WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
festival chocolate


alba










julho 2019
D S T Q Q S S
« jun    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

editorias






:: ‘Jairo Araújo’

GOVERNO DEVE RETIRAR PROJETO DO REGIME JURÍDICO E DIALOGAR MAIS, ALERTA ALDENES

Aldenes defende retirada de projeto e que governo amplie negociações

O vereador Aldenes Meira (PCdoB) defendeu a retirada do projeto que altera o regime jurídico do servidor itabunense de celetista para estatutário. A mudança está em discussão na Câmara de Vereadores e levou os servidores à greve, iniciada na última sexta (10). “A gente está discutindo com o prefeito [Fernando Gomes] a retirada do projeto para que se dialogue mais [com os servidores]. Ou retira ou ele manda uma mensagem aditiva”, disse Aldenes em entrevista ao PIMENTA.

Desde a segunda-feira (13), escolas não abrem e unidades de saúde estão funcionando com apenas 30% dos servidores como forma de pressionar o governo a rever o projeto. “Melhor caminho para o governo é retirar e manter diálogo”, afirma Aldenes. A Câmara também não vota nem analisa projetos desde a segunda, quando os servidores iniciaram a ocupação do Legislativo.

PRÓS E CONTRAS DE MUDANÇA

O vereador diz que há prós e contras na mudança do regime jurídico. Hoje, os servidores são regidos pela Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT) e mudariam para o Estatutário, com perda do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) e rescisões na Justiça do Trabalho. Com a mudança de contrato, as questões seriam tratadas na Justiça Comum (Fazenda Pública).

“O grande questionamento é o FGTS. Como compensação, o governo ofereceu quinquênio, mas os servidores querem anuênio. A gestão quer discutir o Plano de Cargos e Carreiras em um prazo de 180 dias. Os servidores reivindicam que as discussões do Plano ocorram concomitantemente com a discussão da mudança de regime”, observa Aldenes.

“ESTRATÉGIA DOS SERVIDORES É CORRETA”

O vereador e ex-presidente da Câmara observa que o FGTS é um dos pontos que os prefeitos, ao longo dos tempos, não respeitam. “Parcelam, mas não depositam, prejudicando os servidores”, acrescentando que a Câmara até já votou projeto de individualização do FGTS em outras legislaturas.

Para ele, uma das vantagens com a mudança para o Regime Estatutário estaria na aposentadoria. Os cálculos são de que o valor de aposentadoria equivaleria a 1,3 do salário com a adoção da progressão, por exemplo, para quem já é servidor há dez anos. Como exemplo, Aldenes cita o servidor que recebe o mínimo. Em vez de se aposentar com salário mínimo, receberia em torno de R$ 1,3 mil com o fator de progressão, em valores de hoje. Os servidores, na avaliação do vereador, utilizam estratégia correta ao pressionar por mais negociação. “Tem que fazer pressão para que o governo ceda, neste sentido”.

PERDA DE MANDATO

Aldenes disse ter estranhado a nota emitida pelo diretório municipal do PCdoB, ontem à noite. Mas preferiu não falar da postura do comitê itabunense. “Conversei com Davidson [Magalhães, presidente estadual do PCdoB]. Acho que nem estava sabendo [da nota pública]“, afirmou Aldenes.

Ao PIMENTA, o vereador antecipou que somente irá se posicionar quanto à nota do partido depois de nova conversa com Davidson. Na nota de ontem, o PCdoB ameaçou tomar o mandato de Aldenes (reveja aqui). O vereador, porém observa: “a votação da mudança de regime é um processo muito dialogado. Inclusive, Jairo [Araújo, vereador do PCdoB] e Wilmaci [Oliveira, presidente do Sindserv] colocaram todas as emendas necessárias. De última hora, mudaram”, acrescentou.

Atualização às 11h05min – Há pouco, o presidente da Cãmara de Vereadores de Itabuna, Chico Reis (PSDB), decidiu adiar a votação do projeto. Mais cedo, houve audiência de conciliação entre servidores e a Câmara em ação judicial de desocupação do Legislativo. O presidente definiu votação para o dia 29.

SESSÃO DISCUTE FEMINICÍDIO EM ITABUNA

Charliane e Jairo convocaram sessão para discutir feminicídio em Itabuna

O feminicídio será tema de sessão especial nesta terça (14), às 18h, no plenário Raymundo Lima, na Câmara de Vereadores de Itabuna. Solicitada pelos vereadores Charliane Sousa (PTB) e Jairo Araújo (PCdoB), a sessão reunirá representantes de órgãos envolvidos no combate à violência contra a mulher.

De acordo com os vereadores, a sessão avaliará a situação da rede de enfrentamento das violências contra a mulher além de encaminhamento de propostas para fortalecer estas ações. A Rede de Enfrentamento está prevista na Lei Maria da Penha. A implementação e funcionamento são obrigações do poder público e envolve toda a sociedade.

Atualização às 10h20min – Devido à ocupação do plenário da Câmara de Itabuna, a sessão especial foi adiada para o dia 30 deste mês. Os servidores municipais protestam contra mudanças do Regime Jurídico.

POR UNANIMIDADE, CÂMARA APROVA TÍTULO DE CIDADANIA ITABUNENSE PARA RUI COSTA

Após honraria em Ilhéus, Rui receberá título de cidadania itabunense

Após honraria em Ilhéus, Rui receberá título de cidadania itabunense

Jairo cita obras do estado no sul da Bahia.

Jairo cita obras do estado no sul da Bahia.

O governador Rui Costa receberá título de cidadão itabunense, no próximo dia 28, quando o município sul-baiano completará 107 anos de emancipação político-administrativa. O vereador Jairo Araújo (PCdoB) foi o autor da indicação, aprovada por unanimidade pela Câmara.

Jairo diz que a indicação se deve a “importantes iniciativas do governador na região”. Dentre elas, cita a construção da barragem do Rio Colônia, a promessa de duplicação da Rodovia Ilhéus-Itabuna (BR-415) e a entrega das obras do Hospital do Cacau.

O vereador itabunense ainda citou o anúncio de conclusão das obras do Centro de Convenções e Teatro de Itabuna. “Estas ações preparam Itabuna para o desenvolvimento e é preciso reconhecer os serviços prestados pelo Governo do Estado.” disse Jairo.

JAIRO ANUNCIA DAVIDSON NA DISPUTA À PREFEITURA DE ITABUNA

Jairo anuncia o nome de Davidson como pré-candidato (Foto Divulgação).

Jairo anuncia o nome de Davidson como pré-candidato (Foto Divulgação).

O nome do deputado federal Davidson Magalhães foi confirmado pelo PCdoB na disputa à sucessão do prefeito Vane do Renascer (PRB). “Somos o principal partido na administração municipal e Vane reconhece a importância do nosso papel. Entendemos que Vane teria o direito à reeleição, mas conversas na cidade têm apontado para a possibilidade de ele não disputar”, disse o presidente do PCdoB de Itabuna, Jairo Araújo.

Para Jairo, o perfil de Davidson, “de gestor dos novos tempos”, reforça a opção comunista. No último final de semana, o vice-prefeito Wenceslau Júnior, também do PCdoB, saiu do páreo, abrindo espaço para o deputado.

– Davidson, com a experiência que possui, com o perfil político e técnico que tem, se enquadra nos desafios impostos pelas administrações modernas e nos desafios que a própria Itabuna enfrenta, em decorrência dos problemas financeiros advindos do pacto federativo – disse Jairo por meio de nota.

Internamente, ainda há quem veja alternativas ao nome escolhido pelo PCdoB. “O partido ignora o nome mais leve e forte para uma disputa municipal, que é o de [Luiz] Sena, dono de estilo conciliador e de visão”, aponta, mas sem esquecer da “ótima gestão de Davidson à frente da Bahiagás”.

UNIME TORNA-SE ALVO DA OAB E CÂMARA POR FALTA DE ESTRUTURA

Alunos da Unime fazem protestos desde a quarta (11) no campus II (Foto Divulgação).

Alunos da Unime fazem protestos desde a quarta (11) no campus II (Foto Divulgação).

A falta de estrutura para atender os seus alunos colocou a Unime de Itabuna no alvo da subseção itabunense da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e da Câmara de Vereadores local. A OAB Itabuna discute com a direção da faculdade alternativas para a superlotação de salas de aula do curso de Direito. Turmas têm até 80 alunos.

Hoje, o vereador Jairo Araújo anunciou sessão especial para tratar de problemas como superlotação de salas, falta de estrutura e escuridão no estacionamento do campus II da faculdade. Para o vereador, é um absurdo o que os alunos estão passando”.

O vereador lembra que a Unime é parte do maior grupo de ensino do país. “Não justifica a completa falta de estrutura, prejudicando a aprendizagem dos estudantes e comprometendo a segurança dos que trabalham aqui”.

Desde a quarta-feira (11), alunos da Unime promovem manifestações na entrada do campus II da faculdade, na Avenida J.S. Pinheiro. Outra queixa dos alunos é contra a lentidão no atendimento a alunos que buscam financiamento dos estudos pelo Fies.

JAIRO ARAÚJO CRITICA DEPUTADO TUCANO

Jairo fez críticas à postura de Augusto Castro (Foto Divulgação).

Jairo fez críticas à postura de Augusto Castro (Foto Divulgação).

O vereador Jairo Araújo, que é líder do PCdoB na Câmara e presidente da legenda em Itabuna, respondeu hoje (4) ao deputado estadual Augusto Castro (PSDB), que no último fim de semana vetou qualquer possibilidade de “conversa política” com os comunistas e procurou colar a imagem do partido à do governo Claudevane Leite.

“Temos lado e não escondemos nossas posições”, disse o vereador. Sobre o diálogo político, Jairo afirmou: “vivemos em uma democracia e todas forças políticas devem conversar, independentemente das divergências”.

Jairo aproveitou para rebater as críticas veladas feitas pelo deputado à atual gestão da saúde, controlada pelo PCdoB. “Existem problemas e dificuldades para gerir uma cidade do tamanho de Itabuna, mas nós não podemos esquecer que a indicação de Geraldo Magela para o comando da Secretaria da Saúde no governo Azevedo teve o DNA de Augusto Castro”, lembrou o comunista.

Ato contínuo, Jairo acrescentou que, no período de Magela na Saúde, o dinheiro enviado para requalificar os postos não foi aplicado. “Não estou dizendo que os R$ 3 milhões liberados pelo governo federal foram desviados, mas seria importante que o deputado fizesse um esforço para ajudar a esclarecer isso”, alfinetou o vereador.

PCdoB DESISTE DE CHICO BATERIAS NO SAMU

jairoO PCdoB desistiu da indicação de Chico Baterias para o cargo de coordenador administrativo do Samu 192.

O comerciante seria o substituto do enfermeiro e especialista em urgências Sérgio Augusto Farias, que se colocou à disposição do prefeito após perseguição do secretário da Saúde, Plínio Adry.

Ontem, o vereador Jairo Araújo (PCdoB) disse em plenário que o partido escolherá um nome técnico para o cargo. Antes, negou que a legenda tenha indicado Chico Baterias para o Samu. A repercussão negativa, na verdade, provocou o “meia volta, volver”…

RODOVIÁRIOS DE ITABUNA NA BRONCA COM A SETTRAN

Rodoviários de Itabuna estão indignados com a Secretaria de Transportes e Trânsito. O motivo são as multas que vêm sendo aplicadas pelos agentes da Settran por atrasos nos itinerários.

As multas são dirigidas às empresas, mas estas descontam os valores do salário dos empregados, o que gera revolta na categoria. Motoristas dizem que, na maioria das vezes, os atrasos são provocados pelos engarrafamentos e pela buraqueira em muitas ruas. Ou seja, não é culpa deles e sim da própria gestão municipal, que não organiza o trânsito e ainda pune quem sofre com a bagunça.

Nesta quarta-feira (19), os vereadores Aldenes Meira e Jairo Araújo, ambos do PCdoB, foram até a garagem da empresa São Miguel e ouviram os trabalhadores. Eles se comprometeram a cobrar do governo uma nova postura com a categoria.

 

A PILHA DE CARLITO

Líder do PCdoB na Câmara, o vereador Jairo Araújo usou o pequeno expediente na sessão desta segunda, 25, para puxar a brasa para a sardinha dele. O PCdoB completou 91 anos de fundação. Estava lá, discursando, quando o vereador Carlito do Sarinha (PTN) pilheriou:

– O PCdoB estava presente nas manifestações em que colocavam chiclete nos cadeados e fechaduras das lojas?

ESFORÇO PRÓPRIO

marco wense1Marco Wense

Quem mais ajudou Aldenes Meira na eleição para a presidência da Câmara de Vereadores de Itabuna foi o próprio Aldenes Meira.

O candidato do vice-prefeito Wenceslau Júnior era Jairo Araújo, do Sindicato dos Comerciários. Vale a lembrança que Jairo teve mais votos do que Meira.

Aldenes tem pretensões políticas. Sonha alto. Quer ser deputado estadual, federal e, quem sabe, prefeito de Itabuna. A vontade política de Aldenes preocupa Wenceslau e Davidson Magalhães.

A eleição para o Parlamento estadual fica na dependência de um bom trabalho no Legislativo municipal.  Do contrário, nem a reeleição.

BARÃO DE ITARARÉ

Nome de batismo: Fernando Apparício Torelly. Pseudônimo: Barão de Itararé. Criticava os políticos, na época do Estado Novo, com um gênio cômico sem comparação.

Segue algumas tiradas do Barão de Itararé: 1) “O voto é rigorosamente secreto. Só assim o eleitor não terá vergonha de votar no seu candidato”. 2) “Os vivos são cada vez mais governados pelos mais vivos”. 3) “O político brasileiro é um sujeito que vive às claras, aproveitando as gemas e sem desprezar as cascas”. 4) “O homem que se vende sempre recebe mais do que vale”.

Itabuna não tem um Barão de Itararé. Se tivesse, faria o maior sucesso. O saudoso Hélio Pitanga seria um autêntico Barão de Itararé.

Marco Wense é articulista do Diário Bahia.

VANE E JAIRO ARAÚJO SÃO VÍTIMAS DE ARMAÇÃO POLÍTICA

Moradores interditaram rua abandonada pela gestão municipal.

Moradores do São Roque e da Caixa D´Água precisaram interferir para evitar o pior, hoje à tarde, durante a caminhada do prefeito e candidato à reeleição Capitão Azevedo (DEM). Os moradores da Rua José Alves Franco recorreram ao dono de um carro de som para realizar protesto contra o abandono da via de acesso ao São Roque, no final da avenida Ilhéus.

Era o segundo protesto (confira o primeiro aqui). Eles se queixam que a prefeitura fechou os olhos para o buraco, a lama e a escuridão no local.

O secretário de Indústria e Comércio, Carlos Veloso Leahy, tentou obrigar os moradores a encerrar a manifestação  para que o prefeito passasse com a caminhada. Houve reação e o secretário reteve o carro de som e chamou agentes da Secretaria de Transporte e Trânsito de Itabuna (Setran) para que apreendessem o veículo, um VW Gol, preto.

A confusão terminou quando uma viatura da Polícia Militar foi acionada pelos manifestantes, que temiam ações ainda mais violentas do secretário e de membros do governo. Os policiais militares conferiram a documentação e a licença do veículo e afirmaram que estava tudo legal, não havendo motivo para apreender o VW Gol. 

— Post Atualizado e dando a questão como encerrada!

HORÁRIO DE VERÃO: SINDICATO DIZ QUE DECISÃO DE WAGNER PREJUDICA TRABALHADORES

O diretor do Sindicato dos Comerciários de Itabuna, Jairo Araújo, acredita que o governador baiano, Jaques Wagner, agiu de forma “unilateral e danosa para os trabalhadores” ao anunciar a adesão da Bahia ao horário de verão. O governador ouviu apenas o empresariado, ressalta.

No entendimento de Jairo, os trabalhadores vão chegar mais cedo e sair mais tarde do serviço com esta adesão, principalmente os comerciários, sem receber por isso. “Nenhuma loja vai querer fechar em plena luz do dia, e os comerciários serão obrigados a trabalhar até as 20 horas”, afirma.

A extrapolação da jornada de trabalho sem o devido pagamento das horas extras é “prática recorrente entre os lojistas da cidade”, conforme Jairo, que também denuncia: “Há lojas que até hoje não pagaram as horas extras do período especial de Natal de 2010!”.

Jairo também cita que a Bahia economizará apenas 1% de energia elétrica com a adesão ao horário de verão. Ele belisca o governador ao afirmar que a decisão foi infeliz e sujeita o trabalhador ainda mais à insegurança, principalmente em Itabuna.

“Os empresários baianos soltam fogos com a atitude antidemocrática do governador Jaques Wagner”. Araújo ainda acredita que a decisão pode ser revertida com a mobilização tanto do sindicato como de entidades, como a CTB.

CHAPA ÚNICA NA ELEIÇÃO DOS COMERCIÁRIOS

O atual vice-presidente do Sindicato dos Comerciários de Itabuna, Gilson Costa, ligado ao PCdoB, encabeça chapa única na eleição da nova diretoria da entidade, programada para esta sexta-feira, 22. A votação acontece das 8 às 17 horas, na sede do Sindicato.

Na nova chapa, Jairo Araújo, o atual presidente, assumirá o cargo de tesoureiro. Araújo ocupou a presidência por dois mandatos, mas há 17 anos está na diretoria da entidade.

EMPRESAS E ELEIÇÕES MUNICIPAIS

A formação do comitê em favor da Emasa como empresa pública foi o primeiro ato do processo eleitoral que se avizinha. No plenário da Câmara de Vereadores de Itabuna, havia nada menos que seis siglas, uma verdadeira frente partidária.

Luís Sena, que sempre combateu a privatização, encontrou a bandeira ideal para reavivar uma pré-candidatura que andava cambaleante e, pelo que se diz, minada pelo próprio PCdoB.

Entre os cururus, há três postulantes ao Centro Administrativo Firmino Alves. Wenceslau Júnior, um deles, também aproveitou para surfar nas águas da Emasa. Na reunião de ontem, o esperto vereador colou no ex-deputado Renato Costa (PMDB), com quem travou diálogos sussurrados ao pé do ouvido, que alguns (como Jairo Araújo, presidente do Sindicato dos Comerciários) esforçavam-se na tentativa de captar.

COMERCIÁRIOS PROMETEM RESISTÊNCIA

O vereador Ruy Machado, atual presidente da Câmara de Vereadores de Itabuna, tem feito declarações públicas de que pretende reavivar uma ideia recorrente na política local: a de aprovar uma lei que viabilize a abertura do comércio itabunense no período noturno.

A proposta surgiu com força na legislatura passada, por iniciativa do então vereador César Brandão (PPS), mas foi abortada devido à pressão exercida pelo Sindicato dos Comerciários. Agora, Machado volta a propor que o comércio local funcione até as 20 ou 22 horas.

Jairo Araújo, presidente do Sindicato dos Comerciários, promete ir pra cima. “Estamos nos organizando para fazer mais uma vez a resistência e demonstrar para a população a inviabilidade do funcionamento do comércio no período noturno”, adverte Araújo.

O sindicalista ainda sugere ao vereador que volte as suas preocupações para outras demandas urgentes, como a crise do próprio legislativo e o abandono dos bairros itabunenses pelo poder público.

A briga promete.

OS VOLÁTEIS

O sindicalista Jairo Araújo, liderança dos comerciários no sul da Bahia, prefere não levar em conta as pesquisas divulgadas nos últimos dias. Ontem, o Ibope dava 14 pontos de vantagem para Dilma Rousseff (PT) e o Datafolha de hoje revela um diferença parecida em relação a José Serra – uma frente de 12 pontos. E explica a descrença:

– Pra mim, há uma massa de eleitores que ainda está entre um e outro.

Jairo tem preferência por Dilma e participa de mobilizações para atrair mais votos para a petista. Há pouco, estava na praça Adami, centro de Itabuna, participando de um bandeiraço. Para ele, é essa massa “volátil” que decidirá se teremos um presidente ou uma presidenta.

SINDICATO DENUNCIA REDE MEIRA

Os funcionários da rede de Supermercados Meira estariam sendo obrigados a assinar um acordo em que podem ser lesados em parte dos seus direitos trabahistas, segundo denuncia o presidente do Sindicato dos Comerciários de Itabuna, Jairo Araújo.

O Meira informou aos seus funcionários a mudança de razão social e só ficaria na nova empresa quem assinasse o acordo trabalhista. “Este processo não requer acordo. O natural e legal é que se demita e a nova razão social, caso queira, faça a contratação”.

Araújo ainda observa que os funcionários da empresa estão sendo obrigados a assinar o acordo. “O que a empresa está colocando para os funcionários é de que ou aceita o acordo ou não será contratado pela nova empresa”.

De acordo com Jairo, a situação tem deixado os empregados do Meira “inseguros, apreensivos”. A rede possui uma loja em Itabuna e cinco em Ilhéus.

30% DOS COMERCIÁRIOS NÃO TÊM CARTEIRA ASSINADA

Jairo: campanha pela carteira assinada.

O percentual de trabalhadores no comércio de Itabuna que não têm carteira assinada é superior à média nacional, segundo o presidente do Sindicato dos Comerciários de Itabuna, Jairo Araújo. Nas contas do dirigente sindical, exatamente 30% dos comerciários são contratados sem registro em carteira em Itabuna, ante a média brasileira de 20%.

O sindicato decidiu reagir contra este quadro encontrado no município que é o principal polo comercial e de serviços do sul da Bahia. Sem carteira assinada, observa Araújo, o trabalhador “fica privado de direitos como seguro-desemprego, férias, 13º salário e aposentadoria”.

A ofensiva do sindicato prevê ações em empresas não apenas da área central de Itabuna. Nesta semana, os dirigentes sindicais vão aos bairros desenvolver o que chamam de conscientização dos direitos do trabalhador.








WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia