WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


alba










agosto 2019
D S T Q Q S S
« jul    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

editorias






:: ‘Ricardo Xula’

RICARDO XULA ASSUME O PRP DE ITABUNA

Alexandre Marques define Xula como presidente do PRP de Itabuna.

Alexandre Marques define Ricardo Xula como presidente do PRP de Itabuna.

Ricardo Xula é o novo presidente do PRP de Itabuna. A definição ocorreu, na tarde de hoje (17), em Salvador, durante reunião com o dirigente estadual da sigla, Alexandre Marques.

– Xula comandará o PRP na região e vai presidir o diretório de Itabuna – disse Alexandre ao PIMENTA, por telefone.

Para Alexandre Soares, o novo dirigente representa o ideal de juventude e renovação da sigla. “Estamos nos preparando para 2018. Temos presença em mais de 300 municípios, dois prefeitos e mais de 70 vereadores na Bahia”, assinalou em entrevista ao blog.

Xula trabalha na área de saúde e, em 2012, concorreu à Câmara de Vereadores de Itabuna. Não obteve sucesso e deixou o PT logo após o processo eleitoral. Xula sucederá Waldir Catarino no comando do PRP.

XULA SAI DO PT E CRITICA PROJETO FAMILIAR DE GERALDO SIMÕES

Xula critica projeto familiar de GS.

O ex-candidato a vereador Ricardo Xula desfiliou-se do PT disparando críticas ao projeto “familiar” do deputado federal Geraldo Simões. “Não tenho como ficar em um partido em que só uma família domina”.

A carta de desfiliação foi entregue na última sexta, 23, momentos antes do almoço de aniversário de Geraldo. “Fiz questão de entregar a carta naquele momento, pois ele só trabalhou contra mim, contra a minha candidatura [a vereador]”. Só hoje o ex-candidato decidiu falar.

Técnico em radiologia, Ricardo Xula fundou o núcleo do PT no Jardim Primavera, do qual era presidente, e também integrou a diretoria do Sindicato dos Trabalhadores em Saúde de Itabuna e Região (Sintesi). Segundo Xula, cerca de 50 pessoas ligadas a ele deixarão o partido.

Xula diz que a insistência de Geraldo com o projeto familiar resultou em derrota eleitoral “pior do que da outra vez”, numa referência às derrotas petistas em 2008, quando Juçara Simões teve pouco mais de 40 mil votos, e em 2012, quando acabou em terceiro lugar e obtendo 16 mil votos.

O agora ex-petista disse não ter decidido ainda o seu destino político-partidário, mas irá apoiar quem possa “bater de frente com Geraldo Simões” no campo progressista. Xula diz que as perseguições à sua candidatura começaram quando parte do grupo decidiu apoiar a eleição de Vane do Renascer.

Xula não acredita em mudança na direção do PT itabunense no processo eleitoral de 2013. Juçara é a candidata de Geraldo para a presidência do partido. O ex-petista diz que o grupo que retornou ao partido não terá força para enfrentar o grupo geraldista. “Geraldo, oferecendo horrores, filiou três vezes mais pessoas que os outros grupos”.








WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia