WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia




alba



bahiagas





novembro 2019
D S T Q Q S S
« out    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

editorias






:: ‘Palácio Paranaguá’

GUIAS E RECEPTIVOS CONHECEM PROPOSTA DE VISITAÇÃO PÚBLICA DO PALÁCIO PARANAGUÁ

Palácio Paranaguá foi sede do governo ilheense até o ano passado.

Palácio Paranaguá foi sede do governo ilheense até o ano passado.

Agentes do trade turístico ilheense participarão, na próxima quinta-feira (27), de uma aula de instruções sobre o novo formato de visitação do Palácio Paranaguá. A explanação, às 15h, no segundo andar do próprio palácio, será feita por Anarleide Menezes, integrante da Rede de Museus e Pontos de Memória do Sul da Bahia.

Planejada pela Secretaria de Turismo e Esporte (Setur), a iniciativa é uma das etapas da implantação do Museu do Palácio Paranaguá, em Ilhéus. Segundo o município, o espaço será aberto para visitação pública nos próximos dias.

Anarleide ministra aula pública.

Anarleide ministra aula pública no Palácio.

– Nesta primeira etapa a missão é contextualizar imagens e móveis nos primeiros ambientes disponibilizados, apresentando uma ideia de como era a cidade e como o Palácio funcionava no século passado – explicou Anarleide.

O acervo do prédio histórico conta com fotografias e peças dos séculos XIX e XX e do mobiliário que atendeu a intendentes e prefeitos da cidade. Nos últimos dias, os objetos que compõem o acervo ganharam a aplicação de cera de abelha clarificada na Alemanha. O espaço foi higienizado.

O itinerário da visitação é a parte superior do Palácio Paranaguá, onde, em uma das salas, funciona a Setur. Estagiários do curso técnico do CEEP (antigo Colégio Estadual) vão acompanhar os visitantes.

A professora Anarleide Menezes elogia a decisão do governo em iniciar o processo de implantação do Museu. “Claro que ainda estamos longe do ideal. Um projeto de museu envolve mídias digitais, totens… Mas a cidade não pode ficar esperando. Tem que começar”, afirmou. “O Palácio no centro da cidade vai surpreender. A Rede de Museus e Pontos de Memória do Sul da Bahia vai ajudar na divulgação do espaço”, assegura.

PALÁCIO COM 110 ANOS DE HISTÓRIA

O Palácio do Paranaguá é um prédio histórico localizado no centro da cidade. Foi construído em 1907, no mesmo local onde existiam ruínas de um colégio jesuíta. Seu nome é uma homenagem ao presidente da província da Bahia da época do Brasil Império, o Marquês de Paranaguá.

João Lustosa da Cunha Paranaguá elevou a Vila de São Jorge dos Ilhéus à categoria de cidade, em 1881, por meio de lei provincial. O palácio é um dos símbolos da opulência que existiu na região durante a saga do cacau. Em estilo neoclássico, é uma das mais belas construções do interior do estado.

NAZAL É PRÉ-CANDIDATO A PREFEITO DE ILHÉUS

Carlos Freitas, Jorge Vianna, Benito Gama, Ruy Carvalho e o pré-cadnidato José Nazal.

Carlos Freitas, Jorge Vianna, Benito Gama, Ruy Carvalho e o pré-candidato José Nazal.

Reunião realizada neste final de semana em Salvador selou a pré-candidatura do fotógrafo e memorialista José Nazal à prefeitura de Ilhéus.

O encontro foi realizado no escritório do deputado federal Benito Gama e contou com a participação do presidente municipal do PTB, Carlos Freitas, e dos médicos Jorge Vianna e Ruy Carvalho, figura pra lá de carimbada na disputa pelo comando do Palácio Paranaguá.

Apesar da distância do pleito, segundo informações, a provável chapa do PTB terá Zé Nazal na cabeça e não deve contar com Ruy Carvalho na vice. O médico, que já foi quadro do PT e do PRB, abandonou as disputas de vez.

A filiação de Nazal ao partido deve acontecer até o início de outubro, prazo máximo para filiações pra quem pretende disputar a eleição do ano que vem.

Até aqui, a entrada do nome de Nazal é a grande novidade na disputa pelo comando do Palácio Paranaguá. A sucessão tem nomes como Carmelita Ângela (PT), José Vivaldo (PSB), o prefeito Jabes Ribeiro (PP) e Jorge Luiz (PSOL).

EM ILHÉUS, MANIFESTANTES CRIAM “FOLHA DE PONTO” PARA JABES

cartao-ponto-antigoDireto do Jornal Bahia Online

Há quase 30 dias sem comparecer ao Palácio Paranaguá, onde, neste mesmo período, acontece um protesto de estudantes e a greve dos servidores públicos, o prefeito de Ilhéus, Jabes Ribeiro, ganhou agora pela manhã, uma “folha de ponto” na entrada principal da sdede do governo.

Os manifestantes protestam contra a ausência do prefeito que, segundo eles, em nenhum momento está impedido de ir trabalhar. Jabes, entretanto, já falou que se sente incomodado com a presença dos manifestantes e só pretende voltar a despachar em seu gabinete, com a saída dos integrantes do Movimento Reúne Ilhéus e o fim da greve.

Os estudantes ironizam em mais este manifesto: “daqui a pouco não poderemos mais cobrar fora Jabes. Mas, sim, Jabes demitido”, afirmam. O prefeito de  Ilhéus tem feito um “exercício de guerra” para reunir sua equipe de trabalho. Depois de manifestações ocorridas em “gabinetes alternativos”, a equipe só divulga locais e horários de reuniões minutos antes de elas começarem.

Leia mais

“REÚNE ILHÉUS” COMPLETA 20 DIAS ACAMPADO EM FRENTE AO PALÁCIO PARANAGUÁ

Sindicalistas em café da manhã com os integrantes do Reúne Ilhéus.

Sindicalistas em café da manhã com parte dos integrantes do Reúne Ilhéus.

Cerca de 30 integrantes do Movimento Reúne Ilhéus tomaram café da manhã com sindicalistas ligados a partidos da base aliada do Governo Jabes Ribeiro neste domingo (4). Os jovens estão acampados há 20 dias em frente ao Palácio Paranaguá – desocupado no dia 17 de julho por ordem judicial – e cobram do prefeito a redução da tarifa de ônibus e a apresentação das planilhas das empresas de ônibus relativas a 2012.

O governo já entregou a planilha referente a 2013. O movimento encontrou inconsistências nos documentos de 2013. As empresas alegam que a gratuidade causa uma “perda” R$ 700 mil, mas a planilha apresenta outro número: R$ 264,4 mil, segundo informou o movimento ao Bahia Online.

O café da manhã de hoje teve frutas, pães e sucos doados por comerciantes e solidários ao movimento que cobra transparência na gestão pública e melhorias no transporte coletivo. Sindicalistas afirmam estarem impressionados com a solidariedade do ilheense ao movimento dos estudantes. Ao meio-dia de hoje, várias categorias profissionais se juntam ao movimento para prestar homenagem ao sindicalista Wagner Bastos, morto neste ano. A homenagem será em frente ao palácio, quando será oferecida uma feijoada.

“A TURMA ESTÁ FIRME”

“A turma está firme”, disse ao PIMENTA o presidente do Sindicato dos Trabalhadores das Indústrias Moageiras de Cacau (Sindicacau), Luiz Fernandes Ferreira, que esteve nesta manhã com os integrantes do movimento. “No dia 6 [terça-feira], vamos parar Ilhéus”, disse ele. É o dia para o qual as centrais sindicais CTB, CUT e Força programaram novos protestos no município.

O sindicato comandado por Fernandes apoia, além do Reúne Ilhéus, a greve geral do funcionalismo ilheense. Os servidores da prefeitura local entram na terceira semana de paralisações. Eles cobram do prefeito Jabes Ribeiro reajuste salarial.

O gestor afirma que a folha hoje representa mais de 68% da receita municipal e, por isso, não poderia conceder reajuste. “A chance é zero”, disse Jabes numa entrevista ao PIMENTA.

O comando da greve geral afirma que o percentual é bem menor, situando-se na faixa dos 55%. Além disso, aponta aumento de gastos e de contratações de cargos de confiança (cargos comissionados).

DESOCUPAÇÃO DO PARANAGUÁ

Estudantes ocupam palácio desde o final da manhã de ontem (Foto Jornal Bahia Online).

Estudantes ocupam palácio desde o final da manhã de ontem (Foto Jornal Bahia Online).

A Justiça determinou a desocupação do Palácio Paranaguá. Desde o final da manhã de ontem (16), estudantes do Reúne Ilhéus estão no palácio, sede do governo municipal.

A liminar foi expedida pela juíza Carini Silva e determina multa diária de R$ 2 mil em caso de descumprimento. A polícia foi acionada para promover a desocupação.

PIMENTA DO DIA – A BLAGUE DE JABES

Comentário do leitor que se identifica como “Ilheense” em comentário ao post “Jabes diz que Ilhéus está “ingovernável” e descarta reeleição”:

Jabes precisa ajustar o foco. Ele queixa-se da terrível situação financeira vivida pela Prefeitura, mas pegou o Governador e levou-o para visitar o Palácio Paranaguá, planejando construir um Centro Administrativo Novo e transformar o Palácio num Museu.

Ilhéus está ou não com o pires na mão?

É necessário ajustar o FOCO.

CARMELITA ALFINETA JABES

A Professora Carmelita (PT) responsabilizou indiretamente o seu adversário, Jabes Ribeiro (PP), por espalhar onda de boatos de que seu registro na Justiça Eleitoral teria sido incompleto e sua candidatura a prefeita de Ilhéus estaria correndo risco.

E foi na “jugular” do ex-prefeito:

– Hoje, se há alguém que teme pela candidatura, não sou eu. É aquele que responde a inúmeros processos na justiça – disse ela, numa referência à liminar que Jabes obteve para que seu número não figurasse na lista dos fichas-sujas do TCM e às dezenas de ações movidas pelo Ministério Público estadual contra o pepista. Apesar do tom na resposta, Carmelita disse que não entrará no jogo do adversário.

Em tempo: Jabes obteve a liminar porque, apesar de ter parecer do TCM pela rejeição de suas contas, conseguiu ver suas contas aprovadas pela Câmara de Vereadores.

PV FECHA APOIO A PROFESSORA CARMELITA

Pastor Gilmar Bonfim e Carmelita fecham aliança eleitoral.

O pastor Gilmar Bonfim e o PV acabam de fechar apoio à pré-candidatura da Professora Carmelita (PT). O pastor e a pré-candidata a prefeita de Ilhéus se reuniram em um restaurante, acompanhados dos presidentes do PT, Marilene Lapa, e do PV, Robson Melo, para discutir os termos da aliança. Ainda não foi discutido se o pastor será o vice da petista.

Professora  Carmelita fez referência à respeitabilidade e o livre trânsito do pastor. Gilmar Bonfim diz que a aliança reúne uma mulher preocupada com o social e um homem que tem compromisso com o meio ambiente. “A decisão de apoio a Carmelita representa o amadurecimento que a pré-candidatura petista tem demonstrado nas últimas semanas”, assinalou Gilmar Bonfim.

REITOR DA UESC FILIA-SE AO PDT E DISPUTARÁ PREFEITURA DE ILHÉUS

Joaquim entra na fila em Ilhéus.

O reitor da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), Joaquim Bastos, acabou com o mistério. O professor revelou em primeira mão ao PIMENTA que será mesmo candidato a prefeito de Ilhéus. Joaquim filiou-se ao PDT e está animado com as perspectivas para 2012, embora a prefeitura da Terra da Gabriela viva uma situação financeira preocupante:

– Nos últimos dez anos, a cidade começou a caminhar para uma situação de insolvência administrativa – reconhece, numa estocada direta num dos seus possíveis oponentes em 2012, o ex-prefeito Jabes Ribeiro (PP).

O reitor, no entanto, aposta em projetos estruturantes que estão sendo tocados pelos governos federal e estadual e iniciativa privada, em Ilhéus. “Vamos trabalhar dentro de um novo modelo econômico. Teremos o Intermodal (Complexo Porto Sul), a ZPE e todas as atividades que devem acontecer daqui para frente”, assinala.

Para ele, estes investimentos mudarão o perfil econômico de Ilhéus e importante será saber “como trabalhar para aproveitar estes benefícios em prol da cidade, principalmente das comunidades mais carentes”.

O reitor deixa o cargo na Uesc exatamente no dia de Iemanjá, 2 de fevereiro de 2012, e afirma ter se sentido à vontade agora para filiar-se a um partido. “Estou em processo de aposentadoria como professor e deixando a reitoria da Uesc”. Antes da candidatura a prefeito, ainda quer fazer da vice-reitora Adélia Pinheiro a sua sucessora na Uesc.

Joaquim Bastos revela-se empolgado com o que a cúpula do PDT definiu como itens necessários para a campanha em Ilhéus. “O PDT vai ter perfil bastante diferenciado da política tradicional. Não queremos troca de favores. Quem votar no nosso partido, nossos candidatos, será pela consciência”.

E o reitor prega novas ações. “Se depender de um voto e esse tiver de ser comprado, prefiro perder a eleição”, diz, numa referência ao que deva ser o modelo da legenda brizolista em 2012. “Pode não dar certo. Às vezes, a sociedade não entende. Mas precisamos ser diferentes do que está aí.

Ao PIMENTA, deixou claro que vai usar e abusar daquilo que considera seus feitos na Uesc. “Talvez o trabalho mais importante seja o social nesses oito anos de Uesc. Temos quase dois mil alunos recebendo bolsas e criamos as cotas não raciais, mas para alunos oriundos da escola pública, além de alunos nossos estudante em universidades da Europa (intercâmbio)”.

Segundo ele, o PDT ilheense está se estruturando e já possui 11 novos nomes que irão disputar vaga na Câmara. “Para checar a esses nomes, criamos dez itens obrigatórios”. Dentre eles, estão a avaliação meritória, honestidade, ética, caráter e… gostar de trabalhar. A lista será completada com outros nomes buscados em setores estratégicos, como indústria, comércio e serviços.

MUDAM-SE OS CARANGUEJOS, MAS A LAMA É A MESMA

Roberto Rabat | www.r2cpress.com.br

Ilhéus não está precisando de uma reforma política. Ilhéus necessita de um milagre para expurgar esses desonestos do poder. Ilhéus precisa das bênçãos divinas.

A infantilidade, a ingenuidade e a crença na honestidade no meio político geraram um caos, esse caos alimentou um covil, desse covil nasceu o canibalismo e desse canibalismo ILHÉUS, ao contrário do que alardeiam, é a principal vitima. Miram no poder, atiram, traem, especulam, inventam, mentem, distorcem, mas, como sempre, o bolso dita os caminhos. ILHÉUS? Que se lasque.

A movimentação política atingiu o seu ápice. Preocupação com a cidade? Para de ser ingênuo, rapaz! Este momento, que mostra a cara dos bastidores da política, se avizinha a um ano eleitoral e a safadeza vai se sobrepondo à ética, à lisura, ao equilíbrio, ao princípio básico de um político/administração que é cuidar do povo. Esse “cuidar” é UTÓPICO o jogo de interesse, como disse, predomina e não existe nada, absolutamente nada, que mostre o contrário.

A cidade está de pernas pro ar. Preocupação com ela? NÃO EXISTE. O que existe é a habilidade demoníaca de tirar proveito de uma cidade sofrida, esfarrapada, desamparada porque uma meia dúzia de bandidos resolveu cuidar dos seus interesses pessoais, escudados em siglas partidárias, para viverem de papo pro ar enquanto os pobres, os menos favorecidos, aqueles que não sentaram a bunda numa cadeira que corre dinheiro e por esperar atenção vão morrendo dia após dia.

Não existe atenção básica para a saúde, não existem escolas equipadas com o mínimo necessário, não existem professores satisfeitos, não existe uma distribuição de medicamentos por que eles foram vendidos e ou desviados, não existe merenda nas escolas porque foram vendidas para armazéns/mercearias e, mais recentemente, para um supermercado de pequeno porte, ruas sujas, mato invadindo calçadas, calçadas esburacadas e os deficientes físicos caindo de suas cadeiras, passeios irregulares, ruas obstruídas, escuridão ajudando bandidos, assaltos pra todo lado e os políticos aplaudindo e querendo que a sua sigla seja vista como salvadora. É muita safadeza. Esses caras, sem compromisso com o social, aliás sem compromisso com nada e ninguém que não seja o seu próprio bolso.

Ilhéus não está precisando de uma reforma política. Ilhéus necessita de um milagre para expurgar esses desonestos do poder. Ilhéus precisa das bênçãos divinas para a população dizer que NÃO ACREDITA em político porque já estão cansados de promessas, da ladainha do vamos fazer, do conluio com a governadoria e com a presidência e esse povo lá na casa do CARvALHO mexendo os seus cordéis e nós, os palhaços na base, achando que estamos sendo vistos/cuidados e que o caminho correto, a opção, é o mostrado através de discursos previamente estudados e que visam o engodo, o enganar pessoas e consciências.

A classe política é suja. Ela mente, ela aproveita da necessidade do povo e investe nisso. Faz discurso bonito, convence, ganha a eleição e depois mata. Mata a esperança, mata no sentido literal e depois se enche daquilo que é o principal motivo desse empenho: o voto, o dinheiro, o status e as benesses …

Viva a safadeza, viva os enganadores, viva os marginais e morram os imbecis que acreditam em dias melhores vindo através desses safados que riem da desgraça alheia.

UGA e fique com DEUS (Sempre!)

Roberto Rabat é o editor do site e agência de Notícias R2Cpress

Leia mais em www.r2cpress.com.br

“NEWTON NÃO GOSTA DE POLÍTICA E É INGRATO”

Newton Lima devolve Magno Lavigne ao governo (Foto Mary Melgaço).

Dois anos depois de sair do governo chutando a canela do prefeito Newton Lima, o sindicalista Magno Lavigne está de volta ao Palácio Paranaguá. E vem agora na condição de secretário de Governo e Ações Estratégicas. O “cabra” foi recebido com festa. Em abril de 2009, ele afirmava que Newton era um ingrato e detestava política (confira a entrevista concedida ao PIMENTA à época).

Hoje, retornando ao palácio, a história é outra:

– “O governo Newton Lima possui todas as características de um governo vencedor, que vem contribuindo com importantes obras, com articulações políticas favoráveis aos interesses da população e por manter uma ótima relação com os governos estadual e federal, possibilitando a captação de mais recursos para novos projetos.

PAI DA CRIANÇA

A relação Derba-Prefeitura de Ilhéus periga cair em desgaste com as seguidas “bolas nas costas” por parte do Palácio Paranaguá.

A última está relacionada à recuperação da ponte da estrada Pontal-Buerarema. A direção do Derba alega ter feito o trabalho, mas os homens da prefeitura ilheense fizeram questão de sair sozinhos na foto.

A história pode não terminar bem…

ÂNGELA E MARÃO NO PSD

A deputada estadual Ângela Sousa (PSC) e o vice-prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre (PSDB), estariam de malas prontas para deixas suas respectivas legendas e procurar abrigo no recém-lançado PSD, a legenda comandada pelo vice-governador Otto Alencar e para a qual estão sendo despachados ex-carlistas e novos adesistas do governo Wagner.

A troca de legendas das duas lideranças ilheense é noticiada pelo blog Cia da Notícia. A mudança teria como pano de fundo a sucessão municipal. Marão é pré-candidato, mas a mãe dele, a Ângela Sousa, não descartaria experimentar entrar na disputa, repetindo 2004.

No domingo passado, Marão externou a amigos sua preocupação com os rumos do governo ilheense. Sabe que somente uma boa recuperada na imagem da gestão de Newton Lima (PSB), da qual é vice, pode tornar viável qualquer pretensão eleitoral em 2012. A tarefa é árdua, pois a rejeição ao governo sempre se situa na casa dos 80%, 90%.

Dentro do governo, informa o Cia da Notícia, também é avaliada a possibilidade do próprio Newton concorrer à reeleição. O advogado assumiu a prefeitura em agosto de 2007, após a cassação de Valderico Reis (PMDB). O jurídico do PSB avalia que Newton poderia, sim, concorrer a novo pleito, pois assumiu na condição de “prefeito-tampão”.

PROFESSORES DE ILHÉUS DEFLAGRAM GREVE POR TEMPO INDETERMINADO

Professores da rede municipal ilheense fazem protesto no Palácio Paranaguá (Foto Jornal Bahia Online).

Uma assembleia dos professores da rede municipal de ensino de Ilhéus, realizada no final da manhã desta terça-feira (12), decidiu por uma greve por tempo indeterminado a partir de amanhã. Com a decisão quase 30 mil alunos da rede ficarão sem aulas, comprometendo ainda mais o calendário do ano letivo do município, que já apresenta um certo atraso.

No final da manhã, professores e trabalhadores em educação do município percorreram o centro da cidade explicando à população os motivos do movimento. Chateados com a postura do governo no processo de negociação com a categoria, dirigentes sindicais garantem que os professores e trabalhadores em educação só retornam às salas de aula após a Prefeitura fechar e assinar o acordo.

O governo teria acatado a decisão de pagar o Piso Nacional dos Professores, mas o impasse estaria na discussão sobre o Plano de Carreira dos Trabalhadores em Educação, que, segundo a categoria, não vem sendo aceito pelo governo. Confira tudo no Bahia Online.

ESTUDANTES PROTESTAM CONTRA AUMENTO DE TARIFA DE ÔNIBUS EM ILHÉUS

Centenas de estudantes ocuparam as escadarias do Palácio Paranaguá, sede do governo, em protesto contra o aumento da tarifa de ônibus em Ilhéus. Desde o último domingo, 27, os passageiros estão pagando 10% mais caro pelo serviço. A tarifa saltou de R$ 2,00 para R$ 2,20.

As empresas reivindicavam tarifa de R$ 2,29, enquanto o Conselho Municipal de Transporte recomendou ao governo reajuste de 5% (R$ 2,10). O protesto, que teve a participação de estudantes das redes pública e privada e da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), foi encerrado ao final da manhã. Com informações do Jornal Bahia Online.

Estudantes ocupam escadaria do Paranágua (Foto Jornal Bahia Online).

 

SINDICALISTA SONHA COM O PALÁCIO PARANAGUÁ

Dono de 16.072 votos em Ilhéus na tentativa de conquistar uma vaga à Câmara Federal no ano passado, o presidente estadual do Sintepav na Bahia, Bebeto Galvão, não descarta disputar a sucessão do prefeito Newton Lima, ambos do PSB.

– Sou membro da direção estadual do partido e está decidido que o PSB terá candidatura própria nos municípios acima de 100 mil habitantes. Eu estou colocando o meu nome para avaliação – disse ao PIMENTA, observando que tudo dependerá das desenho da política ilheense até o início do próximo ano.

POR UM PALÁCIO VERDE

A seta aponta a árvore que cresce em cima da cabeça do prefeito (Foto Melck Rabelo).

O Palácio Paranaguá, sede da prefeitura de Ilhéus, é um dos vários e belos patrimônios arquitetônicos do município sul-baiano. E, nestes últimos tempos, vem chamando a atenção de nativos e de turistas por um detalhe que impressiona: uma árvore de espécie desconhecida cresce, frondosa, no teto da construção centenária.

Não se trata de nenhum experimento científico. É desleixo mesmo. Newton Lima até pensou em acionar o seu fiel escudeiro Carlos Freitas, secretário de Serviços Urbanos, para ordenar a derrubada da plantação. Desistiu ao imaginar Carlinhos trepado na árvore e a forte reação dos ambientalistas Ruy Rocha, do Floresta Viva, e Socorro Mendonça, do Ação Ilhéus. A foto é de Melck “Sadan” Rabelo.

GOVERNO PRECISAVA DE “INTERVENÇÃO CIRÚRGICA”, AFIRMA ALCIDES

O "cirurgião" Alcides Kruschewsky

O secretário de Governo, Alcides Kruschewsky, comentou nota sobre o seu desentendimento com o ex-assessor de Comunicação de Ilhéus, Marcos Correa. “Cidão” não nega o atrito ocorrido no Palácio Paranaguá e observa que “a alternância é natural no processo político, ademais quando se amarga índices negativos elevados”. Disse isso não sem antes lembrar que o prefeito lhe deu autonomia para nomear os novos quadros da sua secretaria.

O secretário de Governo fala, ainda, do sucessor de Correa na Comunicação, o jornalista Maurício Maron, e reforça que o novo assessor assumiu o posto pelos seus valores e “não preferência pessoal”.

Cidão repisa que “ninguém discorda” de que “havia uma grande necessidade de intervenção “cirúrgica” a fim de conferir um novo ânimo ao próprio governo, resgatando, no processo, a confiança popular”. Se os cirurgiões darão jeito no paciente, só o tempo dirá!

BOMBA NO PALÁCIO PARANAGUÁ

Que o prefeito Newton Lima acione logo os seus médicos de Salvador. Uma bomba de efeito nada desprezível está prestes a estourar no colo do mandatário ilheense. Quem teve acesso ao material afirma que é algo para entortar de vez a coluna do prefeito.

Quando o carnaval passar…








WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia