WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
cenoe





novembro 2018
D S T Q Q S S
« out    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  

editorias






:: ‘Rede Record’

HOMENAGEM AO “GLOBO ESPORTE” DETONOU DEMISSÃO DE PATRÍCIA ABREU DA RECORD

Patrícia Abreu foi demitida no final de agosto, quando entraria em férias || Foto Divulgação

Uma homenagem aos 40 anos do Globo Esporte, do qual foi apresentadora, teria sido o principal motivo da demissão de Patrícia Abreu da TV Itapoan, emissora afiliada da Rede Record em Salvador, aponta o site Notícias da TV. Segundo a publicação, uma resposta da jornalista a um seguidor no Instagram, dizendo que sentia saudades de apresentar o programa da concorrente provocou onda de prints (cópias) da mensagem e distribuição entre funcionários da Itapoan na sequência.

Patrícia, que é itabunense, foi a primeira mulher a apresentar a edição baiana do Globo Esporte na TV Bahia. Ela começou na televisão em uma emissora da Rede Record, a TV Cabrália, na década de 90, em Itabuna, de onde seguiu para a concorrente sul-baiana, a TV Santa Cruz, afiliada da Globo, e estava na TV Bahia, quando foi contratada pela Record, no ano passado, para apresentar o BA Record, na faixa das 19h.

A homenagem foi feita no Instagram, justamente no dia em que o Globo Esporte completava 40 anos no ar, em agosto passado. Vários seguidores elogiaram a jornalista por ela, apesar de estar na principal concorrente, fazer a menção ao programa, destacando personagens e a história do programa esportivo. A demissão ocorreu no dia anterior ao que seria o início das férias.

Ainda ao Notícias da TV, Patrícia disse ter sido surpreendida com a decisão dos diretores da TV Itapoan. Até procurou, dia após ser demitida, o diretor-geral da emissora do Bispo Macedo, porém Fábio Turcilho a ignorou durante encontro casual em um shopping da capital baiana.

AOS 30 ANOS, TV CABRÁLIA VOLTA ÀS ORIGENS COM INVESTIMENTO EM JORNALISMO

Tom e Silmara entrevistam Fernando Gomes || Reprodução TV Cabrália

A TV Cabrália decidiu voltar às origens ao ampliar o espaço dedicado à cobertura regional. Neste segundo semestre, a primeira emissora de televisão do interior do Nordeste/Norte brasileiro lançou dois novos telejornais.

Além do Balanço Geral, apresentado por Tom Ribeiro ao meio-dia, a emissora acompanhou as inovações da grade da Rede Record e lançou o Cabrália no Ar, das 8h às 854hmin, de segunda a sexta, e o BA Record, na faixa das 19h, de segunda a sexta.

Outra ousadia da emissora foi ampliar o horário reservado ao quadro A Hora da Venenosa, apresentado pela jornalista Silmara Sousa com Tom Ribeiro, e passou a ser diário, com duração de 30 minutos. O quadro abre espaço não apenas para os famosos no cenário nacional.

Artistas e personalidades regionais participam. A estreia da nova fase d´A Hora da Venenosa foi com o prefeito Fernando Gomes, há duas semanas. As redes sociais bombaram com os comentários e as respostas indiscretas do político (“homem que não gosta de mulher não é feliz na vida”; “cabaré agora é boate”).

Outra entrevista de grande repercussão foi a entrevista com o comediante Juninho Espoliano. “Vamos priorizar muito a questão local”, diz Silmara. Nesta quarta (20), o entrevistado será Luizinho, do Trio da Huanna, às 13h.

TV CABRÁLIA, UMA HISTÓRIA DE 30 ANOS

Maron, Ramiro, Nestor, Rui e Daniel idealizaram comemoração

Maurício, Ramiro, Nestor, Rui e Daniel idealizaram comemoração

No dia 12 de dezembro, a primeira emissora de televisão do interior nordestino, a TV Cabrália, completa 30 anos de inaugurada. Ubaldo Porto Dantas era o Prefeito de Itabuna, Waldir Pires era o Governador da Bahia e na presidência da República estava José Sarney.

O então Senador Luiz Viana Filho deu nome ao complexo televisivo, uma iniciativa do filho Luiz Viana Neto, associado a Enrique Marques Barros e outros companheiros que já comandavam a TV Aratu, em Salvador. A obra foi edificada em menos de seis meses, atuou inicialmente como afiliada da Rede Manchete, sendo mais tarde vinculada ao SBT, Rede Família e Record News e, como sendo autorizada a atuar como emissora geradora por pouco tempo atuou como emissora independente.

Hoje fazendo parte da Rede Record, a primeira televisão do interior nordestino é parte integrante da história recente das comunicações nas regiões sul, sudoeste e extremo-sul da Bahia, num ano rico para a imprensa regional, onde nasceram também o Jornal A Região, em abril e a Rádio Morena FM, em dezembro.

A SAGA DOS PIONEIROS

Equipe reúne 30 anos de história da emissora

Equipe reúne 30 anos de história da emissora

Nos seus primeiros seis anos sob o controle da família Viana, tendo como diretor geral o jornalista Nestor Amazonas, a emissora é ainda hoje considerada um marco nessa história, revolucionando as comunicações no sul da Bahia com a iniciativa da criação de novas agências publicitárias e a fomentação de novos profissionais, que mais tarde viriam a sair também dos cursos acadêmicos que surgiram.

Em dezembro de 2016 almoçaram no Bataclan, em Ilhéus, o primeiro Superintendente, Nestor Amazonas, o primeiro Chefe de Jornalismo, Daniel Thame, o primeiro Repórter, Maurício Maron, o primeiro Apresentador, Ramiro Aquino e o primeiro Diretor Comercial, Rui Carvalho. Desse encontro de pioneiros saiu a decisão de comemorar os 30 anos da emissora, reunindo em novembro, para não conflitar com os festejos oficiais da emissora, todos aqueles que quisessem o reencontro.

Já está próxima a data escolhida, 18 de novembro, um sábado, na Associação dos Funcionários da Ceplac, a partir das 9h, o que os organizadores estão chamando de Grande Encontro. Os contatos, por meio das redes sociais, emails e telefones, confirmaram mais de 100 presenças, que com os familiares, alcançam 130 pessoas.

Emissora completa 30 anos em dezembro

Emissora completa 30 anos em dezembro

BRASIL E EXTERIOR

Vem gente de várias regiões do Brasil e até de outros países. Tem profissionais morando na Alemanha, na Itália, nos Estados Unidos, em Portugal e outros na Bahia, Brasília, Ceará, Goiás, Mato Grosso, Minas Gerais, Pará, Paraná, Rio e São Paulo. A maioria permanece em Itabuna, Ilhéus.

Para a programação, além da feijoada com entrada de acarajé, está prevista música com os artistas da casa, interpretação de textos históricos, exposição de fotos de época e de artigos jornalísticos.

MORRE O JORNALISTA MARCELO REZENDE

Rezende lutava contra o câncer.

Marcelo Rezende lutava contra o câncer.

O jornalista Marcelo Rezende morreu neste sábado (16), aos 65 anos, na zona sul de São Paulo. Um dos maiores nomes do jornalismo brasileiro, o apresentador da Record TV lutava contra um câncer no pâncreas e no fígado desde o final de abril. A informação foi confirmada pelo Hospital Moriah, onde estava internado desde terça-feira (12).

Ainda não foram divulgadas informações sobre velório e enterro.

Com a coragem que o acompanhou ao longo da vida, o jornalista anunciou em rede nacional que estava com a doença. Durante uma entrevista ao Domingo Espetacular no início de maio, horas antes de ser internado pela primeira vez, Rezende disse que encararia a doença de frente.

O câncer agressivo o obrigou a deixar repentinamente o comando do Cidade Alerta, jornalístico que apresentava desde 2012. Foi nessa última etapa da carreira que Marcelo Rezende se reinventou como apresentador. Do R7.com

RECORD AFIRMA QUE DELAÇÃO DE PALOCCI ENVOLVE A GLOBO

Palocci envolve a Rede Globo em delação, segundo a Record || Foto Agência Brasil

Palocci envolve a Rede Globo em delação, segundo a Record || Foto Agência Brasil

Do Comunique-se

A Record TV dedicou 16 minutos de sua revista eletrônica semanal, o Domingo Espetacular, à exibição da matéria que tem como personagens centrais o ex-ministro da Fazenda e da Casa Civil Antonio Palocci e a maior emissora de televisão em audiência do país, a TV Globo.

Com reportagem de Luiz Carlos Azenha, o conteúdo levado ao ar nesta noite garante que as informações guardadas pelo político podem levar à investigação de denúncias envolvendo sonegação fiscal, criação de empresa de fachada no exterior e negócios fraudulentos para aquisição dos direitos de transmissão da Copa do Mundo de 2002.

Com a marcação de “exclusivo” na televisão e no R7, braço da Record na internet, a reportagem exibe na tela a nota publicada pela coluna Radar On-line no último dia 8. O espaço vinculado ao site da revista Veja e editado pelo jornalista Mauricio Lima garantiu que a delação de Palocci, que estaria “prestes a ser concluída”, conta com anexo relacionado a “questões fiscais” envolvendo a Globo. Na televisão, a reportagem do Domingo Espetacular diz que a emissora da família Marinho “quase quebrou” no início dos anos 2.000 por causa de “maus negócios”. Na época, segundo o material apresentado, o canal “montou um esquema” para adquirir os direitos de exibição da Copa do Mundo de 2002.

Sobre o assunto da transmissão do mundial de futebol realizado na Coreia do Sul e no Japão, Azenha se baseia em documentos da Receita Federal. De acordo com o repórter, os arquivos informam que “a Globo conseguiu comprar os direitos de transmissão da Copa do Mundo sem pagar impostos no Brasil”.

O jornalista ressalta que isso caracteriza uma “operação fraudulenta” — que ocorreu por meio da criação de uma empresa chamada Empire. A matéria destaca, contudo, que as investigações por parte da Receita Federal só começaram em 2005 e repercutiram na imprensa oito anos depois, em 2015, graças ao jornalista Miguel do Rosário — que falou do tema no blog O Cafezinho.

“A Globo deveria simplesmente ter comprado os direitos de transmissão e pago os impostos. E ela não fez isso. Ela criou uma série de empresas para que uma dessas empresas herdasse os direitos e esses direitos passem para a Globo como que por osmose”, disse Miguel do Rosário à equipe de produção da Record TV.

Com a declaração do jornalista, a matéria do Domingo Espetacular afirma que a emissora carioca usou “empresas de papel” para enviar capital a quatro países: Uruguai, Antilhas Holandesas, Países Baixos e Ilhas Virgens Britânicas (onde havia sido criada a empresa Empire). A Empire oficialmente comprou a exibição da Copa de 2002, sendo dissolvida após a negociação e tendo repassado seus bens à Globo. “Com essa manobra, a família Marinho deixou de pagar mais de R$ 170 milhões em impostos no Brasil”, enfatiza Azenha. Leia na íntegra.

ANITTA, ELIANA E PAOLA OLIVEIRA N´A HORA DA VENENOSA


A estratégia sensual de Anitta para divulgar novo clipe e a carreira internacional da cantora são alguns dos assuntos abordados por Silmara Sousa e Tom Ribeiro, A Hora da Venenosa, do Balanço Geral (TV Cabrália/Rede Record). O quadro aborda o mundo dos famosos.

Os apresentadores também comentam a batalha jurídica da jornalista Fabíola Reipert e a atriz Paola Oliveira, a Major Jeiza, da novela A força do querer (Rede Globo). Tom e Silmara ainda falam do drama da apresentadora Eliana, do SBT. A Hora da Venenosa vai ao ar todas as segundas, às 13h, no Balanço Geral.

SEMINÁRIO DA ACI REÚNE FERAS DO MARKETING DIGITAL NO SUL DA BAHIA

Bruno Perin é um dos palestrantes do seminário deste ano.

Bruno Perin é um dos palestrantes do seminário deste ano.

Pensar estrategicamente a aplicação das novas mídias digitais é o foco do 24º Seminário de Marketing da Bahia, que será realizado nos próximos dias 10 e 11 de novembro, no auditório do Clube Cidadelle, ao lado do Atacadão, na BR 415, da Rodovia Ilhéus-Itabuna. Na programação, nomes de destaque no universo digital, como Patrick Passos, Mayte Carvalho, Victor Lymberopoulos e Bruno Perin já estão confirmados.

O seminário aborda uma tendência cada vez mais crescente, a de micro e pequenas empresas utilizarem as ferramentas digitais de impulsionamento dos seus negócios além dos limites físicos. A operacionalidade do uso das mídias digitais ainda é o grande X da questão para muitos empresários, que têm interesse em investir, mas não sabem como.

O segredo do Marketing Digital, segundo o gestor da IPsoft de Ilhéus, Danilo Abreu,  é conseguir medir as métricas da estratégia implantada e analisar diariamente o comportamento do consumidor, que muda constantemente. “É preciso analisar a concorrência e estabelecer critérios para a escolha de uma ferramenta digital”, avaliou.

No primeiro dia do evento, o jovem Patrick Passos apresentará o tema Permission Marketing – Como fazer seu cliente amar sua campanha”. Ele é um empreendedor digital, neurocurioso e desenvolveu sua paixão por empreender ao criar a Agência Up Web Digital.

O segundo dia do evento terá início com a presença de Victor Lymberopoulos, publicitário, empreendedor digital, palestrante e consultor. Lymberopoulos abordará o tema Gestão de conteúdo nas mídias sociais. O profissional é fundador do Mídia Publicitária, Publicidade e Propaganda de Depressão, da escola Geek Cursos e do projeto GMS Brasil.

VENCEDORA D´O APRENDIZ

Ainda está confirmada para o evento, Maytê Carvalho, vencedora de O Aprendiz – Especial e finalista de Aprendiz, O Retorno, comandado pelo publicitário Roberto Justus, na Record. Ela participou do projeto Propaganda e Marketing pela ESPM. É correspondente brasileira do The Future Laboratory, de Londres, empresa especializada em inovação e marketing e Coautora do livro Dicas de Mulheres Inspiradoras.

Um dos jovens mais influentes no fomento do Empreendedorismo de Alto Impacto (Startups) do Brasil, Bruno Perin completa a grade de programação do Seminário. Ele é empreendedor, consultor, palestrante, autor do livro – A Revolução das Startups e integrante do grupo dos 200 maiores talentos brasileiros pelo Virtvs (comunidade de empreendedores incríveis). O evento será promovido pela Associação Comercial e Empresarial de Itabuna (ACI), em parceria com o Sebrae.

As inscrições no evento podem ser feitas pelo site www.marketingdabahia.com.br e informações podem ser obtidas pelo telefone (73) 3613-1171. Mais dados do evento também podem ser conferidos no Facebook e no Instagram.

“IRMÃO” DE REPÓRTER DA CABRÁLIA É SUCESSO NA TV E REDES SOCIAIS

Carlos Barbosa e o "irmão" desconhecido, o Hulk Magrelo, do Legendários (Reprodução Pimenta).

Carlos Barbosa e o “irmão” desconhecido, o Hulk Magrelo, do Legendários (Reprodução Pimenta).

A produção do Balanço Geral (TV Cabrália) descobriu um irmão distante – e pequeno – do repórter Carlos Barbosa. O “Hulk Magrelo”, do Programa Legendários (Rede Record), está fazendo sucesso nas redes sociais…

JOSÉ DO EGITO E A TELEXFREE

Esta é mais uma das sacadas do designer Lucas França que está fazendo sucesso nas redes sociais.
1044460_399109796866450_1981593661_n

A RECORD NA BAHIA

Situação inusitada a da Rede Record. A emissora pode ser assistida pelos sul-baianos por duas afiliadas: TV Itapoan e Cabrália, respectivamente, canais 5 e 7 em Itabuna. A TV Cabrália (Itabuna) voltou a transmitir o sinal da Record desde a última quinta (4), aproximadamente dez depois.

O mercado publicitário local tem acompanhado a situação com particular interesse. As mudanças preservaram 1h15min de programação local da TV Cabrália – com o Balanço Geral sul-baiano, mas o mesmo sinal retransmitido por duas afiliadas acaba por prejudicar a afiliada itabunense, na avaliação de publicitários.

CABRÁLIA TRANSMITIRÁ SINAL DA RECORD

Tom Ribeiro promete mesmo estilo do Alerta no Balanço Geral.

Tom Ribeiro promete mesmo estilo do Alerta no Balanço Geral.

A TV Cabrália muda a sua programação a partir desta quinta (4) com a transmissão do sinal da TV Record e quando passa a fazer parte da TV Record Bahia. A mudança vai alterar a programação da emissora instalada em Itabuna.

Saiu de cena, ontem (3), o Alerta Total, que dá lugar agora ao Balanço Geral Sul da Bahia, das 12h30min às 14h. Fenômeno de audiência na TV local, o Alerta chegou ao fim ontem após cinco anos no ar na apresentação de Tom Ribeiro.

Tom disse ao PIMENTA que a edição sul-baiana do Balanço Geral seguirá o mesmo estilo do Alerta. A diferença é que a emissora vai ter sucursais em Vitória da Conquista e no Extremo-Sul.

Para obter o sinal da Record News agora, o telespectador deverá sintonizar no canal 10 da parabólica. O canal de notícias da Rede Record ainda não está disponível nos pacotes dos canais a cabo.

As mudanças e a nova programação serão apresentadas em coquetel, hoje à noite (18h30min), na emissora.

BUSÃO OLÍMPICO DA RECORD EM ITABUNA

"Ônibus Olímpico" faz a festa do esporte por onde passa (Foto Divulgação).

O “Ônibus Olímpico da Record” fará a festa do esporte neste final de semana, na Avenida Aziz Maron (Beira-Rio), em Itabuna. A programação envolverá shows, homenagens a atletas itabunenses e matérias produzidas pela equipe esportiva da Rede Record, geradas a partir do município sede da TV Cabrália/Record News.

As homenagens aos atletas locais começam com desfile do corredor Pedro das Medalhas e da nadadora Maruse Xavier em carro aberto do Corpo de Bombeiros, seguidos pelo Ônibus Olímpico e carreata com atletas de diversas modalidades.

A equipe esportiva da Rede Record fará matérias abordando economia, Jorge Amado e esporte itabunense. Já na tarde do domingo, 16, a partir das 15h, haverá shows com artistas locais, também na Beira-Rio, em frente ao Hotel Tarik, segundo o gerente de jornalismo da TV Cabrália, Tom Ribeiro.

O Ônibus Olímpico é estratégia da Record para promover os Jogos Olímpicos 2012. A rede de tevê emissora detém exclusividade brasileira na transmissão do maior evento esportivo do mundo.

DIRETOR DESMENTE FIM DA RECORD NEWS

Redes terão mesma logo, segundo diretor.

O diretor da Record News TV Cabrália, Marcelo Almeida, tratou como “boato antigo” especulações da imprensa nacional sobre o fechamento do primeiro canal de notícias brasileiro na TV aberta.

Almeida tratou de tranquilizar funcionários da emissora em Itabuna e informou que a Record News entrará em nova fase, com mudança de logo e investimentos na ampliação de sinal na região Nordeste.

Na nova fase, Record News e Record passarão a usar a mesma logomarca. A ideia, disse Marcelo, é estender o sinal para novas cidades e regiões ainda não alcançadas pelo sinal do canal de notícias.

MARCOS SILVA DEIXA TV CABRÁLIA/RECORD NEWS

Marcos Silva assumirá TV Record de Campos (Foto O Trombone).

Mudança na direção executiva da TV Cabrália/Record News em Itabuna. Dentro de aproximadamente dez dias, Marcos Silva deixa a emissora após dois anos e meio de casa. Ele parte para um grande desafio dentro da rede ao assumir a direção da TV Record em Campos (RJ), a cidade do petróleo.

Marcos será substituído por Marcelo Almeida, que ocupava a direção-executiva da Record em Goiás. O novo diretor chega nesta segunda, mas assumirá o cargo no próximo dia 30.

Antes de partir para Campos, Marcos Silva coordenará uma das suas marcas no período em que esteve na TV Cabrália, o Alerta no meio do povo, que tem apresentação de Tom Ribeiro e será realizado no sábado (28) na Beira-Rio, em Itabuna.

“SÓ PAPAI” ESTOURA NO VERÃO NORDESTINO

A banda sulbaiana Trio da Huanna ocupou bom espaço no programa dominical Tudo É Possível, apresentado pela modelo Ana Hickmann na Rede Record. No quadro que tem a participação dos personagens Manguaça, Dani Bolina e Lizi Benites, a música Só Papai é apresentada como hit do verão.

A banda começou tocando estilos como o forró e enveredou pelo arrocha. Confira no vídeo abaixo o destaque obtido pelo Trio da Huanna no programa da Record.
http://www.youtube.com/watch?feature=player_detailpage&v=xQ_H6EiXhYI#t=225s

ITABUNENSE ENTRE OS MELHORES DO “ÍDOLOS”

O itabunense Rafael dos Santos está entre os 31 classificados entre milhares de candidatos de mais uma edição do programa Ídolos, da Rede Record. Ele foi aprovado na fase de audições do reality show em São Paulo e passou após teste duro.

Rafael nasceu em Itabuna, mas está morando em Campos (RJ). Diz que cresceu ouvindo o pai tocar e cantar. Na ficha dele, diz que o pai sempre o apoio no que faz. Ele quase desiste de participar do programa que escolhe talentos musicais ao não puder participar da audição no Rio de Janeiro.

O pai “puxou” Rafael pelo braço e o levou para a etapa paulista. Tudo deu certo e agora o baiano espera estar na lista dos 15 melhores e tentar levar o título. Abaixo, uma das participações de Rafael, fã do bom baiano Caetano Veloso.

UNIVERSO PARALELO

CRONISTA CHORA PELA MULHER QUE “PARTIU”

Ousarme Citoaian

Cada língua tem expressões que a enriquecem, figuras que a embelezam. Rubem Braga, em A borboleta amarela/1950), conta a aflição que passou num hotel de Paris, ao telefonar para uma amiga. Elle est partie (“Ela partiu”), disseram, do outro lado da linha. O cronista foi tomado de funda tristeza: imaginou a amiga morta, ou, no mínimo, vagando por cidades distantes, perdida no nevoeiro de um inverno rigoroso, talvez numa estação da Irlanda ou da Espanha… Meia hora depois o telefone da cabeceira tocou – e era a voz brasileira já dada como perdida. A moça explicou que “partira” para fazer umas compras, já estava de volta. Ressuscitara.

A VOZ MAIS AMADA DE TODAS AS AMADAS

Depõe o sabiá da crônica, como o apelidou Stanislaw Ponte Preta-Sérgio Porto (foto): “Não sei se ela estranhou o calor de minha alegria; talvez nem tenha notado a emoção de minha voz ao responder à sua. Era como se eu ouvisse a voz mais amada de todas as amadas, salva de um naufrágio que parecia sem remédio, em noite escura. Quando no dia seguinte nos encontramos para um almoço banal num bistrô, eu já estava refeito; era o mesmo conhecido de sempre, apenas cordial e de ar meio neutro, e ela era outra vez ela mesma, devolvida à sua realidade banal de pessoa presente, sem o prestígio misterioso da mulher que partira”.

POBRE MORA ONDE JUDAS PERDEU AS BOTAS

Os cursos de inglês (e há um deles em cada esquina) recomendam cuidado ao traduzir a expressão It’s raining cats and dogs, que, nessa língua de barbares, não quer dizer que as nuvens nos estão bombardeando com cães e bichanos, mas que está chovendo muito.  Em português, dir-se-ia que chove a cântaros; em “brasileiro”, que está caindo um toró. Temos, sim, grande cabedal nessa área. Aqui, procuram-se chifres em cabeça de cavalo, a corrupção dá no meio da canela, a mídia bota a boca no trombone, os pobres moram onde Judas perdeu as botas (mesmo lugar onde o vento faz a curva), pagam o pato e ficam a ver navios.

COM A GLOBALIZAÇÃO, A BOBAGEM CRESCE

A repórter da Rede Record, descrevendo as consequências de um acidente ecológico num rio, afirma: “O cheiro de óleo aqui é bastante forte”. Mas sua coleguinha da Globo, no Telecurso, conseguiu sair-se pior: “O Japão foi bastante arrasado na Segunda Guerra”. No começo, empregar bastante em lugar de muito era só um regionalismo. Hoje, com essa tal de globalização, a bobagem rompeu a fronteira paulista, espalhou-se feito chuchuzeiro de beira de cerca e atravessou mares nunca dantes navegados: os exemplos citados ocorreram em Cascavel/PR e Rio de Janeiro. E o segundo foi numa teleaula, o que lhe dá risco de crescer e multiplicar-se.

A PALMATÓRIA (AINDA BEM) FOI PROIBIDA

Muito e bastante não são sinônimos, salvo na linguagem das ruas (em São Paulo e adjacências). Seus significados principais são bem conhecidos: muito é em grande quantidade, em abundância, excessivo, demasiado; bastante (de sentido mais restrito) é o que basta, suficiente, necessário, na medida certa. A repórter, se não estivesse em moda o horror à simplicidade de estilo, diria: “O cheiro de óleo aqui é muito forte” – e guardaria o bastante para momento oportuno. Quanto a dizer (numa aula!) que o Japão foi bastante arrasado, não há perdão possível: é erro grosseiro que, aplicada a lei do professor Chalupp, seria punível com bolos de palmatória.

A REGRA: “COMPLICAR SE FOR POSSÍVEL”

O verbo arrasar é parecido com o verbo engravidar, se me entendem. Assim como as mulheres não ficam “bastante grávidas”, um país (o Japão, no caso) não tem como ficar “bastante arrasado”, a não ser na cabeça oca de certos profissionais. Nos dois casos, curiosamente, deve-se dar folga, igualmente, a muito e bastante: mulher “muito grávida” seria uma estupidez semelhante à mencionada. Resumindo, o Japão foi arrasado (assim, sem qualquer penduricalho), enquanto a mulher da nossa hipótese ficou grávida (embora possa também ficar arrasada com tal ocorrência). A regra nas redações parece ser “complicar, sempre que possível”.

UM PROFESSOR QUE DISPENSAVA PICILONES

Se o folclórico professor de Direito alguma vez maltratou seus alunos (sempre com um dichote na ponta da língua), a mídia regional o maltratou muito mais: chamou-o de Acioly, Aciolly, Accioly, Acciolly e, em menor grau, Acioli. Repórteres precisam, diante de nomes fora do comun, ter comportamento diferente dos maus policiais: antes de bater, perguntar. Certa vez, por imposição profissional, inquiri o citado professor sobre como grafar seu nome.  A resposta veio em jeito irritado-gozador-didático, marca Acioli da Cruz Moreira: “Meu nome não tem consoante dobrada nem picilone”. Picilone? Sim, picilone.

O PICILONE É ESNOBADO PELOS DICIONÁRIOS

O picilone é uma espécie de filho bastardo da língua portuguesa: existe, mas os filólogos lhe fecham os olhos, viram a cara e arrebitam o nariz. Está na rua e em registros de obras artísticas, mas os dicionários não o aceitam. É palavra de indisfarçável sabor brasileiro, contra o ípsilon, que tem gosto de coisa importada. O picilone não está no Aurélio, nem no Michaelis, não tem assento no Priberam (português), nem, suponho, no Houaiss. Zé Dantas, em ABC do Sertão/1953 (com Luiz Gonzaga), diz que “até o ípsilon,/lá é picilone” e, ao “ensinar” o alfabeto lista: “… tê, u,vê, xis, picilone e zê”.

NOEL EMPREGOU A LETRA COM DOIS SENTIDOS

Houve em 1931 um Acordo Ortográfico que “cassou” as letras K, W e Y (agora reintegradas). Noel Rosa se valeu da oportunidade e fez Picilone (para a menina Yvone, irmã de um amigo), quando empregou dois sentidos da palavra: como gíria e como letra do alfabeto. “Yvone, Yvone/eu ando roxo/pra te dizer um picilone”, canta o Poeta da Vila, e, em seguida, diz o picilone: “Já reparei outro dia/que o teu nome, ó Yvone,/na nova ortografia,/já perdeu o picilone”. O coco Sebastiana, de Rosil Cavalcanti/1953, fala de uma comadre Sebastiana que foi convidada para dançar e xaxar lá na Paraíba, e deu o que falar.

DESVAIRADA, SEBASTIANA GRITA: PICILONE!

Essa respeitável senhora “veio com uma dança diferente e pulava que só uma guariba” (espécie de macaco bugio, barbado e barulhento).  Pois saibam todos que essa surpreendente comadre Sebastiana, desvairada no meio do salão, gritava (por motivações incertas e não sabidas, mas com o testemunho insuspeito do grande Jackson do Pandeiro) “a, e, i, o, u… picilone!”. A comadre Sebastiana era, já se vê, atrevida, pois meteu um picilone entre as vogais, sem pedir licença aos linguistas. Rastreado em Ilhéus (1996), Pernambuco (1953), Rio (1931) e Paraíba (1953), por que o picilone não está nos dicionários?

A “ARITMÉTICA” DE JACKSON DO PANDEIRO

É clicar e ver o Rei do Ritmo, um cantor que divide as frases com maestria, uma espécie de professor da matéria: o paraibano Jackson do Pandeiro (1919-1982), mostrando o picilone da comadre Sebastiana (o picilone de Zé Dantas está num clipe especial desta coluna – reveja aqui).



(O.C)

“SE LIGA BOCÃO” É VICE EM RANKING NACIONAL DA BAIXARIA NA TV

O programa Se Liga Bocão, da TV Itapoan/Rede Record, ficou na vice-liderança do ranking nacional da Baixaria na televisão, perdendo apenas para o Pânico na TV, da RedeTV.

O ranking é elaborado de acordo com o número reclamações que os telespectadores brasileiros fazem no site www.eticanatv.org.br ou pelo Disque Câmara (0800 619 619).

Este foi o 18º Ranking da Baixaria na TV. Além dos dois programas, também figuram no ranking o Brasil Urgente (Bandeirantes), A Fazenda (Rede Record) e Chumbo Grosso (TV Goiânia).

De acordo com o movimento “Quem financia a baixaria é contra a Cidadania”, as denúncias contra os programas versam, principalmente, sobre conteúdo com forte apelo sexual, incitação à violência, apologia ao crime, desrespeito aos valores éticos da família e preconceito.

GEISY ARRUDA, UNIBAN E A CAPA DA SEXY

Geisy: da Uniban para a Sexy.

A universitária Geisy Arruda se tornou assunto nacional em fins de outubro e início de novembro do ano passado quando exibiu as pernas e generosos decotes tanto na universidade onde estudava, a Uniban, como nas telinhas e em jornais e revistas.

De lá para cá, a lourinha participou do reality A Fazenda, da Rede Record. Agora, aparece como veio ao mundo, nas páginas da edição de novembro da revista masculina Sexy. Algumas das fotos foram divulgadas para despertar apetites e instintos.

Em evidência, a microssaia rosa, as curvas da loura. A edição com Geisy comemora a maioridade da Sexy. E chega às bancas em 8 de novembro. O valor embolsado pela Loura da Uniban não foi divulgado.

DEBATE NA RECORD

Os quatro principais candidatos à Presidência da República debatem, neste momento, na TV Record (TV Itapoan). Dilma Rousseff, Marina Silva, José Serra e Plínio de Arruda Sampaio participam de confronto com previsão para durar duas horas.

Acompanhe do twitter do Pimenta (@seupimenta).






WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia