outubro 2014
D S T Q Q S S
« set    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  



:: ‘Luís Eduardo Magalhães’

DEM TENTA MANTER NOME DE LUÍS EDUARDO EM AEROPORTO

aeroporto salvadorPoder Online, IG

A bancada do DEM tem se esforçado para barrar até mesmo a discussão sobre o projeto que pretende resgatar o nome original do aeroporto internacional de Salvador, inicialmente chamado Dois de Julho.

O partido não abre mão da homenagem feita após a morte do ex-deputado federal Luís Eduardo Magalhães (PFL-BA) – filho de Antônio Carlos Magalhães – que também dá o nome a um município baiano e a uma avenida em Salvador.

Na última quarta-feira, o DEM nomeou inclusive os deputados Claudio Cajado (DEM-BA), Alexandre Leite (DEM-SP) e Ronaldo Caiado (DEM-GO) para a Comissão de Cultura da Câmara dos Deputados – que entraram em obstrução e acabaram derrubando a sessão.

AUGUSTO, O PREFEITURÁVEL

marco wense1Marco Wense

O resultado da eleição para o Palácio de Ondina pode mudar o cenário eleitoral de 2016. Se ganha Geddel Vieira Lima, o ex-prefeito Fernando Gomes vira um potencial candidato pelo PMDB.

A pré-candidatura do deputado estadual Augusto Castro à sucessão do prefeito Claudevane Leite vai depender do desempenho do tucano (PSDB) na eleição de 2014.

O primeiro passo é se reeleger. A reeleição é imprescindível para que o parlamentar consiga se viabilizar como postulante ao comando do cobiçado Centro Administrativo Firmino Alves.

Mas não é só o segundo mandato que é importante. Castro pode até ter o dobro de votos do pleito anterior (31.062) e ficar sem força para disputar o processo sucessório.

Uma boa votação em Itabuna é indispensável. Em 2010, Castro obteve quase oito mil votos. Uma projeção feita por ele mesmo sem levar muito em conta as pesquisas de intenção de voto.

E qual seria a votação para credenciar Augusto Castro como pré-candidato à sucessão municipal de 2016? A resposta é não menos de 15 mil votos.

E quem seriam os adversários do tucano? A priori, salvo algum acidente de percurso, seja ele da vida ou da lei, o ex-prefeito Geraldo Simões e o atual Claudevane Leite (PRB).

Geraldo como única opção viável do PT. Claudevane buscando sua candidatura natural a um segundo mandato se não ficar impossibilitado pelo fim do instituto da reeleição.

Bom mesmo para Castro é o ex-alcaide José Azevedo ficar inelegível. Confirmada a inelegibilidade, o tucano teria o apoio de dois ex-gestores: o próprio Azevedo e Ubaldo Dantas.

O resultado da eleição para o Palácio de Ondina pode mudar o cenário eleitoral de 2016. Se ganha Geddel Vieira Lima, o ex-prefeito Fernando Gomes vira um potencial candidato pelo PMDB.

Uma coisa é certa: Augusto Castro dorme, acorda e, de tanto sonhar com a prefeitura de Itabuna, termina se esquecendo de escovar os dentes.

O REI DO CARLISMO

,,,

Moncorvo, de blusa branca, em homenagem a Luís Eduardo Magalhães.

Onde anda Vivaldo Moncorvo? Como anda sua saúde? Vivaldo é natural de Senhor do Bonfim. Por iniciativa do então vereador Ely Barbosa, recebeu o título de cidadão itabunense (1995).

Moncorvo era o pefelista dos pefelistas. O mais fiel carlista da história política de Itabuna. Conheceu o então deputado federal Antonio Carlos Magalhães por intermédio de Ângelo Magalhães (irmão de ACM).

Do Poder Legislativo, Vivaldo Moncorvo recebeu o título de cidadão itabunense. Da modesta Coluna Wense, o “Rei do Carlismo”.

Marco Wense é articulista do Diário Bahia.

TEIXEIRA DE FREITAS OBTÉM R$ 222 MILHÕES NO PAC 2

Dilma cumprimenta Bosco pela maior captação de recursos na Bahia (Foto Divulgação).

Dilma cumprimenta Bosco pela maior captação de recursos na Bahia (Foto Divulgação).

Teixeira de Freitas foi o município baiano que mais teve projetos aprovados no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2), anunciado ontem pela presidente Dilma Rousseff. Dos R$ 900 milhões para a Bahia, o município do Extremo-Sul abocanhou R$ 222 milhões.

O prefeito João Bosco (PT) foi cumprimentado, pessoalmente, pela presidente Dilma Rousseff pela posição conquistada por Teixeira de Freitas. Passada a festa, caberá ao município prepara as licitações. E ao cidadão, fiscalizar a aplicação dos recursos.

MAIS BENEFICIADOS

Além de Teixeira, outros 12 municípios foram beneficiados com recursos na área de saneamento básico. São eles Eunápolis, Ilhéus, Irecê, Itaberaba, Jacobina, Luís Eduardo Magalhães, Paulo Afonso, Salvador,  Senhor do Bonfim, Valença e Vitória da Conquista.

BAHIA: SENADO APROVA UFOBA

O Senado Federal aprovou nesta terça (28) a criação da Universidade Federal do Oeste da Bahia (Ufoba). A votação do projeto do governo federal ocorreu em regime de urgência.

A Ufoba terá campi em Barreiras – onde será instalada a reitoria -, Barra, Bom Jesus da Lapa, Luís Eduardo Magalhães e Santa Maria da Vitória.

Ainda nesta terça, os senadores aprovaram a criação de outras duas instituições federais de ensino superior: a Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (Unifesspa), que terá sede em Marabá; e a Universidade Federal do Cariri (UFCA), em Juazeiro do Norte.

PRODUTOR MORRE EM QUEDA DE AVIÃO NA BA

Dirceu deixa esposa e filha (Foto Reprodução).

Dirceu deixa esposa e filha (Foto Reprodução).

Um avião de pequeno porte caiu no município baiano de Luís Eduardo Magalhães (a 797 km de Salvador) na manhã desta quinta-feira, 25, por volta de 7h15. O piloto e produtor rural, Dirceu Montani Filho, de 30 anos, morreu no acidente. Ele tinha acabado de decolar do aeroporto da cidade, quando a aeronave caiu e explodiu. Ele morreu na hora.

Dirceu pilotava um equipamento Elite VFR de propriedade de um amigo, já que o dele está em manutenção. Ele seguia para uma fazenda da sua família no Piauí. Leia mais n´A Tarde.

DISPUTA DE HERANÇA PODE LEVAR À EXUMAÇÃO DE CORPO DE LUÍS EDUARDO

Do Bahia Notícias

Siméa e ex-deputado tiveram relacionamento de cinco anos, diz revista.

A Justiça determinou a exumação do corpo do ex-deputado Luis Eduardo Magalhães, morto de ataque do coração em 1998, quando contava 43 anos. De acordo com a Revista Veja, o motivo para determinar o desenterro é um processo de reconhecimento de paternidade de um rapaz de 16 anos, supostamente fruto da relação extraconjugal de Luis Eduardo com Siméa Maria de Castro Antun.

Os dois teriam se conhecido em 1989, durante uma convenção do antigo PFL, em Brasília. Siméa, uma loira estonteante (na época), era conhecida na capital federal por ser garota propaganda de uma rede de lojas de imóveis, e foi contratada para trabalhar como recepcionista no gabinete do parlamentar. Logo em seguida, ela passou a morar no apê funcional de Luis Eduardo – a quem chamava de Luigi –, e só saiu de lá cinco anos mais tarde, quando engravidou. Siméa contou à Justiça que o deputado chegou a sugerir que ela fizesse aborto.

O relacionamento então acabou, mas a mulher continuou recebendo ajuda financeira do ex-caso. Com sua morte precoce, o pai dele, ACM, passou a bancá-la. Entretanto, o “Cabeça Branca” também veio a falecer, em 2007, e Siméa não teve mais a quem recorrer na família Magalhães. Resolveu então acionar o clã na Justiça, após um acerto verbal com os herdeiros