março 2015
D S T Q Q S S
« fev    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  



:: ‘Itabuna’

AETU INICIA CADASTRAMENTO DE PASSE ESTUDANTIL

Carteira dá direito à meia-passagem para estudante.

Carteira dá direito à meia-passagem para estudante.

O estudante itabunense que mora a, pelo menos, um quilômetro da sua unidade de ensino já pode se cadastrar para obter ou renovar o cartão de passe. A Associação das Empresas de Transportes Urbanos de Itabuna (Aetu) exige das instituições de ensino (particular e pública) a listagem dos alunos matriculados ou o calendário do ano letivo para revalidar ou emitir a carteira.

O cartão do aluno do Ensino Fundamental ou do Ensino Médio deve ser revalidado anualmente, enquanto o estudante do ensino superior ou técnico deve renová-lo a cada semestre, segundo a associação das empresas. O cartão assegura a meia-passagem ao estudante.

A Aetu exige do estudante RG, CPF e comprovante de residência em nome dos pais (caso maior de 25 anos, no seu próprio nome). Os alunos da rede pública, após a matrícula, deverão ter o nome constando na lista enviada pela escola à Aetu. O aluno da escola particular deverá apresentar o seu comprovante de  matrícula. A primeira via da carteira é  gratuita.

A renovação  da carteira de passe estudantil pode ser feita na sede da Aetu, na avenida Amélia Amado, em frente à Rodoviária de Itabuna, das 7h às 17 horas.

SOSSEGA, DRAGÃO…

dragão inflação

O monstrinho da inflação despertou com força em fevereiro nas prateleiras dos supermercados e feiras livres de Itabuna, segundo pesquisa do curso de Economia da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc).

Enquanto em Ilhéus o custo da cesta básica teve alta de 1,46% (saiu de R$ 237,56 para R$ 241,03) na comparação com janeiro, em Itabuna a maquininha remarcadora operou sem parcimônia. Por aqui, a elevação foi 12,47%, saltando de R$ 246,36 para R$ 277,07.

Os vilões do mês foram o tomate (alta de 23,18%), banana (21,12%) e carne (18,06%).

 

JOVEM É PRESO COM 37 QUILOS DE MACONHA EM ITABUNA

Elton Martiniano da Costa estava com 37 quilos de maconha (Foto PRF).

Elton Martiniano da Costa estava com 37 quilos de maconha, que seria distribuída em cidades nordestinas.

Uma operação da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e Companhia de Policiamento Especializado da Região Cacaueira (Cipe Cacaueira) prendeu um jovem com 37 quilos de maconha, nesta madrugada de quinta (5), no Posto da PRF em Itabuna.

Elton Martiniano da Costa estava em um ônibus da Expresso São Geraldo, linha Curitiba-Recife. De acordo com ele, a droga seria distribuída em Maceió (AL) e em cidades da Paraíba.

Martiniano disse que receberia R$ 3 mil para transportar a droga. A carga de maconha foi localizada pela cadela Vênus, da Cipe Cacaueira.

Cadela Vênus, da Cipe Cacaueira, localizou a droga entre as bagagens do ônibus (Foto PRF).

Cadela Vênus, da Cipe Cacaueira, localizou a droga entre as bagagens do ônibus.

BURACO PROVOCA ACIDENTE GRAVE NO FÁTIMA

Jovem ficou ferida gravemente em colisão provocada por buraco no Fátima.

Jovem ficou ferida gravemente em colisão provocada por buraco no Fátima.

Uma jovem teve ferimentos graves e sofreu convulsões, nesta noite de quarta (4), em um acidente na Rua Saturnino José Soares, no Bairro de Fátima, em Itabuna. De acordo com testemunhas, o acidente foi provocado por um buraco. A vítima, não identificada, estava como carona em uma moto, que colidiu com um carro no momento em que tentava desviar do buraco.

A vítima foi socorrida por uma equipe do Samu 192 e encaminhada para o Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães. Uma moradora disse que o acidente era o quarto provocado pelo buraco. “Ninguém faz nada”. Os moradores não souberam informar se a cratera foi aberta pela Secretaria de Desenvolvimento Urbano ou pela Empresa Municipal de Águas e Saneamento (Emasa). Na rua, a cratera já é chamada como “Buraco de Vane”, alusão ao prefeito de Itabuna, Claudevane Leite.

Quem se sentir lesado pelas péssimas condições das vias urbanas, pode recorrer à Justiça, exigindo indenização da prefeitura, conforme estabelece o Código de Trânsito Brasileiro no 3º parágrafo do artigo 1º. “Os órgãos e entidades componentes do Sistema Nacional de Trânsito respondem, no âmbito das respectivas competências, objetivamente, por danos causados aos cidadãos em virtude de ação, omissão e manutenção de programas, projetos e serviços que garantam o exercício do direito do trânsito seguro”. Confira em vídeo abaixo.

CERQUEIRA DIZ QUE 13% DOS IMÓVEIS SOFRERAM “ADEQUAÇÕES” NO VALOR DO IPTU

Cerqueira, ao centro, explica o que houve com o IPTU em dez bairros (Foto Pedro Augusto).

Cerqueira, ao centro, explica o que houve com o IPTU em dez bairros (Foto Pedro Augusto).

A revisão cadastral e alta superior a 200% no valor do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) atingiram 13% do total de imóveis cadastrados pela Prefeitura de Itabuna, segundo o secretário da Fazenda, Marcos Cerqueira. O titular da Fazenda nega ter havido aumento do imposto, mas “adequações”, a exemplo de moradia que se tornou endereço comercial ou passou por ampliação.

Cerqueira não descartou erros no recadastramento. A atualização ocorreu em 10 bairros de classe média alta, segundo ele. “Os equívocos são normais em um trabalho dessa dimensão, mas se o contribuinte observar qualquer divergência deve procurar o Setor de Tributos para corrigir”, afirmou o secretário durante audiência pública na Câmara de Vereadores, ontem.

Cerqueira lembrou da opção dada ao contribuinte de contestar o valor do IPTU no Departamento de Tributos. Segundo ele, a falta de geoprocessamento dificulta a atualização cadastral.

Hoje, de acordo com ele, existem 105 mil imóveis e o município emitiu 51 mil carnês do imposto. 26 mil imóveis têm isenção de imposto (abaixo de R$ 25,00) e os demais são terrenos. Para estes, o carnê deve ser solicitado no Departamento de Tributos.

57% de INADIMPLÊNCIA

A arrecadação com IPTU vem crescendo nos últimos anos, segundo Cerqueira, mas a inadimplência ainda é muito alta. De acordo com ele, 57% não pagam o tributo. Acatando sugestão, o secretário disse que o município pode rever a cobrança em casos em que foram constatadas distorções, dividindo o valor em duas vezes.

LOJA DA CENTAURO EM ITABUNA É CONDENADA PELA JUSTIÇA DO TRABALHO

Loja Centauro é condenada pela Justiça do Trabalho.

Loja Centauro é condenada pela Justiça do Trabalho.

A loja da Centauro em Itabuna foi condenada a pagar R$ 70 mil por desrespeitar a jornada de trabalho e o direito ao descanso dos seus empregados. A Justiça do Trabalho em Itabuna acatou as alegações do Ministério Público do Trabalho (MPT), que moveu ação civil contra a SBF Comércio de Produtos Esportivos Ltda (Centauro). A loja está localizada no Shopping Jequitibá e tem cerca de 30 funcionários.

A investigação confirmou que a empresa praticava irregularidades como a não concessão do intervalo mínimo de uma hora aos funcionários, o não pagamento das horas extras alusivas aos intervalos irregularmente concedidos e a não concessão do descanso semanal. Os próprios controles de jornada trazidos pela empresa ao processo afirmavam as infrações cometidas.

Com a decisão judicial, a rede varejista fica obrigada a corrigir todas as irregularidades existentes no local de trabalho. A indenização deverá ser revertida para entidades filantrópicas que atuam na região ou projetos sociais sem fins lucrativos. Ou poderá ser destinado ao Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT).

Autor da ação, o procurador do Trabalho Ilan Fonseca considera que “o Judiciário trabalhista tem se mostrado sensível aos pleitos apresentados pelo MPT na Bahia que buscam, em essência, a proteção do trabalhador baiano, cansado de cumprir jornadas exaustivas, sem qualquer tempo de lazer com sua família”. A ação foi movida após o MPT receber denúncias e instaurar inquérito civil para apurar o caso. A empresa, conforme Ilan, se negou a assinar um termo de ajustamento de conduta com o MPT, obrigando o órgão a entrar na Justiça.

RISCO DE DOENÇA E MORTE
O juiz do trabalho João Batista Sales Souza ressaltou em sua sentença que, “ao expor seus trabalhadores a condições de trabalho que, via de regra, conduzem ao adoecimento e a riscos de acidentes de trabalho fatais, com vistas a alcançar as metas de produção/produtividade, o réu alcança ganhos não obtidos por concorrentes que cumprem rigorosamente as leis do país”. A empresa ainda pode recorrer da decisão.

BEBETO DOA SALÁRIO A ENTIDADES

Bebeto Galvão com dirigentes da Apae, do São Vicente e do GAAC (Foto Robson Hamil).

Bebeto Galvão com dirigentes da Apae, do São Vicente e do GAAC (Foto Robson Hamil).

Bebeto Galvão (PSB) doou o salário que recebeu como suplente de deputado federal em janeiro passado. Eleito para o seu primeiro mandato na Câmara dos Deputados em 2014, o líder sindicalista com base eleitoral em Ilhéus ficou na suplência em 2010. O parlamentar doou R$ 16 mil para quatro instituições de assistência social em Ilhéus e Itabuna, valor um pouco acima dos R$ 15,9 mil recebidos ao assumir o mandato por menos de um mês, no início deste ano, na condição de suplente.

O Abrigo São Vicente de Paulo (Ilhéus), Grupo de Atenção à Criança com Câncer (GACC-Itabuna) e Apae de Ilhéus receberam, cada uma, R$ 5 mil, enquanto a Associação de Pré-Idosos de Ilhéus recebeu R$ 1 mil. O gesto do parlamentar foi elogiado pelos dirigentes Yolando Souza (Abrigo São Vicente), Tereza Cristina (GACC) e Apae (Alberlan Neves). “Devolvi à sociedade algo que, de certa forma, não me pertencia”, disse Bebeto em relação ao salário recebido no período de recesso parlamentar.

FIM DO “CRUZAMENTO DA MORTE” NA JURACY MAGALHÃES

Acidentes com vítimas são comuns no cruzamento (Foto Arquivo/Pimenta).

Acidentes graves são comuns no cruzamento (Foto Arquivo/Pimenta).

Conhecido como “Cruzamento da Morte”, o encontro da Rua São Sebastião com a Avenida Juracy Magalhães, no Bairro de Fátima, será fechado. O cruzamento fica em frente a um dos postos Universal e à Igreja Nossa Senhora de Fátima. A Juracy Magalhães é um dos principais corredores urbanos de Itabuna, dando acesso a bairros da região da Califórnia, e ligação com a Rodovia Ilhéus-Itabuna.

Hoje, o secretário de Transporte e Trânsito, Roberto José, esteve no local com a consultora engenheira de trânsito Elza Carvalho. O ponto é conhecido como Cruzamento da Morte devido ao alto número de acidentes fatais no trecho e de colisões graves. Há uma semana, a Settran também acabou outro cruzamento na mesma região, o da Juracy Magalhães com a Rua São Francisco. O canteiro central foi reconstruído.

Engenheira e secretária estudam acabar com o "Cruzamento da Morte".

Engenheira e secretário estudam acabar com o “Cruzamento da Morte”.

PENDÊNCIA DE TERCEIRIZADA COM O FISCO IMPEDE PAGAMENTO A FUNCIONÁRIOS DO CICOM, SEGUNDO SSP

A Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA) responsabilizou a empresa terceirizada Forte pelos atrasos no pagamento aos funcionários do Centro Integrado de Comunicação (Cicom), da Polícia Militar, em Itabuna. De acordo com a assessoria de comunicação da SSP-BA, a empresa está em situação irregular com o Fisco e isso impede o estado de efetuar os pagamentos. Mais cedo, o blog informou que existem funcionários com até sete meses de salários atrasados.

Ainda conforme a SSP-BA, todas as faturas emitidas pela empresa foram pagas pelo governo baiano. A Forte, ainda segundo a assessoria da SSP, já foi notificada “várias vezes” para que regularize a sua situação, quitando os encargos devidos, e volte receber pagamento pelos serviços.

A SSP-BA também informa que a pendência com o Fisco foi observada há, pelo menos, dois meses, quando o Estado passou a ficar impedido de pagar a empresa. A Forte somente deve voltar a receber, após apresentar as certidões de quitação de encargos. Novos repasses à empresa somente poderão ocorre, conforme a secretaria, após a situação regularizada.

AVANÇO DA CRIMINALIDADE FAZ VANE DECRETAR SITUAÇÃO DE EMERGÊNCIA EM ITABUNA

Autoridades em segurança discutem medidas para combate à violência (Foto Divulgação).

Autoridades em segurança discutem medidas para combate à violência (Foto Divulgação).

O avanço da criminalidade em Itabuna levou o prefeito Claudevane Leite a convidar autoridades em segurança pública para debater soluções e, ainda ontem (26), decretar situação de emergência no município. O decreto deverá ser publicado hoje. A reunião ocorreu no gabinete do prefeito e contou com comandantes locais das polícias civil, militar e Rodoviária Federal e representantes de clubes de serviço, além do juiz da Vara da Infância e Adolescência, Marcos Bandeira, e do promotor público estadual Alan Góis.

O município comprometeu-se a reformar a Custódia do Adolescente Infrator no Complexo Policial e um imóvel onde funcionou a unidade de internação e semiliberdade pela prefeitura. O grupo de trabalho também decidiu por propor um projeto de lei à Assembleia Legislativa para criação de Delegacia Especializada do Adolescente Infrator (DAI) no município. Outra prioridade do grupo é a criação do Fórum Permanente de Segurança Pública, com representantes governamentais e da sociedade civil.

As sugestões ao governo estadual, para combater a violência, incluem elevação do efetivo policial e aparelhamento da polícia, implantação do Centro de Detenção Provisória (CDP) e melhoria das condições do Conjunto Penal de Itabuna. Hoje, o presídio tem cerca de 1.200 dos internos, quase três vezes sua capacidade instalada.

FLAGELO DAS DROGAS

A maioria dos homicídios e crimes cometidos em Itabuna tem relação direta com o consumo e tráfico de drogas, de acordo com a polícia. O coordenador regional da Polícia Civil, Evy Paternostro, aponta para aumento do número de apreensões de drogas no município. Segundo ele, foram apreendidos 47 quilos em 2013 ante 107 em 2014.

De acordo com o delegado, na maioria dos casos, há envolvimento de adolescentes ou de presos que não deveriam ter sido levados para o Conjunto Penal, mas para um Centro de Detenção Provisória (CDP), até que fossem julgados. Ao serem encaminhados para o presídio, acabam entrando no que se convencionou chamar de “faculdade do crime”.

As estatísticas de envolvimento de menores com o crime também foram abordadas pelo juiz da Vara da Infância e Adolescência, Marcos Bandeira. Conforme o magistrado, mais de 2 mil adolescentes em conflito com a lei passaram por processos judiciais, parte deles ganhando nova chance. “Há uma luta gigantesca, mas os depoimentos de entusiasmos e fé de pais, familiares e dos adolescentes ao final das oficinas nos fazem vencer as adversidades”.

Ubiraci Barbosa, comandante do 15º Batalhão da PM, citou a redução do número de homicídios em Itabuna neste ano, na comparação com dezembro. No último mês de 2014, ocorreram 18 homicídios no município contra 16 em janeiro e, até agora, 10 em fevereiro, sete dos quais no período de carnaval, quando houve forte redução do efetivo policial em Itabuna.

AUGUSTO DEFENDE REGIÃO METROPOLITANA E OUVE ELOGIOS DE PETISTAS

augusto castro“Rolou sentimento” entre petistas e o tucano Augusto Castro na sessão plenária desta quarta-feira (25), na Assembleia Legislativa da Bahia.

Na tribuna, Castro defendeu a proposta de criação da Região Metropolitana do Sul da Bahia, ideia que paira na AL desde os tempos em que o falecido Daniel Gomes exerceu mandato na casa, há quase 40 anos. Nesta semana, o tucano apresentou indicação ao Governo do Estado, acompanhada da minuta de um projeto de lei sobre o tema.

Durante seu discurso, o deputado do PSDB foi aparteado pelos petistas Paulo Rangel e José Raimundo, que o elogiaram pela iniciativa. Rangel afirmou que a Região Metropolitana pode estimular o desenvolvimento da região.

Conforme a minuta apresentada pelo parlamentar tucano, fariam parte da RM as cidades de Almadina, Barro Preto, Buerarema, Coaraci, Floresta Azul, Ibicaraí, Ilhéus, Itabuna, Itacaré, Itajuípe, Itapé, São José da Vitória e Uruçuca.

EMPRESA DOBRA FATURAMENTO AO INVESTIR EM INOVAÇÃO

Amós dobrou faturamento com o ALI, do Sebrae (Foto Maurício Maron).

Amós dobrou faturamento com o ALI, do Sebrae (Foto Maurício Maron).

Renata Smith | Agência Sebrae

A empresa Amós Pneus, em Itabuna, foi a primeira a aderir ao programa Agentes Locais de Inovação (ALI) no Sul da Bahia, em 2013. Na época, com apenas dois anos de atuação no mercado de pneus e produtos automotivos, o comerciante Amós Almeida Lima queria crescer com segurança e competitividade. Para isso, ele foi atendido pelo Sebrae com 16 ações de inovação, em dois anos.

“O meu faturamento cresceu em 100% depois que segui a orientação dos agentes para ampliar minha oferta de produtos e serviços”, comemora. Hoje o empresário comercializa cerca de 350 pneus a cada mês e passou a vender e trocar óleo e autopeças. Também dobrou o quadro de funcionários, reposicionou a marca e investiu em mais capacitação, participando de soluções como o Sebrae Mais ‘Estratégias Empresariais’.

Para outras empresas que também almejam crescer, a unidade regional do Sebrae já está aceitando inscrições para o Ciclo III do Programa ALI, com duração de dois anos. “Já temos 106 empresas inscritas em Itabuna e Ilhéus, mas ainda há vagas”, avisa a gestora do programa, Andrea Vasconcelos.

Para os interessados em participar, as inscrições em Itabuna podem ser feitas no ponto de atendimento do Sebrae em Itabuna, na Rua Paulino Vieira, 175, Centro, ou pelo telefone (73) 3613-9734. Em Ilhéus, o endereço do Sebrae é a Praça José Marcelino, 100, Centro, ou pelo telefone (73) 3634-4068.

OBJETIVOS DO ALI

O principal objetivo do programa Agentes Locais de Inovação (ALI) é promover a inovação e o desenvolvimento dos pequenos negócios. Os agentes são pesquisadores do CNPq, que vão até as empresas diagnosticar e prover as melhores soluções em gestão e inovação.

:: LEIA MAIS »

SAÚDE: GOVERNO ESTADUAL REPASSARÁ R$ 1MILHÃO POR MÊS PARA ITABUNA

Reunião SesabA partir de março, o Governo do Estado fará aporte de R$ 1 milhão mensais para contratação de prestadores de serviços de saúde de Itabuna. A liberação do valor visa à compensação da perda de recursos que o município vem acumulando desde o final de 2013, quando reassumiu a gestão plena da saúde. O acordo vai durar até que o Ministério da Saúde restabeleça o teto financeiro que deve ser repassado ao Município.

Pela proposta feita hoje pela Sesab, o Governo da Bahia vai contratar, direto, clínicas e hospitais, incluindo a Santa Casa de Misericórdia, fazendo com que o valor pago seja revertido para o Fundo Municipal de Saúde, já que a Prefeitura não precisará fazer o pagamento de valor igual.

Segundo a prefeitura, o valor que fica para a Plena chegará perto dos R$ 9 milhões acordados em novembro de 2013, quando o Município recuperou o Comando Único do SUS.

A formalização do contrato com os prestadores de serviços será na quinta-feira (26), quando técnicos da Sesab estarão em Itabuna. Antes, no dia 25, representantes do Governo do Estado se reunirão com técnicos do Ministério da Saúde, em Brasília, para apresentar as demandas de Itabuna e municípios do sul da Bahia por mais recursos para o SUS.

Participaram da reunião, em Salvador, o prefeito Claudevane Leite, o secretário estadual de Saúde, Flávio Villas Boas, o secretário das Relações Institucionais, Josias Gomes, o deputado federal Davidson Magalhães, e o Provedor da Santa Casa de Misericórdia, Almir Alexandrino.

A VIOLÊNCIA EM ITABUNA E AS CAUSAS NEGLIGENCIADAS

robenilson torresRobenilson Torres | robenilson.sena@gmail.com

Achar que a polícia vai resolver tudo é uma visão míope do problema. Temos que sair do binômio polícia-bandido e ocupar a cidade com políticas públicas para que a juventude possa exercer a sua cidadania.

A rotina quase diária de vítimas letais nos faz lembrar que estamos diante de mortes anunciadas em uma cidade que há décadas tem sentido o efeito de seu inchaço demográfico, sem a devida atenção dos gestores às questões estruturantes e causas do problema. A posição é reforçada pelos dados apresentados pela Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDH/PR) em que a cidade de Itabuna lidera com os maiores índices de homicídio de jovens e adolescentes do país

É difícil esperar melhores estatísticas, quando bairros como Santa Inês e Antique, frequentemente citados nas páginas policiais, comunidades de abrangência da Base Comunitária do Bairro Monte Cristo, não possuem um único equipamento de lazer, cultura ou sequer uma quadra de esportes. Os poucos equipamentos disponíveis são no centro da cidade e o acesso à cidade para o estudante pobre encontra barreira na lei municipal que regulamenta a meia passagem no transporte coletivo, pois limita seu uso ao trajeto casa-escola, vetando-a no período de férias escolares.

Além da ausência do poder público nos bairros periféricos, outro elemento que merece destaque na reflexão sobre os homicídios de adolescentes e jovens é a desigualdade racial. Segundo levantamento da própria SDH/PR, o risco de um adolescente negro ser vítima de homicídio chega a ser cinco vezes maior que o de adolescentes brancos.

Ouve-se muito dizer que a cidade está refém da violência e até celebrações são feitas quando adolescentes são assassinados ou tombam nos “autos de resistência”. Há uma pérfida surpresa quando as estatísticas são apresentadas colocando Itabuna no topo da violência. Porém, ao invés dos gestores reconhecerem o problema e focar na viabilização de medidas para solucioná-los, contestam os dados e apresentam números de pacotes de “boas ações” realizadas, enquanto a juventude, continua sendo vitimada e a desigualdade social e racial longe de serem dissipadas.

É necessário reconhecer o problema e enfrentar a epidemia estrutural da violência para ser capaz de transformar a realidade em que vivemos e tal enfrentamento não se efetiva somente anunciando construções presídios. Achar que a polícia vai resolver tudo é uma visão míope do problema. Temos que sair do binômio polícia – bandido e ocupar a cidade com políticas públicas para que a juventude possa exercer a sua cidadania com a necessária ação, presença, participação e contribuição das organizações da sociedade civil e das famílias aliada à tarefa de um trabalho intersetorial transversal do poder público.

A melhor forma de se combater a violência, a discriminação racial e a desigualdade é indo às causas que fazem com que estas realidades se imponham, e oferecer aos jovens, preventivamente, alternativas de cidadania, de vida e de esperança melhores do que a opção ofertada pela criminalidade. Somente assim Itabuna deixará de ser noticiada como “Cidade proibida para menores”. Educação é o melhor caminho e pensar Itabuna é pensar a sua a juventude.

Robenilson Torres é educador social em Itabuna.

MEI TERÁ CAPACITAÇÃO EM PROCESSO DE MIGRAÇÃO PARA MICROEMPRESA

Renata Smith ! Agência Sebrae

Durante o anúncio da programação do ciclo de oficinas Sebrae Empreendedor Individual (SEI), para 2015, o gestor do Ponto de Atendimento do Sebrae, em Itabuna, Michel Lima, destacou o lançamento de uma nova solução para microempreendedores que desejam ou precisam migrar de categoria.

A oficina SEI Crescer orientará os participantes sobre o processo de migração de Microempreendedor Individual (MEI) para Microempresa (ME), com informações sobre os novos benefícios e obrigações. A nova capacitação foi desenvolvida para atender o microempreendedor que tem vontade de crescer, mas ainda tem dúvidas.

O SEI Crescer também irá ajudar àquelas microempresas que ultrapassarem os limites do MEI, como explicou Michel Lima. “O empreendedor precisa ficar atento, pois, se ultrapassar o faturamento mensal (média de R$ 5 mil) ou precisar contratar mais de um funcionário, deverá procurar um contador”, completa.

MAIS OFICINAS

A capacitação SEI Crescer será ministrada no auditório do Ponto de Atendimento do Sebrae de Itabuna, no dia 25/02, de 13h30 às 17h30. A programação do ciclo segue com outras opções de oficinas, realizadas no mesmo auditório do Sebrae, das 14h às 17h. Confira os temas e as datas: SEI Controlar o meu Dinheiro (04/03), SEI Planejar (11/03), SEI Empreender (18/03) e SEI Vender (25/03). Todas as oficinas são gratuitas.

SERVIÇO

As inscrições e as oficinas serão realizadas no Ponto de Atendimento do Sebrae, na Rua Paulino Vieira, número 175, Edf. Lizete Mendonça- Centro, Itabuna. As inscrições também podem ser feitas pelo telefone (73) 3613-9734.

VISTORIA DO TRANSPORTE ESCOLAR COMEÇA DIA 23

Vistoria no transporte escolar começa na segunda, 23(Foto Pedro Augusto/Divulgação).

Vistoria no transporte escolar começa na segunda, 23(Foto Pedro Augusto/Divulgação).

Veículos do transporte escolar em Itabuna serão vistoriados a partir desta segunda (23), no pátio da Secretaria de Transporte e Trânsito (Settran), no Bairro Lomanto.

A vistoria será feita de acordo com a numeração final da placa do veículo (confira calendário abaixo). O horário de atendimento será das 9h às 11h30min e das 14h às 16h.

Neste ano, a concessão do alvará incluirá a avaliação psicológica do motorista e participação em um encontro educativo, que serão obrigatórios. O encontro está previsto para os dias 2 e 6 de março.

Serão analisados 28 itens na vistoria, dentre os quais pintura da faixa horizontal com a inscrição “Escolar”, cinto de segurança para todos os assentos, extintores, velocímetro, pneus e condições de higiene do veículo.

CALENDÁRIO DE VISTORIA

DIA 23 – Placas 1 e 2
DIA 24 – Placas 3 e 4
DIA 25 – Placas 5 e 6
DIA 26 – Placas 7 e 8
Dia 27 – Placas 9 e 0

ITABUNA TERÁ FOLHA ENXUTA NA SEGUNDONA

Itabuna disputará a Divisão de Acesso (Foto Luiz Tito/Arquivo).

Itabuna disputará a Divisão de Acesso (Foto Luiz Tito/Arquivo).

O time do Itabuna disputará a Divisão de Acesso do Campeonato Baiano com uma base formada por jogadores da própria cidade, segundo afirmou o presidente Ricardo Xavier em entrevista ao Jornal das Sete, da Morena FM. Para evitar dívidas, o clube terá folha enxuta e as contratações serão fechadas a 30 dias do início do campeonato, previsto para 19 de abril.

Pelos cálculos de Xavier, a disputa da Segundona custará ao Itabuna, pelo menos, R$ 150 mil de salários de jogadores e comissão técnica. O clube está em busca de patrocínios. Os contatos, de acordo com o dirigente de futebol, já foram feitos.

A Federação Baiana de Futebol divulgou relação com nove equipes na disputa da Segundona deste ano, incluindo o Grapiúna, que volta à competição após sete anos. O time terá no comando o treinador Beto Oliveira.

O presidente do Itabuna acredita considera interessante para o futebol do município, “uma cidade com 250 mil habitantes”, o retorno do Grapiúna. Os dois times se enfrentarão no Estádio Itabunão, em 3 de maio. A rivalidade em campo, diz Xavier, é importante para o futebol local.

RENATO, PMDB E A POLÍTICA

marco wense1Marco Wense

 

Posso afirmar, com todas as letras maiúsculas, que Augusto Castro será candidato a prefeito com o apoio do PMDB, DEM, PPS, PV e, pelo andar da carruagem, do PDT.

 

No campo moral, o médico Renato Costa é impecável: nada que macule sua vida pública, sempre sólida e ilibada. No movediço mundo político foi inseguro e instável.

Renato passou por várias agremiações partidárias e diferentes correntes políticas: fernandismo, geraldismo e, por último, o azevismo, sendo o vice do Capitão Azevedo na sucessão de 2012.

Como deputado estadual, pelo PSB, teve uma atuação marcante. Foi eleito o melhor parlamentar da Assembleia, não só pelos colegas como pela imprensa soteropolitana.

Renato Borges da Costa deixa o comando do diretório municipal do PMDB de Itabuna para o primeiro vice, o advogado e empresário Pedro Arnaldo Martins.

“Em quatro anos (duas gestões) consegui organizar o PMDB e criar um clima de companheirismo, de fraternidade. O partido se reúne toda semana”, diz o satisfeito Renato Costa.

Discordo de Renato quando diz que o PMDB vai ter candidato a prefeito na sucessão de Claudevane Leite (PRB), colocando seu próprio nome à disposição do peemedebismo.

A possibilidade do PMDB disputar o Centro Administrativo Firmino Alves é zero. O partido, seguindo orientação da estadual, vai apoiar o deputado Augusto Castro (PSDB). A contrapartida é indicar o companheiro de chapa do tucano.

Posso afirmar, com todas as letras maiúsculas, que Augusto Castro será candidato a prefeito com o apoio do PMDB, DEM, PPS, PV e, pelo andar da carruagem, do PDT.

:: LEIA MAIS »