WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
festival chocolate






alba










junho 2019
D S T Q Q S S
« maio    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  

editorias






:: ‘professor’

“LA CASA DE PAPEL”: DIVULGADAS NOVAS CENAS DA TEMPORADA QUE ESTREIA DIA 19

Estreia da terceira temporada será dia 19 de junho

Netflix divulgou, nesta segunda-feira (3), o trailer completo da série La Casa de Papel. Logo no início do vídeo de cerca de dois minutos, o Professor anuncia que acabaram de entrar em águas internacionais e aparecem imagens dos principais personagens da trama.“Conseguimos escapar, mas agora vem o mais difícil: manter-se vivo”, alerta o Professor. Galeria com imagens enviadas aos aos jornalistas do PIMENTA no final da matéria.

Na sequência, o grupo aparece em cenários paradisíacos, aproveitando a boa vida proporcionada pelos milhões que roubaram da Casa da Moeda (resultado do golpe de mestre segunda temporada). Em seguida, aparece a cena em que a polícia encontra e inicia perseguição do jovem casal  Tóquio e Rio. Eles fogem por uma floresta, mas o jovem acaba capturado e amada consegue escapar.

O resumo da trama continua com o Professor recebendo um telefonema em que é informado que um dos membros do grupo foi capturado. Ele decide que a única maneira de resgatá-lo e proteger o esconderijo dos outros é reunir todos para realizar um novo assalto, o maior roubo já pensado.

LANÇAMENTO E ELENCO

Além do trailer, foram liberadas novas fotos dos personagens e de cenas da série, que tem lançamento mundial previsto para o dia 19 deste mês. La Casa de Papel  tornou-se a série de língua não inglesa mais assistida mundialmente quando foi lançada pela Netflix em 2018.

Criada por Álex Pina e dirigida por Jesús Colmenar, a série traz no elenco Álvaro Morte, Pedro Alonso, Najwa Nimri, Úrsula Corberó, Jaime Lorente, Alba Flores, Miguel Herran, Esther Acebo, Ituño Ituño, Darko Peric, Rodrigo de la Serna, Hovik Keuchkerian, Luka Peros, Henrique Arce, Kiti Mánver, Juan Fernández Mario de la Rosa, José Manuel Poga e Fernando Cayo. Veja mais imagens.

Série promete muito suspense e ação

:: LEIA MAIS »

“LA CASA DE PAPEL”: TERCEIRA TEMPORADA ESTREIA EM JULHO COM UM NOVO GOLPE

O Professor está garantido na terceira temporada

A Netflix confirmou para o início do segundo semestre a estreia da terceira temporada de uma das séries de maior sucesso mundial e uma das mais assistidas na plataforma. As cenas da história sobre o novo golpe, que mais uma vez terá um grupo de ladrões como protagonistas, serão  liberadas para os assinantes a partir de 19 de julho.

A terceira temporada será liberada no dia 19 de julho

Para provocar a curiosidade dos fãs, a Netflix enviou para a imprensa um trailer e fotografias de cenas da próxima temporada da série La Casa de Papel, que teve cenas gravadas em destinos como Florença, Tailândia, Panamá e Madri, dentre outros locais. No pequeno trecho de filme, aparecem o Professor, Tóquio, Nairobi, Denver e Rio num local paradisíaco.

Cenas das terceira temporada da série

A terceira temporada deve contar com a volta de Pedro Alonso, “o  Berlim”, que morreu na temporada passada. A série ganhará o reforço de novos personagens, mas nada se sabe sobre o novo golpe. Por enquanto, o PIMENTA publica algumas imagens liberadas pela Netflix para os jornalistas do site.

PROBLEMAS DE SAÚDE AFASTAM CINCO PROFESSORES POR DIA NO ESTADO

Evandir desenvolveu três complicações em sala de aula || Foto Betto Jr./Correio24h

Fazer a chamada e ouvir dos alunos a palavra “presente” faz parte da rotina de qualquer professor. No entanto, todos os dias, ao menos cinco da rede estadual de ensino entram numa lista que os impedem de confirmar a própria presença em sala de aula.

Segundo a Secretaria da Administração do Estado (Saeb), de janeiro a agosto deste ano, 1.361 educadores foram afastados por problemas de saúde. Ou seja, são 3,4% de um total de 40 mil profissionais da ativa. Diretor executivo da Associação dos Professores Licenciados do Brasil – Secção da Bahia (APLB-BA), João Santana diz que, em média, os afastamentos crescem 2,5% ao mês.

“No Diário Oficial, todos os dias as listas de afastados são enormes por conta dos problemas de saúde. Os motivos vão dos mais simples como a Lesão por Esforço repetitivo (LER) até casos como alcoolismo, drogas e depressão”, explica.

Segundo a Saeb, entre as principais causas de afastamento estão as neoplasias (tumores), doenças musculoesqueléticas, nos olhos, no coração e nos aparelhos respiratório, circulatório e digestivo.

A professora Rita de Cássia Lima, 48 anos, sabe o que é o peso de trabalhar 60 horas por semana na rede pública e se revezar entre a sala de aula, vice-diretoria e coordenação. O corpo já ligou o sinal de alerta e a obrigou a tirar uma licença de 30 dias para tratar uma LER, problemas de garganta e estafa.

“Já não sinto mais minha capacidade produtiva em 100%. É uma questão de sobrevivência. O médico recomendou o afastamento do trabalho neste período em um dos turnos”.

Rita conta que, até então, só havia se afastado durante a licença maternidade. “Nunca fui nem de gripe. Agora, vou ao médico três vezes na semana e isso me deixa muito desconfortável. Percebo que estou prejudicando não só a mim, mas a escola. Estou no meu limite, sobretudo, à noite”.

ESTRESSE

No caso da professora aposentada Evandir Andrade, 62, os anos dedicados à sala de aula deram origem a dores nas pernas que se transformaram em bursite e ela desenvolveu ainda tendinite e LER. O estresse diário provocou ainda alterações na pressão. Hoje, além de hipertensa, ela é diabética. “Foram muitos anos dando aulas e esses problemas foram surgindo. Os médicos sempre avisavam que as duas coisas estavam relacionadas”.

São quase 40 anos desde quando ela começou a ensinar na zona rural de Paripiranga, no Nordeste da Bahia. “Tive várias colegas que adoeceram por conta do trabalho. Depois de Paripiranga, fui professora também em Salvador e não vi muita diferença na sala de aula. A realidade é a mesma. Muito estresse e muito trabalho”.

Mãe de quatro filhos nas redes estadual e municipal, a cuidadora de idosos Marilu Ferreira sabe bem como é quando falta professor na sala de aula. “Sempre acontece de um dia ou outro não ter aula porque algum professor ficou doente. Se ele demora de voltar, o estudante fica esperando o substituto. Essa semana, minha filha de 11 anos ficou um dia sem ir para escola por falta de professor”. Clique aqui para ler a matéria na íntegra.

ÚLTIMOS DIAS PARA INSCRIÇÃO EM CONCURSO PARA PROFESSOR DA UESC

Inscrições para professor da Uesc se encerram na segunda|| Foto Robson Duarte

Quem pretende disputar uma vaga de professor na Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), mas ainda não se inscreveu no concurso público, deve se apressar. O prazo para inscrição termina na próxima segunda-feira (2). São 36 oportunidades para professor auxiliar e assistente.

O concurso oferece vagas para as áreas de Letras, Filosofia, Ciências da Saúde, Ciências da Educação, Exatas e Tecnológicas, Ciências Biológicas, Ciências Administrativas e Contábeis, e Ciências Agrárias e Ambientais. O vencimento básico pode chegar a R$ 6.412,72, a depender do cargo, título e jornada semanal.

A inscrição pode ser feita pela internet, no endereço http://www.uesc.br/concurso. O candidato deve preencher o formulário e entregá-lo pessoalmente ou enviar para a Gerência de Seleção e Orientação (Geseor) da Uesc. A taxa de inscrição para ambos os cargos é de R$ 150,00.

As provas do concurso público serão aplicadas no campus da Uesc, na Rodovia Ilhéus-Itabuna. Serão três fases: prova escrita, aula pública e prova de títulos. A data e locais de aplicação das prova escrita ainda serão divulgados. O concurso terá validade de dois anos e pode ser prorrogado por igual período.

CONCURSO DA UFOB OFERECE 45 VAGAS PARA PROFESSOR; SALÁRIO CHEGA A R$ 9,5 MIL

Ufob tem inscrições para concurso de professor

A Universidade Federal do Oeste da Bahia (Ufob) está com inscrições abertas para o concurso público que visa o preenchimento de vagas nos campi de cinco municípios baianos. O menor salário é de R$ 2.408,08 e o maior de R$ 9.570,41. A remuneração depende da carga horária e da titulação mínima exigida para o cargo.

As vagas são para diferentes áreas do conhecimento nos campi de Barra (1 vaga), Barreiras (39), Bom Jesus da Lapa (1), Luís Eduardo Magalhães (1) e Santa Maria da Vitória (3). Os locais e a data da aplicação da prova ainda serão divulgados. A inscrição pode ser feita até o dia 10 de março pela internet. Acesse o edital aqui e confira todos os detalhes sobre o concurso.

A taxa de inscrição para o cargo de professor Auxiliar é de R$ 150; para Assistente sobe para R$ 180 e chega a R$ 200 para Adjunto.  Há opção de pedido de isenção para quem é inscrito em programas sociais do Governo Federal. Nesse caso, o candidato tem até dia 23 deste mês para fazer o pedido. A lista de contemplados com a isenção será divulgada  dia 2 de março.

RESULTADO DE CONCURSO PARA PROFESSOR DA UFSB SERÁ DIVULGADO EM JANEIRO

Resultado do concurso de prova da Ufsb sai em janeiro

A Comissão de Seleção Docente da Universidade Federal do Sul da Bahia (Ufsb) divulgou o cronograma para a próxima etapa do concurso que visa à contratação de 57 professores para diversas áreas do conhecimento. O resultado das provas de título e oral está previsto para o dia 5 do próximo mês. Os candidatos terão até o dia 8 para entrar com recurso.

De acordo com a Ufsb, o resultado preliminar dos recursos impetrados será publicado no dia 10. Os aprovados no concurso público vão trabalhar nos campi de Itabuna, Porto Seguro, Teixeira de Freitas. Das 57 vagas, 18 vagas são para professores com carga horária de 40 horas semanais e dedicação exclusiva.

As outras 39 são vagas para professores com carga horária semanal de 20 horas. As vagas estão destinadas a professores de áreas da Medicina, Direito, Engenharias, Artes e Ciências, dentre outras. O salário pode chegar a R$ 10 mil para dedicação exclusiva, no cargo de professor adjunto de classe A.

BAHIA LANÇA NOVA SELEÇÃO PARA CONTRATAR 2,4 MIL PROFESSORES

Seleção abre 2,4 mil vagas na Bahia.

Seleção abre 2,4 mil vagas na Bahia.

A Secretaria da Educação do Estado da Bahia lançou, hoje (23), editais para o Processo Seletivo Simplificado visando a contratação de 2.483 professores da Educação Básica, Educação Básica no Campo e mais 215 vagas para professor Indígena. A contratação será por meio do Regime Especial de Direito Administrativo (REDA)

O processo seletivo também envolve 961 vagas para a função de técnico de nível médio/mediador para o Ensino Médio com Intermediação Tecnológica (EMITEC). As inscrições serão realizadas de 1º a 13 de março,exclusivamente via Internet, no endereço eletrônico (www.ibrae.com.br), ícone concursos. Informações também estão disponíveis no Portal da Educação (www.educacao.ba.gov.br).

A seleção acontecerá em uma única etapa, com a prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório, aplicada para as funções de professor da Educação Básica, Básica no Campo e Professor Indígena para a Educação Indígena. A abrangência da seleção englobará 415 municípios componentes dos Núcleos Territorias de Educação (NTE).

A aplicação da prova objetiva acontecerá em Salvador, Alagoinhas, Amargosa, Barreiras, Bom Jesus da Lapa, Caetité, Eunápolis, Feira de Santana, Ipirá, Irecê, Itaberaba, Itabuna, Itapetinga, Jacobina, Jequié, Juazeiro, Macaúbas, Paulo Afonso, Ribeira do Pombal, Santa Maria da Vitoria, Santo Antônio de Jesus, Seabra, Senhor do Bonfim, Serrinha, Teixeira de Freitas, Valença e Vitoria da Conquista.

No caso do técnico de nível médio/mediador para o EMITEC, a seleção englobará 109 municípios e as provas serão aplicadas em Salvador e Alagoinhas, Amargosa, Barreiras, Bom Jesus da Lapa, Caetité, Eunápolis, Feira de Santana, Ibotirama, Ilhéus, Ipirá, Irecê, Itaberaba, Itabuna, Itapetinga, Jacobina, Jequié, Juazeiro, Macaúbas, Paulo Afonso, Porto Seguro, Ribeira do Pombal, Santa Maria da Vitoria, Santo Antônio de Jesus, Seabra, Senhor do Bonfim, Serrinha, Teixeira de Freitas, Valença e Vitoria da Conquista.

INSCRIÇÕES ABERTAS

Também acontecem, até o dia 03 de março, as inscrições para 519 vagas destinadas a professores da Educação Profissional e Tecnológica e  211 vagas iniciais para professor substituto da Educação Básica, conforme editais publicados no dia 11 de fevereiro.

A seleção engloba, ainda, 157 vagas para preceptor de estágio de Enfermagem das unidades da Educação Profissional e Tecnológica da rede estadual e mais 655 vagas da Educação Especial, destinadas a Técnicos de Atendimento Educacional Especializado, Tradutor/Intérprete de Libras, Cuidador Educacional, Braillista e Instrutor de Libras.

ILHÉUS DIVULGA RESULTADO DE SELEÇÃO PARA PROFESSOR E INTÉRPRETE DE LIBRAS

Prefeitura de Ilhéus divulga resultado de seleção pública (Foto Alfredo Filho).

Prefeitura de Ilhéus divulga resultado de seleção pública (Foto Alfredo Filho).

A Prefeitura de Ilhéus publicou, no Diário Oficial do Município, a classificação final para a contratação temporária de professores e intérpretes de Libras substitutos, conforme edital número 001/2017. Foram selecionados 201 profissionais que atingiram, pelo menos, 3,5 pontos.

CONFIRA RESULTADO

De acordo com o município, o contrato é válido pelo prazo de um ano, a contar da data de assinatura, podendo ser prorrogado por igual período. Foram classificados professores para atuar na Educação Infantil Anos Iniciais, para as zonas urbana e rural do Município, e para os Anos Finais, também nas zonas urbana e rural.

ESTADO CONVOCA 1.015 PROFESSORES APROVADOS EM SELEÇÃO DO REDA

Mais de mil professores são convocados (Foto ilustratitva).

Mais de mil professores são convocados (Foto ilustratitva).

A Secretaria da Educação do Estado convoca mais 1.015 professores aprovados no Pro­cesso Se­le­tivo Sim­pli­fi­cado pelo Re­gime Es­pe­cial de Di­reito Ad­mi­nis­tra­tivo (Reda) em que irão atuar na Educação Básica. Até agora, 3.891 professores assinaram a convocação do Estado. A ação faz parte do programa Educar para Transformar que visa melhorar a educação pública na Bahia. A relação com o nome dos novos convocados está disponível no Diário Oficial e também pode ser acessada no Portal da Educação, o www.educacao.ba.gov.br

O secretário da Educação do Estado da Bahia, Osvaldo Barreto, destaca que a contratação dos professores Reda vai trazer vários benefícios para os estudantes e para os professores. “Com os professores, que passaram por uma seleção, estamos garantindo a se­gunda meta do pro­grama Educar para Trans­formar, que busca ga­rantir que todas as cri­anças e jo­vens te­nham de­sem­penho ade­quado às suas sé­ries e su­cesso na tra­je­tória es­colar”, afirmou Osvaldo Barreto.

O secretário ressaltou que, além disso, com o processo seletivo, “os pro­fes­sores irão fazer parte do sis­tema in­te­grado de re­cursos hu­manos do Es­tado, tendo vantagens como o pa­ga­mento pre­visto em ta­bela pu­bli­cada pela Se­cre­taria da Fa­zenda do Es­tado, ao plano de saúde Planserv e terão direito ao 13º sa­lário e fé­rias após um ano de tra­balho”, afirmou.

A partir da convocação, o pro­fessor tem um prazo de dez dias para as­sumir, caso não o faça, abrirá o precedente para a con­vo­cação de outros aprovados, de acordo com o nú­mero de vagas que foram dis­po­ni­bi­li­zadas. Do total de 6.145 vagas para esta se­leção Reda, 4.616 são para a Edu­cação Bá­sica, 1.282 para a Edu­cação Pro­fis­si­onal e 247 para a Edu­cação In­dí­gena. Vale des­tacar, que 30% das vagas foram re­ser­vadas aos can­di­datos ne­gros e 5% às pes­soas com de­fi­ci­ência.

MEU PROFESSOR

Felipe-de-PaulaFelipe de Paula | felipedepaula81@gmail.com

 

Algumas perguntas passaram pela minha cabeça, mas mesmo encontrando todas as respostas nenhuma poderia se comparar com a minha descoberta: – Meu professor comia acarajé!

 

Não sei se alguém já escreveu uma crônica sobre seu professor. Aliás, nem sei se isso é uma crônica. Apenas me senti tentado a escrever sobre essa figura de incrível unicidade que era o meu professor, ainda mais depois da incrível descoberta que tive na época da graduação: – Meu professor comia acarajé!

Não que o fato de comer acarajé seja algo fora do comum, mas dificilmente se imagina alguém como meu professor sentado em uma praça se deliciando com essa apimentada iguaria baiana. Aquela figura com um pequeno déficit de tecido adiposo, com os cabelos levemente escassos na testa, porém com volume na parte de trás da cabeça. Meu professor, sempre com seus óculos contornando seus olhos arregalados, sempre com camisas e calças que realçam seu “fino” porte físico. Ah! E sempre também com sua voz pausada, de fala elaborada, que em uma aula mais longa sempre provocaram sono em alguns (para não dizer todos) alunos.

Meu professor, que figura aquela! Esse homem que tinha no seu vocabulário algumas palavras do “informatiquês”. Sempre dizendo que as pessoas necessitam se “formatar”, as pessoas são “editadas”, ou até mesmo “deletadas”. Talvez, se dependesse da vontade do meu professor, uma comunidade vizinha à Universidade seria toda ela “deletada”.

Aquele meu professor que tinha mania de prever inovações do futuro, meu professor, que cheguei a imaginar que seria um androide que dava aula e em seguida era guardado no depósito da Universidade sendo acionado sempre que se fizesse necessária nova aula. Esse sujeito esfíngico que jamais imaginei ver realizando o ato de comer acarajé. Você pode achar estranha minha surpresa, mas, se você pudesse conhecer meu professor, também se espantaria com essa revelação: – Meu professor comia acarajé!

Após presenciar essa maravilhosa cena juntamente com minha então namorada, hoje esposa, ficamos os dois imaginando um pouco da vida do meu professor. Onde moraria? Com quem moraria? O que fazia para se divertir? Gostava de música? Que tipo? Essas foram algumas das perguntas que passaram pela minha cabeça, mas mesmo encontrando todas essas respostas nenhuma poderia se comparar com a minha descoberta: – Meu professor comia acarajé!

Ver aquela figura degustar seu acarajé acompanhado de uma Coca-Cola (obs.: Ele até arrotou quando bebeu!!!!) foi um momento que eu sabia que ficaria – e ficou – em minha memória por um longo tempo.

Mas não faça uma imagem ruim do meu professor. Ele pode ser diferente, mas é boa pessoa. Porém, sei que ainda chegará o dia em que revelarei uma grande história à minha filha: – O meu professor comia acarajé.

Felipe de Paula é professor da Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB).

SER PROFESSOR

Jaciara Santos PrimoreJaciara Santos | jaciarasantos@primoreconsultoria.com.br

 

Apesar de saber que estamos em uma sociedade em que não existe grande reverência à profissão de professor. De modo que se torna cada dia mais desafiador desempenhar tal papel.

 

 

Quando era criança, no caminho para a escola, ouvia uma voz que mencionava:  ̶ Já vai passando a professorinha.

Tratava-se de um vizinho, que teimava em articular tal profecia. Eu ficava extremamente irritada e imediatamente retrucava:  ̶ Professora, nunca!

Naquela época, tinha a visão de que professor não seria a melhor profissão a seguir. O tempo foi passando e fui buscar especializar-me, estudar, perseguir a tão desejada qualificação profissional. De repente encontrei-me numa sala de aula e lembrei da frase que ouvia repetidamente, naqueles anos idos. Percebi, então, que aquela tão “temida”profecia se cumprira.

Hoje, quando entro em sala de aula, sinto-me inteiramente realizada profissionalmente e dei um novo significado àquele sentimento tão limitado perante tão grandiosa profissão.

Ser professor é um nobre ofício. Apesar de saber que estamos em uma sociedade em que não existe grande reverência à profissão de professor. De modo que se torna cada dia mais desafiador desempenhar tal papel.

Ainda mais por isso, desejo a todos que tem esse legado, muita força, determinação, ânimo, resiliência e, acima de tudo, muito amor. Pois ser professor é mais que uma profissão, é uma missão de vida!

Ensinar
é um exercício
de imortalidade.
De alguma forma
continuamos a viver
naqueles cujos olhos
aprenderam a ver o mundo
pela magia da nossa palavra.
O professor, assim, não morre
jamais…                                           Rubem Alves

Jaciara Santos é coach e coordenadora de processos.

CONCURSO PÚBLICO ABRIRÁ 7,1 MIL VAGAS PARA PROFESSOR NA BAHIA

concursosO governo baiano anunciou ontem (4) realização de concurso público para contratação de 7.131 professores para o Ensino Fundamental e Médio. O certame deverá ocorrer no primeiro semestre de 2016.

De acordo com a Secretaria Estadual da Administração (Saeb), os aprovados no concurso substituirão 6.134 professores contratados neste ano por meio do Regime Especial de Direito Administrativo (Reda), enquanto 986 suprirão vagas deixadas por professores que se aposentarão em 2016.

Segundo a Saeb, o Estado já extinguiu cerca de 6 mil contratos precários, a exemplo do PST (Prestador de Serviço Temporário). Já os contratos via Reda, deverão ser extintos em 2016, a partir da homologação e contratação dos aprovados em concurso ainda a ser realizado.

Ainda de acordo com a Saeb, a contratação de 7.131 por meio de concurso público terá impacto de R$ 138,4 milhões por ano nas contas estaduais, apenas a título de custeio com salário. “O valor evidencia o compromisso do Governo da Bahia com a educação e o esforço para manter os investimentos nessa área, mesmo diante do período de baixa arrecadação pelo qual passa o país”, informa nota da Saeb.

PROFESSOR É PRESO ACUSADO DE MANDAR MATAR ESPOSA

Professor mineiro foi preso dezenove anos após crime.

Professor mineiro foi preso dezenove anos após crime.

O professor Roberto Gomes da Silva, de 60 anos, apontado como mandante da morte da mulher, Alba Valéria Rios, com quem conviveu por 16 anos, foi preso, na quarta-feira (2), por investigadores da 8ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin), de Teixeira de Freitas. A polícia cumpriu mandado de prisão preventiva, expedido pela Justiça de Minas Gerais, onde o crime ocorreu.

Alba foi assassinada no bairro Palmares, em Belo Horizonte, em 1996, ano em que Roberto mudou-se para Bahia, onde chegou a dar aulas numa faculdade, no extremo sul. Atualmente trabalhava dando aulas particulares, em Teixeira de Freitas.

O Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), da Polícia Civil de Minas Gerais, estava cuidando do caso e solicitou auxílio da polícia baiana assim que descobriu seu paradeiro na Bahia. Ele está custodiado na sede da Coorpin/Teixeira de Freitas, aguardando transferência para aquele estado.

SEC DIVULGA RESULTADO DE PROCESSO SELETIVO PARA PROFESSOR

EducaçãoA edição desta quinta (27) do Diário Oficial do Estado traz a relação dos professores aprovados no processo seletivo da Secretaria de Educação. Serão preenchidas 6.145 vagas por meio do Regime Especial de Direito Administrativo (Reda). As provas foram realizadas em 26 de julho.

Das vagas, são 4.616 para a Educação Básica, 1.282 para a Educação Profissional e 247 para a Educação Indígena. Das vagas disponíveis, 30% são reservadas a candidatos negros e 5% a pessoas com deficiência.

A lista divulgada nesta quinta-feira contempla todos os classificados, ou seja, todos os aprovados de acordo com os critérios previstos no edital. No entanto, somente serão convocados, de forma imediata, os aprovados de acordo com o número de vagas que foram ofertadas.

:: LEIA MAIS »

SELEÇÃO DA UFOB CONTRATA 86 PROFESSORES. SALÁRIO PODE CHEGAR A R$ 8,6 MIL

UFOB abre vaga para 86 professores em várias áreas (Foto Divulgação).

UFOB abre vaga para 86 professores em várias áreas (Foto Divulgação).

A Universidade Federal do Oeste da Bahia (UFOB) vai realizar processo seletivo para a contratação de 86 novos professores. As vagas são para os campi de Barra (12 vagas), Barreiras (57), Bom Jesus da Lapa (5), Luís Eduardo Magalhães (7) e Santa Maria da Vitória (5). Salário varia de R$ 2.173,85 (professor com graduação) a R$ 8,6 mil (com título de doutorado).

As inscrições custam R$ 95,00 R$100,00 e R$ 115,00 para os cargos de professor Auxiliar, Assistente e Adjunto, respectivamente, e começaram nesta quarta-feira (20) no site www.concursos.ufob.edu.br.

Os candidatos inscritos no Cadastro Único para programas sociais do Governo Federal  podem solicitar isenção de pagamento da inscrição até o dia 29 de maio. Haverá reserva de vagas para os candidatos com deficiência física e para negros, conforme estabelecido em lei.

PROVAS

As provas serão realizadas a partir de 20 de julho de 2015, em local a ser definido posteriormente. Das vagas oferecidas, 16 exigem apenas a graduação em Medicina, com 20 horas de trabalho,  uma Engenharia Civil e áreas afins, uma em Design e uma em Comunicação Social, com 40 horas. As demais são para mestres e doutores, em regime de 40 horas com Dedicação Exclusiva. Mais informações podem ser acessadas no edital.

CHIADEIRA DE PROFESSORES EM ILHÉUS

boca_no_trombone1Professores contratados por meio de seleção pública no ano passado, em Ilhéus, reclamam que estão sendo obrigados a fazer nova seleção pública, mesmo sem ter encerrado os seus contratos. Uma professora disse ter sido contratada em setembro passado e foi obrigada pela diretoria da escola a fazer a seleção. Do contrário, teria o contrato de um ano encerrado seis meses antes. A inscrição na nova seleção começou hoje (2).

– Desrespeitam nossos direitos. Não vou sujar minha carteira. Participei da outra seleção, fui contratada e agora querem fazer isso. Tenho colegas contratados em dezembro. Também estão sendo obrigados a fazer a nova seleção – disse uma das vítimas.

O ano letivo de 2014 em Ilhéus encerra-se em 18 de março, devido às greves ocorridas desde o início da atual gestão. A nova seleção pública oferece o piso para professores com nível superior e jornada de 40 horas (R$ 1.917,78) e abaixo do piso para educador com nível médio (R$ 1.576,00).

Ilhéus, há dois anos, não paga o piso nacional do magistério. Alega ter que pagar a menos por força da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), que limita os gastos com pessoal a 54% das receitas líquidas.

ITABUNA PARCELA REAJUSTE DO PROFESSOR

salário professor

Os professores da rede municipal de Itabuna terão reajuste escalonado. Em assembleia, a categoria definiu que a condição somente será aceita se 5,31% forem concedidos já em abril e 2,91% em julho. A proposta será analisada pelo prefeito Claudevane Leite.

O reajuste parcelado vale para os profissionais dos níveis II e III. Já os professores do nível básico tiveram aumento integral, de 8,32%, no início do ano, seguindo o definido na política de piso nacional do magistério.

SALVADOR: FACULDADE CONTRATA PROFESSORES

A Faculdade Ruy Barbosa, em Salvador, abriu vagas para seleção de professores nas áreas de Administração, Ciências Contábeis, Computação e Gastronomia.

As vagas são para lecionar disciplinas de Direito Empresarial e do Consumidor, Contabilidade Avançada e Gerencial, Rede de Computadores e Tecnologia de Alimentos Patisserie.

O curriculum deve ser enviado para o email rh@frb.edu.br. Ao encaminhar a mensagem, o candidato deve informar o assunto “vaga professor faculdade Ruy Barbosa”.

PREFEITURA DE ILHÉUS OFERECE 158 VAGAS PARA PROFESSOR SUBSTITUTO

A Secretaria de Educação de Ilhéus abriu 158 vagas para professores da Educação Infantil, Ensino Fundamental, Educação de Jovens e Adultos (EJA) e intérprete de Libras. O prazo de inscrições na seleção pública vai até amanhã, 16. A contratação será feita por meio de avaliação de currículo.

CONFIRA EDITAL E FORMULÁRIO

As inscrições são no modo presencial, feitas na sede da secretaria, na Avenida Soares Lopes, 840, centro, das 9h às 11h30min e das 14h às 17h30min. O candidato, conforme edital, deve apresentar currículo, ficha de inscrição preenchida e assinada e diploma ou certificado de licenciatura. São aceitas inscrições por procuração.

Para quem vai concorrer a vaga de intérprete de Libras, é exigido que apresente o certificado de habilidade. A remuneração varia de R$ 725,50 a R$ 1.623,57 e R$ 811,79, a depender da carga horária. A validade da seleção pública é de seis meses.

ELES ESTÃO DE VOLTA

As aulas nas universidades brasileiras já começaram. Os meninos d´Os Carai-BA retomaram a série de vídeos. A vítima agora é aquele professor… O exibicionista, o maracugina…

REAJUSTE DOS PROFESSORES DO ESTADO SEGUE PARA SANÇÃO

A Assembleia Legislativa da Bahia enviou para sanção do governador Jaques Wagner o projeto de lei que assegura o cumprimento do piso nacional para os professores do Estado e o que reestrutura a tabela de vencimento da categoria. As duas matérias foram aprovadas pelos deputados na terça-feira, 24, em uma sessão tumultuada pelos protestos da turma do magistério.

O PL nº 19.779/2012 assegura o cumprimento do Piso Nacional da Educação para os 5.210 professores da rede estadual com formação em nível médio, integrantes de uma carreira em extinção. O salário desta classe do magistério será de R$ 1.659,70 (40 horas semanais), superior ao piso nacional.

O projeto garante também aos profissionais com nível médio a possibilidade de ascensão ao Plano de Carreira do Professor até 31 de dezembro de 2016, com a conclusão de curso de licenciatura, sem a necessidade de prestar concurso público. Atualmente, 1.728 professores estão cursando licenciatura com apoio do governo. Desses, 338 são da carreira em extinção.

Já o projeto de lei nº 19.778/2012 reestrutura a tabela de vencimento, reajustando em 4,66% o salário dos professores licenciados no primeiro grau da carreira.

 

“A INTERNET É UM FAROESTE MODERNO”

Criador do Blog de Redação, considerado um dos dez melhores dessa modalidade no Brasil, o professor itabunense Gustavo Atallah Haun acredita que a escola deve compreender e conviver com a nova realidade trazida pela internet. “Aproveitar o que se tem e acrescentar o novo” – é o que ele prega nessa entrevista concedida ao PIMENTA, na qual o professor fala também sobre sua experiência na blogosfera e o que pensa sobre os blogs da região. Um bate-papo bem interessante, que você confere nas linhas abaixo:

 

PIMENTA – De onde surgiu essa ideia de criar um blog sobre redação?

Gustavo Haun – Olha, eu tinha uma sensação, como articulista diletante de jornal escrito, de não ter respaldo, de ter pouco retorno dos leitores. Sentia-me como um pregador no deserto. São mais de duas centenas e meia de textos publicados no Diário de Ilhéus, alguns no Jornal Agora e no Diário Bahia. Um número considerável para um amador. Mas havia esse vazio. Com a experiência de publicar alguns artigos aqui no Pimenta na Muqueca, que sempre me abriu as portas, vi que o resultado era imediato. Então, tive uma sacada com a disciplina que ministro aula: que tal postar tudo o que escrevi, a minha experiência de 11 anos de sala de aula e tal? Daí surgiu, despretensiosamente, o blog.

PIMENTA – Seus alunos acessam o blog? O que eles acham?

GH – Meus queridos alunos são sujeitos privilegiados que nasceram com essa ferramenta, para mim pedagógica, para eles de mero entretenimento. Eles acessam e vão me dando dicas: faça assim, faça assado… Mas a maioria que frequenta o blog é de cursinhos para concurso, pré-vestibulares e pré-Enem, tem uma busca mais objetiva, pois evito textos engraçadinhos, rasteiros, só para fisgar alunos. A minha meta é o bom conteúdo, prezo por isso. Evito que se torne um consultório gramatical ou redacional, algo assim.

PIMENTA – Legal quando você chama seu blog de “pedacinho de chão virtual”. Como você se sente nesse terreno relativamente novo e ao mesmo tempo já tão complexo e abrangente, que é a internet?

GH – Um peixe fora da água tentando se aprumar. É um mar de informações, ondas de opiniões, de doideras de todos os lados, respaldados ou não. Não sei como as gerações futuras farão para filtrar tudo isso… Liberdade demais, talvez, pode levar ao caos, não sei. A internet é um faroeste moderno, terra de ninguém, e de todos ao mesmo tempo. Mas depois da sacada inicial e de assistir ao belíssimo filme Escritores da Liberdade (2007) vi que era possível fazer o link com o que pretendia.

 

A sala de aula pode ser uma coisa muito, muito chata, insuportável até, quando a relação lá existente é baseada em interesse de nota ou em pura obrigação.

 

 

PIMENTA – Em um artigo postado no seu blog, você afirma que a escola perdeu a antiga condição de templo sagrado e único do saber. Já que as evidências indicam que esse é um processo irreversível, o que a escola precisa fazer para conviver com a nova realidade?

GH – Se adaptar aos tempos modernos, meu caro. O homem é moldável, a educação tem que entrar nesse balaio de gato, afinal, ela é o resultado de homens e de práticas. Frases como a de Rosely Sayão, tão famosas no meio educativo, como “Não há Educação sem repressão”, felizmente ou infelizmente, estão absolutamente fora de moda. A parada do momento agora é incluir, é aproveitar o que se tem e acrescentar o novo. A internet pode, e deve, ser usada com esse fim, tendo o cuidado com o caos que falei acima, não cair em um liquidificador cultural louco e sem nexo.

PIMENTA – Quais são as dores e as delícias de ser professor?

GH – Poxa, já escrevi vários textos sobre isso… A sala de aula pode ser uma coisa muito, muito chata, insuportável até, quando a relação lá existente é baseada em interesse de nota ou em pura obrigação. Então, pode ter sentido Paulo Mendes Campos afirmar que “aprender é uma mutilação”. Porém, há os gozos, há os momentos em que tudo vale a pena e que penso que escolhi o caminho certo. Por exemplo, recentemente postei um texto nota dez de uma aluna do segundo ano do Ensino Médio. Nessas horas, bate um orgulho de ser professor, apesar de que a pessoa que escreve é quem tem o mérito total do que escreveu. Eu só oriento, mostro caminhos, possibilidades. O escrevente é quem resolve, com o seu mundo, com suas leituras prévias, com a sua linguagem. Desculpem o lugar comum, mas a expressão que poderia sintetizar tudo isso que estou falando é “padecer no paraíso”.

PIMENTA – Falando de blog, o que você acha da blogosfera regional? Você acha que os blogs da terrinha cumprem um papel importante? O que lhes falta?

GH – Eu sou frequentador assíduo dos blogs grapiúnas, alguns inclusive estão linkados no meu. Gosto de muitos, mas sinto falta de blogs culturais na nossa região: os nossos artistas ainda não descobriram esse portal interessante e essa força incrível que é a internet. Alguns blogs jornalísticos – que não acesso – exploram a desgraça alheia; outros viraram palanque de figurinhas políticas carimbadas. Sei que a imparcialidade da imprensa é uma utopia, mas acho que deve ser perseguida, em nome da ética, da boa informação. Penso que os blogs, muitos discípulos do nosso Pimenta, cumprem, hoje, quem sabe, o papel que o jornalismo escrito não vem cumprindo em nossa cidade e região.








WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia