WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


alba










dezembro 2019
D S T Q Q S S
« nov    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

editorias






:: ‘Maranhão’

MAIS MÉDICOS ABRE INSCRIÇÕES PARA VAGAS EM CERCA DE 1,2 MIL MUNICÍPIOS

Programa Mais Médicos abre vagas

O Ministério da Saúde abriu, nesta segunda-feira (27), inscrições para a contratação de profissionais para o Programa Mais Médicos. A seleção visa o preenchimento de vagas disponíveis em cerca de 1.200 municípios, principalmente em regiões que estão sem médicos desde a saída dos profissionais cubanos, no ano passado.

São oferecidas 2.212 vagas para os profissionais que realizar atendimento na atenção primária à saúde da população que vive nas regiões com mais necessidade de cuidados. Os candidatos têm até quarta-feira (29) para se inscrever. Acesse aqui.

Nos dias 6 e 7 de junho, os candidatos deverão acessar o Sistema de Gerenciamento de Programas (SGP) para informar em qual localidade têm interesse em trabalhar, entre os 1.185 municípios e 13 Distritos Sanitários Especiais Indígenas (DSEIs) com os mais altos índices de vulnerabilidade do país. Os números foram recentemente atualizados pelo sistema.

O prazo para que os gestores municipais confirmem o número de médicos que precisam para o atendimento em suas unidades de saúde também termina na próxima quarta. O resultado com o número final de vagas destinadas aos municípios que receberão os profissionais será publicado no dia 4 de junho.

HADDAD PROMETE GÁS DE COZINHA A R$ 49,00 E AUMENTO DE 20% NO BOLSA FAMÍLIA

Presidenciável Fernando Haddad é recebido pelo governador do Maranhão, Flávio Dino, e promete gás de cozinha mais barato || Foto Ricardo Stuckert

O candidato do PT à presidência da República, Fernando Haddad, disse hoje (21), em São Luís, capital do Maranhão, que se eleito, vai editar uma medida estabelecendo o preço máximo do gás de cozinha em R$ 49. Ele também afirmou que aumentará o valor do Bolsa Família em 20%.

Segundo o candidato, as medidas estão entre as suas prioridades e devem ser colocadas em prática logo em janeiro. De acordo com Haddad, com o aumento do preço do gás de cozinha, famílias pobres têm optado por usar o álcool – o que não é recomendado para uso doméstico e tem causado diversos acidentes. O anúncio foi feito após caminhada pelas ruas do Anil, bairro popular localizado na região central da capital maranhense.

Acompanhado por aliados e simpatizantes, Haddad caminhou ao lado do governador reeleito Flávio Dino (PC do B). O petista conversou com as pessoas que o paravam. Em seguida, ele seguiu para um hotel, no centro da capital maranhense para conceder uma entrevista à imprensa.

Haddad encerra em São Luís a viagem ao Nordeste que começou na sexta-feira (19), quando desembarcou em Fortaleza. Ele passou pelas capitais do Ceará e Maranhão, foi também a Picos, no Piauí, Crato e Juazeiro do Norte, no interior cearense.

WALDIR MARANHÃO RECUA E REVOGA DECISÃO CONTRA IMPEACHMENT

Maranhão volta atrás, depois de anular votação do impeachment na Câmara (Foto Gustavo Lima/Agência Brasil).

Maranhão volta atrás, depois de anular votação do impeachment na Câmara (Foto Gustavo Lima/Agência Brasil).

O presidente em exercício da Câmara dos Deputados, Waldir Maranhão (PP-MA) revogou, na madrugada de hoje (10) decisão tomada ontem (9) de manhã, de anular as sessões plenárias da Câmara em que foi aprovada a admissibilidade do processo de impeachment da presidenta Dilma Rousseff.

“Revogo a decisão por mim proferida em 9 de maio de 2016 por meio da qual foram anuladas as sessões do plenário da Câmara dos Deputados ocorridas dias 15, 16 e 17 de abril de 2016, nas quais se deliberou sobre a Denúncia por Crime de Responsabilidade nº 1/2015”, diz o texto do ofício assinado por Maranhão.

Em outro ofício, Waldir Maranhão comunicou a decisão ao presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL). Da Agência Brasil

BRASIL REGISTRA MORTE POR ZIKA

Zika vírus é transmitido pelo mesmo mosquito da dengue, o Aedes aegypti.

Zika vírus é transmitido pelo Aedes aegypti.

Da Agência Brasil

O Instituto Evandro Chagas confirmou hoje (27) o primeiro caso de morte por vírus Zika no país. A doença é transmitida por meio da picada do Aedes aegypti, mesmo mosquito transmissor da dengue e da febre chikungunya.

Segundo o instituto, o paciente morava no Maranhão e a morte ocorreu em junho. O caso foi encaminhado para a instituição, com sede em Belém, por ser referência nacional em febres hemorrágicas.

O paciente tinha lúpus, uma doença que afeta o sistema imunológico, e por isso não resistiu à zika. O Instituto Evandro Chagas notificou o Ministério da Saúde.

A assessoria do ministério disse que recebeu os dados, analisa as informações repassadas e vai divulgar um posicionamento sobre o assunto na próxima semana.

O vírus Zika é caracterizado por febre baixa, olhos vermelhos sem secreção e sem coceira, dores nas articulações e erupção cutânea com pontos brancos e vermelhos, além de dores musculares, dor de cabeça e dor nas costas. A maior parte dos casos não apresenta sintomas. O tratamento é sintomático com uso de paracetamol para febre e dor, conforme orientação médica.

Os casos de vírus Zika vem chamando atenção nas últimas semanas devido a possíveis ligações da doença com o aumento de microcefalia no Nordeste.

ESCRIVÃ DE POLÍCIA É MORTA A FACADAS DENTRO DE DELEGACIA

Loane foi atacada dentro da delegacia (Reprodução Facebook).

Loane foi atacada dentro da delegacia (Reprodução Facebook).

Um gari acusado de estuprar as filhas, de 17 e 20 anos, matou a facadas a escrivã Loane Maranhão Silva Thé, 32, dentro da delegacia de Polícia Civil de Caxias, no Maranhão. O crime ocorreu enquanto Loane colhia depoimento de Francisco Alves Costa, de 43 anos.

De acordo com testemunha, Loane estava em uma sala da Delegacia da Mulher tomando o depoimento, quando o gari puxou a faca e atacou a escrivã. A arma estava escondida na roupa do criminoso.

O gari ainda atacou a facadas a investigadora Marlene Almeida, que tentou socorrer a colega. Marlene está internada no Hospital Regional de Caxias e, segundo o Portal Uol, não corre risco de perder a vida.

Francisco conseguiu fugir da delegacia, mas foi preso no terminal rodoviário da cidade maranhense. O comando da polícia civil do Maranhão informou que apenas a escrivã e a investigadora estavam na delegacia no momento do crime.

MARANHÃO RECEBEU RECURSOS PARA CONSTRUIR PRESÍDIOS, MAS DEVOLVEU

Charge do Blog do Eliomar

Charge do Blog do Eliomar

Alex Rodrigues | Agência Brasil

Apesar de enfrentar, há anos, o problema da falta de vagas em suas prisões, o governo do Maranhão devolveu quase R$ 24 milhões à União por não ter conseguido executar, em tempo hábil, os projetos de construção de um presídio e de duas cadeias públicas. Juntas, as cadeias de Pinheiro e de Santa Inês e o Presídio Regional de Pinheiro acrescentariam 681 vagas ao sistema carcerário maranhense.

De 1998 a 2012, o Departamento Penitenciário Nacional (Depen), do Ministério da Justiça, e o governo do estado assinaram nove convênios para construção de presídios, entre eles os três que tiveram os projetos cancelados. Juntos, os nove convênios totalizam R$ 50.749.830,00. Subtraídos os R$ 23.962.399,00 devolvidos ao Depen, o governo estadual aplicou pouco mais de R$ 26 milhões dos recursos federais recebidos por meio de contratos assinados nos últimos 15 anos – alguns deles ainda estão em vigor e há obras em andamento. Existem ainda contratos que beneficiam o sistema carcerário maranhense, com o aparelhamento de unidades prisionais, realização de mutirões de execução penal e instalação de centrais de acompanhamento de penas alternativas.

Os contratos não cancelados destinam recursos para as seguintes obras: construção das penitenciárias de João Lisboa (R$ 1 milhão, em 1998) e de São Luís (R$ 2,061 milhões, em 2000); do Presídio Regional de Pedreiras (R$ 1,581 milhão, entre 2001 e 2002). Em 2007, foram assinados os contratos para a construção da Penitenciária de Imperatriz (R$ 6,508 milhões), da Penitenciária Feminina de Pedrinhas, em São Luís (R$ 9,446 milhões), e para ampliação do Presídio de São Luís (R$ 5,641 milhões).

Leia mais

BAHIA DESPACHA MARANHÃO NA COPA DO BRASIL

O Bahia se recuperou da goleada sofrida no clássico estadual (reveja aqui) e despachou o Maranhão, há pouco, em sua estreia na Copa do Brasil 2013.

Jogando na casa do adversário, em São Luís, o Tricolor de Aço bateu o time maranhense por 2 a 0 e eliminou o jogo de volta. Os gols foram marcados por Magal e Diones.

O time baiano pegará o vencedor de  Luverdense e Tupi.

KADAFI DO NORDESTE

Vídeo raríssimo produzido pelo cineasta baiano Glauber Rocha mostra a posse de José Sarney no governo do Maranhão, em 1966. Em contraste com as promessas do político, Glauber retrata a miséria do povo maranhense, que perduram depois de mais de 40 anos de poder do Kadafi do Nordeste. A sugestão do vídeo é do excelente blog “Ao Vinagrete”.

ESCRITOR ANGOLANO MANTINHA JOVEM EM CÁRCERE PRIVADO

Nágila: cárcere privado e maus-tratos em Campos.

A jovem maranhense que vivia há um ano em Itabuna e viajou para Campos de Goytacazes (RJ) em companhia de um contador de histórias e escritor angolano foi vítima de maus-tratos e estava sendo mantida em cárcere privado, segundo a Polícia Federal. N.P.S., 18, viajou com Fernando Serrote Gonga para atuar como assistente nas palestras.

A Polícia Federal prendeu o angolano, que usa o nome artístico Fernando Mawéze, por desacato quando da abordagem no local onde N. era mantida.

O escritor e palestrante confirmou à polícia que “iria matar” N. caso a jovem fugisse e afirmava que não poderia ser preso pois era “Rei de Angola”. A estudante encontra-se sob os cuidados da polícia e a mãe dela viajou do Maranhão a Campos, ontem, para buscá-la.

De acordo com amigos de N., o angolano a seduziu com proposta de trabalho, mas já no domingo anterior ao sumiço teria feito ameaças caso a estudante não viajasse para o Rio de Janeiro. O escritor dizia que era “rei de Angola” e ela, “a prometida”. N. seria levada a força para o país africano.

Familiares de Fernando Mawéze confirmaram à Polícia Federal que o escritor e sofre de esquizofrenia.  A jovem foi mantida sob cárcere privado no Rio de Janeiro. Ela teria afirmado que estava bem por causa das ameaças de Fernando. O quadro real somente foi descoberto quando a polícia entrou em ação. O escritor conheceu a jovem em Itabuna e chegou a dar palestra em escolas estaduais sobre História da Cultura Africana.

“ITABUNA” ENFRENTA O SÃO PAULO

O time misto, formado por 80% de atletas do Marília do Maranhão e 20% do Itabuna, mas com o nome desta equipe, volta a campo neste sábado, 08, na segunda rodada da Copa São Paulo de Futebol Júnior. Às 17 horas, no estádio municipal Major José Levy Sobrinho, na cidade de Limeira, o Itabuna enfrenta a poderosa equipe do São Paulo, que na estreia sapecou 5 x 0 no Ji-Paraná.

O Itabuna estreou com derrota por 1 x 0 diante da Inter de Limeira e agora depende do resultado favorável para prosseguir na competição. Ou seja, é a zebra ou a volta pra casa.

“ITABUNA DO MARANHÃO” ESTREIA DIA 5 NA TAÇA SÃO PAULO

O time com nome do Itabuna, uniforme do Itabuna, mas com jogadores do Marília do Maranhão, estreia nesta quarta-feira, 5, na Taça São Paulo de Futebol Júnior. O adversário será a Inter de Limeira.

Dos 18 jogadores relacionados para representar a equipe na competição, apenas quatro fazem parte do azulino sul-baiano (Clemilton Almeida, Tiago Silva, Mateus Melo e Andrei Amparo). Os outros 14 são do Marília, que comprou da diretoria do Itabuna o direito de participar do evento esportivo.

A Taça São Paulo é um chamariz para pequenos clubes, que encontram no torneio a possibilidade de negociar seus jovens talentos. Daí o interesse do Marília maranhense de comprar o direito de participação do Itabuna, mas atuar com 80% da prata da casa.

É o famoso “negócio da China”.

GOVERNADORES MAIS RICOS À FRENTE DOS ESTADOS MAIS POBRES

Matéria publicada hoje pelo jornal o Estado de São Paulo revela que os governadores eleitos com maior patrimônio declarado ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) são, paradoxalmente, aqueles que irão comandar os estados mais pobres.

O mais robusto financeiramente é o governador reeleito de Alagoas, Teotônio Vilela Filho (PSDB), com patrimônio de 14,62 milhões. Outra milionária que governa um estado paupérrimo é Roseana Sarney (PMDB). Ela declarou patrimônio próximo de R$ 8 milhões, enquanto o Maranhão ocupa a 26ª posição no ranking do Produto Interno Bruto (PIB) per capita, de acordo com o IBGE. Alagoas também está no fim da fila, com a 25ª colocação.








WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia