WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia




alba



bahiagas





novembro 2019
D S T Q Q S S
« out    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

editorias






:: ‘Ricardo Kauark’

MÉDICO SERÁ SEPULTADO AMANHÃ

O corpo do médico cirurgião Ricardo Kauark já está sendo velado no plenário da Câmara de Vereadores, na avenida Beira-Rio. O médico faleceu nesta manhã (7) no Hospital Calixto Midlej Filho. Ele estava internado desde a última sexta, quando sofreu AVC. O horário do enterro foi alterado e ocorrerá amanhã, 8, às 9h, no cemitério Campo Santo, em Itabuna.

Amigos como o músico Charles William preparam homenagens para o médico. Segundo afirmou ao PIMENTA, um CD com músicas cantadas por Ricardo Kauark será distribuído aos mais próximos. O CD estava sendo gravado no Studio Brown, em Itabuna. “Ele era ótimo profissional e um grande amigo”, ressalta Charles.

MORRE O MÉDICO RICARDO KAUARK

Kauark: morte após infarto e AVC.

O médico Ricardo Kauark, 58, morreu nesta manhã (7), no Hospital Calixto Midlej Filho, após quatro dias internado vítima de acidente vascular cerebral (AVC). Kauark chegou a ser submetido a uma cirurgia e estava em coma induzido, mas não resistiu.

Kauark já havia sido internado no início de outubro, quando sofreu infarto. O médico tinha 30 anos de profissão e era apontado como um dos principais cirurgiões baianos.

O médico deixa quatro filhos e esposa, a educadora Fabiana Kauark. O profissional trabalhava nos hospitais Calixto Midlej Filho e São Lucas, ambos administrados pela Santa Casa de Misericórdia de Itabuna, e Hospital de Base de Itabuna.

VELÓRIO

O corpo do médico será velado na Câmara de Vereadores. O sepultamento está previsto para as 17h, no cemitério Campo Santo, em Itabuna.

ESTADO DE SAÚDE DE RICARDO KAUARK É CONSIDERADO GRAVE

Do Diário Bahia

Kauark: estado grave.

O médico Ricardo Brandão Kauark sofreu uma AVC (Acidente Vascular Cerebral) e está na CTI do Hospital Calixto Midlej Filho, em Itabuna. Ele foi submetido a uma cirurgia de emergência e ficará por, pelo menos, três dias em coma induzido. Só depois então, segundo os médicos, será possível identificar possíveis sequelas.

Kauark começou a passar mal no final da tarde de sexta-feira, 2, depois de mais de um dia de trabalho no Hospital de Base. Ele já não vinha bem de saúde. Estava em fase de recuperação de um enfarto, sofrido há pouco mais de um mês depois de uma viagem a Vitória da Conquista.

 








WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia