WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


alba

unesul bahia

uniftc






janeiro 2020
D S T Q Q S S
« dez    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

editorias


:: ‘Nadson Monteiro’

CÂMARA DE ITABUNA APROVA FIM DO “DJ DO BUZU”

Itabuna aprova lei que disciplina o uso aparelhos em ônibus.

Itabuna aprova lei que disciplina o uso aparelhos em ônibus.

A Câmara de Itabuna aprovou nesta quarta-feira (4) projeto de lei que acaba com o chamado “DJ do Buzu” nas linhas urbanas do município. De autoria do vereador Nadson Monteiro (PPS), o projeto agora vai à sanção do prefeito Claudevane Leite.

Após a sanção da lei, fica proibido o uso de aparelhos de som ou celulares no modo alto-falante, o que tanto inferniza a vida de usuários de ônibus. Em março, passou a valer lei semelhante para ônibus de linhas intermunicipais em toda a Bahia.

Quem não respeitar a lei, será convidado a deixar o buzu.

CÂMARA DISCUTE REABERTURA DE AEROPORTO

Glebão e Nadson propõem análise de proposta.

Glebão e Nadson propõem análise de proposta.

Os vereadores Nadson Monteiro e Glaby Carvalho (Glebão) anunciaram sessão especial para discutir a reabertura do Aeroporto Tertuliano Guedes de Pinho. O terminal itabunense está desativado há quase uma década e a intenção é discutir a sua viabilidade.

A sessão especial deverá ocorrer após o fim do recesso legislativo, em agosto. Na avaliação do empresário Eduardo Fontes, a reabertura do aeroporto impulsionaria a aviação regional.

Eduardo enfatiza que o Tertuliano Guedes de Pinho possui boa pista, localização geográfica privilegiada e poderá receber aviões de grande e médio portes, além de aviões cargueiros e UTI aérea.

NADSON PROPÕE TRANSPORTE ALTERNATIVO EM ITABUNA

Nadson propõe transporte alternativo em Itabuna.

Nadson propõe transporte alternativo em Itabuna.

Crítico dos serviços prestados pelas empresas de ônibus, o vereador Nadson Monteiro (PPS) defendeu que a aprovação de projeto que aprova o transporte alternativo ou complementar em Itabuna. O projeto do vereador já está tramitando na Câmara de Itabuna e tem como relator o vereador Paulinho do INSS (PT).

Na opinião de Nadson, o transporte alternativo, operados por vans, forçaria as empresas convencionais a oferecer melhor serviço e atingiria localidades hoje não atendidas pela Expresso Rio Cachoeira e São Miguel. O vereador do PPS disse que há três meses vinha discutindo com a área jurídica do legislativo a formulação do projeto de lei e apresentou a proposta em maio.

Nadson afirma que os ônibus que servem à população de Itabuna “são velhos, desconfortáveis” e as linhas apresentam “constantes atrasos”. Ele ainda denuncia a falta de veículos adaptados para cadeirantes. Outro problema, avalia, é a redução da frota em determinados horários, “provocando enorme insatisfação”.

PROJETO CONTRA “DJ DO BUZU” EM ITABUNA

Lei acaba com "DJ do Buzu", que agora terá que ouvir suas músicas com fone de ouvido.

Lei vai proibir “DJ do Buzu” em ônibus em Itabuna.

Nadson é autor do projeto.

Nadson é autor do projeto.

O vereador Nadson Monteiro (PPS) protocolou projeto de lei na Câmara para acabar com o famoso DJ de Buzu no transporte coletivo urbano em Itabuna.

Se aprovada a lei, os passageiros ficam proibidos de usar aparelhos de som ou celulares no modo alto-falante. Nadson disse que o projeto atende às dezenas de reclamações de usuários do transporte coletivo.

Pelo projeto do parlamentar, o usuário que descumprir a lei terá de desligar o aparelho ou até mesmo ser retirado do ônibus. A Secretaria de Transporte e Trânsito (Settran) será responsável pela sinalização dos ônibus com adesivos com informações da lei. O projeto será analisado pelas comissões técnicas da Casa e votado em plenário.

No início deste ano, foi sancionada lei estadual que proíbe uso de aparelho sonoro em alto volume em ônibus das linhas intermunicipais (relembre).

VANE FALA EM CRESCIMENTO

Wenceslau e Vane (à esq.), eleitora e candidatos a vereador Nadson Monteiro e Isaías da Cebola.

O prefeiturável Vane do Renascer (PRB) e o vice, Wenceslau Júnior (PCdoB), sacudiram o encontro com os 100 candidatos a vereador da coligação, ontem à noite, na sede do PP itabunense. A resposta para tanta alegria pode ser encontrada em duas recentes sondagens eleitorais, uma delas encomendada pela coligação.

Vane e Wenceslau falam em dobrar a militância nas ruas. O planejamento da coligação “Na frente para Itabuna mudar!” é chegar à liderança nas pesquisas antes mesmo do início do horário eleitoral no rádio e na TV, que começa no dia 21 de agosto. “Vamos intensificar o trabalho de “corpo a corpo” junto à população”, afirma Vane. O candidato faz “bandeiraço” na Avenida do Cinquentenário, nesta manhã, e “corpo a corpo” no Vila Zara à tarde.

ITABUNA: SUPLENTES SÓ ASSUMEM APÓS DEFINIÇÃO DA JUSTIÇA ELEITORAL

Piçarra, Júnior Brandão, Neide de Carlito, Glebão, Nadson Monteiro e Rosivaldo assumem.

A presidência da Câmara de Itabuna fará consulta à Justiça Eleitoral na próxima quarta-feira, 2, para saber quais dos suplentes devem tomar posse em lugar dos seis vereadores afastados na última quinta, 26, pela juíza Rosineide Almeida. Os suplentes que assumem em lugar dos afastados por envolvimento no Caso dos Créditos Consignados na Câmara (confira abaixo).

Embora vista como manobra do presidente da Casa, Rui Machado (PRP), a consulta expõe questionamento relacionado a dois dos suplentes, Antônio Félix Nascimento, o Piçarra, que trocou o PSDB pelo DEM, e Neide de Carlito, que deixou o PMN e abrigou-se no PTN. Ambos poderiam, conforme entendimento, estar impedidos de assumir. A legislação, no entanto, deixa claro que o mandato é do suplente diplomado. A presidência do legislativo quer conferir a ordem cronológica da diplomação em 2008.

AFASTADOS E SUPLENTES

Na quinta-feira, 26, atendendo ao pedido do Ministério Público estadual, a juíza substituta da 1ª Vara da Fazenda Pública, Rosineide Almeida de Andrade, determinou o afastamento temporário pelo prazo de 90 dias dos vereadores Clóvis Loiola (PSDC), Raimundo Pólvora (DEM), Ricardo Bacelar (PSC), Roberto de Souza (PR), Solon Pinheiro (DEM) e Wenceslau Júnior (PCdoB) do exercício do mandato.

Segundo a decisão da magistrada, a medida visa salvaguardar a instrução processual. Eles são investigados por envolvimento no esquema de fraude na obtenção de empréstimos consignados na Câmara.

Com o afastamento dos vereadores titulares, tomam posse os suplentes Maria Neide Oliveira, a Neide de Carlito (hoje no PTN), Júnior Brandão (hoje no PT), Antônio Félix Nascimento, o Piçarra (DEM), e Rosivaldo Pinheiro (PCdoB). A decisão mantém Glaby Andrade, o Glebão (PV), e Nadson Monteiro (PPS), suplentes que assumiram em janeiro passado, com o afastamento dos vereadores Clóvis Loiola e Ricardo Bacelar em outro processo.

COMPUTADORES FURTADOS DE ESCOLA SÃO VENDIDOS EM ITABUNA

O vereador Nadson Monteiro (PPS) denunciou nesta quarta-feira, 25, que microcomputadores e outros equipamentos furtados da Escola Municipal Raimunda Oliveira, no Santo Antonio, estão sendo oferecidos a comerciantes e pessoas do bairro. O também radialista alertou para que ninguém compre os equipamentos e ainda comunique a ação dos bandidos às autoridades policiais.

A escola foi arrombada nesta semana por bandidos que levaram 12 microcomputadores novos e periféricos para o futuro infocentro. Monteiro disse que apresentar Pedido de Providência na Câmara de Vereadores para que a Guarda Civil Municipal reforce a segurança dos imóveis como escolas e postos de saúde.

Segundo ele, os ataques de bandidos ao patrimônio público municipal têm sido frequentes nos últimos dias. Enquanto faltam guardas municipais nas escolas e postos de saúde, efetivo de aproximadamente 20 homens está sendo desviado para dar segurança à Construtora Casa Própria, responsável pela execução das obras do Canal Lava-Pés (Avenida Amélia Amado). Os guardas dão plantão para impedir que os operários parem de trabalhar, já que a categoria está em greve há quase duas semanas.

“LOIOLAGATE”: SUPLENTES TOMAM POSSE

Brandão, Glebão e Nadson: vereadores por 90 dias.

Numa cerimônia de pouco mais de dez minutos, a Mesa Diretora da Câmara empossou os suplentes Glaby Carvalho de Andrade, o Glebão (PV), Júnior Brandão (PT) e Nadson Monteiro (PPS). Eles assumem mandato por 90 dias em lugar dos vereadores Ricardo Bacelar (PSC), Roberto de Souza (PR) e Clóvis Loiola (PSDC).

Os três vereadores foram afastados do cargo pelo juiz da 2ª Vara Cível e da Fazenda Pública, Gustavo Silva Pequeno, ao atender a pedido do Ministério Público estadual, que investiga desvios de aproximadamente R$ 564 mil destinados a pagamento de publicidade e divulgação de atos institucionais da Câmara de Vereadores.

De acordo com investigações do MP, o dinheiro foi desviado para o bolso de vereadores. O maior beneficiário dos desvios da verba de publicidade, conforme depoimento do ex-assessor Eduardo Freire, foi o ex-presidente Clóvis Loiola. Depoimento do publicitário Rui Barbosa também incrimina o ex-primeiro secretário Roberto de Souza, que diz ser alvo de “denúncias infundadas“.

Além de serem afastados, os vereadores, ex-assessores e o empresário Rui Barbosa, da Mozaico Fábrica de Resultados, tiveram os bens bloqueados pelo juiz Gustavo Pequeno. O magistrado ainda analisa pedido do promotor Inocêncio Carvalho, que solicitou a quebra dos sigilos bancário e fiscal dos envolvidos nos desvios.

SITUAÇÃO INUSITADA

O radialista e pré-candidato a vereador, Palhaço Cocada, passa por uma situação inusitada no seu trabalho diário.

Contratado por um mercadinho do bairro Santo Antônio para fazer a promoção de seus produtos, Cocada fica na porta da casa comercial com um equipamento de som, animando os clientes com suas brincadeiras e seu conhecido bom humor. Em outro período do dia, ele faz o mesmo serviço em um carro de som, circulando pelas ruas do bairro.

Tanto no mercadinho quanto no carro de som, o cara-pintada do humor distribui balas para as crianças, faz brincadeiras com os moradores e vai conquistando a simpatia de um grande público em todas as faixas de idade, o que pode lhe render bons votos.

O inusitado nisso tudo é que o motorista do carro de som contratado pelo mercadinho é o também radialista e também pré-candidato a vereador Nadson Monteiro, que está na estranha situação de ganhar para conduzir seu futuro adversário pelas ruas do bairro, enquanto este trabalha e aduba o terreno para o futuro pleito.

Coisas da política.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia