WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
cenoe





agosto 2018
D S T Q Q S S
« jul    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

editorias






:: ‘José Vivaldo Mendonça’

RUI COSTA NOMEIA RODRIGO HITA PARA A SECTI

Vivaldo e o sucessor na Secti, Rodrigo Hita || Foto FB

O governador Rui Costa efetivou o nome de Rodrigo Hita para o comando da Secretaria Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti). A nomeação foi publicada na edição desta terça (17) do Diário Oficial do Estado.

Hita substituirá o sul-baiano José Vivaldo Mendonça, que deixou o secretariado de Rui Costa para disputar uma vaga à Assembleia Legislativa. José Vivaldo é filiado ao PSB e terá Ilhéus como sua principal base eleitoral.

Por meio de uma rede social, Vivaldo falou da disposição do novo secretário para o diálogo. “Temos o Marco Legal a ser aprovado na ALBA [Assembleia Legislativa da Bahia], a política de expansão da Banda Larga em toda Bahia, os Polos de Conhecimento, o Partque Tecnológico…”.

LEÃO PROMETE REFORÇO PARA BIOFÁBRICA FUNCIONAR “NO MÁXIMO DA CAPACIDADE”

Lanns Almeida, à esquerda, mostra a João Leão muda produzida na Biofábrica (Foto Mariana Fereira).

Lanns Almeida, à esquerda, mostra a João Leão muda produzida na Biofábrica.

O vice-governador João Leão visitou as instalações do Instituto Biofábrica de Cacau (IBC), em Banco do Pedro, Ilhéus, para conhecer o processo de produção implantado em 2016. Segundo ele, o estado irá “organizar ainda mais” a participação na Biofábrica. João Leão citou a Agenda de Desenvolvimento Territorial nos Territórios de Identidade da Bahia.

“Por ele, nós vamos fazer um trabalho com a Biofábrica, com o Sebrae e as universidades, de dar condições ao homem do campo, principalmente aquele mais pobre, o pequeno produtor. Então, nós temos todo interesse que a Biofábrica passe a funcionar no máximo da sua capacidade”, disse. A visita de Leão também foi acompanhada pelos secretários estaduais Vítor Bonfim (Agricultura) e José Vivaldo Mendonça (Ciências, Tecnologia e Inovação).

PRODUÇÃO

A Biofábrica produz aproximadamente 490 mil mudas de cacaueiros, bananeiras, abacaxizeiros, goiabeiras, açaizeiros, entre outras fruteiras, além de mandioqueiras, essências florestais e orquídeas. Parte dessas mudas é micropropagada em laboratório. Os cacaueiros, que são multiplicados por enxertia ou enraizamento com as novas tecnologias implantadas no IBC alcançaram o inédito índice de até 95% de sobrevivência.

“Fizemos uma visita para que o vice-governador, João Leão, pudesse conhecer de perto a estrutura da Biofábrica e o que já foi feito pela nova gestão nesses últimos 14 meses. A Secretaria de Agricultura tem feito uma participação com o instituto, a partir da direção de Lanns Almeida, e a parte de estruturação física já foi iniciada”, disse Vítor Bonfim

Novas tecnologias foram implantadas na Biofábrica, diz Bonfim, com aumento da produção, melhora significativa da resistência das mudas e diminuição do número de perdas. “Isso nos orgulha”, declarou o secretário Vítor Bonfim. De acordo com ele, o objetivo do estado é que o instituto atinja sua capacidade máxima de produção.

“BIOFÁBRICA DA BAHIA”

“Nós sabemos que é preciso, sobretudo, a regularidade nos repasses para que a Biofábrica possa funcionar em sua capacidade plena, quase quadruplicando a sua produção atual. Então, nós esperamos que, a partir dessa visita do nosso vice-governador, o governo do estado melhore a participação nessa interface com a Biofábrica e possamos trazer investidores externos, principalmente na agroindustrialização, e, a partir daí, a Biofábrica se tornar a Biofábrica da Bahia”, completou.

O secretário estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação, Vivaldo Mendonça, disse que a visita de Leão busca mostrar todo o potencial da região e integrar a Biofábrica como instrumento de desenvolvimento. “Isso, naturalmente, envolve a estruturação das condições de execução orçamentária, ampliação da capacidade técnica instalada e, sobretudo, o reconhecimento da Biofábrica como patrimônio do estado da Bahia e vai ser integrado ao desenvolvimento”, disse.

O diretor da Biofábrica, Lanns Almeida, ressaltou que o vice-governador e os secretários estaduais puderam ver, de perto, os avanços obtidos desde 2016. “Com o aumento do índice de sobrevivência das nossas mudas, as tecnologias que implantamos e o retorno positivo que temos dado aos produtores e agricultores familiares, temos a certeza de que a tendência é contribuirmos para elevar o nível de desenvolvimento socioeconômico da região sul da Bahia e do estado como um todo”, avaliou o diretor-geral da Biofábica, Lanns Almeida.

DEBATE SOBRE ECONOMIA CRIATIVA REÚNE AUTORIDADES EM ILHÉUS

Claudiana, Alexandre Simões, Marão, Bebeto e Vivaldo participam de debate.

Claudiana, Alexandre Simões, Marão, Bebeto e Vivaldo participam de debate.

No mês em que o Teatro Popular de Ilhéus (TPI) comemora quatro anos de atividades na Tenda, localizada na Avenida Soares Lopes, a economia criativa é o foco das discussões no projeto Improviso, Oxente!, no próximo sábado (8), às 19h. O TPI apresentará em seu palco um diálogo sobre o tema: “A economia criativa como propulsora do desenvolvimento social e econômico”.

O Improviso, Oxente! é gratuito e aberto ao público. Especialmente nesse sábado, durante o evento, atores do Teatro Popular de Ilhéus realizarão intervenções com músicas que integram a trilha sonora de seus espetáculos teatrais.

Para participar do bate-papo, foram convidados Claudiana Figueiredo, coordenadora regional do Sebrae; Mário Alexandre, prefeito de Ilhéus; José Vivaldo Mendonça, secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação da Bahia); Bebeto Galvão, deputado federal; e Alexandre Simões, superintendente de Promoção Cultural da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia.

Durante esta edição do Improviso, Oxente! também serão apresentados números dos quatro anos de funcionamento da Tenda e detalhes do projeto Parque Cultural Aldeia das Artes, espaço multilinguagem com foco no desenvolvimento das novas tecnologias e economia criativa, idealizado pelo Teatro Popular de Ilhéus, com auxílio do arquiteto e urbanista alemão, Carl Van Hauenschild. :: LEIA MAIS »

FRUTO DO BEM

cacauprodução26 de março é o Dia do Cacau. Em Ilhéus, a Secretaria Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti) promove evento na Praça Castro Alves, hoje, para festejar a data e lançar a campanha “Cacau, Fruto do Bem”, com a presença do secretário José Vivaldo Mendonça. Dentre outros parceiros, a ação do governo baiano é apoiada pelo Instituto Biofábrica de Cacau, Prefeitura de Ilhéus e o Costa do Cacau Convention Bureau.

Ainda sobre cacau, dois números interessantes:

– A Ceplac anunciou um novo clone (PS 1319) com a promessa de produção de mais de 100 arrobadas de cacau por hectare. O material genético, de acordo com a instituição, já foi testado em experimentos no campo pelos seus pesquisadores.

– De acordo com a Secretaria Estadual de Desenvolvimento Rural (SDR), comandada por Jerônimo Rodrigues, hoje 90% da produção de cacau na Bahia é oriunda da agricultura familiar.

MEMBRO DA EXECUTIVA ESTADUAL DA REDE ASSUME CARGO NO GOVERNO RUI COSTA

Badaró assume cargo na Secti.

Badaró assume cargo na Secti.

Membro da Executiva Estadual da Rede Sustentabilidade, Eugênio Badaró assumiu cargo na Superintendência de Inovação, da Secretaria Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti). A ida de Eugênio para o governo Rui Costa gerou especulações de possível aproximação entre o PT e a Rede, na Bahia, mas ele afirmou ao PIMENTA que a sua nomeação partiu de um convite pessoal e técnico, feito pelo titular da Secti, José Vivaldo Mendonça.

– O convite é pessoal, técnico, partiu do secretário. Não há conotação [político-partidária]. A Rede Sustentabilidade tem posição de independência [em relação ao governo]”, disse, observando que o partido possui “visão proativa e programática”.

Questionado se a Rede analisa integrar a base aliada, Eugênio revela que “não existe nem convite” neste sentido. O membro da Executiva Estadual, porém avaliou que o governo “tem feito um bom trabalho”. O cuidado na relação partidária com a gestão de Rui Costa tem a ver com a orientação da Executiva Nacional da Rede, que veta alianças com o PT.

TECNOLOGIA
Eugênio foi responsável pela implantação da Cidade Digital em Lauro de Freitas, na gestão de Moema Gramacho, trabalho citado pelo secretário José Vivaldo como razão para o governo estadual convidá-lo para a equipe da Secti.

O PESO DO POLO DE INFORMÁTICA

Bebeto e Vivaldo abordaram situação do Polo de Informática.

Bebeto e Vivaldo abordaram situação do Polo de Informática.

A nomeação do ilheense José Vivaldo Mendonça para o comando da Secretaria Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação reacendeu um tema adormecido há anos, a revitalização do Polo de Informática de Ilhéus. Ontem, o deputado federal Bebeto Galvão – do PSB assim como o novo secretário, teve audiência com José Vivaldo.

Bebeto relembrou o peso do polo na economia ilheense. “Tínhamos 74 fabricantes [no polo], 2,5 mil empregos diretos, participação de 20% na produção nacional de computadores e faturamento anual dos fabricantes em torno de R$ 2,1 bilhões”, citou. Hoje, o faturamento do polo de informática ilheense caiu para R$ 1,1 bilhão e emprega em torno de mil pessoas.

Para o parlamentar, é necessário analisar as demandas do polo e a convergência de agendas comuns, focando em fortalecimento do negócio e melhoria do ambiente de negócios na cidade. Segundo ele, “é necessário fazer uma transição, transformando Ilhéus em polo tecnológico, com inovação, conhecimento, agregando valores a novos produtos”.

O parlamentar defende, nesta linha, aprofundar relação e definir estratégias com as universidades Estadual de Santa Cruz (Uesc) e Federal do Sul da Bahia (UFSB). “Para além da cidade se tornar polo tecnológico, transformar o eixo de Ilhéus–Itabuna em áreas do conhecimento e inovação e o eixo Ilhéus–Uruçuca como pólo do chocolate, pois essas ações resultarão no maior desenvolvimento regional”.

VIVALDO MENDONÇA É NOMEADO DIRETOR DA IMPRENSA NACIONAL

José Vivaldo é o novo diretor-geral da Imprensa Nacional.

José Vivaldo é o novo diretor-geral da Imprensa Nacional.

O ex-diretor da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), José Vivaldo Mendonça, assumirá o cargo de diretor-geral da Imprensa Nacional (IN), ligado à Casa Civil da Presidência da República. A nomeação foi publicada hoje (11) no Diário Oficial da União. Ele substituirá Fernando Tolentino.

Vivaldo chega ao cargo após dirigir a CAR no período em que o ministro da Casa Civil, Jaques Wagner, era governador da Bahia. Os dois têm ótimas relações e Vivaldo chega ao cargo reconhecido como um dos melhores dirigentes da história da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional. A Imprensa Nacional tem, entre suas funções, a coordenação e publicação do Diário Oficial da União.

Embora não tenha sido acordo com o partido, a nomeação também poderá sinalizar qual será a tendência de voto do PSB no prosseguimento – ou não – do processo de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff. Vivaldo é nome do deputado federal Bebeto Galvão e da senadora Lídice da Mata. A sua nomeação também o tira do páreo da sucessão municipal em Ilhéus em 2016.

O AFAGO DE DAVIDSON EM VIVALDO

A Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR) entregou ontem, 24, na Vila de Mutuns, em Itabuna, uma motoniveladora que será utilizada na conservação de estradas vicinais do município. Participaram da cerimônia o diretor da empresa baiana, José Vivaldo, o prefeito Claudevane Leite e o presidente da Bahiagás, Davidson Magalhães, entre outros.

Magalhães, que é pré-candidato a deputado federal pelo PCdoB, pontuou seu discurso com fortes elogios ao diretor da CAR, afirmando que ele tem demonstrado capacidade de produzir bons resultados. “Às vezes podem existir os recursos, mas falta a ação para operacionalizar os projetos”, exemplificou o homem da Bahiagás.

Um comunista presente ao evento afirmou que o partido sonha em adquirir o passe de Vivaldo.

camara itabuna






WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia