WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
rota






alba










junho 2019
D S T Q Q S S
« maio    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  

editorias






:: ‘Ioná Queiroz’

CAMAMU: IONÁ DIZ QUE ESTÁ APTA PARA DISPUTAR NOVA ELEIÇÃO

Ioná teve registro negado e foi cassada pelo TSE, ontem à noite || Foto Divulgação

Cassada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) ontem à noite, a prefeita Ioná Queiroz emitiu uma carta, há pouco, na qual afirma que está apta e sem qualquer impedimento para a disputa eleitoral. Sinaliza que, ao menos, disputará o pleito de 2020.

Ioná vai aguardar a publicação do acórdão do tribunal e ainda poderá recorrer da decisão. Caso não possa concorrer na eleição suplementar, a aposta é que ela deverá indicar para a disputa o irmão, Iomar Queiroz (Mamaco), também do PT.

Na decisão de ontem (4), o TSE determinou nova eleição em Camamu ainda neste ano. O presidente da Câmara deverá comandar a prefeitura até a realização do pleito suplementar e posse do eleito.

– [Com a decisão do TSE] Pelo menos uma coisa boa aconteceu. O processo de 2008 se findou e eu agora não carrego mais ele, estou livre, apta, sem qualquer impedimento – escreve a prefeita cassada de Camamu, no sul da Bahia.

Ainda na carta, a prefeita agradece a votação obtida em 2016 diz que continuará servindo Camamu. “A luta continua!”.

No “leia mais”, confira a carta da prefeita que teve o registro negado e foi cassada pelo TSE. :: LEIA MAIS »

CAMAMU: TSE CASSA PREFEITA IONÁ QUEIROZ POR 6 A 1

Prefeita de Camamu, Ioná Queiroz foi cassada pelo TSE há pouco

Os ministros do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiram indeferir, na sessão desta terça-feira (4), o registro de candidatura da prefeita de Camamu (BA), Ioná Queiroz Nascimento (PT). A Corte considerou que ela não poderia ter se candidatado nas Eleições de 2016, pois, na data do pleito daquele ano (2 de outubro), ainda estava inelegível em virtude de condenação por abuso de poder econômico na campanha eleitoral de 2008. O TSE ainda determinou a realização de nova eleição no município, a partir da publicação do acórdão.

A decisão de hoje foi dada na análise de recurso especial eleitoral interposto pela coligação Trabalho e Compromisso (PRB/PP/PMDB/PSL/PR/PEN/PSB/SD/PROS/PSC), pedindo a cassação do registro da candidata. Por maioria de votos, o Plenário do TSE entendeu que o prazo de oito anos de inelegibilidade imputado a Ioná vigorou até 5 de outubro de 2016, ou seja, até depois do primeiro turno do pleito, ocorrido três dias antes. Por essa razão, ela não poderia ter tido seu registro de candidatura deferido pelo Tribunal Regional baiano (TRE-BA).

JULGAMENTO

O julgamento do caso pelo Plenário do TSE foi retomado na sessão desta terça com o voto-vista do ministro Og Fernandes, que acompanhou a conclusão do relator do recurso, o então ministro Admar Gonzaga, pelo indeferimento do registro de candidatura de Ioná.

“Na linha da jurisprudência deste Tribunal, considero que, a partir das Eleições de 2014, a hipótese de inelegibilidade já mencionada alcança os condenados por abuso de poder econômico, tanto em Aije [Ação de Investigação Judicial Eleitoral] quanto em Aime [Ação de Impugnação de Mandato Eletivo], tal como acontece na espécie”, destacou Og Fernandes.

Em 21 de setembro de 2018, o ministro Admar Gonzaga afastou a alegação de que haveria aleatoriedade na aplicação da regra dos oito anos de inelegibilidade pela Justiça Eleitoral. Na ocasião, o ministro destacou que, conforme a Súmula nº 19 do TSE, o prazo de incidência da inelegibilidade deve ser contado “a partir da data da eleição em que ela se verificou”, devendo se encerrar “no dia de igual número no oitavo ano seguinte”. Após o voto do relator provendo o recurso – no que foi seguido pelos ministros Edson Fachin e Tarcisio Vieira de Carvalho Neto –, o ministro Alexandre de Moraes solicitou vista do processo para melhor exame.

Na sessão de 13 de março deste ano, Moraes apresentou voto divergente, por entender que a decisão do TRE da Bahia, que concedeu o registro de candidatura a Ioná Queiroz, não merece reparo. Ele salientou que, em razão de as datas das eleições serem fixadas na Constituição Federal no primeiro e no último domingo de outubro, não se pode permitir que a inelegibilidade de cidadão, que tem a duração máxima de oito anos, possa, na prática, perdurar por mais tempo. Em seguida ao voto proferido por Moraes, o ministro Jorge Mussi votou com o relator e o ministro Og Fernandes pediu vista dos autos.

Na sessão de hoje, a presidente da Corte, ministra Rosa Weber, também seguiu o mesmo entendimento do relator da matéria. O placar final foi de 6 votos a 1 pelo indeferimento do registro de candidatura da prefeita de Camamu e a consequente realização de um novo pleito no município.

CAMAMU: AUTORIZADAS OBRAS DO ATRACADOURO DE CAJAÍBA DO SUL

Deputado Rosemberg Pinto e prefeita Ioná com a ordem assinada

A prefeita de Camamu, Ioná Queiroz, ao lado do deputado estadual Rosemberg Pinto (PT), autorizou, nesta segunda-feira (11), a reforma do atracadouro de Cajaíba do Sul.

O equipamento, um sonho antigo dos moradores e de grande importância para a economia local e para o turismo da região, foi fruto de uma luta do deputado Rosemberg junto ao governo do Estado. Principal liderança do baixo-sul da Bahia e articulador junto à gestão Rui Costa, o petista e a prefeita Ioná conseguiram R$ 1,2 milhão para a reforma, via Secretaria Estadual de Infraestrura (Seinfra).

As obras serão tocadas pela Tecnocret Engenharia e têm prazo de conclusão de seis meses. A solenidade da ordem de serviço contou com a presença também do deputado federal Paulo Magalhães, secretários municipais, vereadores, lideranças e moradores locais.

Obras do atracadouro custarão R$ 1,2 milhão e devem ser entregues em 6 meses

ROSEMBERG DEFENDE REABERTURA IMEDIATA DE AGÊNCIAS BANCÁRIAS EM CAMAMU

Rosemberg, Ioná e Ari Pereira discutem segurança em Camamu

O deputado Rosemberg Pinto e a prefeita de Camamu, Ioná Queiroz, se reuniram na manhã desta terça-feira (5) com o secretário da Segurança Pública em exercício, Ari Pereira, na sede da SSP, no CAB, em Salvador. A pauta da reunião foram os ataques a agências bancárias e a falta de segurança pública no município do baixo-sul baiano.

Também participaram do encontro, o secretário de Relações Institucionais do governo da Bahia, Josias Gomes, vereadores de Camamu e representantes da região. Durante a audiência, as autoridades discutiram o reforço da segurança no município, além de ações para prisão dos autores dos ataques na madrugada de sábado (2) e na segunda (4).

Agência do BB foi atacada duas vezes em dois dias

Ainda conforme Rosemberg, com as garantias dadas pela Segurança Pública do Estado, o próximo passo será cobrar a reabertura imediata das agências bancárias atingidas pelos ataques criminosos. “Vamos cobrar da Federação dos Bancos para que reativem o mais rapidamente possível as agências para evitar prejuízos à população”, defendeu.

O parlamentar petista lamentou a forma como a oposição tem tratado essa questão. “Se aconteceu esse episódio, gerando apenas problemas materiais, poderia ter acontecido algo envolvendo pessoas. Deveríamos todos nos juntar para defender a sociedade, ao invés de estarmos politizando”, sugeriu.

IONÁ QUEIROZ ANUNCIA REVITALIZAÇÃO DA ORLA MARÍTIMA DE CAMAMU

Orla de Camamu será revitalizada || Foto Aleilton Oliveira

Orla de Camamu será revitalizada || Foto Aleilton Oliveira

A tão sonhada obra da Orla Marítima de Camamu, portal de entrada da Baía de Camamu, no sul da Bahia, deverá sair do papel. Nesta terça (19), a prefeita Ioná Queiroz assinou o contrato e a ordem de serviço para revitalização da orla.

De acordo com Ioná, a autorização assinada ontem prevê a construção de um parque infantil na Praça do Mercado de Artesanato, Praça de Convivência. A ação prevê obras no largo em frente ao píer principal e toda a área que envolve trecho que vai da Loja Guaibim até a agência da Cidade Sol, além de urbanização de área estacionamento para veículos com parada para ônibus de turismo e relocação do ponto de mototáxi e estacionamento de táxi para o passeio e a padronização do acabamento das calçadas, sinalização e iluminação.

Prefeita visita trecho da orla que será reurbanizado || Foto Aleilton Oliveira

Prefeita visita trecho da orla que será reurbanizado || Foto Aleilton Oliveira

As outras duas etapas serão iniciadas em breve, de acordo com Ioná, após a conclusão do processo licitatório. A previsão é que o edital desta licitação saia até o próximo dia 26. “A primeira fase já irá representar um grande avanço para a cidade que tem uma das baías mais bonitas do Brasil e uma Orla marítima completamente abandonada e degradada”, acredita.

A obra, diz a gestora municipal, foi um resgate do projeto que já era dado como perdido junto ao Ministério do Turismo. “A nossa luta diária para conseguir reaver os projetos e programas que estavam paralisados no município, aos poucos vem dando resultado. Fico feliz com mais essa conquista para o povo de Camamu”, disse.

CAMAMU FAZ FESTA DE 10 DIAS PARA SÃO JOÃO

Camamu terá 10 noites de festa no ritmo do forró.

Camamu terá 10 noites de festa no ritmo do forró.

O São João de Camamu começou no último domingo (18) e só termina no próximo dia 27. Serão 10 noites de forró para marcar o retorno do Arraiá da Fazendinha e os 457 anos de fundação e 126 de emancipação política do município do sul da Bahia. Na noite de aniversário da cidade (dia 27), haverá apresentação de Amanda Santiago, Raneychas e Sem Retoque, a partir das 20h.

A programação terá bandas locais e regionais, de acordo com a prefeita Ioná Queiroz. A recuperação de uma marca da cidade, o Arraiá da Fazenda, segundo o município, envolve rica programação cultural em praças e nas escolas locais. Confira toda a programação no “leia mais”, abaixo. :: LEIA MAIS »

TRAVESSÃO GANHA POSTO DE POLÍCIA 24H

Policiamento é reforçado em distrito de Camamu (Fotos Aleilton Oliveira)

Policiamento é reforçado em distrito de Camamu (Fotos Aleilton Oliveira)

Travessão, distrito de Camamu, no baixo-sul baiano, agora terá um posto de Polícia24h, com serviços de polícia militar e base para operações da polícia civil. A unidade foi inaugurada, nesta quinta (25), pela prefeita de Camamu, Ioná Queiroz, o deputado estadual Rosemberg Pinto (PT) e o tenente coronel Godim, além do Capitão Barreto, o delegado Gilmar Meireles e vereadores.

Travessão está localizado entre duas das rodovias, a BR-101 e a BA-001, e vem sofrendo há muito tempo com o aumento da violência e a falta de policiamento fixo, de acordo com moradores. “A gente estava precisando”, disse o morador de Travessão Abelardo Roque, de 82 anos, que agradeceu o empenho das autoridades.

VIATURA E AMBULÂNCIA

Durante a inauguração, ficou definido que o delegado de Polícia Civil atenderá na localidade uma vez por semana. Segundo Ioná Queiroz, a prefeitura disponibilizará funcionário fixo para dar apoio à polícia civil nas ocorrências.

Ioná ainda comemorou anúncio de nova viatura da polícia militar para Travessão. Ainda no evento, o deputado Rosemberg Pinto anunciou uma ambulância para atender a população de Camamu.

Durante inauguração de Posto, Ioná e Rosemberg anunciaram mais viatura e ambulância.

Durante inauguração de Posto, Ioná e Rosemberg anunciaram mais viatura e ambulância.

CAMAMU: IONÁ ANUNCIA PARTE DO SECRETARIADO

Ioná assume Camamu pela segunda vez (Aleilton Oliveira/Comunika).

Ioná assume Camamu pela segunda vez (Aleilton Oliveira/Comunika).

A nova prefeita de Camamu, Ioná Queiroz (PT), anunciou parte do secretariado ao tomar posse, no domingo (1º), para o segundo mandato. Ela comandará o município do baixo-sul baiano pela segunda vez.

A secretária de Educação será Ione Nascimento e Andreilson Moreno responderá pela Administração. Já a Pasta do Governo será comandada por Marcelo Hlavinicka e a Secretaria de Ação Social terá como titular Levi Ferreira.

A Saúde será comandada por Tarcísia Souza e a Agricultura por Manoel Luiz. Joubert Laytynher responderá pela Secretaria de Obras. As pastas de Finanças, de Desenvolvimento Econômico, e de Turismo, além das diretorias de Cultura e de Comunicação serão anunciadas posteriormente.

IONÁ QUEIROZ VENCE NO TRE-BA E DEVE ASSUMIR PREFEITURA DE CAMAMU

Ioná Queiroz comandará Camamu pela segunda vez (Foto Divulgação).

Ioná Queiroz comandará Camamu pela segunda vez (Foto Divulgação).

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE-BA) deferiu, há pouco, o registro da candidatura de Ioná Queiroz (PT) para a prefeitura de Camamu, no sul da Bahia, assegurando a sua diplomação. O registro foi validado por unanimidade em sessão realizada nesta tarde de segunda (28).

– Esta vitória é do povo de Camamu. Fui eleita com 2.019 votos de frente, mesmo com uma campanha pesada contra mim. Mas a justiça foi feita e ganhamos por unanimidade. Posso dizer que foi uma vitória dupla, nas urnas e na justiça – disse Ioná.

Ioná foi eleita com 8.560 votos em 2 de outubro.

O resultado no TRE foi comemorado pelo deputado estadual Rosemberg Pinto, líder do PT na Assembleia Legislativa baiana. “A Justiça ratificou o que a população já havia feito, quando garantiu a vitória de Ioná nas eleições de 2016”.

Para o presidente estadual do PT, Everaldo Anunciação, a vitória de Ioná fortalece ainda mais o partido, que passa a ter 40 prefeitos eleitos na Bahia. “A justiça fez valer a legitimidade do povo de Camamu. Para nós, além de aumentar o quantitativo, a vitória de Ioná aumenta também o qualitativo e fortalece a democracia com a presença de mais uma mulher a frente da prefeitura. O retorno de Ioná demonstra a importância de todo o seu trabalho a favor do social e das demandas da população”, reafirmou.  

PREFEITA DE CAMAMU É CASSADA PELO TSE

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) cassou, por unanimidade, a prefeita de Camamu, Ioná Queiroz (PT). A gestora do município do baixo-sul baiano já havia sido ejetada do cargo pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-BA) e se manteve na cadeira até o julgamento final, por força de uma liminar do TSE (relembre aqui). Segundo o Bahia Notícias, os ministros do tribunal em Brasília, no julgamento de hoje, determinaram a posse do segundo colocado no pleito em 2008, José Américo (PR).

INSATISFAÇÃO NA AMURC

Anízio (c), ladeado por Rosemberg, elogia Ioná.

Os sinais de insatisfação com a nova diretoria da Associação dos Municípios do Sul, Extremo-Sul e Sudoeste da Bahia (Amurc) começam a pipocar. Se antes as críticas ao presidente Cláudio “Viajando” Dourado ocorriam em privado, o prefeito Tonho de Anízio, de Itacaré, “clareou” ao anunciar a sua filiação à Associação dos Municípios do Baixo-Sul (Amubs). Mais que isso, Anízio derramou-se em elogios à presidenta da entidade, Ioná Queiroz.

A Amurc estaria sendo usada – apenas – para atender a grupos privados e amigos. Já as causas municipais, teriam sido deixadas “de lado”.

NOTA PÚBLICA

Vimos através desta nota, trazer a público nosso sentimento de repúdio ao fato lamentável e deseducador, que aconteceu nesta quinta-feira (20) no Hospital Municipal de Camamu. O ocorrido foi liderado pelo presidente da Câmara de Vereadores do Município, Sr. Oton Cardoso Pereira, junto ao grupo de vereadores oposicionistas, que adentraram repentinamente o Hospital e munidos de uma câmera filmadora constrangeram funcionários e pacientes, expondo estes últimos ao risco de infecção hospitalar.

Esse comportamento antidemocrático e em desuso na sociedade moderna, não se justifica em nosso Governo, que zela, sobretudo, pela transparência do que é público. Além disso, nenhum vereador, em quaisquer prerrogativas constitucionais, seria proibido de fiscalizar a administração municipal. Assim também, qualquer cidadão camamuense tem liberdade de solicitar informação ou permissão para acompanhar as ações do nosso Governo. Vale ressaltar que nos sentiremos honrados e prestigiados por estas iniciativas.

Esperamos e desejamos, prezando pela saúde dos cidadãos e respeito aos trabalhadores, que esse comportamento não venha mais se repetir em nosso Município. O que precisamos é dar bons exemplos aos camamuenses, principalmente, aos jovens que precisam de referências para uma boa formação pessoal e profissional.

Pelo respeito e a obstinação de construir uma Camamu do Bem deixo aqui essa reflexão.

Ioná Queiroz Nascimento
Prefeita

TSE CONCEDE LIMINAR E PREFEITA DE CAMAMU RETORNA AO CARGO

EXCLUSIVO

Ioná retorna ao cargo.

O ministro Arnaldo Versiani, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), acaba de conceder liminar determinando o retorno de Ioná Queiroz (PT) ao cargo de prefeita de Camamu. Ela havia sido cassada pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-BA) na última quinta-feira, 2, sob a acusação de compra de votos e abuso de poder econômico nas eleições de 2008.

Versiani, ao acatar os argumentos da ação cautelar movida pela prefeita, anula a decisão do TRE até que o mérito seja analisado pelos ministros do Tribunal Superior Eleitoral. Desde ontem, o cargo de prefeito era ocupado pelo segundo colocado nas eleições, Américo José (PR).

Um dos advogados de defesa de Ioná, Sidney Neves, disse que ficou evidenciada a falta de provas de que houve compra de votos e abuso de poder econômico.

A Justiça baiana não teria analisado documentos e depoimentos e havia deixado de ouvir testemunhas fundamentais durante a investigação eleitoral, a exemplo de uma dona de restaurante em Camamu.

Confira o despacho do ministro clicando no ‘leia mais”, logo abaixo.

:: LEIA MAIS »

AMÉRICO JOSÉ ASSUME PREFEITURA DE CAMAMU

O município de Camamu, no baixo-sul baiano, já tem novo prefeito. Américo José (PR) tomou posse, há pouco, em solenidade na Câmara de Vereadores. Américo assume em lugar de Ioná Queiroz, prefeita cassada pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE), acusada de abuso de poder econômico e compra de votos nas eleições de 2008.

Antes da posse, Américo foi diplomado como prefeito pela juíza eleitoral substituta, Márcia Leite Vieira, no fórum local. O novo prefeito prometeu anunciar o seu secretariado nesta quarta-feira, 8. Além dele, também tomou posse a vice-prefeita, professora Noélia Nascimento. Américo assumiu falando numa gestão que “olhe para todos, indistintamente”. Era uma estocada em Ioná Queiroz, acusada de empregar quase todos os seus familiares.

CAMAMU: POSSE DE NOVO PREFEITO SERÁ NA 3ª

Jackson defende expulsão de Ioná.

Após o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) confirmar a cassação da prefeita Ioná Queiroz (PT), a Justiça em Camamu determinou para a próxima terça-feira, 7, às 9 horas, a diplomação de José Américo (PR), no fórum local. Américo assume depois que Ioná foi cassada por abuso de poder econômico e compra de votos na eleição de 2008. A posse ocorrerá em solenidade na Câmara de Vereadores, também prevista para o período da manhã.

Enquanto isso, a prefeita cassada tenta manter-se no cargo apresentando recurso ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), em Brasília. Ioná Queiroz sofreu um duro golpe nesta semana com o posicionamento de Jackson Cabral. Fundador do PT em Camamu, Cabral defende a imediata expulsão de Ioná do partido.

Cabral acusa a prefeita cassada de ter negligenciado as bandeiras históricas do partido, ter promovido nepotismo em altíssimo grau. A família da prefeita controla 70% do orçamento do município e ocupa os principais cargos na prefeitura.

O fundador do PT de Camamu também acusa Ioná por diversas irregularidades, como desvio de recursos para construção de hospital e do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (Peti), além de ter prejudicado o PT no segundo turno da eleição presidencial, quando Dilma Rousseff perdeu para o tucano José Serra no município.

PREFEITA DE CAMAMU É – FINALMENTE – CASSADA

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) derrubou efeito suspensivo e derrubou de vez a petista Ioná Queiroz do cargo de prefeita de Camamu, município localizado no baixo-sul baiano. Ioná era acusada de abuso de poder econômico e compra de votos na eleição de 2008. Em seu lugar deve assumir imediatamente o segundo colocado, Américo José da Silva (PR). No mês passado, o tribunal havia cassado a prefeita, que se sustentou no cargo por meio de liminar. Ioná, no entanto, ainda pode recorrer ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

A GRANDE FAMÍLIA

Acossada por denúncias que devem lhe custar o mandato como gestora em Camamu, a prefeita Ioná Queiroz (PT) é acusada de fazer da prefeitura um cabide de empregos para a família. De mãe a sogro e ex-marido, todos têm uma boquinha no município.

A lista é encabeçada pela mãe da prefeita. Maria Queiroz é secretária de Educação. Ione Queiroz, irmã da prefeita, ocupa a pasta da Administração. Iomar Queiroz é irmão da gestora e controla com mãos de ferro os contratos do município.

Raul Queiroz é primo de Ioná e motorista do seu gabinete. Um caso sui generis é o da prima Margarete Queiroz. Concursada para a área de serviços gerais, ela foi içada à condição de diretora de escola.

Gabriel Queiroz é sobrinho de Ioná e filho da secretária de Administração, Ione Queiroz. Ele responde pela Diretoria de Eventos. A chefe da Central de Merenda, Maria do Amparo Queiroz, é prima da prefeita.

A lista é grande e tem ainda o ex-sogro de Ioná. O velhinho construiu um posto de combustível em área de mangue e tem exclusividade no fornecimento da gasosa para o município, segundo se comenta. O ex-marido André Washington é lotado na Pasta de Obras.

IONÁ CONTINUA NO CARGO

O Bahia Notícias publicou nota, há pouco, afirmando ter sido um equívoco a informação divulgada de que a prefeita de Camamu, Ioná Queiroz, teria sido cassada pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE), ontem.

Ioná continua no cargo.

O processo por crime eleitoral ainda é apreciado pelo TRE e a votação está empatada em 3 a 3, faltando apenas o voto de desempate do presidente do tribunal, Mário Alberto Hirs.

PROTESTO NO TRE PEDE “A CABEÇA” DE IONÁ

Cerca de 100 manifestantes protestaram hoje em frente ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE) contra a demora no julgamento do pedido de cassação da prefeita de Camamu, Ioná Queiroz (PT), que já dura quase três semanas.

Segundo os manifestantes, apesar de cinco julgadores já terem se manifestado a favor da cassação, um dos juízes pediu vistas ao processo e não o devolve, dificultando a apreciação da ação contra a prefeita. Informações do Política Livre.

LEÃO DE OLHO EM CAMAMU

João, de olho em Camamu.

Chama a atenção de observadores de dentro do governo baiano o grande interesse que nutre o deputado federal João Leão na queda da prefeita Ioná Queiroz (PT), de Camamu. O homem, comenta-se, tem acompanhado lance-a-lance o desenrolar do processo no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) no qual Ioná é acusada de crime eleitoral no pleito de 2010.

O caso foi a plenário e está 5×0 pela cassação da gestora. Falta o voto de um dos desembargadores, que pediu vistas. Apesar do placar elástico, defensores de Ioná dizem que o processo é frágil e não vingaria no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), em Brasília. Será?

Caso a petista seja ejetada da cadeira, quem assume é o segundo colocado em 2008, Américo José da Silva, que pertence ao mesmo partido do secretário.








WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia