WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
cenoe





novembro 2018
D S T Q Q S S
« out    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  

editorias






:: ‘kettlebell’

CANAVIEIRAS GANHA CENTRO DE TREINAMENTO DE KETTLEBEL

Kettlebell começa a se popularizar na paradisíaca e pequena Canavieiras

Kettlebell começa a se popularizar na paradisíaca e pequena Canavieiras

Esporte de nome estranho, o kettlebell começa a ganhar espaço no sul da Bahia. Com maior interesse e número de adeptos do esporte, o kettlebell terá espaço de treinamento na paradisíaca Capital do Caranguejo, Canavieiras. Os professores João Rosário e Joyce Araújo, da Academia Arte Suave, abriram turmas e horários e já projetam ampliar espaço na academia para o início de 2018.

O objetivo, afirmam, é torná-lo o primeiro centro de treinamento em Kettlebell Sport da região. Atualmente são treinadas turmas com três aulas semanais (segundas, quartas e sextas-feiras) às 7 ou às 12 horas. Com a ampliação do espaço, serão abertas mais três turmas para atender demanda.

Atleta multipremiada nas artes marciais, Joyce Araújo também é treinada por João Rosário e já se destaca no Kettlebell Sport com três medalhas de ouro, em sua participação no GP Mundial, em Salvador. Formada em Educação Física, Joyce ministra aulas de judô, jiu-jitsu, funcional e boxe na Academia Arte Suave, e vê no Kettlebell Sport um treinamento complementar também na melhora do desempenho nessas modalidades. Para ela, é uma alternativa prática e completa para os que querem sair do sedentarismo, melhorar o condicionamento físico ou se desafiar no esporte.

QUEIMA DE 300 CALORIAS EM 30 MINUTOS

Segundo João Rosário, treinar com o kettlebell é como ter todos os benefícios de uma academia em uma única ferramenta. “O kettlebell não direciona seus movimentos nem faz esforço por você como nas máquinas tradicionais. É você que o move, trabalhando todos os músculos do corpo numa intensidade forte, tanto do ponto de vista aeróbico, quanto do fortalecimento muscular, num treino dinâmico e divertido”.

Atleta, professor de Educação Física e uma das maiores autoridades em kettlebell no mundo, João Rosário diz que é possível queimar 300 calorias em apenas 30 minutos de kettlebell. Ele enumera outros ganhos com o esporte: aumenta a massa muscular e queima as gorduras localizadas, melhora o condicionamento físico e toda a resistência muscular e cardiovascular com resultados aparentes em apenas 6 semanas de treino, durante 3 vezes na semana. :: LEIA MAIS »

SALVADOR: GP BRASIL DE KETTLEBEL SURPREENDE PELA QUALIDADE E NÚMERO DE ATLETAS

Atletas baianos Fábio Leal, Patrícia Barros e Larissa Mamede || Foto Andrei Panorama Digital

Atletas baianos Fábio Leal, Patrícia Barros e Larissa Mamede || Fotos Andrei Panorama Digital

Realizado pela primeira vez na Bahia, o World Kettlebell Grand Prix Series, etapa Brasil, foi considerado o maior já realizado na América do Sul pela quantidade de atletas inscritos e pelo alto nível dos competidores. O GP foi realizado sábado (9), no São Salvador Hotéis e Convenções, em Salvador, com a participação de atletas de vários países e estados brasileiros.

Dentre os destaques, Canditade Master of Sport  (CMS), Danny Strange, CMS, biathlon 32 kg, 10 min, categoria profissional (Chile); Leonel Mota Ribas, CMS, snatch 28 kg, 10 min (São Paulo); Lindolfo Neto, CMS, biathlon 28 kg, 10 min (São Paulo); Fábio Leal, CMS,snatch 24 kg, 5 min (Bahia); Patrícia Barros, CMS, snatch 16 kg, 10 min (Bahia); Larissa Mamede, CMS, snatch 16 kg, 10 min (Bahia); e Vanessa Crepaldi, CMS, snatch 20 kg e TALC 5 min 16 kg (Santa Catarina)

O organizador do GP Brasil, João Rosário, da Brutal SC, destacou a participação do russo Sergei Rachinskii, considerado o atleta supremo do Kettlebell Sport. O atleta competiu pela primeira vez na América Latina. Ele fez 166 repetições de jerk e 200 repetições de snatch com 24 kg. Rachinskii tem 29 anos no esporte e fez parte do time de ouro da Rússia dos anos 90.

Sergei é o nome do kettlebell mundial || André Panorama

Sergei é o nome do kettlebell mundial 

Também presente pela quarta vez no Brasil, o russo Denis Vasilev participou da prova de long cycle com 24 kg e fez uma marca impressionante de 132 repetições em 10 min, uma média de 13 repetições por minuto. “Somente para se ter uma ideia, a maioria dos atletas da categoria de peso dele faz de 80 a 100 repetições”, ressaltou João Rosário.

Dentre os destaques femininos no GP Brasil, a argentina Sabrina Aguilera, vice-campeã mundial, foi a que levantou mais pesado, 2 kettlebell de 24 kg em 41 repetições; Nicole Zaniz, de Santa Catarina, disputou o long cycle com dois kettlebells de 16 kg e fez 65 repetições, maior número de repetições entre as mulheres que levantaram o mesmo peso.

O atleta Yuri Menezes, de Florianópolis (SC), que com apenas 10 anos fez 102 repetições com 8 kg, e mostrou toda a garra e determinação de um vencedor. “A Bahia teve mais de 50% dos inscritos e já é considerado um estado de referência no esporte, apesar do pouco tempo de treinamento”, acentuou o educador físico João Rosário.

CANAVIEIRAS

Os atletas de Canavieiras, no sul da Bahia, se destacaram pela técnica e resultados, sendo bastante elogiados pelos mais experientes e faturaram três medalhas de ouro e duas de prata. Leandro Alves, Joyce Araújo e Poliana Silva foram medalhistas de ouro, enquanto Jessé Pimenta e Nara Lima, ganharam medalhas de prata.

O que chamou a atenção é que os atletas Jessé Pimenta e Nara Lima praticam kettlebell há apenas 4 meses. Já Poliana Silva, disputou o snatch 12 kg em 10 min e fez a maior pontuação (192 pontos) entre as mulheres que disputaram a mesma prova com o mesmo peso. “Com o nível dos atletas, esperamos que no próximo ano tenhamos um campeonato com mais e melhores atletas”, concluiu João Rosário.

ATLETAS COMEÇAM A CHEGAR A SALVADOR PARA GP MUNDIAL DE KETTLEBELL

Atletas do Brasil e de várias partes do mundo participarão de GP em Salvador

Atletas do Brasil e de várias partes do mundo participarão de GP em Salvador

Liliane Pólvora

Os primeiros competidores do World Kettlebell Grand Prix Series, etapa Brasil, já começam a chegar a Salvador. Dentre eles, a argentina Sabrina Aguilera, atleta feminina profissional que levantará na prova Long Cycle, dois kettlebells de 24 kg, em 10 minutos.

O GP terá a participação de atletas de destaque no Brasil e no mundo, como os russos Denis Vasilev e Sergey Rachinskiy, campeões mundiais da modalidade, sendo o último, detentor de sete recordes no Guinness Book. O esporte é um levantamento de peso que exige força e habilidade com o kettlebell, uma bola de ferro com alça que pode pesar de 8 a 32 kg em campeonatos.

João Rosário, organizador da etapa Brasil do GP, informa que a competição é aberta ao público e contará com atletas de todas as idades e níveis nas modalidades iniciante, amador e profissional, masculino e feminino, e categorias infantil, juvenil, adulto e veterano, divididas por categoria de peso corporal e de kettlebel. “São 65 atletas inscritos de cinco estados brasileiros (BA, SC, SP, RJ, PE) e dos Estados Unidos, Rússia, Polônia, Argentina e Chile, tendo o atleta mais novo 10 e a veterana 60 anos”, cita.

Rosário ressalta que nesta quinta-feira (7), véspera da competição, será realizada a pesagem dos atletas no São Salvador Hotéis, a partir das 13 horas, e às 14h30min coletiva de imprensa e um bate papo (aberto ao público) com os russos campeões mundiais, que compartilharão a história e experiência deles no Kettlebell Sport, bem como suas expectativas para o crescimento dessa modalidade no Brasil.

BAHIA NA COMPETIÇÃO

A Bahia foi responsável por 57% dos inscrito nesta etapa Brasil do GP mundial de Kettlebell da Associação Mundial de Clubes de Kettlebell Sport, com duas equipes de Salvador, que reúnem os atletas mais experientes nesse esporte no estado, e uma de  Canavieiras. :: LEIA MAIS »

CANAVIEIRAS SEDIA TORNEIO DE KETTLEBELL COM ATLETAS DE TODA A BAHIA

Torneio em Canavieiras atrai atletas de todo o estado (Foto Divulgação)

Torneio em Canavieiras atrai atletas de todo o estado (Foto Divulgação)

Os primeiros competidores inscritos no 1º Torneio de Kettlebell Sport do Sul da Bahia começam a chegar em Canavieiras, nesta quinta-feira (23). Dentre eles, estão Fátima Silva e sua filha Lara, que integram a equipe de atletas da L3 Fun Training, liderada pelo treinador Fábio Leal.

Serão duas equipes de Salvador disputando o 1º Torneio Brutal de Kettlebell Sport, que reúnem os atletas mais experientes nesse esporte no estado e virão a Canavieiras determinados a baterem suas marcas e trocar experiências com os atletas da cidade.

O treinador Fábio Leal está à frente da maior equipe de kettlebell da Bahia, a L3 Fun Trainning, com 20 atletas, e será a 2ª equipe em número de inscritos no Torneio Brutal de Kettlebell Sport, perdendo apenas para atletas da cidade anfitriã, Canavieiras.

No final de 2016 ele levou uma equipe de 3 atletas para disputar o 1º GP Brasil do campeonato mundial de Kettlebell Sport da WAKSC @wkgpsbrasil realizado em Curitiba, trazendo 4 medalhas de ouro para a Bahia. Além do treinamento de atletas, ele organizou em setembro último o campeonato L3 de kettlebell Lifting em Salvador, que contou com o número recorde de atletas inscritos em uma competição no estado até então, 42.

Dentre os atletas dessa equipe soteropolitana, destaque para os recordes alcançados por Fábio Leal, Fátima Silva e Lara Guimarães, que o maior número de campeonatos disputados e participaram da etapa Brasil do campeonato mundial de kettlebell.

Fábio, atleta e treinador da L3 training, já disputou 3 campeonatos e seu melhor recorde pessoal foi registrada no GP Brasil do mundial de kettlebell da WAKSC, com 119 petições na prova snatch 10 min com kettlebell de 24 kg. Lara Guimarães disputou 4 campeonatos e sua melhor marca foi atingida no Campeonato L3 de Kettlebell Lifting com 107 repetições com kettlebell de 8 kg, em cinco minutos.

:: LEIA MAIS »

CANAVIEIRAS SEDIARÁ 1º TORNEIO DE KETTEBELL DO INTERIOR DA BAHIA

João Rosário puxa treino com atletas de Canes.

João Rosário puxa treino com atletas de kettlebbel numa das mais belas paisagens de Canes.

Canavieiras, na região sul do Estado, será o primeiro município do interior baiano a sediar torneio de kettlebell. A competição será realizada em 25 de março numa das mais bonitas paisagens de Canes, o porto da cidade.

O evento será aberto ao público. Competirão atletas de Salvador, Itabuna, Ilhéus e será a primeira oportunidade dos canavieirenses mostrarem seu desempenho no esporte disputando as provas long cycle, snatch e jerk. A inscrição custa R$ 25,00. Informações podem ser obtidas no site www.brutalsc.com.

O torneio é promovido por João Rosário, da empresa Brutal Strenght and Conditioning, especialista em Kettlebell e uma das maiores referências no Brasil nesse esporte, que alia força e técnica para levantar uma bola de ferro por tempo determinado e que vem conquistando muitos praticantes na cidade por fortalecer o corpo inteiro de forma integrada e dinâmica.

Segundo João Rosário, Salvador sediará a etapa do GP Mundial de Kettlebell da Associação Mundial de Clubes de Kettlebell (WAKSC) neste ano. João está preparando atletas de Canavieiras para representar bem a cidade na competição.

PREPARAÇÃO FÍSICA

Atletas de Canavieiras que praticam outras modalidades esportivas já estão inserindo o kettlebell na sua preparação física com a supervisão Rosário. Eles também já confirmaram presença no torneio, como a faixa preta de judô e jiu jitsu Joyce Araújo e o surfista Bruno Senna.

Desde o segundo semestre de 2016, é comum ver em alguns pontos da cidade praticantes do esporte, pois muitos preferem treinos ao ar livre, uma vez que o esporte possibilita o transporte do kettlebell para qualquer lugar que escolha treinar. “É uma academia em suas mãos, como definem alguns praticantes, e isso me dá a liberdade de realizar os treinos e ainda aproveitar as paisagens da cidade”, explica Rosário, que iniciou turmas de kettlebell ao ar livre no porto de Canavieiras três vezes por semana.

WORKSHOP DE KETTLEBELL EM PORTO SEGURO

Coach João Rosário comanda workshop em Porto Seguro.

Coach João Rosário comanda workshop em Porto Seguro.

O educador físico e coach da Brutal, João Rosário, apresenta neste sábado (13), no CT Core Team, em Porto Seguro, o Workshop de Treinamento Funcional, com abordagem do uso de ferramentas não convencionais como corda, kettlebell e argolas. O evento é uma realização XPRO Training e Lucas Oliveira e se destina a professores de Educação Física e  profissionais de de academia e treinadores de atletas.

Referência no Brasil em kettlebell e coach de atletas de destaque no kettlebell sport e MMA, João Rosário vai compartilhar técnicas de como utilizar ferramentas eficazes e milenares num treino completo. O treinamento com esses equipamentos busca restabelecer e aprimorar os padrões motores naturais, prevenindo lesões e melhorando consideravelmente o desempenho atlético, alcançando assim resultados sólidos em curto prazo.

João Rosário tem várias certificações internacionais. O educador físico é ex- presidente da Federação Brasileira de Kettlebell Lifting (FBKL) e se tornou referência nesse tipo de treinamento. João está à frente da organização do 1º GP mundial de Kettlebell no Brasil, que será realizado no dia 9 de dezembro, em Curitiba, e planeja levar atletas de Itabuna e região.

João Rosário voltou a residir no Sul da Bahia (Canavieiras) trazendo toda a experiência adquirida para colaborar com a promoção do Kettlebell Sport e qualificação de profissionais na região. Mais informações do workshop podem ser obtidas pelo email xprotraining@gmail.com ou telefone 73-98823.2122 (Whatsapp)

.

AULÃO DE KETTLEBELL EM ITABUNA

João Rosário, ao centro, ministrou aulão beneficente em Itabuna.

João Rosário (blusa cinza) ministrou aulão beneficente em Itabuna.

No último sábado (11), João Rosário conduziu um aulão aberto de Kettlebell no Studio X-Pro Training, em Itabuna, cuja inscrição foi a doação de alimentos não-perecíveis para entidades assistenciais do município. No evento, ele demonstrou os principais movimentos com essa ferramenta no treino e no esporte.

Rosário utiliza o kettlebell para condicionamento físico e treinamento de atletas da modalidade há seis anos, é especializado em kettlebell training/Sport e possui várias certificações internacionais.

Após 10 anos de trabalho no sudeste do país, o itabunense, no início do mês, voltou a residir no sul da Bahia (Canavieiras) trazendo toda a experiência adquirida para colaborar com a promoção do Kettlebell Sport e qualificação de profissionais na região.

Professor de Educação Física e atleta, João Rosário é um dos organizadores do 1º GP mundial de Kettlebell no Brasil, que será realizado no dia 9 de dezembro, em Curitiba. Ele planeja levar atletas de Itabuna e região para representar o estado no GP mundial.

ITABUNENSE FATURA DUAS MEDALHAS DE OURO NO PARANAENSE DE KETTLEBELL

Flávia, João José e Nicole faturaram, juntos, sete medalhas de ouro (Foto Divulgação).

Flávia, João José e Nicole faturaram, juntos, sete medalhas de ouro (Foto Divulgação).

No último domingo (5), o itabunense João Rosário representou a Bahia no 1º Campeonato Paranaense de Kettlebell Sport, realizado na Crossfit SM30, em Curitiba. Mais de 40 atletas de sete estados (PR, SC, SP, DF, CE, RS e BA) participaram da competição em que os atletas vão ao seu limite executando movimentos com tempo e técnica específica com o kettlebell, uma bola de ferro com alça que pode pesar até 32 quilos em competições oficiais.

Único representante da Bahia na competição, Rosário conquistou 2 medalhas de ouro nas provas Snatch com kettlebell de 24 kg e Long Cycle com dois kettlebells de 20 kg.  Ele presenciou também Nicole Zaniz e Flávia Karolina, duas das atletas que treina, ganharem 5 medalhas de ouro.

João José ainda auxiliou na arbitragem e organização do evento ministrando no sábado (4), véspera da competição, curso técnico e de arbitragem para atletas e árbitros, quando repassou as regras e a técnica correta dos movimentos válidos nas provas do Campeonato.

Um dos destaques da competição foi o recorde atingido por Nicole Zaniz, atleta treinada há 4 anos por Rosário, que na prova One Arm Long Cycle com kettlebell de 20 kg executou 109 repetições, marca compatível para obter o título de master of sports de acordo com a tabela de marcas da ketacademy, uma das principais desse esporte.

Radicado há quase 10 anos no eixo Sudeste-Sul do Brasil, onde começou a trabalhar em 2009 com o kettlebell para condicionamento físico e treinamento de atletas da modalidade, Rosário é especializado em kettlebell training e sport, possui várias certificações internacionais inclusive com o hexacampeão mundial de kettlebell Denis Vasilev, foi um dos fundadores e ex-presidente da Federação Brasileira de Kettlebell Lifiting (FBKL) e é coach de atletas campeãs americanas nesse esporte.

DE VOLTA PARA A BAHIA

Após o Campeonato Paranaense, João Rosário voltou a residir no Sul da Bahia trazendo toda a experiência adquirida para colaborar com a promoção do Kettlebell Sport e qualificação de profissionais na região. “Foram quase 10 anos fora da Bahia morando em Santa Catarina e, recentemente em São Paulo, e toda a experiência e trabalho desenvolvido além de viagens constantes, workshops, envio de planilhas de treino para alunos de outros estados, me deram a tranquilidade de tomar essa decisão de voltar a morar perto de familiares e amigos, além de ir em busca de uma melhor qualidade de vida”, informa.

Só no mês de maio Rosário explica que esteve na Bahia duas vezes a trabalho para ministrar workshops de kettlebell e, no dia 21 de maio, auxiliando na organização do Campeonato Baiano de Kettlebell. Mas, a partir da agora, vai ser mais fácil os adeptos do esporte na região ou interessados se aprofundar mais nessa modalidade entrando em contato com Rosário, fundador da empresa Brutal – Strength and conditioning.

:: LEIA MAIS »

WORKSHOP APRESENTA FERRAMENTAS NÃO CONVENCIONAIS DE TREINO FÍSICO

Itabunense, João Rosário é um dos principais nomes do ketlebel no país.

Itabunense, João Rosário é um dos principais nomes do kettlebell no país.

CORDA, MARRETA, ARGOLAS E KETTLEBELL SÃO OPÇÕES
   DE TREINOS EFICIENTES E PRÁTICOS, SEGUNDO ROSÁRIO

O uso de ferramentas não convencionais para força e condicionamento físico será tema de workshop nos dias 23 e 24 de outubro, no Stúdio X−Pro Training, em Itabuna-BA. Conduzido pelo professor João Rosário, o workshop visa atualizar profissionais de educação física e interessados a conhecerem na prática o treinamento com essas ferramentas e seus benefícios.

Há sete anos residindo no eixo sul-sudeste do país, o itabunense João Rosário é o atual presidente da Federação Brasileira de Kettlebell Lifting (FBKL) e se tornou referência nesse tipo de treinamento.

Segundo Rosário, cada vez mais profissionais de educação física se rendem aos treinos com ferramentas simples e eficientes como a corda e o kettlebell, que buscam restabelecer e aprimorar os padrões motores naturais, prevenindo lesões e melhorando consideravelmente o desempenho atlético, alcançando assim resultados sólidos em curto prazo.

O WORKSHOP

O workshop começa no dia 23 de outubro, a partir das 19 horas, com uma mesa redonda sobre o panorama do kettlebell sport no Brasil. João Rosário apresentará a Federação Brasileira de Kettlebell Lifting (FBKL), seus objetivos e realizações e lançará oficialmente a Federação Baiana de kettlebell Lifting (FBAKL) junto com a presidente da FBAKL, Priscila Beck, e os diretores Anderson Silva e Fábio Leal.

Rosário explica que com o fortalecimento da FKBL vai ser possível organizar mais campeonatos de kettlebell no Brasil, fortalecendo assim o esporte, apoiando os times e atletas que estão se formando no país.

No sábado (24) o workshop abordará, das 8h às 17h, teoria e prática dos seguintes aspectos sobre o planejamento de treino: princípios fundamentais; sistematização de estímulos; cargas para trabalhos diferentes; prioridades da preparação física, além da parte prática com a mecânica, respiração e exercícios utilizando marreta, body weight (calistenia) e mobilidade, rope training e kettlebell,  training.

Em 2009, João Rosário fundou a empresa Brutal Strength and Conditioning, que é umas das primeiras do segmento, no Sul do Brasil, a trabalhar com ferramentas não convencionais para fitness e performance atlética, como cordas, argolas, marretas e kettlebells, especialidade de Rosário, que é treinador de atletas premiados em campeonatos de kettlebell, com 4 medalhas internacionais e 16 nacionais.

O evento é promovido pela XPRO Training. As vagas são limitadas.

Onde: X-PRO Training – Rua Major Dórea, 471, Castália-Itabuna.
Quando: Dia 23 (a partir das 19h) e Dia 24 das 8h30min às 12h30min / 14h às 18h.
Informações e inscrições: (73) 88232122 / email xprotraining@gmail.com

TREINADAS POR ITABUNENSE, CAMPEÃS DE KETTLEBELL BUSCAM MAIS MEDALHAS

Atletas buscam mais medalhas para o Brasil nos Estados Unidos.

Atletas buscam mais medalhas para o Brasil nos Estados Unidos.

O professor de Educação Física e técnico itabunense João Rosário acompanha mais um desafio das atletas joinvilenses Nicole Zaniz e Flávia Ferreira, atuais campeã e vice de kettlebell lifting na América Latina. Amanhã (23), elas participam do campeonato de Kettlebell USA Nationals, em Nova Iorque.

A competição reúne os melhores atletas das Américas e é classificatório para o mundial da modalidade, que será no dia 20 de novembro em Hamburg, Alemanha. O kettlebell Sport (também conhecido como Girevoy Sport), foi originalmente praticada e eleito como o treinamento físico principal dos militares russos na década de 70, e desde então vem ganhando projeção nos Estados Unidos e América Latina.

O esporte consiste em movimentar o kettlebell – um peso no formato de uma bola de ferro com alça – executando alguns movimentos específicos, o que, segundo especialistas, melhora o condicionamento físico geral com ganho expressivo de força, potência e resistência.

As atletas joinvilenses competirão na modalidade long cycle até 58 kg, onde o kettlebell é levado da altura do joelho até o peito e do peito até acima da cabeça. Nicole utilizará um kettlebell de 12 kg na modalidade iniciante e Flávia de 16 kg, no amador. Quem fizer mais repetições no tempo de 10 minutos vence a competição.

O campeonato USA Nationals é realizado pela American Kettlebell Alliance (AKA) e é o principal evento das Américas apoiado pela União Internacional de Kettlebell Lifting (IUKL).

MEDALHAS

A estreia das atletas de Joinville em competições foi em sete de julho no torneio Latino Americano na Argentina e elas contaram com o apoio da Federação Brasileira de Kettebell Lifting- F.B.K.L, que esteve representada no evento pelo seu presidente, João Rosário – que também é técnico das atletas Nicole Zaniz e Flávia Ferreira- e da vice-presidente Mônica Pimenta.

Já na estreia elas conquistaram medalhas. Nicole Zaniz foi a primeira colocada na prova jerk, com 87 repetições com um kettlebell de 16 kg e Flávia Ferreira conquistou a segunda colocação na categoria long cycle executando 111 repetições com um kettlebell de 16kg.

João Rosário, técnico das atletas, foi o pioneiro no treino com kettlebell em Santa Catarina no ano de 2009 e explica que com o fortalecimento da Federação Brasileira de Kettlebell Lifting, fundada em fevereiro deste ano, vai ser possível organizar campeonatos de kettlebell no Brasil, fortalecendo assim o esporte e apoiando os times e atletas que estão se formando no país.

ITABUNENSE PARTICIPA DE CURSO COM RECORDISTA MUNDIAL

João Rosário (camisa verde) aprimora técnicas no kettlebell

João Rosário (camisa verde) aprimora técnicas no kettlebell

Um dos pioneiros no Brasil na utilização do “kettlebell” como instrumento de preparação física, o itabunense João Rosário obteve certificação em curso ministrado pelo russo Arsenij Zhernakov, várias vezes campeão mundial e recordista em competições da modalidade.

O “kettlebell” é uma bola de ferro fundido, com uma alça, utilizada por atletas na Europa desde o século XVI, mas que só agora começa a se tornar conhecida em academias brasileiras. Rosário, que dá aulas em Joivinle-SC, fez o curso no Chile.

“Foi a melhor certificação que já participei tanto em conteúdo teórico científico e prático. A certificação me capacitou a utilizar as melhores técnicas para a preparação de atletas para competições de levantamento de kettlebell.  E o Arsenij Zhernakov, além de ser um atleta renomado no esporte, tem conhecimento científico profundo na área. Então, ele domina todos os mínimos detalhes desse tema”, diz o professor itabunense.

O KETTLEBELL NO SUL DA BAHIA

João José Rosário (dir.), ao lado do também professor de Educação Física Alberto Kruschewsky (foto Liliane Cunha)

 

Depois de se destacar no sul do País em uma técnica de atividade física de nome estranho – o “kettlebell” -, o itabunense João José Rosário pensa em difundi-la também no sul da Bahia.

Nesta quarta-feira, 21, o professor de educação física proferiu palestra sobre o kettlebell para um grupo de estudantes dessa área na Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc). A apresentação ocorreu na disciplina Atividade Física Não Escolar, cujo professor é Alberto Kruschewsky.

Durante a palestra, abriu-se a possibilidade de Rosário retornar à região para ministrar um curso e formação de instrutores em kettlebell training, em parceria com o curso de Educação Física de Uesc. O professor vive hoje em Santa Catarina e, em setembro passado, participou de uma certificação em kettlebell nos Estados Unidos.

O kettelbell utiliza uma bola de ferro semelhante a uma bala de canhão, porém com uma alça. A ideia de utilizar essa bola para obter condicionamento físico surgiu entre os russos no século XVIII e a técnica já foi utilizada na preparação de atletas olímpicos e nas forças armadas.






WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia