WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


alba










dezembro 2019
D S T Q Q S S
« nov    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

editorias






:: ‘Maciota’

TJ-BA MANTÉM DECISÃO E MÚSICO QUE MATOU ISABELA SEARA VAI CUMPRIR PENA DE 14 ANOS

Luciano preso dias após o crime  em 2005 (R2Cpress/Arquivo).

O músico Luciano Moreira Malaquias, condenado a 14 anos de prisão, em regime fechado, pelo assassinato de Isabela Nascimento Seara, vai finalmente cumprir sua pena no Presídio de Itabuna. O homicida foi preso no sábado, 21, em Itagimirim, pela equipe do delegado regional Moisés Damasceno.

O policial cumpriu a mandado de prisão expedido pelo juiz da Vara do Júri, Antonio Carlos Rodrigues de Moraes. O Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), manteve a sentença que condenou o réu a 14 anos de prisão, das quais ele já cumpriu aproximadamente 3 anos.

Luciano foi condenado em 20 de novembro de 2008, mas conseguiu recorrer em liberdade. Ele estava residindo em Itagimirim, onde se apresentava como DJ Maciota e era diretor de eventos da prefeitura local.

O CRIME

Isabela Seara foi assassinada em 2005.

No dia 2 de junho de 2005, o músico matou por asfixia a estudante de Comunicação Social da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) e estagiária da TV Santa Cruz Isabela Seara, na Rua Né Abade, 53, Pontalzinho, em Itabuna.

O crime teve grande repercussão e comoveu pela maneira fútil como foi cometido. O músico alegou ciúmes para matar a jovem e, preso, afirmou que a morte teria sido acidente, apesar das marcas de estrangulamento.

Após cometer o crime, o músico fugiu para Ilhéus, onde foi localizado e preso numa pousada na região central.






WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia