jardim das hortensias


maio 2016
D S T Q Q S S
« abr    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

editorias


:: ‘Itabuna’

MORADORES BLOQUEIAM RUA NO S. CAETANO

Trecho da rua está abandonado há seis anos, segundo moradores (Foto do leitor).

Trecho da rua está abandonado há seis anos, segundo moradores (Foto do leitor).

Moradores de uma das principais ruas do São Caetano, em Itabuna, decidiram bloquear a via em protesto contra o abandono. As vítimas dizem que poeira em dias de sol e lama em períodos chuvosos virou regra em um trecho da rua. O sofrimento começou há mais de seis anos. Entra prefeito e sai prefeito e a promessa é apenas renovada.

Até agora, a prefeitura não se posicionou sobre quando repavimentará a Juarez Távora. Os protestos serão feitos regularmente até que a Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedur) inicie as obras de repavimentação do trecho da rua que é ligação para os bairros Sarinha, Jardim Primavera, Vila Anália e Jaçanã.

DE OLHO EM “MANGA”

Será que Roberto vai grudar em "Manga"?

Será que Roberto vai grudar em “Manga”?

Circula nos bastidores da política itabunense a versão de que o pré-candidato a prefeito pelo PR, Roberto José, estuda a possibilidade de se aliar ao médico Antônio Mangabeira, do PDT.

Chamado de “Manga” pelos amigos, o pedetista anda animado com a aceitação de seu nome e tem intensificado a presença nos bairros da cidade. Curiosamente, ele e Roberto lançaram suas pré-candidaturas no mesmo dia, quem sabe um sinal de sincronia entre as campanhas.

Por enquanto, obviamente, ambos afirmam que serão candidatos. Alguns pedetistas, no entanto, dizem que Roberto tenta se aproximar de “Manga”.

BAÚ DO PIMENTA: ITABUNA NO TÚNEL DO TEMPO

diario 1973O PIMENTA teve acesso a um acervo de jornais que circularam em Itabuna nas décadas de 70 e 80 do século passado e experimentou uma verdadeira viagem no tempo. Fatos curiosos, momentos históricos e costumes um tanto diferentes dos atuais se revelam em páginas amareladas, que trazem aquela sensação curiosa de quem se depara com um álbum de fotografias antigas.

O contato com esse material nos trouxe a ideia de compartilhá-lo com nossos leitores. Para quem viveu naquele tempo, será uma experiência nostálgica; para os mais novos, será uma descoberta.

Na estreia deste espaço, a gente compartilha a primeira página do jornal Diário de Itabuna, do dia 31 de janeiro de 1973, portanto há mais de 43 anos. Na manchete, em clima de euforia, a notícia é a posse do empresário José Oduque Teixeira como novo prefeito de Itabuna (empolgação talvez explicada pelo fato de o prefeito e o dono do jornal serem a mesma pessoa).

A foto de um ainda jovem Oduque (ele está para completar 93 anos)  ilustra a matéria, que anuncia uma folia momesca fora de época para celebrar o triunfo do empresário, muito antes de outro prefeito inventar o famoso e já finado “Carnaval Antecipado de Itabuna”.

Segundo o Diário, “o Clube de Diretores Lojistas e a Associação Comercial de Itabuna decidiram encaminhar apelo ao comércio, indústria e entidades bancárias, no sentido de que não funcionem”.

Oduque ficou marcado como gestor honesto. Em 1992, então aos 69 anos, ele voltaria a se candidatar a prefeito, mas foi derrotado pelo petista Geraldo Simões.

A REVIRAVOLTA DOS BARBEIROS – Não passou despercebida nessa edição histórica uma chamada menor, porém inusitada. Segundo a publicação, os barbeiros de Itabuna também estavam em festa naquele histórico final de janeiro de 1973, e não era por causa da posse de Oduque.

Ocorre que naquela época, a cultura hippie estava em alta e um de seus símbolos eram os cabelos longos. Em consequência dessa moda, a juventude não queria saber de tesoura e os barbeiros se viram em situação complicada. Segundo dizem, os piolhos também proliferaram naqueles anos de cabeleiras selvagens.

Justamente por esse motivo, a chamada do Diário era motivo de alegria para os profissionais que faziam barba, cabelo e bigode, pois ela anunciava – viva! – que os cabelos curtos estavam de volta à moda. O jornal destaca o barbeiro José Lino (Zequinha) que se refere à nova tendência como “uma salvação para muitos profissionais da sua classe”.

Sejam os governos, sejam os modismos, esse recorte histórico reforça a certeza de que tudo muda. E a cada sexta-feira, você irá confirmar isso no Baú do Pimenta.

Atualizado às 16h39

 

O QUE FIZEMOS COM O CACHOEIRA…

Situação do Rio Cachoeira numa área onde a Emasa consegue captar água a cada 12 horas, em Nova Ferradas.

Situação do Rio Cachoeira em trecho a 300 metros da estação de captação de Nova Ferradas.

Tristeza é o sentimento de quem vê a situação do Rio Cachoeira, em Itabuna, nas imediações da unidade de captação de Nova Ferradas. Onde antes se captava, em média, 250 litros por segundo, hoje é possível retirar não mais que 60 litros por segundo, por 12 horas, e com igual intervalo.

O trecho está praticamente seco, com pequenos poços de onde a Emasa ainda retira água (por meio de transposição) para abastecer bairros da zona oeste do município. Não se sabe até quando vai dar…

Com a seca de mais de nove meses, a região perdeu 80% de sua reserva de água. Além de Itabuna, outros municípios, como Itajuípe, Camacan e Ilhéus também enfrentam racionamento. No curto prazo, não há muito o que fazer, além de esperar a chuva.

Infelizmente, em vários trechos o velho Cachoeira vai ficando cada vez menos parecido com um rio. Para quem o conheceu em outros tempos, é realmente de chorar.

NOSSA CIDADE, O PERSONALISMO E OS SEUS PASSIVOS

rpmRosivaldo Pinheiro | rpmvida@yahoo.com.br

 

Itabuna precisa que seu futuro prefeito reúna experiência comprovada, poder de articulação e relacionamento político nas esferas federal e estadual, além de dinâmica e criatividade capazes de estabelecer parcerias.

 

Vivemos numa cidade com diversos problemas acumulados, frutos da forma personalista de gestar o município por parte da maioria dos que passaram pelo comando do Executivo municipal. A falta de interlocução com a sociedade local e a liderança centrada na chefia – como se a cidade fosse uma espécie de departamento, tutelada pelo chefe que transitoriamente ocupa o poder – tornaram-se um traço negativo ao longo de décadas em Itabuna.

Esse ideário equivocado de pensar o poder em Itabuna acabou gerando uma cidade onde os valores de cidadania não fazem parte da visão de parcela significativa da sociedade local, a qual também tende a não reconhecer como liderança quem exerce o poder se impondo através do diálogo. Investimentos em cultura, educação, esporte e lazer, por exemplo, são historicamente vistos como supérfluos e, por consequência dessa visão, modificamos pouco as atrofias no tecido social local.

Contrapontos a essa dinâmica aconteceram nos governos Ubaldo Dantas, Geraldo Simões e agora, com Claudevane Leite. Esse último registra o maior investimento nessas ações, elevando-o de 8% para 16% das receitas próprias em programas de cidadania e cultura. Os espaços públicos como praças, jardins, praças esportivas, áreas de convivência, importantes para a vida social das comunidades, na sua grande maioria precisam de qualificação.

:: LEIA MAIS »

ZONA AZUL: CÂMARA DEVE DERRUBAR VETO DO PREFEITO

Prefeito vetou projeto do próprio Executivo (Foto Pimenta).

Prefeito vetou projeto do próprio Executivo (Foto Pimenta).

A Câmara de Vereadores de Itabuna deverá derrubar o veto do prefeito Claudevane Leite (PRB) ao projeto que disciplina o sistema de estacionamento rotativo no município (Zona Azul). O gestor vetou a proposta de autoria do próprio Executivo, após ela ter sofrido emendas que a alteraram significativamente.

Entre as emendas, está a que atribui a gestão do sistema à própria administração municipal, diferentemente do que ocorre hoje, com o serviço terceirizado. Outra modificação introduzida durante a tramitação do projeto pela Câmara é a que prevê a garantia do emprego dos atuais agentes da Zona Azul.

Diante dessas alterações, o prefeito optou por vetar a matéria, mas hoje (24) boa parte dos vereadores demonstrou que está disposta a peitar o chefe do Executivo. Um parecer elaborado pelo vereador Gegéu Filho foi aprovado em sessão das Comissões Técnicas e amanhã  haverá manifestação do plenário, havendo grandes chances de que o veto seja derrubado.

A sessão das Comissões foi mais uma vez prestigiada por trabalhadores da empresa Dom Parking, que hoje opera a Zona Azul em Itabuna. Há 40 dias, quando da discussão do mesmo tema, registrou-se um bate-boca entre uma funcionária da empresa e o vereador Ronaldo Geraldo, o “Ronaldão”, do PMN. O clima esquentou quando a moça acusou, de modo genérico e sem citar nomes, vereadores de exigir propina da Dom Parking (relembre).

CEI FINGE QUE MIRA EM ROBERTO JOSÉ

Aldenes e Jairo colhem assinaturas para instalar CEI

Aldenes e Jairo colhem assinaturas para instalar CEI

A dupla de vereadores comunistas na Câmara de Itabuna – Aldenes Meira e Jairo Araújo – coletava assinaturas na tarde de hoje (24) para abrir uma Comissão Especial de Inquérito (CEI) com o objetivo de apurar supostas irregularidades na gestão de Roberto José na Fundação Itabunense de Cultura e Cidadania (Ficc).

Comenta-se que o ex-presidente da fundação possa ter exagerado nos gastos e tais suspeitas deverão ser apuradas pela CEI, que já teria assinaturas suficientes para ser instalada. Nos bastidores, também se diz que os comunistas jogam por tabela e o verdadeiro alvo não seria Roberto José, ou pelo menos não somente ele.

No Centro Administrativo Firmino Alves, tem gente que vai precisar tomar cuidado para não perder o controle.

CÂMARA DE ITABUNA CONVOCA APROVADOS EM CONCURSO

Câmara convoca mais sete aprovados em concurso (Foto Pedro Augusto).

Câmara convoca mais sete aprovados em concurso (Foto Pedro Augusto).

A Câmara de Vereadores de Itabuna publicou edital com convocação de mais aprovados no concurso público realizado no ano passado. Foram chamados sete concursados, que têm 30 dias para comparecer ao setor de recursos humanos da Casa e apresentar documentação exigida para contratação.

De acordo com o edital, o convocado que não se apresentar no período estipulado perderá a vaga, seguido de convocação de novos nomes conforme a ordem de classificação. O concurso da Câmara de Itabuna foi realizado em junho do ano passado. Reuniu mais de 9 mil inscritos. Abaixo, confira a lista de convocados.

Lista de Convocados

Assistente Administrativo (2° Lugar) – Juan de Matos Braga
Recepcionista (3° Lugar) – Iara Alves Santos Silva
Garçom (1° Lugar) – Reinan Santos Carvalho
Auxiliar de Copa e Cozinha (1° Lugar) – Arildo dos Santos Bittencourt
Oficial de Reprografia (1° lugar) – Wimbley Alves de Almeida Paiva
Operador de Áudio e Vídeo (1° Lugar)
– Bruno de Jesus Santos
Assessor Técnico de Comunicação Social – Jornalismo (1° Lugar) – Claudemar Alves Oliveira

TREINAMENTO PARA EMPRESÁRIOS DA PANIFICAÇÃO

paesIdentificar os gargalos que impedem uma melhor produtividade. Esse é o foco de uma capacitação promovida pelo Sebrae, com foco exclusivamente no setor da panificação. O treinamento será ministrado para empresários de Ilhéus e Itabuna, que terão acesso a ferramentas que, segundo os organizadores, podem melhorar o desempenho de quem literalmente “põe a mão na massa”.

As inscrições para a capacitação podem ser feitas até esta quarta-feira (25), no Ponto de Atendimento do Sebrae em Itabuna (Rua Paulino Vieira, 175) ou pelo telefone 3613-9734. Em Ilhéus, os interessados devem se dirigir à Praça José Marcelino, 100 (Centro) ou ligar para 3634-4068.

O treinamento começa no dia 31.

PASSAGEM DA TOCHA TEM AGITAÇAO CULTURAL EM ITABUNA

Apresentações culturais estão programadas para circuito olímpico em Itabuna (Foto Eric Thadeu).

Apresentações culturais ocorrerão no circuito olímpico em Itabuna (Foto Eric Thadeu).

O revezamento da tocha olímpica em Itabuna terá programação cultural em vários pontos do circuito. Já no início do trajeto, na Avenida Manoel Chaves (Kennedy), em frente à Vila Olímpica, apresenta-se a fanfarra do Colégio Estadual de Itabuna, a partir das 15h deste sábado (21).

Outro ponto com atividade cultural é o Jardim do Ó, onde os grupos Encantarte e Tâmela França se apresentam. Na Praça Octávio Mangabeira (Camacã), quem dá show é o Grupo de Capoeira do Mestre China, além das crianças da LBV e estudantes do curso de violino da Fundação Itabunense de Cultura e Cidadania (Ficc) da unidade da Casa das Artes do CSU.

A Fanfarra do Caic/Jardim Primavera se apresenta na Praça Adami. Um grupo de balé se apresentará na Praça Olinto Leone.

Apresentações culturais também ocorrerão na Praça Rio Cachoeira, na Avenida Mário Padre, em frente à Câmara de Vereadores, onde haverá a Parada Olímpica. Por lá se apresentam as baianas do Pai Gildo, a Banda Municipal Falcões.

A programação foi elaborada pelo comitê local olímpico, envolvendo 40 servidores da Ficc e das secretarias de Esportes, de Assistência Social e de Saúde.

PREFEITURA DESMENTE BOATOS SOBRE GASTOS

tocha olímpica rio 2016A tocha olímpica passará amanhã (21) por Itabuna e a prefeitura local tem feito um esforço olímpico para desmentir boatos de que teria investido R$ 180 mil para custear o evento. Mais rápido que corredor dos 100 metros rasos, o boato percorreu as redes sociais e e deixou o Comitê Organizador Local indignado.

Por meio de nota, a Prefeitura assegura que todas as despesas são pagas pelos patrocinadores dos jogos e o município arca somente com os custos de melhorias – como tapa-buracos e pintura de meios-fios – nos trechos por onde a tocha será conduzida.

O governo afirma que os boatos têm objetivos “político-eleitorais”.

ALÉM DO SAL

ricardo ribeiroRicardo Ribeiro | ricardo.ribeiro10@gmail.com

 

Tivesse havido prevenção e investimento em um modelo de uso racional da água, a situação seria outra. Mas se optou pela facilidade e a ilusão da fartura infinita.

 

A natureza dá sinais muito evidentes de que está chegando ao seu limite, mas a humanidade segue adiante com suas mesmas prioridades, modos de agir e uma imutável inconsequência. A elevação das temperaturas quebra recordes sucessivamente, não apenas por fatores naturais, principalmente o El Niño, mas também pela emissão de poluentes na atmosfera. Ademais, seguimos despejando esgotos nos rios, enquanto falta-nos água potável nas torneiras, o que é esdrúxulo.

Não é difícil imaginar aonde isso vai parar? No sul da Bahia, antes uma região com fartura de água, nem dá mais para fazer tal pergunta, pois o colapso antevisto já se materializa no presente. Noticia-se que, depois de mais de nove meses de estiagem, a região perdeu mais de 80% do volume de água que possuía. É terrível, mas era previsível que isso um dia poderia acontecer. Falta chuva, é certo, mas a ausência de bom senso, responsabilidade e compromisso com as futuras gerações contribuíram para tingir o cenário com cores mais dramáticas.

Há quantos anos se sabe que Itabuna, maior cidade da região, desperdiça mais de 50% da água tratada, antes que ela chegue aos domicílios? E esta não é uma insanidade exclusiva deste município, pois em todo o país, sobretudo nas regiões Norte e Nordeste, o uso inconsequente da água é a regra. Apesar dos avisos inequívocos, em muitos lugares utiliza-se o recurso como se inesgotável fosse. Ledo engano, cujos resultados serão catastróficos, como já são por aqui.

As consequências da miopia são sentidas e, como de praxe, é só neste momento crítico e desesperador que se pensa em buscar “soluções”. Tivesse havido prevenção e investimento em um modelo de uso racional da água, a situação seria outra. Mas se optou pela facilidade e a ilusão da fartura infinita.

Por falar nas tais “soluções”, no que toca ao poder público, nota-se que infelizmente elas seguem uma rota obscura, permeada por rumores preocupantes e em um delicado momento de transição política, quando coisas estranhas costumam acontecer.

É momento de a sociedade civil estar vigilante e participante dessa busca de alternativas. Não se trata apenas de tirar o sal da água, mas de remover toda e qualquer impureza das negociações que possam eventualmente se valer da crise para concretizar velhos e conhecidos intentos, não exatamente vinculados ao interesse público.

ROBERTO JOSÉ VAI PROPOR CHOQUE DE GESTÃO

Roberto José convence Otto e assume presidência do PSD (Foto Thiago Pereira).

Roberto José convence Otto e assume presidência do PSD (Foto Thiago Pereira).

Outro político que oficializa nesta sexta-feira (20) sua pré-candidatura a prefeito de Itabuna é o ex-presidente da Fundação Itabunense de Cultura e Cidadania (Ficc) e ex-secretário municipal de Transportes e Trânsito, Roberto José, do PR. O lançamento está programado para as 19 horas, no Grapiúna Tênis Clube.

Roberto ganhou destaque em sua passagem pela administração municipal, inicialmente na Ficc e posteriormente acumulando a presidência da fundação de cultura com a gestão do trânsito. Teve méritos reconhecidos, como a implantação de programas culturais nos bairros e a criação da Casa das Artes. No trânsito, promoveu intervenções para “desatar nós”, como o fim de cruzamentos na Avenida Juracy Magalhães.

Na pré-campanha, Roberto busca propagar a imagem de bom administrador e defende um choque de gestão, com o objetivo de dar mais eficiência ao governo. O desafio para ele, no entanto, é manter-se em evidência após o desembarque dos cargos que ocupava na Prefeitura.

Pesquisas recentes indicam que, para o pré-candidato do PR, a menor visibilidade implicou em significativa perda de musculatura. Além de emplacar a imagem de bom gestor, ele precisa superar concorrentes que deverão contar com maior estrutura de campanha e outros que, além deste quesito, têm a vantagem (uns podem ver como desvantagem) de ser mais conhecidos pelo eleitorado.

 

GLAUCOMA ATINGE 1 MILHÃO DE BRASILEIROS POR ANO E PODE CAUSAR CEGUEIRA

Diagnóstico precoce do glaucoma é vital para evitar cegueira (Reprodução).

Diagnóstico precoce do glaucoma é vital para evitar cegueira (Reprodução).

Doença que forçou o prefeito de Ilhéus, Jabes Ribeiro, a pedir licença de 15 dias para tratamento, o glaucoma atinge mais de 60 milhões de brasileiros, segundo estimativa de autoridades da área de saúde, embora os dados não sejam tão confiáveis. Por ano, cerca de um milhão de pessoas são diagnosticadas, tardiamente, com a doença, que é apontada como principal causadora de cegueira irreversível no mundo.

A doença é caracterizada por dificuldades na leitura e provocar incômodos até mesmo ao assistir televisão, sendo mais comum depois dos 40 anos. De acordo com médicos, na sua fase inicial a doença raramente apresenta sintomas. Afeta principalmente os grupos de risco dos idosos, negros, diabéticos, portadores de pressão arterial alta ou muito baixa, portadores de apneia do sono, os que fazem uso prolongado de medicação a base corticoide.

De acordo com o médico oftalmologista Rogério Vidal, do Day Horc, o glaucoma é uma doença ocular hereditária, degenerativa e progressiva. “Nos casos agudos, os sinais e sintomas são evidentes e se apresentam em dor ocular intensa, baixa da visão, observação de halos coloridos em torno da luz, náusea e vômito”, afirma o médico.

Segundo ele, em 80% dos casos, o diagnóstico é tardio e só é confirmada quando  já ocasionou danos irreversíveis ao paciente. Um dos mais relevantes fatores de risco relacionado ao glaucoma é a pressão interna do olho alta”.

DIAGNÓSTICO PRECOCE

Vidal aponta outros fatores que contribuem para a evolução do glaucoma. “Algumas pessoas com pressão do olho alta não apresentarão glaucoma e, por outro lado, indivíduos com pressões consideradas normais podem apresentar lesão no nervo óptico característica da doença. Portanto, a avaliação cuidadosa do seu oftalmologista considerando o fundo de olho, campo visual e outros fatores de risco, é importante para o diagnóstico precoce e o tratamento da doença”.

O diagnóstico do glaucoma é feito por meio de exame, que determina a forma e o estágio da doença. “O controle da pressão intraocular é fundamental para estacionar a lesão do glaucoma”. De acordo com Rogério Vidal, “já foi observado que ela pode continuar progredindo em alguns indivíduos”. Quando não há tratamento, a doença pode levar a perda total da visão. O médico diz que é importante o diagnóstico precoce do glaucoma.

MUTIRÃO

A preocupação com o crescente número de casos da doença despertou para a realização de mutirões por todo o país. Em Itabuna, o Hospital Day Horc fará mais uma edição de mutirão anual para diagnóstico gratuito e tratamento do glaucoma. A previsão é atender até 3.500 pessoas durante o mutirão.

MANGABEIRA LANÇA PRÉ-CANDIDATURA

Mangabeira investe no discurso ético

Mangabeira investe no discurso ético

O médico Antônio Mangabeira apresentará oficialmente seu nome como pré-candidato a prefeito de Itabuna pelo PDT. O lançamento está marcado para esta sexta-feira (20), às 19 horas, na sede do Instituto de Cultura Espírita (Icei), em frente ao Colégio Josué Brandão.

Visto como um dos nomes que representariam uma terceira via na corrida sucessória, Mangabeira tem investido no discurso ético e defendido um modo de governar distanciado da política tradicional.

O pedetista enfrentou incredulidade após afirmar sua disposição de concorrer à Prefeitura de Itabuna, pois alguns apostavam que mais adiante o deputado federal Félix Mendonça, cacique do PDT baiano, cederia a legenda para outro nome.

Mendonça, no entanto, tem afirmado que a candidatura de Mangabeira é pra valer e irá até o fim. Pesquisas para consumo interno têm revelado crescimento da aceitação do nome do médico.

PROTESTO NA CAIXA D’ÁGUA

Moradores queimaram objetos, interditando a rua (foto Pimenta)

Moradores queimaram objetos, interditando a rua (foto Pimenta)

Moradores da Rua José Alves Franco, na comunidade popularmente conhecida como Caixa D’Água, em Itabuna, fizeram um protesto contra a Emasa na noite de hoje (18). Sem abastecimento há quase um mês, eles reivindicam a instalação de um tanque comunitário no local.

No protesto, os manifestantes queimaram objetos e deixaram a rua interditada. A Polícia Militar esteve no local e solicitou o apoio do Corpo de Bombeiros para desbloquear a via. Não houve resistência, mas os moradores avisaram que voltarão a se mobilizar se a Prefeitura não instalar o reservatório.

Ouvidos pelo PIMENTA, moradores disseram que enfrentam dificuldade para conseguir água em um tanque instalado pela Prefeitura em outra parte do bairro São Roque, que abrange a Caixa D’Água. Além da distância, eles muitas vezes são impedidos por quem mora mais perto do reservatório improvisado.

Segundo os manifestantes, nem a Prefeitura nem a Emasa enviaram representantes para ouvir suas reivindicações.

BICALHO: “REDE HOSPITALAR DE ITABUNA PEDE SOCORRO”

Bicalho diz que rede hospitalar pede socorro.

Bicalho diz que rede hospitalar pede socorro.

O secretário de Saúde de Itabuna, Paulo Bicalho, não usou meio termo, hoje (18), ao definir a situação dos serviços de média e alta complexidade do município. “A rede hospitalar de Itabuna pede socorro”, disse ele, revelando estar preocupado com a possibilidade de caos no atendimento à população e aos mais de 120 municípios pactuados.

Para ele, a raiz do problema é o subfinanciamento da saúde. “A saúde pública não tem reajuste já há algum tempo e há muito também deveria ter sido corrigido pelos índices inflacionários”, afirma.Segundo ele, a crise que hoje atinge a saúde já interrompeu importantes serviços no setor ao longo dos últimos anos, porque o financiamento do Sistema Único de Saúde (SUS) está aquém das necessidades.

INSUMOS E MEDICAMENTOS MAIS CAROS

A rede pode entrar em colapso porque, segundo Bicalho, o subfinanciamento ocorre em um momento em que há aumento da demanda de serviços na região, seguido de aumento de preço dos insumos e de medicamentos. “Acontece que, para o pagamento de produção de serviços prestados, os valores são baseados em tabela que seguem as diretrizes do SUS”, sublinha.

– Estamos bastante preocupados diante dessa situação, porque a Secretaria Municipal de Saúde apenas efetua as transferências constitucionais via fundo a fundo, por meio dos programas do Ministério da Saúde.

Paulo Bicalho adianta que, com relação à aplicação de recursos próprios, procedentes do Tesouro Municipal, são repassados 18% em média do que a prefeitura arrecada na área tributária. “Tais recursos são utilizados para cobrir apenas as despesas com a folha de pessoal da Saúde. E, mesmo assim enfrentamos dificuldades, pois as prefeituras vêm arrecadando menos nos últimos tempos se comparado a anos anteriores”, destaca Bicalho.

ITABUNA FARÁ REVISÃO DE 9,1 MIL BENEFÍCIOS DO BOLSA-FAMÍLIA

Caroline Suzart, da SAS, orienta beneficiários (Foto Wilson Oliveira).

Caroline Suzart, da SAS, orienta beneficiários (Foto Wilson Oliveira).

A Prefeitura de Itabuna divulgou hoje (18) que revisará 9.185 benefícios concedidos a cadastrados no Programa Bolsa Família. A revisão é feita por técnicos da Secretaria de Assistência Social (SAS), com visitas domiciliares, preenchimento prévio de formulários e agendamento de atendimento na sede da SAS, na Rua Piauí, 140, no bairro Jardim Vitória.

A prefeitura atende a recomendação feita pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário. A diretora do Departamento de Combate a Pobreza da Secretaria de Assistência Social, Caroline Oliveira Suzart, explica que a atualização dos dados cadastrais das famílias visa garantir o pagamento para quem realmente precisa do valor do benefício social para sobreviver.

Para a realização da fiscalização os auditores estarão devidamente identificados com crachás. Caroline Suzart afirma que o trabalho de averiguação e revisão cadastral deve ser concluído no prazo de quatro meses.  Segundo ela, as famílias estão tendo o agendamento prévio para evitar filas. O atendimento vai até as 16 horas.

– A atualização de dados não visa prejudicar quem precisa. Pelo contrário, vai assegurar que quem está fora do programa Bolsa Família tenha a chance de entrar.

PERFIL

As informações que forem coletadas pelos auditores da Secretaria de Assistência Social serão enviadas para o Ministério de Desenvolvimento Social e Agrário, a quem cabe fazer avaliação final se o beneficiário continua dentro do perfil exigido para cadastramento do programa ou não.  Pelas regras, a família beneficiada que tem rendimento mensal de R$ 880,00 e seis integrantes está no perfil. Se forem quatro pessoas com esse valor, estará irregular.

:: LEIA MAIS »

NA BAHIA, REDE PÚBLICA DE ENSINO TEM MAIS PROFESSORES COM NÍVEL SUPERIOR

Rede pública na Bahia tem mais professores com nível superior.

Rede pública na Bahia tem mais professores com nível superior (Foto Gidelzo Silva).

Divulgado ontem (16) pelo Ministério da Educação, o Relatório do Plano Nacional de Educação mostra que a formação dos professores das escolas públicas em Itabuna é, no geral, melhor que a dos educadores da rede privada. O quadro também é constado no estado.

De acordo com o relatório, 89,8% dos professores da educação básica que atuam na rede pública em Itabuna têm nível superior. O percentual cai para 63,8% quando levado analisada a formação dos professores das escolas particulares.

O mesmo relatório mostra que o nível de graduação dos professores das redes pública e particular em Itabuna é o segundo maior do Estado, superado apenas por Lauro de Freitas, onde 93,9% dos educadores que lecionam em escolas públicas têm nível superior. Na rede particular, cai para 72%.

Ainda de acordo com o relatório do MEC, 61,6% dos professores baianos da rede pública possuem nível superior. Quando analisada a rede particular, percentual é apenas 50,9%.

PROMOTOR DE EVENTOS ENCONTRADO MORTO EM ITABUNA

Marquito Tigresa era ativista contra a homofobia

Marquito Tigresa era ativista contra a homofobia

O promotor de eventos Marquito Tigresa foi encontrado morto na noite deste domingo (15), em sua residência, no bairro Vila Zara, em Itabuna. Segundo informações do Plantão Itabuna, vizinhos de Tigresa entraram em contato com a polícia, depois de notar a ausência de Tigresa há alguns dias e perceber um forte odor saindo da casa do promotor de eventos.

A causa e as circunstâncias da morte ainda dependem de investigações e das conclusões da perícia. Além de realizar eventos relacionados à moda, Tigresa era também um ativista contra a homofobia. Em 2008, ele lançou em Salvador o livro “Por que?”, que aborda o tema.

O corpo de Marquito Tigresa ainda se encontra no Departamento de Polícia Técnica de Itabuna.

 

POSTOS TÊM ALTA PROCURA POR VACINA

Paciente buscam vacina na unidade de saúde Lavínia Magalhães, no Conceição (foto Pimenta)

Paciente buscam vacina na unidade de saúde Lavínia Magalhães, no Conceição (foto Pimenta)

Pelo segundo dia seguido, os postos de saúde de Itabuna amanheceram com filas gigantescas, formadas por pessoas que procuram a vacina contra a gripe influenza (H1N1). A movimentação é intensa em todas as unidades básicas, que ontem (12) receberam os lotes da quarta etapa da campanha de imunização. Algumas pessoas – boa parte idosas – levaram cadeiras para suportar a longa espera.

A campanha de vacinação termina no próximo dia 20 e, até lá, a Prefeitura espera alcançar 80% da meta estabelecida. Devem tomar a vacina pessoas com mais de 60 anos, crianças abaixo dos cinco anos de idade, portadores de doenças crônicas, gestantes, profissionais de saúde, entre outros grupos considerados prioritários.

Itabuna já registrou nove casos suspeitos da gripe H1N1, com a confirmação de apenas um deles. O paciente já recebeu alta e retomou suas atividades normais.

TESOURA DE TEMER PODE COMPROMETER BARRAGEM DO RIO COLÔNIA

Temer "Mãos de Tesoura"

Temer “Mãos de Tesoura”

O vice-presidente Michel Temer (PMDB) assumiu hoje (12) o comando do país e incluiu, como uma das partes principais de seu discurso de posse, o aviso de que cortará gastos do governo. A advertência causa temor de redução de repasses e prejuízo no andamento de obras, como a da barragem do Rio Colônia, que foi retomada recentemente.

A barragem, que é a esperança de solução para a crise de abastecimento em Itabuna, teve até o momento apenas 5% de seu projeto concluído. Dos R$ 35 milhões que correspondem à parcela dos recursos federais na obra, apenas R$ 1,9 milhão foi liberado. Já o Estado liberou R$ 2 milhões da contrapartida de R$ 12 milhões.

Além da verba para a construção da barragem, o projeto exigirá recursos para a construção de uma nova estrada entre Itapé e Itaju do Colônia, a cargo do Derba. Nos bastidores, circula a informação de que o órgão estadual também prevê dificuldades para viabilizar os R$ 16 milhões que deverão ser destinados à rodovia.

ITABUNA REALIZA 4ª ETAPA DA CAMPANHA CONTRA A H1N1

Segundo a Prefeitura, vacina está disponível nas unidades (foto Pedro Augusto)

Segundo a Prefeitura, vacina está disponível nas unidades (foto Pedro Augusto)

A vacina contra a gripe H1N1 não é ministrada em gotas, mas é possível afirmar que a campanha de vacinação é realizada a conta gotas, devido à distribuição fracionada das doses pela Secretaria da Saúde da Bahia (Sesab) . Hoje, Itabuna promoveu a quarta etapa da imunização, com oferta de vacinas nas unidades de saúde dos bairros, onde grandes filas se formaram.

De acordo com a Secretaria Municipal da Saúde, a vacina continuará sendo distribuída nas unidades e novas doses estarão disponíveis na próxima semana, quando o órgão espera cobrir 8o% da meta da campanha. O público-alvo é formado por pessoas com mais de 60 anos, crianças menores de cinco anos, gestantes e profissionais de saúde.

Conforme a Secretaria, idosos que vivem em asilos, pessoas acamadas em hospitais e profissionais de saúde receberam a vacina na semana passada. Itabuna já teve nove casos de H1N1 notificados este ano, mas apenas um confirmado. O paciente já recebeu alta.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia