WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


alba










setembro 2019
D S T Q Q S S
« ago    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  

editorias






:: ‘luto’

MORRE O EX-DEPUTADO EUJÁCIO SIMÕES

Eujácio faleceu neste domingo em Salvador

O ex-deputado federal e estadual Eujácio Simões Filho, também ex-presidente da Assembleia Legislativa da Bahia, faleceu neste domingo (18), aos 71 anos, em Salvador. Natural de Itororó, Eujácio era arquiteto, formado pela Universidade Federal da Bahia.

Como deputado estadual, ocupou dois mandatos na ALBA, entre os anos de 1987 e 1995, ocupando também a presidência do parlamento baiano. Também por dois mandados, entre 1995 e 2003, foi para Brasília, para o Congresso nacional, como deputado federal.

LUTO OFICIAL

O presidente da Alba, Nelson Leal, decretou luto oficial de três dias pela morte de Eujácio. “Eujácio era muito querido pelo meu pai e essa amizade acabou se refletindo em mim. Adorava o jeito dele de falar, com aquele vozeirão, porte de ‘coronel’, mas que era de um coração maternal. Era um defensor intransigente da Bahia, dos interesses da Bahia, e dos municípios que representava, especialmente sua terra, Itororó”, disse.

“Quando cheguei na Assembleia, ele já estava ocupando o mandato como deputado federal, em Brasília, mas chegamos a fazer ‘dobradinha’ política em vários municípios. A Bahia política amanhece hoje um pouco menor com a morte de Eujácio, excelente apreciador de uma boa comida, de um bom vinho, de cavalos e das vaquejadas”, diz Nelson Leal.

NESTA QUARTA, A POLÍTICA PAROU

A coordenação das campanhas dos candidatos Davidson Magalhães e Aldenes Meira, que disputam mandato na Câmara dos Deputados e Assembleia Legislativa, respectivamente, determinou a suspensão das atividades na tarde desta quarta-feira (13), logo após a confirmação da morte do candidato do PSB à Presidência, Eduardo Campos. Com isso, militantes foram temporariamente dispensados e não houve circulação de carros de som.

Em Itabuna, além dos políticos, instituições como Amurc, Associação Comercial e Câmara de Vereadores emitiram notas de pesar. Na Câmara, houve um minuto de silêncio no início da sessão plenária.

Em sua página no Facebook, Aldenes Meira registrou que recebeu a notícia com perplexidade e observou que “o Brasil perdeu um grande cidadão e está de luto”.

São manifestações que repercutem o clima de comoção nacional. O site da presidente Dilma Rousseff substituiu sua página inicial por uma imagem do político pernambucano e a frase: “Todo o Brasil está em luto pela morte de Eduardo Campos”.






WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia