WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


alba










dezembro 2019
D S T Q Q S S
« nov    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

editorias






:: ‘percussão’

DEDO DE MOÇA NO COLA NA MANU SQUARE

Dedo de Moça será uma das atrações do evento no próximo sábado || Foto Paulo Minds

O grupo percussivo Dedo de Moça será uma das atrações do Cola na Manu Show Square, na tarde do próximo sábado (7), no São Judas, em Itabuna. A festa terá, ainda, Jau e Timbalada, além de Via de Acesso e Lê Bandê, que farão show juntos, no palco, pela primeira vez, e Pagode do Book.

Segundo a MB Produções, a ideia do Cola na Manu Square é recriar, em Itabuna, a energia do verão de Salvador. A produtora Manuela Berbert diz que a participação das meninas de Itacaré são uma novidade para a festa do próximo sábado.

– Entre os shows de Jau e da Timbalada, as meninas irão dar o tom da festa. Afinal, a força da mulher é gigante, e o Cola Na Manu quer mostrar pro mundo essa energia – afirma Manuela.

INGRESSOS

Os ingressos para o Cola na Manu Square Show estão à venda no Bigodon Barbearia Pub, em Itabuna, e no Stand do Karioca, em Ilhéus. A festa começará às 16h, tocada exclusivamente pela MB Produções.

MORRE PERCUSSIONISTA NANÁ VASCONCELOS

Monstro da percussão mundial, Naná Vasconcelos lutava contra câncer (Foto JC Imagem).

Monstro da percussão mundial, Naná Vasconcelos lutava contra câncer (Foto JC Imagem).

Do NE 10

O coração do grande percussionista Naná Vasconcelos, de 71 anos, bateu pela última vez nesta quarta-feira, dia 9 de março. Filho de um violonista do Recife, Naná teve na infância influências musicais que iam de Villa-Lobos a Jimi Hendrix. Especializou-se em instrumentos de percussão brasileiros, particularmente o berimbau.

A primeira universidade a que teve acesso foi a Universidade do Samba de Sítio Novo, imaginária entidade nascida das lucubrações do professor Jomard Muniz de Britto nos idos de 1966, onde Naná se graduou no instrumento que o fez ganhar o mundo. Juvenal de Holanda Vasconcelos (nome de batismo) nasceu no Recife mas ficou conhecido em outros países – morou 27 anos nos Estados Unidos e outros cinco em Paris, onde trabalhou e gravou discos.

Depois de tocar por algum tempo em cabarés e bandas da capital pernambucana, ainda jovem mudou-se para o Rio de Janeiro, onde conheceu Luiz Eça, Wilson das Neves, Gilberto Gil, e passou a acompanhar Milton Nascimento e o Som Imaginário. Em 1970 foi convidado para integrar a turnê do saxofonista argentino Gato Barbieri pelos Estados Unidos e Europa.

Na década de 70, o pernambucano tocou com grandes nomes da música internacional como Pat Metheny, B.B. King e Paul Simon. Foi E eleito oito vezes o melhor percussionista do mundo pela revista americana Down Beat e ganhador de oito prêmios Grammy. Leia reportagem na íntegra.

CURSOS E OFICINAS DO TEATRO POPULAR

Quem tiver interesse em aprender a tocar um instrumento musical, dançar ou ainda conhecer técnicas para aperfeiçoar o canto tem na Casa dos Artistas de Ilhéus um lugar ideal. Os cursos e oficinas oferecidos pelo Teatro Popular estão com inscrições abertas para pessoas de todas as idades, com atendimento das 14 às 18 horas.

Entre os cursos está o de bateria e percussão, ministrado pelo mestre Sabará sempre às sextas-feiras, em dois horários: 9h às 11h e 14h às 16h. Há ainda a oficina de canto popular, com Eloah Monteiro, e o curso de dança criativa (este para crianças e adolescentes), sob a condução da professora Érica Ocké. Pessoas de qualquer faixa etária podem se matricualr no curso de dança afrobrasileira, ministrado pela professora Neide Rodrigues.

Mais informações pelo telefone 73.4102-0580.








WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia