WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


alba










agosto 2019
D S T Q Q S S
« jul    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

editorias






:: ‘Nova Itabuna’

POLÍCIA CIVIL PRENDE ACUSADO DE TENTATIVA DE HOMICÍDIO NA NOVA ITABUNA

Junior é acusado de tentativa de homicídio na Nova Itabuna

Investigadores das delegacias de Homicídios (DH) e de Repressão a Furtos e Roubos (DRFR) prenderam os suspeitos de tentativa de homicídio contra Antônio Carlos de Jesus Alves Júnior, em Itabuna. Os detidos são João Silva de Sena, o Júnior, e José Paulo Jesus de Sena, o Corcunda. O crime ocorreu em outubro de 2013.

Corcunda e Júnior, conforme a polícia, tentaram matar Antônio Carlos a tiros. Ele sobreviveu, porque conseguiu fugir dos atiradores. Os dois, de acordo com a investigação, desconfiavam que a vítima estaria repassando à polícia informações de facção criminosa da qual a dupla fazia parte.

Corcunda e Júnior foram presos durante uma diligência da polícia civil para localizar e prender os executores de Ricardo Silva Santana, morto a tiros, dentro de casa, ontem à noite, também na Nova Itabuna. Segundo a polícia, já havia mandado de prisão preventiva contra Júnior pela tentativa de homicídio.

ITABUNA TEM QUASE 50 ÁREAS DE RISCO; 100 FAMÍLIAS ESTÃO AMEAÇADAS

Mais de 100 famílias moram em áreas de risco em Itabuna|| Foto Waldir Gomes

A Coordenadoria Municipal de Defesa Civil, em parceria com a Defesa Civil do Estado,  localizou 47 áreas de risco de deslizamento de terra ou alagamento. O levamento indica que são centenas de imóveis, construídos irregularmente em altos e morros, que podem desabar a qualquer momento. A  situação se agravou com as chuvas que caem no sul da Bahia.

O levantamento aponta que entre os bairros de maior risco, cujas moradias são construídas próximas a encostas e morros, estão a Travessa Mercedes, no Califórnia, onde sete imóveis foram interditados na semana passada; Daniel Gomes, Maria Pinheiro, Pedro Jerônimo, Santa Inês, Monte Cristo e Novo Jaçaná. As áreas ribeirinhas, como Rua da Bananeira, Nova Itabuna e Maria Matos (Rua de Palha), também são localidades que preocupam e estão monitoradas pela Defesa Civil.

O técnico da Defesa Civil, Carlos Alberto Silva, afirma que pelo menos 100 famílias moraram nessas áreas de risco precisam de ajuda do poder público. Segundo ele, serviços de saneamento básico e de infraestrutura são mais do que necessários.  “Mas são obras complexas, que exigem alto custo e o município não tem condições de assumir sozinho, por isso precisamos do suporte dos governos estadual e federal”, finaliza.

NOVA ITABUNA SEM ÁGUA NA TORNEIRA

torneiraMoradores da parte alta da Nova Itabuna estão há dez dias sem água e reclamam da falta de informação da Empresa Municipal de Águas e Saneamento (Emasa). O abastecimento no bairro é irregular, mas piorou nos últimos tempos.

Hoje, morador entrou em contato com a empresa e a informação não foi um balde de água fria, pois o produto está em falta. Mas foi quase isso. A atendente disse que não há previsão de reabastecimento da parte alta do bairro.

Quando a água chega, segundo moradores, não há pressão suficiente e o pinga-pinga nas torneiras dura apenas 6 horas. Não dá para fazer o mínimo de limpeza e encher reservatórios – mesmo os tanques sendo, na maioria, subterrâneos, conforme as vítimas.

JOVEM É ASSASSINADO NA NOVA ITABUNA

A polícia procura um homem identificado como “Marcelo” e acusado de ser o autor dos disparos contra um jovem de 19 anos, no Bairro Nova Itabuna ao final da manhã de hoje. André Souza Santos estava dentro de uma borrracharia – onde trabalhava – quando foi executado.

Familiares estiveram no local do crime e, relata o Portal Sul da Bahia, gritavam que o adolescente não merecia ser morto. André residia no Lomanto, segundo familiares.

PROTESTO INTERDITA RODOVIAS EM ITABUNA

Os moradores e comerciantes do bairro Nova Itabuna prometem interditar o viaduto Paulo Souto, a partir das 7h desta segunda-feira. Eles reclamam do descaso de prefeitura e Departamento de Infraestrutura de Transportes (Derba) com o trecho de quase um quilômetro da antiga Avenida Ibicaraí, que vai da Nova Itabuna ao Morumbi. O viaduto interliga as BRs-101 e 415, além de registrar tráfego diário de mais de 20 mil veículos.

O trecho é esburacado e os moradores sofrem com lama em dias de chuva e muita poeira quando o sol dá as caras. As reclamações foram feitas no Derba e na prefeitura, que não teriam respondido.

O trecho passou por obras de reurbanização há três anos, quando a prefeitura gastou R$ 1,5 milhão para a colocação de paralelepípedos. A obra, executada pela Construtora Verti, teve preço superfaturado, conforme denúncia à época. O serviço, de má-qualidade, não resistiu às primeiras chuvas e ao tráfego de veículos.

Cansados de pedir atenção, moradores e comerciantes decidiram radicalizar. Comerciantes, por exemplo, dizem que são obrigados a trabalhar usando máscaras devido à poeira. Pior, a poeira os faz perder clientes.

A manifestação está programada para um horário de tráfego intenso tanto de quem se desloca para o trabalho como de estudantes secundaristas e universitários de Itabuna, sul e sudoeste da Bahia.








WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia