WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


alba










agosto 2019
D S T Q Q S S
« jul    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

editorias






:: ‘Milton Cerqueira’

“ÁLVARO DIAS ESTÁ GARANTIDO NO 2º TURNO”, AFIRMA RAFAEL MOREIRA

Rafael Moreira discursa, observado por Milton Cerqueira, Álvaro Dias e Renata Abreu

O presidente do diretório itabunense do Podemos, Rafael Moreira, considera o senador Álvaro Dias competitivo e com presença “garantida no segundo turno” da disputa presidencial de 2018. “É o único nome que tem uma postura de centro corroborando com o pensamento da maioria do eleitorado brasileiro no momento”, disse ele em entrevista ao PIMENTA.

Pré-candidato a presidente da República pelo Podemos, Álvaro Dias participou de eventos em Ilhéus e Itabuna, na sexta e no sábado (5 e 6). Rafael Moreira, que é pré-candidato a deputado estadual, vê no presidenciável “experiência política comprovada pelos seus vários mandatos”, inclusive como governador do Paraná. “E o melhor, [o nome dele] não está envolvido nessa lama da corrupção, tem conduta ilibada”, acrescentou.

Na sexta à noite, Álvaro Dias reuniu cerca de 800 pessoas na Terceira Via Hall, em Itabuna, quando também deu posse a Rafael como presidente do diretório do Podemos. O evento teve a presença dos deputados federais Bacelar e Renata Abreu, presidentes dos diretórios estadual e nacional do Podemos, respectivamente, o deputado estadual Jânio Natal, o prefeito de Almadina, Milton Cerqueira, o vice-prefeito de Itabuna, Fernando Vita, e a secretária de Governo de Itabuna, Maria Alice Pereira.

Rafael Moreira também falou de propostas para o sul da Bahia. Pré-candidato a deputado estadual, ele afirmou que defende fortalecimento do sul e extremo-sul da Bahia. Uma das propostas a ser defendida é um centro de convenções para 6 mil pessoas em Itabuna. “Como sou otimista, sonho Itabuna sendo a capital baiana do turismo de negócio”, afirma. Ele diz que a proposta é papel do Executivo, mas depende de articulação política, o que pode ser feita pelo mandato como parlamentar.

ALMADINA: FILHA E GENRO DE PREFEITO MORREM EM ACIDENTE

Marcos e Kalila faleceram em acidente na BA-262

Um acidente envolvendo duas motos, na BA-262, no final da noite deste domingo (18), provocou a morte de uma das filhas do prefeito de Almadina, Milton Cerqueira. Kalila Cerqueira era carona do veículo pilotado pelo esposo dela, Marcos Ribeiro.

O genro do prefeito, assim como o outro motociclista, identificado apenas como Patrick, também faleceram na colisão ocorrida no trecho Coaraci-Almadina da rodovia estadual, segundo o Expressoamais. Ainda não há informações sobre as circunstâncias do acidente. O acidente ocorreu já próximo à área urbana de Coaraci.

Almadina comemorava, neste final de semana, os 56 anos de emancipação político-administrativa. Desde a sexta (16), várias bandas se apresentavam na festa de aniversário do município sul-baiano.

MILTON CERQUEIRA COBRA ASFALTAMENTO DO TRECHO ALMADINA-FLORESTA AZUL DA BA-262

Milton Cerqueira é recebido por Josias Gomes na Serin || Foto Divulgação

Milton Cerqueira é recebido por Josias Gomes na Serin || Foto Divulgação

Durante audiência concedida pelo secretário de Relações Institucionais da Bahia (Serin), Josias Gomes, o prefeito de Almadina, Milton Cerqueira, pediu o asfaltamento do trecho da BA-262 que liga o município a Floresta Azul. O trecho da rodovia possui 18 quilômetros de extensão.

Cerqueira foi recebido por Josias Gomes, titular da Serin, em audiência na qual estava acompanhado do secretário de Administração de Almadina, Tarcísio Cardoso, e pelo assessor do deputado estadual Rosemberg Pinto, Vital Bento.

O prefeito sul-baiano solicitou a reforma do estádio municipal, uma ambulância – por meio de emenda parlamentar do deputado estadual Rosemberg Pinto –, um ônibus escolar e um trator com implementos agrícolas.

“Também pedi a perfuração de dois poços artesianos, um na Fazenda Pancadinha e o outro no Vale do Amaral. Nesse encontro produtivo com o secretário Josias Gomes – que reforça a nossa parceria com o governo do Estado -, também solicitei a visita do governador Rui Costa para inaugurar obras em nosso município”, afirmou Milton Cerqueira, prefeito de Almadina.

SÓ DEPENDE DA JUSTIÇA

Leléu pode assumir antes de 2013.

Caso vingue a determinação judicial que afasta os 13 vereadores itabunenses e dá posse imediata aos suplentes, Wellington Rodrigues, Leléu (DEM), poderá desentocar o terno de posse.

Ele é o primeiro suplente da coligação que elegeu os vereadores Milton Gramacho (PRTB) e Milton Cerqueira (hoje candidato a prefeito de Coaraci pelo PRB).

Leléu quase assume a vaga em 2009, mas Gramacho conseguiu se safar da denúncia de compra de votos (relembre aqui).

No final do ano passado, ele novamente voltou a ter esperança de sentar na cadeira de vereador. Foi quando Milton Cerqueira transferiu domicílio eleitoral para Coaraci.

O que parecia direito líquido e certo, não se confirmou. Isso, porque a legislação permitiu ao ex-colega de partido manter o mandato de vereador em Itabuna, embora tenha transferido o título para a disputa a prefeito no outro município sul-baiano.

Nesta segunda, 3, a sorte pode sorrir para Leléu – que, aliás, não desiste nunca: é novamente candidato a vereador.

ASSEDIADO PELO PT, BISPO MARINHO DIZ QUE MANTERÁ CANDIDATURA “ATÉ O FIM”

O deputado federal Bispo Marinho (PRB) lançou-se na disputa pela Prefeitura de Salvador e espera ter seu nome confirmado em convenção partidária no próximo sábado, 30.

Ele afirma que tem mantido contato com vários partidos em busca do vice. As especulações apontam para uma chapa puro-sangue ou até mesmo o deputado ser o vice na chapa encabeçada pelo petista Nelson Pelegrino.

Marinho diz que manterá seu nome na disputa até o fim e já definiu, pelo menos, propostas, estrutura de campanha e a agência que cuidará do marketing da campanha, a Go. Acompanhe o bate-papo ocorrido na semana passada.

PIMENTA – O senhor manterá o nome na disputa até o fim?

BISPO MARINHO – A nossa candidatura está posta. Será homologada no dia 30, na Casa de Espetáculos, ao lado da sede de praia do Bahia, às 16h. Fizemos reunião com 90 candidatos a vereador em Salvador, já definimos algumas metas, para iniciarmos bem a nossa campanha.

Como está a montagem da chapa?

A gente tem feito contato com vários partidos para integrar nossa chapa e fazer aliança conosco. Ainda não temos vice. Estamos trabalhando para atrair quem possa contribuir politicamente. Dar opção em Salvador. A eleição realmente vai para o segundo turno. Vamos discutir, então, quem será colocado nesse projeto.

O PRB dispõe de pouco tempo de televisão. Qual vai ser a estratégia eleitoral?

Nós vamos trabalhar muito na rua. As pessoas que nos apoiam politicamente e os candidatos a vereador têm penetração muito grande na massa. Trabalho articulado de base, forte para tirar essa diferença de tempo de televisão. Com esse tempo, dá para fazer trabalho para se comunicar com a população.

A candidatura do senhor é irreversível ou o senhor coliga com o PT de Nelson Pelegrino?

É para se manter até o fim. Vamos trabalhar forte. Nós tivemos 83 mil votos em Salvador na disputa acirrada para deputado federal. A gente tem conhecimento da cidade, das lideranças. Sou único evangélico dentre os prefeituráveis. Não serei só dos evangélicos. Sou o único negro dentro deste leque. Além disso, transito muito bem em todos os segmentos. Já temos plano de governo, estrutura sendo montada e agência de propaganda, a Go, G-O. O L eu vou colocar [fazer] no dia 7 de outubro (risos largos).

O senhor é dirigente estadual do PRB. Como o partido vai para a disputa na Bahia?

Teremos candidatos em, pelo menos, 40 municípios, além de 20 candidatos a vice. No sul da Bahia, teremos Vane do Renascer em Itabuna, Milton Cerqueira em Coaraci…

 

Montamos frente partidária para ter viabilidade político-eleitoral contra o candidato do Democratas. O nosso adversário político vai ser o Democratas.

 

Em Itabuna, ainda há possibilidade do PRB, por ser da base estadual, aliar-se ao PT?

Não temos absolutamente nada contra Geraldo Simões e Juçara. Estamos na mesma base estadual, mas regionalmente nos encontramos em campos opostos. Montamos frente partidária para ter viabilidade político-eleitoral contra o candidato do Democratas. O nosso adversário político vai ser o Democratas. Fazemos humildemente convite para PT, PSD e PSB venham integrar essa chapa para faze enfrentamento positivo.

O senhor tem acompanhado as denúncias d´O Globo quanto à venda de emendas parlamentares?

Vi por alto essa matéria. Não sei que fundo de verdade tem nisso. Acho que cada um é adulto, sabe o que fez ou deixou de fazer. Cabe a cada um deles provar se não houve algo de ilícito.

“NÃO REELEJA NINGUÉM”

Gerson e Ruy são dois dos alvos da campanha da Cabrália (Foto Sílvio View).

A TV Cabrália/Record News iniciou nesta semana uma campanha polêmica. No programa de maior audiência da emissora, o Alerta Total, o apresentador Tom Ribeiro conclama os telespectadores a não votar novamente em nenhum dos atuais vereadores da Câmara Municipal de Itabuna.

A campanha vem no rastro das denúncias de corrupção dos empréstimos consignados – o Loiolagate – e, mais recentemente, a descoberta de que o presidente da Câmara, Ruy Machado (PRP), obteve aposentadoria por invalidez alegando cegueira irreversível em ambos os olhos. O laudo da cegueira “irreversível” foi expedido pelo colega Gerson Nascimento (PSB), que é médico oftalmologista (confira aqui).

Em tempo: Dos 13 vereadores de Itabuna, 3 anunciaram pré-candidatura a prefeito e, por enquanto, não disputariam reeleição: Vane do Renascer (PRB) e Wenceslau Júnior (PCdoB) desejam a cadeira do prefeito Capitão Azevedo (DEM) e Milton Cerqueira (PRB) disputará sucessão em Coaraci.

A LUTA INGLÓRIA DE LELÉU

Allah Góes | allah.goes@hotmail.com

 

Além de não haver muita vontade do DEM de lutar pela reconquista da vaga, pois o vereador Milton Cerqueira é considerado “fiel ao Prefeito”, existe muito pouca viabilidade legal de se obter a vaga por conta da mudança do domicílio eleitoral.

 

Não é de hoje que meu amigo Wellington Rodrigues Santos, mais conhecido como Leléu, tenta chegar através do voto a uma das vagas da Câmara de Vereadores de Itabuna, sendo que nesta sua última tentativa “bateu na trave”.
Leléu chegou a ser diplomado como vereador, isto por conta dos problemas “cabos-eleitorais” de Milton Gramacho. Mas, poucas horas antes da posse, Gramacho conseguiu com que o TRE-BA determinasse sua a posse, jogando “água fria” nos planos de vereança de nosso amigo.

Derrota assimilada, Leléu, agora primeiro suplente de vereador pelo DEM, passa a ocupar cargo de confiança no governo do também “Democrata” Capitão Azevedo e, por conta da forma como era tratado, ficava sempre de olho comprido na vaga de Milton Gramacho, pois mantida à base de “recursos eleitorais”.

Mesmo estando na iminência de, a qualquer momento, tomar posse como vereador, fato que dobraria o tamanho da bancada do DEM na Câmara, houve pouca, ou nenhuma, ingerência do Partido no acompanhamento do processo Eleitoral de Leléu junto ao TRE-BA, o que motivou alguns aborrecimentos de parte a parte.

:: LEIA MAIS »

DISPUTA PELA PRIMEIRA SECRETARIA

Didi quer assumir o cargo de Cerqueira na mesa diretora

Como pretende ser candidato a prefeito de Coaraci, o vereador Milton Cerqueira (DEM), de Itabuna, terá que transferir seu domicílio eleitoral no início de outubro, o que implica na necessidade de renunciar ao mandato na Câmara Legislativa. A iminente saída de Cerqueira já está provocando uma disputa pelo cargo mais importante da Mesa Diretora, abaixo do presidente: a primeira-secretaria.

O primeiro secretário divide com o presidente o controle da administração da Câmara, o que inclui a gestão de contratos e pagamentos. No legislativo itabunense, a função é exatamente de Cerqueira e, após a sua renúncia, haverá eleição para a escolha de um novo nome.

Segundo o blog Políticos do Sul da Bahia, o vereador Didi do INSS (PDT), que chegou a ser primeiro-secretário por um breve período no início do mandato de Ruy Machado como presidente, está de olho no cargo. E tem uma motivação especial: quer desafiar Machado, por quem não morre de amores.

O blog contabiliza nove votos favoráveis a Didi, o que lhe garantiria vitória folgada numa Câmara com 13 membros. Somente os vereadores Wenceslau Júnior (PCdoB), Ricardo Bacelar (PSB) e Vane do Renascer (PT) não apoiariam o pedetista.

Em tempo: quem assume a cadeira de Milton Cerqueira é Leléu Rodrigues, também do DEM.

MILTON, O TANQUE

Milton: "sabem quem sou eu?".

Milton: "sabem quem sou eu?".

Do alto dos seus quase dois metros, o vereador Milton Cerqueira (DEM) adentrava a área de sócio-torcedor do Itabuna, ontem, no estádio Luiz Viana Filho, quando foi barrado pela equipe de segurança.

Era uma simples conferência. O vereador puxou a carteira de identidade, mas não satisfez o homem da segurança.

Inquieto e bem ao seu estilo, Milton soltou um “sabe quem sou eu?”. Antes que o segurança respondesse, o vereador aproveitou-se do corpanzil que Deus lhe deu e, como um trator, aboletou-se numa das cadeiras da área reservada aos sócios do Itabuna.

E viu o Azulino meter 1×0 no Vitória.

O TRATOR DE AZEVEDO FALHOU

Vereador governista acredita que o prefeito Capitão Azevedo ainda terá muito o que aprender na sua relação com a Câmara Municipal. Neste ano, trombou desnecessariamente com a Casa por duas vezes: quando fatiou o repasse do duodécimo e sofreu ameaça de cassação e na (tentativa) de votação do projeto de reforma tributária, neste final de ano. Nesta última, o rolo compressor falhou.

– O líder de governo é o [Milton] Gramacho e o assessor [parlamentar], o Sargento Raimundo. Deu no que deu. Azevedo é mal assessorado – constata.

Em tempo: a avaliação é de outro Milton, o Cerqueira, que tem livre trânsito no governo e na oposição.








WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia