WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
cenoe
prefeitura de ilheus





setembro 2018
D S T Q Q S S
« ago    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  

editorias






:: ‘Lídice’

EX-MINISTRO JOAQUIM BARBOSA SE FILIARÁ AO PSB NA SEXTA-FEIRA

Ex-presidente do STF se filia ao PSB na sexta

O presidente nacional do PSB,Carlos Siqueira, confirmou nesta terça-feira (3) que o ex-presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) Joaquim Barbosa oficializará a entrada no partido na sexta-feira (6). Ainda não foram definidos o local e horário da cerimônia de filiação do provável candidato à presidência da República.

Joaquim Barbosa vinha sendo namorado por vários partidos, mas nunca deixou claro se seria candidato a algum cargo letivo neste ano. Mesmo assim, sempre pontuou em todas as pesquisas em que seu nome foi incluído. No último levantamento realizado pelo instituto Datafolha, em janeiro, ele apareceu com 5% das intenções de voto.

Barbosa foi o primeiro negro a ocupar o cargo de presidente do STF e tornou-se conhecido nacionalmente por ser o relator processo do mensalão, que condenou 24 pessoas por corrupção e outros crimes.

Atualmente, o PSB conta com os governadores Paulo Câmara (Pernambuco), Ricardo Coutinho (Paraíba) e Rodrigo Rollemberg (Distrito Federal) e quatro senadores, entre os quais Lídice da Mata (BA). Os outros três são Lúcia Vânia (Goiás), Antonio Carlos Valadares (Sergipe) e João Capiberibe (Amapa). Na Bahia, o único deputado federal pelo  partido é Bebeto Galvão.

LÍDICE DEFENDE CRITÉRIOS PARA DEFINIR NOMES AO SENADO EM CHAPA PETISTA

Senadora Lídice da Mata defende critérios para formação de chapa ao Senado || Foto Manu Dias/GovBA

A senadora Lídice da Mata (PSB-BA) defendeu a adoção de critérios para definição dos nomes que concorrerão ao Senado Federal na chapa do governador e candidato à reeleição, Rui Costa (PT). Pelo menos cinco nomes disputam as duas vagas na chapa petista: a própria Lídice, Jaques Wagner (PT), Ronaldo Carletto (PP), Angelo Coronel (PSD) e Alice Portugal (PCdoB).

 

Ouvida pelo site, a senadora Lídice da Mata ressaltou a posição do PSB de reivindicar a candidatura à reeleição ao Senado e adotou tom parecido com o do governador baiano em entrevista no último final de semana. “O tempo da política é o tempo da política. Não adianta antecipá-lo. Na hora certa, o governador vai chamar todo mundo, vai conversar”, afirmou.

A senadora defende critérios para que a escolha dos nomes ao Senado, conforme ela, seja democrática. Em outubro, o eleitor irá às urnas escolher dois nomes ao Senado, além de governador e vice. A chapa de Rui Costa tem definidos os nomes dele e do vice, João Leão, que é do PP. Na sexta, o vice-governador disse que não tem interesse em largar a vice na reeleição.

PSB REÚNE PRÉ-CANDIDATOS EM BRASÍLIA

Evento promovido pela Fundação João Mangabeira termina neste sábado

Evento promovido pela Fundação João Mangabeira termina neste sábado

O PSB reúne 850 pré-candidatos às eleições municipais em um seminário preparatório na capital federal. A atividade, promovida pela Fundação João Mangabeira, tem como tema “Cidades Inclusivas”.

Da Bahia, 50 pré-candidatos participam do seminário. No apoio ao grupo baiano, estão o deputado federal Bebeto Galvão – ele próprio pré-candidato a prefeito de Ilhéus -, a senadora Lídice da Mata e a deputada estadual Fabíola Mansur.

O evento começou ontem (5) e será encerrado neste sábado. Segundo os organizadores, o objetivo é preparar os pré-candidatos, apontando alternativas para enfrentar os desafios da disputa eleitoral.

 

SENADORES QUEREM ELEIÇÃO PRESIDENCIAL ESTE ANO

Um grupo de seis senadores trabalhar em uma Proposta de Emenda Constitucional (PEC) para viabilizar a realização de eleições diretas para Presidente da República este ano. A ideia é que o pleito ocorra juntamente com a sucessão municipal, no dia 2 de outubro.

Entre os membros do Senado que defendem a ideia, estão os baianos Lídice da Mata (PSB) e Walter Pinheiro (sem partido). Segundo o jornal A Tarde, há informações de que o senador Otto Alencar (PSD) também é simpático à proposta.

Para que possa ser apresentada, a PEC precisa da assinatura de 27 senadores. Depois, deve ser aprovada por três quintos dos votos no Senado e também na Câmara, com dois turnos de votação em cada casa.

O grupo que sugere esse caminho diz que a intenção não é barrar o processo de impeachment, mas propor uma alternativa para superar a crise.

 

WAGNER: “AÉCIO É PASTEL DE VENTO, SEM CONTEÚDO”

 (Foto Pimenta).

(Foto Pimenta).

A Tarde

Em evento de formalização de apoios à candidatura de Dilma Rousseff (PT) na Bahia, na manhã desta quinta-feira, 16, o governador Jaques Wagner (PT) atacou o presidenciável Aécio Neves dizendo que ele é como um “pastel de vento”, bonito por fora e sem recheio por dentro.

“Aquele rapaz é pastel de vento. É bonito por fora, mas quando você morde não tem conteúdo nenhum. Vocês viram o debate? Não tem propostas”, atacou o governador da Bahia. O presidenciável tucano estará na capital baiana nesta sexta-feira, 17, quando fará caminhada no centro histórico da cidade.

Wagner disse que Aécio Neves gosta de “terceirizar governo” e que ele “vai querer terceirizar o governo federal na Bahia para o DEM”, partido do prefeito de Salvador, ACM Neto.

O governador analisou a situação do Estado com a vitória de Dilma. “Nosso caminho será muito facilitado numa parceria do governo de Dilma e Rui. Lídice é testemunha. A concepção dos líderes locais do PSDB é autoritária, que não aceita a divergência e que quer esmagar quem é contra”.

Confira mais

DILMA RECEBE APOIO DE MEMBROS DO PSOL, PMDB, PTN E PV NA BAHIA

Lídice da Mata discursa em evento pluripartidário em Salvador.

Lídice da Mata discursa em evento pluripartidário em Salvador.

A campanha à reeleição da presidente Dilma Rousseff na Bahia ganhou hoje, oficialmente, o apoio de parte do PSOL e do PV e de mais um prefeito do PMDB. O apoio foi ratificado em evento em um hotel de Salvador, quando a senadora Lídice da Mata (PSB) oficializou apoio a Dilma Rousseff.

O prefeito de Cairu,  Fernando Brito (PMDB), contrariou orientação de Geddel Vieira Lima, que está com Aécio, e fechou apoio a Dilma, no que foi seguido pelo prefeito Rodrigo de Dedé (PTN), de Esplanada. Outros apoios anunciados são de membros do PSOL, partido de Luciana Genro. Do PV, apoia Dilma o deputado estadual Marquinhos (PV).

A senadora Lídice da Mata disse que estará integralmente na campanha de Dilma neste segundo turno. “Vou participar integralmente da campanha e ou convidar o PSB da Bahia para esse mesmo movimento”, disse. Lídice, no entanto, fez questão de frisar que o seu partido terá relação de independência em relação do governo de Rui Costa, seu adversário nas urnas no último dia 5.

Rui agradeceu a senadora e novos apoiadores por terem preferido Dilma. “Essa é a melhor decisão para a Bahia e para o Nordeste. Lídice, vamos juntos construir uma estado cada vez melhor”

PSB BAIANO CONFIRMA APOIO A DILMA

Membros da Executiva estadual do PSB decidiram nesta quinta-feira, 9, por maioria, apoiar a reeleição de Dilma Rousseff (PT), enquanto a direção nacional da sigla está com Aécio Neves (PSDB).  Participaram  do encontro, ocorrido na sede da sigla, em Salvador, deputados eleitos, vereadores e lideranças políticas.

Muitos integrantes do partido, como o vereador de Salvador Silvio Humberto, já haviam anunciado, antes da decisão conjunta, que pediriam voto para a petista.

Presidente do PSB na Bahia, a senadora Lídice da Mata, que concorreu ao governo da Bahia, já havia declarado que não apoiaria o candidato do PSDB, Aécio Neves, na disputa do segundo turno presidencial. Informações d´A Tarde.

EM BRUMADO, MARINA DEFENDE MAIS RECURSOS PARA A SAÚDE

Lídice e Marina acenam para público em Brumado (Foto Divulgação).

Lídice e Marina acenam para público em Brumado (Foto Divulgação).

Da Agência Brasil

A candidata à Presidência da República Marina Silva (PSB) participou, na manhã de hoje (6), de uma caminhada no município de Brumado, no sudoeste da Bahia. Em discurso, ela lembrou pontos do seu programa de governo, como a construção de ferrovias e a reserva de 10% da arrecadação bruta do país para investimentos em saúde.

“Não dá para pessoas continuarem morrendo em frente aos hospitais, não dá para continuar sem que os postos de saúde funcionem para atender os procedimentos mínimos que poderiam evitar doenças mais graves. Nós estamos nos comprometendo em colocar 10% da arrecadação bruta do país para que possamos investir em saúde”, disse a candidata.

Marina negou que irá acabar com o Bolsa Família, caso seja eleita. “Nós viemos aqui assumir compromisso. As coisas boas vamos manter e as erradas vamos corrigir. E o que não foi feito nós vamos fazer”.

Em coletiva à imprensa, Marina detalhou seus planos para a segurança pública, que passam por um aumento de recursos do Fundo Nacional de Segurança Pública e por parcerias com governos dos estados.

LÍDICE RETOMA AGENDA DE CAMPANHA NA QUINTA

Lídice retoma agenda de candidata na quinta.

Lídice retoma agenda de candidata na quinta.

A senadora Lídice da Mata (PSB) retomará somente na próxima quinta (21) a sua campanha ao governo baiano, segundo comunicou em nota.

A socialista segue para Brasília nesta segunda (18) para missa em homenagem ao ex-governador Eduardo Campos, morto no dia 13 em desastre aéreo.

De acordo com a assessoria da candidata, Lídice participará das conversas que definirão os rumos da campanha do PSB à presidência da República e aos governos estaduais. Ela ainda estará na reunião que definirá a nova chapa do PSB à presidência.

Marina Silva é a cabeça de chapa, mas ainda falta definir o (ou a) vice. Nomes como Renata Campos, Luiza Erundina e Beto Vasconcelos são cogitados. Após o anúncio, Lídice retornará para o estado e retoma a agenda de candidata na quinta. O compromisso ainda não foi informado.

SEGUNDO LÍDICE, PSB NÃO DEVE NADA AO PT

Senadora afirmou que seu partido sempre foi leal ao PT (foto Divulgação)

Senadora afirmou que seu partido sempre foi leal ao PT (foto Divulgação)

A senadora Lídice da Mata (PSB) dirigiu sua artilharia contra o PT durante lançamento do livro Convivendo com o Semiárido, nesta sexta-feira (31), em Juazeiro.

Ao lado de correligionários com o ex-petista Joseph Bandeira, Lídice afirmou que seu partido não tem nenhuma dívida a ser quitada com os petistas. “Se há um partido que não pode se queixar do PSB é o PT. Porque sempre o apoiamos nos momentos difíceis, inclusive nos seus consecutivos projetos de lançar carreira solo”, disse a senadora.

A socialista também descartou qualquer possibilidade de vir a desistir da candidatura ao governo e ingressar como vice na chapa de Rui Costa. Segundo ela, o PT errou ao escalar cinco membros do partido com pré-candidatos ao governo.

“Só o PT pode? Só o PT tem políticos competentes? Só o PT é bom? Nós não concordamos com essa política”, desabafou Lídice.

 

DIVÓRCIO AMIGÁVEL

Wagner e Lídice, separados por um pernambucano

Wagner e Lídice, separados por um pernambucano

É “prego batido e ponta virada”. A senadora Lídice da Mata (PSB) será candidata ao governo baiano, mesmo sem o apoio do governador Jaques Wagner, mas o PSB somente deixará os cargos que ocupa no Estado (no primeiro escalão, apenas a Secretaria de Turismo), em dezembro. No caso, sai na mesma leva dos demais ocupantes que pretendem disputar mandato eletivo.

Lídice, no entanto, faz discurso conciliatório. Ela diz entender a situação de Wagner, mas pondera que não poderia negligenciar o projeto nacional do PSB, que tem o governador pernambucano Eduardo Campos como candidato a presidente. De acordo com a senadora, não há que se falar em rompimento nem de sua ida para o campo oposicionista.

Numa demonstração de que, até prova em contrário, o divórcio é amigável, Lídice afirmou ao jornal A Tarde:

– O governador já disse que não nos apoiará, o que não quer dizer que eu seja uma candidatura da oposição. Apenas não serei a candidata do governador e da base do governador.

LÍDICE E NILO

lidnilo

Ao mesmo tempo em que tenta conseguir o que é praticamente impossível: ser a candidata de Wagner para encabeçar a chapa majoritária em 2014, a senadora Lídice da Mata (PSB) opera em outra frente. A estratégia é atrair o presidente da Assembleia Legislativa, Marcelo Nilo (PDT), para sua chapa. No caso, Nilo seria o candidato a vice.

Em tempo: o deputado ainda tenta, assim como a senadora, obter as bênçãos do governador para uma sonhada candidatura ao principal cargo político do Estado. Caso não consiga, a união com o PSB poderá se tornar uma opção.

LUISLINDA TUCANA

luislindaColuna Tempo Presente (A Tarde)

Depois de ter conversado com a senadora Lídice da Mata e admitir a possibilidade de disputar o Senado pelo PSB, a desembargadora aposentada Luislinda Valois fixou o prumo em direção oposta. Com honras e pompas, filiou-se ao PSDB ontem.

O ato foi em Brasília, sob as bênçãos do senador Aécio Neves, do deputado Jutahy Júnior e do pré-candidato do partido ao governo baiano, João Gualberto. Em suma, sinalizou à esquerda, mas dobrou à direita.

Ela vai tentar se eleger deputada federal.

ISIDÓRIO VAI CRIAR NÚCLEO DE HÉTEROS NO PSB DA BAHIA

Isidório quer preservar a espécie

Isidório quer preservar a espécie

O deputado estadual Pastor Isidório esteve próximo de se desligar do PSB, cuja direção reprova gestos do político, considerado homofóbico. Porém, em vez de sair, ele resolveu se conciliar com a senadora Lídice da Mata e se diz disposto a abrandar o discurso, mas não tanto…

À reportagem do jornal A Tarde, segundo matéria de Biaggio Talento publicada hoje (2), Isidório declarou que pretende ficar “light”. Ainda assim, o deputado anuncia a intenção de criar um Núcleo Heterossexual no PSB, forma de se contrapor ao presidente do Grupo Gay da Bahia (GGB), Marcelo Cerqueira, que acaba se filiar à legenda.

Palavras de Isidório:

– Eles (os homossexuais) já estão em todos os cantos: é político bicha, jornalista bicha, juiz bicha, delegado bicha, médico bicha. O que vou fazer? Temos que respeitar os direitos e conviver com eles.

Segundo o parlamentar evangélico, a criação do Núcleo Heterossexual tem um objetivo, por assim dizer, ecológico, de preservação:

– Eu também tenho o direito de criar um grupo de heterossexuais para preservar a espécie. Não tem projeto de preservar bicho, de preservar baleia? Quero preservar o homem – explicou Isidório.

O novo colega do deputado, Marcelo Cerqueira, evitou polemizar e disse apenas que o deputado é um grande “marqueteiro”.

AUGUSTO CASTRO REBATE LÍDICE

Augusto cobra agilidade nas indenizações.

Pré-candidata ao governo da Bahia, a senadora Lídice da Mata (PSB) diz não haver possibilidade de aliança entre os socialistas e o PSDB em âmbito nacional. Isto, apesar da tentativa de aproximação entre o governador de Pernambuco, Eduardo Campos, do PSB, e o senador tucano Aécio Neves, ambos pré-candidatos à Presidência da República.

O deputado estadual Augusto Castro (PSDB) se opõe à afirmação de Lídice. Segundo ele, “o senador Aécio Neves tem conversado com todo mundo, inclusive com Eduardo Campos”. Para o tucano da Bahia, existe, portanto, chance de aliança no futuro.

Tudo depende, como diria Otávio Mangabeira, das nuvens da política.

JONAS PAULO GARANTE: “O PT É GENEROSO”

Jonas Paulo rebate Lídice

A senadora Lídice da Mata (PSB) se coloca como possível nome na disputa pela sucessão de Jaques Wagner e afirma que chegou a hora do PT ceder espaço aos alados. Lídice chegou a criticar a “avareza” do PT, afirmando que a tradição do partido tem sido a de “não abrir mão”.

A queixa da senadora teve resposta do presidente do diretório estadual do PT, Jonas Paulo. Em entrevita à Tribuna, ele declarou que o PT tem sido generoso com os parceiros políticos e citou a própria eleição da socialista para o Senado como um exemplo. O petista também mencionou a escolha de Gildásio Penedo (PSD) para o Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) e a presidência da Assembleia Legislativa, ocupada por Marcelo Nilo (PDT) como provas de que seu partido divide o bolo.

Lídice pode mudar o discurso e dizer que o PT cede alguns espaços para acomodar os aliados e mantê-los em sua órbita. Na cúpula do poder, porém, são “outros quinhentos”.

MOACYR “VOLTA” À PRESIDÊNCIA DA AMURC

Foi essa a impressão durante o encontro ocorrido nesta manhã, no Colégio Modelo Luís Eduardo Magalhães, em Ilhéus, onde representantes de municípios que integram o Território Litoral Sul discutiam o Plano Plurianual Participativo 2012-2015. Todas as autoridades, da senadora Lídice da Mata (PSB) ao secretário de Planejamento, Zezéu Ribeiro, tratavam o prefeito de Uruçuca, Moacyr Leite, como “presidente da Amurc”.

Leite ocupou o cargo até janeiro deste ano, quando se deu a eleição de Cláudio Dourado, prefeito de Ibicuí. Mas este município não integra o Território Litoral Sul.

Curioso é que o prefeito Newton Lima, de Ilhéus, cidade-anfitriã do evento, não mereceu a mesma consideração do ex-titular da Amurc. E Newton é presidente de honra da entidade!

A SUCESSÃO DE WAGNER

Pinheiro, Wagner, Lídice e, ao fundo, o vice eleito, Otto Alencar (Foto Divulgação).

O governador Jaques Wagner mirava a sua própria sucessão, em 2014, quando defendeu o nome de Walter Pinheiro para a disputa ao Senado Federal em lugar de Waldir Pires na vaga petista da chapa majoritária.

Wagner afirmou, numa visita a Ilhéus, em maio, que Pinheiro tinha perfil mais adequado para os embates a serem travados a partir de 2011 em Brasília. Certo, ok. Mas internamente o pensamento não era, necessariamente, Brasília. Bahia, pois. Eleito, o amigo Pinheiro fortaleceria o projeto petista de 2014.

Por enquanto, tudo está dando certo. O deputado federal saiu como o mais votado das urnas para o Senado pela Bahia e seu caminho natural é mesmo suceder o Galego.

Arriscar a prefeitura de Salvador, em 2012, é algo que não se pode riscar do mapa, mas poderá lhe tirar pontos importantes na disputa ao Palácio de Ondina, como admitiu uma fonte muito próxima e amicíssima de Wagner e Pinheiro.

O PT pode ter Pelegrino novamente no jogo em Salvador. Ele saiu como o segundo mais votado do PT e o quarto no estado na disputa por vaga à Câmara Federal.

Caso necessário, o partido abre mão da disputa na capital em 2012 e lança um aliado – talvez Lídice da Mata (PSB). A senadora eleita foi campeã de votos (por margem apertada) em Salvador. Bateu Pinheiro por 740.034 a 731.810 votos. É “candidata natural”, após ter abrir mão da disputa, em 2008, e ser vice do próprio Pinheiro.

VOX POPULI/A TARDE: WAGNER ATINGE 51%; SOUTO CAI E EMPATA COM GEDDEL

Souto, Wagner e Geddel: vitória petista no 1º turno (Fotomontagem Google).

– Dilma tem 65% na BA, ante 15% de Serra e 9% de Marina

A mais nova pesquisa Vox Populi/A Tarde revela crescimento de cinco pontos percentuais do governador e candidato à reeleição, Jaques Wagner (PT). No intervalo de 26 de agosto e 25 a 27 de setembro, o petista saltou de 46% para 51% das intenções de voto.

Bem atrás, Paulo Souto (DEM) oscilou negativamente – de 17% para 15%, enquanto Geddel Vieira Lima (PMDB) saiu de 11% e foi a 12%. Bassuma (PV) oscilou de 1% para 3% e os demais concorrentes não pontuaram.

O levantamento tem margem de erro de 3,1 pontos percentuais e ouviu mil eleitores em todo o estado, nos dias 25, 26  e 27. Votos Brancos e nulos atingiram 5%. O percentual de indecisos caiu de 18% para 14% em um mês. Para 68% da população, o governador sairá vitorioso das urnas no domingo.

Na pesquisa espontânea, Wagner pulou de 32% para 37% e Souto foi de 7% a 8%. Geddel saiu de 6% para 8%. Neste caso, o percentual de indecisos é de 37%, além de 6% de brancos e nulos e 1% atribuído a outros candidatos.

O Vox Populi/A Tarde também fez simulações de segundo turno. No confronto entre petistas e democratas, Wagner teria 63%, ante 22% de Paulo Souto. Quanto são confrontados Wagner e Geddel, o governador tem 64% e Geddel só 19%.

SENADO
Na corrida ao Senado, Walter Pinheiro (PT) e Lídice da Mata (PSB) lideram com 18% e 17%, respectivamente. César Borges (PR) aparece com 14%. O trio está em situação de empate técnico.

PRESIDÊNCIA
A pesquisa também aferiu a corrida presidencial na Bahia. Dilma Roussef (PT) aparece com 65%, estável. José Serra (PSDB) tem 15% e Marina Silva (PV) pontua com 9%. A pesquisa completa você confere na edição d´A Tarde deste sábado, 2. Confira aqui se for assinante.

CAMINHADA REÚNE GERALDO, LÍDICE E PINHEIRO

Lídice da Mata (PSB) e Walter Pinheiro (PT), candidatos ao Senado na chapa de Jaques Wagner, participam de caminhada nesta sexta-feir, 1º, às 15h30min, na avenida do Cinquentenário.

A caminhada será o último grande evento de campanha, em Itabuna, do deputado federal e candidato à reeleição Geraldo Simões, e da chapa majoritária governista. O ato espera reunir, pelo menos, cinco mil pessoas.

WAGNER E GEDDEL CRESCEM; SOUTO TEM QUEDA

Nesta madrugada, o Datafolha divulgou apenas os percentuais de votos válidos da pesquisa sobre a sucessão baiana. Mas quando são computados os votos em branco e nulo e o percentual de indecisos, Jaques Wagner (PT) sai de 48% para 50% – embora tenha atingido 52% há 10 dias. Paulo Souto (DEM) oscila de 21% para 19% e o ex-ministro Geddel Vieira Lima (PMDB) sobe de 12% para 15%.

As oscilações ocorrem dentro da margem de erro, que é de 3 pontos percentuais. Bassuma (PV) atingiu 2% e Professor Carlos (PSTU) obteve 1%. Mendes e Sandro Santa Bárbara não pontuaram. Brancos e nulos somam 4% e o percentual de indecisos atinge 8%.

Quando comparados os números da largada eleitoral, em julho, com estes do levantamento divulgado hoje, eis o cenário:

Wagner tinha 44% no levantamento de 20 a 23 de julho e aparece com 50% agora.

Paulo Souto largou com 23% e chega à reta final com 19%

Geddel saiu com 13% e chega a 15% agora.

Na corrida ao Senado, a pesquisa desta quinta aponta César (PR) e Lídice (PSB) com 34% e Pinheiro (PT) com 30%. Já Aleluia (DEM), obtém 13%, um a mais que o companheiro de partido, José Ronaldo.

Edvaldo Brito tem 11%. Edson Duarte (PV) tem 3%. Na lanterna, aparecem Zilmar (PSOL) e França (PSOL) com 1% e Albione (PSTU), que não pontuou.

unisa






WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia