WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
festival chocolate






alba










junho 2019
D S T Q Q S S
« maio    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  

editorias






:: ‘mercado’

UESC É 51ª EM RANKING NACIONAL E LIDERA ENTRE AS UNIVERSIDADES ESTADUAIS BAIANAS

Uesc, em Ilhéus, é a líder baiana entre as universidades estaduais e a 51ª no País

A Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) aparece em primeiro lugar entre as instituições de ensino superior estaduais na Bahia e em décima colocação no Nordeste brasileiro no Ranking Universitário Folha (RUF) de 2018. Quando consideradas todas as universidades do País, a Uesc aparece em 51º lugar. A nota média da Uesc é 64,85.

A universidade sul-baiana aparece em 51ª posição em nível nacional quando considerado apenas o item internacionalização. O ranking universitário leva em conta os desempenhos os indicadores ensino, pesquisa, mercado, inovação e internacionalização.

O RUF é liderado, no estado, pela Universidade Federal da Bahia (UFBA), que aparece, no geral, em 14º lugar, com nota média 87,16. Líder na Bahia, a UFBA é superada pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) no Nordeste. A universidade pernambucana é 10ª no ranking nacional e apresenta média 90,34, quando consideradas todas as áreas aferidas pelo RUF.

Com quatro anos, UFSB aparece em 178º lugar || Foto Gabriel Oliveira

Ainda novata no ranking e com apenas quatro anos de idade e conceito diferenciado de licenciatura e bacharelado, a Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB), com campi em Itabuna, Porto Seguro e Teixeira de Freitas, obtém nota média 17,92, sendo avaliada apenas nas áreas de Ensino e Internacionalização. Aparece em 178º lugar.

O DESEMPENHO DAS ESTADUAIS BAIANAS

Depois da Uesc, a melhor posicionada entre as universidades estaduais baianas é a UEFS, em Feira de Santana, que aparece em 60º lugar, com nota média 62,50. Já em 89º lugar, a Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb), que tem campi em Vitória da Conquista, Jequié e Itapetinga, obtém nota 50,27. Em 99º lugar, a Universidade do Estado da Bahia (Uneb) apresenta nota 45,55.

O RUF avaliou 196 universidades brasileiras, públicas e privadas. A Universidade de São Paulo (USP) lidera o ranking, com nota 97,52, nota um pouco superior à obtida pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), 97,29, que ficou em segundo lugar. A universidade fluminense liderou o ranking nos anos de 2016 e 2017. (Do Pimenta.blog.br)

MERCADO COGITA SAÍDA DA AVATIM DE ILHÉUS; EMPRESA NÃO SE PRONUNCIA

Nascida em Ilhéus, Avatim possui cerca de 200 funcionários e 120 lojas

A economia de Ilhéus pode sofrer um baque com a transferência da unidade da Avatim do município para Brusque (SC). A indústria de cosméticos e perfumaria ampliou o parque fabril em 2017, porém sofreu revés com o Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos da Bahia (Inema) determinando a demolição de parte da unidade, por estar em Área de Proteção Permanente (APP). A empresa possui cerca de 200 funcionários em Ilhéus e mais de 120 lojas próprias e franqueadas no país.

A determinação do Inema, de acordo com fontes da Prefeitura de Ilhéus, já teria sido resolvida com a assinatura de Termo de Ajustamento de Conduta (TAC). Porém a empresa estaria negociando transferência da fábrica para o município catarinense, segundo o vereador Pastor Matos (PSD), primeiro a tornar público o risco iminente de perda da Avatim para Brusque. Autoridades do município teriam oficializado o convite aos sócios Mônica Burgos e Cesar Fávero.

O PIMENTA entrou em contato com a assessoria de comunicação da Avatim por duas vezes na terça-feira (31), por email. A informação era de que uma nota de posicionamento da empresa estava em processo de aprovação por parte da diretoria.

A Avatim foi fundada há 15 anos em Ilhéus e está entre as líderes do setor de produtos olfativos no segmento corporativo e ampliou a linha de produtos. Já em janeiro, um dos sócios da Avatim, Cesar Fávero, anunciava plano de expansão da marca com a abertura de, ao menos, 40 novas lojas.

CONLAR É ELEITA TOP 10 DO PAÍS PELA INCENOR, NA EXPO REVESTIR

Rafael recebe prêmio de Ricardo Rocha, da Incenor, na Expo Revestir

A rede de lojas de material de construção e acabamento Conlar, de Itabuna, foi premiada entre as 10 melhores do país pela Incenor, durante a Expo Revestir 2018, em São Paulo. No período de 12 a 14 de março, o evento reuniu empresas do setor, arquitetos, engenheiros e consumidores.

A premiação à Conlar foi entregue pelo gerente comercial da Incenor, Ricardo Rocha, ao diretor da Conlar, Rafael Peixoto. De acordo com a Incenor, a Conlar está entre os 10 principais clientes no Brasil. A feira reuniu, na capital paulista, as principais tendências e as novidades no segmento de revestimento.

MERCADO VOLTA A PREVER QUEDA DA INFLAÇÃO

dinheiro4Para este ano, as instituições financeiras reduziram a projeção para a inflação, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), de 7,28% para 7,14%, pela quinta vez seguida. Para 2017, estimativa caiu de 6% para 5,95%, voltando a ficar abaixo do teto da meta.

O limite superior da meta é 6,5%, este ano, e 6% em 2017. Mas as projeções para este ano e 2017 ultrapassam o centro da meta de 4,5%. As estimativas fazem parte do boletim Focus, publicação divulgada semanalmente às segundas-feiras pelo Banco Central (BC), com base em projeções de instituições financeiras para os principais indicadores econômicos.

A projeção de instituições financeiras para a queda da economia este ano foi alterada pela décima segunda vez consecutiva, ao passar de 3,73% para 3,77%. Para 2017, a expectativa de crescimento da economia (Produto Interno Bruto – PIB) foi mantida em 0,30%. Da Agência Brasil

AÇÕES DA PETROBRAS REGISTRAM ALTA; DÓLAR FECHA ABAIXO DE R$ 3,60

Dólar fecha abaixo de R$ 3,60 pela primeira vez em sete meses.

Dólar fecha abaixo de R$ 3,60 pela primeira vez em sete meses.

Agência Brasil

O dólar fechou a sexta-feira (11) abaixo de R$ 3,60 pela primeira vez desde agosto em um dia de otimismo no mercado financeiro. O dólar comercial encerrou o dia vendido a R$ 3,591, com queda de R$ 0,05 (-1,38%). A cotação está no menor valor desde 28 de agosto do ano passado, quando ficou em R$ 3,585.

Foi o quarto dia seguido de queda na cotação da divisa, que chegou a operar em alta no início da manhã, mas caiu fortemente a partir das 11h. Na mínima do dia, por volta das 16h30, o dólar chegou a ser vendido a R$ 3,586. A moeda norte-americana fechou a semana com recuo de 4,5%. A queda acumulada chega a 10,3% apenas em março e a 9,04% em 2016.

Na Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa), o dia também foi de oscilações. O Ibovespa, índice da Bolsa de São Paulo, fechou com pequena queda de 0,07%, aos 49.538 pontos, depois de passar a maior parte da sessão em alta. O indicador terminou a semana com alta de apenas 0,92%.

As ações da Petrobras, as mais negociadas, terminaram a sexta-feira em alta. As ações ordinárias (que dão direito a voto em assembleia de acionistas) subiram 2,85%, para R$ 10,09. As ações preferenciais (que dão preferência na distribuição de dividendos) aumentaram 1,76%, para R$ 8,09. Os dois papéis atingiram o maior nível desde o fim de novembro do ano passado.

O ‘CHA’ DO SUCESSO

Jaciara Santos PrimoreJaciara Santos | jaciarasantos@primoreconsultoria.com.br

A receita está quase pronta! Agora é tomar atitude. Use o momento a seu favor. Saia da zona de conforto.

Para que se tenha um bom desempenho profissional, recomenda-se uma dose diária de C.H.A.: conhecimento, habilidade e atitude. Buscar novos conhecimentos e especializações, desenvolver habilidades e não parar por aí. O indivíduo precisa ter atitude. O famoso conceito de competência utilizado para desenvolver um super profissional.

Quando criança, minha querida mãe sempre nos encorajava a estudar para “ser alguém na vida” e sempre dizia: “minha filha, estude para não tomar as topadas da vida”.

Cresci com esse pensamento. E, quando vejo algumas pessoas desencorajadas, que reclamam da vida sem ao menos lutar pelo objetivo que sonham, sem no mínimo aprender novas coisas e aprimorar suas capacidades; que me perguntam “qual o motivo de seus insucessos profissionais”, lembro do sábio conselho: Primeiro passo é buscar conhecimento!

Contudo, essa incrível receita necessita de mais alguns ingredientes, a qual inclui desenvolver habilidades.

Esse é um grande desafio, pois temos que eliminar de nossa vida a famigerada Síndrome da Gabriela (Eu nasci assim, vou ser sempre assim). Não aceite isso para sua vida. Você precisa desenvolver, dia a dia, novas habilidades. E isso, para que se mantenha no mercado de trabalho e na vida como um todo, “porque viver exige coragem”.

A receita está quase pronta! Agora é tomar atitude. Não fique aí chorando, reclamando da crise do Brasil, da crise mundial, da crise em seu trabalho. Use o momento a seu favor. Saia da zona de conforto.

Entretanto, de nada vale adquirir novos conhecimentos, desenvolver novas habilidades, participar de workshops, se não levantar-se da cadeira de queixumes e colocar a mão na massa. O sucesso te espera.

Jaciara Santos é coach pessoal e profissional.

MERCADO PROJETA INFLAÇÃO A 8,25%

Analistas e investidores do mercado financeiro preveem que a inflação, medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), feche o ano em 8,25%. A estimativa está no boletim Focus divulgado semanalmente pelo Banco Central. Para o Produto Interno Bruto (PIB) – soma das riquezas produzidas no país –, a perspectiva permanece pessimista, com queda de 1,1% e diminuição na produção industrial de 2,5%.

Para o câmbio, a projeção até o fim do ano é que o dólar chegue a R$ 3,20, e a taxa básica de juros fique em 13,25% ao ano. Houve leve elevação na estimativa para os preços administrados, aqueles monitorados pelo governo como luz e combustíveis, que passou de 13% para 13,1%, em 2015. A expectativa para a dívida líquida do setor público em proporção ao PIB foi mantida em 38%.

Nas contas externas, a expectativa para o déficit em conta-corrente aumentou de US$ 77 bilhões para US$ 78 bilhões, com o saldo da balança comercial em US$ 4,17 bilhões. Os investimentos estrangeiros diretos estão estimados em US$ 57 bilhões, de acordo com o boletim Focus. Da Agência Brasil.

OFERTA DE EMPREGO

A Primore – consultoria em gestão de pessoas está recebendo currículos de interessados em trabalhar como motorista carreteiro ou operador de caixa.

No primeiro caso, o candidato deve possuir Carteira Nacional de Habilitação categoria “E” e segundo grau completo. Já a oportunidade para operador de caixa é exclusivamente para pessoas do sexo feminino, com segundo grau completo e disponibilidade para trabalhar à noite.

Interessados devem encaminhar currículo para o e-mail renatasantos@primoreconsultoria.com.br.

TV POR ASSINATURA CRESCE 11% EM 2013

O setor de TV por assinatura cresceu 11,31% em 2013. Chegou no período a 18,02 milhões de clientes, segundo dados da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). O serviço está presente em 28,42% dos domicílios do país. Considerando o número médio de 3,2 pessoas por domicílio, divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a TV por assinatura chega a 57,66 milhões de brasileiros.

A participação do serviço prestado via satélite atingiu 61,75% da base de assinantes em dezembro de 2013 e a do serviço a cabo, 38,12% dos assinantes. A NET/Embratel lidera o mercado, com 53,61% de participação, seguida pela Sky/Directv, com 29,81%. A Oi tem 4,6%, a GVT 3,76% e a Telefônica, 3,3%.

Na Região Sudeste, a TV paga chegou a 40,2% dos domicílios no final do ano passado. Em seguida, aparece a Região Sul, com 28,77,1%, a Região Centro-Oeste, com 26,39%, a Região Norte, com 18,22% e a Região Nordeste, com 12,78%,   O Distrito Federal lidera o ranking dos estados: 53,53% das casas têm o serviço de TV paga. No Piauí está o menor percentual, com 7,14% das residências com o serviço. Informações da Agência Brasil.

NOVOS SHOPPINGS ATRAEM ATÉ R$ 650 MILHÕES EM INVESTIMENTOS NA BAHIA

Bahia terá até R$ 650 milhões em novos shoppings (Reprodução G&M).

Bahia terá até R$ 650 milhões em novos shoppings (Reprodução G&M).

Sara Barnuevo | Gente&Mercado

A Bahia ganha seu primeiro centro comercial com o conceito outlet no dia 1 de outubro, quando acontece a inauguração do Premium Salvador, na Estrada do Coco. Com um investimento superior aos R$ 100 milhões, o novo espaço reforça o poder do Nordeste no mercado de shoppings. A região, que abriga atualmente 828 centros comerciais, é o segundo no Brasil no setor. Até o final de 2015, mais 157 novos empreendimentos serão somados à oferta atual.

Só na Bahia estão previstos a construção de pelo menos 12 shoppings de médio a grande porte, sendo 11 deles no interior do Estado (Serrinha, Alagoinhas, Feira de Santana, Juazeiro, Barreiras, Ilhéus, Teixeira de Freitas, Vitória da Conquista, Candeias, Eunápolis e Itabuna), com expectativa de investimento superior a R$ 650 milhões.

Já Salvador, que abriga 17 centros comerciais, sendo nove de grande porte, pode ampliar a oferta de shoppings com a construção, ainda sem data prevista, de um centro comercial na área do Aeroclube.

Leia a íntegra no site

FEIRA DE ESTÁGIO

Estudantes que buscam uma oportunidade de estágio para aprimorar conhecimentos e estar mais próximo do mercado de trabalho terão uma boa oportunidade neste fim de semana. No sábado, 14, acontece no Sest/Senat, em Itabuna, a III Feira de Estágio do Sul da Bahia.

O evento começa às 8 horas, com credenciamento, seguido de exposição de empresas e de núcleos de atendimento à comunidade. Na programação, está incluída palestra da consultora Maria Lúcia Guimarães de Macêdo, do Instituto Euvaldo Lodi (IEL), e do case “Estágio, seu futuro começa aqui”. À tarde, haverá oficinas e entrega de certificados.

A Feira de Estágio é uma iniciativa do Sistema Fieb (Federação das Indústrias do Estado da Bahia) e do IEL. Para participar, basta comparecer ao local com um quilo de alimento não perecível.

ABRIL ENCERRA 4 PUBLICAÇÕES E DEMITE 150

Última edição da Alfa

Última edição da Alfa

Comunique-se

Voltada para o público masculino e com pautas sobre comportamento, carreira, estilo e mulheres, a revista Alfa foi encerrada pelo Grupo Abril. No mercado desde setembro de 2010, a publicação não completou três anos. Além dela, Gloss, Bravo e Lola também serão descontinuadas. Com as mudanças, que foram oficializadas pela Abril nesta tarde, 150 colaboradores foram dispensados.

Não é de hoje que apostas em torno dos títulos da Abril são feitas. Com registro de demissões em massa, a editora evitou falar sobre o assunto. Embora muitos funcionários tenham sido desligados, alguns serão mantidos e remanejados pela editora. A partir de agora, Sérgio Gwercman, que estava à frente de Alfa, assume a Direção de Redação de Quatro Rodas. Viagem &Turismo terá como diretora de Redação Angélica Santa Cruz, que respondia pelo comando de Lola.

Leia mais

OVO DE PÁSCOA SOBE 19,78% EM 2 ANOS, DIZ FGV

ovo de páscoa De março de 2011 a fevereiro de 2013, o preço dos ovos de Páscoa subiu, em média, 19,78%, índice que representa 7,78 pontos percentuais acima da inflação do mesmo período, medida pelo Índice de Preços ao Consumidor (IPC), da Fundação Getulio Vargas (FGV).

Segundo o economista André Braz, do Instituto Brasileiro de Economia da FGV, em relação à Pascoa passada, a alta foi 6,42%, um alta de 0,38 ponto percentual acima da inflação dos últimos doze meses, que foi 6,04%.

Para André Braz, a alta do ovo de Páscoa não foi maior em relação ao ano passado porque os preços de alguns insumos básicos utilizados na fabricação do produto tiveram quedas significativas, como o preço do cacau, que caiu 12% nos  últimos doze meses, e do açúcar, que teve queda de 11% no mesmo período. Informações da Agência Brasil.

EMPREGO: ITABUNA E ILHÉUS COMEÇAM 2013 NO VERMELHO

2013 não tem sido bom para quem procura emprego na Bahia.

2013 não tem sido bom para quem procura emprego na Bahia.

Os dois principais municípios sul-baianos fecharam os primeiros meses de 2013 no vermelho na geração de empregos com carteira assinada. Os dados revelam que Itabuna eliminou 9 postos de trabalho no período.

O corte foi maior em Ilhéus: 209 vagas. Os números do emprego no Brasil em 2013 foram apresentados hoje, 20, pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE).

Comércio e Serviços cortaram 113 e 84 vagas, respectivamente, em Ilhéus. A indústria começou mal 2013. Eliminou 74 empregos, segundo o MTE.

O setor da construção civil mostrou recuperação ao gerar 60 novas vagas no período, o que amenizou os cortes em dois dos principais setores da economia ilheense.

Já em Itabuna, serviços e comércio apresentaram resultados positivos, embora tímidos. A área de serviços abriu 62 novas vagas e o comércio, 25. A indústria, porém, demitiu (318) mais que contratou (249), provocando saldo negativo: eliminação de 69 postos de trabalho.

Itabuna e Ilhéus não fogem muito à realidade estadual. Nos dois primeiros meses de 2013, a Bahia gerou saldo positivo de apenas 9 empregos. O setor com pior desempenho foi o comércio: menos 3.172 vagas.

O CACAU DA BAHIA: UMA VISÃO GLOBAL QUE PEDE UMA ATUAÇÃO LOCAL

eduardo thadeuEduardo Thadeu | ethadeu@gmail.com

Fatores por nós já bastante conhecidos e identificados, fizeram com que a produção da tradicional região cacaueira baiana perdesse importância e começasse a derrapar em um mar revolto de enganos e interesses, por vezes escusos, travestidos de ciência de ponta, mas a serviço do oligopólio já instalado.

Não é nenhuma novidade que a commodity cacau e seu mais refinado produto final, o chocolate, sofrem influências de um mercado oligopolizado e de tal forma concentrado que não se vislumbra precedente ou comparação em nenhuma outra cadeia produtiva iniciada no setor primário.

É por demais conhecida a situação de que cinco ou seis grandes compradores e processadores da matéria-prima cacau, a amêndoa, detêm quase 100% do mercado mundial, mercado este que, sem muito alarde, envolve algumas dezenas de bilhões de dólares.

Apesar dessas cifras, esse mesmo mercado deixa somente 7% dos ganhos em sua ponta inicial e, em contrapartida, tem 74% dos ganhos auferidos pela indústria alimentícia que utiliza os sabores e o nome do chocolate.

A novidade oligopólica aqui é que os processadores finais, aqueles que colocam as cáries nos dentes de nossos filhos ao açucararem o cacau, são os mesmos que detêm o poder de compra da matéria-prima original, o nosso bom e saudável fruto, o Cacau.

O Brasil, representado pela Bahia, já foi um importante fornecedor deste mercado internacional. Fatores por nós já bastante conhecidos e identificados, fizeram com que a produção da tradicional região cacaueira baiana perdesse importância e começasse a derrapar em um mar revolto de enganos e interesses, por vezes escusos, travestidos de ciência de ponta, mas a serviço do oligopólio já instalado.

:: LEIA MAIS »

CIDADELLE ENTREGA CONTRATOS

ANDRE GUIMARAES-RELEASE ENTREGA CONTRATOS-Maquete 1-Ilustrativa-260213

A construtora André Guimarães entregará esta semana os contratos aos compradores de unidades no condomínio residencial Cidadelle, situado na rodovia Jorge Amado (Ilhéus-Itabuna). A entrega dos documentos relativos à aquisição ocorrerá sexta e sábado, dias 1º e 2, das 9 às 17 horas, no stand de vendas do empreendimento.

De acordo com a empresa, o projeto imobiliário é considerado um sucesso de vendas, comercializando quase todas as unidades logo após o lançamento.

O condomínio traz inovações como um projeto paisagístico diferenciado, que privilegia espécies nativas, e terá bosque com trilha ecológica e ciclovias. O conceito de sustentabilidade também está presente, com tecnologias para captação de água de chuva e energia solar.

O PIOR MÊS DE JANEIRO EM 12 ANOS

Os números do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério do Trabalho indicam que Itabuna teve o pior mês de janeiro em 12 anos, no que se refere à geração de empregos. O maior município do sul da Bahia ficou com saldo negativo de uma vaga, o desempenho mais fraco desde 2002, quando o saldo ficou positivo em 1008 vagas. Em janeiro do ano passado, a diferença entre admissões e desligamentos fechou em 605.

No ranking baiano, considerando o saldo de cada município, Itabuna está em 45º lugar. A perda de fôlego da economia se reflete em todo o Estado, que em janeiro gerou 64.977 empregos, mas a perda de vagas foi de 65.605 (saldo negativo de 628).

Assim como no resto do País, na Bahia o setor que mais contribuiu para puxar a geração de empregos para baixo foi o comércio, com perda de 2.224 vagas, seguido da administração pública, com menos 140 vagas. Na outra ponta, a construção civil foi o setor que teve a melhor variação positiva, com saldo de 855 vagas.

COMPRADOR DE IMÓVEL NA PLANTA PODERÁ SER INDENIZADO EM CASO DE ATRASO

Incorporadoras que atrasarem a entrega de imóveis poderão ser obrigadas a indenizar os compradores. É o que prevê o Projeto de Lei 07/2013, que tramita no Senado. De acordo com a proposta, se o atraso for superior a 180 dias, o incorporador deverá pagar multa de 2% sobre o valor já quitado e 0,5% ao mês sobre o mesmo montante enquando perdurar o atraso. Os valores poderão ser compensados nas prestações devidas.

Caso seja aprovada, a norma atingirá somente os contratos que forem celebrados a partir de sua vigência. O autor da proposta, senador Gim Argello (PTB-DF) observa que o lançamento de alguns empreendimentos imobiliários não tem seguido planejamento adequado.

Além do próprio ritmo das construções, os atrasos teriam a ver com procedimentos burocráticos a cargo das incorporadoras e algumas vezes pela falta da documentação necessária, como alvarás de licenciamento. Com informações do site Última Instância.

TWITTER QUER FATURAR NO BRASIL

twitterDo iG

Sem sequer por um pé no Brasil, o Twitter foi capaz de atrair 40 milhões de membros nessa nação obcecada com redes sociais.

Agora, a companhia norte-americana diz que é a hora de abrir um escritório em São Paulo para monetizar seu crescimento na maior economia da América Latina, seguindo os passos de seu rival Facebook.

“O Twitter cresceu organicamente”, disse o novo diretor do Twitter Brasil, Guilherme Ribenboim, em recente entrevista à Reuters. “Acreditamos que, com o escritório no Brasil, vamos conseguir nos aproximar dos usuários brasileiros e mostrar o valor da nossa plataforma.”

Leia mais

FABRICANTES PREVEEM AUMENTO NO MERCADO DE AUTOMÓVEIS

carros

Da Agência Brasil

Apesar de ter fechado o ano com a produção em baixa, a Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea) prevê aumento de 3,5% a 4,5% no mercado de veículos em 2013. De acordo com dados divulgados hoje (7), na capital paulista, a produção de automóveis caiu 1,9%, com 3.342.617 novas unidades saindo das montadoras, enquanto em 2011 esse número chegou a 3.407.861.

Segundo o vice-presidente da Anfavea, Luiz Moan Yabiku Júnior, a queda na produção está ligada ao fato de que os cinco primeiros meses do ano foram muito desfavoráveis para o setor, com queda de quase 5% na comparação com o mesmo período do ano anterior. “Mas, com as medidas de redução do IPI [Imposto sobre Produtos Industrializados], conseguimos recuperar. Não só compensamos a queda de quase 5%, mas crescemos 5%”.

Leia mais

PROCURA POR LOTES NO CIDADELLE JÁ É GRANDE

Luciano Szafir entre os diretores da construtora André Guimarães, durante apresentação do projeto à imprensa e autoridades

As vendas só começam oficialmente neste sábado, 1º, mas a procura por lotes no condomínio Cidadelle já é intensa. Segundo os corretores credenciados para comercializar os imóveis, na manhã desta sexta-feira houve dezenas de pessoas procurando fazer o cadastro para garantir um dos lotes.

O futuro bairro planejado ficará na rodovia Ilhéus – Itabuna, ao lado do Atacadão, onde ontem (dia 29) foi realizada apresentação do empreendimento para a imprensa e autoridades da região.  Estavam presentes os diretores da construtora André Guimarães e o ator Luciano Szafir, garoto-propaganda do Cidadelle.

NOVO EMPREENDIMENTO IMOBILIÁRIO

A construtora André Guimarães anuncia para o próximo dia 29 a apresentação de seu primeiro condomínio residencial no Sul da Bahia, o Cidadelle. O evento acontece a partir das 19 horas, no stand da empresa na rodovia Ilhéus – Itabuna, ao lado do Atacadão.

O Cidadelle chega para atender um novo perfil de consumidor, que procura bairros planejados e afastados do barulho e confusão do centro da cidade.

As empresas que atuam no segmento apostam que o mercado na região seguirá cada vez mais fortalecido, puxado por grandes empreendimentos, como o Porto Sul, e outras obras de infraestrutura, a exemplo da duplicação da própria rodovia Ilhéus – Itabuna. Acredita-se inclusive que os negócios no ramo imobiliário chegarão com força também nos pequenos municípios sul-baianos.








WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia