WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


alba










dezembro 2019
D S T Q Q S S
« nov    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

editorias






:: ‘ponte estaiada’

OBRAS DA PONTE NA RETA FINAL

Primeira ponte estaiada de Ilhéus ligará o centro à zona sul da cidade || Foto José Nazal

As obras de construção da nova ponte que ligará o centro e a zona sul de Ilhéus entram na reta final com o início da instalação do 21º par de estais (cabos de sustentação) de um total de 23. A previsão máxima é de que a primeira ponte estaiada sobre a Baía do Pontal esteja concluída em fevereiro, faltando, além de mais dois pares de estais, as obras dos acessos viários nos dois extremos da ponte.

Todas as fases da construção da nova ponte têm sido registradas pelo fotógrafo e vice-prefeito de Ilhéus, José Nazal. Neste final de semana, ele fez mais este registro. A ponte terá custo total estimado de R$ 99 milhões e deverá eliminar os tradicionais engarrafamentos em horários de pico na Ponte Lomanto Júnior ou nas temporadas de verão, quando a cidade recebe fluxo ainda maior de turistas.

ILHÉUS: PONTE ESTAIADA COMEÇA A GANHAR FORMA E DEVE SER CONCLUÍDA ATÉ JANEIRO

Com colocação de 12 estais, ponte começa a ganhar forma || Foto José Nazal

A nova ponte que ligará o Centro e os bairros da zona sul de Ilhéus começa a ganhar forma com a colocação de mais um par de cabos de sustentação (estais) da estrutura. O sexto par foi instalado neste sábado (27), num total de 23 pares. Pelo cronograma, a inauguração da primeira ponte estaiada na Bahia deve ocorrer no próximo verão.

O governador Rui Costa quer a obra pronta até dezembro, mas admite entrega em janeiro de 2020 (veja mais abaixo). A obra, executada pela OAS e orçada em cerca de R$ 95 milhões, é considerada essencial para acabar com o engarrafamentos em horários de pico e principais períodos do turismo com a ponte hoje existente, a Lomanto Júnior.

Fotógrafo, vice-prefeito de Ilhéus e membro da comissão que acompanha a obra, José Nazal disse ao PIMENTA que o último estai deve ser colocado em dezembro, ligando os dois extremos, quando a ponte ganha a forma definitiva. No final do ano, observa, ficaria faltando colocar as mãos francesas e o piso. Já os acessos à ponte, nas duas extremidades, serão concluídos, simultaneamente, às obras de engenharia.

Ponte ligará a região central à zona sul de Ilhéus || Foto José Nazal

CONCLUÍDA ATÉ JANEIRO

Durante coletiva em Itabuna, na sexta (26), o governador Rui Costa se mostrou resignado quanto ao prazo de entrega da obra. Queria dezembro, mas poderá ser janeiro de 2020, com inauguração em fevereiro. “Eles se comprometeram a entregar a obra pronta, no máximo, em janeiro. Agora não há muito que correr na obra, porque há prazo mínimo para colocar concreto e esperar que o concreto fique maduro. Há intervalo mínimo de horas entre [a colocação] um cabo e outro”.

Ponte terá 46 cabos de sustentação e 533 metros de comprimento

Concluída, a primeira ponte estaiada baiana deverá ter 533 metros de comprimento e 24,6 metros de largura. Deverá ter passeio, canteiro central, pista dupla nos dois sentidos e ciclovia. Os acessos viários terão, no total, 2,7 quilômetros, ligando a Avenida Soares Lopes e a 2 de Julho com a via na beira-mar da Nova Brasília e Pontal até a região do Hotel Opaba.

INSATISFEITO, RUI DIZ QUE VAI DAR “APERTO” NA OAS PARA CONCLUIR PONTE EM ILHÉUS

Rui Costa, ao centro, durante visita à obra, em 2018 || Foto Manu Dias/Arquivo

Nesta semana, Rui Costa voltou a criticar a lentidão da empreiteira OAS na execução das obras da ponte estaiada que ligará o centro e a zona sul de Ilhéus. Durante bate-papo, ele respondeu a internauta dizendo que iria dar um aperto na OAS para a construtora definir a data de inauguração.

O atraso na obra chega a quase um ano. O prazo inicial de entrega era setembro do ano passado. Até agora, o projeto está 65% executado, conforme dados apresentados pela própria empreiteira.

– Estou marcando uma reunião com a empresa, semana que vem, para dar um aperto e ela possa cravar, aí, a data de inauguração – disse o governador.

Após falar em apertar a OAS, Rui mostrou imagens do pilar principal de sustentação dos estaios (cabos de aço) da nova ponte. Os cabos vão sustentar as placas de concreto, que, segundo ele, começam a ser colocadas nos próximos dias.

EXCLUSÃO

A insatisfação com o andamento da obra não é de agora. Durante visita técnica no início do ano passado, Rui cobrou mais celeridade. Já no segundo semestre de 2018, chegou a ameaçar com a exclusão da OAS da obra (relembre aqui). Passados 10 meses, a obra avançou de 50% para 65% de estágio de conclusão. As previsões mais otimistas falam em entrega em dezembro deste ano.

IMAGENS DE NAZAL REVELAM A EVOLUÇÃO DAS OBRAS DA NOVA PONTE DE ILHÉUS

Novas imagens revelam traçado do Acesso Norte da nova ponte || Fotos José Nazal

O fotógrafo e memorialista José Nazal fez, nesta terça-feira de Carnaval, novas imagens das obras de construção da Ponte Centro-Pontal. A ponte estaiada tem previsão de entrega para o segundo semestre deste ano, de acordo com engenheiros e o governador Rui Costa.

As imagens de hoje (13) revelam avanços na construção do segundo pilar do mastro principal e construção do acesso Norte da ponte estaiada. Na última visita às obras, o governador Rui Costa pediu agilidade para que a ponte seja entregue ainda neste ano.

A ponte está sendo construída pela OAS, com custo estimado em R$ 99,8 milhões. Serão 298 metros de trecho estaiado e 250 de estrutura armada (imagem abaixo). Pela ponte devem trafegar cerca de 8,5 mil veículos por dia, conforme cálculos da Superintendência de Infraestrutura de Transporte (SIT), órgão do governo baiano. O projeto prevê construção de nova pista no lado Pontal, com cerca de mil metros de extensão, até a cabeceira do aeroporto,

Construção de estrutura no lado Pontal da nova ponte evoluiu em 2 meses || Foto José Nazal

Segundo pilar começa a ganhar forma e deve ser concluído até março || Foto José Nazal

Imagem acima é de dezembro e mostra início de construção de pilares e estrutura armada

A NOVA PONTE DE ILHÉUS E O OLHAR DE NAZAL

O aterro provisório nas extremidades da Praia do Cristo e do Morro (Foto José Nazal).

O aterro provisório ligando área da Praia do Cristo (à esquerda) e do Morro de Pernambuco no outro extremo (Foto José Nazal).

A obra da nova ponte, que ligará o centro de Ilhéus à zona sul da cidade, avança. O aterro provisório para dar suporte à construção do mastro da ponte estaiada está praticamente concluído. Nesta segunda (9), o vice-prefeito e fotógrafo José Nazal sobrevoou a Baía do Pontal. De lá do alto, clicou belas imagens e retratou a evolução da obra.

Se a construção for concluída dentro do prazo, Ilhéus será a primeira cidade da Bahia a ter ponte estaiada. A previsão é de que a inauguração ocorra, no máximo, no segundo semestre do próximo ano. A obra do governo baiano é executada pela OAS.

Com a conclusão do aterro, começará a ser encravado o mastro que sustentará os cabos de aço da ponte. A construção deverá ter 533 metros de extensão e outros 25 metros de largura.

A área da ponte é um detalhe no cenário privilegiado da Baía do Pontal e com o Morro de Pernambuco como "testemunha" (Foto José Nazal).

José Nazal conseguiu captar, numa só imagem, o aeroporto, a obra da ponte, o Morro de Pernambuco e a bela Baía do Pontal.

De um lado, a região do Cristo e, do outro, parte do aterro da ponte e o Morro de Pernambuco (Foto José Nazal).

De um lado, a região do Cristo e, do outro, parte do aterro da ponte e o Morro de Pernambuco (Foto José Nazal).

PAROU?

Ponte estaiada corre risco de ficar só no papel.

Ponte estaiada corre risco de ficar só no papel.

Parece que o sonho da tão esperada (e prometida!) obra da ponte estaiada de Ilhéus sofreu novo golpe. O maquinário está sendo retirado do canteiro central desde ontem pela Constran, empresa do grupo UTC, envolvido no esquema de corrupção da Petrobras. O site Agravo publicou fotos e vídeo da operação.

Por enquanto, o governo baiano mantém-se em (preocupante) silêncio.






WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia