WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


alba



policlinica





outubro 2019
D S T Q Q S S
« set    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

editorias






:: ‘Palmas de Monte Alto’

IRMÃ DE VEREADORA É EXECUTADA EM CASA NOTURNA DE GUANAMBI

Suzimaura foi executada dentro de casa noturna

Dois criminosos executaram Suzimaura Mesquita, a tiros, na noite deste domingo (22), em uma casa noturna no município de Guanambi. Natural de Palmas de Monte Alto, também no sudoeste baiano, Suzimaura era bastante conhecida na região da Terra do Algodão, segundo o Blog do Rodrigo Ferraz.

Os atiradores chegaram à casa noturna em uma mota. O carona desceu do veículo, entrou na casa noturna e atirou seis vezes contra a mulher. O corpo de Suzimaura foi encontrado despido.

Uma guarnição da Polícia Militar acionou o Departamento de Polícia Técnica. O corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de Guanambi para ser necropsiado. Suzimaura era irmã da vereadora de Palmas de Monte Alto, Rosemaura Mesquita.

REPERCUSSÃO DE VÍDEO COM PROFESSORA DEIXOU ALUNO TRAUMATIZADO, DIZ TIO

Professora aparece em cena de sexo com aluno (Reprodução).

Professora aparece em cena de sexo com aluno (Reprodução).

Um dos tios do adolescente que aparece em vídeo com a professora Mônica Souza Santos, de 30 anos, afirmou que o rapaz “está traumatizado” com a repercussão do caso. Leandro Silva disse ao Correio que a família não comentará o caso.

Na semana passada, Mônica, que é estudante de Direito, trabalhava como contratada do município de Palmas de Monte Alto e dava banca no município. O vídeo, segundo ela, foi gravado há um mês, quando orientou o estudante a ter cuidado com a gravação. A professora responderá à acusação de estupro de vulnerável.

Segundo o tio, o adolescente de 13 anos estuda em Guanambi, terra natal da professora flagrada no vídeo com as cenas de sexo oral (confira aqui). O advogado de Mônica, Custódio Lacerda, disse considerar “precipitado” dizer que o caso se configure “estupro de vulnerável”.

PROFESSORA É INVESTIGADA POR FAZER SEXO ORAL EM ALUNO DE 13 ANOS

Uma professora que dava aula de reforço escolar a um aluno de 13 anos em Palmas de Monte Alto, no sudoeste da Bahia, aparece em vídeo fazendo sexo oral no estudante. O caso é investigado pelo Conselho Tutelar, Polícia Civil e Ministério Público da Bahia (MP-BA).

A professora tem 30 anos, é formada em Educação Física e estuda Direito e foi identificada como Mônica Souza dos Santos. Com a repercussão do vídeo, decidiu retornar para a cidade natal, Guanambi, onde se apresentou à polícia hoje (3). De acordo com o depoimento na 22ª Coordenadoria de Polícia, o vídeo foi gravado há cerca de um mês. O caso começou a ser investigado na semana passada.

A professora pode responder por estupro de vulnerável. Na gravação, ela aparece pedindo ao aluno para que tenha cuidado com a gravação, feita em um telefone celular. As imagens trazem a profissional masturbando o estudante. A gravação é interrompida quando ele pede para iniciar a penetração.






WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia