WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
festival chocolate






alba










junho 2019
D S T Q Q S S
« maio    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  

editorias






:: ‘morte’

HOMEM É EXECUTADO QUASE EM FRENTE À DELEGACIA DE ITAJUÍPE

Jovem foi assassinado na noite de sábado

Um homem foi assassinado, na noite de sábado (8), em Itajuípe, quase em frente à delegacia da Polícia Civil, no centro da cidade. José Antônio Santos, o Zé Antônio, foi atingido a tiros quando trafegava pelo centro, numa moto de placa PJO 8023, por volta das 20h.

Ex-de mulher é o principal suspeito do crime|| Foto Verdinho

De acordo com o Verdinho, entre os suspeitos do crime está o ex-marido da atual companheira de Zé Antônio, que seria uma pessoa boa, sem envolvimento com crime. Na manhã deste domingo (9), a reportagem do PIMENTA tentou ouvir, por telefone, a Polícia Civil de Itajuípe, mas ninguém atendeu as ligações.

ITABUNA:POLÍCIA OUVE NESTA TERÇA TESTEMUNHAS DA MORTE DE DELEGADO DA CIVIL

Delegado Mastique foi morto durante uma abordagem da PM em Itabuna.

A 6ª Coordenadoria Regional da Polícia Civil (Coorpin) vai ouvir, nesta terça-feira (30), testemunhas do incidente que resultou na morte do delegado José Carlos Mastique de Castro Filho, de 55 anos, na madrugada de domingo (28), em frente a um posto de combustível, na Avenida Aziz Maron, em Itabuna. O delegado foi atingido com um tiro no peito deflagrado por um cabo da Polícia Militar.

As testemunhas serão ouvidas pelo delegado André Aragão, chefe regional da Polícia Civil em Itabuna. Entre as pessoas que devem prestar depoimentos estão um policial civil lotado em Salvador, que estava na companhia do delegado e uma mulher que teria sido o pivô da confusão.

Na versão apresentada pelo Sindicato dos Policiais Civis do Estado da Bahia (Sindpoc), a mulher teria sido agredida por um Policial Militar de folga e foi defendida por Mastique de Castro. Essa versão é contestada pelos PMs que foram chamados para atender ocorrência que resultou na morte do delegado da Polícia Civil. As investigações são acompanhadas pela Corregedoria da Secretaria de Segurança Pública da Bahia.

José Carlos Mastique estava na Polícia Civil há 15 anos e era lotado na 13ª Delegacia Territorial, em Salvador. Ele era casado e deixa um filho. O corpo do policial foi sepultado, na manhã desta segunda-feira (29), no Cemitério Campo Santo, em Itabuna, que recebeu centenas de pessoas, entre familiares, amigos e colegas de profissão do policial.

CANADENSE É ENCONTRADA MORTA DENTRO DE CABANA DE PRAIA NA ZONA NORTE DE ILHÉUS

Corpo de Ramona foi encontrado dentro da cabana da qual era dona

A polícia investiga a morte de uma mulher canadense em Ilhéus. O corpo da canadense Ramona Dawe foi encontrado com marca de asfixia na cabana da qual era dona, no São Miguel, zona norte do município, no final da tarde desta quinta-feira (11).

As circunstâncias da morte serão investigadas. Quando chegaram ao local, policiais militares encontraram o corpo jogado ao chão. O Samu 192 constatou a morte de Ramona. Atualizado às 16h54min.

MASCOTE: ACIDENTE COM MOTO E CAMINHÃO PROVOCA MORTE NA BR-101

Colisão provou a morte do motociclista

Um motociclista faleceu na colisão de uma moto Honda Pop e um caminhão, por volta do meio-dia desta segunda-feira (25), em Mascote, no sul da Bahia. Manoel Ferreira Lisboa, que pilotava a moto, faleceu no local.

O acidente ocorreu no povoado de São João do Paraíso. O impacto da colisão arrancou o para-choque do veículo de grande porte. O motorista do caminhão saiu ileso do acidente.

POLÍCIA PRENDE ACUSADO DE MATAR SERVIDOR DA JUSTIÇA EM ITABUNA

“Caquinho” é acusado de matar o técnico judiciário Lindomar Casais

A Polícia Militar cumpriu mandado de prisão temporária contra Francisco Silva Santos, o Caquinho, de 37 anos. A prisão foi solicitada à Justiça pela titular da Delegacia de Homicídio, Magda Figueiredo, segundo o Plantão Itabuna.

“Caquinho” é acusado de matar, a golpes de faca, o servidor da Vara da Infância, Lindomar Casais dos Anjos, 52 anos. Lindomar foi assassinado em 6 de junho do ano passado, em sua residência, na Rua Santa Rita de Cássia, no Sarinha, após discussão com “Caquinho”. O técnico judiciário trabalhava na Vara da Infância e Juventude de Itabuna.

JUSTIÇA SOLTA ACUSADA DE PARTICIPAR DA MORTE DE TAXISTA DE CAMACAN

Acusada de envolvimento de morte de taxista é solta

A justiça concedeu liberdade para a mulher acusada de participar do sequestro e morte do taxista Alex Ferreira da Cruz, 38 anos, no dia 14 deste mês, informa a rádio Jaraguar FM. Iná Rocha de Souza, 21 anos, estava detida em Teixeira de Freitas desde o dia 16, quando policiais da Companhia de Ações Especiais da Mata Atlântica (Caema) localizaram ela e Alisson de Souza Vinhas, o “Biri”, 24 anos, em Mucuri.

De acordo com a rádio Jaraguar, a justiça acatou os argumentos dos advogados de defesa de que não existem provas de participação de Iná Rocha no assassinato de Alex Ferreira.  O carro do taxista, um Prisma de Placa PJI – 7649, foi encontrado em Arraial D’ajuda.

“Biri” acabou atingido em troca de tiros com policiais da Caema e não resistiu aos ferimentos. Já Iná Rocha não resistiu à prisão. O casal aparece em imagens de câmara de segurança de uma loja minutos antes de contratar o taxista Alex Ferreira para transportá-lo de Camacan para Canavieiras.  A corrida para morte foi feita no dia 15 deste mês.

O taxista foi encontrado morto no distrito de Ourucana, em Canavieiras.  O crime revoltou amigos e colegas de profissão de Alex, que era muito conhecido no sul e extremo sul da Bahia. Eles acreditam que  Iná Rocha teve participação no crime. Ela está grávida de sete meses.

ITAPETINGA: HOMEM SE NEGA A ASSUMIR PATERNIDADE E É MORTO PELO PRÓPRIO FILHO

Gabriel matou Índio em briga por paternidade || Foto SSP-BA

Não ser assumido como filho foi o motivo alegado por Gabriel de Souza Lima, 22 anos, durante depoimento na sede da 21ª Coordenaria Regional de Polícia do Interior (Coorpin), na cidade baiana de Itapetinga, para matar Edetor Pires Vieira, 74. O jovem, que tinha mandado de prisão expedido pela Justiça, foi encontrado na rodoviária do município, na madrugada deste domingo (10).

No interrogatório Gabriel disse que há três anos descobriu ser filho de Edetor, popularmente conhecido como “Índio”, e que no dia do crime foi até a residência do pai para pedir que fosse reconhecido. Segundo ele, houve discussão e ele deu um empurrão em Índio, derrubando-o no chão. A vítima teria o ameaçado de morto. O jovem disse que só então pegou uma faca na cozinha e aplicou vários golpes em Índio.

“As equipes acompanharam as redes sociais do criminoso e sabiam da tentativa de fuga. Com auxílio das câmeras da rodoviária, conseguiram prendê-lo. Bom refletirmos sobre como a sociedade está violenta. Uma discussão entre pai e filho terminar desse jeito é lamentável. E o pior é que a polícia é cobrada por estas mortes”, declarou o diretor do Departamento de Polícia do Interior (Depin), Flávio Góis. O delegado acrescentou que o jovem será encaminhado para o sistema prisional.

TRAVESTI É ASSASSINADO A TIROS NA BR-101 EM ITABUNA

Charliane foi assassinada a tiros na BR-101 || Foto Reprodução

Charliane foi assassinada a tiros na BR-101 || Foto Reprodução Verdinho

A Polícia Civil de Itabuna investiga o assassinato do travesti Charles Silva Barreto, 30 anos. Mais conhecido como Charliane, ele foi morto a tiros na madrugada desta quarta-feira (2). O corpo do travestir foi encontrado às margens da BR-101, no km-507, perto do bairro Odilon.

De acordo com informações preliminares, horas antes do assassinato o travestir foi visto nas imediações da rodoviária de Itabuna, no Centro Comercial. O crime teria ocorrido por volta das 3 horas da manhã.

Populares informaram que Charliane fazia programa. Atingida por diversos disparos, a vítima não tinha passagem pela polícia. Segundo o comando do 15º Batalhão da PM, o centro de telecomunicações foi acionado por populares às 3h10min desta terça.

PRINCIPAL SUSPEITO DE MATAR CANTOR FELIPE YVES É PRESO

Polícia prende autor de crime contra Felipe Yves.

Polícia prende autor de crime contra Felipe Yves.

O traficante Ueslei Silva Sarinho, o Heures, de 22 anos, foi preso, nesta segunda-feira (13), por equipes do Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco). A prisão ocorreu quando o criminoso tentava fugir da casa do seu irmão, localizada na Rua Pensilvânia, em Castelo Branco, onde estava escondido desde que matou o compositor Felipe Yves, no último dia 9.

A prisão ocorreu depois que denúncias anônimas indicavam que o assassino ainda estaria no bairro, na casa de um parente. Já na casa da mãe dele, localizada na mesma rua da casa do irmão, foi encontrado, embaixo de uma sapateira, um revólver calibre 38, que pode ter sido usado no crime contra o compositor.

Autuado em flagrante por posse ilegal de arma de fogo, Heures já possuía dois mandados de prisão em aberto por homicídios ocorridos na região de Cajazeiras. O Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) investiga a participação do traficante e sua quadrilha em mais dez assassinatos. A arma será encaminhada ao Departamento de Polícia Técnica para ser periciada.

Nesta terça-feira (14), às 11 horas, o Draco e o DHPP, responsável pela investigação, apresentam o traficante à imprensa, no auditório da Polícia Civil, na Rua das Hortênsias, 247, Pituba. A delegada Andrea Ribeiro, coordenadora de Narcóticos do Draco, e o delegado Guilherme Machado, coordenador da 2ª DH Central, conduzem a apresentação. Heures será ouvido ainda esta noite pelos delegados da DH/Central que cuidam do caso.

DPT LIBERA CORPO DE SAMARONE MAIS DE 30 HORAS DEPOIS DO CRIME

Corpo de Samarone é liberado mais de 30 horas depois de morte (Foto Reprodução).

Corpo de Samarone é liberado mais de 30 horas depois de morte (Foto Reprodução).

O corpo do professor Samarone Rodrigues somente foi liberado pelo Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Itabuna, no final desta manhã de sexta (10), aumentando ainda mais a dor de familiares e amigos do servidor público municipal. O atraso se deve à falta de legista no DPT, segundo pessoas próximas à vítima.

A liberação do corpo correu mais de 30 horas após Samarone ser assassinado, no início da madrugada de ontem (9), por volta das 1h30min. O enterro do professor está previsto para as 16 horas, no Cemitério Campo Santo, em Itabuna. Samarone deixa uma filha de cinco anos.

PROFESSOR É ASSASSINADO EM ITABUNA

Samarone foi executado dentro do próprio carro (Foto Reprodução).

Samarone foi executado dentro do próprio carro (Foto Reprodução).

O professor Samarone Rodrigues foi assassinado a tiros, no início da madrugada desta quinta (9), na Rua Ubaldo Dantas, no Banco Raso, próximo ao Fórum Desembargador Humberto Machado, da Justiça do Trabalho, em Itabuna. A vítima estava dentro do próprio carro, um Fiat Punto, quando levou dois tiros na cabeça.

A Polícia Militar foi acionada e, ao chegar ao local, constatou que o professor estava morto. O corpo está no Departamento de Polícia Técnica (DPT). Até o início desta manhã, ninguém havia sido preso.

A polícia trabalha até aqui com duas hipóteses. A primeira é de que o autor conhecia e se relacionava com a vítima. A outra aponta para latrocínio (morte seguida de roubo). A suspeita da polícia é de que o autor dos disparos estivesse dentro do carro, o que reforça a primeira hipótese, a de que o atirador conhecia a vítima.

ENVOLVIDO COM O TRÁFICO MORRE EM FERRADAS

violencia1Um homem identificado como Henrique Rocha Nolasco, de 27 anos, foi morto no início da madrugada de hoje (11), no bairro de Ferradas, em Itabuna. O crime aconteceu em frente a um bar, nas imediações da praça da localidade.

A polícia encontrou o corpo com perfurações por todo o corpo. No local, foram encontradas cápsulas de munição calibre .380.

Informações dão conta de que a vítima tinha envolvimento com o tráfico de drogas. Em 2012, Henrique Nolasco foi preso durante operação em uma boca de fumo no bairro Santo Antônio.

MENINO MORTO EM SP ERA DE BRUMADO

waldikO adolescente Waldik Gabriel Silva Chagas, 11, morto na noite de sábado (25), durante perseguição policial em São Paulo, era natural de Brumado, no sudoeste baiano.

Waldik estava no banco de trás de um carro que foi perseguido por uma guarnição da Guarda Civil Metropolitana. Havia suspeita de que os ocupantes do veículo teriam participado de um assalto na mesma noite.

O menino foi atingido por um tiro na nuca e deixado no carro, ainda vivo, pelos demais ocupantes. Ele foi levado para o hospital, mas já chegou morto.

Waldik era um dos nove filhos da ajudante de cozinha Orlanda Correia Silva, de 47 anos. Ela admitiu que há um ano o garoto vinha se envolvendo com “companhias erradas” e em pequenos assaltos.

FUNCIONÁRIO DA SECRETARIA DA SAÚDE MORRE EM ACIDENTE

Emerson não resistiu a duas paradas cardiorrespiratórias

Emerson não resistiu a duas paradas cardiorrespiratórias

O digitador Emerson Magalhães, de 27 anos, que trabalhava no Departamento de Vigilância Epidemiológica de Itabuna, morreu na noite de ontem (30), após sofrer um acidente de trânsito no Centro de Itabuna. Emerson pilotava uma moto, que se envolveu em colisão com um carro na Avenida Inácio Tosta Filho.

O servidor da Secretaria da Saúde chegou a ser socorrido e foi submetido a cirurgias, mas não resistiu após duas paradas cardiorrespiratórias. O corpo está sendo velado no SAF.

Em nota, o secretário municipal da Saúde, Paulo Bicalho, afirma que ele e equipe da Secretaria manifestam “sentimento de pesar e solidariedade à família, amigos e colegas de Emerson Magalhães”. Diz ainda que o jovem era “querido por todos do departamento e, por extensão, dos funcionários da Prefeitura de Itabuna”.

AOS 85 ANOS, MORRE CAUBY PEIXOTO

Cauby Peixoto era considerado uma das maiores vozes da música brasileira (Arquivo Agência Brasil)

Cauby Peixoto era considerado uma das maiores vozes da música brasileira (Arquivo Agência Brasil)

Um dos maiores cantores da música brasileira, Cauby Peixoto morreu na noite desse domingo (15), aos 85 anos, em São Paulo. Ele estava internado desde o dia 9 de maio no Hospital Sancta Maggiore, no Itaim Bibi, na zona sul de São Paulo. Segundo o fã clube do artista, ele morreu por volta da meia-noite de ontem. O hospital informou que o cantor teve um quadro de pneumonia.

Cauby Peixoto Barros nasceu em Niterói, na região metropolitana do Rio de Janeiro, em 10 fevereiro de 1931. Cresceu em uma família de artistas. Trabalhou no comércio até começar a participar de programas de calouros no fim da década de 40, como a Hora dos Comerciários, na Rádio Tupi. Gravou o primeiro disco pelo selo Carnaval, em 1951, com o samba Saia branca, de Geraldo Medeiros, e a marcha Ai, que carestia!, de Victor Simon e Liz Monteiro. Foi um dos grandes nomes da chamada “era de ouro do rádio”.

Em 65 anos de carreira, teve grande sucesso com músicas como Blue Gardenia, Conceição, Mil Mulheres, Bastidores, New York, New York e Nada Além.

Cauby Peixoto  estava em turnê pelo Brasil com a cantora Angela Maria. Da Agência Brasil

PROMOTOR DE EVENTOS ENCONTRADO MORTO EM ITABUNA

Marquito Tigresa era ativista contra a homofobia

Marquito Tigresa era ativista contra a homofobia

O promotor de eventos Marquito Tigresa foi encontrado morto na noite deste domingo (15), em sua residência, no bairro Vila Zara, em Itabuna. Segundo informações do Plantão Itabuna, vizinhos de Tigresa entraram em contato com a polícia, depois de notar a ausência de Tigresa há alguns dias e perceber um forte odor saindo da casa do promotor de eventos.

A causa e as circunstâncias da morte ainda dependem de investigações e das conclusões da perícia. Além de realizar eventos relacionados à moda, Tigresa era também um ativista contra a homofobia. Em 2008, ele lançou em Salvador o livro “Por que?”, que aborda o tema.

O corpo de Marquito Tigresa ainda se encontra no Departamento de Polícia Técnica de Itabuna.

 

SEGUNDO HOMICÍDIO DE MAIO

Travessa Bom Sossego, bairro Nova Esperança. Não se engane com os nomes, pois foi neste local – nas imediações do presídio de Itabuna – que se registrou hoje (7) à tarde o segundo homicídio da cidade neste mês de maio.

A vítima está identificada como José Carlos Santos Nascimento. Tinha 31 anos e era motorista de ônibus na empresa Viação Expresso Rio Cachoeira.

Testemunhas afirmam que os tiros foram disparados de dentro de um Chevrolet Corsa, de cor prata. José Carlos, que estava em seu dia de folga, morreu no local.

BANDIDO MORRE EM TROCA DE TIROS NA MANGABINHA

Lucas Bomba chegou a ser levado para o hospital, mas não resistiu

Lucas Bomba chegou a ser levado para o hospital, mas não resistiu

Policiais trocaram tiros com um assaltante conhecido como “Lucas Bomba”, na noite deste sábado (30), no bairro da Mangabinha. Segundo informações, o bandido reagiu à voz de prisão e atirou contra PMs, mas acabou levando a pior.

De acordo com o “Verdinho”, Lucas era apontado pelo envolvimento em vários assaltos e já esteve preso. O assaltante fazia parte da mesma quadrilha integrada por bandidos detidos pela polícia na sexta-feira (29), no bairro do Salobrinho, em Ilhéus.

Depois de ser ferido na troca de tiros, Lucas foi levado para o Hospital de Base,  mas não resistiu. Na ação, a polícia apreendeu um Fiat Pálio que era utilizado pelo assaltante.

 

MEMBRO DE FACÇÃO É EXECUTADO EM ITABUNA

Raomi (esq.) faz o símbolo da facção a que pertencia

Raomi (esq.) faz o símbolo da facção a que pertencia

O jovem Raomi Paixão Monteiro, de cerca de vinte anos, foi executado no final da manhã de hoje, no bairro João Soares, em Itabuna. Raomi pilotava uma moto quando foi cercado por bandidos que o seguiam, também de motocicleta. Segundo a polícia técnica, a vítima levou cerca de quinze tiros de pistola.

Em um dos bolsos do rapaz, a polícia encontrou uma trouxinha de maconha. Pouco depois, fazendo buscas na casa onde Raomi morava, foi encontrada grande quantidade de droga.

Há informações de que Raomi era membro da facção criminosa conhecida como Raio A. Em imagens divulgadas nas redes sociais, o jovem aparece ao lado de traficantes e fazendo o símbolo da facção.








WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia