WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
iptu pm itabuna
FTC


dezembro 2016
D S T Q Q S S
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

editorias


:: ‘José Carlos Araújo’

PR FAZ CONVENÇÃO E PODE CONFIRMAR ROBERTO JOSÉ

Roberto José ao lado do presidente do PR-BA, José Carlos Araújo.

Roberto José ao lado do presidente do PR-BA, José Carlos Araújo.

O PR poderá ter candidato a prefeito pela primeira vez em Itabuna, caso o partido confirme o nome do geógrafo e policial civil Roberto José em convenção nesta terça (2), às 18h, no Centro de Cultura Adonias Filho. Ex-secretário de Transporte e Trânsito e ex-presidente da Fundação Itabunense de Cultura e Cidadania (Ficc), Roberto fechou coligação com o Rede Sustentável.

Comandado na Bahia pelo deputado José Carlos Araújo, o PR pode, no entanto, fechar coligação com o ex-prefeito Capitão Azevedo (PTB), tendo Roberto José como vice. O que trava as negociações são pendências judiciais de Azevedo, motivada por rejeições de contas pelo Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) e da Câmara de Vereadores.

José Carlos Araújo, dirigente estadual da legenda, fala na possibilidade de renovação da política itabunense. “Iremos mostrar um novo modelo de gestão, o jeito PR de fazer política”, disse ele, numa referência ao pré-candidato a prefeito. “Queremos discutir propostas com os demais candidatos, sempre com respeito e sem agressões, Itabuna não aguenta mais isso”, afirma Roberto José.

PR E REDE ANUNCIAM COLIGAÇÃO EM ITABUNA

Dirigentes do PR e do Rede

Dirigentes do PR e do Rede definem coligação.

O PR e o Rede Sustentabilidade fecharam coligação tanto para as eleições majoritárias como proporcionais, de acordo com seus dirigentes. A união para as eleições municipais ficou decidia em reunião ontem à noite. A coligação tem – até agora – o ex-secretário Roberto José como pré-candidato a prefeito. O “até agora” se deve à possibilidade de união do PR com o prefeiturável Capitão Azevedo (PTB).

De acordo com Roberto e o presidente do Rede em Itabuna, Irland Santana Correia, a junção tem as bênçãos dos dirigentes estaduais José Carlos Araújo (PR) e Júlio Rocha (Rede). Irland diz que a união tem a ver com “uma visão sistêmica de gestão pública e de desenvolvimento sustentável e fará a diferença”.

A “noiva” Roberto José elogia o Rede Sustentabilidade, enfatizando o perfil da legenda, que possui “pessoas sérias e comprometidas com o desenvolvimento de Itabuna”. O prefeiturável vê, no Rede, propostas similares às suas para Itabuna.

OAB PEDE AFASTAMENTO DE EDUARDO CUNHA DA PRESIDÊNCIA DA CÂMARA

Lamachia entrega pedido ao presidente do Conselho de Ética da Câmara, José Carlos Araújo (Foto Antônio Cruz/AB).

Lamachia entrega pedido a José Carlos Araújo, do Conselho de Ética (Foto Antônio Cruz/AB).

O presidente do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Cláudio Lamachia, entregou hoje (16) ao presidente do Conselho de Ética da Câmara dos Deputados, José Carlos Araújo (PSD-BA),  documento pedindo afastamento imediato de Eduardo Cunha (PMDB-RJ) da presidência da Casa.

De acordo com a OAB, o objetivo é facilitar a investigação de denúncias contra Cunha no Conselho de Ética.

“A decisão foi tomada pelo Conselho Federal da OAB levando em da consideração todos os aspectos que nos chegaram com relação a esse procedimento [investigatório]. Apresentamos a nossa manifestação para que possamos ter o julgamento e apreciação desse tema [processo] de forma livre e que não haja manobra que possa ser tratada como alguma operação por parte de um que tem o poder porque está na presidência”, disse Lamachia.

Segundo Lamachia, o documento entregue ao conselho é uma apreciação administrativa, formal, jurídica da OAB, mas não é no campo judicial. “Estamos ofertando à Câmara uma manifestação dos 81 conselheiros da OAB e colocando nossa posição técnica. Entendemos que a permanência do presidente da Câmara neste momento fere inclusive o devido processo legal”, disse o advogado.

“Não fazemos nenhum juízo de valor no sentido de dizer que Cunha é, ou não, culpado. Estamos dizendo que a permanência dele no cargo interfere diretamente no devido processo legal”, explicou.

PROCESSO CONTRA CUNHA TEM NOVO RELATOR NO CONSELHO DE ÉTICA

Uma série de debates, discussões e requerimentos está impedindo a votação do parecer preliminar do deputado Fausto Pinato (PRB-SP) no Conselho de Ética da Câmara dos Deputados, que avalia processo de cassação de mandato do presidente da Casa, Eduardo Cunha (PMDB-RJ). Após duas horas de reunião, foram votados, e rejeitados, dois requerimentos para adiar a votação.

Há pouco, o presidente do conselho, José Carlos Araújo (PSD-BA), nomeou Zé Geraldo (PT-PA) como novo relator do processo contra Cunha. Araújo disse que acatou a decisão do primeiro vice-presidente da Câmara, Waldir Maranhão (PP-MA), de afastar o relator.

Pinato deixou a relatoria, mas pediu que Araújo recorra da decisão. “Como democrata que sou, respeito a decisão da Mesa da Câmara dos Deputados, mas não concordo”, disse o parlamentar, ressaltando que não tem apego à relatoria.

O novo relator, Zé Geraldo, limitou-se a dizer que não alteraria o texto de Fausto Pinato, para que o levassem à votação. Alguns deputados contestaram a decisão de Araújo, que alegou ter-se baseado no regimento interno da Casa para efetuar a troca.

Faltam menos de duas horas para o início da ordem do dia na Câmara, momento em que não pode mais ocorrer nenhuma votação nas comissões.

CAJADO EXPLICA ABSTENÇÃO NO CASO DONADON: “EU TAVA COM PROBLEMAS INTESTINAIS GRAVES”

O deputado federal baiano Cláudio Cajado (DEM) está na lista dos que se abstiveram de votar no processo de cassação do deputado-presidiário Natan Donadon, há mais de dez dias. Como se sabe, Donadon foi flagrado em traquinagens milionárias na Assembleia Legislativa de Rondônia, de onde embolsou R$ 8,4 milhões, conforme entendimento do Supremo Tribunal Federal (STF).

Dos baianos que deixaram de votar, Cajado alegou “problemas intestinais graves” e Edson Pimenta (PSD) disse que precisou se ausentar porque tinha reunião com a Mondial e a prefeita de Conceição de Jacuípe, Normélia Correia. Sérgio Brito e José Carlos Araújo, ambos do PSD, não explicaram a abstenção. A confissão de Cajado, de que estava com “problemas intestinais graves”, ocorreu ontem à noite, no Programa CQC, da Band. Confira o vídeo.

OS BAIANOS QUE AJUDARAM A SALVAR DONADON

Pimenta, Brito, Araújo e Cajado se abstiveram, livrando Nadon.

Pimenta, Brito, Araújo e Cajado se abstiveram, livrando Nadon.

Quatro dos deputados baianos estavam presentes na sessão que acabou por livrar  da degola Natan Donadon agiram como Pôncio Pilatos. Lavaram as mãos. Donadon, lembremos, é aquele parlamentar que teve os seus direitos políticos cassados pelo Supremo Tribunal Federal (STF) devido a desfalque de R$ 8,4 milhões na Assembleia Legislativa de Rondônia, no período em que foi diretor financeiro.

Edson Pimenta, José Carlos Araújo e Sérgio Brito – todos do PSD – e Cláudio Cajado (DEM), embora estivessem no plenário, abstiveram-se.

No final, foram 233 votos pela cassação de Donadon, 131 contra e 41 abstenções – é nesse último grupo, o dos seguidores de Pôncio Pilatos, que estão os quatro baianos, conforme os registros eletrônicos da votação da última quarta (28).

Fica, aqui, a pergunta, quanto aos outros cinco deputados que faltaram à sessão, dentre eles Josias Gomes e Alice Portugal: onde estavam, o que faziam na tarde/noite da cassação de Donadon?

JOSIAS CONTRA-ATACA APÓS ‘ALFINETADAS’ DE ISAAC ALBAGLI E JOSÉ CARLOS ARAÚJO

Josias responde à cutucada de Isaac Albagli.

Josias responde à cutucada de Isaac Albagli.

O deputado federal Josias Gomes (PT-BA) entrou em contato com o PIMENTA para responder à provocação do ex-presidente da Bahiapesca, hoje secretário de Desenvolvimento Urbano de Ilhéus, Isaac Albagli, que comentou seu artigo defendendo a candidatura do vice-governador Otto Alencar ao Senado Federal (relembre aqui).

Albagli desconfiou da defesa feita por Josias e enxergou desejo do petista de “fritar” a candidatura de Otto. O parlamentar petista contra-atacou. Segundo ele, a ideia do artigo surgiu após conversa com o próprio vice-governador, que lhe pediu apoio na empreitada. A conversa de Josias e Otto, segundo o petista, ocorreu quando ambos retornaram para Salvador depois de evento da Bahiagas, em Ilhéus, no último dia 24.

“Ele disse que queria meu apoio para o Senado e eu respondi: vou escrever um artigo de apoio. E ele concordou”, afirmou em contato por telefone com este blog.

Respondendo também ao deputado José Carlos Araújo, Josias disse que nunca atravessou samba nem colocou carro à frente dos bois. Araújo também fez críticas a Josias em artigo-resposta ao petista. Quanto a Isaac Albagli, Josias disse que o ex-presidente da Bahiapesca deixou claro, na resposta, “sua dificuldade de alinhamento político [com o PT e o governo]”. E fechou, alfinetando os dois aliados do governo de Wagner: “na política, até a raiva tem que ser combinada”.

 

CONSÓRCIO

Lauro Jardim, Veja

Dois meses após o escândalo do Ministério do Turismo revelar o suposto envolvimento de Fátima Pelaes no desvio de emendas parlamentares, a vida de Fátima segue tranquila na Câmara.

Nenhum pedido de cassação contra ela foi apresentado pelos partidos ao Conselho de Ética — nem o PSOL, que pegou carona na imprensa à época, cumpriu a promessa de pedir a investigação. Diz José Carlos Araújo:

– Ninguém apresentou, mas ainda há tempo.

Vai ver, depois do papelão no caso Valdemar Costa Neto, os deputados se convenceram de que o conselho não serve para nada mesmo.

FÁBIO E ARAÚJO FAZEM “DOBRADINHA”

 

O deputado estadual Capitão Fábio (PRP) e o federal José Carlos Araújo (PDT) decidiram fechar uma “dobradinha” nessas eleições. O acordo político prevê que os dois políticos estarão juntos em algumas cidades do sul da Bahia. A principal delas é Ilhéus.

Fábio e Araújo dizem que vão defender a bandeira do desenvolvimento. Eles incluíram no discurso temas como o Complexo Intermodal Porto Sul, que veem como um instrumento fundamental para destravar a economia do interior baiano.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia