WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


alba










dezembro 2019
D S T Q Q S S
« nov    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

editorias






:: ‘José Cardoso dos Santos’

RÉU CONFESSO DA MORTE DE EMPRESÁRIO ITABUNENSE VAI A JÚRI NESTA QUINTA

Pescoço de Frango (à esquerda) confessou que matou empresário itabunense em Una

Começa a ser julgado, nesta quinta-feira (21), no fórum de Una, no sul da Bahia, o homem que assassinou, no dia 3 de dezembro de 2017, o empresário itabunense Crispim Gomes de Brito, mais conhecido como “Nôca”. José Cardoso dos Santos, o “Pescoço de Frango”, de 63 anos, era funcionário do comerciante e confessou o crime.

O julgamento está previsto para começar às 9 horas e pode durar até dois dias. José Cardoso pode pegar mais de 20 anos de prisão pelos crimes de homicídio e ocultação de cadáver. O crime ocorreu em Itapororoca, em Comandatuba, no município de Una.

Inicialmente, José Cardoso assumiu o crime sozinho e alegou que o ex-patrão não queria lhe pagar dívida do período em que era funcionário da pousada. O réu confesso contou que, durante sete anos, trabalhou como motorista do empresário. Mas durante as investigações, a polícia encontrou indícios de envolvimento da viúva Lícia Ferreira Brasil no crime.

PRISÃO PREVENTIVA

Lícia Brasil chegou a ser presa preventivamente, em maio do ano passado, a pedido Ministério Público da Bahia (MP-BA). A viúva foi apontada como mandante do crime do marido, mas não será julgada nesta quinta porque a defesa dela pediu desmembramento do processo (separação).


O empresário foi morto a poucos metros dessa casa

Lícia Brasil nega qualquer participação no crime do marido. Ainda existem muitas contradições sobre o caso. “Nôca” era dono da pousada Pousada Porto Real, em Comandatuba, em Una, e muito querido no sul da Bahia. A sua morte gerou grande comoção na região.

O júri será presidido pelo juiz Felipe Remonato e a promotoria de Justiça terá como assistentes de acusação os advogados Jorge Nobre, de Itabuna; e Robson Cavalcante, de Ilhéus. Os advogados de defesa são Rui Nepomuceno e Thailane Gabriel, de Itabuna.

SEU ZIO, 73 ANOS, GAROTO-PROPAGANDA DA FIAT

A história do senhor de 73 anos que juntou 34 mil moedas de R$ 1,00 para comprar um veículo rendeu campanha publicitária da Fiat. A Agência Click criou vídeo em que o agricultor José Cardoso dos Santos, o Seu Zio, diz como começou o exemplo de perseverança. Confira a história narrada por ele mesmo, família e vendedores da concessionária em Jequié, sudoeste baiano. Post sugerido pelo publicitário Ezequias Viana.

Confira aqui o dia em que o agricultor surpreendeu a muitos.

AGRICULTOR DE JEQUIÉ PAGA CARRO ZERO À VISTA… SÓ COM MOEDAS DE R$ 1,00

O agricultor José Cardoso, as 34 mil moedas de R$ 1,00 e o objeto de desejo perseguido em sete anos (Foto Marcos Frahm/Jequié Repórter).

Das séries Essa vai pro Guiness e Isto é incrível

A compra à vista de um Fiat Uno na concessionária Disvel, em Jequié, poderia ser mais uma das milhares do segundo veículo que mais vende no Brasil não fosse por um detalhe curioso: o dono comprou o veículo, de R$ 34 mil, usando apenas e tão somente moedas de R$ 1,00. A descoberta é do blog Jequié Repórter, do jornalista Wilson Novaes.

O autor da façanha foi o agricultor José Cardoso dos Santos, que juntou as moedinhas desde 2004 para adquirir o veículo nas Bodas de Ouro do seu casamento. A grana foi levada para a concessionária em seis sacos, num total de 238 quilos. José Cardoso já possuía um Fiat Uno, que terá como dona a filha caçula do agricultor, Mariana.

Confira a história completa no Jequié Repórter






WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia