WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
festival chocolate






alba








junho 2019
D S T Q Q S S
« maio    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  

editorias






:: ‘Nordeste Brasileiro’

COM “NOITE NO VALE DA COTIA”, WALDENY LANÇA OBRA EM DEFESA DA BIODIVERSIDADE

Gasparetto, da Via Litterarum, e o escritor Waldeny Andrade || Foto Luiz Conceição

Luiz Conceição

Noite no Vale do Cotia é a mais nova incursão pelo mundo da ficção literária do escritor, jornalista e radialista aposentado Waldeny Andrade na luta pela preservação do que ainda resta da cobertura nativa no Sul da Bahia. A obra, baseada em fatos reais e que será lançada na Semana do Meio Ambiente, em junho, narra uma história de mistérios, usura, perseverança, crimes e traições tendo o homem como foco.

Neste seu quarto livro editado pela Via Litterarum, o irrequieto escritor narra história de uma família, proveniente do Nordeste brasileiro, que foge da seca e aporta em Itabuna, atraída pela fama do cacau numa época em que a economia cacaueira passa por mais uma de suas renitentes crises econômico-financeiras.

A saga dessa gente leva a construir uma fazenda de cacau, onde pretende manter em pé a densa floresta nativa, seus corpos d’água, a fauna e flora então abundantes. Contudo, tem contra si o desafio imposto por grandes fazendeiros com a alternativa pecuária avançando sobre a região de predominância cacaueira e a consequente a devastação da Mata Atlântica.

O thriller se passa na área rural de Palestina, hoje Ibicaraí, município de onde corre o imaginário Ribeirão Cotia, um dos tributários do Rio Salgado que, com o Rio Colônia, forma mais adiante o Rio Cachoeira. Este, atualmente recebe, do mesmo modo que nas cidades da bacia do Rio Almada, quase todo o esgotamento sanitário por falta de infraestrutura e omissão dos governos.

É certo que depois do sucesso editorial do seu terceiro livro, Serra do Padeiro – A saga dos Tupinambás, o escritor Waldeny Andrade tenha amadurecido ainda mais na arte de contar estórias e histórias, aprimorado a técnica literária e se apossado de uma narrativa rápida e eletrizante.

Na contracapa, embora o ficcionista diga que Noite no Vale do Cotia seja um painel real sobre a Região Cacaueira e que qualquer associação de nomes citados seja simples coincidência, o leitor certamente vai tirar suas próprias deduções pela riqueza de elementos trazidos nesta obra.

A CURIOSA (E LINDA) BEBERIBE

Biblioteca de nome curioso tem obras de Jorge Amado e Cyro de Mattos (Foto Ailton Silva/Pimenta).

Ailton Silva, de Beberibe (CE)

Placa não deixa dúvida: Mãe do Rio existe (Ailton Silva/Pimenta).

Na praia do Diego, no interior do Ceará, encontrei uma família do município de Mãe do Rio, no Pará. Quando li a placa de uma picape Toyota Hilux, achei que fosse brincadeira… Mas o município existe, tem 27.904 habitantes, segundo o IBGE. Os mãe-rienses vivem em uma área de 469 quilômetros quadrados.

Em Beberibe, um dos municípios mais extensos do Ceará – são 1.623 quilômetros, boa parte “margeada” pelo mar –, fui surpreendido com a inexistência de ladrões de capacetes.

Encontrei, por volta das 20 horas, pelo menos 20 motos estacionadas com os equipamentos soltos. Os donos eram motaxistas e participavam de uma reunião a portas fechadas. Em qual cidade do sul da Bahia, com 50 mil habitantes, isso ainda é possível?

A bela cidade cearense também é dada a nomes que chamam a atenção, como o da biblioteca municipal professora Dido Facó (lembra da foto acima?). Assim mesmo, no masculino.

Na biblioteca, o leitor encontra obras de Cyro e Jorge.

“Dido Facó” foi a primeira professora da rede pública da localidade. A biblioteca é toda arrumada. E muito bem frequentada! Lá, encontramos obras de dois itabunenses famosos: Cyro de Mattos e Jorge Amado.

Itabuna, aliás, está bem cotada aqui no Ceará. Na semana passada um navio de carga, levando o nome do município do sul da Bahia, estava atracado no porto de Fortaleza.

Olhaí... Navio Itabuna, da Transpetro, atracado no porto de Fortaleza (Foto Ailton Silva/Pimenta).

Quanto ao Ceará, o litoral é muito bonito. Existem muitos pontos para visitar, dentre os quais Canoa Quebrada, Cumbuco, Porto das Dunas e Beberibe. Em Fortaleza tem o mercado Central, Museu José de Alencar, praia de Iracema e muito mais…

Morro Branco, em Beberibe, é um dos pontos turísticos de Beberibe (Foto Ailton Silva).








WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia