria Elizabete dos Santos, de 63 anos, moradora de Ilhéus, tem câncer de esôfago e, na luta pela vida, tem enfrentado um problema a mais: o descaso da Prefeitura de Ilhéus, mais precisamente da Secretaria Municipal da Saúde.

Como parte de seu tratamento, além da quimioterapia, Dona Maria Elizabete precisa se submeter a 28 sessões de radioterapia no Centro de Alta Complexidade em Oncologia, que fica em Itabuna. Para isso, ela solicitou o transporte à Secretaria Municipal de Ilhéus, mas o serviço nunca foi prestado.

As sessões de radioterapia começaram no dia 14 de junho e, desde então, a família da paciente tem se desdobrado para conseguir dinheiro para seus deslocamentos diários até Itabuna. A nora da idosa contou ao PIMENTA que até mesmo a rifa de um liquidificador foi realizada, mas ainda assim não está fácil.

Como se trata de uma doença grave, a interrupção das sessões implicaria em seu agravamento e até em uma evolução para o óbito da paciente. Por isso todo o esforço da família para assegurar o transporte de Dona Maria Elizabete, que é dona de casa e depende do marido e dos filhos.

É importante destacar que o município recebe recursos federais destinados ao transporte de pacientes para outras cidades, dentro do programa de Tratamento Fora do Domicílio (TFD). O superintendente do Fundo Municipal da Saúde em Ilhéus, Edvaldo Martins, chegou a autorizar o transporte no dia 30 de junho, mas a autorização ficou só no papel.

Segundo a família da idosa, os dois motoristas designados para levar Dona Maria Elizabete até Itabuna – identificados como Paulo e Prates – alegam que os veículos estão quebrados. Em outras palavras, é descaso mesmo, que atinge não apenas essa senhora, mas uma grande quantidade de pessoas de baixa renda, que dependem da saúde pública.

Documento pede que a Secretaria da Saúde assegure que a paciente compareça às sessões de radioterapia

Documento pede que a Secretaria da Saúde assegure que a paciente compareça às sessões de radioterapia

SEMINÁRIO DISCUTE PARTICIPAÇÃO DAS MICROEMPRESAS NAS COMPRAS PÚBLICAS

compras publicasUm seminário promovido pelo Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), em parceria com o Sebrae e a União dos Municípios da Bahia (UPB), irá destacar a participação das micro e pequenas empresas nas compras realizadas pelo setor público. O evento acontece no dia 20, das 8 às 17 horas, na Faculdade de Ilhéus.

Segundo o gerente adjunto do Sebrae, Michel Lima, o objetivo é apresentar a importância para a economia regional das ações que fortalecem os pequenos negócios, com foco na legislação vigente, na transparência e no controle social”. A discussão gira em torno da Lei Geral da Micro e Pequena Empresa, que favorece este segmento nos contratos públicos.

Os interessados em participar do seminário podem se inscrever gratuitamente, no site do TCM ou pelo telefone (71) 3115-4581

Entre os palestrantes, estarão o diretor adjunto da Escola de Contas do TCM, Adelmo Guimarães; o auditor e conselheiro substituto Ronaldo Sant’Anna; o diretor da 1ª Diretoria de Controle Externo, Josival Santos; o diretor adjunto da Diretoria de Administração Municipal, Antônio Dourado; o assessor jurídico Alessandro Macedo e o ouvidor Emmanoel Reis.

 

CICLISTAS INTERDITAM PONTE DO PONTAL E COBRAM TRÂNSITO MAIS HUMANO

Protesto interditou a Ponte do Pontal hoje (Foto Júlio Gomes).

Protesto interditou a Ponte do Pontal hoje (Foto Júlio Gomes).

Carolaine foi uma das vítimas no trânsito ilheense.

Carolaine foi uma das vítimas no trânsito ilheense.

Dezenas de ciclistas ilheenses interditaram a Ponte do Pontal, hoje (12), para cobrar trânsito mais humano no município. Organizada pela Associação Ilheense de Ciclismo, a manifestação pacífica é reação contra os acidentes que vitimaram dois ciclistas somente em julho, causando a morte de uma jovem. A ponte ficou fechada por cerca de meia hora.

Um dos acidentes foi justamente na ponte, semana passada, quando um ciclista acabou atropelado por um ônibus da Cidade Sol. Alberto Xavier Lima, conhecido como Beto, continua internado no Hospital de Base em Itabuna.

Já o acidente na Avenida Ubaitaba, região do Malhado, provocou uma morte. Carolaine Menezes, de 19 anos, morreu no caminho do trabalho, sendo atropelada por um caminhão.

TERCEIRIZADOS DO DPT PARALISAM ATIVIDADES

DPT de Ilhéus é um dos atingidos pela paralisação

DPT de Ilhéus é um dos atingidos pela paralisação

Funcionários terceirizados do Departamento de Polícia Técnica (DPT) cruzaram os braços na manhã de hoje (12) em Itabuna, Ilhéus e Valença. De acordo com o Sindlimp, sindicato que representa os trabalhadores, eles estão há dois meses sem salários.

A entidade também acusa a empresa LC Empreendimentos, que presta serviços ao DPT, de descontar o valor referente ao vale-transporte dos funcionários, mas não fornecer a passagem. O sindicato ainda espera um contato da empresa para iniciar as negociações.

Os trabalhadores contratados pela LC realizam serviços de apoio no Departamento de Polícia Técnica, a exemplo de motorista e faxineiro. De acordo com Marcelo Bastos (Cafuringa), do setor de comunicação do Sindlimp, cerca de 20 funcionários atuam nos DPTs de Itabuna, Ilhéus e Valença.

ILHÉUS: CORRIDA DO FOGO SERÁ NO SÁBADO

Corrida do FogoO 5º Grupamento do Corpo de Bombeiros promove a 18ª edição da Corrida do Fogo, em Ilhéus, no próximo sábado (16). As inscrições podem ser feitas no grupamento, localizado na Barra.

A corrida terá 7,3 quilômetros de percurso (Quartel-Distrito Industrial-Quartel). A concentração começará às 8h e a largada está prevista para as 9h.

De acordo com a relações públicas do 5º GBM, capitão Ana Isabel Araújo, haverá premiação com troféus e medalhas, além de sorteio de brindes. A corrida atrai não apenas bombeiros, mas desportistas de todo o estado. Mais informações pelo telefone 73-3639.2633.

ELEIÇÕES 2016: “IMPROVISO” DISCUTE GOVERNANÇA EM ILHÉUS

TPI e Nossa Ilhéus promovem debates sobre indicadores do município (Foto Divulgação).

TPI e Nossa Ilhéus promovem debates sobre indicadores do município (Foto Divulgação).

A edição do Improviso, Oxente! desta terça (12), na Tenda do Teatro Popular de Ilhéus, debaterá o tema Governança. O evento reúne a sociedade civil e terá como palestrante a promotora regional de Meio Ambiente da Costa do Cacau Leste, Aline Valéria Salvador.

Dentre as abordagens desta terça, acessibilidade nos espaços públicos, acesso à justiça, combate à corrupção, participação de mulheres e negros no governo e de jovens e adolescentes em instâncias deliberativas. Pré-candidatos ao legislativo e ao executivo ilheenses também podem participar das discussões.

Este é o segundo de uma série de 13 debates semanais promovidos pelo Instituto Nossa Ilhéus em parceria com o Teatro Popular de Ilhéus, sempre às terças-feiras. De acordo com os organizadores, o objetivo é promover a discussão sobre as necessidades prioritárias da cidade a partir de indicadores, baseados nos 12 eixos Programa Cidades Sustentáveis.

Os indicadores de 2012 – que podem ser acessados em nossailheus.org.br/indicadores – servem como ponto de partida para a discussão. Ainda segundo a organização, “o debate sobre o eixo Governança parte da ideia de que uma gestão moderna e democrática deve combinar as diretrizes político-partidárias do governante com mecanismos de atuação direta da sociedade nas decisões administrativas, sempre respeitando a diversidade e construindo instrumentos que fomentem a igualdade em diferentes níveis”.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia