WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
secom bahia





abril 2019
D S T Q Q S S
« mar    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  

editorias






:: ‘Olivença’

PROTESTO DE TUPINAMBÁS BLOQUEIA A BA-001, EM OLIVENÇA

BA-001 é bloqueada por tupinambás em Ilhéus || Foto Solon Cerqueira/Pimenta

Desde as primeiras horas desta quinta-feira (31), indígenas da tripo tupinambá bloqueiam trecho da BA-001 em Olivença e Águas de Olivença, Ilhéus. Eles reivindicam a demarcação de terras e a colocação de, ao menos, cinco quebra-molas no trecho da região de Águas de Olivença, ao sul de Ilhéus. Policiais militares chegaram ao local por volta das 7h30min.

Taguari cobra segurança no trânsito e demarcação || Foto Solon Cerqueira/Pimenta

De acordo com Taguari Tupinambá, a colocação de quebra-molas poderá evitar novas mortes por acidente de trânsito no trecho. Nos últimos 15 dias, dois indígenas morreram atropelados na região em frente ao Condomínio Águas e Olivença, vizinho à Aldeia Itapuã.

O líder indígena explicou que a mobilização desta quinta é parte do dia de mobilizações dos povos indígenas em todo o País. “Estamos revindicando e protestando contra os danos que a BA-001 vem trazendo aos indígenas. Queremos a colocação de cinco quebra-molas para que a gente possa ter mais tranquilidade quando nossos filhos descerem da aldeia para Águas de Olivença”, afirmou ele ao PIMENTA, observando que nem faixa de pedestre existe no local.

Tupinambás prometem liberar rodovia só após negociação || Foto Solon Cerqueira/Pimenta

O último acidente ocorreu há cerca de uma semana, quando um veículo a cerca de 140 quilômetros por hora atropelou um tupinambá que voltava da pesca na praia na região de Águas de Olivença. A promessa é de liberar a pista somente após a presença de representantes do governo estadual, que garantam a sinalização da rodovia.

Polícia Militar já chegou ao local do protesto || Foto Solon Cerqueira/Pimenta

“Não é só pra nós, indígenas. Todos aqui precisam de segurança [no trânsito]”, reforça. “Já chega de morte nesse lugar. A gente já perde vida com a demarcação de terras. O estado brasileiro tem dívida com os povos indígenas”.

NADADORAS DE ITABUNA DOMINAM TRAVESSIA EM OLIVENÇA

Competição atraiu nadadora sensação do esporte na Bahia em 2017 || Foto Clodoaldo Ribeiro

Nadadoras de Itabuna dominaram a prova da segunda edição da Travessia das praias Milagre a Batuba, em Olivença, realizada no final de semana. Com apenas 18 minutos de prova, Isis Rosário, de 15 anos, venceu a travessia, seguida de Isabele Andrade.

Ísis foi a campeã geral da prova. A atleta foi eleita a nadadora do ano, em 2017, pela Federação Bahiana de Desportos Aquáticos. A segunda colocada, é a atual campeã baiana de maratonas aquáticas. Na categoria “Salva-Vidas”, o vencedor foi Bonifácio Costa. E, na categoria “Indígena”, chegou em primeiro lugar o nadador Gabriel Melgaço.

Ao comentar a prova, Isabele disse que foi legal e diferente pela necessidade técnica de ter que entrar na arrebentação. “O mais legal é a história que está por trás disso tudo”, completou. Isabele se refere à origem da prova. Conta a história que os índios da etnia Tupinambá realizavam na Sexta-Feira, o Banho da Paixão. Eles se jogavam ao mar em um ritual religioso que significava que nenhum mal cairia sobre o povo o ano inteiro.

A competição esportiva e de recuperação cultural do evento, coordenado por um salva-vidas, descendente da etnia, que vive em uma das aldeias de Olivença, teve apoio da Prefeitura. Equipes de segurança, com a presença da Guarda Municipal, e de primeiros-socorros, da Secretaria de Saúde, estiveram na área durante toda a competição.
Os competidores utilizaram pranchões O percurso de um quilômetro de natação é sempre executado em mar aberto.

PUXADA DO MASTRO DE SÃO SEBASTIÃO EM OLIVENÇA SERÁ NESTE DOMINGO

Fim de semana será de puxada do mastro em Olivença

A Puxada do Mastro de São Sebastião, em Olivença, será no domingo (14), mas as festividades culturais foram iniciadas na tarde desta sexta-feira (12), na Praça  Cláudio de Magalhães. O primeiro dia foi marcado por desfile e apresentações  de grupos de capoeira, artistas da localidade e “Os Mascarados”.

De acordo com a programação, neste sábado (13), a partir das 18h30min, será realizada a procissão de São Sebastião. Já às 19 horas, está programada missa solene na paróquia de Nossa Senhora da Escada. Já às 21 horas, acontecem nas ruas apresentações do “Boi Estrela” e “As Camponesas”. Para a noite estão previstos shows musicais de Violino de Luxo e Pago Funk.

Para domingo (14), pela manhã, ocorre alvorada às 5 horas e rituais religioso (bênçãos) e indígena (poraci) em frente da paróquia de Nossa Senhora da Escada organizados por puxadores do mastro. Às 7 horas será oferecida feijoada aos machadeiros e saída deles para a mata do Ipanema, em Olivença, para buscar o mastro.

Ainda no domingo, a partir das 13 horas, os machadeiros participam de feijoada na praia do Sirihyba e, em seguida,  iniciam a puxada do mastro pelas praias.

A partir das 16 horas inicia show musical na Praça Cláudio de Magalhães; e às 17h30min estão previstas a chegada do mastro, a solenidade do arreamento de bandeiras e o apagar do fogo simbólico da pira olímpica, culminando com show musical a cargo das bandas Jah Bless e Batuque Bom. O encerramento da festa será à meia-noite

CACIQUE BABAU É PRESO EM OLIVENÇA

Aelson e Babau teriam sido presos por resistir ao cumprimento de um mandado pela PM (imagem circula nas redes sociais)

Aelson e Babau teriam sido presos por resistir ao cumprimento de um mandado pela PM (imagem circula nas redes sociais)

Depois de ter sido preso temporariamente em 2014, acusado de participação no homicídio de um pequeno produtor rural, Rosivaldo Ferreira da Silva, mais conhecido como Cacique Babau, volta a ser detido pela polícia. Membro da tribo tupinambá, Babau teria resistido ao cumprimento de um mandado de reintegração de posse. Há versões não confirmadas de que ele portava arma de fogo no momento da prisão.

De acordo com o Blog do Gusmão, Babau foi detido por uma guarnição da 69ª Companhia da Polícia Militar, sob o comando do Major Joeldo. O cacique estava em companhia de seu irmão, identificado como Aelson, que também foi preso.

Logo após a prisão, os dois foram levados para a delegacia da Polícia Federal em Ilhéus.

CASAL É ASSASSINADO EM OLIVENÇA

Corpos de Maraci e José Carlos foram encontrados na zona sul de Ilhéus.

Corpos de Maraci e José Carlos foram encontrados na zona sul de Ilhéus.

Após denúncias anônimas, a Polícia Militar encontrou dois corpos na localidade conhecida como Gravatá, em Olivença, zona sul de Ilhéus.

De acordo com informações da PM, os corpos, identificados como de José Carlos de Amaral Nascimento, de 58 anos, e Maraci Oliveira, de 42, apresentam cortes profundos, possivelmente causados por facão.

A polícia ainda não tem informações da motivação nem dos autores do crime.

TUPINAMBÁS FECHAM BA-001 E COBRAM PRISÃO DE PISTOLEIROS

Rodovia foi interditada e polícia acionada para liberar pista (Foto Pimenta).

Rodovia foi interditada e polícia acionada para liberar pista (Foto Pimenta).

O trecho da BA-001 no Balneário de Olivença, em Ilhéus, foi bloqueado nos dois sentidos por mais de sete horas nesta segunda (4), em protesto de indígenas tupinambás. A manifestação pedia agilidade na identificação e prisão dos pistoleiros que mataram a tiros o indígena e agente comunitário de saúde Adenilson Nascimento (Pinduca), na última sexta (1º).

Pinduca estava com a esposa e três filhos. A mulher foi atingida e uma filha conseguiu escapar da emboscada ilesa. Os criminosos invadiram a propriedade onde estava Pinduca e a família e executaram o tupinambá. A esposa de Pinduca foi internada no Hospital Geral Luiz Viana Filho, em Ilhéus, e não corre risco de morrer.

Durante a interdição da BA-001, motoristas ficaram indignados com a intransigência dos indígenas e autodeclarados tupinambás, que não permitiram a passagem de quem se deslocava para Ilhéus ou Itabuna para tratamento médico. Uma idosa foi obrigada a seguir em cadeira de rodas até o outro trecho da rodovia e seguir para tratamento em Ilhéus.

Os indígenas aceitaram liberar um dos sentidos da pista somente por volta das 17 horas. O congestionamento foi grande. Turistas que tinham voo ou precisavam chegar à rodoviária de Ilhéus tiveram que seguir a pé e tentar outra condução para seguir viagem. Outros perderam a viagem.

(Foto Pimenta).

(Foto Pimenta).

ASSALTOS LEVAM POSTO A FECHAR MAIS CEDO EM OLIVENÇA

O crescente temor de assaltos levou um posto de combustível no balneário de Olivença, em Ilhéus, a fechar mais cedo. Quem passa em frente ou dá paradinha para abastecer, se depara com uma faixa informando que o estabelecimento está funcionando somente até as 18 horas. A foto é de Marcus Mendonça, do Blog do Gusmão.

(Foto Marcus Mendonça / Blog do Gusmão)

(Foto Marcus Mendonça / Blog do Gusmão)

ÍNDIO QUER LIVRO

Projeto incentiva a leitura na comunidade tupinambá

Projeto incentiva a leitura na comunidade tupinambá

Levar o hábito da leitura à tribo Tupinambá de Olivença é o objetivo do projeto “Biblioteca Itinerante Oca Cultural”, lançado nesta segunda-feira (13) na reserva ecológica indígena Estância das Fontes, em Olivença. A proposta é uma iniciativa do Instituto dos Povos Indígenas da Bahia e está integrada ao Programa Arca das Letras, do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA).

Coordenador pedagógico do projeto, o tupinambá Cláudio Magalhães diz ser necessário inserir no cotidiano dos jovens da comunidade, abordagens que enfoquem temas como saúde, drogas, meio ambiente, direitos humanos e a história dos índios da Bahia e do Brasil. Para isso, ele considera essencial incentivar a prática da leitura.

“Exercitar a leitura como prática democrática é fundamental na formação do senso crítico e da cidadania”, salienta Magalhães.

OLIVENÇA: PUXADA DO MASTRO NESTE FIM DE SEMANA

Puxada do Mastro de São Sebastião. Foto Gidelzo Silva (Secom)Janeiro 2013.

A Estância Hidromineral de Olivença, em Ilhéus, faz os últimos preparativos para a festa da Puxada do Mastro de São Sebastião. O evento, que mistura o sacro com o profano,  é promovido pelos índios e caboclos da comunidade com apoio da Secretaria Municipal do Turismo.

A festa começa no sábado (11), às 21 horas, na Praça Cláudio Magalhães, com apresentação da banda Top Gun. O dia seguinte terá celebração religiosa, com os shows iniciando às 15 horas. Estão programadas as bandas Flor do Caribe, Tri Farol e Batuk Bom.

A Puxada do Mastro de São Sebastião é uma tradição que surgiu no século XVIII e que mistura elementos da espiritualidade medieval e religiosidade cabocla. Na cerimônia, faz-se um clamor aos santos contra todos ao males que atingem a humanidade. A festa é realizada anualmente em Olivença.

Canavieiras – A festa também acontece em Canavieiras, onde o mastro será levado por nativos e turistas às 20 horas deste sábado, percorrendo o trajeto entre o cais do porto, no sítio histórico, e a Praça da Capelinha. O cortejo tem a participação de filarmônicas e de um minitrio. No domingo (12), a partir das 18 horas, é realizada a “Levada do Mastro”, na Ilha da Atalaia.

BALNEÁRIO VOLTA A FUNCIONAR EM OLIVENÇA

As piscinas do balneário são abastecidas com água corrente do Rio Tororomba (foto Clodoaldo Ribeiro)

As piscinas do balneário são abastecidas com água corrente do Rio Tororomba (foto Clodoaldo Ribeiro)

Depois de ficar um período interditado, o Balneário de Tororomba, em Olivença, voltou a funcionar esta semana. O local, que é uma das principais atrações da estância hidromineral, passou por serviços de recuperação e está recebendo visitantes de terça-feira a domingo, das 9 às 18 horas.

Para ser reaberto, o balneário recebeu melhorias em banheiros, limpeza geral dos reservatórios de água e adaptações voltadas para portadores de necessidades especiais. A ação teve início em novembro e foi realizada pela Secretaria Municipal de Turismo, com apoio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Urbanismo.

As piscinas do balneário são abastecidas com água corrente, desviada do Rio Tororomba. Outra atração é o “Véu da Noiva”, uma cortina artificial de água doce que tem sido bastante procurada nesses dias de calor.

ÍNDIOS ACAMPAM NA RODOVIA

manifestação 001

Os índios tupinambás que protestam na manhã desta terça-feira (7), em Olivença, montaram um acampamento na pista da BA-001. Agentes da Polícia Federal estão no local, mas apenas acompanham a manifestação.

O protesto é pela demarcação de terras, cassação de liminares e agendamento de audiências com representantes do Ministério Público e da Funai. Os índios também cobram a nomeação do coordenador técnico local da fundação.

MANIFESTAÇÃO EM OLIVENÇA

Índios tupinambás realizam manifestação na manhã desta terça-feira (7), na BA-001 em Olivença, zona sul de Ilhéus. Eles reivindicam audiências com representantes do Ministério Público e da Funai, além de cobrar a posse do coordenador técnico local deste órgão.

Outros pontos na pauta de reivindicações dos índios são a demarcação imediata do território indígena tupinambá de Olivença e a cassação de liminares na justiça federal.

O cacique Sival Magalhães diz que os manifestantes só deixarão o local após conseguir entrar em contato com o MP e a Funai.

MORADORES PROTESTAM CONTRA ABANDONO DE OLIVENÇA

Os moradores de Olivença interditaram ontem (10) a BA-001 para cobrar melhorias no balneário localizado na zona sul de Ilhéus. De acordo com a liderança da manifestação, estão sendo cobrados  policiamento ostensivo, médicos no posto de saúde, ambulância e coleta de lixo.

Dentre as reivindicações, estão ainda ampliação da quantidade de ônibus que servem ao balneário, manutenção das estradas ruais e sinalização do trecho da BA-001 que corta Olivença.

A moradora Rosimeire Cunha dá uma dimensão do descaso. Segundo ela, algumas ruas da localidade estão às escuras há mais de um ano. Uma nova manifestação está marcada para amanhã (12), 9h. Confira, abaixo, vídeo com imagens da interdição, pacífica, da rodovia.

HOJE TEM GRITO DO ROCK NA PRAIA DE BATUBA

Banda Plano Inclinado é uma das atrações do evento na Praia de Batuba (Reprodução).

Banda Plano Inclinado é uma das atrações do evento na Praia de Batuba (Reprodução).

Cinco bandas participam, hoje, 2, a partir das 22h, da segunda edição do Grito do Rock Ilhéus, evento promovido pelo Coletivo Chocolate Groove. Plano Inclinado, Dr. Imbira, Mendigos Blues, Infect Minds e Nute, de Alagoinhas, vão se revezar no palco do Bar Vagão, tendo a Praia de Batuba, em Olivença, como mais um apelo para a noite de sábado no balneário ilheense.

Segundo a organização, quem for ao Grito do Rock não terá apenas música. Além de abrir espaço para o audiovisual e dança, o evento promovido pelo Chocolate Groove também vai abordar temas sociais e ambientais.

TRADIÇÃO DE 400 ANOS

Este domingo, 13, foi dia de Puxada do Mastro em Olivença. O tradicional evento, que mistura tradição indígena e ritos católicos, é realizado há cerca de 400 anos no sul da Bahia pelo povo Tupinambá

Este domingo, 13, foi dia de Puxada do Mastro em Olivença. O tradicional evento, que mistura tradição indígena e ritos católicos, é realizado há cerca de 400 anos no sul da Bahia pelo povo Tupinambá (foto Gidelzo Silva / Secom Ilhéus)

FUNCIONÁRIA DA RIACHUELO É BALEADA EM OLIVENÇA

Julyana estava em um bar na virada quando ocorreram os disparos (Reprodução Portal Sul da Bahia).

Julyana estava em um bar na virada quando ocorreram os disparos (Reprodução Portal Sul da Bahia).

A comerciária Julyana Azevedo, funcionária da loja Riachuelo em Itabuna, foi baleada na madrugada desta terça, 1º, em Olivença, em Ilhéus. De acordo com informações do Portal Sul da Bahia, a bala perfurou o pulmão e alojou-se na coluna da jovem. Julyana estava em um bar com amigos, quando aconteceu um tiroteio.

Um homem teria se aproximado de colega de Julyana, ambos não identificados, e os disparos teriam começado logo depois. A família da jovem tentava a transferência da jovem do Hospital Geral de Ilhéus para o Calixto Midlej Filho, e Itabuna, mas a direção do hospital ilheense ainda não havia liberado.

POLÍCIA RECUPERA CARGA AVALIADA EM R$ 40 MIL EM OLIVENÇA

Policiais da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos recuperaram ontem, 18, carga de alimentos avaliada em R$ 40 mil no balneário de Olivença, em Ilhéus. A carga havia sido roubada na noite da quinta-feira, 17, na BA-001, trecho Ilhéus-Una, quando quatro homens em um VW Gol branco, ocupado por quatro homens armados e usando máscara, interceptaram o caminhão com a carga.

Os ocupantes do caminhão foram feitos reféns e ficaram várias horas sob a mira de revólveres, segundo as próprias vítimas. Motorista e ajudantes foram deixados pelos bandidos no bairro Nossa Senhora das Vitórias, na zona sul de Ilhéus, por volta das 18 horas da quinta. A carga pertence a uma distribuidora de Jequié, no sudoeste baiano. A polícia prometeu devolução dos gêneros alimentícios recuperados.

A investigação da equipe da delegada Andréa Oliveira, da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos, levou a descoberta da carga numa estrada vicinal em Olivença. Na operação, foram presos o comerciante Sindoval Muniz Maia e o filho Sindoval Muniz Maia Filho, além dos comparsas João Lucas Meira Guimarães e Mateus Silva Guimarães. O quarteto bandido está no Presídio Ariston Cardoso, em Ilhéus.

Segundo a polícia, no andar superior da mercearia de Sindival Muniz Maia, foram apreendidos dez quilos de maconha, quatro toucas, revólveres calibres 38 e 32 e seis celulares. Um dos aparelhos pertence ao motorista da carga roubada e foi levado pelos bandidos durante a ação na quinta à noite.

TERMÔMETRO NA PUXADA

Jabes desceu o mastro no governo Newton

O ex-prefeito de Ilhéus, Jabes Ribeiro, hoje secretário-geral do PP da Bahia e pré-candidato a prefeito com boas chances de voltar a governar o município, esteve neste domingo, 8, em Olivença, fazendo aquele velho teste de popularidade.

Jabes andou pelas ruas da estância hidromineral, que estavam lotadas em função da Puxada do Mastro de São Sebastião, tradicional evento realizado pela comunidade tupinambá, sempre no início de janeiro.

O político logicamente aproveitou a oportunidade para descer o mastro no governo Newton Lima e afirmar que, por onde passa, só ouve lamentos da população. Ele diz ter saído de Olivença feliz com a receptividade.

PUXADA DO MASTRO DE SÃO SEBASTIÃO

Puxada do mastro mobiliza nativos e turistas em Olivença (foto Mary Melgaço)

A estância hidromineral de Olivença, um dos locais mais procurados por turistas que visitam a cidade, estará entregue às tradições indígenas neste início de janeiro. A partir do dia 5, começam os preparativos para a Puxada do Mastro de São Sebastião, evento que terá seu ponto culminante no dia 8.

A puxada envolve rituais indígenas, apresentações de capoeira, cortejo das camponesas e participação do Bloco dos Mascarados. No dia 8, a festa começa às 5h30min da manhã, com a bênção dos puxadores em frente à Igreja de Nossa Senhora da Escada. Logo em seguida, os machadeiros e puxadores entram na Mata do Ipanema.

A puxada do mastro começa às 15 horas, na praia de Olivença, terminando na praça da matriz, às 18 horas. Nesse meio tempo, muita festa e manifestações culturais pelas ruas da estância hidromineral.

BATALHA DOS NADADORES É RELEMBRADA

Centenas de pessoas ligadas a movimentos sociais relembraram hoje o Massacre do Rio Cururupe, em Ilhéus, quando índios tupinambá foram executados pelos homens de Mem de Sá, em 1559.






WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia