WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
jardim das hortensias
unime


agosto 2016
D S T Q Q S S
« jul    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

editorias


:: ‘Itambé’

ASSALTANTES DE BANCO SÃO PRESOS AO TENTAR ROUBAR EMPRESA DE ÔNIBUS

Assaltantes Daniel, Eduardo Gomes, Eduardo Vieira e Fernando foram presos em Conquista.

Assaltantes Daniel, Eduardo Gomes, Eduardo Vieira e Fernando foram presos em Conquista.

Quatro integrantes de uma quadrilha envolvidos nos assaltos a agências bancárias nos municípios de Barra do Choça, em 27 de setembro, e Itambé, em 14 de outubro, foram presos quando pretendiam assaltar uma empresa de ônibus, na Avenida Juracy Magalhães, em Vitória da Conquista.

Investigados pelo Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco), pela participação nos assaltos, Eduardo Gomes Rosa Silva, Eduardo Vieira Barbosa, Fernando Clayton da Silva Morais e Daniel Medeiros da Silva foram presos, no dia 28 de outubro, por policiais das 77ª e 78ª Companhias Independentes de Polícia Militar (CIPMs), e conduzidos à base do Draco, em Vitória da Conquista.

Com a quadrilha, foram apreendidas armas, celulares e veículos utilizados nos roubos. O delegado Euvander Rodrigues, do Draco, informou que Eduardo Vieira, que já foi preso por tráfico internacional de drogas, e os comparsas foram autuados por porte ilegal de arma e encaminhados ao Presídio Nilton Gonçalves, em Vitória da Conquista.

AZALEIA DEMITE 1,5 MIL TRABALHADORES NA BA

Indústria demite quase 10% dos empregados na Bahia em um mês.

Cerca de 1,5 mil trabalhadores foram demitidos de unidades da Azaleia Nordeste em 11 municípios localizados na região centro-sul baiana, conforme dados de sindicato dos empregados e do Ministério Público do Trabalho na Bahia (MPT). As demissões na fábrica de calçados ocorreram entre novembro e este início de dezembro.

O Ministério Público do Trabalho promoverá audiência, amanhã, às 14h, em Vitória da Conquista, para exigir justificativas da Azaleia em relação à onda de demissões. A audiência será comandada pelo procurador Marcos de Jesus, que investiga a empresa, e terá presença de analista do MPT para avaliar as justificativas contábeis da Azaleia. A intenção é avaliar se as demissões são arbitrárias, segundo o procurador.

De acordo com o MPT, foram convidados para a audiência autoridades municipais, deputados estaduais e federais e representantes dos trabalhadores. As demissões afetam diretamente a economia de Caatiba, Firmino Alves, Ibicuí, Itambé, Iguaí, Itapetinga, Itarantim, Itororó, Maiquinique, Maracani e Potiraguá.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia