shopping jequitiba
julho 2014
D S T Q Q S S
« jun    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  




:: ‘Jorge Hereda’

MUDANÇA EM INDEXADOR PODE ENCARECER CRÉDITO IMOBILIÁRIO

Uma eventual mudança do indexador do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço poderia encarecer o crédito imobiliário e prejudicar as pessoas de renda menor no País, de acordo com o presidente da Caixa Econômica Federal (CEF), Jorge Hereda.

Em exposição feita na subcomissão temporária do FGTS no Senado, Hereda afirmou que uma alteração do fator de correção atual, de TR mais 3%, para o IPCA elevaria o juro do empréstimo da casa própria de 9,8% para 14,3% ao ano.

Nessa hipótese, a parcela de um financiamento habitacional para a população de baixa renda subiria, por exemplo, de R$ 475,00 para R$ 634,00. Hereda explicou que a mudança do indexador beneficiaria principalmente quem tem elevado saldo na conta do FGTS.

O presidente da Caixa também vê com ressalva uma eventual diversificação no uso da destinação do FGTS, outra hipótese em estudo na subcomissão. Para ele, é preciso se pensar no equilíbrio atuarial. Informações do BNImóveis.

Confira 384 imóveis à venda em Itabuna e Ilhéus

CAIXA ECONÔMICA ABRE CONCURSO COM SALÁRIO DE ATÉ R$ 7,7 MIL

Hereda, presidente da Caixa, fala em 12 mil contratações neste ano.

A Caixa Econômica vai abrir, no próximo dia 27, o período de inscrições do concurso público para formação de cadastro reserva para técnico bancário, advogado, arquiteto e engenheiros (agrônomo, elétrico, mecânico e civil).

As provas do concurso serão elaboradas pela Cesgranrio. A inscrição para cargo de nível médio (técnico bancário) custará R$ 37,00. Para nível superior, a taxa será de R$ 73,00. A remuneração vai de R$ 1.744,00 (nível médio) a R$ 7.734,00 (superior).

As inscrições somente poderão ser feitas apenas pela internet, na página www.cesgranrio.org.br. O pedido de isenção da taxa deve ser feito de 27 a 28 (segunda e terça, pós-carnaval).

– CONFIRA EDITAIS NÍVEL MÉDIO E NÍVEL SUPERIOR

As provas do concurso da Caixa serão aplicadas em duas datas. Aqueles que se inscreverem para técnico bancário, responderão a questões objetivas e discursiva no dia 23 de abril. Já os inscritos para os demais cargos (todos de nível superior), farão a prova no dia 15 de abril.

A presidência do banco espera começar a chamar os aprovados neste concurso em junho, quando termina a validade do exame realizado em 2010. A previsão é de que 12 mil novos funcionários sejam contratados neste ano.

HEREDA ASSUME PRESIDÊNCIA DA CAIXA; GEDDEL VOLTA A TRABALHAR EM BANCO 27 ANOS DEPOIS

Hereda assume a Caixa e terá...

O arquiteto baiano Jorge Hereda será o substituto de Maria Fernanda Ramos Coelho na presidência da Caixa Econômica Federal. Maria Fernanda deixa o cargo e ocupará a representação brasileira no Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

Hereda ocupava uma das vice-presidências da instituição antes de ser promovido.

Antes da vice-presidência de Governo na Caixa, o novo presidente foi secretário de Habitação do Ministério das Cidades, entre 2003 e 2005. Ele também foi secretário de Habitação e Desenvolvimento Urbano de Diadema (SP).

DEPOIS DO BANEB, GEDDEL NA CAIXA

Outro baiano que terá cargo na estrutura da Caixa é o ex-ministro da Integração Nacional, Geddel Vieira Lima. A boquinha para o ex-deputado federal foi arranjada pelo vice-presidente da República, Michel Temer, também do PMDB.

Geddel: depois do Baneb, ex-ministro agora é da Caixa Econômica.

Por diversas vezes, Geddel afirmou que não aceitaria nenhum cargo no governo, após deixar o Ministério da Integração Nacional. Não “resistiu”. Geddel ocupará a vice-presidência de Pessoa Jurídica, substituindo Carlos de Brito.

Esta não é a primeira vez que o peemedebista Geddel Vieira Lima trabalhará em um alto cargo de uma instituição financeira. O ex-ministro já ocupou cargo no extinto banco estatal Baneb, nos anos de 1983 e 1984. Ele era diretor da corretora de valores do Baneb (comprado pelo Bradesco na década de 90).

Geddel acabou demitido do cargo. Uma auditoria teria identificado que ele se beneficiou com rendimentos acima da média do mercado. O ex-ministro negou, à época, que tivesse auferido lucros ilegalmente.