WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


alba










setembro 2019
D S T Q Q S S
« ago    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  

editorias






:: ‘Itabuna’

ASSALTANTES PROVOCAM PÂNICO NO ZILDOLÂNDIA

O pacato Zildolândia, área nobre de Itabuna, virou cenário de constantes assaltos a jovens e idosos. Moradores mudaram a rotina para evitar a abordagem indesejada dos meliantes, mas de pouco tem adiantado. Outra queixa é contra a polícia que, segundo informam, não considera a área como “de risco”.

Os ataques ocorrem com mais frequência na faixa das 8h às 10h e das 19h às 22h, de segunda a sexta. “Há alguns anos, me despedi de uma vizinha que cansou de ouvir gritos de socorro e, por fim, ter um filho assaltado na porta de casa. Levaram suas roupas e sapatos’, relata uma moradora, que prefere não ser identificada.

A moradora do Zildolândia também foi vítima, há um mês. “Não sabia se corria, se sentava, já que tremia tanto e não conseguia abrir o portão”. E fala de outra vítima, um idoso: “o mais triste foi ver os dois marginais sair andando e sorrindo, após roubar R$ 500,00 de um aposentado”. Nos últimos dias, relata outra vítima, uma dupla de assaltantes ataca usando uma moto.

WENCESLAU FALA DE UFSULBA COM DILMA

Wenceslau fala de Ufsulba para Dilma.

Wenceslau e Dilma Rousseff.

O cururu Wenceslau Júnior não perdeu as esperanças de fazer decolar o projeto de instalação da Universidade Federal do Sul da Bahia (Ufsulba).

O vereador assegura ter conversado sobre a iniciativa com a ministra da Casa Civil, Dilma Roussef, pré-candidata a presidenta do Brasil. Para Wenceslau, já passou da hora do sul da Bahia contar com uma universidade federal.

Wenceslau lembra das perspectivas para a região com os investimentos estaduais e federais. Ele também teve dois dedos de prosa com secretários estaduais e o governador Jaques Wagner, além do camarada Davidson Magalhães, presidente da Bahiagás.

O dirigente estará em Itabuna na próxima quinta, 25, para discutir a implantação da central de gás natural em Itabuna. Wenceslau fez a ponte com o município para agilizar a área de distribuição da Bahiagás.

TAPINHA NÃO DÓI

A montagem abaixo é interpretação do blogueiro Emílio Gusmão para a troca de carinhos entre Clóvis Loiola (PPS), presidente da Câmara de Vereadores de Itabuna, e o seu colega Ruy Machado (PRP).

VALE O ESCRITO

Cansados de enrolação, como dizem os próprios, os funcionários do Hospital de Base de Itabuna querem fazer constar, no papel, a promessa do município de que definirá um calendário de pagamento para todo o ano de 2010. Na prática, significa dizer que não vão mais tolerar atrasos de salários.

Os trabalhadores jogaram a cúpula da saúde e da administração de Itabuna na parede. Exigiram que um termo de ajustamento de conduta, com as obrigações da prefeitura, seja assinado na Procuradoria do Ministério Público do Trabalho, no próximo dia 5 de março. A proposta foi aceita e a greve teve fim. Mas a ameaça persiste.

FIM DE GREVE NO HBLEM

Os funcionários do Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães (Hblem) retornaram ao trabalho após obter a garantia de que será fixado calendário de pagamento dos salários e, claro, ter quitado o ca$calho de janeiro. O dinheiro caiu na conta dos trabalhadores neste final de tarde.

A greve no Hblem começou nas primeiras horas de ontem. Os funcionários também exigem que o hospital regularize o fornecimento do vale-transporte.

GUSTAVO “FEZ QUE VINHA”, MAS NÃO APARECEU

O professor Gustavo Lisboa, demissionário na Secretaria da Educação de Itabuna, não chegou a aparecer ontem na Prefeitura, conforme se esperava. Segundo informações, a intenção dele seria ter mais uma conversa com o prefeito Azevedo, que no entanto desmarcou todas as reuniões de ontem por conta de uma viagem.

Com Azevedo fora da Prefeitura, o professor teria optado por não ir ao Centro Administrativo. Na Secretaria de Educação, muitos duvidam de que Lisboa retorne ao cargo, mesmo estando praticamente vetado o projeto milionário que Carlos Burgos (da Fazenda) tentou empurrar na rede municipal de ensino.

A proposta de Burgos ficou queimada diante da reação do professor, mas Lisboa bate o pé por outra ideia, que provoca calafrios no governo: a eleição direta para os diretores dos estabelecimentos de ensino.

Azevedo está sendo pressionado por antigas diretoras de escolas, verdadeiras senhoras feudais, que temem a democratização nas unidades e a consequente perda de poder. Como muitas delas são cabos eleitorais do prefeito…

É aí que está hoje o maior problema para Gustavo Lisboa continuar no cargo.

HBLEM: PREFEITURA NÃO FAZ A PARTE DELA

A prefeitura de Itabuna não faz a sua parte na complementação mensal de recursos para o Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães (Hblem).

De acordo com informações do próprio diretor da Fundação de Assistência à Saúde de Itabuna (Fasi), Antônio Costa, os repasses feitos nos últimos meses foram R$ 130 mil (valor depositado em setembro e em outubro), R$ 111 mil (novembro). Os repasses aumentaram para R$ 300 mil (dezembro e fevereiro) após paralisações e ameaças de greve por parte dos funcionários.

A Secretaria Estadual de Saúde (Sesab) efetuou nesta terça, 23, repasse de R$ 1,5 milhão referente a janeiro. Os servidores deflagraram greve nas primeiras horas de ontem. Eles reclamam dos constantes atrasos de salário (ainda não receberam janeiro), o fornecimento regular de vales-transporte e calendário com data fixa para pagamento do ca$calho.

Os servidores devem receber o salário de janeiro até a manhã desta quarta-feira.

FERREIRA COMANDARÁ AZULINO CONTRA EX-TIME

foto josé nazal

Ferreira deixou o Colo Colo e assume o Azulino (Foto José Nazal).

Gelson Fogazzi foi reprovado no seu teste em Feira de Santana, no domingo, e o técnico Ferreira assumirá o Itabuna Esporte Clube. O treinamento desta tarde (14h30min) já será comandado pelo técnico que colocou o Itabuna entre os quatro melhores do Baianão de 2008 e na Série C do Brasileiro daquele ano. Resta saber se fará milagre em 2010.

Ferreira assume o Itabuna após pedir demissão do Colo Colo, no último domingo. Ele será o quarto treinador do Itabuna em menos de 10 rodadas do Estadual 2010. O primeiro desafio oficial de Ferreira no retorno ao Azulino será justamente contra o seu ex-time. Itabuna e Colo Colo fazem o “Clássico dos Desesperados” no estádio Luiz Viana Filho (Itabunão), às 16h do próximo domingo.

A última passagem de Ferreira pelo Tigre ilheense, adversário do Azulino, foi triste. Com ele à frente, o Colo Colo perdeu quatro dos cinco jogos no Baianão 2010. A equipe é a lanterninha do grupo 1 do campeonato. Em Itabuna, o técnico encontrará um time que disputou nove jogos no Baianão. Venceu dois, empatou um e perdeu seis jogos. É o quarto do grupo 2.

GRAMACHO NA BERLINDA

"Comprador de votos, eu?!"

Está programada para hoje mais uma sessão no Tribunal de Justiça da Bahia, na qual estará em pauta o processo por crime eleitoral contra o vereador itabunense Milton Gramacho (PRTB). Em ocasiões anteriores, ele foi beneficiado por sucessivos pedidos de vistas apresentados pelos desembargadores.

Ainda há quem acredite em alguma artimanha para preservar o mandato de Gramacho. Quem articula pela sua permanência é o partido Democratas, embora o suplente do vereador seja Wellington Rodrigues, o Leléu, que é do DEM.

Sabe-se que Leléu não está nada satisfeito com a trairagem, mas se encontra “na muda”, aguardando o desenrolar dos acontecimentos para futuramente tomar suas providências.

Quanto a Gramacho, sua tensão era visível ontem, na sessão de abertura da Câmara de Vereadores. Sinal de que as coisas podem não estar tão “amarradas” como se pensava.

COBERTURA DO CANAL DA AMÉLIA AMADO ‘MELOU’

O projeto de reurbanização da avenida Amélia Amado, que prevê o encapsulamento do canal Lava-pés, terá de ser refeito pela equipe de Sir Fernando Vita, secretário municipal de Desenvolvimento Urbano (Sedur).

A cobertura quase completa do canal poderia provocar inundações na região central de Itabuna, caso o projeto seja executado. Quem negou outorga à obra foi o Instituto de Gestão das Águas e Clima (Ingá).

O estudo revela que o Lava-pés teria vazão máxima de 52.220 litros por segundo, superior ao permitido para canais revestidos em concreto (teme-se replay, por aqui, do que já acontece em São Paulo). É mais um pepino para a turma de Azevedo descascar. As informações são da coluna Tempo Presente, d´A Tarde.

A CIVILIDADE ACIMA DE TUDO…

Juliana Burgos já viveu momentos mais tensos na Câmara

Um segundo de silêncio foi percebido na sempre barulhenta sessão plenária da Câmara Municipal de Itabuna. Foi hoje à tarde, quando o presidente da Casa, Clóvis Loiola, convidou para compor a mesa a procuradora-geral Juliana Burgos, durante a instalação da sessão solene que marcou o início dos trabalhos legislativos em 2010.

Nem ela acreditou, quando ouviu seu nome, mas depois, relaxou e sentou ao lado do presidente. Juliana, há até bem pouco tempo, foi o pivô de uma queda de braço entre os poderes – ‘harmônicos’ – Executivo e Legislativo, devido ao fato de ser filha do secretário da Fazenda, Carlos Burgos.

A Câmara não aceitou o nome da moça, entendeu que era, se não um caso clássico de nepotismo, pelo menos uma imoralidade, já que a família Burgos ocupava três importantes cargos na estrutura do governo – na época, o diretor de Tributos era Octaviano Burgos, filho do secretário e irmão da procuradora. Em seguida o prefeito Azevedo reagiu e disse que não precisava da aprovação do Parlamento para indicá-la procuradora, e bancou sua permanência.

Tudo isso marcado por incessantes ataques, de ambos os lados. Hoje, porém, a harmonia parece ter voltado a reinar entre os dois poderes. Havia até a expectativa de que fosse ela, Juliana, a encarregada da leitura da mensagem do Executivo na Casa. Mas aí viram que seria demais e ficou-se com o chefe de gabinete do prefeito, Ivann Montenegro.

Mas Juliana, Roberto de Souza e Ricardo Bacelar, além de Loiola, estavam lá, na mesa. Todos irmanados no axé de Azevedo.

PREFEITURA ADOTA SISTEMA PRÓPRIO PARA EMITIR NF-e

Desta vez, não foi calote, apesar de línguas ferinas afirmarem o contário (confira nota abaixo): O sistema de emissão de notas fiscais eletrônicas (NF-e) em Itabuna não será mais terceirizado. A prefeitura desenvolveu software próprio e não mais desembolsará quantia razoável para fazer o sistema funcionar.

A promessa é a de que o novo programa já estará em pleno funcionamento a partir das primeiras horas desta terça-feira, 23, para alívio dos contribuintes.

Até a manhã de hoje, o sistema utilizado era o da Emaiss, vítima de calote do município. Essa, já voou. O novo sistema foi desenvolvido por técnicos da Pasta do Planejamento e Tecnologia, o que sugere algumas economias.

CALOTE DE AZEVEDO DEIXA CONTRIBUINTES NA MÃO

A prefeitura de Itabuna deu novo calote na empresa que fornece o sistema para emissão de notas fiscais eletrônicas, a E-maiss. O calote seria de aproximadamente R$ 100 mil. Desde o início da tarde, os contribuintes não podem emitir notas fiscais eletrônicas a partir do site.

Quem acessa a página http://itabuna.emaiss.com.br/ depara com aviso de que a inoperância do sistema não se deve a “problemas técnicos”. O contribuinte (pessoa jurídica ou física) que necessitar emitir nota fiscal deve procurar o Departamento de Tributos, no centro administrativo Firmino Alves.

Da última vez, o calote do município era superior a R$ 74 mil, conforme informação da Secretaria da Fazenda ao Pimenta (relembre aqui).

Calote deixa sistema de notas fiscais eletrônicas fora do ar.

CADÊ A CESTA BÁSICA, DOUTOR?

A prefeitura de Itabuna ‘inventou’ algo que considera estimulante na guerra contra a dengue: premiar com cesta básica donos de imóveis que não possuem focos do mosquito da dengue.

Residências são visitadas e vistoriadas a cada final de semana nos mutirões que envolvem voluntários e servidores da prefeitura de Itabuna.

São aproximadamente 150 cestas sorteadas a cada semana. Um mês se passou e os primeiros sorteados ainda não receberam as benditas. Que está havendo, doutor Vieira?

MENSAGEM DE AZEVEDO À CÂMARA: AXÉ E ‘EMBROMATION’

O prefeito Capitão Azevedo não compareceu à Câmara de Vereadores de Itabuna para transmitir sua mensagem, mas enviou um preposto cultíssimo a representá-lo.

O homem, o chefe de gabinete Ivann Montenegro, citou Péricles, exigiu que a plateia não o confundisse com Demóstenes, o escambau. Mas a mensagem em si não disse muita coisa.

Falou que o governo vai trabalhar em parceria com os órgãos representativos da sociedade, vai priorizar a comemoração do centenário de Itabuna e resgatar o patrimônio histórico-cultural do município.

Embromation puro. Ao final, surpreendeu a todos quando desejou um ano de axé para os vereadores.

O detalhe é que momentos antes o presidente Loiola havia feito uma oração em seu gabinete para descarregar o ambiente. Pelo menos, os caminhos estão todos liberados.

VOLTA AO BATENTE NA CÂMARA: EXPECTATIVA PELOS REENCONTROS

Finalmente chegaram ao fim as férias legislativas em Itabuna. A abertura dos trabalhos do primeiro semestre será em uma sessão solene, daqui a pouco, às 14 horas. Pelo que produziram de polêmicas no período de recesso, o reencontro de alguns parlamentares desperta maiores expectativas, a exemplo dos colegas Ruy Machado e Clóvis Loiola, para ficar nas mais recentes.

Só para refrescar a memória do leitor, na semana passada Ruy afirmou que o presidente Loiola passou da hora de ir fazer companhia a José Roberto Arruda no Xilindró, pelas barbeiragens que fez à frente da Mesa Diretora. Já o presidente, ofendido, ameaça cobrar os proventos que Machado possa ter recebido quando estava ausente do trabalho, em tratamento médico.

Como sempre, as tardes de sessão na Câmara prometem…

PRESO PELA 40ª VEZ

Papy é o terror dos receptadores.

Roberto Santos da Silva, o Papy, atingiu sua marca histórica no mundo do crime. No final de semana, foi preso pela 40ª vez. O tinhoso roubou Judith Rosa, no bairro Fernando Gomes. Da vítima, levou uma bolsa contendo R$ 40,00, celular e documentos pessoais.

Segundo o repórter Oswaldo Bispo, Papy abusava do seu físico franzino e baixa estatura para arrombar residências na região do Góes Calmon, Conceição e Jardim Vitória.

Cara de “besta”, Papy facilitava a sua liberdade ao dedurar os nomes dos receptadores dos furtos e roubos. Desta vez, não teve tempo de passar o celular ‘pra frente’.

ALÔ, PREFEITO!

O Capitão Azevedo se negou a comparecer à abertura dos trabalhos legislativos, hoje, mas estará no programa Alô Cidade, na TVI, às 11h30min. O programa é apresentado pelo casal Frankvaldo Lima e Kelly Dourado. O telespectador poderá fazer pergunas ao prefeito pelos telefones 3617-1118 e o 8805-1971.

AGORA, É GREVE

Greve paralisa maior hospital público da região.

O Sindicato dos Funcionários e Servidores Municipais de Itabuna (Sindserv) informa que foi deflagrada, a partir das 6h de  hoje, greve por tempo indeterminado no Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães (Hblem).

Cerca de 600 funcionários do hospital cruzam os braços contra os constantes atrasos de pagamento e não-fornecimento de vales-transporte. A categoria exige o imediato pagamento do salário de janeiro.

A greve acontece em meio a um tiroteio da prefeitura e a Secretaria Estadual de Saúde (Sesab). O secretário de Administração de Itabuna, Gilson Nascimento, culpou a Sesab pela situação do Hblem.

A Secretaria Estadual de Saúde emitiu nota informando que, embora o Hblem tenha contrato de R$ 1 milhão com o SUS, os repasses mensais são da ordem de R$ 1,5 milhão para fazer frente à crise na unidade de saúde.

Os prepostos estaduais cobraram da prefeitura que faça também a sua parte, investindo no hospital. Ou, caso queira, repasse a gestão da unidade para o Estado. A prefeitura firmou convênio que resultaria em complementação de R$ 300 mil para o Hblem. O depósito não havia sido feito até a semana passada.

DEU A LÓGICA: ITABUNA E COLO COLO PERDEM

Nada mais lógico para os times sul-baianos a cada rodada do Estadual 2010. Em Feira de Santana, o Itabuna conheceu a sexta derrota no campeonato. O Bahia de Feira enfiou 2×0 no Azulino. O Tigre Ilheense perdeu em casa para o Camaçari, por 1×2, no estádio Mário Pessoa, em Ilhéus, e continua na lanterna do grupo 1 do Baianão. O Itabuna permanece em 4º no grupo 2.

Os resultados obtidos pelos dois times só fazem perder o interesse pelo Clássico do Cacau, no próximo domingo, 28, no estádio Luiz Viana Filho. Os gols do Bahia de Feira foram marcados por João Neto, aos 12 minutos do primeiro tempo e aos 32 da etapa final, no Jóia da Princesa.

O Colo Colo esperava pegar no tranco, após a vitória da última quinta-feira. Pura ilusão. O início do jogo enganou. Emílio colocou o Tigre na frente, aos 4 minutos. Murilo, do Camaçari, empatou aos 32min da primeira etapa. Sylvestre deixou o dele aos 28 do segundo tempo, decretando a vitória do time do Polo Petroquímico, que já é o segundo do grupo 1.

Atualizado às 19h50min






WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia