WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
festival chocolate






alba










junho 2019
D S T Q Q S S
« maio    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  

editorias






:: ‘Itabuna’

E O EXEMPLO?

Era quase meio-dia de ontem (25), quando o trânsito ficou interditado na Rua Catucicaba, bairro da Conceição, em Itabuna. Durante mais de três minutos, os carros ficaram enfileirados, simplesmente porque o policial que conduzia uma viatura da PM resolveu parar no meio da rua, enquanto aguardava uma colega pegar a filha na escola.

O policial poderia ter procurado um lugar para estacionar, como os mortais comuns, mas não… Como se acha autoridade, pensa ter todo o direito de tumultuar o trânsito.

Agora à tarde, por volta de 15h30min, na avenida Cinquentenário, pouco antes da praça Adami. Motoristas param diante da faixa de segurança para os pedestres atravessarem a rua. Mas um motociclista impaciente “passou batido”, sem esperar de maneira educada que a turma do pisante chegasse ao outro lado.

A moto, placa  JPZ-2553, é da PM e não estava em diligência.

MAIS UM ABACAXI PARA DESCASCAR

Depois de pedir à Câmara autorização para fatiar um débito de mais de  R$ 900 mil com a Coelba, o prefeito Capitão Azevedo deseja agora o aval do legislativo para resolver problema bem maior.

Ocorre que nos últimos anos, os ilustres prefeitos cometeram o grave deslize de não recolher as parcelas do FGTS às contas dos trabalhadores na Caixa Econômica Federal. O rombo cresceu e hoje alcança a cifra astronômica de R$ 21 milhões.

Azevedo mandou projeto para a Câmara, que detém o poder de liberar a repactuação do débito. A proposta do governo é dividi-lo em 137 prestações, que não chegam a ser suaves.

De acordo com o prefeito, a regularização da dívida com o Fundo de Garantia atenderá uma antiga reivindicação dos servidores municipais. Hoje, muitos deles estão com o saldo praticamente zerado no FGTS, apesar de alguns terem anos e anos de trabalho.

O projeto tramita em regime de urgência e no próximo dia 1º o vereador Solon Pinheiro, relator da matéria, vai emitir parecer.

O POLÊMICO REAJUSTE DA EMASA

O presidente da Emasa, Alfredo Melo, e o advogado Pedro Vivas, assessor jurídico da empresa de água e seaneamento de Itabuna, estiveram hoje na Câmara de Vereadores. Eles queriam que o vereador Roberto de Souza reduzisse a pressão contra o decreto que elevou em mais de 9% a conta de água do itabunense.

Depois de muita conversa, o vereador manteve o posicionamento de exigir a revogação do reajuste. Ele se baseia em lei municipal que exige aviso prévio de 30 dias, requisito que não foi cumprido pela Emasa.

Na próxima semana, o pedido de revogação deve entrar em pauta no plenário. E as chances de que os vereadores o aprovem é grande.

POSSE DE FONTES NA ACI

Tem gás novo na Associação Comercial e Empresarial de Itabuna. Tomou posse ontem à noite o médico e hoteleiro Eduardo Fontes, que anunciou a intenção de desenvolver um plano estratégico de ação para o biênio 2010/2011. Fontes, que substitui o empresário Ubirajara Lira, afirmou que vai trabalhar para que a ACI esteja cada vez mais próxima dos esforços pelo fortalecimento do comércio local.

A solenidade contou com as presenças dos secretários municipais  da Indústria, Comércio e Turismo, Carlos Leahy, e de Planejamento e Tecnologia, Maurício Athayde.

Eduardo Fontes fala de seus projetos para a ACI (foto Waldir Gomes)

Eduardo Fontes fala de seus projetos para a ACI (foto Waldir Gomes)

ILHÉUS E ITABUNA GANHAM 16 NOVOS JUÍZES

Sessão extraordinária confirmou promoção de juízes (Foto TJ)

Sessão extraordinária confirmou promoção de juízes (Foto TJ)

O Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) confirmou hoje a promoção de 87 juízes por merecimento e antiguidade. A sessão do Pleno foi encerrada no início da noite e assegurou a Itabuna mais nove magistrados e a Ilhéus, mais sete. A iniciativa resolve, parcialmente, o problema destes municípios com o déficit de juízes. O de Itabuna era estimado em nove, segundo levantamento da OAB local.

A sessão do Pleno do TJ-BA promoveu juízes da entrância inicial para a intermediária em sessão extraordinária comandada pela presidente do Tribunal de Justiça, Silvia Zarif. Um projeto de lei pretende elevar as duas comarcas à condição de Salvador, de entrância final. Em Itabuna, os novos juízes encontrarão fórum acanhadíssimo e de estrutura arcaica.

Abaixo, a lista de novos juízes em Ilhéus e Itabuna.

COMARCA DE ITABUNA

César Batista de Santana assume a 4ª Vara dos Feitos Relativos às Relações de Consumo, Cíveis, Comerciais e Registros Públicos;

Antônia Marina Faleiros, por antiguidade, vai para a 1ª Vara Criminal;

Érico Araújo Bastos, também por antiguidade, assume a 3ª Vara dos Feitos Relativos às Relações de Consumo, Cíveis, Comerciais e Acidentes de Trabalho;

Adriano Augusto Gomes Borges, por merecimento, foi promovido para a 1ª Vara de Família, Órfãos, Sucessões e Interditos;

Théa Cristina Cunha Santos, por antiguidade, foi promovida para a 1ª Vara do Sistema dos Juizados Especiais;

George Alves de Assis, por merecimento vai para a 2ª Vara do Sistema dos Juizados Especiais;

Rosineide Almeida de Andrade, por antiguidade, assume a 3ª Vara do Sistema dos Juizados Especiais;

Wilson Gomes de Souza Júnior, pelo critério de merecimento, para a 1ª Vara dos Feitos Relativos às Relações de Consumo, Cíveis, Comerciais e Acidentes de Trabalho; e

Cláudia Valéria Panetta, por antiguidade, assume a Vara do Júri e de Execuções Penais.

COMARCA DE ILHÉUS

Carine Nassri da Silva, pelo critério de merecimento, para a 2ª Vara dos Feitos Relativos às Relações de Consumo, Cíveis, Comerciais e Acidentes de Trabalho;

Antônio Alberto Faiçal Júnior, por merecimento, assume a 2ª Vara Criminal;

Jeine Vieira Guimarães, pelo critério de merecimento, para a 1ª Vara Criminal;

Maria Helena Mega, pelo critério de antiguidade, para a 4ª Vara dos Feitos Relativos às Relações de Consumo, Cíveis e Comerciais;

Raquel Ramires François, pelo critério de merecimento, para a 1ª Vara do Sistema dos Juizados Especiais;

Lizianni de Cerqueira Monteiro, pelo critério de antiguidade, para a 2ª Vara do Sistema dos Juizados Especiais; e

Gustavo Henrique Lyra, pelo critério de merecimento, para a Vara do Júri, de Execuções Penais e de Execuções de Penas e Medidas Alternativas;

Confira a lista completa dos 87 promovidos

SE NORMALMENTE JÁ É LENTA…

Quem tem processo tramitando nos Juizados Especiais em Itabuna já perdeu a paciência com o ritmo de cágado em que anda a reforma na sede deste setor do judiciário.

As melhorias vêm se arrastando há mais de um mês e acaba de ser mais uma vez adiada a reativação dos juizados. A promessa agora é de que reabra no dia 28, isto é, na próxima sexta-feira!

Dá para desconfiar…

PMDB EXIGIRÁ CONTRAPARTIDA DE AZEVEDO

O ministro Geddel Vieira Lima, da Integração Nacional, não deixará barato a comentada liberação de R$ 17 milhões para obras de infraestrutura e saneamento em Itabuna. Instruiu os peemedebistas a cobrar do prefeito Capitão Azevedo (DEM) espaço para o partido na administração municipal.

Hoje, apenas o secretário Fernando Gomes Vita (desenvolvimento urbano) e o desportista Ricardo Xavier (administrador do estádio Luiz Viana Filho) estão no governo, mas pela cota pessoal do prefeito. Além deles, há um terceiro, Zacarias Oliveira, na Emasa, pela cota do ex-deputado Renato Costa.

A cobrança pela contrapartida ocorreu durante o encontro regional de Jequié, mas até agora os peemedebistas não conseguiram agendar um encontro com o prefeito Azevedo. Geddel deu carta branca à executiva municipal para discutir a questão. Como o PMDB está perdendo todos os cargos no governo estadual, a fatura começa a ser entregue em prefeituras como as de Salvador e Itabuna.

Como bom negociador, Azevedo vai querer, primeiro, ver o recurso pingar na conta da prefeitura. Depois, tem conversa.

AGORA O BICHO VAI PEGAR

Vereadores recusam documentos assinados pela procuradora Juliana Burgos

Vereadores recusam documentos assinados pela procuradora Juliana Burgos

Até a semana passada, a situação da advogada Juliana Burgos à frente da Procuradoria-Geral de Itabuna era extremamente cômoda.

Plantada no cargo sem cumprir os requisitos da lei orgânica do município, pois sua indicação foi rejeitada pela Câmara de Vereadores, Juliana “está ficando” procuradora. Sua condição irregular era tratada com parcimônia pelo legislativo, que chegou a receber diversos documentos oficiais emitidos por ela.

Agora, porém, a ordem é mudar o rumo dessa prosa. Na semana passada, um ofício encaminhado pela procuradora-geral do município foi rejeitado pela Câmara.  E nada mais (de recado a projeto de lei) será recebido pelos vereadores, se chegar com a assinatura de Juliana Burgos.

A Câmara finalmente entendeu que fechar os olhos diante da ilegalidade existente na Procuradoria era um erro grave e não poderia continuar.

Também na semana passada, o legislativo encaminhou informações ao Tribunal de Justiça sobre o artigo 85 da Lei Orgânica, que submete a nomeação da procuradora à avaliação dos vereadores. Juliana Burgos diz que a exigência é inconstitucional, porque viola a liberdade de nomear e exonerar prevista para os cargos comissionados.

Para o vereador Wenceslau Júnior (PCdoB), que é advogado e presidente das comissões técnicas da Câmara, não existe inconstitucionalidade no artigo. “A exigência é válida, tanto que existe previsão semelhante inclusive na Constituição do Estado da Bahia”, afirma.

Resta saber se o governo vai esperar um pronunciamento judicial ou se vai preferir se livrar do problema instalado na Procuradoria. O certo é que, enquanto isso, os documentos encaminhados com a assinatura da doutora Juliana Burgos terão como destino a geladeira. Isto se a turma não amolecer…

JORNAL DENUNCIA NEGOCIATA NA EMASA

Britto, Barbosa e Burgos teriam se unido pelo controle da Emasa.

Britto, Barbosa e Burgos teriam se unido pelo controle da Emasa.

O governo do prefeito Azevedo assiste a um verdadeiro BBB, o BBB da Emasa. Segundo a edição do semanário A Região, o deputado federal Roberto Britto, o ex-candidato a prefeito Roberto Barbosa e o secretário da Fazenda, Carlos Burgos, se uniram para derrubar o presidente da Emasa, Alfredo Mello.

Em jogo, estaria uma negociação que envolve prestígio político e negociação em favor da Torre, empresa conhecida na área de coleta de lixo e que operou em Itabuna entre 2001 e 2004. A Torre alega ter dinheiro a receber da Emasa. Por enquanto, silêncio sobre o material. Resta saber quem será o vencedor do milionário BBB da Emasa e o que diz o prefeito Capitão Azevedo sobre o imbróglio.

A TORRE CAIU, MAS DIFUSORA CONTINUA “DANADINHA”

A Rádio Difusora de Itabuna voltou a operar com uma antena improvisada, após a queda de sua torre na semana que passou. O sinal está ruim, bem fraquinho, mas a promessa é de que dentro em breve a normalidade se restabeleça.

O que surpreende é que, mesmo com as atuais dificuldades, a Difusora continue atraindo alguns dos melhores profissionais do rádio. Quem está prontinho para estrear na emissora é Cacá Ferreira, atualmente na Nacional e dono de uma das maiores audiências do rádio itabunense.

Cacá vai ocupar o horário hoje preenchido pelo Programão do Amigão, do ex-pastor Reginaldo Silva, que estará na Nacional a partir do dia 31. É provável que no mesmo dia “Seu Ricardo Ferreira” também estreie na Difusora.

A DENGUE EM ITABUNA

VIGILÂNCIA INTENSIFICA COMBATE
NOS BAIRROS COM MAIOR INFESTAÇÃO

Mosquito volta a preocupar a população

Mosquito volta a preocupar a população

A partir desta segunda-feira (24), a Vigilância Epidemiológica de Itabuna vai iniciar uma operação de emergência contra a dengue. O objetivo é atacar os bairros nos quais o índice de infestação por focos do mosquito Aedes aegypti já é superior a 20%.

Encontram-se nesse grupo de risco os bairros Pedro Jerônimo, Carlos Silva, Novo Horizonte, Sinval Palmeira e Nova Ferradas. Para trabalhar exclusivamente nesses locais, foram escalados 60 agentes de controle de endemias, que receberam treinamento especial da Funasa e da 7ª Diretoria Regional de Saúde (Dires).

Itabuna registrou 150 casos neste mês de agosto, havendo ainda uma morte com suspeita de dengue hemorrágica. Do final do ano passado até abril deste ano, a cidade foi líder nacional em infestação por focos do mosquito transmissor da dengue e contabilizou mais de 13 mil casos, com oito mortes.

A mobilização que se inicia nesta segunda-feira pretende impedir que o município volte a viver o clima de pânico que se instalou nos primeiros meses de 2009. Grande parte das vítimas da doença foram crianças.

Além da aplicação de larvicida em reservatórios, as equipes da Vigilância darão o conhecido alerta sobre os maus-hábitos que precisam ser evitados para que o combate à dengue seja eficaz.

Caixas d’água e tonéis destampados, garrafas e pneus largados em quintais, pratos de caqueiros com água acumulada, somente para citar alguns exemplos, são convites tentadores para o mosquito da dengue. Enfim, tudo o que possa juntar água parada serve de foco para o Aedes e deve ser eliminado.

OLHA O BURRINHO AÍ DE NOVO…

Aquele burrinho, que outro dia o Pimenta mostrou banqueteando na rua Alzira Paim, é também visto com muita frequência na avenida Amélia Amado e outros logradouros do centro de Itabuna. Anda tranquilo, com sua incrível paciência, sem se importar com os carros e motos que às vezes passam em alta velocidade. O burrinho, nem tchum!

Aliás, os motoristas e motociclistas é que precisam se preocupar e garantir o direito de ir e vir do burrinho. Afinal, ele é o “rei do pedaço”.

Lá vai o burrinho na contramão (alguém anotou a placa?)

Lá vai o burrinho na contramão (alguém anotou a placa?)

HBLEM QUER AGILIDADE NOS REPASSES

A diretoria do Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães, de Itabuna, afirma que a demora nos repasses financeiros pela Secretaria de Saúde do Estado compromete cada vez mais o funcionamento da instituição.

De acordo com informações do Hblem, eram R$ 2 milhões nas mãos da Sesab até o último dia 20 e, no final do mês, mais R$ 1,75 milhão vão se somar àquele valor.

Os diretores reclamam da situação e avaliam que ela talvez só se resolva com pressão política e, como último recurso, judicial.

VAI ENTREGAR

Aparentemente a contragosto, o empresário Ubirajara Coelho entrega na segunda-feira (24), às 19 horas, a presidência da Associação Comercial e Empresarial de Itabuna ao médico e hoteleiro Eduardo Fontes.

Bira vinha desconversando toda vez que o assunto “transmissão de cargo” era mencionado, mas acabou vendo que não tinha jeito, pois a coisa estava consumada e a fila teria que andar.

A posse do novo presidente, na segunda, será discreta, sem badalação. Uma festa com toda pompa e circunstância será agendada para dezembro.

RUA DESTRUÍDA NO NOVO FONSECA

Moradores planejam interditar a rua

Moradores planejam interditar a rua

A situação da rua Eduardo Fonseca, no bairro Novo Fonseca, tem causado indignação não apenas aos moradores deste bairro, mas também de pessoas que vivem em outras comunidades e têm que utilizar o logradouro.

A rua serve de ligação entre o bairro Pedro Jerônimo e os bairros Novo Fonseca, Loteamento Gegéu, Vale do Sol, Fonseca, Carlos Silva e São Caetano. Apesar da importância, está esburacada e a rede de esgoto, antiga, não funciona mais.

Segundo o morador e líder comunitário Domingos Andrade, o abandono vem desde o governo do ex-prefeito Fernando Gomes e prossegue sob a batuta do Capitão Azevedo.

Andrade afirma que técnicos da antiga Seduma e da Emasa estiveram no local, ano passado, mas foi como uma visita de cortesia, pois não se adotou nenhuma providência desde então. Revoltados, moradores pretendem fazer barulho e até interditar a rua.

ITABUNA APOSTA NO SÓCIO-TORCEDOR

Conselheiros e diretores do Itabuna Esporte Clube aprovaram, na quarta-feira (19), a campanha do sócio-torcedor, apresentada pela agência de publicidade Art 3, sob encomenda da diretoria executiva do clube. O ousado projeto se propõe a garantir um fluxo de caixa permanente no IEC, e assim possibilitar a manutenção de uma boa estrutura durante todo o ano.

O sócio-torcedor é a grande aposta do Itabuna para chegar ao primeiro título no baianão, de acordo com o presidente, Ricardo Xavier. “Nossa meta é o título do campeonato baiano de 2010, ano do centenário de Itabuna. Todo funcionário, jogador e a comissão técnica que vamos formar para o próximo ano, chegarão sabendo desse objetivo”.

A campanha será apresentada ao público no dia 15 de setembro. Mas já é possível saber que quem aderir à proposta vai ter diversas vantagens, desde a camisa oficial a convênios com clínicas e até o sorteio semanal de uma caderneta de poupança. “O sócio-torcedor será nosso grande parceiro. E uma parceria implica em vantagens para os dois lados. A idéia é: você ganha, e o azulino também”, emenda o publicitário Tião Barros, da Art 3.

CORPO DE PRADO SERÁ VELADO NA CÂMARA

O corpo do ex-vereador Antônio Carlos Prado, que faleceu por volta das 19 horas de hoje, vítima de infarto fulminante, será velado na manhã desta sexta-feira (21), a partir das 8 horas, no plenário da Câmara de Vereadores de Itabuna. Antes, porém, o corpo será conduzido ainda hoje para a Igreja dos Mórmons do bairro Lomanto, onde fica até amanhã cedo.

O enterro do Sargento Prado, como era conhecido, está marcado para as 16 horas de amanhã, no cemitério de Coaraci.

NEM TUDO É O QUE PARECE

A polícia não tem dúvidas de que os dois adolescentes assassinados no domingo (16) não tinham envolvimento com o crime. Pelo menos foi o que a própria Civil divulgou e foi reproduzido pelos veículos de comunicação ao longo da semana. Mas há dúvidas, porém, se o duplo homicídio foi ou não por engano.

A voz rouca das ruas dá conta de que, mesmo inocentes, os irmãos Walace e Weslei Rocha dos Santos seriam, sim, o alvo dos assassinos. Explica-se: a morte de pelo menos um deles seria para atingir uma terceira pessoa, ligada aos jovens, e que seria desafeto dos autores. São as peças do quebra-cabeça que vão se juntando…

Os irmãos Walace Rocha dos Santos e Weslei Rocha dos Santos, de 15 e 16 anos, foram assassinados por três homens, que montavam uma moto e uma bicicleta. Um dos suspeitos foi identificado como Barriga Azul, que estaria impondo o terror na comunidade do São Pedro.

SEGUNDAS (E TERCEIRAS) INTENÇÕES

São pesadas as articulações na tentativa de colocar um famoso empresário itabunense, dono de evidente ambição política, na presidência da Emasa. A estratégia envolve um deputado federal e um advogado, que pretendem beneficiar-se mutuamente com a alternância de comando.

Detalhe: a esposa do deputado é sócia-majoritária de uma empresa que move ação judicial para receber um pagamento da Emasa. E a mudança pretendida pode favorecer os inconfessáveis interesses.

A conferir.

AUMENTO NÃO DESCEU REDONDO, MAS É LEGAL, DIZ EMASA

A Emasa vai encaminhar à Mesa Diretora da Câmara de Vereadores documentos que comprovariam a legalidade do aumento de 14,29% na tarifa da água este mês. O objetivo é desfazer o possível engano de interpretação das leis municipal – nº 2.013, de 3 de novembro de 2006 -, e federal – nº 11.445, de 5 de janeiro de 2007.

Essas leis obrigariam a Empresa Municipal de Águas e Saneamento a ter publicado, com antecedência de 30 dias, o aumento da tarifa da água dos itabunenses, o que não foi identificado pelo vereador Roberto de Souza. Baseado nisso, ele chegou a anunciar em plenário que iria pedir a revogação do Decreto nº 8.634 do Poder Executivo, datado de 5 de junho de 2009, que autorizou a majoração do valor da tarifa.

O presidente Alfredo Melo e o procurador jurídico da Emasa, Pedro Vivas, dizem possuir ofícios encaminhados a emissoras de rádio no dia 5 de julho, solicitando a veiculação de Comunicado de Utilidade Pública, além de cópia da publicação do Comunicado da Emasa no Diário do Sul Bahia, do último dia 6 de junho.

“A emissão da fatura com a nova tarifa só aconteceu no dia 6 de julho. Portanto, a aplicação, ou seja a cobrança dos novos valores, só aconteceu de fato 30 dias após a veiculação nos meios de comunicação social”, registra Vivas.  O reajuste ocorrerá em duas etapas: a primeira já foi, e elevou a tarifa em 9,72%, a partir de julho; a segunda, de 4,52%, entra em vigor a partir de outubro deste ano.








WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia