WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


alba

workshop










setembro 2019
D S T Q Q S S
« ago    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  

editorias






:: ‘Medicina’

ESTUDANTE DE MEDICINA, MISS ILHÉUS GABRIELA VIEGAS É ENCONTRADA MORTA

Gabriela Viegas foi encontrada morta em Minas, neste sábado (4)

A miss Ilhéus 2018, Gabriela Viegas, foi encontrada morta neste sábado (4), em Belo Horizonte, Minas Gerais. Ela estudava Medicina pela Universidade Federal da Bahia (Ufba) e estava noiva do consultor fitness Lucas Ferrara. “Gabriela Viegas acaba de perder a batalha contra a depressão. Meus sinceros sentimentos aos amigos, família e a todos os amantes do mundo miss que sofrem ao descobrir da pior maneira que suas deusas não estão imunes a esta triste doença. Descanse em paz”, afirmou missólogo Ricardo Mello.

Gabriela era ativa nas redes sociais, e a última foto que ela postou foi em uma praia, há seis dias. O coach de misses Maycom Soares lamentou a morte da amiga, que sofria depressão. “Hoje eu perdi a amiga mais querida que eu tinha, que mais se preocupava comigo. Ela me amava do jeito que sou, não me julgava, só me amava. Qualquer dorzinha que eu tinha, ligava para ela. Ela sempre me ajudava. Ela foi a miss mais miss que eu tive. Mais grata, mais humana, mais solidária. O que farei da minha vida sem os conselhos dela, sem o amor dela?”.

O velório de Gabriela será neste domingo (5), a partir das 16h, no SAF, na Conquista, em Ilhéus, e será aberto ao público. O sepultamento está marcado para a manhã desta segunda-feira (6). Redação Pimenta com Correio24h.

PREFEITURA DE ILHÉUS E FACULDADE DE MEDICINA EM ITABUNA ASSINAM CONVÊNIO

Dirigentes da Santo Agostinho e o prefeito Marão assinam convênio || Foto Clodoaldo Ribeiro

O prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre, assinou convênio com o curso de Medicina da Faculdade Santo Agostinho, na tarde desta segunda-feira (25), com o objetivo de abrir as portas de todas as unidades de saúde – de atenção básica, especializada e de alta complexidade – para que estudantes possam fazer atendimentos no município. Estiveram presentes no ato, os empresários Mércio Coelho e Eunápio Augusto, a diretora da Média e Alta Complexidade, Érika de Jesus, e a enfermeira Cláudia Patrícia, técnica do setor de Planejamento da Secretaria Municipal da Saúde (Sesau).

“A maior parte da nossa população é carente e precisa desse contato com os profissionais. Nossa rede de saúde pública está avançando a cada dia e, certamente, o estudante vem com a disposição de atender de forma humanizada. Essa parceria garante o aprendizado, fortalece as instituições e promove mais saúde para a população”, disse Mário Alexandre.

Os estudantes, orientados por seus professores, virão a Ilhéus acompanhar os pacientes nas unidades de saúde, na UPA 24h, no SAMU e até mesmo em atendimentos domiciliares. A iniciativa fará com que o aluno esteja em contato com a comunidade, abrindo um caminho para maior aprendizado e melhor formação profissional. Já para o município, cria a possibilidade de ampliar o atendimento humanizado na saúde.

O secretário municipal de Saúde, Geraldo Magela, exaltou a assinatura do convênio como um importante passo na consolidação de uma saúde pública mais humana e mais próxima do paciente. “A parceria gerará frutos que vão além do convênio assinado. A prefeitura tem buscado alternativas criativas para melhorar o serviço público, fomentar o desenvolvimento e levar mais saúde à população”, afirmou o secretário.

FERNANDO DIZ QUE PROIBIR NOVAS FACULDADES DE MEDICINA “É IMORALIDADE”

Fernando Gomes: medida é uma “imoralidade” || Foto Waldir Gomes

O prefeito de Itabuna, Fernando Gomes, fez visita ao campus da Faculdade Santo Agostinho, na J.S. Pinheiro, na Nova Itabuna, e considerou “uma imoralidade” a proibição do governo federal em autorizar novos cursos de Medicina pelos próximos cinco anos.

– Esperamos que o próximo governo cancele essa imoralidade. O que o MEC e o Ministério da Saúde devem fazer é fiscalizar os cursos para que sejam implantados com qualidade – disse o prefeito.

A Santo Agostinho não foi atingida pela medida, pois o processo de implantação do curso de Medicina, no âmbito do Programa Mais Médicos, começou em 2015, por edital lançado pela então presidente Dilma Rousseff.

Na semana passada, a faculdade foi credenciada pelo Ministério da Educação e deverá iniciar as atividades em 27 de julho, conforme anúncio feito hoje. O vestibular da instituição está previsto para 17 de junho. Serão oferecidas 85 vagas, 10 das quais para bolsistas. O curso da Santo Agostinho será coordenado pela médica Mércia Margotto, que integra o colegiado de Medicina da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc).

“NÃO MEXE COMIGO”

Mariana Ferreira

 

Quanto ao médico, fui informada pela ouvidoria do hospital, no período da tarde, de que foi afastado dos plantões e está sendo investigado. Aqui me posicionei e espero que minha voz convide outras mulheres a não se curvarem diante de um assédio, seja ele qual for.

 

 

“… Que eu não ando só”. A frase, entoada na poderosa voz de Maria Bethânia, serve bem como lema da luta feminina. São inúmeras as experiências ruins, deflagradas por invasões masculinas, na vida de qualquer mulher em qualquer etapa de sua existência. Basta nascer com esse sexo. Não é preciso ser representante de nenhum movimento para afirmar em alto e bom som que esse mau é real.

Relatar um assédio sexual ainda é um dilema na atualidade: para muitas mulheres, por medo da reação do agressor, e para outras muitas, pelo medo da exposição e do estigma de uma sociedade que tem a cultura de se voltar contra a vítima. Mas como diz Maria Bethânia, “não ando no breu, nem ando na treva”, e por isso não serei eu que me calarei.

Sempre fui bem tratada na Santa Casa de Misericórdia de Itabuna, local que sempre considerei um dos mais seguros da cidade para um cidadão buscar atenção à saúde. Não imaginava que seria lá que sofreria desrespeito e teria o meu pior Dia Internacional da Mulher. Justo numa instituição que tem 101 anos de fundação, mais de 70% do seu quadro funcional formado por mulheres e que presta relevantes serviços à sociedade, como o 1º Mutirão da Mulher no próximo dia 10. Em atendimento por causa de uma dificuldade respiratória pela manhã, o médico plantonista Luiz Duarte mostrou sua forma de agir num procedimento de ausculta respiratória, tocando de forma invasora uma paciente.

A primeira reação de uma mulher nessa circunstância infelizmente é tentar fazer a “ficha cair”, porque, apesar de todo o preparo que buscamos ao longo da vida – psicológico, emocional e físico, nunca imaginamos que isso vá acontecer conosco. A atitude foi flagrante, e era o meu dever reagir, pois algumas coisas que vêm à mente são: “eu pertenço a mim, ele não tem esse direito” e “não fui a primeira e não serei a última se eu permitir que continue às escuras”.

É preciso calar o medo da exposição para dar voz a um basta. Acredito que nada seja por acaso, e talvez por isso Deus tenha usado alguém com senso de cidadania e responsabilidade para não permitir que esses fatos se perpetuassem, para zelo das pacientes e da própria instituição.

É importante que prestem atenção que nós não queremos, nem precisamos, de piedade. Nós precisamos de apoio com atitude – de homens, mulheres e instituições competentes, e exigimos respeito de todo indivíduo e de sua representação máxima, a sociedade. O problema é que romantizar uma data como o Dia da Mulher só camufla uma realidade emergente.

Flores são bonitas e muitas mulheres, como eu, gostam, mas precisam ser símbolo de respeito praticado cotidianamente, e não banalizadas como têm sido. Assim como os discursos bonitos que são cheios de panos quentes para disfarçar a violência contra a mulher. Quantos assediadores notórios não vemos passarem mel em suas palavras no Dia da Mulher para se mostrarem de acordo com os bons costumes, mas que agem como predadores, não importando o dia, a hora, o local? É repulsivo, é vergonhoso!

Finalizo esse artigo fazendo alguns pleitos à Secretaria de Segurança Pública e à Secretaria de Políticas para as Mulheres da Bahia. Não se pode falar em respeitar as minas sem olhar para suas estruturas de apoio a elas. A Delegacia da Mulher em Itabuna reúne tudo o que não pode acontecer: endereço num local deserto, com várias ocorrências de assaltos no entorno, a necessidade de subir ladeira para chegar à unidade, um sistema de registro de queixas que demora mais de uma hora para concluir o processo (no meu caso foi 1h15min) e em um cômodo abafado e sem um ventilador sequer para esse momento penoso da denúncia, sem falar na falta de privacidade da denunciante. Passou da hora de melhorar!

Quanto ao médico, fui informada pela ouvidoria do hospital, no período da tarde, de que foi afastado dos plantões e está sendo investigado. Aqui me posicionei e espero que minha voz convide outras mulheres a não se curvarem diante de um assédio, seja ele qual for. Já disse Maria, a Bethânia: “O que é teu já tá guardado, não sou eu que vou lhe dar”. É a Justiça quem vai. O tempo é chegado.

Mariana Ferreira é jornalista.

MORRE O MÉDICO CARLOS MATTEDI

Mattedi com a esposa, Acácia Pinho

O médico endocrinologista Carlos Mattedi faleceu na madrugada desta quarta-feira (16), no Hospital Português, em Salvador, vítima de doença hepática. Mattedi era bastante conhecido em Itabuna e esposo da professora Acácia Pinho, ex-secretária de Administração de Itabuna e ex-candidata a prefeita. O corpo do médico será cremado em Salvador.

Há pouco, a provedoria da Santa Casa de Misericórdia de Itabuna emitiu nota de pesar pela morte do profissional. “Neste momento de dor, a Santa Casa de Itabuna manifesta suas condolências aos familiares. Em especial a sua esposa, professora Acácia Pinho, e à filha do casal.

Capixaba, Mattedi também era membro da irmandade e integrava o corpo clínico da Santa Casa de Itabuna. Também nesta manhã, o médico Rafael Andrade, criador do Mutirão do Diabetes de Itabuna se pronunciou sobre a perda. “Lamentamos a morte de um grande parceiro, que além de profissional exemplar, nos deixa um grande exemplo de solidariedade e voluntariado”, disse Rafael.

BRUMADO E PORTO SÃO PRÉ-SELECIONADOS PELO MEC PARA FACULDADES DE MEDICINA

Porto Seguro poderá contar com uma faculdade de Medicina

Brumado, Irecê, Porto Seguro e Valença estão entre os 29 municípios brasileiros pré-selecionados pelo Ministério da Educação para autorização de criação de cursos de Medicina por instituições privadas de educação superior. O edital de chamamento público foi publicado no Diário Oficial da União (DOU) nesse final de semana. A instituição selecionada poderá oferecer 50 vagas.

O próximo passo é a adesão do município convocado. Cada município que aderir se compromete a oferecer a estrutura de equipamentos públicos, cenários de atenção à rede e programas de saúde necessários para a autorização da criação dos cursos. Até março do ano que vem, uma comitiva da Secretaria de Regulação e Supervisão da Educação Superior (Seres), do MEC, vai visitar e conferir de perto as estruturas.

Brumado é pré-selecionado para faculdade de Medicina|| Foto Brumado Urgente

Para aderir ao processo, o município pré-selecionado deverá acessar o Sistema de Monitoramento, Execução e Controle do MEC (Simec), preencher o requerimento e enviar os documentos. A última etapa é a habilitação das mantenedoras de instituições de educação superior.

Os municípios que não obtiverem resultados satisfatórios durante as visitas da comissão serão excluídos do processo. A divulgação do resultado será feita pela página da Seres no portal do MEC e a homologação do resultado será publicada no Diário Oficial da União, com a lista final dos municípios contemplados.

O RANKING DOS MELHORES CURSOS DE MEDICINA DO PAÍS; UESC FICA EM 10º LUGAR

Campus da Uesc, na Rodovia Ilhéus-Itabuna || Foto José Nazal

O curso de Medicina da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) aparece em 10º lugar entre os melhores do País, conforme ranking divulgado pelo Ministério da Educação (MEC). A base é o ciclo avaliativo de 2016.

Na Bahia, a faculdade é a melhor posicionada. Já em segundo lugar, aparece o curso oferecido pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb).

Pelo ranking, o melhor curso de Medicina no Brasil é o da Universidade Federal de Viçosa, de Viçosa (MG), que também é pública. Dentre as faculdades de Medicina particulares, a melhor posicionada é a Universidade Nove de Julho, de São Paulo (SP). :: LEIA MAIS »

PARA PRESIDENTE DA COMISSÃO DE SAÚDE DA AL-BA, BARRAR CRIAÇÃO DE NOVOS CURSOS DE MEDICINA É RETROCESSO

Alex de Piatã critica medida de Temer || Foto Divulgação

O presidente da Comissão da Saúde da Assembleia Legislativa da Bahia, deputado Alex da Piatã (PSD), repudiou a possível medida do presidente Michel Temer (PMDB) de decretar uma moratória para impedir a abertura de novos cursos de medicina no país. A ação do peemedebista provocaria um tempo de cinco anos sem o surgimento dos cursos. Alex classificou o caso como absurdo e retrocesso.

“É um retrocesso total. Só de imaginarmos que estávamos avançando tanto em aberturas de novos cursos em todas as áreas. Um curso de medicina é importante! O presidente agora vem com essa possibilidade sem nenhuma justificativa plausível. Isso parece um discurso generalista, sem detalhes, sem números. Nada mais é do que retrocesso”, declarou.

Alex reiterou acreditar que o fato só vai encarecer os atuais custos das faculdades de medicina particulares já existentes. “Nós temos as faculdades de medicina com as mensalidades mais altas do mundo, que beiram os R$7 mil e essa medida pode deixar ainda mais caro. E temos um agravante: a suspensão também impacta as faculdades públicas que poderiam receber esses cursos”.

A medida de Temer foi revelada na sexta-feira (17) pela colunista Mônica Bergamo, da Folha , e confirmada pelo ministro da Educação, Mendonça Filho. De acordo com o ministro democrata, a medida é um clamor do setor médico. “Há um clamor dos profissionais de medicina para que se suspenda por um período determinado a abertura de novas faculdades, em nome da preservação da qualidade do ensino”, afirma o ministro.

UFSB TORNA-SE A UNIVERSIDADE FEDERAL COM MAIOR PERCENTUAL DE COTAS DO PAÍS

Reunião do Conselho Universitário aprovou reserva de vagas para cotistas ||Foto Saulo Carneiro

Reunião do Conselho Universitário aprovou reserva de vagas para cotistas ||Foto Saulo Carneiro

Saulo Carneiro | Interdisciplinar de Humanidades da UFSB

O Conselho Universitário da Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB) aprovou, na manhã desta sexta-feira (1º), as regras que estabelecem a reserva de vagas nos cursos de segundo ciclo. Foi deliberado por 15 votos a 0, o percentual de 75% de reserva de vagas para estudantes de escolas públicas, pretos, pardos, indígenas, populações de comunidades tradicionais e pessoas transexuais.

Com a aprovação, a universidade consolida as propostas apontadas em seu plano orientador de promover a integração social e desenvolvimento nas regiões sul e extremo sul da Bahia. A UFSB passa a ser a universidade federal com maior percentual de cotas no país, além de inovar e incorporar diversos grupos étnicos e sociais em sua política de ações afirmativas.

Os cursos de segundo ciclo serão ofertados em três campi diferentes, Itabuna, Porto Seguro e Teixeira de Freitas. Serão oferecidos cursos como Medicina, Direito e Engenharias. A universidade, que tem em sua proposta um regime de ciclos, formará a primeira turma dos bacharelados interdisciplinares – que compreendem o primeiro ciclo – no final deste ano. Os estudantes ingressaram no ano de 2014 e até o final de 2017 migrarão para os cursos do segundo ciclo.

Para a estudante Jessica Taís Barreto Jorge, que comemorou a decisão da universidade, a “aprovação de 75% é de extrema importância, por garantir que os estudantes cotistas da UFSB migrem para o segundo ciclo, uma vez que os cotistas são a maioria dos estudantes da Universidade e da região”.

Apesar de serem a maioria na Universidade, sem as cotas poderia não refletir o percentual na migração para o segundo ciclo, principalmente nos cursos mais concorridos e elitizados como Medicina. Isso, porque, durante a formação do primeiro ciclo, exige-se uma série de bagagens que os cotistas em sua maioria não tiveram acesso na sua formação escolar. Na avaliação da comunidade acadêmica, isso refletiria em menores notas quando comparado aos demais.

Portanto, “o piso de 75% contribui com a igualdade social e, consequentemente, com o desenvolvimento social da região. O percentual garante o acesso dos estudantes de escola pública, baixa renda, negros, índios, pardos e de comunidades tradicionais da região tenham acesso à educação superior pública de qualidade”.

AOS 49 ANOS, MORRE O MÉDICO JOÃO ETTINGER

João Ettinger faleceu na noite desta terça, em Salvador (Reprodução).

João Ettinger faleceu na noite desta terça, em Salvador (Reprodução).

O médio itabunense João Ettinger faleceu, na noite desta terça-feira (13), em Salvador. Cirurgião respeitado em toda a Bahia, João tinha 49 anos. Era especialista em cirurgia geral e cirurgia do aparelho digestivo. Também fez doutorado em Medicina Interna.

O enterro de João está marcado para as 17h, no Jardim da Saudade, Capela F, em Salvador. Antes, às 15h, haverá missa. O médico deixa esposa e uma grande legião de amigos.

Nas redes sociais, familiares e amigos externam a dor da perda e lembram do carinho com que ele se relacionava com as pessoas.

Irmão de João, a professora e assessora do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) Valéria Ettinger prestou homenagem lembrando da relação de ambos. “Meu coração vai seguir triste, mas em paz, na certeza de que pude conhecer um homem da magnitude de meu amado irmão João Ettinger e agradecer ao universo por o ter amado até seu último suspiro. Mesmo com o coração dilacerado e cheio de saudade que só o tempo poderá curar”.

Ildazio Tavares Jr. assim se expressou, por meio de uma rede social. “Nem nos meus mais loucos devaneios poderia imaginar que aquele moleque que conhecí em Itabuna nos anos 80, inteligente para caralho , que gostava de rock (me apresentou Prince!) e que tinha acabado de chegar de um intercâmbio nos USA falando um inglês retado para orgulho de minha segunda mãe , Tia Edilda, fosse tão cedo de maneira tão rápida ou até antes de mim , a quem aturou, aconselhou e assistiu tantas vezes!”.

SANTA CASA DE ITABUNA EM DESEQUILÍBRIO

raimundo santanaRaimundo Santana | jrssantana13@gmail.com

 

A influência desses profissionais aumentou na instituição, passando por um processo de loteamento dos setores lucrativos da Santa Casa de Itabuna, onde os parceiros também são médicos. O referido modelo de gestão sofre críticas severas de toda a sociedade, principalmente pelos resultados que produziu.

 

 

Já faz algum tempo que a Confederação Nacional das Santas Casas recomendou que as instituições, em nível nacional, inserissem nos seus estatutos cláusula impeditiva para que médicos fossem provedores das instituições. Tal orientação se deve a experiências malsucedidas de médicos/provedores que não conseguem compreender as Santas Casas no todo, e sim os seus próprios interesses.

Pois bem! Há algum tempo, a Santa Casa de Itabuna rompeu com esta orientação, excluindo tal cláusula impeditiva, para eleger um médico provedor.

Desde então, a influência desses profissionais aumentou na instituição, passando por um processo de loteamento dos setores lucrativos da Santa Casa de Itabuna, onde os parceiros também são médicos. É importante que se diga que o referido modelo de gestão sofre críticas severas de toda a sociedade, principalmente pelos resultados que produziu.

Estes mesmos parceiros hoje ocupam cargos de decisão politica e gestão econômica da instituição, em uma confusão administrativa em que, às vezes, fica difícil se definir quando agem defendendo os interesses da Santa Casa, ou os interesses de suas empresas “parceiras”.

Esse fato tem criado dificuldades na condução da negociação coletiva, pois a estrutura administrativa da Santa Casa só consegue enxergar os interesses dos médicos, levando o atual provedor a fazer pouco caso do processo de negociação coletiva, na data base da categoria, impondo aos trabalhadores um processo de mobilização e enfrentamento a essa situação.

Raimundo Santana é dirigente do Sindicato dos Trabalhadores em Saúde de Itabuna e Região (Sintesi).

FACULDADE PODE GERAR 800 EMPREGOS

A instalação do campus Itabuna da Faculdade Santo Agostinho (Fasa) pode gerar até 800 empregos no município, de acordo com projeções da instituição de ensino apresentadas pelo prefeito Fernando Gomes. A Santo Agostinho, de origem mineira, implantará campus em Itabuna com a formação da primeira turma do curso de Medicina.

A previsão é de que as atividades comecem no segundo semestre deste ano, na Nova Itabuna. Além de Medicina, a Santo Agostinho deverá oferecer cursos de Engenharia Civil, Arquitetura, Farmácia e Direito, conforme Gomes. Na Bahia, a Fasa já possui unidade em Vitória da Conquista.

A Santo Agostinho foi a vencedora do edital do Programa Mais Médicos, em 2015, para instalar o Curso de Medicina em Itabuna com oferta de 85 vagas, sendo 10 delas bolsas integrais.

TCU LIBERA CURSO DE MEDICINA EM ITABUNA

Novos médicos poderão ser formados em Itabuna.

Decisão libera curso de Medicina da Santo Agostinho em Itabuna.

Após quase um ano, o Tribunal de Contas da União (TCU) decidiu, nesta quarta-feira (20), retirar a suspensão do edital de abertura de novos cursos de Medicina lançado durante o governo da presidente Dilma Rousseff (PT) no programa Mais Médicos. A decisão beneficia dez municípios baianos, dentre eles Itabuna, Eunápolis, Irecê e Senhor do Bomfim.

Os editais foram suspensos em outubro do ano passado, após entidades médicas – que sempre foram contrárias ao Mais Médicos – questionarem a constitucionalidade de supostas mudanças de regras no edital após o seu lançamento.

Ex-secretário de Saúde da Bahia, o deputado federal Jorge Solla diz que a decisão do TCU foi sensata “e atende ao planejamento de longo prazo do Mais Médicos, que é o de termos profissionais brasileiros em todos os municípios do interior e em todas as periferias, abrindo mão dos intercambistas”. Solla coordena a Frente Parlamentar Mista em Defesa da Implantação dos Cursos de Medicina.

O edital de Itabuna foi vencido pela Faculdade Santo Agostinho, que tem campi em Montes Claros e Vitória da Conquista. O curso no município sul-baiano, de acordo com fontes do mercado, será um investimento da Santo Agostinho com empresários que atuam em Itabuna na área de telecomunicações e agropecuária e possuem experiência em administração na área hospitalar.

:: LEIA MAIS »

MÉDICO ITABUNENSE É O MAIS JOVEM A RECEBER PRÊMIO INTERNACIONAL DA UNIFESP

Rafael Andrade é o idealizador do Mutirão do Diabético.

Rafael Andrade é o idealizador do Mutirão do Diabético.

O médico oftalmologista itabunense Rafael Andrade recebe, nesta quinta-feira (25), a Medalha de Ouro Moacyr Álvaro, concedida pelo Centro de Estudos em Oftalmologia Professor Moacyr Álvaro, da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp).

A comenda mais importante da  América Latina na área oftalmológica e será entregue no Centro de Convenções do Hotel Maksoud Plaza, em São Paulo, com a presença de dirigentes das principais instituições de oftalmologia do país.

Aos 42 anos, o médico Rafael Andrade, diretor do Centro Avançado em Retina e Vítreo do Hospital de Olhos Beira Rio e idealizador e coordenador do Mutirão do Diabético de Itabuna, é o segundo baiano e o mais jovem médico a receber a Medalha de Ouro, instituída há 60 anos pela Unifesp.

O Mutirão do Diabético de Itabuna é considerado um dos principais eventos de prevenção e tratamento do Diabetes e foi apresentado no Congresso Mundial no Canadá como exemplo a ser seguido por outros países. “Esse prêmio é motivo de orgulho, que faço questão de compartilhar com toda a nossa equipe e com os centenas de voluntários do Mutirão”, afirma Rafael Andrade.

 

TRIBUTO AO MESTRE MOACIR OLIVEIRA

Moacir Oliveira faleceu no último dia 9.

Moacir Oliveira faleceu no último dia 9.

Familiares e amigos do médico Moacir Oliveira participam de Missa de Sétimo Dia, nesta segunda (15), às 18 horas, na Catedral de São José, em Itabuna. O médico faleceu na última terça (9), após sofrer três paradas cardíacas, no Hospital Calixto Midlej Filho.

O médico era um exemplo em sua área e também como ser humano. Olívio Borges, um dos sobrinhos de Moacir Oliveira, sugeriu ao site a publicação do texto abaixo, escrito por um dos filhos do médico. Ajuda a entender um pouco do profissional e da alma do grande ortopedista itabunense. Confira o texto de Moacir Oliveira, médico e psicoterapeuta.

______

Moacir FilhoMoacir Oliveira

Comecei a aprender a ser médico. Mais tarde, me daria conta de que ele me ensinava a não ser, apenas, médico de patologias, e sim, a ser médico de pessoas. Então, ele me ensinava sobre caridade.

 

Hoje é dia 10 de fevereiro de 2016. Vou escrever um pouco sobre meu pai, mas, por mais que escreva ou fale dele, por mais que tentasse, não conseguiria dar a imagem de quem era, aliás, de quem é, porque, continua a existir entre nós, pelas histórias que construiu e que iremos contar, que manterá acesa a chama de sua essência em meu coração.
Seria preciso ter convivido com ele para experimentar o ser humano singular, grandioso e bom que era, porém vou tentar falar um pouco do que aprendi com ele desde pequena idade, a exemplo de quando criança, passávamos o veraneio em São Tomé de Paripe, na baía de Aratu, onde ele se esquecia que era médico e se sentava com seu compadre pescador para me ensinar a pescar, colocando a isca no anzol, em uma canoa, me ensinando a reconhecer os peixes que pescávamos. Aprendia, neste momento, sobre sua simplicidade.

Com o tempo, crescemos e viemos morar num sítio, em Itabuna, onde, hoje, velamos o seu corpo, e, meninos levados que éramos, eu e meus irmãos, saíamos para tomar banho no perigoso cachoeira, e ele nos advertia: -“cuidado com o lugar mais fundo, não vão para lá”, e, nós não íamos. Eu aprendia, com ele, sobre a obediência, disciplina e confiança, quando ao fim do dia voltávamos para seus braços sem nada ocorrer.

Já maior, quando ele ia atender seus pacientes no antigo Hospital Santa Cruz, onde cirurgião geral, naquela época, realizava cirurgias de todo o tipo, lá estava eu, segurando a sua maleta, e ficava encantado. Ele me apresentava seus casos. Comecei a aprender a ser médico. Mais tarde, me daria conta de que ele me ensinava a não ser, apenas, médico de patologias, e sim, a ser médico de pessoas. Então, ele me ensinava sobre caridade.

:: LEIA MAIS »

ITABUNA TERÁ CURSOS DE ODONTOLOGIA E MEDICINA EM 2016

Curso será oferecido na Unime Itabuna.

Curso será oferecido na Unime Itabuna.

O primeiro curso superior de Odontologia será oferecido por uma faculdade particular em Itabuna em 2016. A Unime anunciou o lançamento do curso, além da oferta de vagas em Biomedicina, antes disponível apenas na Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) e Madre Thaís na região cacaueira.

Serão 320 vagas anuais no campus itabunense da faculdade com as primeiras turmas formadas já no primeiro semestre.

Os dois cursos de bacharelado integrarão a área de saúde. A faculdade oferece, na mesma área, cursos de Enfermagem, Fisioterapia, Psicologia, Educação Física e Farmácia da instituição.

FACULDADE DE MEDICINA

O número de vagas de ensino superior na área de saúde, no município, aumentará ainda mais em 2016, quando Itabuna ganha primeira faculdade de Medicina.

Serão 80 vagas por semestre, oferecidas pelas Faculdades Santo Agostinho, que venceu o edital do Programa Mais Médicos. Das vagas, dez por cento serão reservadas a bolsistas.

A RINOPLASTIA VAI ALÉM DA ESTÉTICA

dr gustavo2Gustavo Leal Tavares

 

Quando a rinoplastia é executada por um cirurgião experimentado e qualificado, complicações são raras e normalmente menores.

 

A rinoplastia, que é a modificação da forma do nariz, é um dos procedimentos mais comuns em cirurgia plástica. Ela pode diminuir ou aumentar o tamanho do nariz, pode mudar a forma da ponta e mudar abaulamentos no dorso do nariz. Quando o paciente também tem alterações da respiração por um problema interno, estas podem ser corrigidas ao mesmo tempo.

Existe um equilíbrio estético entre o nariz e a face, equilíbrio este que o cirurgião deve observar, a fim de preservar a naturalidade e autenticidade dessa face. Cada caso é estudado minuciosamente, a fim de que se possa dar ao nariz a melhor forma possível, dentro das exigências da face. Se a sua escolha coincidir com aquele tipo de nariz planejado, sem dúvida seu desejo será atendido. Cirurgião e paciente deverão estar de acordo com o resultado possível de se obter.

A rinoplastia, além de melhorar a aparência, aumenta a autoconfiança e autoestima do paciente. Você continua sendo “você”, porém “você” melhor! Antes de decidir pela cirurgia, pense sobre suas expectativas e as discuta com seu cirurgião.

Quando a rinoplastia é executada por um cirurgião experimentado e qualificado, complicações são raras e normalmente menores. Porém, como com qualquer operação, há riscos associados com a cirurgia e complicações específicas associadas com este procedimento.

Boa comunicação entre você e seu médico é essencial. Em sua consulta inicial, o cirurgião perguntará sobre a forma que você gostaria que tivesse seu nariz e vai avaliar a estrutura do seu nariz e rosto, e discute as possibilidades com você, dentro do que a medicina pode oferecer, esperando que a sua expectativa se adapte a realidade do possível.

O médico também explicará os fatores que podem influenciar o procedimento e os resultados. Estes fatores incluem a estrutura de seus ossos nasais e cartilagem, a forma de seu rosto, a espessura da sua pele, sua idade, e suas expectativas. Ele também lhe dará instruções específicas em como se preparar para cirurgia, que incluem orientações em relação à alimentação, bebidas, fumo, e evitar certas vitaminas e medicamentos e manter o uso de outras. Siga cuidadosamente as instruções que ajudarão sua cirurgia a correr perfeitamente.

Gustavo Leal de Lucena Tavares é otorrinolaringologista, cirurgião plástico facial e diretor técnico da Otoclin  – Centro Avançado de Otorrinolaringologia e Instituto do Sono.

REMÉDIO CONTRA O CÂNCER TERÁ 1ª FASE DE TESTES CONCLUÍDA EM 7 MESES, DIZ MINISTRO

Pílula contra o câncer terá fases de testes concluída em 7 meses (Foto Marcello Casal Jr.)

Pílula contra o câncer terá fases de testes concluída em 7 meses (Foto Marcello Casal Jr.)

A fosfoetanolamina, substância que vem criando polêmica nos últimos meses por ter sido anunciada como cura para o câncer, terá sua primeira fase de testes pré-clínicos – aqueles feitos em cobaias, antes de a substância ser usada em humanos – concluída em sete meses.

O anúncio foi feito hoje pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), Celso Pansera, que explicou que os testes serão feitos a partir de duas amostras da molécula. Uma, que será requisitada à Universidade de São Paulo (USP), e outra, que será manufaturada com base na descrição do composto registrado no pedido de patente apresentado ao Instituto Nacional de Propriedade Industrial (Inpi).Segundo o MCTI, depois da primeira etapa de análises, estão previstas as fases seguintes do estudo em humanos.

O composto gerou controvérsia após sua distribuição ter sido aprovada, por decisão judicial, para alguns pacientes em tratamento contra o câncer. No último dia 12, no entanto, o Tribunal de Justiça de São Paulo proibiu o fornecimento da substância, mas os debates em torno da eficácia da substância continuam.

“Existe uma polêmica provocada por decisões judiciais no sentido de mandar a Universidade de São Paulo distribuir essa molécula. Não existe informação, por parte da Anvisa, nem de nenhum outro órgão, que certifique o uso desse remédio no Brasil ou no mundo; não há ninguém que tenha certificado essa molécula como remédio de combate a doença”, afirmou hoje o ministro Pansera, em entrevista coletiva.

A molécula foi sintetizada pela equipe de pesquisadores chefiada por Gilberto Chierice, do Instituto de Química da Universidade de São Paulo, em São Carlos, há cerca de 20 anos, e ficou conhecida nas redes sociais como “pilula do câncer”. Isso ocorreu antes de a sbstância ter passado oficialmente pelas etapas de pesquisa exigidas pela legislação, que prevê uma série de estudos antes de um medicamento ser usado por seres humanos.

:: LEIA MAIS »

VESTIBULAR DE MEDICINA TEM INSCRIÇÕES ATÉ HOJE

Faculdade oferece 50 vagas para Medicina e outras 200 demais cursos.

Faculdade oferece 50 vagas para Medicina e outras 200 para os demais cursos.

Encerram-se nesta quarta (11) as inscrições para o Vestibular 2016 de Medicina da Faculdade Santo Agostinho de Vitória da Conquista (Fasavic). São 50 vagas em turno integral.

As inscrições devem ser feitas pela internet até o dia 11 de novembro, nos endereços eletrônicos omelhordevoce.com.br ou www.consultec.com.br/fasa, observando o horário de Brasília. A taxa é de R$ 400,00.

As provas serão realizadas nos dias 28 e 29 de novembro e o candidato deverá obrigatoriamente escolher em qual município (Vitória da Conquista/BA, Sete Lagoas/MG ou Montes Claros/MG) fará o processo seletivo.

ENGENHARIA CIVIL E ARQUITETURA

Já o prazo de inscrição para os cursos de Engenharia Civil e de Arquitetura e Urbanismo, encerra-se no dia 18, com prova sendo aplicada no dia 22.  A taxa de inscrição é R$ 40,00 para candidato regular e R$ 20,00 para treineiro. A inscrição é feita pela internet ou no campus de Conquista.

O vestibular terá uma única fase, com provas de Língua Portuguesa, Conhecimentos Gerais e Atualidades, além da prova de Redação. Ao todo serão 200 vagas, com 50 distribuídas para cada curso nos turnos matutino e noturno.

VOCÊ CONSEGUIU DORMIR BEM ESTA NOITE?

dr gustavo2Gustavo Leal de Lucena Tavares

A maioria das pausas respiratórias não é passível de ser observada durante o sono sem o monitoramento adequado feito em um Instituto do Sono

A correria e do stress do dia a dia, associado à alimentação de má qualidade, levando ao sobrepeso e obesidade de grande parcela da população, acabamos desenvolvendo distúrbios que nos impedem de obter uma boa noite de sono.

Os distúrbios mais frequentes são o ronco e a apneia do sono (Síndrome da Apneia e Hipopneia Obstrutiva do Sono – Sahos). A Apneia do sono é uma parada na respiração, durante o sono, maior ou igual a 10 segundos. Quanto maior o número de apneias, maior a gravidade do quadro clínico.

Os sintomas mais frequentes da Sahos são sonolência excessiva diurna, fadiga, sensação de sono não reparador, alterações do afeto, humor e comportamento em geral (depressão, ansiedade e irritabilidade) e alterações cognitivas (piora da concentração, atenção e memória).

Quando este quadro se apresenta e não é diagnosticado nem tratado com eficácia, pode resultar em alterações metabólicas no organismo e, consequentemente, em alterações hormonais, obesidade, aumento do colesterol e triglicérides, hipertensão arterial e arritmias cardíacas.

Há, ainda, risco de o paciente sofrer doenças cardiovasculares (infarto, angina) e cerebrovasculares, comparáveis ao risco oferecido pelo tabagismo e obesidade. Inclusive, está claro na medicina atual que o tripé apneia do sono-obesidade-hiperaldosteronismo (um hormônio) dificulta o controle da pressão arterial de muitos indivíduos, levando ao quadro de hipertensão refratária.

Na suspeita do distúrbio do sono, um otorrinolaringologista deve ser consultado, pois a maioria das pausas respiratórias não é passível de ser observada durante o sono sem o monitoramento adequado feito em um Instituto do Sono. Por isso, caso perceba um ou mais dos sintomas correlacionados abaixo, procure um médico especialista o mais breve possível.

1. Você ronca?
2. Engasga ou fica sem ar durante o sono?
3. Alguém lhe disse que você parou de respirar enquanto dormia?
4. O seu peso mudou nos últimos 5 anos?
5. Cochila com facilidade?
6. Sente dificuldade de concentração?
7. Tem tido dificuldade de memória?
8. Tem dores de cabeça pela manhã?
9. Tem se sentido depressivo?
10. Irrita-se com facilidade?
11. Tem tido insônia ultimamente?

Gustavo Leal de Lucena Tavares é medico otorrinolaringologista, cirurgião plástico facial e diretor do Otoclin (Centro Avançado de Otorrinolaringologia e Instituto do Sono).






WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia