WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
secom bahia





maio 2019
D S T Q Q S S
« abr    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

editorias






:: ‘militar’

QUATRO ACUSADOS DE TRÁFICO MORREM EM CONFRONTO COM A POLÍCIA EM UNA

Acusados morrem em confronto com a polícia|| Fotomontagem Vermelhinho

Quatro integrantes de uma quadrilha de traficantes de drogas com envolvimento em roubos, homicídios e ameaças aos moradores morrem em confronto com polícia na terça-feira (27), em Una, segundo a Secretaria de Segurança Pública da Bahia. Durante a operação denominada de Rede Social, os policiais apreenderam armas e munições.

Polícia apreende armas usadas pelos acusados|| Foto Divulgação

A operação de combate ao tráfico e assalto foi realizada em conjunta entre a Companhia Independente de Polícia Especializado (Cipe/ Cacaueira), 71ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM) e 6ª Coordenadora Regional de Polícia do Interior (Coorpin) em Itabuna.

De acordo com a polícia, os traficantes conhecidos como Fabinho, Xande, Gajão, e um quarto integrante do bando ainda não identificado, estavam escondidos em um acampamento após participarem do um roubo de um automóvel no dia anterior.Com o grupo, a polícia encontrou uma pistola calibre .40, uma calibre .22, duas espingardas e muita munição dos variados calibres.

A polícia informou que os suspeitos baleados ainda foram socorridos para o Hospital Municipal Frei Silvério,  mas não resistiram. O comandante da Cipe Cacaueira, major PM Sandro Ferreira, disse que novas ações estão sendo realizadas para encontrar outros integrantes da quadrilha. “Fabinho, líder do grupo, tinha mandado de prisão e era  conhecido por ameaçar os cidadãos”, revelou o oficial.

GOVERNO ESTÁ IMPEDIDO DE NOVAS CONTRATAÇÕES PARA A SEGURANÇA, DIZ RUI

Rui alega que Estado ultrapassou limite prudencial (Foto Pimenta).

Rui alega que Estado ultrapassou limite prudencial (Foto Pimenta).

O governador Rui Costa disse hoje (1º) que o Estado se encontra impedido de fazer novas contratações para a área da segurança pública. Segundo ele, isto se deve ao fato de o governo ter ultrapassado o limite prudencial de 46,17% e atingido 48% de comprometimento da receita com o pagamento da folha de pessoal.

Rui observou que 2 mil policiais militares foram incorporados este ano e 639 novos policiais civis, convocados no dia 14 de maio, já estão em processo de admissão, a depender apenas da perícia da Junta Médica Oficial do Estado. A convocação dos que ficaram na lista de espera, de acordo com o governador, dependerá da evolução das finanças do Estado.

Os convocados da civil têm reclamado do ritmo lento das perícias médicas, já que a Secretaria da Administração limitou em no máximo 25 o número de atendimentos diários e a expectativa é de que a “via crucis” dure até o início de agosto. Até mesmo os médicos da junta têm manifestado estranheza com a lentidão, mas alegam que apenas cumprem determinação da Saeb.

Há suspeita, entre os convocados, de que a perícia em ritmo de tartaruga seja um artifício para retardar as nomeações. Os futuros policiais, que fizeram o concurso há mais de três anos, dizem que a demora tem implicado em gastos pesados com sucessivos deslocamentos a Salvador, onde acontecem todos os procedimentos para a admissão.

NOTA DE FALECIMENTO

Faleceu no início da noite desta noite o militar da reserva José Rosa Martins, de 81 anos. Conhecido como “Sargento Borrachinha”, ele atuou no 15º Batalhão da PM e na 5ª Ciretran, ambos em Itabuna. O militar estava internado há cerca de um mês na UTI do Hospital Calixto Midlej Filho, em função de complicações decorrentes de um AVC e de problemas renais. O corpo do militar será velado a partir das 20 horas no SAF e o sepultamento está marcado para as 10 horas desta sexta-feira, 27, no Cemitério do Campo Santo.

José Rosa Martins deixa viúva, seis filhos, dez netos e uma bisneta. Um de seus filhos é o policial civil Paulo Martins, da 6ª Coordenadoria de Polícia do Interior (Corpin).

GENERAL QUE COMANDOU A SEGURANÇA NA BAHIA É ALVO DE MANDADO DE PRISÃO EM ALAGOAS

Edson Sá Rocha estaria envolvido em fraude com recursos da segurança

O ex-secretário de Segurança Pública da Bahia, general Edson Sá Rocha, é alvo de um mandado de prisão expedido pela 17ª Vara Criminal da Justiça de Alagoas. O militar é acusado de envolvimento em esquema de fraude na segurança, descoberto pela “Operação Espectro”, deflagrada nesta segunda-feira, 23, em Maceió, capital alagoana.

A operação investiga fraude na compra de alimentos para presídios alagoanos, quando teriam sido gastos R$ 4 milhões sem licitação, de acordo a denúncia do Ministério Público.

A ação policial resultou na prisão de seis pessoas, entre elas coronéis, uma empresária, um servidor público e um policial civil aposentado. Outros dois coronéis e um capitão da Polícia Militar também tiveram mandado de prisão expedido pela Vara Criminal.

Sá Rocha foi secretário de Defesa Social de Alagoas em 2007 e esteve à frente Secretaria de Segurança Pública da Bahia, de 2002 a 2003.

ACIDENTE NA BR-101 MATA PM E AGENTE PENITENCIÁRIO

O policial militar Josemário Reis Santos (Lucas Reis), 43 anos, e o agente penitenciário Jeferson dos Santos Bessa, 28, morreram neste domingo, 7, em um acidente na BR-101, entre Wenceslau Guimarães e Gandu. “Lucas” Reis teria perdido o controle do veículo, que chocou-se contra uma árvore.

O militar era irmão da secretária Joelma Santos, do gabinete do prefeito Capitão Azevedo. A Associação de Praças da Polícia Militar (APPM) em Itabuna emitiu nota de pesar pela morte de Lucas (confira).






WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia