WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
festival chocolate


alba










julho 2019
D S T Q Q S S
« jun    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

editorias






:: ‘polícia’

CLIMA DE MEDO NA MANGABINHA

Violência faz parte do cotidiano dos moradores

O bairro da Mangabinha já aparece nas estatísticas como um dos mais violentos de Itabuna em 2016. Por lá, foram registrados dois homicídios em um único dia neste mês de fevereiro, sendo que uma das vítimas foi apontada como suspeita de vários assaltos naquela comunidade (confira aqui). Em janeiro, houve pelo menos uma tentativa de assassinato confirmada pela polícia.

A situação se complica neste período de Carnaval, em virtude do envio de parte do efetivo da segurança pública para as cidades que realizam festejos, principalmente Salvador.

Na noite de ontem (5), moradores da Mangabinha utilizavam as redes sociais para pedir socorro. Por volta das 21 horas, circulava a informação de que bandidos haviam imposto toque de recolher na parte do bairro conhecida como Alto da Lua.

Um morador desabafou no Facebook: “Sexta- feira de carnaval, 21:36, e eu e minha família estamos trancados dentro de casa e longe das portas. Isso é vida? Bandido solto e cidadão preso!”.

POLÍCIA BAIANA É A PRIMEIRA DO PAÍS A BLOQUEAR CELULARES ROUBADOS

Para Moisés Damasceno, ação inibe roubo ou furto de celular (Foto Oziel Aragão/Arquivo).

Para Damasceno, ação inibe roubo ou furto de celular (Foto Oziel Aragão).

A Polícia Civil da Bahia é a primeira do País a usar o Cadastro de Estações Móveis Impedidas (Cemi), sistema da Associação Brasileira de Recursos em Telecomunicações (ABR-Telecom) para bloquear aparelhos celulares, em caso de furtos e roubos. Um Núcleo de Estações Móveis Impedidas (Nemi) para o bloqueio começou a funcionar, nesta sexta-feira (18), na sede do Departamento de Crimes Contra o Patrimônio (DCCP), na Piedade, em Salvador.

O núcleo terá equipe treinada na ABR-Telecom, no Rio de Janeiro, para utilizar o Cemi. Na primeira fase, serão bloqueados aparelhos, sem vinculação com linhas telefônicas, ainda não habilitados e oriundos de roubos de cargas ou assaltos em lojas de varejo. As ocorrências poderão ser registradas em qualquer delegacia da Bahia, e em seguida encaminhadas ao Nemi, que efetuará o bloqueio dos aparelhos.

De acordo com o diretor do DCCP, delegado Moisés Damasceno, um estudo realizado pela polícia, a partir da observação dos números de registros de ocorrências envolvendo passageiros de ônibus, clientes em restaurantes e assaltos a grandes varejistas, permitiu perceber que o celular é usado como principal moeda de troca e motivador da maioria dos crimes patrimoniais.

“Esse dado levou a Segurança Pública a pensar estratégias para bloquear o aparelho e torná-lo inutilizável para o possível receptador”, explicou Damasceno. A Polícia Civil de São Paulo iniciou as ações nesse sentido, solicitando o bloqueio às operadoras, mas encontrou dificuldades na operacionalização.

:: LEIA MAIS »

VIOLÊNCIA CONTRA ESTUDANTES PAULISTAS É CRIME, DIZ ESPECIALISTA

PAU DE ARARA? Estudante do ensino médio em São Paulo,  Elissantro Dias Nazaré da Siqueira é levado preso, algemado, em posição de pau-de-arara por policiais.

PAU DE ARARA? Estudante do ensino médio em São Paulo, Elissantro Dias Nazaré da Siqueira é levado preso, algemado, em posição de pau-de-arara por policiais (Foto Marivaldo Oliveira/Estadão).

Leyberson Pedrosa e Líria Jade | Agência Brasil

As manifestações de alunos contra a proposta de reorganização das escolas estaduais em São Paulo mostraram uma nova força do movimento estudantil secundarista e evidenciaram a violência policial contra os adolescentes. De acordo com Ariel de Castro Alves, advogado e coordenador estadual do Movimento Nacional de Direitos Humanos (MNDH), mais de 10 jovens foram apreendidos e agredidos ilegalmente. Na opinião do especialista, alguns deles chegaram a ser torturados.

Para a Secretaria de Segurança Pública (SSP) do estado, a ação de desbloqueio da avenida aconteceu porque os manifestantes “desrespeitaram a Constituição Federal, deixando de realizar o prévio aviso sobre os locais onde iriam atuar e bloqueando integralmente as grandes vias de acesso, de maneira a impedir o legítimo direito de ir e vir de estudantes e trabalhadores”, afirmou, em nota.

O artigo 178 do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) impede que menores de idade acusados de cometer ato infracional sejam transportados em compartimento fechado de veículo policial em condições que atentem contra a dignidade ou impliquem risco à integridade física ou mental do indivíduo sob pena de responsabilidade. Contudo, registros audiovisuais nas mídias sociais e na imprensa mostram diversos adolescentes sendo levados em camburões pela PM e até mesmo sendo algemados.

O estudante Francisco Musatti Braga, de 16 anos, da Escola Técnica de São Paulo ( ETESP), foi apreendido por policiais, levado em uma viatura para a 23ª DP, em Perdizes, sozinho e relata seu tratamento pelas autoridades como “intimidador”. Ele disse que um homem que estava detido na mesma delegacia teve que levar pontos na cabeça por ter sido atingido com um cassetete.

“Tudo aconteceu num momento de confusão quando liberamos uma faixa para passagem de uma ambulância. Quando tentamos fechá-la novamente, a polícia não deixou. Eles foram algemar um menino no chão e eu tentei impedir”, conta. O rapaz afirma que um policial o atacou com um cassetete: “Fui imobilizado com o cassetete e arrastado até uma moto, onde me algemaram. Depois, fui encaminhado para a delegacia e fui intimidado. Dois outros jovens foram presos no mesmo momento e os policiais e o delegado nos ameaçavam”, completa. O jovem teve o apoio de seu pai, que foi à delegacia onde estava apreendido e de outros manifestantes. Para ele, a truculência só reforça o movimento e a união dos manifestantes.

A Súmula 11 do Supremo Tribunal Federal (STF) afirma que o uso de algemas só deve ocorrer em caso de resistência e receio de fuga ou de perigo à integridade física própria ou alheia. O que, na opinião de Alves, passa longe do que aconteceu em São Paulo. “São jovens que não estavam cometendo crimes, mas se manifestando pacificamente em vez de traficar ou fazer atos de violência”, relata.

Segundo Alves, a atitude da polícia militar se configura como um crime com pena de detenção. “O Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) afirma que crianças e adolescentes não podem ser submetidos a vexame ou constrangimento”, questiona.

CASOS DE TORTURA

O MNDH pretende recolher todos os casos de abuso policial contra jovens e levar as denúncias em bloco para a Ouvidoria da PM. “Nós vimos a atuação da polícia jogando bombas de gás lacrimogênio, espancando estudantes. Alguns casos podem se configurar, inclusive, práticas de tortura em adolescentes”, denuncia.

:: LEIA MAIS »

PM APREENDE DUPLA QUE FEZ ARRASTÃO EM ÔNIBUS

Celulares e relógios apreendidos com os infratores (Foto PM-BA).

Celulares e relógios apreendidos com os infratores (Foto PM-BA).

Os dois menores que fizeram arrastão em um ônibus da Expresso Rio Cachoeira que fazia a linha São Caetano-Jardim América, nesta noite de segunda (30), foram apreendidos há pouco por policiais militares.

Eles tentavam fugir da polícia em um ônibus. Acabaram presos próximo à Unime, na Avenida J.S. Pinheiro, Bairro Lomanto.

Quando foram apreendidos, os menores estavam com seis celulares e dois relógios. A guarnição encaminhou a dupla para o Complexo Policial de Itabuna.

Os passageiros assaltados – ninguém quis prestar queixa hoje à noite – podem recuperar os objetos no complexo policial.

CAMINHÃO É FURTADO EM ITABUNA

Caminhão-baú foi furtado no final de semana (Foto Reprodução).

Caminhão-baú foi furtado no final de semana (Foto Reprodução).

Um caminhão-baú Ford F 350, prata, placa JOK-7431, foi furtado, neste final de semana, no BNH (Banco Raso), em Itabuna.  O veículo pertence ao empresário José Acácio Nunes Vésper e estava carregado de mercadorias, segundo a família.

A suspeita é de que o caminhão tenha sido furtado para retirada do motor. Isso porque, segundo a polícia, é cada vez mais frequente o roubo de caminhão para utilizar o motor em barcos. Quem tiver informações, pode ligar para (73) 98872-5002.

RACISMO, INTERNET E COVARDIA

marivalguedes2Marival Guedes | marivalguedes@gmail.com

 

Uma estudante da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) atravessava a Avenida Amélia Amado quando uma motorista, ao invés de reduzir, aumentou a velocidade do veículo. Não satisfeita, berrou: “sai da frente, negra descarada”.

 

Uma das principais notícias da semana foi a queixa registrada em uma delegacia de polícia do Rio de Janeiro pela atriz Taís Araújo, contra autores(as) de comentários racistas na internet.

Ela disse que presta depoimento porque sabe que o seu caso não é isolado, acontece com milhares de outras pessoas negras no país. Tem razão, ainda são, vergonhosamente, vários os casos.

Há poucos dias uma mulher chamou um vendedor de “macaco” no Shopping Barra, em Salvador. A notícia se espalhou rapidamente no local, várias pessoas foram à porta da loja e ela se escondeu num provador. Foi detida pela PM e vaiada.

Aproveito o mês em que se comemora o Dia da Consciência Negra para relembrar dois fatos já relatados neste blog. Primeiro é a denúncia do ambientalista e artista itabunense Walmir do Carmo, em Londrina, sobre um médico que o ironizou por ser negro.

Walmir chamou a polícia e ele recebeu voz de prisão. O irmão do criminoso reagiu: “era só o que faltava, meu irmão ser preso por causa de um preto”, vociferou sem sequer atentar para o fato de o comandante da PM ser negro. Foi preso.

Em Itabuna uma estudante da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) atravessava a Avenida Amélia Amado quando uma motorista, ao invés de reduzir, aumentou a velocidade do veículo. Não satisfeita, berrou: “sai da frente, negra descarada”.

A vítima, valente militante de esquerda, saiu em disparada para alcançar a agressora e conseguiu no próximo sinal. Aproximou-se ofegante e desferiu um tapa na cara em sincronia com um desabafo: “descarada é você, cachorra vagabunda”.

Voltando ao caso de Tais Araújo, a internet permite que pessoas se escondam atrás do computador, muitas vezes covardemente com perfis falsos ou pseudônimos, para cometer crimes ou ataques mentirosos e desrespeitosos. Talvez não saibam que podem ser desmascarados. E punidos.

Marival Guedes é jornalista e escreve crônicas aos domingos no Pimenta.

FUGA DE PRESOS EM ITAPITANGA

A fragilidade das cadeias públicas de municípios do interior da Bahia não é novidade. A de Itapitanga, nem se fala. Ontem, ocorreu uma nova fuga de presos.

De acordo com o comando do 15º Batalhão da Polícia Militar, os fugitivos são Josevaldo Jesus dos Santos, José Roque dos Santos e Luiz Melo Dantas.

Até o momento, não há noticia de recaptura do trio.

PAI TEM ATAQUE DE FÚRIA AO VER FILHO OUVINDO LUAN SANTANA

Luan Santana foi motivo de desavença familiar (Reprodução).

Luan Santana foi motivo de desavença familiar (Reprodução).

Do G1.ES

Insatisfeito com o gosto musical do filho, um chefe de cozinha foi parar na delegacia, na noite de terça-feira (13), após ter um ataque de fúria e quebrar os móveis de casa. O caso aconteceu no bairro José de Anchieta II, na Serra, Espírito Santo.

O suspeito, de 32 anos, chegou em casa embriagado e ficou irritado ao encontrar o filho de nove anos ouvindo músicas do cantor Luan Santana. Contrário à escolha da criança, o chefe de cozinha colocou o garoto para escutar Raul Seixas.

De acordo com a esposa dele, uma dona de casa de 28 anos, o filho começou a rir da música colocada pelo pai. O chefe de cozinha não gostou da reação da criança e quebrou móveis e a porta do banheiro de casa.

Em seguida, passou a importunar os vizinhos e a xingar a esposa. Assustado com o comportamento do pai, o filho correu para a rua e acionou a Polícia Militar.

A ocorrência foi encaminhada para o Plantão Especializado da Mulher (Pem), em Vitória. O casal foi ouvido e liberado logo após prestar depoimento.

UM PESO, DUAS MEDIDAS – O GUERREIRO SANGRA

josé januárioJosé Januário Neto | netto_felix74@hotmail.com

 

É uma guerra civil velada. As polícias estaduais não mais lutam contra o insurgente ou subversivo. A guerra é declarada e desamparada pelo Estado e por autoridades que deveriam combatê-las.

 

 

Nos últimos meses, vivenciamos acontecimentos de extrema violência, principalmente contra o cidadão. Não obstante, nesse turbilhão está o policial militar que, como qualquer profissional, tem sua carga humana diária, o estress, o desvio de conduta, o descompromisso ou a abnegação ao serviço público.

Toda ação mal planejada, eivada de maldade com o intento de fraudar um outro crime, resultará em desdobramentos para toda classe policial. No pensamento popular, fica a ideia que a formação do profissional de segurança pública é ineficiente, precária e não surtirá o efeito desejado.

Perdurará por alguns anos para a minoria dos profissionais da imprensa que toda ação policial é semelhante às que eram cometidas na época da ditadura com repressão política. As polícias têm na atualidade, dentro das suas especificidades, cada uma a sua missão constitucional.

Às Polícias Militares cabe o policiamento ostensivo; as Polícias Civis, a investigação e persecução criminal; e a Polícia Federal, investigação de grande monta com conexões nacionais e internacionais contra a União, a sociedade, o cidadão e a ordem financeira. Já a Polícia Rodoviária Federal, a prevenção e fiscalização das rodovias federais e amparo às ações da Policia Federal e/ou Justiça Federal.

Dito isso, entraremos num tema que recentemente vem trazendo inquietude aos policiais de modo geral: a valorização da vida, seja ela qual for. Nas grandes mídias sempre é descoberto, mostrado, exibido policiais fraudando local de supostos confrontos, agressão verbal, abuso de poder e tortura. Não que a investigação jornalística tenha que sofrer retaliações e supressão em seu conteúdo a ser exibido.

A discussão é o valor da vida do policial. As polícias, como disse antes, órgãos diretos da administração pública, possuem corregedorias internas que incessantemente realinham, readequam aquele servidor faltoso à sua normalidade ou punirá com pena de demissão para casos mais gravosos.

No Estado da Bahia, vários profissionais de segurança morreram durante o ano de forma covarde. No Rio de Janeiro, um PM foi rendido, torturado, morto e arrastado cruelmente por toda a comunidade.

É uma guerra civil velada. As polícias estaduais não mais lutam contra o insurgente ou subversivo. A guerra é declarada e desamparada pelo Estado e por autoridades que deveriam combatê-las.

A repercussão da morte de um policial no país não tem o mesmo peso como qualquer outro cidadão ou indivíduo que viva à margem da lei. Pesa sobre os ombros do Homem da farda ou distintivo a obrigação em dar a vida pela sociedade.

Há uma subvalorização do seu esforço laboral e da sua vida, são os únicos servidores públicos que possuem o dever de morrer. Isso mesmo! Morrer para salvar terceiros. Não há meio termo.

É necessário valorizar e dignificar esses homens e mulheres, reprimir de maneira exemplar as ações cometidas contra os policiais. A morte de um agente estatal atinge a Democracia e todo o Estado brasileiro.

José Januário Neto (Soldado Neto) é policial militar e bacharel em Direito.

ESTELIONATÁRIO É PRESO PELA 8ª VEZ

Francisco foi pego com a "mão na massa" (Foto PC-BA).

Francisco: pego em flagrante (Foto PC-BA).

Francisco Diego Marques Pereira, de 28 anos, é estelionatário e não se cansa. Ele se preparava para mais um golpe, quando foi flagrado por investigadores da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos (DRFR), no Centro Histórico, em Salvador, no sábado.

O estelionatário “caiu” quando instalava equipamentos conhecidos como “chupa-cabras” ou “mosquitinhos” em caixas eletrônicos de uma agência bancária.

No momento da prisão, Francisco já havia instalado o equipamento em três terminais de autoatendimento para filmar dados bancários e senhas dos clientes.

“Na segunda-feira, ele retornaria a São Paulo, onde compraria cartões de plásticos ainda virgens para clonar os cartões e fazer saques e outras transações bancárias”, explicou a delegada Francineide Moura, titular da DRFR.

Francisco foi autuado em flagrante por furto qualificado e falsidade ideológica pela delegada Gláucia Pires Ribeiro de Sousa, da DRFR, e já seguiu para o Complexo Penitenciário da Mata Escura. Ele estava cumprindo pena em regime semiaberto numa unidade prisional em Franco da Rocha, em São Paulo, e é considerado foragido da Justiça daquele estado.

POLÍCIA PRENDE TRIO QUE ROUBOU R$ 40 MIL EM PRODUTOS DA LOGIN

Bandidos roubaram R$ 40 mil da Login.

Bandidos roubaram R$ 40 mil da Login.

A polícia civil prendeu três assaltantes que roubaram mais de R$ 40 mil da Login em equipamentos de informática. As prisões foram divulgadas por Jesuína Gonçalves, titular da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos (DRFR).

Thiago dos Santos Sousa, o “Chaparral”, Valdinei Jesus da Conceição, “Nei”, e Lismar Purificação Dumas, o “Tourinho”, foram presos no bairro do Uruguai, em Salvador. Eles assaltaram o furgão da Login em São Cristóvão, também na capital baiana.

Apesar do anúncio ter sido feito hoje, as prisões ocorreram horas depois do crime, na última quinta (20). A bordo de um Celta, branco, placa JDV-0823, que pertence a Lismar, os assaltantes interceptaram o veículo.

Ainda de acordo com a polícia, o trio obrigou o motorista a sair do veículo e um dos assaltantes assumiu a direção. Antes que os bandidos fugissem, o motorista conseguiu anotar a placa do Celta e passou a informação para a DRFR, que saiu em diligência. Outros dois assaltantes, identificados pelos apelidos de “Negão” e “Lucas”, estão sendo procurados.

Com Thiago, Valdinei e Lismar foram recuperados 11 notebooks, uma CPU, quatro consoles, seis tablets e um smartphone, já devolvidos à empresa. Autuados por roubo e formação de quadrilha, os três já respondem a inquéritos por assaltos a três unidades do Magazine Luiza, localizados na Calçada, Cajazeiras e Paripe, todos neste ano.

MULHER É PRESA APÓS JOGAR ÁGUA QUENTE EM SOBRINHO DE 8 ANOS

Menino sofreu queimadura no ombro, pescoço e orelha (Foto Viviane Moreira/O Povo News).

Menino sofreu queimadura no ombro, pescoço e orelha (Foto Viviane Moreira/O Povo News).

Do G1

Uma mulher foi presa em Teixeira de Freitas, no sul da Bahia, por jogar água quente e provocar queimaduras no sobrinho de oito anos. De acordo com informações da 8ª Coordenadoria Regional de Polícia (Coorpin) de Teixeira de Freitas, Rosemaria Sacramento dos Santos, de 32 anos, foi autuada por lesão corporal grave depois de ser encontrada pela polícia ao tentar fugir pela BA-290, que liga os municípios de Alcobaça e Teixeira de Freitas.

O crime ocorreu no sábado (22), na casa do pai da criança, na cidade de Alcobaça, mas a mulher foi levada para a delegacia de Teixeira de Freitas, a 55 km de distância. O garoto sofreu queimaduras de segundo grau na orelha, no pescoço e nos ombros.

Ferido, o menino foi encaminhado para o Hospital Municipal de Alcobaça e continua internado nesta segunda-feira (24) em estado estável.

De acordo com Gean Nascimento, titular da 8ª Coorpin, a mulher suspeita do crime contou que estava na casa do irmão – que é pai da criança queimada -, e outras pessoas. Após uma noite de sono, disse ter percebido que foi abusada sexualmente enquanto dormia. Desconfiada de quem era agressor, ferveu a água com intuito de atingi-lo, mas acabou ferindo a criança.

De acordo com Gean Nascimento, a polícia ouviu parentes que contestam a versão de Rosemaria e dizem que ela tem um temperamento instável. “Dizem que o menino teria feito qualquer coisa que a desagradou e ela decidiu fazer isso”, diz o delegado.

FÓRUM DE IPIAÚ SOFRE INVASÃO

Criminoso invadiu fórum pelo telhado (Foto Giro em Ipiaú).

Criminoso invadiu fórum pelo telhado (Foto Giro em Ipiaú).

Bandidos arrombaram o Fórum Jorge Calmon, de Ipiaú, na madrugada desta terça (18). A invasão ao prédio se deu pelo telhado e foi percebida por volta das 8 horas, quando iniciado o expediente na Comarca.

Para entrar no prédio, criminosos arrancaram a grade que dá acesso a um dos corredores do fórum, segundo o Giro em Ipiaú. A grade fica localizada em frente ao gabinete do juízo da Vara Crime.

A polícia foi acionada. Até há pouco, não havia notícia se os invasores conseguiram levar algo. A área foi isolada para perícia por parte da polícia técnica.

DONO DE TEMAKERIA EM ITABUNA É PRESO COM ARMA E DROGAS

Daniel San foi preso nesta manhã em operação policial (Foto BA24Horas).

Daniel San foi preso nesta manhã em operação policial (Foto BA24Horas).

Uma operação conjunta das policias Civil e Militar na manhã desta quarta-feira (12) resultou na prisão do dono de um restaurante de comida japonesa, que fica localizado no bairro Conceição, em Itabuna.

Daniel San, dono da temakeria, foi preso em flagrante com uma pistola e entorpecentes. No estabelecimento, a polícia apreendeu muitas drogas, balança de precisão, dinheiro , armas, celulares, munições e até uma peruca, supostamente utilizada para cometer assaltos na cidade.

No local a policia encontrou também, várias fotografias de homens exibindo dinheiro e armas.

De acordo com a polícia, o local já vinha sendo investigado e suspeitava do envolvimento de Daniel San com o tráfico de drogas. Informações do Ba24horas

POLÍCIA LIBERTA CAMINHONEIRO E RECUPERA CARGA ROUBADA

Caminhão e carga roubados entre Rio Real e Esplanada (Foto PC-BA).

Caminhão e carga roubados entre Rio Real e Esplanada (Foto PC-BA).

Investigadores da Polícia Civil baiana localizaram, nesta sexta (7), o cativeiro onde um caminhoneiro era mantido refém, em Rio Real. Os bandidos sequestraram o profissional para roubar a carga que era transportada pela BR-101, entre Rio Real e Esplanada.

O delegado Jobson Lucas Marques disse que integrantes de uma quadrilha especializada em roubos de cargas, que atua naquela região, interceptaram o caminhoneiro, por volta do meio-dia de quinta-feira (6), e o levaram junto com o caminhão carregado, para o meio da mata.

O local onde o caminhoneiro era mantido desde ontem (6) era no meio de uma plantação de eucaliptos, em Rio Real, onde encontrava-se ajoelhado, algemado e com a cabeça coberta com uma toalha, sendo guardado por dois homens da quadrilha.

Ao perceber aproximação dos policiais, um deles conseguiu fugir, mas Antônio Siqueira Neto, de 24 anos, foi preso. Um veículo Palio, cor branca, de placa OUZ-5529, com restrição de roubo, utilizado pelos bandidos, também foi aprendido.

PRESO ACUSADO DE ESTUPRAR DUAS MULHERES NO MESMO DIA

Um homem foi preso poucas horas depois de estuprar duas mulheres, na quarta (22), em Mata de São João, no litoral norte baiano. José Raimundo Jesus Lima fez da entenda do pai dele uma das vítimas, segundo investigadores da delegacia de polícia civil do município. Ele atacou a vítima dentro de casa.

De acordo com o titular de Mata de São João, delegado Fábio de Melo Nobre, José abordou a primeira vítima no bairro Parque São Luiz, naquela cidade, e depois de estuprá-la num local ermo, subtraiu seu celular. Em seguida, se dirigiu até a casa do pai, que vive com a mulher e uma filha dela, e atacou a garota.

Preso em flagrante ainda na casa dos familiares, José Raimundo foi conduzido à delegacia, onde foi reconhecido pela primeira vítima como autor do estupro seguido de roubo. Autuado em flagrante, ele ficará custodiado na carceragem da DT/Mata de São João.

POLÍCIA DIVULGA IMAGENS DE HOMENS QUE ATIRARAM EM PUBLICITÁRIO

Polícia divulga imagens dos dois homens acusados de atirar em publicitário.

Polícia divulga imagens dos dois homens acusados de atirar em publicitário.

A Polícia Civil divulgou, na tarde desta segunda-feira (13), imagens dos dois homens que mataram o publicitário Bau Menezes Bag, de 29 anos, na quinta-feira (9), na Rua do Sangradouro, em Santo Agostinho, quando tentavam levar seu carro.

Investigadores da 1ª Delegacia de Homicídios (DH/Atlântico) buscam identificar e localizar a dupla, que caminha pela Rua do Sangradouro, ainda portando as armas, provavelmente, utilizadas no crime.Um deles usa um boné.

As imagens, gravadas naquela região e submetidas a tratamento no Departamento de Polícia Técnica (DPT), poderão ajudar a polícia a chegar aos criminosos.

A delegada Andréa Ribeiro, titular da 1ª DH/Atlântico, já ouviu três pessoas sobre o caso e deverá ouvir outras testemunhas, nos próximos dias. Segundo ela, qualquer pessoa que reconhecer os rapazes que aparecem nas imagens poderá ajudar a polícia. Basta ligar para o Disque Denúncia, por meio do número (71) 3235-0000, e fornecer informações. O sigilo é garantido.

ITAPETINGA: DEZ SÃO PRESOS POR FURTO E ABATE ILEGAL DE GADO

Parte da carne apreendida na operação no centro-sul baiano.

Parte da carne apreendida na operação no centro-sul baiano.

Uma tonelada de carne bovina imprópria para o consumo foi apreendida e dez pessoas presas, nesta sexta-feira (8), durante operação da 21ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/Itapetinga) e da Delegacia Territorial (DT), de Macarani. Batizada de “Terra Firme”, a ação foi deflagrada para combater o furto e o abate clandestino de gado, além da venda clandestina de carne.

A operação cumpriu mandados de prisão preventiva expedidos contra Alan Oliveira Guimarães, de 37 anos, João de Jesus, 45, André Santos Cerqueira, 38, e Leôncio Alves de Almeida, 36, por furto de gado em fazendas de Itapetiga e Maiquinique.

Foram presos ainda os comerciantes Ismério José Almeida, 71, Gildásio Moreira de Souza, 52, Ulias Alves Gomes, 44, Antônio Santos Azevedo e João Rodrigues da Silva, ambos de 53 anos, autuados em flagrante por expor à venda produtos impróprios para o consumo.

A operação prendeu também em flagrante Luís Eduardo Souza Costa, 36, que portava uma pistola 380 e uma espingarda de fabricação caseira. Ele foi autuado por porte ilegal de arma. Três picapes Fiat Strada e uma GM Silverado, usada para transportar o gado furtado, foram apreendidas.

Os policiais apreenderam ainda, com os criminosos, uma motosserra, facas, machados, cordas, lonas e bombonas, que eram usadas para acondicionar a carne. Os presos permanecerão custodiados na carceragem da 21ª Coorpin/Itapetinga, à disposição da Justiça.

BANDIDOS FAZEM ARRASTÃO EM CLÍNICA DE ILHÉUS

Clientes e funcionários de clínica ficaram sob mira de revólver.

Clientes e funcionários de clínica ficaram sob mira de revólver.

Dois bandidos fizeram um arrastão em uma clínica de imagem e diagnóstico, na Rua 7 de Setembro, em Ilhéus, às 11h40min desta terça (7). Funcionárias da clínica Ultra-Som e grávidas que aguardavam para fazer ultrassonografia ficaram sob a mira de um bandido, enquanto o outro ficou à espera em uma moto, do lado de fora do estabelecimento.

“Foram momentos de terror”, contou uma cliente ao PIMENTA. Os bandidos levaram dinheiro, telefones celulares e objetos de clientes e funcionários da clínica. A maioria das mulheres que esperavam atendimento na Ultra-Som era formada por gestantes. A ação foi bastante rápida.

POLÍCIA INVESTIGA ASSASSINATO DE POLÍTICO EM UBATÃ

Américo foi assassinado na sala de casa.

Américo foi assassinado em casa.

O delegado Adelino Loiola presidirá inquérito que investiga o assassinato de Américo Nascimento de Jesus, de 38 anos, ex-candidato a vereador pelo DEM em Ubatã em 2008. Américo foi morto a tiros, por volta das 18h30min de ontem (17), na sala de casa.

O político e corretor de imóveis levou três tiros na cabeça. Os disparos foram efetuados por dois homens. O crime foi cometido na frente de três crianças, de acordo com a polícia, informa o Ubatã Notícias. Os criminosos fugiram a pé.

Uma guarnição do 4º Pelotão da PM de Ubatã foi acionada, mas não conseguiu prender os bandidos. O assassinato de Américo é o segundo registrado no município de Ubatã em 2015.

GOVERNO AMPLIARÁ FORÇAS POLICIAIS PARA LIBERAR RODOVIAS

A Secretaria-Geral da Presidência da República informou, por meio nota, que o governo vai ampliar a presença das forças policiais para garantir o cumprimento das decisões judiciais e a desobstrução das rodovias, em busca de garantir o direito ao trabalho e o abastecimento da população.

Para a secretaria, constata-se uma “diminuição do movimento”, e as manifestações dos caminhoneiros seguem localizadas na Região Sul do país com 80% dos bloqueios em rodovias federais do Rio Grande do Sul, Paraná e de Santa Catarina.

“A diminuição do movimento e a atuação da Polícia Rodoviária Federal, Força Nacional e polícias estaduais no cumprimento da lei vêm assegurando o livre trânsito a quem queira trabalhar, possibilitando a normalização do abastecimento de combustível e a retomada da atividade econômica”, diz o texto. Com informações da Agência Brasil.








WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia