WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
festival chocolate






alba










junho 2019
D S T Q Q S S
« maio    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  

editorias






:: ‘Operação da Polícia Federal’

PF FAZ OPERAÇÃO CONTRA FRAUDE DO SEGURO-DESEMPREGO EM IBICUÍ; PREJUÍZO PODE CHEGAR A R$ 20 MILHÕES

Polícia Federal deflagra operação em Ibicuí e cidades de outros estados

A Polícia Federal (PF) deflagrou, na manhã desta segunda-feira (15), nas cidades de São Paulo (SP), Mauá (SP), Porangatu (GO) e Ibicuí (BA), a segunda fase da Pperação Mendacium, para desarticular organização criminosa especializada na prática de fraudes diversas para recebimento indevido de seguro-desemprego.

A PF cumpre 21 mandados de prisão preventiva e 12 mandados de busca e apreensão, expedidos pela 8º Vara Federal de São Paulo/SP, em razão de representação penal feita pela Polícia Federal.

A investigação começou em outubro de 2017, com base em denúncia de um trabalhador na qual pessoa não identificada estaria recebendo seguro-desemprego em seu nome. Diante da informação prestada, foram identificadas 408 empresas inexistentes de fato, cuja grande parte a organização criminosa havia feito uso para o recebimento fraudulento de benefícios de seguro-desemprego.

Na primeira fase da investigação foram cumpridos 4 mandados de busca e apreensão, nas cidades de São Paulo/SP e Taboão da Serra/SP, ocasião em que os líderes da organização criminosa foram encontrados em um escritório, localizado no bairro Penha de Franca na cidade de São Paulo, na posse de inúmeros documentos falsos, apetrechos para a falsificação de documentos, material de informática e aproximadamente R$ 420 mil em espécie. Na oportunidade, os líderes foram presos em flagrante pela prática dos delitos previstos no artigo 2º da Lei 12.850/2013 e no artigo 333 do Código Penal. :: LEIA MAIS »

PEDOFILIA: IRMÃO DE MUÇÃO ASSUME QUE USOU DADOS DO RADIALISTA

Mução acabou sendo alvo de peripécias do irmão e sócio.

Reviravolta no caso de prisão por pedofilia do radialista Rodrigo Vieira, o Mução. Hoje, um irmão do humorista assumiu ter usado dados pessoais do humorista para cometer crimes de pedofilia na internet.

Segundo depoimento prestado em Fortaleza, ele teria usado senhas e email do irmão para participar do crime, revela o Diário de Pernambuco. A Polícia Federal informou, por meio da assessoria, que o irmão também confessou ter criado contas de email falsas com os dados do irmão e sócio.

Mução deixou a sede da PF sem falar com a imprensa e prometeu conceder entrevista coletiva neste sábado, 30. Ele foi preso ontem pela manhã, em Fortaleza, na Operação Dirty Net (Internet Suja).








WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia