WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


alba

workshop










setembro 2019
D S T Q Q S S
« ago    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  

editorias






:: ‘psicologia’

A ÉTICA DO PSICÓLOGO EM ATUAÇÃO

Barbara_AndradeBárbara Andrade | barbarpsi@gmail.com

 

O psicólogo (…) deverá cumprir com ética, sigilo e, sobretudo, respeito ao paciente que vem até ele “falar” de suas dores, angústias, fragilidades, medos e frustrações.

 

No dia 27 de agosto, a Psicologia estará completando 55 anos de longas e densas caminhadas. Chegamos até aqui com a bandeira de que “Toda Psicologia nos interessa” (Conselho Federal de Psicologia – CFP). Começo meu texto parafraseando o CFP, pois a Psicologia deve estar onde existam sujeitos, seja nos âmbitos social, jurídico, saúde, organizacional, educação, clínica, judiciário, trabalho, escolar, hospitalar etc.

A prática em psicologia nasceu quando Wilhelm Wundt instalou e pôs em funcionamento em 1879, na Alemanha, na Universidade de Leipzig, o primeiro laboratório de pesquisas e práticas exclusivamente devotado à Psicologia.

A regulamentação da profissão foi um marco muito significativo na História da Psicologia no Brasil. Em meados da década de 40, as primeiras ideias sobre regulamentação e formação começaram a ser expostas publicamente, percorrendo a década de 50, quando vários anteprojetos, pareceres, substitutivos e emendas foram discutidos por vários grupos organizados da sociedade civil, assim como por diferentes comissões do Ministério de Educação e Cultura. Continuou na década de 60, quando a Lei 4119 foi aprovada, os primeiros cursos regulares de graduação segundo as propostas legais foram organizados, os registros de profissionais já formados em cursos de especialização e/ou já atuando na profissão foram efetuados.

A atuação do profissional em Psicologia está pautada e regulamentada no Código de Ética, que entrou em vigência em 27 de agosto de 2005, que só poderá ser alterado pelo Conselho Federal de Psicologia, por iniciativa própria ou da categoria, ouvidos os Conselhos Regionais de Psicologia, conforme cita o paragrafo 25.

Um dos papéis fundamentais do Psicólogo é promover saúde mental das pessoas e do coletivo as quais estão inseridas. A profissão já venceu vários obstáculos e ainda faltam tantos outros a serem vencidos. A atuação tem sido um tanto quanto árdua, pois a importância desta ciência, desta pratica, ainda não é reconhecida como deveria pelas esferas públicas e privadas, que não reconhecem que a presença deste profissional é de suma importância na promoção de saúde mental e desenvolvimento psíquico do sujeito.

O psicólogo ao atender o paciente/cliente (estas denominações dependem da abordagem ou teoria a que se baseia o profissional) deverá cumprir com ética, sigilo e, sobretudo, respeito ao paciente que vem até ele “falar” de suas dores, angústias, fragilidades, medos e frustrações.

É crime o psicólogo compartilhar, falar ou comentar de seus atendimentos a familiares dos pacientes (exceto quando estes pacientes se tratar de crianças, adolescentes ou pessoas com transtornos mentais.) ou amigos, em redes sociais, em locais públicos ou pessoas que não estejam implicadas profissionalmente no processo do paciente.

O psicólogo só poderá informar acerca de seus atendimentos por meio de pareceres, laudos ou relatório destinado a partes interessadas ou por meio judicial. Termino meu texto reformulando a frase que iniciei este texto: Todo sujeito nos interessa.

Bárbara Andrade é psicóloga e atua nas áreas social, clínica e de saúde. Ela também mantém o Descortine-se.

PROUNI OFERECE 476 BOLSAS EM FACULDADES DE ILHÉUS E ITABUNA

Inscrições no Prouni vão até dia 3 (Foto Pimenta).

Inscrições no Prouni vão até a próxima sexta-feira (Foto Pimenta).

Estudantes que fizeram o último Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e desejam disputar bolsas do Programa Universidade para Todos (Prouni) terão 43 opções de cursos superiores em faculdades de Itabuna e outras 25 opções em Ilhéus. No total, são 476 bolsas integrais e parciais, de acordo com o Ministério da Educação (MEC). As inscrições para concorrer às vagas começaram hoje (31) e terminam no próximo dia 3.

As faculdades em Itabuna oferecem 327 bolsas integrais e 6 bolsas parciais pelo programa. Dentre as instituições com vagas pelo Prouni, estão a FTC e a Unime. Dentre os novos cursos oferecidos em Itabuna pelo Prouni, está Medicina Veterinária, na FTC, com 2 bolsas, ambas integrais.

Já em Ilhéus, as instituições particulares de ensino superior disponibilizam 69 bolsas integrais e 74 parciais, conforme levantamento feito pelo PIMENTA. As opções são para aulas presenciais e a distância.

Administração e Direito são os cursos que oferecem mais bolsas pelo Prouni em Itabuna, com 31 e 30 vagas, respectivamente. Outras opções bastante concorridas e com bom número de bolsas são os cursos de Enfermagem (23), Engenharia Civil (22) e Psicologia (14).

As maiores ofertas de bolsas em faculdades de Ilhéus são para Enfermagem (15), Direito (14) e Administração (13). Dos cursos mais caros, Odontologia (Faculdade de Ilhéus) tem oferta de 4 bolsas, todas integrais. A mensalidade deste curso custa R$ 1.891,00, segundo informado pela instituição ao MEC.

CRITÉRIOS DO PROUNI

 

Para participar do Prouni, o estudante precisa ter obtido 450 pontos, na média, no Enem, e não ter zerado a prova de redação.

O candidato precisa, ainda, ter estudado o Ensino Médio em escola pública ou ter sido bolsista integral na rede particular. Pessoas com deficiência podem disputar bolsa, independente da escola em que tenha estudado.

Professores da rede pública e que estejam no exercício da profissão também podem concorrer, sem precisar comprovar renda.

RENDA

A renda bruta familiar mensal não pode ser superior a um salário mínimo e meio para bolsas integrais. Para disputar bolsa parcial, a renda não deve superar três salários mínimos.

ITABUNA TERÁ CURSOS DE ODONTOLOGIA E MEDICINA EM 2016

Curso será oferecido na Unime Itabuna.

Curso será oferecido na Unime Itabuna.

O primeiro curso superior de Odontologia será oferecido por uma faculdade particular em Itabuna em 2016. A Unime anunciou o lançamento do curso, além da oferta de vagas em Biomedicina, antes disponível apenas na Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) e Madre Thaís na região cacaueira.

Serão 320 vagas anuais no campus itabunense da faculdade com as primeiras turmas formadas já no primeiro semestre.

Os dois cursos de bacharelado integrarão a área de saúde. A faculdade oferece, na mesma área, cursos de Enfermagem, Fisioterapia, Psicologia, Educação Física e Farmácia da instituição.

FACULDADE DE MEDICINA

O número de vagas de ensino superior na área de saúde, no município, aumentará ainda mais em 2016, quando Itabuna ganha primeira faculdade de Medicina.

Serão 80 vagas por semestre, oferecidas pelas Faculdades Santo Agostinho, que venceu o edital do Programa Mais Médicos. Das vagas, dez por cento serão reservadas a bolsistas.

PESQUISA REVELA ESTADO DAS PRAÇAS DE ITABUNA; EMPRESAS ADOTAM ESPAÇOS

Alunos da Unime durante ação na  praça do Vila Zara.

Alunos da Unime durante ação na praça do Vila Zara.

Um levantamento em 38 praças públicas de Itabuna concluiu que 90% dos itens de mobiliário são ruins, não têm conservação ou necessitam de reforma. O trabalho foi feito por estudantes e professores de Arquitetura e Urbanismo e de Psicologia da Unime.

No diagnóstico, foram avaliados desde bancos, sistema de iluminação, lixeiras, sanitários, equipamentos para exercícios e pontos de ônibus e de táxis nestes espaços. Ao avaliar por sistema de notas, as praças obtiveram conceito entre 0,5 e 1,5.

O projeto de avaliação pós-ocupação das praças já analisou e catalogou 20 praças. Com a divulgação dos primeiros resultados do projeto, prefeitura e empresas privadas iniciaram a reforma dos espaços. A ação é feito por meio de adoção de praça por parte de empresas.

A primeira do projeto a ser adotada foi a Pastor Hélio Lourenço, antiga Praça da Cotef, na Beira-Rio, que será requalificada e reurbanizada. O espaço é utilizado para a prática de esportes como vôlei de areia e futevôlei. Foi adotado pelo Shopping Jequitibá.

– As pesquisas e análises obtidas em nosso projeto, contribuíram para a adoção das praças e para a realização do projeto Adote uma Praça, da Prefeitura Municipal de Itabuna, em parceria com empresas locais, que através dos dados coletados, identifica as deficiências do local e propõe uma reforma com o intuito de atender as necessidades e solicitações da população –  diz a professora Simone Gualberto, da Unime.

TJ-BA DIVULGA EDITAL PARA 1,3 MIL VAGAS DE ESTÁGIO PARA NÍVEIS MÉDIO E SUPERIOR

 

Seleção pública abre 1,3 mil vagas em comarcas da capital e interior (Foto TJ-BA).

Seleção pública abre 1,3 mil vagas em comarcas da capital e interior (Foto TJ-BA).

O Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) publicou edital de processo seletivo para a contratação de 1,1 mil vagas de estágio de nível superior, além das 200 vagas para nível médio. A publicação ocorreu nesta segunda (14), na edição eletrônica do Diário da Justiça.

CONFIRA O EDITAL

As vagas disponíveis para nível superior são para estudantes dos cursos de Direito, Administração, Engenharia Civil, Engenharia Elétrica, Tecnologia da Informação, Psicologia, Arquitetura, Enfermagem e Serviço Social. É preciso ter pago, pelo menos, 50% das matérias.

Das 1,3 mil vagas, 5% estão reservadas a pessoas com deficiência, conforme edital. A seleção será feita pela Metrópole, vencedora de licitação do TJ-BA.

As inscrições começam amanhã (16) e vão até dia 31 de julho. Já as provas, serão aplicadas no dia 17 de agosto. A divulgação dos resultados está prevista para o dia 29 de agosto.

As vagas de nível superior serão distribuídas entre comarcas de Salvador e do interior. As de nível médio são apenas para a capital.

MATERIAL DESCARTÁVEL

Karoline VitalKaroline Vital | karolinevital@gmail.com

Com toda propaganda ostensiva do FIES – inclusive no boleto das mensalidades – a instituição demonstra total desinteresse em manter os alunos.

O setor era um grande vão, organizado por divisórias de MDF. A maior parte dos funcionários pareciam clones das cunhadas gêmeas do Homer Simpson, mas sem os cigarros pendendo no canto da boca. Olhar vitrificado, expressão facial de como se tivessem acabado de engolir um remédio amargo.  A fala no ambiente era baixa, com poucas inflexões. E, ao redor, o contraste de toda alegria dos jovens estampados nos cartazes, na celebração de terem alcançado o grande triunfo do nível superior, pagando os juros colossais do Financiamento Estudantil.

Aguardava na fila a minha vez de pegar o reembolso da minha matrícula. Tinha sido aprovada em primeiro lugar para o curso de psicologia. Quando prestei o vestibular, fui criticada por familiares e amigos, que julgavam bobagem eu enfrentar outra graduação. “Você deve tentar um mestrado ou um concurso público”, ouvi de alguns. Mas psicologia era algo que sempre me empolgou. Sou fascinada pelo comportamento humano, como somos bichinhos pretensiosamente mais espertos que os outros, mas primitivamente tão previsíveis.

A gente faz planos para a vida, mas o destino às vezes disponibiliza rumos totalmente diferentes dos idealizados, acabei não tendo condições para arcar com os compromissos financeiros para entrar no curso logo no primeiro semestre. Assim, na primeira semana do ano, procurei a secretaria acadêmica para solicitar a manutenção da minha vaga para o segundo semestre, explicando todas as minhas razões.

As moças que me atenderam até foram simpáticas e me deram o prazo de 72 horas para uma resposta via email. O tempo passou e nada. Eu ligava para pedir algum posicionamento e nada. Fui à faculdade duas vezes e nada. Passaram-se duas semanas e a única resposta que obtive é que meu requerimento estava sendo analisado. E mais nada.

Com a proximidade do início das aulas próximas e a falta de qualquer parecer, decidi cancelar minha matrícula. Foi algo dolorido, contudo o mais racional. Pedi outro requerimento e fui ao setor financeiro. Quando entreguei o papel, o funcionário sequer me perguntou o motivo pelo qual eu pedia o meu desligamento prematuro. Explicou-me os procedimentos com naturalidade e, no prazo estabelecido, enviou-me um email comunicando que o meu reembolso já estava disponível.

:: LEIA MAIS »

PROUNI OFERECE 657 BOLSAS EM ITABUNA E ILHÉUS. INSCRIÇÃO JÁ COMEÇOU

Prouni 2014

______________________________________________

Arquitetura e Urbanismo, Enfermagem, Farmácia
Logística e Odontologia estão entre opções de curso

As inscrições no Programa Universidade para Todos (Prouni), do Ministério da Educação, começaram nesta madrugada de segunda (13) com a oferta de 657 bolsas  integrais e parciais em faculdades privadas em Ilhéus e Itabuna. O prazo de inscrição encerra-se na sexta (17). O resultado da primeira chamada está previsto para dia 20.

O programa federal oferece 590 bolsas integrais e 67 parciais em faculdades das duas maiores cidades do sul da Bahia. As bolsas parciais são oferecidas apenas por instituições de ensino superior em Ilhéus.

A maioria das vagas está em Itabuna, onde são disponibilizadas 439 bolsas, todas elas integrais e divididas por 21 cursos nas faculdades Unime, Unopar, Uniasselvi e Unisa, de acordo com levantamento feito pelo PIMENTA com base nos dados do MEC. As instituições privadas ilheenses oferecem total de 218 bolsas, boa parte na modalidade ensino a distância, em 20 cursos.

CLIQUE AQUI PARA INSCRIÇÃO NO PROUNI

Para a inscrição, o MEC solicita o número de inscrição no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) do ano passado, além da senha.

Além de ter participado do Enem 2013, o candidato precisa ter obtido nota média igual ou superior a 450 para poder se inscrever no Prouni. Outra condição é ter cursado o ensino médio em escola pública ou ter sido bolsista em escola particular e ainda não ter curso superior completo.

BOLSA INTEGRAL OU PARCIAL?

O candidato pode disputar bolsa integral no Prouni caso a renda bruta familiar mensal por pessoa seja igual ou inferior a um salário mínimo e meio (R$ 1.086,00). Já para concorrer à bolsa parcial, a renda bruta familiar deve ser de, no máximo, três salários mínimos (R$ 2.172,00) por pessoa. No leia mais, confira a oferta de cursos e de vagas em Ilhéus e Itabuna. :: LEIA MAIS »

PSICÓLOGA MORRE APÓS CIRURGIA BARIÁTRICA

Valéria morreu vítima de complicações cirúrgicas (Reprodução Pimenta).

A psicóloga Valéria Passinho de Sousa, 31, faleceu nesta noite de sexta, 3, em Itabuna, vítima de complicações vítima de complicações decorrentes de cirurgia para redução de estômago.

O corpo está sendo velado no Santa Fé, ao lado do cemitério Campo Santo, em Itabuna, onde ocorrerá o sepultamento, às 15h deste sábado, 4.

Valéria tinha militância política e era filha do servidor público federal Francisco Gilton (Gilton da Ceplac), ex-militante do PT de Itabuna. Ela havia se formado em psicologia pela Unime de Itabuna.

SALVADOR: ESTUDANTE DE PSICOLOGIA MATA FILHO E ESCONDE CORPO NO CANIL

Uma universitária de 19 anos, do curso de psicologia, matou o próprio filho logo após o seu nascimento. O crime aconteceu na semana passada, no bairro de Itapuã, em Salvador, mas somente nesta terça-feira (30) veio ao conhecimento do público. A polícia não revelou o nome da criminosa, que está respondendo em liberdade, porque não houve flagrante.

A estudante, natural de Terra Nova (75 km de Salvador), mudou-se para a capital com o objetivo de cursar o ensino superior e mora com os tios, de quem escondeu a gravidez. Ela deu à luz uma menina, em seu quarto, sozinha.

Segundo depoimento à polícia, logo após o parto a estudante asfixiou a criança colocando papel higiênico em sua boca. Depois, com uma faca, desferiu golpes no corpo do bebê e o envolveu em um saco plástico, escondendo-o no canil nos fundos da casa. Informações do Uol.

NOVO SISTEMA DE AVALIAÇÃO DA FTC DESAGRADA

Estudantes protestam contra novo sistema de avaliação (Foto Pimenta).

Estudantes da FTC/Itabuna lotaram o auditório da instituição em protesto contra a obrigatoriedade da “Prova Vida” e de novos critérios de avaliação adotados neste semestre. Os estudantes reclamam, principalmente, do peso atribuído à prova multidisciplinar ao final de cada semestre. “Quem tira média sete na primeira e na segunda unidades tem que obter 80% de aprovação nesta prova mesmo assim”, afirma um grupo de alunos do curso de engenharia civil.

No método antigo, o aluno que obtivesse média sete nas duas unidades estaria aprovado e não precisaria se submeter à prova agora questionada – e que antes valia como crédito extra. Estudante de psicologia, Jamile Vieira disse que não é contrária à prova, mas cobra estrutura por parte da faculdade. Ela diz que está há duas semanas sem aula por falta de professores. “Nossa principal queixa é essa [a falta de professores]”.

O coordenador da Comissão Própria de Avaliação (CPA) da FTC, Alonso Góes Guimarães, reconhece que o aluno precisará ter uma média superior a 8 para ser aprovado caso zere ou falte à prova multidisciplinar. Alonso, no entanto, vê a prova como um ganho na aprendizagem. “O aluno podia não ter bom desempenho nas avaliações individuais e mesmo assim ser aprovado por causa das avaliações em grupo”, observa.

Para ele, a mudança aprimora a avaliação e aponta tanto a qualidade do ensino quanto do profissional que está sendo formado na instituição. No entendimento de Alonso, a implementação da prova exige que o aluno estude um pouco mais. Ele nega, no entanto, que a faculdade esteja interessada em reprovar o maior número de alunos, para gerar mais renda.

:: LEIA MAIS »

CRÔNICA DE UMA TARDE DE SEXTA-FEIRA

Janine Soub | nasombradoposte.blogspot.com

Voltei a outros assuntos, enquanto eu refletia Drummond: “Eta vida besta, meu Deus”!

Depois de uma manhã exaustiva no trabalho, recebi o convite de uma amiga para almoçarmos juntas. Às vezes saio desenergizada das profundidades alheias e preciso urgentemente de uma descontração. Então, aproveitamos para colocar o papo em dia, com nossas banalidades acompanhadas de dois chopes ao ponto. Só não estava nos planos o perfume das peruas na mesa ao lado nos inebriando mais do que o álcool.

Decidimos comer a sobremesa no seu apartamento, que fica em frente ao shopping onde estávamos. Enquanto ela preparava o mousse industrializado de chocolate com pedaços, peguei um livro de bolso de Caio Fernando Abreu e fui à varanda passar o tempo.

, piscar é uma espécie de vírgula que os olhos fazem
quando querem mudar de assunto.

Adorei esse trecho da página 60. Olhei para a frente e lá estava um segurança do shopping trabalhando, posicionado embaixo da árvore. Pensei: deve ser interessante trabalhar olhando a vida que ali circunda. Fiquei a imaginar o tanto de pessoas que transitam de lá para cá e de cá para lá!

O que será que passa na cabeça daquele sujeito a cada dia de trabalho? Que músicas ele fica ouvindo do rádio instalado dentro de sua cabeça? Eu ri sozinha imaginando como seria a voz de Silvano Salles, “o cantor apaixonado”, declamando suas dores ali, no interior daquele homem. Sua cabeça fazia meneios de um lado para o outro, já que a atenção é necessária e a postura deve ser sempre ereta.

De onde eu estava pude ver um arsenal de tipos e “tipas” elencados por roupas, modos de andar, com suas conversas que podiam ser ouvidas aos trechos, entrecortados por exclamações, tons de voz e expressões faciais. Ah, não posso esquecer: ele não usa carimbos, mas deve haver uma paranoia instalada em cada profissional da área de segurança, sempre a postos para identificar o perigo a qualquer momento. Há também o tempo que muda o tempo todo em Salvador… E ali os dias iam, do sol escaldante às chuvas frontais, dos turistas aos pedintes; sem falar no fumante, do lado de fora, alimentando o vício. Tem aquele que passa apressado, o que vai bem devagar, o estressadinho ao telefone celular… ou o perfume que fica no ar!

Pisquei de novo e percebi que minha amiga já estava me chamando pela terceira vez. O mousse estava servido. Era, enfim, a descontração que eu precisava. E voltei a outros assuntos, enquanto eu refletia Drummond: “Eta vida besta, meu Deus”!

Janine Soub é psicóloga.

PALESTRA DO GRUPO SE TOQUE

O grupo Se Toque, que apoia pacientes com câncer em Itabna, realiza palestra de educação em saúde no próximo dia 21, a partir das 10 horas da manhã, no auditório do Hospital de Olhos Beira-Rio. O evento é aberto ao público e a organização apenas solicita que cada participante faça a doação de um quilo de alimento.

O tema da palestra será “Em busca do significado” e quem ministra é a psicóloga Silvana Barra, especialista em Psicologia Transpessoal.

SUS COBRE CIRURGIA BARIÁTRICA EM ITABUNA

Itabuna é dos primeiros municípios do interior da Bahia onde o SUS custeará cirurgias de redução de estômago (bariátrica) para pessoas obesas. O assunto é tema de capa da revista Contudo, que destaca o esforço da ONG Casa do Obeso para que o procedimento fosse realizado no município. A instituição reúne cerca de 600 associados.

Desde o ano passado, o Hospital Calixto Midlej Filho, da Santa Casa de Misericórdia, está autorizado a realizar cirurgias custeadas pelo SUS. O Hospital de Base também poderá ser credenciado. Além do esforço da ONG, a edição da Contudo também traz uma entrevista com a psicóloga Samara Pitombo, que fala sobre a crise na (e os problemas da) adolescência. A edição desta semana já está nas bancas.

PSICÓLOGA CHAMA POLICIAL DE “CACHORRA”

Uma professora dirigia pela estrada Ilhéus-Itabuna e, de repente, é abordada por uma policial rodoviária. Checa daqui, checa dali, descobre-se que o extintor de incêndio do veículo está vencido. A policial ouve poucas e boas da educadora ao notificá-la devido à irregularidade.

O caso foi narrado pela própria professora em sala de aula na Unime-Itabuna. Não dispensando o adjetivo “cachorra” à policial, a psicóloga Conceição Vita disse aos alunos que a agente da Polícia Rodoviária Estadual não tinha dinheiro suficiente nem para a compra de um extintor e estava ali, querendo aplicar-lhe a multa…

A história caiu nos ouvidos do comandante da Polícia Rodoviária Estadual no sul da Bahia, Major Serpa, que, numa entrevista ao programa Tribuna Livre, apresentado por Costa Filho, repudiou a ação da educadora.

Agora, a ironia das ironias: a professora revelou o caso e fez os elogios públicos à policial durante uma aula de Ética Profissional, para alunos do 8º semestre do curso de Psicologia na faculdade Unime-Itabuna. O repórter Costa Filho afirma que nem a professora nem a direção da faculdade quiseram comentar o assunto.

UNIME CONTRATA DOCENTES

A Unime-Itabuna está contratando professores a Faculdade de Psicologia, para ministrar aulas das disciplinas Matriz do pensamento em psicologia (existencialismo) e Terapia familiar sistêmica. Currículos devem ser enviados para a faculdade até a próxima quinta-feira, dia 29.

Os emails disponíveis são curriculo.dh@unimeitb.com e psicologia.facsul@gmail.com. Informações podem ser obtidas pelos telefones (73) 2102-3070 ou 2102-3006.

PSICÓLOGO É SUSPENSO POR CONSELHO

A Comissão de Ética do Conselho Regional de Psicologia (BA/SE) impôs a Antônio José Baracho suspensão das suas atividades profissionais por 30 dias. A decisão foi tomada na última terça, 29, em Salvador, e tornada pública ainda ontem, dia 1º. O psicólogo foi denunciado ao Conselho em 2006 e o processo de investigação foi concluído agora. O ato é assinado pela presidente da comissão de ética do conselho, Maria Célia Vaz Queiroz. A suspensão se deve a infrações ao Código de Ética profissional do psicólogo, denunciado por uma cliente.






WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia