WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia






secom bahia








maio 2019
D S T Q Q S S
« abr    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

editorias






:: ‘médico’

ILHÉUS: PROCESSO SELETIVO OFERECE 81 VAGAS E ATÉ R$ 8 MIL DE SALÁRIO

Sede da Secretaria de Saúde funciona próximo ao Palácio Paranaguá, no Centro

A Prefeitura de Ilhéus abriu inscrições no processo seletivo simplificado para contratação de médicos, enfermeiros e técnicos em enfermagem, conforme edital obtido pelo PIMENTA. Os contratos terão validade de um ano, no Regime Especial de Direito Administrativo (REDA), com salários variando de R$ 1,2 mil a 8 mil, a depender da carga horária e do cargo. São 31 vagas para médicos e 50 para enfermeiros e técnicos.

De acordo com o edital, são 23 vagas para o cargo de técnico enfermagem. Os profissionais contratados vão atuar nas unidades de Estratégia de Saúde da Família (ESF), com salário de R$ 1,2 mil para 40 horas semanais de trabalho. Para o cargo de enfermeiro, são 27 vagas e salário de R$ 2.265,64 para 40 horas semanais.

Para o cargo de médico, as vagas são para psiquiatra (2) e obstetra (4), com salário de R$ 4.325,16 para 20 horas semanais; ginecologista (4) e pediatra (5), com remuneração de R$ 4 mil para 20 horas de trabalho. Ainda para o cargo de médico, são oferecidas outras 16 vagas para clínico  geral, com salário de R$ 8 mil para 40 horas semanais. :: LEIA MAIS »

ITABUNA: APÓS ACORDO COM O MPT, HOSPITAL DE BASE ABRE 72 VAGAS EM PROCESSO SELETIVO

Hospital de Base de Itabuna faz processo seletivo com 72 vagas

Após acordo judicial firmado com o Ministério Público do Trabalho (MPT), o Hospital de Base de Itabuna abriu 72 vagas para contratação de médicos e cirurgiões dentistas. Os salários variam de R$ 5 mil a R$ 13,4 mil, a depender da carga horária e da especialidade. As inscrições são apenas presenciais e devem ser feitas no hospital, no Loteamento Nossa Senhora das Graças, em Itabuna.

Pelo acordo judicial, os profissionais serão contratados pela Fundação de Atenção à Saúde de Itabuna (Fasi) em regime celetista. O contrato, de acordo com o MPT e o edital da seleção pública, terá duração de 22 meses, podendo ser prorrogado por igual período.

O acordo para o processo seletivo foi feito após o MPT ingressar com uma ação de execução de termo de ajuste de conduta que vinha sendo descumprido havia anos pelo município. O MPT concordou em reduzir drasticamente os valores que a Fasi deveria pagar à sociedade em multas por descumprimento do TAC assinado em 2010 caso a Fundação se comprometesse a substituir os contratos pejota por contratos temporários enquanto providencia a contratação efetiva dos profissionais de saúde como servidores efetivos.

CLIQUE E CONFIRA EDITAL COMPLETO

No TAC, segundo o procurador do MPT Ilan Fonseca, responsável pelo caso, havia previsão de pagamento de multa de R$20 mil por cada um dos itens descumpridos. “O ajuste de conduta tratava da obrigação de manter o pagamento dos salários em dia e o recolhimento de contribuições e demais obrigações trabalhistas, mas houve um claro e incontestável descumprimento, o que nos fez ingressar na Justiça. Mas para evitar um prejuízo ainda maior à sociedade, concordamos em converter a maior parte dessa multa em obrigação de substituir os contratos PJ por contratos temporários até o concurso”, explicou.

SEM CONCURSO PÚBLICO

O acordo foi negociado entre o MPT e a Fasi e foi homologado na 1ª Vara do Trabalho de Itabuna. Nele, ficou decidido que a Fasi publicaria o edital para contratação pela CLT em regime temporário de médicos e cirurgiões dentistas. A contratação do servidor por meio de contratos temporários se deve à inexistência de legislação municipal prevendo cargos públicos para médicos a serem preenchidos pela Fasi e pela situação irregular de contratação de pessoas jurídicas, em desacordo com as regras celetistas. :: LEIA MAIS »

PREFEITURA DE ILHÉUS ABRE 26 VAGAS PARA MÉDICO; SALÁRIO PODE CHEGAR A R$ 8 MIL

A Prefeitura de Ilhéus abriu processo seletivo para a contratação temporária de 26 médicos para unidades de Pronto Atendimento da Conquista e da Zona Sul. O salário varia de R$ 4,2 mil a R$ 8 mil, de acordo com o edital.

As inscrições serão abertas na próxima segunda (30) e vão até dia 3 de agosto, das 8h às 12h e das 14h às 17h, na Secretaria de Saúde de Ilhéus, na Avenida Lomanto Júnior, 50, no Pontal.

Segundo o edital, são 14 vagas para médico emergencista, 5 para médico socorrista, 5 para clínico geral, um endocrinologista e um angiologista.

SINEBAHIA OFERECE 43 VAGAS EM JEQUIÉ E EM ITABUNA, COM OPORTUNIDADES PARA MÉDICOS E FISIOTERAPEUTA

Confira as oportunidades de emprego em Itabuna e Jequié nesta quinta (26)

A quinta-feira (26) tem vagas de emprego em várias áreas nos municípios de Itabuna, no sul do Estado, e Jequié, na região sudoeste, no SineBahia. Além das áreas administrativa, de vendas e eletromecânica, também existem oportunidades para médicos especialistas, terapeuta ocupacional, fisioterapeuta e assistente social.

Das 43 vagas ofertadas nesta quinta, 12 são em Jequié e 31 em Itabuna. Os interessados devem procurar as unidades do SineBahia nos respectivos municípios. Ambas funcionam em postos do Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC).

Para disputar as vagas, são exigidos documentos como carteiras de Trabalho e de Identidade (RG), CPF e comprovantes de escolaridade e residência. No “leia mais”, a seguir, confira todas as vagas disponíveis nestas unidades. :: LEIA MAIS »

PREFEITURA DE ITABUNA CONVOCA MAIS 100 APROVADOS EM CONCURSO PÚBLICO

Prefeitura de Itabuna convoca 100 aprovados para a área de saúde.

Prefeitura de Itabuna convoca 100 aprovados para a área de saúde.

A Prefeitura de Itabuna convocará mais 100 aprovados no concurso público realizado em maio último. Desta vez, estão sendo convocados profissionais para a área de saúde, dentre eles médicos e enfermeiros emergencistas, técnico em enfermagem, auxiliar de infraestrutura e operador de rádio e 70 agentes de combate a endemias.

Os aprovados em concurso devem se apresentar na próxima segunda (18), na sede da Secretaria Municipal de Saúde, na Avenida Amélia Amado, 5, centro (antiga sede da Receita Federal).

Os aprovados para agentes de endemias convocados agora terão cronograma diferente de apresentação, que vai do dia 19 a 21, de acordo com a ordem de classificação no concurso (veja no link abaixo).

Para conferir a lista completa dos convocados agora, click no “leia mais”, abaixo.

:: LEIA MAIS »

ARARAQUARA TORNA PÚBLICA ESCALA DE MÉDICOS

médico ilustraçãoA Prefeitura de Araraquara (SP) decidiu tornar público, nas unidades e na internet, a escala de médicos das Unidades de Pronto-Atendimento (UPAs) e do Samu 192.

Resultado: 12 dos 60 profissionais pediram demissão do serviço público.

A medida foi adotada após investigações contra fraudes no cumprimento de carga horária por parte dos médicos.

A divulgação da escala tinha a finalidade de reduzir o número de faltas dos médicos na rede pública de saúde. A prefeitura seguiu recomendação da Procuradoria-Geral da República.

– É importante mostrar à população os médicos que cumprem seus compromisso – disse o secretário municipal de Saúde, Álvaro Martim Guedes em entrevista à Folha.

AMANHÃ É ÚLTIMO DIA DE INSCRIÇÕES EM CONCURSO DA FESF

Encerram-se amanhã as inscrições para o concurso público da Fundação Estatal Saúde da Família (Fesf). São oferecidas 144 vagas de médicos e formação de cadastro de reserva para analista administrativo (contador). Os salários vão de R$ 2.626,82 para analista e R$ 11.050,33 para profissionais médicos de diversas especialidades.

CONFIRA EDITAL COMPLETO

As inscrições são feitas somente pela internet, no site da empresa organizadora do concurso (www.aocp.com.br). O valor da taxa é de R$ 85,00. A previsão da Aocp é de aplicar as provas em 10 de junho. As vagas são para municípios baianos.

MEA CULPA

A inauguração do centro médico Acácio Cardoso, na rua Ruffo Galvão, no final de semana, foi oportunidade para mea culpa da classe médica. Uma autocrítica. Puxado por Fabrício Messias, seguido por dirigentes do Cremeb, a opinião generalizada era que os médicos também têm sua parcela de culpa na alta taxa de mortalidade infantil e no fato de Itabuna perder o posto de principal polo de saúde do interior baiano. Quem discursou não deixou de colocar o dedo na ferida: médicos precisam pensar menos no bolso e um pouquinho mais na coletividade.

SAMU DE ITABUNA PAGA SALÁRIO MAIS BAIXO DA BAHIA

Serviço tem alta aprovação popular, mas o salário...

Os funcionários do Samu 192 de Itabuna recebem os mais baixos salários da Bahia e reclamam da desvalorização. Técnicos de enfermagem, por exemplo, recebem praticamente a metade de profissionais da mesma área e que atuam no Samu de Ilhéus e Vitória da Conquista.

O salário deste profissional no Samu itabunense é de R$ 800,00, enquanto em Ilhéus e Vitória da Conquista paga-se quase o dobro, R$ 1.400,00.

– A gente vai ao secretário [Geraldo Magela] para cobrar equiparação e ele sempre fica empurrando e dizendo que aumenta quando a [gestão] plena retornar. Essa enrolação não é de agora – reclama uma das vítimas do arrocho.

Sobre o valor do salário ainda há o desconto de 8% do INSS. Líquido no bolso do técnico, só R$ 736,00. Médicos e enfermeiros também reclamam das condições precárias de trabalho e da remuneração baixa.

Os técnicos recebiam R$ 1.200,00 quando o Samu foi implantado em Itabuna, em 2004. Quando a contratação dos profissionais passou a ser feita pela Sodesp, em 2006, o salário caiu para R$ 600,00. “Foi uma vergonha”, relata um técnico em enfermagem”. A remuneração passou a R$ 800,00 quando a oscip saiu de cena.

A desvalorização atingiu todas as categorias que trabalham no Samu, segundo uma técnica ouvida pelo PIMENTA. Todos preferem não se identificar porque não são concursados e temem a perda do emprego. No comparativo com outras cidades, a defasagem é ainda maior entre os enfermeiros.

Magela promete melhoria salarial.

Por telefone, o secretário de Saúde de Itabuna, Geraldo Magela, disse que negocia com o sindicato dos servidores reajuste para todas as categorias do Samu 192. Ele reconhece a defasagem salarial em Itabuna, mas promete pagar até janeiro de 2012 o mesmo que recebem os profissionais de Ilhéus. “Todos vão ter recomposição já neste mês”, anuncia. “A gente já fez levantamento e só falta fechar acordo”.

A previsão de Magela é de um maior desembolso do município na contrapartida para manutenção do Samu 192, hoje em 20%, e que deve subir a 30% devido ao pagamento de salários. O Samu é mantido com 50% de recursos do Ministério da Saúde, 30% da Secretaria Estadual de Saúde (Sesab) e 20% do município.

A DIFERENÇA QUE UM BOM MÉDICO FAZ

O paciente sofre uma crise respiratória daquelas e recorre ao Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães (Hblem), em Itabuna. Encaminhado ao pronto-socorro, alegra-se quando percebe um médico a distância. E ficou por aí. A uma distância considerável do paciente, o homem de branco pergunta o que a “vítima” sente. E sem aferir pressão ou auscultar o paciente, por exemplo, o médico receitou duas injeções e soro. E nada de estancar a crise. “Só senti mais dores por causa das injeções”, relata.

Para sorte da vítima, a sogra ainda lhe queria vivo. E foi ao encontro do genro, imediatamente, no Hblem. Tirou o enfermo das garras do “profissional” – “um carequinha, baixinho, insensível e ex-secretário” – e o encaminhou ao São Lucas.

Já no outro hospital, o paciente teve atendimento considerado digno. O médico Alexandre Hughes conversou olho no olho com o paciente, diagnosticou um quadro preocupante, mas receitou medicação que trouxe alívio ao enfermo. “Pude me sentir gente ali”, afirma.

Após tomar a medicação receitada e tomar nebulização, o paciente foi reavaliado e liberado para casa. “Posso dizer que ser atendido por um profissional negligente pode ser a diferença entre a vida e a morte. Mas consegui atendimento muito bom e adequado no São Lucas”, diz, ressaltando a atenção profissional do médico Alexandre Hughes. “Nem parecia que eu era paciente do SUS”, relata o paciente, que é servidor público.

DENÚNCIA CONTRA PERITO DO TRT

Pessoas que têm ações tramitando na Justiça do Trabalho em Itabuna acusam um médico perito do TRT de reter processos relacionados a doenças ocupacionais. Alguns têm mais de dois anos na “geladeira”, aguardando a boa vontade do doutor.

Segundo a denúncia, o médico tem contrato com várias empresas da cidade, o que tornaria sua condição de perito do TRT no mínimo inadequada.

MORRE MÉDICO CARLOS AUAD

O empresário e médico reumatologista Carlos Auad, 59, será sepultado às 16h, no cemitério Campo Santo, em Itabuna. Auad lutava contra um câncer e estava internado há mais de mês no hospital Aliança, em Salvador, falecendo nesta sexta, 1º.

O corpo do médico, ex-presidente da Unicred Itabuna e da Unimed, está sendo velado no Santa Fé, ao lado do Campo Santo. O reumatologista deixa quatro filhos. Ele também foi diretor do Plansul, plano de saúde da Santa Casa de Misericórdia de Itabuna.

É DE ACENDER OU ASPIRAR, DOUTOR?

Cena da madrugada itabunense, flagrada por um radialista, na avenida Itajuípe, bairro Santo Antônio: médico na fase dos 50 anos para o carro em frente a uma ‘boca de fumo’, desce e recebe o ‘pacotinho’. 3h50min da manhã.

Depois, arrasta o possante e segue a vida.

Não apenas sustenta o vício (dele!), mas o tráfico também.










WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia