WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
festival chocolate


alba










julho 2019
D S T Q Q S S
« jun    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

editorias






:: ‘política’

A GRANDIOSIDADE DE ABOBREIRA

Abobreira: mensagem pra JR (Foto Blog do Gusmão).

Abobreira: mensagem para Jabes (Foto Blog do Gusmão).

Rompido com Jabes Ribeiro depois que o prefeito exonerou o seu filho de uma forma, digamos, “nada amigável”, José Henrique Abobreira deu exemplo da sua grandiosidade como cidadão.

Ao ler no Bahia Online que Jabes havia passado por um delicado problema de saúde (uma das confissões feitas na entrevista que concedeu), Abobreira enviou um email para o prefeito.

Teor: “Soube, há pouco, na sua entrevista pelo Bahia on line, do problema de saúde de que foi acometido. Lhe desejo pronto restabelecimento e um Feliz 2016 pra você e família”.

Atualização – Abobreira fez uma correção ao publicado por este site. A mensagem foi publicada em uma rede social e não enviada por email.

JABES CONFIRMA DEMISSÕES EM 2016 E DIZ QUE REFORMA AUMENTOU RECEITAS EM 50%

Jabes confirma demissões e pode disputar reeleiçao (Foto Pimenta).

Jabes confirma demissões (Foto Pimenta).

O prefeito Jabes Ribeiro confirmou ontem (30) que demitirá uma leva de funcionários no próximo ano e insistiu em atribuir a responsabilidade aos sindicatos dos servidores municipais. Numa entrevista ao Jornal Bahia Online, Jabes disse que demitirá logo no início de 2016.

– O que está sendo pedido ao prefeito é para fazer o concurso. Mas, para fazer isso, primeiro terei que fazer exonerações. Não tenho saída. Janeiro tenho que tomar providência. Não tenho saída.

DRAMA PESSOAL E AUMENTO DE RECEITAS

Ele falou de drama pessoal – ao afirmar que perdeu a visão de um olho por dez dias – e comemorou o fato de a reforma tributária render ao município um aumento de 50% nas receitas próprias. “Saímos de uma arrecadação em 2014 de R$ 40 milhões e chegamos este ano a mais de R$ 60 milhões. Esses R$ 20 milhões de reais a mais foram fundamentais para que a cidade pudesse avançar”.

O prefeito também faz críticas à oposição e admitiu que pode concorrer a um novo mandato. “Pode acontecer, mas não pertence ao meu momento, ao meu desejo e à minha vontade”, disse. Jabes também aborda a sua peleja pessoal com o diretor do Hospital Geral Luiz Viana Filho, Cláudio Moura, e o secretário estadual de Saúde, Fábio Vilas Boas. Clique aqui e confira a íntegra da entrevista.

MENSAGEM DO PSD ALFINETA GOVERNO VANE E CITA SLOGAN DE UBALDO DANTAS

 

Mensagem natalina do PSD itabunense alfineta Governo Vane (Reprodução).

Mensagem natalina do PSD itabunense alfineta Governo Vane (Reprodução).

O diretório do PSD itabunense atacou de oposição neste final de ano, apesar de integrar o Governo Vane. A mensagem distribuída nas redes sociais e veiculada em outdoors em vários pontos de Itabuna traz desejo de “feliz natal” e “próspero ano novo”. E fecha em letras garrafais com “DIAS MELHORES VIRÃO”.

O trecho final lembra a campanha do ex-prefeito Ubaldo Dantas, quando disputou a Prefeitura de Itabuna pela segunda vez, em 1992. À época, o município ganhava espaço no noticiário nacional por causa do seu prefeito-marajá, Fernando Gomes, denúncia de corrupção e críticas à gestão. Dias melhores virão era slogan de Ubaldo contra o prefeito-marajá e o seu candidato, José Oduque Teixeira.

O deslize do PSD gerou comentários dentro da prefeitura. O partido é da base do prefeito Vane do Renascer e tem um de seus membros na presidência da Fundação Itabunense de Cultura e Cidadania (FICC), Roberto José. que aparece na foto da mensagem, junto com o senador Otto Alencar e a deputada estadual Ângela Sousa.

Roberto é pré-candidato a prefeito e há quem deduza que a mensagem já seja parte do trabalho do presidente da FICC para separar a sua imagem da do governo. O próprio dirigente da fundação cultural, que tem gestão reconhecida, divulgou a imagem nas redes sociais.

VIVALDO MENDONÇA É NOMEADO DIRETOR DA IMPRENSA NACIONAL

José Vivaldo é o novo diretor-geral da Imprensa Nacional.

José Vivaldo é o novo diretor-geral da Imprensa Nacional.

O ex-diretor da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), José Vivaldo Mendonça, assumirá o cargo de diretor-geral da Imprensa Nacional (IN), ligado à Casa Civil da Presidência da República. A nomeação foi publicada hoje (11) no Diário Oficial da União. Ele substituirá Fernando Tolentino.

Vivaldo chega ao cargo após dirigir a CAR no período em que o ministro da Casa Civil, Jaques Wagner, era governador da Bahia. Os dois têm ótimas relações e Vivaldo chega ao cargo reconhecido como um dos melhores dirigentes da história da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional. A Imprensa Nacional tem, entre suas funções, a coordenação e publicação do Diário Oficial da União.

Embora não tenha sido acordo com o partido, a nomeação também poderá sinalizar qual será a tendência de voto do PSB no prosseguimento – ou não – do processo de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff. Vivaldo é nome do deputado federal Bebeto Galvão e da senadora Lídice da Mata. A sua nomeação também o tira do páreo da sucessão municipal em Ilhéus em 2016.

PARA LÍDICE, MICHEL TEMER DÁ AVAL ÀS AÇÕES DE EDUARDO CUNHA

Lídice aponta conluio entre Temer e Cunha (Foto Tácio Moreira/Metropress).

Lídice aponta conluio entre Temer e Cunha (Foto Tácio Moreira/Metropress).

A senadora Lídice da Mata (PSB-BA) lamentou as declarações do vice-presidente Michel Temer de que a deliberação na Câmara dos Deputados que elegeu a comissão especial do processo de impeachment foi um “legítimo exercício” da competência da Casa.

Para ela, começam a ficar mais claras as relações políticas entre os dois líderes do PMDB. “Se já se estranhava o silêncio do presidente do PMDB (Temer) quanto às graves acusações que pesavam contra seu correligionário, com esse aval parece se revelar uma ação mais coordenada entre os dois”.

Ela lembrou que Temer já foi presidente da Câmara dos Deputados e constitucionalista, o que aumenta ainda mais as desconfianças. “Não seria por desconhecimento de causa que Temer emprestaria seu aval às ações de Eduardo Cunha rejeitadas pelo Supremo Tribunal Federal que sustou todos os efeitos daquela sessão”.

Na avaliação da senadora baiana, Cunha “vem agindo de forma revanchista, irresponsável e vingativa, quando, na verdade, deveria se afastar da presidência da Câmara” para facilitar as investigações que recaem sobre ele: “Nada disso ajuda o País a sair da crise em que se encontra, ao contrário, só faz agravar a situação”.

“SEM FUNDAMENTO”, DIZ MARCELO NILO SOBRE PEDIDO DE IMPEACHMENT CONTRA DILMA

Nilo considera sem fundamento pedido de opositores de Dilma.

Nilo considera sem fundamento pedido de opositores de Dilma.

O pedido de impeachment da presidente Dilma Rousseff é sem fundamento na análise do presidente da Assembleia Legislativa da Bahia, Marcelo Nilo (sem partido). Hoje à noite, ele disse acreditar que “a Câmara dos Deputados refutará por larga maioria essa iniciativa muito mais calcada na busca do poder do que por argumentos jurídicos”.

O presidente da Assembleia Legislativa vê no impeachment “um recurso constitucional de alta poder explosivo, de graves consequências, que só deve ser acionado quando as condições jurídicas intrínsecas ao processo de afastamento presidencial estejam à vista de todos, o que não acontece”.

Para o deputado estadual e dirigente do legislativo baiano, a presidente Dilma é “pessoa honrada”. E acrescenta:

– Não existe nada que desabone a sua conduta pessoal ou no exercício do mandato presidencial que 54 milhões de brasileiros lhe conferiram.

PSB QUER CANDIDATURAS EM MUNICÍPIOS ACIMA DE 50 MIL HABITANTES, DIZ LÍDICE

Lídice e os planos do PSB.

Lídice e os planos do PSB.

Embora os bastidores políticos itabunenses indiquem uma “não candidatura” do PSB por aqui, a senadora Lídice da Mata, presidente do partido, reforça que a legenda terá candidatos em quase todas as cidades acima de 50 mil habitantes.

A líder do partido incluiu Itabuna no bolo, tendo o dirigente da Morena FM e da CDL de Itabuna, Carlos Leahy, como pré-candidato. Nos bastidores, a cotação do nome do PSB é para, no máximo, vice.

O papo muda quando o assunto é Ilhéus. Por lá, o líder inconteste nas pesquisas é o deputado federal Bebeto Galvão, mas este preferiria continuar na Câmara dos Deputados, onde tem boa avaliação. O nome, então, seria o de Vivaldo Mendonça, ex-dirigente da CAR.

A tática eleitoral do PSB será debatida em encontro de formação política na próxima sexta-feira (11), na sede da UPB, em Salvador. Entusiasmada, a senadora diz que, após muito tempo, o partido terá candidatura em Feira de Santana.

Além de Feira e Itabuna, outros alvos do partido são Alagoinhas, Luís Eduardo Magalhães, Ilhéus, Barreiras e Santa Maria da Vitória. “São regiões que não estávamos presentes e que vamos estar em 2016”.

EX-PRESIDENTE DA OAB-ILHÉUS MORRE EM ACIDENTE

Leonel Cristo faleceu em acidente (Foto TSE).

Leonel Cristo Pontes, ex-presidente da subsecção ilheense da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), faleceu no início da tarde desta quarta (2), em Wenceslau Guimarães, informa o site Agravo.

Leonel morreu em acidente automobilístico próximo a Wenceslau Guimarães, no sul da Bahia. O advogado tinha 77 anos e era delegado aposentado da Polícia Federal.

Nascido em Goiana (PE), radicou-se em Ilhéus, onde também aventurou-se pela política ao concorrer a deputado federal pelo DEM, ano passado. Obteve 1.935 votos.

 

PMDB DISCUTE MARKETING POLÍTICO E REFORMA ELEITORAL EM ITABUNA

A legislação eleitoral e as estratégias do PMDB para 2016 são tema de palestra promovida pelo diretório itabunense, neste sábado (28), na Câmara de Vereadores de Itabuna. O evento terá a participação do presidente estadual, Geddel Vieira Lima.

De acordo com a programação, a publicitária Vânia Smith Lima falará sobre marketing político, enquanto o advogado Franklin Souza abordará a reforma política.

Organizado pelo diretório municipal, que tem como presidente Pedro Arnaldo Martins, o evento do PMDB é gratuito e aberto. Contatos podem ser feitos pelo telefone (73) 98883-3598.

PROJETO REDUZ SALÁRIO E NÚMERO DE VEREADORES EM TEIXEIRA DE FREITAS

Gilberto Leme quer reduzir número de vereadores e salários.

Gilberto Leme quer reduzir número de vereadores e salários.

Teixeira de Freitas poderá reduzir salário e número de vereadores para a próxima legislatura, se aprovado projeto de emenda à Lei Orgânica do Município. A proposta foi apresentada pelo vereador Gilberto Leme Soares (Gilberto do PT) na sessão de ontem (18), mas até agora conta apenas com 4 das 7 assinaturas necessárias para começar a tramitar.

O número de vereadores cairia de 19 para 13. Hoje, cada um deles recebe R$ 10.021,22. O valor equivale a 50% do que recebia um deputados estadual da legislatura passada (R$ 20.042,44). A proposta é reduzir  esse percentual para 30%. Ou seja, o salário de vereador de Teixeira de Freitas para a próxima legislatura cairia para R$ 7.596,75, tendo em vista que parlamentar estadual hoje recebe R$ 25.322,50.  Os colegas de Gilberto, claro, querem manter os 50%, exatos R$ 12.661,25.

O vereador ainda não calculou o impacto financeiro da proposta, porém, se aprovada da maneira que está, a economia anual superaria a faixa de R$ 1 milhão. Para ele, é natural a resistência da maioria dos vereadores ao projeto, já que quase todos disputarão novo mandato em 2016. “Se reduz número de vereadores, a dificuldade para reeleição aumenta”, disse ao Pimenta.

Para valer para a próxima legislatura, a proposta de Gilberto do PT terá que ser aprovada até 60 dias antes da eleição de 2016, marcada para 2 de outubro. O vereador sabe das dificuldades para tramitação da proposta, mas tem fé que a proposta seja aprovada. “A esperança é a última que morre”, completa.

TJ-BA DEFINE RELATOR DE AÇÃO DE BANCADA DO PT CONTRA ACM NETO

Solla: ação judicial contra prefeito de Salvador(Foto Pimenta).

Solla: ação contra ACM Neto (Foto Pimenta).

O Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) definiu o relator da ação em que o prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), é acusado de injúria e difamação pelos membros da bancada baiana do PT na Câmara Federal. O processo terá o desembargador Júlio Cezar Lemos Travessa como relator.

O que motivou a denúncia foram as declarações do prefeito em entrevista a um programa de rádio em que acusou petistas indiscriminadamente de terem enriquecido e se beneficiado com dinheiro de corrupção.

“Não dá para aceitar calado qualquer ilação neste sentido. Desafio que se compare a evolução patrimonial dos membros do PT com os do PFL-DEM nos últimos 30 anos, e veremos quem de fato enriqueceu”, disse Solla.

São autores da ação os deputados federais Jorge Solla, Moema Gramacho, Afonso Florence, Luiz Caetano, Waldenor Pereira e Valmir Assunção, além da vereadora Vânia Galvão, de Salvador.

ÉLVIO NO DIRETÓRIO ESTADUAL DO PCdoB

Élvio MagalhãesA conferência estadual que definiu a nova direção do PCdoB baiano, com Davidson Magalhães na presidência, também renovou 11 das 63 vagas do diretório. Dentre os nomes, está o chefe do gabinete do deputado Fabrício Falcão, Élvio Magalhães, com longa atuação em Itabuna e que agora se destaca como dirigente em Vitória da Conquista e no sudoeste da Bahia. “Élvio é quadro político valoroso e experiente”, ressalta Fabrício.

Élvio disse ao Pimenta que a entrada no diretório estadual do partido é prêmio (“uma alegria”) pelos 25 anos de militância. Emilson Piau, que foi chefe de gabinete da Secretaria Estadual de Relações Institucionais no Governo Wagner, aponta as qualidade do novo dirigente estadual.

– A disciplina tática, humildade e senso de coletividade são principais marcas de Èlvio Magalhães. O PCdoB fica mais forte com sua chegada – ressalta Emilson.

WALTER PINHEIRO NO PV – E NA BASE DE NETO

Pinheiro pode se filiar ao PV, segundo Álvaro Dias.

Pinheiro pode se filiar ao PV, segundo Álvaro Dias.

Álvaro Dias concedeu entrevista à Gazeta do Povo e acabou por revelar para qual partido ele e um grupo de senadores devem ir. De acordo com o senador tucano, a tendência é que ele e colegas como Walter Pinheiro filiem-se ao PV.

Pinheiro foi eleito senador pelo PT baiano, mas mostra descontentamento com a legenda desde o final do primeiro Governo Lula – com o estouro do Mensalão – e quase deixa o partido para ingressar no Psol. Manteve-se no partido, por onde chegou ao Senado com o apoio do então governador Jaques Wagner e do presidente Lula.

Ainda na entrevista à publicação paranaense, Álvaro Dias revelou que o grupo de seis senadores pensa em construir uma alternativa à polarização PT-PSDB e ter um nome para disputar a presidência da República em 2018.

Até aqui, o senador Pinheiro evita falar em saída do PT. O Pimenta já tentou entrevistas para tratar deste tema com o senador, mas, por meio de sua assessoria, diz que esta não é uma preocupação do momento. Caso mantenha-se essa tendência de Pinheiro ingressar no PV, ele passará a fazer parte da base de apoio ao prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), com quem estaria conversando. Como se sabe, Neto já se lançou na disputa para 2018.

WAGNER: PAÍS PRECISA ENXOTAR INTOLERÂNCIA POLÍTICA

Wagner diz que Brasil precisa enxotar intolerância religiosa (Foto José Cruz/Agência Brasil).

Wagner diz que Brasil precisa enxotar intolerância religiosa (Foto José Cruz/Agência Brasil).

O ministro-chefe da Casa Civil, Jaques Wagner, disse hoje (26) que a sociedade brasileira precisa “enxotar” qualquer tipo de intolerância, incluindo a política. “A democracia só prospera num ambiente de tolerância”, ressaltou, durante discurso em evento promovido, na capital paulista, pela Revista Carta Capital, que premiou as empresas mais admiradas no Brasil.

Para Jaques Wagner, a crise atual não aponta para nenhuma catástrofe. Aumento do diálogo e defesa da democracia são ideias que têm de ser debatidas. O economista Luiz Gonzaga Belluzzo defende o debate sobre a reforma tributária, que, na sua opinião, precisa ser mais racional e justa. O trabalhador que recebe até cinco salários mínimos gasta 55% da sua renda com impostos. Nas camadas mais ricas, esse gasto diminui. “É um sistema muito regressivo”, avalia Belluzzo.

Outro participante da premiação, o economista e ex-ministro da Fazenda Delfim Netto declarou que não houve um desvio de conduta da presidenta Dilma Rousseff que justifique pedido de impeachment. “As pedaladas fiscais sempre existiram nos estados, nos municípios, na União”, destacou. Delfim afirma que aceitar o resultado das últimas eleições é um processo didático para a oposição.

PARTIDOS LANÇAM FRENTE POPULAR EM ITABUNA

Frente Brasil Popular2Partidos progressistas, centrais sindicais e diversos movimentos sociais da cidade e do campo lançarão, na próxima sexta (23), a Frente Brasil Popular na Região Sul do estado da Bahia. O evento será realizado no plenário da Câmara de Vereadores de Itabuna, a partir das 17h.

Dirigente do PCdoB de Itabuna, Luís Sena diz que o movimento será integrado por partidos progressistas e movimentos de luta. O presidente do Sindicato dos Bancários de Itabuna, Jorge Barbosa, aponta a “defesa da democracia, dos direitos da classe trabalhadora e da Petrobras” como motivadores da Frente, que também é contra o impeachment da presidente Dilma Rousseff, e é classificado pelo movimento como “golpe”.

Vice-presidente do PT de Itabuna, Raimundo Santana considera o movimento ímpar na luta para “unir partidos e movimentos sociais para defender as políticas sociais e uma nova política econômica”. Santana defende a “taxação das grandes fortunas, as heranças e os banqueiros”.

Conforme João Evangelista, da Central Única dos Trabalhadores (CUT), a ideia das lideranças dos partidos políticos e dos movimentos é que essa frente “trabalhe sintonizada, nacionalmente, em defesa das conquistas do povo brasileiro”.

NOTA OFICIAL

PCdoB não se intimida com ameaças do DEM

A imprensa noticiou no último domingo (18/10) a decisão do DEM, partido do prefeito de Salvador, ACM Neto, de entrar na Justiça contra o PCdoB, por conta de nossas inserções no rádio e na TV.

Durante a ditadura militar, apoiada pela família Magalhães e pelos partidos que antecederam o DEM, os comunistas eram perseguidos com tortura, exílios e assassinatos, pelos que não aceitavam a nossa presença no cenário político. Não será com ameaças agora, quando vivemos em um ambiente mais democrático, que o partido herdeiro da ditadura vai nos calar.

É necessário esclarecer que o DEM tentou tirar do ar todas as nossas inserções, tendo conseguido seu intento em apenas duas, em caráter liminar. Como no período dos generais, eles não aceitam vozes discordantes, não toleram crítica, querem impor um discurso único, de que Salvador vai às mil maravilhas na gestão de ACM Neto, o que vem a ser rigorosamente falso.

Alegam os dirigentes do DEM que as nossas inserções teriam passado a ideia de que o prefeito estaria associado às denúncias do Ministério Público do Estado contra o ex-secretário Alexandre Paupério. No nosso texto, e nas imagens reproduzidas, não há uma passagem sequer afirmando isso. A mensagem diz que o Paupério, que foi presidente do Conselho de Ética da Prefeitura de Salvador e secretário de Gestão indicado por ACM Neto, mesmo já havendo as denúncias contra ele, foi acusado de desviar R$40 milhões do erário.

Dissemos que o dinheiro seria suficiente para construir as encostas que poderiam ter evitado as tragédias da chuva e, no final, cobramos apuração e punição dos envolvidos. O DEM faz esse tipo de interpretação apenas porque não quer que o povo saiba que o prefeito manteve por tanto tempo em sua gestão um secretário reincidente em denúncias feitas pelo Ministério Público, e que, quando pediu demissão, recebeu rasgados elogios públicos de ACM Neto.

A tentativa de intimidação por parte do DEM esconde outras razões. A verdadeira preocupação dos “Democratas”, neste momento, é com o fato de o PCdoB ter uma forte candidata a prefeita de Salvador, capaz de fazer o enfrentamento para valer com o atual prefeito. Eles temem que a população de Salvador dê um basta em um modelo de gestão elitista, autoritário e antidemocrático. A deputada federal Alice Portugal simboliza o sentimento de uma cidade com foco no social, com mais democracia.

O PCdoB repele a calúnia dos dirigentes do DEM de que nossas inserções são “ataques vindos do PT”, conforme matéria do jornal A Tarde de domingo (18), como se o nosso partido não tivesse autonomia e funcionasse a serviço de outra agremiação. O PCdoB vai interpelar o presidente estadual do DEM, José Carlos Aleluia (ex-Arena e ex-PDS) para que ele demonstre com provas que o PCdoB terceiriza seus programas de TV e de rádio ao Partido dos Trabalhadores.

Por fim, desafiamos o prefeito a liberar o apoio da sua bancada de sustentação na Câmara Municipal à criação de uma Comissão Especial de Inquérito para investigar todos os contratos da prefeitura que tiveram o aval de Alexandre Paupério, durante a atual gestão. Se ACM Neto diz que as irregularidades aconteceram somente na gestão anterior, seria uma boa oportunidade para provar que não houve na atual.

Comitês estadual e municipal do PCdoB

Salvador, 19/10/2015

PREFEITO EXONERA SERVIDORA GRÁVIDA; JUSTIÇA ORDENA REINTEGRAÇÃO

Guima teria exonerado servidora motivado por vingança política.

Guima teria exonerado servidora motivado por vingança política.

O prefeito de Buerarema, José Agnaldo Barreto, o Guima (PDT), exonerou a coordenadora de Vigilância Epidemiológica do Município, Hercília Bonfim da Silva, no último dia 1º. A enfermeira foi demitida mesmo estando grávida, o que é proibido de acordo com a legislação trabalhista.

Hercília entrou com mandado de segurança e obteve liminar de reintegração de posse ao cargo, concedida pelo juiz da Comarca de Buerarema, Marley Cunha Medeiros.

A servidora apresentou, à justiça, laudo médico que comprova estar no quinto mês de gravidez. O juiz determinou multa diária de R$ 1 mil, caso o prefeito não cumpra a liminar.

Mulheres gestantes, mesmo ocupando cargo comissionado, têm direito à estabilidade durante o período de gestação e licença-maternidade.

Guima teria decidido pela exoneração de Hercília, mesmo ela grávida, para vingar-se do vereador e ex-aliado político Elio Almeida, também do PDT. O prefeito Guima Barreto não foi encontrado pelo blog.

Cópia de trecho da liminar em que juiz manda prefeito reintegrar servidora grávida.

Cópia de trecho da liminar em que juiz manda prefeito reintegrar servidora grávida.

ARTE E POLÍTICA EM TRANSE

Felipe-de-PaulaFelipe de Paula | felipedepaula81@gmail.com

 

Uma obra pensada para criticar uma realidade passada segue aberta. Sigamos em busca de conhecer cada vez mais de nossa história através daquilo que também nos constitui fundamentalmente enquanto nação: nossa arte.

 

 

O jogo político se desenha com dois rumos possíveis. Um, de vertente política mais conservadora, liberal, defendendo a necessidade do desenvolvimento da nação. Outro, de caráter mais populista, próximo da massa, com políticas sociais.

O jogo midiático exerce forte papel nos rumos da política e o financiamento empresarial surge como elemento fundamental. Campanha presidencial – ou qualquer outra – brasileira de 2014? Não. Disputa pelo poder em Eldorado, país latino fictício criado por Glauber Rocha para o filme Terra em Transe.

Narrado pela visão de Paulo Martins (Jardel Filho), jornalista e poeta, que, desiludido com as posturas do senador, migrou entre a assessoria do conservador Porfírio Diaz (Paulo Autran) para o populista Felipe Vieira (José Lewgoy), por acreditar que o novo líder que emergia poderia ser o responsável por tirar o país da miséria. Este, assim que eleito, foi motivo da dúvida de Paulo: “Será que o governador dará conta de executar as promessas do candidato?”. Como se os dois fossem pessoas diferentes.

Terra em Transe pode ser lido como uma profunda crítica aos acontecimentos políticos do Brasil dos anos 60, contudo, ao exibi-lo aos estudantes do Bacharelado Interdisciplinar em Artes da UFSB na última semana, percebemos o quanto a obra de Glauber continua atual, 48 anos depois de seu lançamento.

Antes da sessão, fizemos um produtivo debate sobre análise fílmica. Destacamos a necessidade de entender o cinema não como um retrato fiel da realidade, mas uma leitura de alguns aspectos dessa. O olhar do diretor. Olhar que aparece descrito pelas palavras do roteiro, dos figurinos, dos movimentos de câmera, pelas luzes utilizadas, pelas subjetividades. Além disso, destacamos também a obra filme enquanto peça historiográfica. Aberta, porém conectada a uma realidade específica, a um tempo específico. E tais critérios devem ser levados em conta na sua leitura.

Contudo, no processo de análise fílmica, o que surge como elemento fortemente significante, é a capacidade que um filme tem de circular entre aspectos objetivos e subjetivos. Como técnica fotográfica, tem a capacidade de trazer quase que uma fiel representação da realidade. Contudo, como obra artística, tem suas narrativas repletas de subjetividades – na produção e nas “leituras” possíveis a serem feitas após sua finalização.

Terminada a exibição, durante o componente curricular Cinema e Alteridade nas Américas, questionei a turma: E então? O que acharam? Foi então que uma estudante, que migrou para o Bacharelado de Artes após um ano de curso na Área Básica de Ingresso no Colégio Universitário de Ibicaraí destacou suas impressões: “Professor, na política, independente do lado político que se adota, parece não ter lugar para idealismo. No final das contas, parece que nenhum lado vale nada”.

:: LEIA MAIS »

MORRE EX-PRESIDENTE DA PETROBRAS

Dutra lutava contra câncer (Foto ABr).

Dutra lutava contra câncer (Foto ABr).

Morreu na madrugada deste domingo (4), em Belo Horizonte, o ex-senador José Eduardo Dutra (PT-SE), ex-presidente do PT e da Petrobras. Ele tinha 58 anos e lutava contra um câncer. O corpo dele deve ser velado e cremado na capital mineira, nesta segunda-feira (5).

Carioca, Dutra trilhou sua trajetória política em Sergipe. Dirigente nacional da Central Única dos Trabalhadores (CUT) entre 1988 e 1990, presidiu o Sindicato dos Mineiros do Estado de Sergipe (Sindimina) de 1989 a 1994, ano em que se elegeu senador.

José Eduardo Dutra foi presidente da Petrobras de janeiro de 2003 a julho de 2005. Dois anos depois, presidiu Petrobras Distribuidora, onde permaneceu até agosto de 2009.

Ele presidiu o PT entre 2010 e 2011, quando renunciou ao mandato que só terminaria em 2012 por problemas de saúde. Dutra foi um dos coordenadores da campanha da primeira eleição da presidente Dilma, ao lado do ex-ministro Antônio Palocci e do ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo.

Com o agravamento da doença, ele se afastou da vida partidária para cuidar da saúde. Atualmente era o primeiro suplente do senador Antônio Carlos Valadares (PSB-SE).

Do Congresso em Foco

MACARANI ESCOLHE NOVO PREFEITO

OS 13.357 eleitores de Maracani, no sudoeste baiano, voltam às urnas neste domingo (4) para escolher novo prefeito.

A disputa de 2012 foi anulada após a cassação, em agosto, do prefeito Antonio Carlos Macedo Araújo, por abuso de poder econômico e compra de votos na campanha eleitoral.

A disputa do domingo será entre Armando de Souza Porto (PSD) e Olisandro Pinto Nogueira (PP).

PSB LANÇA PRÉ-CANDIDATURAS EM UBAITABA E GANDU

Durval Libânio, à esquerda de Lídice, é lançado pré-candidato em Gandu.

Durval Libânio, à esquerda de Lídice, é lançado pré-candidato em Gandu.

O PSB decidiu lançar pré-candidatos a prefeito em Gandu e Ubaitaba, no sul da Bahia. O presidente do Instituto Cabruca, Durval Libânio Neto, será o nome do partido em Gandu, enquanto a vereadora Sueli Carneiro (Suka) disputará a prefeitura de Ubaitaba.

As pré-candidaturas foram lançadas em atos realizados neste domingo (27) nos dois municípios, com as presenças da senadora Lídice da Mata e do deputado federal Bebeto Galvão, ambos do PSB.

Durval Libânio filiou-se ao PSB neste domingo, também sendo anunciado como pré-candidato por Bebeto e Lídice, além da deputada estadual Fabíola Mansur.

Vereadora Suka, ao centro, disputará prefeitura de Ubaitaba (Fotos Divulgação).

Vereadora Suka, ao centro, disputará prefeitura de Ubaitaba (Fotos Divulgação).








WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia