WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
festival chocolate


alba










julho 2019
D S T Q Q S S
« jun    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

editorias






:: ‘internet’

NÃO SOMOS “ANJOS” NEM “DEMÔNIOS”. SOMOS A GERAÇÃO “Y”…

Elton OliveiraElton Oliveira | srelton@hotmail.com

 

Um bom exemplo de quebra de paradigma é a eleição de Barak Obama à presidência dos Estados Unidos da América (EUA). Quando ele anunciou sua pretensão de se tornar candidato, a maioria das pessoas não o levou a sério.

 

A mais célebre representante da Geração “Y” é a mais jovem ganhadora da história do Prêmio Nobel da Paz, a paquistanesa Malala Yousafzai, que ganhou em 2014 o prêmio ao lado do indiano Kailash Satyarthi, de 60 anos. A paquistanesa de 18 anos é ativista dos direitos das mulheres e meninas para terem amplo acesso à educação.

Malala ficou mundialmente conhecida após ter sobrevivido a uma tentativa de homicídio empreendida pelo grupo radical talebã, porque queria frequentar normalmente aulas em uma escola. A palavra de ordem da Geração “Y” é o “Ativismo”. Neste presente artigo, trataremos de como os pertencentes à tribo “Y” compreendem Liderança.

Assim definimos a Geração “Y”: como sendo os nascidos após o ano de 1978, conhecidos como a geração da Internet. Imediatistas, buscam significados para a vida, são focados em valores éticos, valorizam o aprendizado e as relações sociais. Conferem relevância insubstituível à velocidade e agilidade. São “multitarefas” e conseguem ouvir música, assistir à TV digital, ler notícias na internet, responder às redes sociais e ainda são capazes de captar uma conversa ao redor.

Também, a Geração “Y” inovou a maneira de se fazer marketing. Não são fiéis a marcas, convivem em tempo integral com instrumentos virtuais e consideram a novidade muito mais importante do que a necessidade. Substituem os livros pelos computadores, preferencialmente móveis. A internet é tão comum para a Geração “Y” quanto as bancas de jornais, bibliotecas e sebos eram para as gerações que a precederam.

Pensando um pouco nas eleições de 2016 e no primeiro voto de muitos integrantes da Geração “Y”, além da utilização do aplicativo de celular Whatsapp que caiu nas graças desse nicho de eleitores. A pergunta que não quer calar é como a Geração “Y” pensa liderança. Num passado recente, ser um líder era algo tão simples quanto a definição do Dicionário Aurélio para a palavra: “chefe e/ou guia”. Ou ainda, do Dicionário Houaiss: “indivíduo que tem autoridade para comandar ou coordenar outros”.

As definições de liderança citadas acima se referem ao modelo aprendido por aqueles de nós que têm mais de quarenta anos. Um modelo que nos foi apresentado na infância pelos nossos pais, a quem chamávamos de senhor e senhora os quais temíamos desobedecê-los e não nos atrevíamos a questionar.

O mesmo modelo pode ser encontrado, também, no relacionamento com os professores e, mais tarde, com os gestores que tivemos no começo da trajetória acadêmica e profissional. Por tudo isso, para nós, liderança tornou-se algo que poderia ser traduzido como “manda quem pode e obedece quem tem juízo”.

:: LEIA MAIS »

LEVI EM NOVO PROJETO

Levi Vasconcelos comandará o Bahia.ba (Foto Mila Cordeiro).

Levi Vasconcelos comandará o Bahia.ba (Foto Mila Cordeiro).

O jornalista Levi Vasconcelos, principal nome do jornalismo político baiano, e o empresário João Botti, da Rádio Difusora de Itabuna, lançam em 5 de novembro o site Bahia.ba.

A redação terá em torno de 15 jornalistas. Uma das novidades já trazidas pelo site será a terminação de domínio (bahia.ba), que leva o nome da marca em vez da terminação tradicional .com.br ou .com.

Levi continuará à frente da coluna Tempo Presente, d´A Tarde, e tocando o novo projeto na área de comunicação.

Aliás, quanto ao principal diário baiano, embora não tenha havido um desmentido oficial, o diretor André Bloomberg nega que o jornal tenha sido vendido para um grupo de empresários, conforme publicado em Gente&Mercado e repercutido por este blog, na noite de terça.

NETFLIX PLANEJA INVESTIR EM JORNALISMO

Sarandos: investimento em jornalismo (Foto Divulgação).

Sarandos: investimento em jornalismo (Foto Divulgação).

Do Comunique-se

Após incomodar os canais de TV com o lançamento de séries originais como ‘Narcos’, ‘House of Cards’ e ‘Demolidor’, o radar do Netflix parece apontar para novos rumos. O serviço de streaming, que acaba de alcançar 69 milhões de assinaturas ao redor do mundo, divulgou a intenção de produzir conteúdo jornalístico. Em uma videoconferência realizada após a divulgação de resultados do terceiro trimestre da companhia, o CEO Reed Hastings e o diretor de conteúdo da marca, Ted Sarandos, deixaram claro o interesse em investir na área.

A inclusão de programação noticiosa foi abordada inicialmente por Hastings, que questionou Sarandos sobre a possibilidade de competir diretamente com o grupo de mídia online Vice. “Provavelmente alto”, respondeu o executivo. A empresa canadense é apontada como um dos maiores exemplos de jornalismo inovador e dinâmico, usando 30 escritórios globais para elaborar programas e documentários focados no relato dos repórteres. Os bons resultados renderam uma parceria com a HBO para a produção do primeiro noticiário do canal.

“No que se refere ao jornalismo, estamos nos tornando definitivamente mais aventureiros em termos de gêneros do que estamos fazendo agora”, declarou Sarandos. O serviço de streaming já vem demonstrando a afinidade com a área nos últimos anos, após demonstrar apoio a diversos documentários, como ‘Our Planet’, que vai explorar a vida selvagem em localidades remotas ao redor do mundo.

Além disso, o talk-show é outro gênero tem chamado atenção dos executivos do Netflix A primeira produção neste sentido está prevista para 2016, com o comando da comediante americana Chelsea Handler, que é apresentadora do canal E -Entertainment Television. “Estamos interessados em ser capazes de melhorar a experiência de consumo de qualquer tipo de conteúdo que as pessoas estejam assistindo”, disse Sarandos.

PESQUISA: 81,5 MILHÕES DE BRASILEIROS ACESSAM INTERNET PELO CELULAR

Cresce número de usuários de internet via celular.

Cresce número de usuários de internet via celular.

Acessam à internet pelo celular 81,5 milhões de brasileiros com mais de 10 anos de idade, segundo pesquisa divulgada hoje (15) pelo Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI.br). O número representa 47% dessa parcela da população, de acordo com as entrevistas feitas em 19,2 mil domicílios entre outubro de 2014 e março de 2015. Na edição anterior da pesquisa TIC Domicílios, com referência a 2013, o percentual de usuários da rede por telefone móvel era de 31% e em 2011, de 15%.

O celular é o segundo aparelho mais presente nos lares brasileiros, estando em 92% deles. Perde apenas para os televisores, que estão em 98% dos domicílios. No total, o telefone móvel é usado por 86% dos adultos e adolescentes, um total de 148,2 milhões de pessoas. O aparelho é o único meio de acesso a rede para 19% dos usuários. O computador é o canal exclusivo de conexão para 23% dos internautas. 56% utilizam os dois meios.

Entre os usuários de internet, o equipamento mais utilizado ainda é o computador, sendo meio de acesso de 80% deles – 54% computadores de mesa e 48% notebook. Em seguida, vem o celular, com 76%. O tablet é usado por 22%.

DESIGUALDADE REGIONAL NO ACESSO À INTERNET

Em 50% dos domicílios, há pontos de acesso à rede. Porém, são apontadas desigualdades regionais. Enquanto o índice de lares com internet fica entre 55,1% e 60% no Sudeste, o percentual nas regiões Norte e Nordeste está entre 35% e 40%. “A série histórica da TIC Domicílios tem mostrado a permanência da desigualdade no acesso, fato que precisa ser observado em sua complexidade pelos gestores públicos para a reversão deste quadro” ressalta o gerente do Cetic.br, Alexandre Barbosa.

Por classe social, também é verificada disparidade no acesso. Entre as residências da classe A, 98% têm conexão, 82% nas da classe B, 48% na classe C e 14% nas D e E. O custo elevado do serviço é um dos motivos apontado por 49% dos que não têm internet em casa. O segundo fator mais citado é a falta de computador (47%). Enquanto 45% disseram simplesmente não ter interesse, informa a Agência Brasil.

:: LEIA MAIS »

NA INTERNET, MÃES SOLTEIRAS TÊM PALESTRAS GRATUITAS PARA AUMENTAR RENDA

mãe2em1O Brasil tem 20 milhões de mães solteiras e pouca informação sobre elas. Para incentivar as mulheres a buscar o autoconhecimento e formas de aumentar a renda, ocorre até domingo (7) o evento Mãe2em1, Primeiro Encontro Online de Mães Solteiras do Brasil.

Serão mais de 40 palestras, cada uma com até 50 minutos, transmitidas pela internet, com acesso gratuito e possibilidade de interação por chat, conversa online com a participação de palestrantes.

De acordo com Lívia Diniz, organizadora do evento que começou segunda-feira (1º), há mais de 4 mil inscritas. Lívia disse que o evento oferece a outras mães o que ela própria não encontrou quando estava grávida e solteira. “Estamos abordando a autoestima, o equilíbrio e autoconhecimento; a alimentação, finanças e gestão de tempo e educação infantil voltada para o desenvolvimento da criança.”

O foco é incentivar o empreendedorismo entre as mulheres, para que a mãe possa ter um novo olhar, de forma a conseguir mais autonomia e flexibilidade de horários e ter mais tempo do lado do filho, explicou Lívia.

Entre os temas abordados estão separação, depressão pós-parto, alienação parental, consumo infantil, educação positiva, empoderamento feminino, administração financeira e economia colaborativa. Informações da Agência Brasil.

INSTABILIDADE AFETA ACESSO

Desde o último sábado (2), uma instabilidade no serviço de hospedagem da Locaweb está afetando o acesso e atualização do Pimenta. De acordo com a empresa, um problema em larga escala no banco de dados provoca a instabilidade, deixando este blog e vários sites nacionais fora do ar. A promessa é de que tudo seja solucionado ainda hoje. Por isso, pedimos desculpas aos leitores, colaboradores e anunciantes.

FACEBOOK FORA DO AR

O Facebook está fora do ar, pelo menos no Brasil. Quem tenta acessar a rede social recebe a mensagem de que o Facebook está fora para “manutenção obrigatória”. Não há previsão relativa ao tempo de duração da manutenção.

Facebook está fora do ar nesta tarde de sexta (Reprodução Pimenta).

Facebook está fora do ar nesta tarde de sexta (Reprodução Pimenta).

WHATSAPP VIRA ALVO DE CRACKERS

whatsappDo A Tarde

O aplicativo Whatsapp se tornou um dos principais alvos de crackers (pessoas que quebram um sistema de segurança de forma ilegal ou sem ética) de smartphones, por conta do seu crescimento em número de usuários – segundo a própria empresa, são cerca de 25 milhões de novos adeptos por mês.

“Toda a ferramenta que é muito utilizada acaba chamando a atenção dos usuários maliciosos e não é diferente com o WhatsApp”, aponta o especialista em segurança da informação Rovercy de Oliveira, em entrevista ao site Uol.

Apesar da vulnerabilidade em relação aos invasores, os usuários podem adotar medidas para manter o Whatsapp longe de possíveis ataques. Confira algumas destacadas pelo especialista:

– Instale um antivírus e o mantenha atualizado: a medida permite que o celular fique protegido de invasões como vírus, vulnerabilidades no sistema e programas que executam anúncios sem permissão, entre outros;

Apague as conversas periodicamente: além de eliminar o histórico das conversas pessoais, também é recomendado desabilitar a opção que salva fotos e vídeos automaticamente e evitar transmitir informações sigilosas pelo aplicativo;

– Não receba arquivos de desconhecidos: não baixe conteúdos de origem desconhecida nem propague mensagensque podem conter vírus;

– Tenha cuidado com os grupos: conteúdos compartilhados nos grupos podem estar infectados sem que os outros membros percebam. O ideal é evitar este tipo de compartilhamento;

– Não compartilhe imagens comprometedoras: não divulgue fotos íntimas no aplicativo, pois elas podem cair em mãos erradas ou servir de vingança por algum conhecido;

– Cuidado com as redes públicas de Wi-FI: evite utilizar estas redes, que oferecem riscos para o compartilhamento de informações pelos aplicativos e internet de modo geral;

– Bloqueie o smartphone: adote uma senha de acesso para se proteger das invasões que podem ser feitas de forma presencial.

FEBEAPÁ* ELEITORAL

Regina FlorêncioRegina Florêncio 

 

Artistas populares são os mais utilizados como munição dessa artilharia insana. O ator Wagner Moura, por exemplo, é coxinha de Ossocubo da Direita em algumas montagens e esquerda caviar em outras. O cardápio ficou maluco e indigesto.

Em tempos de disputa política acirrada e ânimos à flor da pele, usar do bom senso ao compartilhar posts nas redes sociais é essencial. Um FEBEAPÁ de informações equivocadas, bizarrices de todo tipo e a utilização de imagens de pessoas públicas à revelia das mesmas, infesta principalmente o facebook.

Na maioria das vezes o internauta distraído cai na rede dos incautos. Como não confiar naquele seu contato, seu amigo tão politizado, acima de qualquer suspeita, que compartilhou aquele post bacana na timeline dele?

Numa era em que somos soterrados por toneladas de informações, falta tempo para verificar a veracidade de tudo que lemos ou compartilhamos. Quem fabrica o hoaxe (histórias falsas recebidas por e-mail, sites de relacionamentos e na Internet em geral) politico, é claro na sua intencionalidade: atacar um candidato ou projeto político através de um boato. Uma irresponsabilidade que muitas vezes acaba prejudicando quem supostamente seria beneficiado e desmoraliza quem compartilha.

Artistas populares são os mais utilizados como munição dessa artilharia insana. O ator Wagner Moura, por exemplo, é coxinha de Ossocubo da Direita em algumas montagens e esquerda caviar em outras. O cardápio ficou maluco e indigesto. Deu nó no estômago e na cuca:

montagem

1. Por que o Aécio Neves bateu na mulher do Kadu Moliterno?

2. O Wagner Moura é direita, esquerda ou volver?

3. Na Festa do Golpe Comunista 2015 vai ter churrasco de Carne Friboi, que é do filho de Lula, parceiro do Juba, que é o… Kadu Moliterno? Armações Ilimitadas.

4. A Fafá de Belém, perseguida pelo PT de Vitória da Conquista, será obrigada a cantar a Internacional Socialista nos Eventos Oficiais do Estado sovietizado? A Nicete Bruno confirma a informação.

5. O primo do candidato Aécio Neves é o imperador asteca Cláudio Montezuma, líder de um cartel do narcotráfico latino americano? Dilma ouviu isso no ponto eletrônico durante o debate do SBT.

:: LEIA MAIS »

RACISMO NA INTERNET TAMBÉM É CRIME, ALERTA ESPECIALISTA

Casal foi alvo de racismo na internet e polícia investiga (Foto Reprodução).

Casal foi alvo de racismo na internet e polícia investiga (Foto Reprodução).

Michèlle Canes | Agência Brasil

A sociedade brasileira vem acompanhando diversos casos de ofensas racistas contra jogadores de futebol. O mais recente episódio ocorreu no fim do mês passado, quando o goleiro Aranha, do Santos, foi chamado de macaco durante partida contra o Grêmio. Mas não é só dentro dos campos que esse crime é praticado. Muita gente usa as redes sociais e a internet. Recentemente, ao postar uma foto ao lado do namorado, uma jovem negra foi ofendida por usuários de uma rede social.

O coordenador do Plano Juventude Viva da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (Seppir), Felipe Freitas, explica que a rede mundial de computadores reflete o comportamento da população. “Se o racismo é um fenômeno social, a internet é um espaço onde esse fenômeno também se manifesta. Não é a internet que os cria. Apenas dá mais visibilidade”, salienta. Segundo ele, o uso da rede dá uma falsa sensação de anonimato.

No Brasil, o racismo é considerado crime inafiançável e imprescritível. Isso significa que uma pessoa pode ser punida muito tempo depois da infração. As penas previstas variam de um a cinco anos de reclusão, dependendo do caso. Conforme o coordenador, o fato da ofensa ser presencial ou pela internet não altera a denúncia. Qualquer espaço pode ser usado. “Na Seppir, temos a ouvidoria, que pode ser acionada por telefone ou internet. As delegacias precisam estar prontas para receber essas denúncias, assim como o Ministério Público e as defensorias públicas”, cobra Freitas.

Especialista em direito digital, Fabrício Alves observa que algumas providências podem ser tomadas para auxiliar a polícia na investigação. Além de não incentivar o debate, a pessoa ofendida deve registrar as ofensas. “Registrar, por meio de impressão, anotar o endereço da página para identificá-la posteriormente e, imediatamente, procurar a policia. “Se, antes de comunicar à autoridade policial e à Justiça, ela pedir para remover o conteúdo, estará dificultando a produção de provas”, comenta o advogado.

O Marco Civil da Internet, que entrou em vigor em junho deste ano, traz regras sobre direitos e deveres de usuários e provedores. Conforme Fabrício Alves, alguns aspectos que podem auxiliar na investigação de crimes cometidos na rede precisam ser regulamentados. É o caso dos artigos 13 e 15, que tratam do armazenamento obrigatório de informações. “Para efeito de investigação, isso é extraordinariamente positivo, porque representa uma forma inovadora de se produzir provas contra o cidadão que usa a internet indevidamente. Só que esses pontos ainda não foram regulamentados. O marco civil prescreveu a obrigatoriedade do Poder Executivo regulamentar por decreto”, assinala Alves.

Para que um provedor retire do ar conteúdo ofensivo a um usuário, é preciso recorrer à Justiça. Com a notificação judicial, a empresa passa a ser responsabilizada pela manutenção do material. O próprio marco civil estabelece que, caso não remova o conteúdo, a empresa responderá por eventuais danos.

A maioria das redes sociais já disponibiliza canais para denúncias. Segundo o advogado, geralmente as empresas atendem aos pedidos. Ele afirma que, apesar da legislação não estabelecer prazos para retirada de materiais ofensivos da rede, a jurisprudência fixa um período de 24 horas a partir da notificação.

Felipe Freitas acredita que a população brasileira vem amadurecendo com relação ao racismo. Entretando, alerta para a necessidade de capacitação dos profissionais que tratam dos casos. “Temos parcerias com os ministérios públicos e com o Conselho Nacional do Ministério Público (Cnmp) para capacitar operadores da área. Falta apenas mais diálogo com o judiciário, com a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e com as defensorias públicas”, conclui.

AS REDES SOCIAIS E A SUA GERAÇÃO HIPOCRISIA

Manuela BerbertManuela Berbert | manuelaberbert@yahoo.com.br

O grande problema é que para essa Geração Hipocrisia do século XXI, que cria mitos e astros diariamente, a depressão do vizinho é apenas um drama, um chiliquezinho a mais.

E, de repente, todo mundo leu Viva o povo brasileiro, quando Rubem Alves morreu. Não, pera!, esse texto era do João Ubaldo Ribeiro, jornalista e também escritor, que faleceu algum (muito pouco, inclusive!) tempo depois. E eu fiquei me perguntando quantas pessoas de fato sabiam sequer quem eram aqueles caras e o que eles acrescentaram para a cultura nacional. Não, pera, quem acrescentou mesmo foi o Ariano Suassuna, aquele que escreveu novelas para a toda-poderosa-salve-salve Rede Globo. Não? Ele não escreveu novelas? Ah, sei lá, só sei que eu lembro muito bem do Selton Mello interpretando um cara meio nordestino, meio sertanejo, na telinha do Plim Plim, e soube que foi ele quem inventou o cara. E assim, entre erros, acertos e achismos, caminha a incrível Geração Hipocrisia, aquela que compartilha tudo nas redes sociais, ainda que não saiba do que de fato se trata!

Que geração é essa, que aguarda ansiosamente pela edição brasileira daquele evento bombástico, o Tomorrowland? Ela sabe que a atração principal desse mega show não é a Ivete Sangalo?! Que geração é essa que adora a Rihanna e a Jude Law? Não, a Jude na verdade é O Jude? É homem? Ah, tudo bem, ele também é ator, mas num lapso de segundos de esquecimento achei que fosse aquela gostosona que até veio cantar na abertura da Copa do Mundo com a Claudia Leitte. É que, sei lá, mas de alguma forma, como a abertura foi bastante criticada nas redes sociais, eu também esqueci o seu nome.

Ok, essa é a Geração Hipocrisia! E ela agora lamenta profundamente a morte daquele ator americano (e eu na verdade nem sei se ele é mesmo americano ou marciano), e fico pensando como pode um cara que sempre fez comédia, morrer depressivo. Depressão mata, e mata muito. E tem matado cada vez mais. O grande problema é que para essa Geração Hipocrisia do século XXI, que cria mitos e astros diariamente, a depressão do vizinho é apenas um drama, um chiliquezinho a mais. Ah, sei lá porque fulano tá depressivo! Eu tô aqui super ocupado com a informação de que o clipe novo da Madonna não teve o mesmo número de acessos do último, e o seu upload no youtube já passa dos cinco minutos! Nossa, como ela deve estar arrasada com isso! Diva, minha querida, meus sinceros sentimentos!

Manuela Berbert é publicitária, colunista do Diário Bahia e blogueira no www.colanamanu.com.br

SEBRAE PROMOVE PALESTRA SOBRE USO INTELIGENTE DA INTERNET

Da Agência Sebrae

O Sebrae-BA, em parceria com o Sindicato do Comércio Atacadista e Varejista de Itabuna (Sindicom), apresentará palestra sobre as vantagens do uso inteligente das ferramentas da internet para o sucesso dos negócios. O evento será realizado no próximo dia 30 (quarta-feira), às 19 horas, no auditório do sindicato, na Avenida do Cinquentenário, 1.016, 6º andar. A participação é gratuita e os interessados deverão confirmar presença pelos telefones (73) 3211-2740 ou 8866-3471.

Para abordar o tema “Internet na Medida”, o Sebrae escalou o consultor Eduardo Rodrigues de Melo, bacharel em Ciências Contábeis pela Fundação Visconde de Cairu, com especialização em Gestão Estratégica de Tecnologia da Informação. Desde 2001, Melo é instrutor dos cursos “Como vender mais e melhor pela Internet”.

De acordo com a gestora da Unidade Regional do Sebrae em Ilhéus, Claudiana Figueiredo, a palestra oferecerá aos empresários informações sobre como lançar uma empresa na internet, ferramentas do e-commerce, importância de um site institucional, entre outras. “Para quem já utiliza a rede nos negócios, as dicas podem servir para potencializar esse recurso”, afirma.

Soluções online – O gestor de Atendimento da unidade, Michelangelo Lima, observa que o Sebrae dispõe de várias soluções online gratuitas para ajudar o empresário de pequeno negócio. Além dos cursos EaD, há ferramentas como o “Click Marketing”, que permite a definição de estratégias e geração de um plano de negócios. :: LEIA MAIS »

GOLPISTAS USAM ENEM PARA ROUBAR DADOS DE ESTUDANTES

Mensagem falsa enviada por email: objetivo é roubar dados.

Mensagem falsa enviada por email: objetivo é roubar dados.

Mais um e-mail criado por golpistas circula na internet com o provável intuito de roubar dados das pessoas ou instalar programas maliciosos nos computadores. Os golpistas, desta vez, procuram, prioritariamente, enganar os inscritos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

“Identificamos que ocorreu um erro na emissão do cartão de inscrição do candidato com o email @radiobras.gov.br cadastrado em nosso sistema, podendo resultar no cancelamento de sua inscrição em até 48 horas. Evite o bloqueio do seu cadastro pois o Enem é a única forma de ingresso para 2015 em faculdades públicas, requisições para ProUni, Fies e outros programas aos quais o Governo Federal oferece a população”, consta no e-mail.

No caso em questão, algumas divergências podem causar estranhamento ao destinatário do e-mail, como o uso do endereço eletrônico da Radiobrás, empresa extinta que deu lugar à Empresa Brasil de Comunicação (EBC) em 2007. Além disso, a assessoria do Ministério da Educação negou que tenha enviado a nota oficial nº 12838-2014, como consta na mensagem, e confirmou que trata-se de um e-mail falso.

Como em diversos e-mails, cujo objetivo é se apropriar de dados de terceiros, os golpistas pedem que as pessoas preencham um formulário com seus dados ou de parentes. O texto mostra isso claramente: “Preencha manualmente o recadastramento passo a passo e normalize já sua situação (repare que algum parente pode ter usado seu email para cadastro de informações). Segue abaixo o link para consulta e regularização do seu cadastro.”

Golpes parecidos como esse são frequentes na internet, principalmente pela curiosidade que essas mensagens despertam nas pessoas. O ideal é ficar atento, instalar antivírus no computador e não abra e-mails considerados suspeitos.

OI DEIXA 20 MIL SEM INTERNET E TELEFONE

Empresas e clientes residenciais de parte do Distrito Industrial, em Itabuna, estão há 40 dias sem serviços de telefonia fixa e internet. A Oi diz que cabos de telefonia foram furtados. Clientes reclamam de prejuízos, informa o Jornal das Sete, da Morena FM.

A falta de comunicação atinge os bairros Ferradas e Nova Ferradas, além do Nova Esperança. A região afetada tem indústrias, empresas de médio porte e cerca de 20 mil moradores.

Marcelo Berbert, gerente de uma granja na região de Nova Ferradas, diz que o prejuízo é grande. Segundo ele, houve queda de, aproximadamente, 20% nas vendas. Os clientes reclamam também do descaso da Oi. A empresa promete, sempre, que o serviço será restabelecido em até 48 horas. E lá se vão… 40 dias.

Leia mais n´A Região.

ITABUNENSE ESTRELA COMERCIAL DA COCA-COLA

Gabriel é protagonista do comercial (Reprodução).

Gabriel é protagonista do comercial da Coca (Reprodução).

O ator itabunense Gabriel Querino é a estrela de um comercial da Coca-Cola rodado em emissoras de televisão e nas redes sociais e internet, na última quinta-feira.

A publicitária e articulista Manuela Berbert comemorou o sucesso do seu ex-aluno: – Gabriel começou no Galileu, nas peças de teatro de Tia Rita Veloso.

O comercial foi ao ar no dia de abertura da Copa do Mundo. Gabriel aparece com as cores do Brasil, cercado de brasileiros e croatas, que dividem a “pretinha”. Confira.

CONEXÕES EM BANDA LARGA CRESCEM 51%

conexões abrO Brasil registrou em abril 150 milhões de acessos à internet em banda larga, o que representa um crescimento de 51% em relação ao mesmo período do ano passado. De acordo com a Associação Brasileira de Telecomunicações (Telebrasil), nos últimos 12 meses, 51 milhões de novos acessos foram ativados.

As conexões em banda larga móvel, incluindo as redes de 3G e 4G, somaram 127,2 milhões em abril, com 63% de aumento na comparação com o mesmo mês em 2013. Desse total, 111,5 milhões são de conexões de celulares, incluindo os smartphones, e 15,7 milhões são terminais de dados. A banda larga pela tecnologia 4G conta com 2,5 milhões de acessos.

Na banda larga fixa, os acessos somaram 23,1 milhões em abril, com crescimento de 10% no último ano. Segundo a Telebrasil, o número de acessos em banda larga fixa significa que 39% dos domicílios brasileiros urbanos têm internet de alta velocidade.

A infraestrutura de banda larga fixa está presente em todos os municípios brasileiros. As redes 3G estão instaladas em 3.658 municípios, onde moram 91% dos brasileiros. O 4G está instalado em 106 cidades, que concentram 37% da população brasileira. A meta das operadoras, segundo o edital de licitação da tecnologia, é atender com 4G as 45 cidades do país com mais de 500 mil habitantes. Da Agência Brasil.

REDE 4G SEM “PADRÃO FIFA” NA COPA

paulo bernardo 3O ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, admitiu ontem (30) que em alguns estádios da Copa do Mundo haverá dificuldade no serviço de transmissão de dados pelo celular. Ele participou de audiência pública na Comissão de Defesa do Consumidor da Câmara dos Deputados e falou sobre os serviços de telefonia móvel no Brasil.

Bernardo explicou que o compromisso do governo é fazer a transmissão para a televisão, o que está equacionado pela Telebras. Para os estádios, especificamente, além de colocar as antenas de 3G e 4G, o governo iria instalar pontos de wi-fi, porque se prevê uso em larga escala, que talvez as redes móveis não deem conta. “Em alguns estádios não conseguimos convencer as administrações, então vai ficar deficiente o serviço, do ponto de vista de dados, nesses estádios”.

O ministro informou que em seis estádios o serviço será disponibilizado. Nos outros não será possível. “Acho até que, mesmo que façam o acordo agora, não vá dar tempo de fazer um serviço de boa qualidade”, disse o ministro. Entre os estádios que não fizeram o acordo estão o Itaquerão, em São Paulo, a Arena da Baixada, em Curitiba, e o Mineirão, em Belo Horizonte. Da Agência Brasil.

GOVERNO DOS ESTADOS UNIDOS RECOMENDA NÃO USAR INTERNET EXPLORER

internet explorerDo Estadão Digital

O governo dos Estados Unidos recomendou que os usuários do Internet Explorer parem de utilizar o navegador até que uma falha anunciada no sábado seja reparada pela Microsoft. A advertência foi comunicada pelo departamento governamental responsável pela segurança na internet.

O problema permite que se execute um código através do browser de outro computador e está presente em todas as versões do browser – 6, 7, 8, 9, 10 e 11. Por meio dela, por exemplo, um invasor pode criar um site falso e induzir o usuário a acessá-lo.

É a primeira ameaça grande a surgir desde que a Microsoft parou de fornecer atualizações de segurança para o sistema Windows XP no começo do mês.

Um órgão de segurança do governo britânico emitiu aviso semelhante no Reino Unido. Pediu aos usuários que procurem outros navegadores e que mantenham seus antivírus atualizados.

CURSO GRATUITO DE INFORMÁTICA OFERECE 180 VAGAS

Alunos concluintes em Itabuna exibem certificação  (Foto Divulgação).

Alunos concluintes em Itabuna exibem certificação (Foto Divulgação).

Tendo como alvo jovens e adultos que buscam o primeiro emprego, a LBV em Itabuna está oferecendo 180 vagas em curso gratuito de informática. O prazo de inscrição encerra-se na próxima sexta (28) e a matrícula deve ser feita na sede da entidade, na Rua Gileno Amado, 135, Bairro Caixa D´Água.

O curso ensina a operar editor de texto e planilha eletrônica (Word e Excel), navegador de internet e sistema operacional (Windows). O aluno também será orientado à elaboração do próprio currículo, segundo a instituição. O curso é realizado em parceria com o Governo da Bahia.

Para inscrever-se, o candidato deve apresentar original e cópia da carteira de identidade e do comprovante de residência. A matrícula de menores deve ser feita pelo responsável. O telefone para informações é o (73) 3212-6242.

INTERNET É 2ª PRINCIPAL FONTE DE INFORMAÇÃO SOBRE POLÍTICA, DIZ PESQUISA

Da Carta Capital

A internet é a segunda fonte de informação quando os brasileiros querem saber sobre política, atrás somente da televisão. De acordo com a pesquisa Vox Populi / CartaCapital, 55% buscam noticiários televisivos para se informar sobre os acontecimentos políticos, enquanto 12% procuram em sites especializados na internet notícias e análises sobre os desdobramentos na política.

A utilização de jornais impressos e revistas aparece em terceiro na lista, sendo esta a primeira opção para apenas 7% dos entrevistados. Para 5%, a principal fonte de informação sobre o tema são blogs e redes sociais, enquanto 4% buscam se informar por meio do rádio e 3% com ajuda de amigos, vizinhos ou colegas de trabalho.

De todos os entrevistados para a consulta realizada entre 13 e 15 de fevereiro, 42% disseram não acessar nunca a internet, enquanto 32% disseram acessar todo dia ou quase todo dia. Outros 17% contaram acessar a internet apenas de vez em quando, enquanto 9% disseram acessar raramente.

O instituto ouviu 2.201 eleitores em 161 municípios de todas as regiões do país. A margem de erro é de 2,1 pontos percentuais.

COMISSÃO ANALISARÁ PEC QUE TORNA A INTERNET DIREITO FUNDAMENTAL

acesso internetIntegrantes da comissão especial vão analisar amanhã (18) a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 479/2010 que torna a internet em alta velocidade (banda larga) um direito fundamental. A comissão foi criada para proferir parecer sobre a PEC 479.

O relator da proposta, deputado Amauri Teixeira (PT-BA), disse que vai submeter o texto a apreciação dos parlamentares. A PEC  acrescenta o Inciso 79  ao  Artigo 5º da Constituição Federal, que passa a ficar com a seguinte redação “é assegurado a todos o acesso à internet em alta velocidade”.

“A crescente  percepção  sobre  a  importância  da  internet como  instrumento  de desenvolvimento  econômico  e  social  pode  ser ilustrada pelo  elevado  número  de  países  que  já  adotaram  políticas  públicas  para  a massificação do acesso à banda larga”, justificou Teixeira no seu parecer.

Caso seja aprovado na comissão especial, o texto ainda dependerá da aprovação, em dois turnos, pelo plenário da Câmara antes de seguir para o Senado.

Para o relator, a aprovação da PEC também será  uma oportunidade de debater a revisão da carga tributária  incidente  sobre os serviços de  banda larga, que hoje representa  um terço  do valor pago pelos usuários.  “A banda larga é taxada, em  regra,  em  patamares  da  ordem  de  25%,  mesmo percentual  incidente  sobre  produtos  como  cosméticos  e  outros  bens considerados  supérfluos”, argumentou.

:: LEIA MAIS »








WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia