WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
cenoe





dezembro 2018
D S T Q Q S S
« nov    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  

editorias






:: ‘negócios’

MIOLO INVESTIRÁ R$ 30 MILHÕES EM PRODUÇÃO DE VINHOS E SUCOS NA BAHIA

Grupo Miolo assina protocolo de intenções com governo baiano || Foto Camila Souza/GovBA

O Grupo Miolo deverá dobrar a produção de vinhos, destilados, espumantes e sucos na Bahia, passando de 4 milhões para 8 milhões de litros produzidos, por ano, no estado nordestino. Nesta quarta (5), representantes da empresa e do governo baiano assinaram protocolo de intenções para investimentos que totalizam R$ 30 milhões em ampliação da unidade em Casa Nova e fábrica de suco no município de Barra, ambos no norte da Bahia.

A unidade baiana gera 30% da receita do grupo no Brasil. Com as intenções assinadas ontem com o governador Rui Costa, o grupo ampliará de 180 para 280 o número de empregos no Estado.

O investimento em Barra aproveitará estrutura fabril desativada da Barra Frutos, com instalação de equipamentos e implantação de vinhedo em área de 50 hectares. Nesta fase, de acordo com a empresa, são 200 novos empregos. Na assinatura do protocolo de intenções, estiveram, além do governador Rui Costa, o vice João Leão, a secretária estadual de Desenvolvimento Econômico (SDE), Luiza Maia, assim como o superintendente e o presidente do Conselho de Administração do Grupo Miolo, Adriano Miolo e Eurico Benedetti, respectivamente. :: LEIA MAIS »

INDIANA ACIRRA BRIGA NO SEGMENTO DE FARMÁCIAS E DROGARIAS EM ITABUNA

Indiana abre primeira filial do sul da Bahia em Itabuna || Divulgação

A briga no segmento farmácias e drogarias em Itabuna ficará ainda mais acirrada a partir da próxima semana. Um dos grupos mais fortes em Minas e no extremo-sul baiano, a Indiana abrirá a primeira unidade no sul da Bahia no dia 21.

A unidade da Indiana será inaugurada na Avenida do Cinquentenário, Centro. O Grupo Indiana conta com mais de 80 unidades em Minas Gerais e na Bahia.

O segmento de farmácias e drogarias ganhou novas marcas e unidades em Itabuna nos últimos meses, a exemplo da Ultra Popular, que em Itabuna tem como associado o Grupo Velanes. Grandes redes de capilaridade nacional já estão há tempo, dentre elas Drogasil e Pague Menos.

PROGRAMA LIDERAR O FUTURO FORMA 22 EMPRESÁRIOS EM ITABUNA

Programa-piloto do Sebrae forma 22 empreendedores em Itabuna || Foto Maurício Maron

Ronaldo Abude é dono de uma empresa que atua, há 24 anos, no segmento do agronegócio em quatro cidades baianas. Ele comanda 105 funcionários. Já a jovem Thaís Rocha, colaboradora de um hospital oftalmológico de Itabuna, ingressou na empresa aos 16 anos. Hoje, aos 25 anos, coordena a área de atendimento da instituição. Gerações diferentes unidas pela ideal de trabsformar o seu local de trabalho e contribuir com a cidade onde vivem.

Ronaldo, Thaís e mais 20 empreendedores de Itabuna integram a primeira turma do Programa Liderar o Futuro, do Sebrae. Na noite desta segunda-feira (12), as novas lideranças da região sul receberam o certificado de conclusão do curso. Idealizado pelo Sebrae Bahia, com apoio da FCDL, Fecomércio, Faceb, Faeb e Fieb, o programa conta com quatro turmas-piloto em todo o estado e, dentre as cidades contempladas, está Itabuna.

“A história da humanidade, em todas as suas etapas, acontece quando há gestão de mudanças. Ter um processo de formação de lideranças nos faz acreditar que teremos movimentos favoráveis aos micro e pequenos negócios e de uma região com processos de desenvolvimento vinculados a estas novas competências”, assegura a gerente regional do Sebrae em Ilhéus, Claudiana Figueiredo.

O experiente Ronaldo Abude destaca que as empresas são movidas por pessoas. Para ele, se você passa a ter mais conhecimento e se prepara para fazer uma política de mudança, por exemplo, isso é importante para o resultado final do seu negócio. “Os novos modelos de gestão estão voltados para líderes que respeitem, por exemplo, a diversidade, o desenvolvimento sustentável e, toda essa linha de trabalho, serve tanto para políticas na área privada, como, também, políticas públicas”, completa.

Já Thaís destaca o sentimento do autoconhecimento. “O programa nos traz a reflexão de poder olhar para si mesmo e disso poder criar mecanismo de mudanças coletivas e um papel social importante em nossa comunidade”, elogia.

MELHOR PARA TODOS

Douglas Burtet, criador e facilitador do Liderar o Futuro

Criador do programa e um dos facilitadores das atividades em Itabuna, o jornalista Douglas Burtet explica que a ideia central do programa é formar lideranças participativas com desejo de contribuir e ser protagonistas de mudanças em seu território social e de negócios, criando um impacto positivo no ambiente empreendedor. Até chegar à certificação, os 22 integrantes tiveram nove encontros de oito horas, dois encontros de quatro horas, todos com conteúdos e atividades práticas com especialistas. Durante a solenidade, os participantes, divididos em três grupos, apresentaram planos de intervenção para Itabuna, nas áreas de educação, mobilidade urbana e segurança pública.

Para participar do programa foram obedecidos alguns critérios sobre o perfil dos participantes: ser empresário ou empreendedor, participar de entidades empresariais, ter interesse em se engajar em ações articuladas, contribuir para o seu ambiente de competitividade e acreditar no associativismo com atuação social.

Secretário da Amurc, entidade que representa 32 municípios da região Sul, Luciano Veiga, também participante da primeira turma, comemora. “Vivemos, com este programa, o momento de construir lideranças institucionais através de pessoas. Não basta que pessoas sejam representantes de instituições. Precisa que elas tenham compreensão do papel delas como líderes, desenvolvendo este papel na sociedade”, finaliza.

FÓRUM REÚNE PIB SUL-BAIANO EM COMANDATUBA

Fórum reuniu nomes do PIB sul-baiano em Comandatuba

Alguns dos principais nomes do PIB sul-baiano se reuniram, neste final de semana, no Fórum Empresarial da Bahia, no Resort Transamérica, em Comandatuba, Una, para discutir política, economia, gestão empresarial e responsabilidade social. Neste ano, o fórum discutiu o capitalismo consciente.

Palestrantes da área e grandes nomes empresariais da região apresentaram painéis ou abordaram temas diversos durante o fórum. Dentre os conferencistas, o médico oftalmologista Antônio Nogueira abordou a trajetória até decidir empreender fundando o Cenoe Hospital de Olhos em Ilhéus, que hoje também possui unidades em Porto Seguro e Jequié.

Antônio Nogueira fez uma palestra com o tema “Crescendo na crise”. O médico destacou os principais desafios para conseguir manter uma estrutura em tempos de recessão econômica. Antônio evidenciou a importância de se manter motivado e de buscar meios para poder driblar momentos difíceis.

CONQUISTA DO IG DO CACAU SUL-BAIANO EM PUBLICAÇÃO DE EMPREENDEDORISMO

Publicação do Sebrae destaca perspectivas para o cacau no sul da Bahia

A Revista Conexão Sebrae traz como destaque deste período a produção de cacau no sul da Bahia, que conquistou registro de Indicação Geográfica (IG). A conquista traz ótimas perspectivas para os produtores que integram a Associação Cacau Sul Bahia (ACSB). O texto mostra os planos dos produtores e como o reconhecimento pode alavancar a produção e agregar valor ao cacau produzido no território sul-baiano.

Clique aqui para ler a revista

Empresários que não conseguiram aderir ao Refis, que se encerrou no dia 9 de julho, podem optar pelo parcelamento dentro do processo convencional do Simples Nacional, que é em até 60 meses, sem redução de multas e juros. Todas as informações sobre este assunto de interesse do empresário que não quer ficar inadimplente estão nesta edição da Conexão.

História de empresários que enfrentaram e superaram dificuldades para se estabelecerem no mercado também estão nesta edição.

O leitor vai conhecer os cases do Cantinho do Peixe, em Porto Seguro, que após a ameaça de falência conseguiu se reestabelecer e aumentar vendas; e da Delly Pães, em Jacobina, que atingiu a expansão com inauguração de outras lojas no mesmo ramo, após participar do Programa Negócio a Negócio. :: LEIA MAIS »

BANCO DO POVO AUMENTA OFERTA DE CRÉDITO PARA PEQUENOS NEGÓCIOS EM ILHÉUS

Fundado em Itabuna, Banco do Povo passou a atender Ilhéus em 2017

Uma das mais bem-sucedidas experiências de microcrédito do interior do Nordeste brasileiro, o Banco do Povo espera fechar 2018 com volume de R$ 500 mil em empréstimos para pequenos negócios em Ilhéus, no sul da Bahia. Nos 12 primeiros meses em que passou a atuar na Terra de Gabriela, o banco liberou cerca de R$ 300 mil para microempreendedores ilheenses, segundo a diretora-executiva do Banco do Povo, Ilana Queiroz.

A maior parte dos empréstimos foi liberada para Malhado (26,8%) e Nelson Costa (21,65%), beneficiando mais de 250 empreendimentos. Todos os créditos, explica Ilana, são concedidos após visitas ao negócio e acompanhamento de um agente educativo de crédito, o que em parte explica a baixíssima inadimplência, de 0,7%. As populares “sacoleiras” formam a atividade que mais busca o crédito em Ilhéus, representando 27,84%, em sua maioria para compra de confecções e acessórios.

Fundado em Itabuna em 2001, o banco estimula pequenos empreendimentos e, em Ilhéus, atende sempre pelas manhãs, no Balcão do Empreendedor, no Anexo da Prefeitura de Ilhéus. “Esse local de atendimento é fruto da importância que o empreendedor tem para o desenvolvimento da economia no município. Por isso, a ideia da Secretaria de Indústria e Comércio de ofertar vários serviços em um só lugar”, diz Ilana.

CRÉDITO RURAL

Ilana: R$ 500 mil em créditos até dezembro em Ilhéus

Além do desafio de atingir R$ 500 mil em créditos concedidos até o final do ano, o Banco do ovo quer levar crédito para mais bairros de Ilhéus e para comunidades rurais, beneficiando também produtores rurais.

– Levamos o credito até o cliente. Não importa onde ele esteja, o nosso objetivo é apoiar esses empreendedores concedendo crédito de forma orientada e com a garantia que o crédito esteja disponível para o cliente no momento que ele precisar – reforça Ilana.

Para ter acesso a crédito, é preciso possuir uma atividade produtiva há, pelo menos, 6 meses e ser maior de 18 anos. O crédito pode ser individual ou em grupo. É necessário apresentar RG, CPF e comprovante de residência. Segundo Ilana, os créditos concedidos vão de R$ 200,00 a R$10.000,00. Além de Itabuna, onde funciona a sede, e Ilhéus, o Banco do Povo atende Buerarema, Ibicarai, Floresta Azul e Coaraci Mais informações do banco podem ser obtidas pelos telefones 73 3612 2366 / 98848 3747 / 9988 6186 Whatsapp ou pelo site www.bancodopovoitabuna.com.br.

ASSAÍ OBTÉM LICENÇA PARA CONSTRUIR FILIAL EM ILHÉUS; LOJA DEVE GERAR 300 EMPREGOS

Assaí terá primeira filial no sul da Bahia em Ilhéus || Foto Divulgação

O Instituto Estadual do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema) liberará, ainda nesta semana, autorização para que o Assaí Atacadista inicie as obras de construção da filial em Ilhéus. A diretora-geral do Inema, Márcia Cristina Lima, confirmou ao deputado estadual Rosemberg Pinto, nesta terça (29), que a Autorização de Supressão de Vegetação (ASV) será publicada ainda nesta semana, no Diário Oficial do Estado.

A informação foi repassada pela diretora-geral durante reunião com o parlamentar, na sede do Inema. O Assaí Atacadista poderá gerar cerca de 300 empregos e anunciou investimentos de R$ 40 milhões na filial ilheense. O Assaí pertence ao Grupo Pão de Açúcar e será construído na Rodovia Ilhéus-Olivença, zona sul do município.

Rosemberg Pinto recebeu a confirmação da licença em reunião com a diretora-geral do Inema

Rosemberg Pinto disse que se empenhou pela liberação do empreendimento. “Dialogamos com as partes responsáveis visando liberar as licenças necessárias para iniciar o mais rápido possível esta obra. Assim, vamos gerar empregos durante a construção do atacadista até a sua operação, além de atrair outras empresas para a região”, afirmou o parlamentar.

O Assaí Atacadista foi confirmada em Ilhéus em junho do ano passado (reveja aqui), durante as comemorações do aniversário da cidade. Desde o segundo semestre do ano passado, o empreendimento, que opera em sistema de vendas no atacado e no varejo (atacarejo), aguardava a autorização. Já a licença ambiental, foi liberada pelo município, após ajustamentos dos quais participou o Ministério Público Estadual. Atualizado às 11h50min.

Área onde será construída a filial do Assaí em Ilhéus, na zona sul

DE OLHO EM CONCESSÃO, CHINESES SOBREVOAM MINA EM CAETITÉ E TRAÇADO DA FIOL

Chineses da Crec e representantes de Bamin e governo baiano na mina de ferro

Representantes do Governo do Estado, da Bahia Mineração (Bamin), da ERG, acionista da Bamin, e empresários chineses fizeram neste domingo (12) um sobrevoo na mina de minério de ferro localizada em Caetité, sudoeste do estado, e em trechos da Ferrovia Oeste-Leste (Fiol).

Na ocasião, os chineses conheceram de perto a qualidade do minério e a extensão da mina. As empresas da China, a Bamin e a ERG vão trabalhar em conjunto para desenvolver os projetos da Fiol, mina de ferro e Porto Sul, que já tem todas as licenças para início das obras.

“O objetivo dessa visita é continuar fortalecendo a parceira dos projetos da Fiol, Porto Sul e mina de ferro. O presidente da companhia chinesa Crec e suas subsidiárias veio conferir de perto o projeto que vai contribuir para o desenvolvimento da Bahia”, afirmou o coordenador executivo da Casa Civil, José Carlos Valle da Silva, que acompanha os chineses na visita.

Nesta segunda-feira (13), o governador Rui Costa irá se reunir com os presidentes e demais executivos das companhias chinesas. Essas empresas vão apresentar resultados dos projetos da mina, Porto Sul e Fiol. Além dos chineses, participam da reunião o presidente da Bahia Mineração (Bamin) e o chefe regional da ERG, grupo controlador da Bamin. Os chineses estão interessados, ainda, na concessão da Fiol. O estudo de viabilidade técnica e econômica da ferrovia foi aprovado na última semana (reveja aqui).

CINEMARK INAUGURA COMPLEXO DE CINEMA EM ITABUNA NO 1º SEMESTRE DE 2019

Andrea Puppo, diretora de Expansão da Cinemark || Foto Pimenta

A Cinemark investirá R$ 6 milhões para instalar complexo de cinemas com 4 salas no Shopping Jequitibá, em Itabuna. Será o 88º complexo da segunda maior rede de cinemas do mundo, segundo a diretora de Expansão da Cinemark no Brasil, Andrea Puppo. “A gente promete retribuir essa ansiedade, que é nossa também”, disse.

A previsão da Cinemark é de inauguração ainda no primeiro semestre do próximo ano. Ao PIMENTA, o diretor-geral do Jequitibá, Manoel Chaves Neto, prevê obras concluídas em seis meses, no máximo.

Segundo Andrea, das 4 salas, 3 serão com tecnologia 3D. O cinema será construído no piso superior do shopping, onde já funcionam o Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC) e o segundo piso das Lojas Renner. Abaixo, trechos da entrevista com Andrea Puppo.

PIMENTA – Como será o complexo da Cinemark em Itabuna?

ANDREA PUPPO – Vão ser 4 salas, com pouco mais de 800 lugares nesta primeira etapa. O complexo está desenhado para expandir para até seis salas. E entra com que o há de mais moderno em tecnologia de som e imagem, poltronas love seat (braços móveis), bombonière com mix completo de sabores, temperos…

PIMENTA – As salas do complexo terão que tecnologia?

ANDREA – Todas com projeção digital e três delas serão com tecnologia 3D para exibição de filmes neste formato.

PIMENTA – Qual será o investimento da Cinemark no complexo em Itabuna?

ANDREA(Risos) Bastante dinheiro. Algo na ordem de R$ 6 milhões para montarmos este cinema, além, obviamente, do investimento que o shopping faz.

PIMENTA – Qual a previsão de inauguração?

ANDREA – A gente está na fase final de projetos. Agora, é o tempo de obra. A gente quer inaugurar o quanto antes. Se possível, ainda no primeiro semestre de 2019 queremos estar com o cinema pronto e inaugurado. O cinema vem, é real.

Veja também

JEQUITIBÁ INVESTE R$ 23 MI EM EXPANSÃO, COM CINEMA, ACADEMIA E CENTRO MÉDICO

ZONA AZUL: DOM PARKING SUSPENDE COBRANÇA E DEMITE TRABALHADORES, APÓS DECISÃO JUDICIAL

Cobrança de Zona Azul em Itabuna está novamente suspensa

A Dom Parking deixou de cobrar pelo estacionamento em vagas do sistema Zona Azul em Itabuna desde ontem (7), após ser notificada de decisão do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) que suspendia o serviço. O contrato da empresa com a Prefeitura de Itabuna foi rompido em maio passado, por decreto. A Dom Parking retomou a cobrança ainda em maio, por meio de liminar obtida em primeira instância.

O TJ baiano derrubou a liminar (relembre aqui). A empresa foi notificada em 31 de julho, porém manteve a cobrança até o final da semana passada, quando a Prefeitura de Itabuna decidiu agir contra a empresa por desrespeito a decisão do TJ-BA.

A Dom Parking decidiu recorrer, para o qual terá prazo de 15 dias após publicação da decisão. Dos quase 100 monitores, 20 foram demitidos e o restante recebeu férias coletivas, no aguardo do julgamento do mérito por parte da corte baiana.

AVATIM CONFIRMA PROPOSTAS DE OUTROS MUNICÍPIOS, MAS AINDA NÃO DECIDIU POR TRANSFERÊNCIA

Unidade da Avatim passou por ampliação em 2017 || Foto Clodoaldo Ribeiro/Arquivo

A indústria ilheense de cosméticos e perfumaria Avatim confirmou ao PIMENTA, há pouco, ter recebido propostas para transferir o seu parque fabril para outros municípios. Segundo a direção da empresa, elas estão sendo analisadas, “mas não configuram ainda nenhuma decisão de transferência”. Um dos municípios que formalizaram proposta à Avatim foi Brusque (SC).

O assédio de outros municípios para transferência do parque fabril começou depois de a empresa sofrer sanção do Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema), obrigando-a a reduzir parte da área construída e que passou por ampliação em 2017 (reveja aqui).

Como adiantou uma fonte do município ao site, a empresa assinou termo de ajustamento de conduta (TAC) para manter a unidade. A indústria afirma que “tem cumprido com os termos acordados”. Acrescenta ter sempre portado todas as licenças obrigatórias concedidas pelos órgãos ambientais competentes.

A Avatim também procurou tranquilizar clientes, distribuidores, revendedores e franqueados. Segundo a empresa, uma transferência, caso ocorra, não comprometerá o fornecimento de produtos e o atendimento à demanda se manterá de forma regular.

NÚMEROS DA AVATIM

A empresa foi fundada há 16 anos pelos sócios Mônica Burgos e Cesar Fávero, às margens da Rodovia Ilhéus-Itabuna. Ganhou mercado nacional. A fábrica na localidade de Vila Cachoeira possui cerca de 200 funcionários.

A marca possui cerca de 120 lojas próprias e franqueadas. Alguns dos produtos ganharam prêmios recentemente, a exemplo do perfume Gigi, que venceu o Atualidade Cosmética, considerado o Oscar da perfumaria latino-americana. A empresa também desenvolve projetos sociais em Ilhéus. Confira nota abaixo. :: LEIA MAIS »

MERCADO COGITA SAÍDA DA AVATIM DE ILHÉUS; EMPRESA NÃO SE PRONUNCIA

Nascida em Ilhéus, Avatim possui cerca de 200 funcionários e 120 lojas

A economia de Ilhéus pode sofrer um baque com a transferência da unidade da Avatim do município para Brusque (SC). A indústria de cosméticos e perfumaria ampliou o parque fabril em 2017, porém sofreu revés com o Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos da Bahia (Inema) determinando a demolição de parte da unidade, por estar em Área de Proteção Permanente (APP). A empresa possui cerca de 200 funcionários em Ilhéus e mais de 120 lojas próprias e franqueadas no país.

A determinação do Inema, de acordo com fontes da Prefeitura de Ilhéus, já teria sido resolvida com a assinatura de Termo de Ajustamento de Conduta (TAC). Porém a empresa estaria negociando transferência da fábrica para o município catarinense, segundo o vereador Pastor Matos (PSD), primeiro a tornar público o risco iminente de perda da Avatim para Brusque. Autoridades do município teriam oficializado o convite aos sócios Mônica Burgos e Cesar Fávero.

O PIMENTA entrou em contato com a assessoria de comunicação da Avatim por duas vezes na terça-feira (31), por email. A informação era de que uma nota de posicionamento da empresa estava em processo de aprovação por parte da diretoria.

A Avatim foi fundada há 15 anos em Ilhéus e está entre as líderes do setor de produtos olfativos no segmento corporativo e ampliou a linha de produtos. Já em janeiro, um dos sócios da Avatim, Cesar Fávero, anunciava plano de expansão da marca com a abertura de, ao menos, 40 novas lojas.

JUSTIÇA CANCELA O LEILÃO DO ITACARÉ RESORT, APÓS ACORDO TRABALHISTA

Acordo cancela leilão do Itacaré Eco Resort || Divulgação

O juiz da 3ª Vara do Trabalho de Ilhéus, José Cairo Júnior, cancelou o leilão do Itacaré Eco Resort, após acordo de pagamento de dívidas trabalhistas. O leilão havia sido marcado para 8 de agosto, com lance inicial de R$ 5 milhões, metade do valor de mercado do empreendimento.

De acordo com o advogado Nelson Cunha, o Itacaré Eco Resort liquidou todos os processos com trânsito em julgado. O acordo do empreendimento com os trabalhadores foi comemorado pelo prefeito de Itacaré, Antônio de Anízio. A notícia do leilão, segundo o prefeito, “trouxe consequências e resultados negativos para os novos investimentos na cidade. “Felizmente, o leilão foi cancelado”, pontuou.

Os novos dirigentes do Itacaré Eco Resort se reuniram com o prefeito e, segundo ele, se comprometeu a manter investimentos e apoiar ações ambientais, de qualificação de mão de obra e do turismo. Uma das promessas é de realizar o Réveillon Sertanejo 2018/2019, com grandes atrações nacionais, além de apoio para o réveillon popular.

PIZZA HUT PLANEJA ABRIR MAIS 500 LOJAS

Pizza Hut planeja abrir mais de 500 novas unidades || Foto Pimenta/Arquivo

A Pizza Hut planeja abrir 700 lojas até o final de 2023, de acordo com a Mult-QSR, que administra a marca no Brasil. O plano é abrir novas lojas com promoções para atrair clientes das classes C e D, conforme revelado pelo Valor Econômico. Para fisgar estes clientes das classes C e D, a rede lançou promoções com pizzas grandes a preços reduzidos de R$ 39,90 para R$ 29,90.

Em Itabuna, descompasso. A Pizza Hut possuía duas lojas até o mês passado, quando o franqueado local decidiu manter apenas a loja da rotatória do São Caetano. A marca chegou ao município em 2016, quando abriu unidades no Shopping Jequitibá e na Avenida Princesa Isabel.

WORKSHOP ABORDA INOVAÇÕES NO SEGMENTO DE MATERIAL DE CONSTRUÇÃO EM ITABUNA

José Carlos Araújo, da Anamaco, é conferencista em workshop no sul da Bahia

O Sebrae em Itabuna está com inscrições abertas para o Workshop de Inovação destinado aos empresários do segmento de varejo de materiais para construção. O evento gratuito será no dia 7 de junho, a partir das 18h30min, no auditório do Hotel Tarik Fontes, na Avenida Aziz Maron (Beira-Rio).

A atividade é uma ação do Sebrae Conecta e integra uma série de eventos que serão realizados em junho com o objetivo de oferecer soluções direcionadas a segmentos específicos dos setores da Indústria, do Comércio e de Serviços.

As inscrições já podem ser feitas na Loja Virtual do Sebrae ou na agência de atendimento do Sebrae em Itabuna, na Rua Paulino Vieira, 175, Edifício Lizete Mendonça, Centro.

Na programação destinada ao segmento de materiais para construção, o diretor da Escola de Varejo Anamaco (EVA), José Carlos Araújo, vai apresentar uma palestra falar sobre design e layout de loja para torna-la mais atrativa.

PROGRAMAÇÃO

De acordo com a técnica do Sebrae em Itabuna, Karla Peixoto, os eventos partem de um conjunto de ações realizadas pela instituição durante o ano, com a finalidade de “orientar os empresários sobre as ferramentas de inovação e criatividade, visando potencializar os resultados dos empreendimentos”.

Os próximos Workshops serão no dia 11, às 14h30min, voltado ao segmento de Alimentação Fora do Lar;  no dia 19, a partir das 18h30min, destinado aos profissionais dos segmentos de Moda e Cosméticos e Beleza;  e no dia 28, a partir das 18h30min, para o setor de Varejo de Alimentos. Mais informações pelos telefones 73 3613-9734 / 73 99974-2262.

PÁSCOA INCREMENTA AS VENDAS DE 58% DO SETOR DE CONFEITARIA NO PAÍS

Páscoa é oportunidade de negócios para mais da metade das empresas de confeitaria

Os pequenos negócios do ramo de Confeitarias e Docerias identificam na Páscoa uma oportunidade de incremento no faturamento. Para 58% dos que atuam no setor, o período marcado pelos ovos de chocolate corresponde a uma das festividades que mais impulsionam o mercado. Foi o que constatou a pesquisa Pequenos Negócios de Confeitaria e Doceria, realizada pelo Sebrae com 3.843 empresários do setor.

“Apesar do apelo lúdico e infantil, a Páscoa não é direcionada apenas às crianças. Representa uma oportunidade para os empresários conquistarem e fidelizarem novos clientes, apresentando produtos inovadores e bom atendimento. O cliente satisfeito com a entrega certamente volta depois do feriado para fazer novas encomendas”, ressalta o especialista em empreendedorismo do Sebrae, Enio Pinto.

A pesquisa do Sebrae também apresentou o perfil dos empresários de Confeitarias e Docerias. Os empreendedores do setor trabalham em casa (90%) e têm até 4 anos de negócio (69%). De acordo com o estudo, 83% dos pequenos negócios de doces vendem sob encomenda, por meio de redes sociais, email e telefone.

O carro-chefe dos empresários do setor é o bolo artístico (43%), seguido dos doces (25%). Apesar da demanda crescente de clientes que buscam produtos de baixa caloria ou adaptados para dietas de diabéticos e celíacos, 79% dos empreendedores ainda não atuam com produtos sem açúcar, glúten ou lactose.

“Identificamos um grande mercado a ser explorado pelos pequenos negócios. Quem conseguir desenvolver bolos, tortas e doces de qualidade para estes consumidores, certamente terá ganhos em competitividade”, pondera a analista de Indústria do Sebrae, Mayra Viana.






WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia