modulo
unime


fevereiro 2016
D S T Q Q S S
« jan    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
2829  

editorias


:: ‘prefeitura de Ilhéus’

ALELUIA ILHÉUS CONFIRMA PRIMEIRA ATRAÇÃO

Danese é primeira atração confirmada do Aleluia Ilhéus 2016

Danese é primeira atração confirmada do Aleluia Ilhéus 2016

A organização do Festival Aleluia Ilhéus confirmou a primeira atração do evento deste ano. Será um dos maiores nomes da música gospel brasileira, o mineiro Régis Danese, que gravará DVD dos 10 anos de ministério.

O show de Danese será no primeiro em 23 de março, às 19 horas, na Praça Dom Eduardo (Praça da Catedral). O cantor gospel é dono de sucessos como Faz um milagre em mim e Tu podes e, por meio das redes sociais, já convoca fãs para que façam caravanas para curtir o show na Terra de Gabriela.

O maior evento da Semana Santa na Bahia vai até dia 27 de março. O Aleluia Ilhéus tem promoção e patrocínio da Associação de Turismo de Ilhéus (Atil), Prefeitura de Ilhéus e Bahiatursa/Governo da Bahia.

CONCURSOS OFERECEM 34,5 MIL VAGAS; SALÁRIO PODE CHEGAR A R$ 27,5 MIL

concurso público2Concurseiros de plantão têm até 34.518 oportunidades de emprego em todo o país, a depender do nível de escolaridade. Algumas das vagas são oferecidas na Bahia, a exemplo do concurso público da Prefeitura de Ilhéus, com 520 vagas de concorrência ampla.

O maior salário é oferecido pelo tribunal regional do Trabalho da 2ª Região (TRT2 e TRT3), de São Paulo e Minas Gerais, respectivamente: R$ 27.500,17.

Das vagas, 13.973 exigem nível superior, 7.324 são para profissionais que têm, pelo menos, o nível médio e outras 7.066 são destinadas a pessoal de nível técnico. Existem ainda 6.155 oportunidades com exigência mínima do fundamental, segundo a Folha Dirigida. Confira onde estão as vagas e os prazos de inscrição no link “leia mais”, logo abaixo.

:: LEIA MAIS »

ILHÉUS ABRE INSCRIÇÕES EM CONCURSO COM ATÉ R$ 8 MIL DE SALÁRIO

Prefeitura abre inscrições em concurso público com 520 vagas (Foto Alfredo Filho).

Prefeitura abre inscrições em concurso público com 520 vagas (Foto Alfredo Filho).

A Prefeitura de Ilhéus abriu hoje (27) as inscrições em concurso público com 520 vagas de concorrência ampla para várias áreas e cadastro reserva para arquiteto. Os salários variam de R$ 880,00 a R$ 8 mil. O certame é organizado pela Consultec.

O prazo de inscrições encerra-se em 17 de fevereiro. A taxa para cargos de nível fundamental é R$ 35,00, enquanto para os de nível médio ou técnico, R$ 55,00. Para os cargos de nível superior, a taxa tem valores diferenciados. Será 85,00, exceto para procurador (R$ 120,00). A inscrição deverá ser feita no site da Consultec.

De acordo com o cronograma do concurso, as provas serão aplicadas em 13 de março. Segundo a Consultec, haverá prova de títulos para os cargos de professor e procurador e prova prática para salva-vidas e de aptidão física para guarda municipal.

CONCURSO NÃO PREVÊ ISENÇÃO DE TAXA

A prefeitura corre o risco de ter o concurso invalidado por não prever isenção de taxa para pessoas consideradas de baixa renda e que não podem pagar a taxa. A isenção é prevista na Constituição Federal, que, no artigo 37, inciso I, determina o amplo acesso aos cargos públicos.

“Os cargos, empregos e funções públicas são acessíveis aos brasileiros que preencham os requisitos estabelecidos em lei, assim como aos estrangeiros, na forma da lei”. Por não prever isenção de taxa, o concurso deixa de ser democrático e acessível aos de baixa renda, principalmente os que dependem de programas de transferência de renda, como o Bolsa Família.

O edital informa que “em nenhuma hipótese será feita devolução da taxa de inscrição, a não ser que o Concurso Público não se realize. Não será aceito pedido de isenção de pagamento da taxa de inscrição”. Até agora, nem prefeitura nem Consultec explicaram o porquê de não conceder isenção.

ILHÉUS: PREFEITURA ADIA INSCRIÇÕES EM CONCURSO PÚBLICO

concurso público1A Prefeitura de Ilhéus adiou para o dia 27 de janeiro o início das inscrições no concurso público. A abertura do prazo seria amanhã (20), mas houve alteração por causa de erros no edital do certame (relembre aqui).

Com a mudança, o período de inscrições será de 27 de janeiro a 17 de fevereiro.

O concurso oferece total de 519 vagas para os níveis fundamental, médio e superior e até R$ 8 mil de salário. As provas serão aplicadas pela Consultec.

DESRESPEITO À LEI

Moças distribuem panfletos próximo a quebra-mola em Ilhéus (Foto Sarrafo).

Moças distribuem panfletos próximo a quebra-mola em Ilhéus (Foto Sarrafo).

Ilhéus definiu multa no valor de R$ 3,2 mil para empresas que distribuem panfletos e similares próximos a redutores de velocidade. A medida passou a valer na semana passada. Entrou em vigor, mas nem isso conseguiu inibir este tipo de ação.

Por causa da falta de fiscalização, como mostra imagens feitas por um leitor do blog Sarrafo, a distribuição continua no início da Ba-001, que liga Ilhéus e Canavieiras.

FUNCIONÁRIO TERCEIRIZADO DE PREFEITURA MORRE EM ACIDENTE DE TRABALHO

Trator após acidente e foto de Dadi (Reprodução Agravo).

Trator após acidente e foto de Dadi (Reprodução Agravo).

Ademarildo Miranda, conhecido como Dadi, faleceu na tarde desta quinta-feira (12) depois de o trator que dirigia ficar sem o freio, descer uma ladeira do bairro Novo Ilhéus e tombar às margens da rodovia Ilhéus-Uruçuca.

Segundo informações do Blog Agravo, o homem, muito conhecido na Vila Queiroz, trabalhava há algum tempo coordenando a equipe de asfaltamento em ruas de Ilhéus.

Dadi era funcionário de uma empresa contratada pela prefeitura para obras pavimentação asfáltica. A firma tem sua base próximo ao local do acidente.

Dadi ainda foi socorrido e encaminhado ao Hospital Regional, mas não resistiu. Duas pessoas estavam no tratar. A outra vítima sobreviveu.

DECISÃO DO TCM É TRUNFO PARA JABES DEMITIR SERVIDORES

Palácio Paranaguá, sede do governo ilheense.

Palácio Paranaguá, sede do governo ilheense.

A reprovação, pelo Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), das contas de 2014 de Jabes Ribeiro (veja aqui) vão dar o tom das ações que ele pretende tomar sobre demissões.

O tribunal alegou que pesou na reprovação o descumprimento do limite de gastos com pessoal, que deveria ser de 54%, mas está em 63% – Jabes diz que recebeu, em 2013, em 78%.

Com esse argumento, o prefeito pretende levar a cabo as demissões de servidores que, de acordo com a Constituição Federal, não possuem estabilidade (admitidos entre 1983 e 1988), além de colocar na rua cerca de 800 trabalhadores com contratos temporários.

Com o “respaldo” do TCM, que exige concurso público, JR consegue diminuir o índice com pessoal e realizar o certame. Mas vai amargar o descontentamento de mais de 400 trabalhadores, muitos com mais de 30 anos de casa.

ILHÉUS GASTA R$ 659 MIL COM DIÁRIAS

Magal denuncia Jabes por abusar do uso de diárias.

Magal denuncia Jabes por abusar do uso de diárias.

A Prefeitura de Ilhéus pagou ao prefeito, vice e subordinados R$ 659 mil em diárias nos dois primeiros anos do Governo Jabes.  Os dados foram obtidos pelo vereador Fábio Magal em visita ao Tribunal de Contas dos Município (TCM).

Ao julgar as contas da administração relativas a 2013, o TCM mandou o prefeito devolver R$ 114 mil por gastos não comprovados com diárias. Após apelação, o tribunal reavaliou e baixou o valor da devolução para cerca de 20 mil reais.

PROFESSORA AGRIDE SERVIDORES A TESOURADAS NA PREFEITURA DE ILHÉUS

(Imagem ilustrativa).

(Imagem ilustrativa).

Uma professora, supostamente com problemas no pagamento dos salários, se envolveu numa discussão, na manhã desta quarta-feira (12), no setor de Recursos Humanos da Prefeitura de Ilhéus, localizado no anexo de secretarias, no centro.

Irritada, a mulher bateu boca com funcionários que a atenderam. Sem conseguir resolver as pendências, pegou uma tesoura numa das mesas e desferiu golpes contra o chefe do setor, Wladimir Hughes, e uma funcionária de carreira, conhecida como Glória.

Os ferimentos, apesar de leves, forçaram os dois a irem ao hospital. A professora deixou o local logo após o furdunço. Os servidores ainda não decidiram se acionarão a agressora.

PREFEITURA DE ILHÉUS ABRE 143 VAGAS PARA PROFESSOR; SALÁRIO CHEGA A R$ 1,9 MIL

Seleção oferece mais de R$ 1,9 mil de salário para jornada de 40h (Foto Gidelzo Silva).

Seleção oferece mais de R$ 1,9 mil de salário para jornada de 40h (Foto Gidelzo Silva).

A Prefeitura de Ilhéus contratará 143 professores substitutos por meio de seleção pública. O edital foi publicado no Diário Oficial eletrônico e prevê até R$ 1,91 mil de salário para jornada de 40 horas semanais. As vagas são destinadas a docentes do Infantil/Fundamental I e Fundamental II com foco na Educação de Jovens e Adultos (EJA). O processo seletivo se dará por meio de análise curricular e prova escrita.

CONFIRA EDITAL COMPLETO

Os profissionais devem ter licenciatura em curso de Pedagogia ou Normal Superior para a Educação Infantil, Ensino Fundamental I e EJA 1 ou licenciatura em área específica da disciplina para o Ensino Fundamental II e EJA 2. De acordo com a Seduc, a data e local de aplicação das provas serão divulgados posteriormente.

As inscrições no processo seletivo começam nesta quarta (29), e se estendem até a sexta-feira (31), e serão feitas de forma presencial na Seduc, na Avenida Soares Lopes, nº 840, Centro, das 8h30min às 11h30min e das 14h às 17h. Para efetivar a participação no certame, o candidato deve entregar a ficha, disponível no edital, o currículo atualizado, e diploma relativo à área em que pretende atuar.

Serão reservadas 5% das vagas para pessoas com deficiências. A contratação será por tempo determinado e os aprovados poderão atuar tanto nas escolas da rede municipal localizadas na zona rural, como na sede. Os salários variam de R$ 1.917,78 para 40 horas e R$ 958,89 para 20 horas de trabalho semanal.

CEPLAC DOA TERRENO PARA UFSB; FALTAM VANE E JABES

Juvenal, da Ceplac, e o reitor da UFSB, Naomar Almeida.

Juvenal, da Ceplac, e o reitor da UFSB, Naomar Almeida.

Áreas da Ceplac que serão doadas para a UFSB (Clique para ampliar).

Áreas da Ceplac que serão doadas para a UFSB (Clique para ampliar).

Será concretizada durante solenidade na terça-feira (9), a doação do terreno onde será construída a primeira etapa da Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB). A Secretaria do Patrimônio da União (SPU) vai formalizar a doação, pela Ceplac, de uma área de 37 hectares. Após a solenidade, a universidade deve lançar o edital de licitação para a construção dos módulos.

Nessa área vão funcionar o Centro de Formação em Ciências e Tecnologias Agroflorestais e o Centro de Formação em Tecnociências e Inovação, além de outros equipamentos do campus Jorge Amado.

De acordo com o reitor da UFSB, Naomar Almeida, esse evento vai marcar o lançamento do plano diretor ambiental e de construções do patrimônio físico da universidade. “Com isso, já vamos poder desencadear os processos licitatórios que, por sua vez, necessitam dos projetos arquitetônicos, também já encaminhados”.

O superintendente da Ceplac, Juvenal Maynart, que encaminhou a doação, não vê prejuízos para a instituição. Pelo contrário, enxerga uma volta por cima para a Ceplac. “O que está ocorrendo é uma mudança de paradigma, com a Ceplac saindo de uma condição de estagnação institucional para a de sócia e artífice de um novo ciclo de desenvolvimento regional”.

DESAPROPRIAÇÃO SEM FIM

Como era até previsível, embora a construção do campus comece por Ilhéus, nada tem a ver com a doação prometida pelo município que foi levado ao mundo pelo patrono da universidade. Assim como o colega Claudevane Leite, prefeito da terra onde nasceu Jorge Amado, Jabes Ribeiro ainda não concretizou a parte que lhe cabe – doar – nesse pequeno latifúndio. O processo de desapropriação segue – sem fim – nas terras de Jorge.

MAIS DE 400 SERVIDORES DE ILHÉUS SÃO INVESTIGADOS POR ACUMULAR CARGOS PÚBLICOS

Servidores de Ilhéus são investigados. Foto Gidelzo Silva

Servidores de Ilhéus são investigados (Foto Gidelzo Silva)

A Prefeitura de Ilhéus está investigando a situação de 415 servidores lotados nas secretarias de Saúde e da Educação, que acumulam cargos públicos em outros setores no próprio município, no Estado, e em Itabuna. Existem suspeitas de que os servidores não cumprem a carga horária e estão contrariando o que determina a lei.

De acordo com o secretário de Administração de Ilhéus, Ricardo Machado, descoberta de que os funcionários acumulam cargos ocorreu com confrontação de dados com a Secretaria Estadual de Administração e com informações de outros municípios. Foi constatado que 166 profissionais lotados na Secretaria de Saúde de Ilhéus acumulam cargos públicos.

Na educação são 233 que trabalham no município e no estado. Além disso, foi descoberto que 66 servidores públicos de Ilhéus trabalham também no município de Itabuna. Entre os profissionais nessa situação estão agentes de trânsito, guardas municipais, psicólogos, assistentes sociais e servidores de serviços gerais.

A Constituição Federal proíbe o acúmulo de cargos públicos, exceto por professores e profissionais da saúde, desde que seja possível a compatibilidade de carga horária.

Os 415 servidores foram convocados para apresentar, no setor de Recursos Humanos das Secretarias de Administração, Saúde e Educação, entre os dias 7 e 11 deste mês, sempre das 8h30min às 17h30min.

O QUE HÁ POR TRÁS DO AUMENTO DE PASSAGEM?

Reajuste da passagem Ilhéus

Reúne Ilhéus

Ano de eleição, prefeito com alta rejeição, pressão dos empresários (que também são políticos), todo procedimento sem transparência, desde a licitação até a auditoria, sem qualquer participação da sociedade civil.

O movimento Reúne Ilhéus, ainda no auditório da Justiça Federal, teve a oportunidade de ter uma conversa com o responsável pela auditoria da FIPE – Fundação Instituto de Pesquisa Econômica, o Professor André, que reafirmou que “o tempo não foi suficiente para se estabelecer análises mais rígidas e detalhadas sobre o transporte coletivo como um todo”, deixando claro que inevitavelmente pode ter sido induzido a reproduzir em dados os anseios do sistema.

Há cerca de uma semana antes da Audiência na Justiça Federal, as empresas ingressaram com pedido de aumento e, na oportunidade, o prefeito Jabes Ribeiro afirmou que esperaria o resultado da auditoria realizada pela FIPE, ficando outra dúvida, o resultado já não estava pronto? O relatório foi concluído em 3 dias?

A formatação do preço se dá através de uma profunda análise do IPK – Índice de Passageiros por KM. Porém, os documentos entregues por Jabes Ribeiro ao movimento Reúne Ilhéus, no ano passado, não dispunha da quilometragem total dos ônibus por mês. Desse modo, não se pode estabelecer o IPK, consequentemente o preço da tarifa.

Para completar, numa ação na justiça (processo 967442-6/2006), o relatório final do perito acerca do transporte de passageiros urbano de Ilhéus é que a tarifa do ônibus é calculada com base na metodologia nacional da GEIPOT, que entrou em desuso e não leva em consideração o fator quilometragem, logo, o discurso de que a cidade possui grandes distâncias em algumas linhas, o que encarece a tarifa, é uma inverdade.

:: LEIA MAIS »

ÔNIBUS DEIXAM DE CIRCULAR NO POLO DE INFORMÁTICA, QUE ESTÁ ABANDONADO

Empresa se nega a entrar no Distrito Industrial e trabalhadores seguem a pé (Foto Marcos Souza).

Empresa se nega a entrar no Distrito Industrial e trabalhadores seguem a pé (Foto Marcos Souza).

Funcionários de empresas instaladas no Polo de Informática de Ilhéus estão sendo obrigados a andar até mais de um quilômetro para chegar ao trabalho. As empresas de ônibus, alegando prejuízos, já não mais entram no Distrito Industrial. Buraqueira, lamaçal e falta de acostamento impedem a livre circulação dos ônibus.

O sindicalista Marcos Souza diz haver um jogo de empurra entre Governo do Estado e Prefeitura de Ilhéus quanto a quem deve fazer a manutenção e conservação das vias de acesso ao distrito. “É um absurdo isso”, afirmou o sindicalista ao PIMENTA.

Como consequência, os trabalhadores são submetidos aos riscos de andar por vias abandonadas e com o matagal tomando conta dos acostamentos. Além da caminhada, o risco de ataques de bandidos.

O polo tem aproximadamente 40 empresas das áreas e informática e eletroeletrônica. A perda de competitividade do polo fez perder quase metade das empresas nos últimos dez anos. Até a tradicional Feira de Informática de Ilhéus deixou de ser realizada. O abandono do distrito industrial é reflexo da fase de decadência do polo.

A PISTA DE RALLY DO POLO DE INFORMÁTICA

Acesso ao Polo de Informática mais parece pista de rally (Foto do leitor).

Acesso ao Polo de Informática mais parece pista de rally (Foto do leitor).

Executivos de empresas instaladas no Polo de Informática de Ilhéus vivem momentos de “aventura” em trecho de 100 metros do Distrito Industrial. O asfalto deu lugar à buraqueira e à lama, mais parecendo pista de rally.

A rua que aparece na foto acima dá acesso a alguma das principais empresas do Polo (Unicoba, Comtac, BitWay, 2M, Dynatec, Lavin e Mucambo e aos depósitos da Joanes e Cargil), mesmo assim nem a prefeitura nem a Superintendência de Desenvolvimento da Indústria (Sudic) dão o ar da graça.

O consultor Nirval de Branco diz que os 100 metros de pista “infernizam vidas, danificam os caminhões” e as empresas de ônibus urbanos ameaçam não mais circular pelo distrito.

NOTA PÚBLICA

Os vereadores Lukas Paiva e Alisson Mendonça vem a público informar de que não são verdadeiras as notícias divulgadas pela Secretaria de Comunicação da Prefeitura de Ilhéus afirmando que “os vereadores ilheenses entenderam os números apresentados pela Comissão Permanente de Negociação da Prefeitura sobre o índice de despesas com pessoal”. A atitude da Secretaria de Comunicação da Prefeitura é mais um reflexo do governo da mentira e das enganações, que se utiliza dos veículos de comunicação para tentar colocar a Câmara e o povo contra os servidores públicos municipais.

Os vereadores esclarecem que a reunião com segmentos da Prefeitura de Ilhéus e da Câmara Municipal realmente aconteceu, com o objetivo de se buscar uma solução, na tentativa de sensibilizar o governo para a necessidade de conceder a reposição salarial dos servidores. Ocorre que os números apresentados mais uma vez pelo governo municipal são contraditórios, confusos e irreais, numa tentativa clara de mascarar e manipular a verdade para não conceder assim a justa reposição salarial dos trabalhadores.

Esclarecem os vereadores que o próprio governo já reconheceu os erros nas suas planilhas de receitas e despesas, mas insiste em apresentar dados mentirosos e irreais, daí a iniciativa da Câmara de Vereadores de solicitar as folhas de pagamentos dos cinco primeiros meses desse ano, para que os verdadeiros dados sobre as contas da Prefeitura sejam de conhecimento público, sem mais mentiras e enganações. Os vereadores Lukas Paiva e Alisson Mendonça explicam que diante das mentiras e das tentativas de manipulações das informações do governo municipal, fica claro que a atual administração de Ilhéus já não merece mais a credibilidade e o respeito do povo ilheense.

Por fim, os vereadores Lukas Paiva e Alisson Mendonça reafirmam que continuam acreditando nos números apresentados pelos sindicatos de todos os segmentos de trabalhadores, que em audiência pública com a sociedade civil organizada, contestaram cada um dos pontos apresentados pelo governo municipal. Foi um gesto de coragem, de responsabilidade e de competência demonstrado pelos sindicatos. Gesto de quem defende que a transparência deve ser um caminho a ser trilhado por todo gestor público e de quem luta para que a verdade possa sempre prevalecer.

Alisson Mendonça

Lukas Paiva

PREFEITURA EMITE DECLARAÇÕES FALSAS DE RENDIMENTO

zignalEssa vem do coirmão Jornal Bahia Online: Ainda no aguardo do pagamento do salário de dezembro do ano passado e do décimo terceiro salário, funcionários da Prefeitura de Ilhéus receberam os informes de rendimentos para declaração de Imposto de Renda e… Surpresa! Os atrasados – sim, aqueles que nem caíram no bolso do barnabé – constam como pagos no informe de rendimento anual.

– Nós também já reclamamos e a empresa contratada para elaborar esses documentos diz que tem de ser assim, sem qualquer mudança – é o que respondem os funcionários do Departamento de Recursos Humanos da Secretaria de Administração de Ilhéus.

O caso promete acabar em denúncia na Receita Federal. O secretário da Administração, Ricardo Machado, foi procurado, mas não atendeu ligações de servidores.

Leia a matéria na íntegra no JBO

JABES E AS DIÁRIAS

Jabes (1)O blog Agravo, baseado em levantamento no Diário Oficial, diz que o prefeito ilheense, Jabes Ribeiro, reside, na verdade, em Salvador. Diz isto a partir de suposto diálogo travado entre a primeira-dama, Adriana Ribeiro, e um eleitor na capital baiana.

Adriana, segundo o blog, afirma que Jabes vai a Ilhéus apenas a trabalho, pois o casal fixou morada em Salvador. Só que o Agravo viu indícios de que os deslocamentos do prefeito são pagos pelo município, por meio de diárias. Anota, por exemplo, diárias concedidas em finais de semana.

Aguardemos, pois, as explicações oficiais.

ILHÉUS: TURISMO COM “PREÇOS FACTÍVEIS”

Alcides KruschewskyO turista que chega a Ilhéus e já frequentou outros destinos até de maior porte e com outros atrativos sempre reclama dos valores cobrados na terra de Jorge Amado e de Gabriela. O futuro secretário de Turismo de Ilhéus, Alcides Kruschewsky, reconhece o problema:

– O destino Ilhéus precisa se adequar a preços factíveis – disse, verbalizando um sentimento não só de turistas, mas dos próprios ilheenses.

Alcides foi escolhido para a pasta no quarto mandato de Jabes Ribeiro como prefeito do município sul-baiano. Ele tem dentre os planos a urbanização da parte inconclusa da orla sul, principalmente num dos trechos mais frequentados à noite, a região que vai de Nova Brasília ao Hotel Opaba.

Outro ponto destacado por ele é a construção do pavilhão de feiras do Centro de Convenções de Ilhéus. A obra será executada pelo governo baiano e custará, aproximadamente, R$ 1 milhão. Alcides também afirma, via redes sociais, que está na hora do trade fazer o dever de casa, não esperando apenas pelas ações, por exemplo, da gestão estadual.

whatsapp pimenta



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia