WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


alba










dezembro 2019
D S T Q Q S S
« nov    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

editorias






:: ‘Operação Nêmesis’

CORRUPÇÃO: EX-COMANDANTE DA PM-BA É LEVADO A JULGAMENTO

Coronel Santana quando foi preso em flagrante por policiais civis.

Coronel Santana quando foi preso em flagrante por policiais civis.

Antônio Jorge Ribeiro Santana, ex-comandante da Polícia Militar baiana, será julgado, nesta quinta (16), às 8h30min, por fraude e lavagem de dinheiro em contrato de locação de viaturas superfaturadas para a corporação, informa o Bocão News.

Coronel Santana é investigado pelo recebimento de propina e superfaturamento na compra de 201 viaturas. A prisão ocorreu durante as investigações da Operação Nêmesis, em 5 de março de 2009 (relembre aqui).

O policial, que está na reserva, vai a julgamento na Auditoria da Justiça Militar do Estado da Bahia, em Salvador. Além dele, outras 11 pessoas são acusadas de envolvimento no esquema. O militar foi acusado de movimentar R$ 1,2 milhão com suposta compra de gado para abate.

Santana comandou a PM baiana até 2008 e o esquema fraudulento, de acordo com as investigações à época, envolviam a empresa paulista Júlio Simões, responsável pelo fornecimento das viaturas para a corporação.

FILHA DE ESCRIVÃ “RECEPCIONAVA” VÍTIMAS DO TRÁFICO DE MULHERES NA ESPANHA

A investigação aberta pela Polícia Federal e que desarticulou uma quadrilha de tráfico de mulheres em Buerarema tem a participação de quatro mulheres e um homem. Três delas moram no município e uma quarta reside na Espanha, onde recepcionava mulheres adolescentes e adultas oriundas de Buerarema.

A brasileira que reside na Espanha e recepcionava as aliciadas pelo tráfico é filha da escrivã Dilma Rodrigues Pinheiro. Sara Pinheiro foi presa em Salvador, quando retornava ao Brasil. Ela seria responsável pela “exportação” das vítimas. O esposo de Dilma, Alan Mendes, também foi detido para averiguações, mas foi liberado ainda em Buerarema.

Vilma Ferreira Pinto, irmã da escrivã do fórum local, também foi presa por ter participação no tráfico de mulheres. A quarta mulher é Jocelma Cardoso, conhecida no município como “Selma da Sucata”. A operação foi deflagrada na manhã desta quarta-feira em Buerarema.

Os detalhes da Operação Nêmesis serão conhecidos ainda nesta manhã. As prisões foram comandadas pela delegada Denise Dias. Quem reside no município diz que é grande o número de mulheres bueraremenses que foram aliciadas pela “rede” e hoje estão na Europa. Uma empregada doméstica aliciada pela quadrilha foi quem denunciou todo o esquema.

Atualizado às 11h24min








WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia