outubro 2014
D S T Q Q S S
« set    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  



:: ‘Itapé’

GREVE DOS BANCÁRIOS CHEGA AO FIM NA REGIÃO DE ITABUNA

Greve afetou mais de 10 mil agências bancárias.

Greve afetou mais de 10 mil agências bancárias.

Os bancários da área de abrangência do sindicato da categoria em Itabuna voltam ao trabalho nesta terça-feira (7), após aprovação das propostas da Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) em assembleia realizada na sede da entidade, ontem. Além de Itabuna, o funcionamento volta ao normal, também, em Buerarema, Camacan, Coaraci, Ibicaraí, Itajuípe, Itapitanga, Itapé, Itororó e Pau Brasil.

O fim do movimento, que começou dia 30, foi decidido por 38 votos a 24. De acordo com a Confederação Nacional dos Trabalhadores no Ramo Financeiro (Contraf), a greve foi encerrada na maioria dos estados. Porém, a greve continua em agências do Banco do Nordeste do Brasil.

A proposta reajusta os salários e demais verbas em 8,5% (aumento real de 2,02%), o piso salarial em 9% (2,49% acima da inflação) e o vale-refeição em 12,2%. Os sindicatos comemoram o que chamam de avanços “não econômicos”, a exemplo de mecanismos de combate às metas abusivas e do assédio moral.

DEPUTADO DEFENDE RETOMADA DE OBRAS

Augusto Castro1Em discurso na tribuna da Assembleia Legislativa, nesta quinta-feira (6), o deputado estadual Augusto Castro (PSDB) criticou o governo do Estado pela interrupção das obras da barragem do Rio Colônia. O projeto é considerado fundamental para regularizar a vazão do Rio Cachoeira, do qual o Colônia é afluente, e melhorar o sistema de abastecimento em Itabuna, Ibicaraí e Itapé.

As obras da barragem foram interrompidas em agosto do ano passado, seis meses após seu início. A construção está orçada em R$ 18 milhões, valor custeado com recursos do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento).

A empreiteira Andrade Galvão, que vinha tocando o projeto, abandonou o canteiro de obras após sucessivos atrasos nos repasses por parte da Companhia de Engenharia Rural da Bahia (Cerb), órgão ligado ao governo do Estado. Cerca de 100 trabalhadores, a maioria contratada na região de Itapé, ficaram desempregados.

POLÍCIA FECHA RINHA EM ITAPÉ

Galos foram encontrados com sinais de maus tratos (foto Oziel Aragão / Plantão Itabuna)

Policiais militares e civis fecharam um local onde se realizavam brigas de galo na cidade de Itapé, a 22 quilômetros de Itabuna. Na rinha, foram apreendidas cinco aves, todas com sinais de maus tratos, e preso um homem identificado como José Márcio Almir Matos Mendes, de 26 anos.

Um inquérito sobre o caso foi instaurado pela delegada Ana Paula Gomes, que solicitou o apoio da PM para prender José Márcio. Ele foi flagrado exatamente no momento em que acontecia uma briga de galos. O rapaz confessou que ganhava cerca de 150 reais quando uma de suas aves vencia o confronto.

Enquanto a delegada colhia o depoimento de José Márcio, foi recebida denúncia anônima indicando a existência de outra rinha na região, esta na fazenda de um homem de prenome Dagmar. A polícia foi até o local e apreendeu outros 24 galos de briga. Informações do Plantão Itabuna.

 

 

AUGUSTO CRITICA “INADIMPLÊNCIA” DO ESTADO

Castro: com Azevedo mas aberto a novas relações.

Em discurso na tribuna da Assembleia Legislativa, o deputado Augusto Castro (PSDB) criticou o Governo da Bahia pelo descumprimento de compromissos com o Sul do Estado em 2013. Além de pendências financeiras com instituições de saúde, o parlamentar mencionou obras interrompidas, que implicariam desperdício de recursos públicos.

Segundo o deputado, em Itabuna o Estado se encontra inadimplente com instituições como a Santa Casa de Misericórdia, Maternidade Ester Gomes, Hospital São Judas Tadeu e Cemepi.

O tucano também criticou a interrupção das obras da barragem do Rio Colônia, em Itapé, prometida como solução para os problemas do abastecimento de Itabuna e regularidade da vazão do Rio Cachoeira.

PEDRÃO DEFENDE MOBILIZAÇÃO REGIONAL PELAS OBRAS DA BARRAGEM

Obra da barragem deve começar ainda em janeiro (Reprodução Pimenta).

Projeto é fundamental para aumentar a capacidade do abastecimento em Itabuna e outras cidades da região (Reprodução Pimenta).

O prefeito de Itapé, Pedro Jackson Brandão, o “Pedrão” (PSB), está apreensivo com a paralisação das obras da barragem no Rio Colônia e defende uma mobilização política regional para que a construção seja retomada.

Pedrão diz ter conversado com representantes da empreiteira Andrade Galvão, que consideram improvável a continuidade dos trabalhos em 2013. “O quadro em Itapé é de desânimo, depois que a empresa retirou todo o maquinário pesado e demitiu 80 funcionários”, lamenta o prefeito.

A ordem de serviço das obras foi assinada pelo governador Jaques Wagner no dia 8 de janeiro e os trabalhos começaram no mês seguinte, prevendo-se a conclusão num prazo de 18 meses. O orçamento é de R$ 71 milhões.

A barragem do Colônia é considerada fundamental para regularizar a vazão do Rio Cachoeira e ampliar a capacidade do sistema de abastecimento em Itabuna, Itapé e Itaju do Colônia. Além da paralisação das obras, que afeta a expectativa de atração de investimentos para a região, outra queixa está relacionada ao atraso no pagamento das indenizações a fazendeiros que tiveram áreas desapropriadas em função do projeto.

EMPREITEIRA PODE PARALISAR OBRAS DA BARRAGEM DO RIO COLÔNIA

A empreiteira Andrade Galvão realiza “operação tartaruga” nas obras da barragem do Rio Colônia, na região de Itapé. Segundo informações de prepostos da empresa, tem ocorrido atraso no cronograma de pagamentos da Companhia de Engenharia Ambiental e Recursos Hídricos da Bahia (Cerb).

Nota distribuída nesta sexta-feira, 16, pela Prefeitura de Itapé, informa que a Andrade Galvão já transferiu maquinário do canteiro da barragem para uma obra no Piauí. Há receio quanto à possibilidade de demissão de 100 trabalhadores.

O prefeito de Itapé, Pedro Jackson Brandão, diz ter entrado em contato nesta quinta-feira, 15, com o secretário das Relações Institucionais da Bahia, Rui Costa, para informá-lo sobre a situação.  Na próxima semana, Pedro Jackson e o prefeito de Itabuna, Claudevane Leite, visitarão as obras.

FAZENDEIROS COBRAM INDENIZAÇÃO DO ESTADO

Fazendeiros que tiveram áreas desapropriadas pelo Governo do Estado, para a construção da barragem no Rio Colônia, entre Itaju do Colônia e Itapé, protestam contra a demora no pagamento das indenizações.

Nesta quarta-feira, 7, um grupo de fazendeiros discutiu o assunto em reunião na Câmara de Vereadores de Itapé. Eles dizem que até o momento o Estado pagou apenas 10% do valor devido pelas terras desapropriadas.

No encontro, ficou estabelecido um prazo até o final desta semana para o pagamento das indenizações. Caso isto não ocorra, a turma promete realizar protestos. E, de quebra, até paralisar a obra da barragem.

“CABIDE DE EMPREGO”: TCM PUNE EX-PREFEITO DE ITAPÉ

De novo, Jackson caiu na malha do TCM.

De novo, Jackson caiu na malha do TCM.

O ex-prefeito Jackson Rezende (PP), de Itapé, foi punido novamente pelo Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) pelas peripécias enquanto governou o pequeno município sul-baiano. Agora, levou multa de R$ 3 mil por contratação ilegal de servidores. Segundo o relator do processo, conselheiro Paolo Marconi, Rezende fez contratações sem concurso público ou lei autorizativa em 2011.

Com a cumplicidade de vereadores, segundo o relatório de Marconi, “o ex-prefeito se valeu de sucessivas autorizações para contratar pessoas para prestação de serviços públicos considerados essenciais, ao arrepio da Constituição”.

As contratações ocorriam “sem as mínimas exigências legais e constitucionais para a prática de atos dessa natureza”. Entre 2010 e 2011, foram contratados 190 servidores sem seleção nem concurso público. O ex-prefeito reconhece que “fez contratações de pessoal também sem o respaldo legal, via decreto excecutivo, no período de janeiro a março/2011″.

“PEDRÃO” EM ITAPÉ

Mantida a tradição dos festejos de São Pedro no Entroncamento de Itapé. A festa começou ontem (29) e termina nesta domingo à noite (30). Nos dois dias, atrações como Xamego a Mais, Originais do Forró, Carlos dos Teclados, Sapecas e Sandro dos Teclados.

O prefeito Pedro Jackson Brandão diz que a estrutura foi montada para dar conforto e segurança ao público. O “Pedrão de Itapé” é comemorado há mais de 20 anos no Entroncamento de Itapé, às margens da BR-415, trecho Itabuna-Itapé. “O evento mantém a tradição dos festejos juninos na cidade”, ressalta o gestor.

PREFEITURAS ANTECIPAM 13º SALÁRIO

dinheiro3Enquanto dezenas de gestores municipais choram as pitangas por causa da dívida e dificuldades de fechar a folha, quatro prefeituras regionais anteciparam salário de junho e até metade do 13º salário no sul da Bahia.

Buerarema quitou salário e antecipou metade do décimo terceiro, assim como Itapé e Itagibá, que pagou nesta sexta (21) o salário de junho e, na última segunda (17), metade do 13º salário aos 896 servidores. Pelos cálculos do prefeito Marcos Barreto, Marquinhos (PCdoB), foram injetados R$ 2,3 milhões na economia local com a antecipação.

Já em Itabuna, o município antecipou o pagamento do salário de junho. O dinheiro caiu na conta do servidor nesta sexta (21), segundo o secretário da Fazenda, Marcos Cerqueira. Porém, os professores receberam metade do salário, já que, conforme o secretário, o dinheiro do Fundeb será repassado pelo governo federal somente na próxima semana.

ITAPÉ ANTECIPA O SÃO JOÃO

Pedrão diz que cidade já "respira" São João.

Pedrão diz que cidade já “respira” São João.

Itapé decidiu antecipar os festejos juninos. O São João no município sul-baiano começa amanhã (14), às 22h, e vai até o próximo domingo (16). O arrasta-pé vai ser na Praça da Feira, centro da cidade, por onde vão passar atrações como Forró do Karoá, Zabumbahia, Originais do Forró, Vera Cruz.

Ontem, Pedrão acompanhou a montagem da estrutura. “A cidade já respira o clima dos festejos juninos”, disse.  As repartições públicas e escolas municipais funcionam até esta quinta (13).

O prefeito Pedro Jackson Brandão (Pedrão) disse que, a princípio, o município não iria realizar a festa – devido às dívidas encontras -, mas conseguiu captar recursos na iniciativa privada e obteve patrocínio da Petrobras.

INDENIZAÇÕES A CONTA-GOTAS

Augusto cobra agilidade nas indenizações.

Augusto cobra agilidade nas indenizações.

O governo estadual pagou, no máximo, 10% do valor das indenizações por desapropriação de terras na área da Barragem do Colônia, em Itapé, segundo denúncia do deputado estadual Augusto Castro (PSDB). O parlamentar cobrou do governo mais celeridade nos pagamentos. A obra é essencial para o abastecimento de água em Itabuna.

Castro disse que o atraso nas indenizações estão resultando em desemprego na região de Itapé, pois os produtores estão sem terras e recursos “para investir em nova área”.

Para o deputado, não deveria haver atraso nas indenizações. “Se os recursos já estava previstos no PAC, é fundamental que seja efetivadas para garantir a manutenção e a abertura de novos empregos”.

A obra começou em fevereiro e tem custo previsto de R$ 70,9 milhões. A área afetada pela barragem é de 1.621 hectares e envolve os municípos de Itapé e Itaju do Colônia. A previsão é de que a barragem fique pronta até setembro do próximo ano.

Quando estiver em pleno funcionamento, a barragem vai armazenar até 62 milhões de litros de água e garantir vazão de 1,4 mil litros à rede de abastecimento em Itabuna.

TCM PUNE EX-PREFEITO DE ITAPÉ

jackson rezendeDo Trombone

O Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) considerou procedente denúncia contra o ex-prefeito de Itapé, Jackson Rezende (PP), pelo não encaminhamento de processos de pagamento à Inspetoria Regional de Controle Externo, totalizando R$ 154.718,42, com recursos próprios, no exercício de 2010.

A relatoria solicitou o encaminhamento de representação ao Ministério Público Estadual, determinou a devolução aos cofres municipais da importância de R$ 154.718,42 e imputou multa no valor de R$ 10 mil ao ex-prefeito, que ainda pode recorrer da decisão.

Segundo o TCM, mesmo convocado a prestar esclarecimentos, Jackson Rezende não apresentou nenhuma justificativa para o fato, sendo o termo de ocorrência relatado e julgado a revelia.

ONDE HÁ FUMAÇA…

Pedrão e Naeliton tentam espantar boatos

Pedrão e Naeliton tentam espantar boatos

Deve haver um fundo de verdade na suspeita de que o prefeito de Itapé, Pedro Jackson (o Pedrão), e seu vice, Naeliton Rosa, andam se estranhando. Pelo menos, os próprios levam a história a sério, tanto que neste domingo, 24, fizeram questão de posar para foto enquanto aguardavam uns caranguejos no bar Katikero, em Itabuna.

A assessoria frisa que a foto é a prova inconteste de que os dois estão numa boa.

Pode ser. Assim como pode não ser.

CERB EXPLICA OBRAS DA BARRAGEM DO COLÔNIA

Em nota ao blog, a Companhia de Engenharia Ambiental e Recursos Hídricos (Cerb), informou que as empresas contratadas para execução das obras de construção da Barragem do Rio Colônia, em Itapé, já se encontram no local (confira mais aqui).

As primeiras ações, conforme a nota, serão a de levantamento topográfico para definir o ponto onde será construído o “o eixo da barragem e dos marcos da obra”, além de fazer a revisão dos levantamentos feitos na fase de projeto.

A etapa de construção da barragem começa após definir localização de canteiro da obra, inspeção de jazidas e análise do entorno da área.

BARRAGEM A PASSOS DE TARTARUGA

Wagner ao lado de Vane, após mandar recado à base aliada e assinar ordem de serviço (Foto Pimenta).

Wagner assinou ordem de serviço há duas semanas, mas obra que é bom… (Foto Pimenta)

A obra de construção da Barragem do Rio Colônia ainda não saiu do papel. A ordem para a execução da obra foi assinada no último dia 8, em Itabuna, pelo governador Jaques Wagner, mas, por enquanto, não há movimentação de máquinas nem de homens na localidade onde será construída a barragem, 800 metros acima da Estiva, em Itapé.

A barragem é considerada essencial para resolver o problema do abastecimento de água em Itabuna. Toda a obra terá investimento de R$ 71 milhões, envolvendo construção da barragem, indenizações e desvio da rodovia estadual que liga Itapé a Itaju do Colônia. A licitação foi ganha pela Construtora Andrade Galvão.

AS PERIPÉCIAS DE JACKSON REZENDE

Os resultados preliminares de auditoria feita na Prefeitura de Itapé constataram que somente em dezembro, o ex-prefeito Jackson Rezende fez uma farra com o dinheiro público. Conseguiu “torrar” R$ 190 mil com o pagamento com combustíveis em posto de Itabuna.

Fazendo uma média de R$ 3,00 por litro, foram abastecidos em dezembro 63.000 litros, em uma média de oito quilômetros por litro, o que daria para rodar 504.000 quilômetros, o que espantou o sucessor e ex-aliado, Pedro Jackson Brandão (Pedrão).

Leia mais n´O Trombone

ITABUNA: WAGNER ASSINA ORDEM DE SERVIÇO PARA CONSTRUIR BARRAGEM DO COLÔNIA

Obra da barragem deve começar ainda em janeiro (Reprodução Pimenta).

Obra da barragem deve começar ainda em janeiro (Reprodução Pimenta).

A principal obra de saneamento de Itabuna deve começar ainda em janeiro. Na próxima terça, 8, às 10 horas, o governador Jaques Wagner vem a Itabuna para assinar a ordem de serviço para construção da Barragem do Rio Colônia, em Itapé. A informação foi confirmada ao PIMENTA pela assessoria do governador.

A obra será executada em prazo máximo de 18 meses pela Construtora Andrade Galvão. Além de praticamente dobrar a capacidade de captação e distribuição de água em Itabuna para até 1.500 litros por segundo, a barragem é apontada como solução para o abastecimento do município baiano, pelo menos, para os próximos 50 anos.

Com custo previsto de R$ 70,9 milhões, a barragem alagará área de 1.621 hectares nos municípios de Itapé e Itaju do Colônia, armazenando até 62.670 de metros cúbicos de água e tendo vazão de 1.405 litros por segundo, segundo o projeto do governo baiano.

Atualmente, a água que abastece Itabuna é captada no Rio Almada, em Rio do Braço, Ilhéus, sendo que parte da cidade é suprida com água do Rio Cachoeira, por meio da estação em Nova Ferradas.

ANTECIPAÇÃO DE ICMS DESAGRADA ELEITOS

PedrãoPelo menos um dos prefeitos eleitos em outubro se posicionou contra a antecipação de repasse da cota de ICMS de janeiro para 28 de dezembro na Bahia. A antecipação injeta cerca de R$ 140 milhões nos cofres das prefeituras baianas já neste mês (relembre aqui).

Prefeito eleito de Itapé, Pedro Jackson Brandão, Pedrão (PSB), enxerga pepino nas mãos de quem vai assumir a partir de 1º de janeiro, como ele. “Essa antecipação vai beneficiar os prefeitos que não se reelegeram, mas vai prejudicar os que estão chegando”, disse em comentário a este blog.

O repasse antecipado cairia na conta dos municípios nos primeiros dias de janeiro. Quem sai agradece, quem vai assumir no dia 1º…

ITABUNA: DEFINIDA EMPRESA QUE CONSTRUIRÁ BARRAGEM DO COLÔNIA

Barragem é apontada, tecnicamente, como solução para Itabuna.

Apontada como solução para o abastecimento de água em Itabuna, a obra da Barragem do Rio Colônia, em Itapé, já tem empresa definida. A Construtora Andrade Galvão venceu o processo licitatório para construção da obra orçada em R$ 70,9 milhões. O prazo máximo de conclusão da obra é de 18 meses. Ainda cabe recurso à definição do nome da empresa.

A barragem é sonho dos itabunenses e, segundo estudos técnicos, aumentará a vazão do sistema de água no município de pouco mais de 800 para 1.405 mil litros por segundo. A obra dos governos da Bahia e Federal deve começar no início do primeiro semestre de 2013.

A área a ser alagada com a construção da barragem é de 1.621 hectares, compreendendo os municípios de Itapé e Itaju do Colônia. A estrutura para represamento d´água terá altura de 19 metros e armazenamento de até 62 milhões de metros cúbicos, conforme projeto apresentado pelo Governo do Estado.

LIBERADO

Por unanimidade, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) liberou em definitivo o registro do prefeito eleito de Itapé, Pedro Jackson Brandão, Pedrão (PSB). Ele já havia sido liberado em decisão monocrática do ministro Arnaldo Versiani, mas houve recurso do Ministério Público Federal. No julgamento desta noite, Pedrão venceu por 7 a 0.

SODRÉ DE VOLTA AO GOVERNO

Após uma campanha de boas intenções para a Prefeitura de Itapé, não assimiladas pelo eleitorado, o advogado Carlos Sodré está de volta às suas funções no Governo da Bahia. O Diário Oficial do Estado publica nesta terça-feira, 30, a nomeação de Sodré para o cargo de chefe de gabinete do secretário de Administração Penitenciária e Ressocialização, do qual se afastara em maio para disputar as eleições.

Sodré tem altíssimo prestígio e conceito em Salvador. Mas em sua própria terra amargou um último lugar na disputa, saindo com minguados 169 votos.

É a história do “santo de casa”.