WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


alba










agosto 2019
D S T Q Q S S
« jul    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

editorias






:: ‘Roberto Barbosa’

PASSARELA LIGARÁ CENTRO E GÓES CALMON

Ao lado de Chico Reis e Minas Aço, Fernando assina ordem de serviço (Foto Pedro Augusto).

Ao lado de Chico Reis e Minas Aço, Fernando assina ordem de serviço (Foto Pedro Augusto).

A Prefeitura de Itabuna construirá passarela ligando o centro da cidade à Praça Rio Cachoeira (Góes Calmon). A obra custará R$ 1.275.288,00 e será executada pela Minas Aço, segundo o município.

A previsão é de que a passarela seja entregue no aniversário da cidade, no dia 28 de julho. Será construída sobre a Ilha do Jegue.

A ordem de serviço para a execução da obra foi assinada pelo prefeito Fernando Gomes e o proprietário da Minas Aço, Roberto Barbosa, ex-candidato a prefeito e ex-presidente do PP de Itabuna.

O presidente da Câmara de Vereadores de Itabuna, Chico Reis (PSDB), e o líder do Governo no Legislativo, Robinho (PP), além da secretária de Governo, Maria Alice, estiveram no ato de assinatura.

LEÃO INICIA REFORMA NO GOVERNO VANE

Leão, entre Alailson Batista e Roberto Barbosa (foto Facebook)

Leão, entre Alailson Batista e Roberto Barbosa (foto Facebook)

Enquanto o prefeito de Itabuna, Claudevane Leite (PRB), retarda sua reforma administrativa, o vice-governador eleito João Leão (PP) sai na frente e altera o comando da Secretaria Municipal de Indústria, Comércio e Turismo.

Em sua página no Facebook, Leão registra encontro com o presidente do PP de Itabuna, Roberto Barbosa, o empresário Mário Sérgio Barbosa (irmão de Roberto) e Alailson Batista de Jesus, que no governo itabunense vem a ser diretor de Captação de Novos Investimentos.

Ocorre que na postagem de Leão, Alailson é apresentado como secretário de Indústria, Comércio e Turismo, cargo que pelo menos por enquanto é ocupado pelo advogado José Humberto Ramos Martins.

Zé Humberto, como é conhecido, é gente do prefeito de Ilhéus, Jabes Ribeiro, que por sua vez se desentendeu com o presidente do PP de Itabuna. Barbosa exige a exoneração do atual secretário, mas Vane ainda não se decidiu a atendê-lo.

Como se vê, Barbosa perdeu a paciência e recorreu a Leão. E este destituiu o Zé pelo Facebook.

Agora falta apenas saber se Vane curtiu.

Em postagem no Face, Leão nomeia novo secretário do governo Vane

Em postagem no Face, Leão nomeia novo secretário do governo Vane

WENCESLAU DIZ QUE ESCOLHA DE JOSÉ HUMBERTO TEVE PARTICIPAÇÃO DE BARBOSA

O vice-prefeito eleito de Itabuna, Wenceslau Júnior, disse discordar de nota aqui publicada e que aponta certo desprestígio do empresário Roberto Barbosa, do PP, na composição do secretariado do Governo Vane. O cururu disse que a escolha do advogado José Humberto Martins para a Secretaria de Indústria e Comércio foi em comum acordo com o PP estadual e o próprio Barbosa.

“Roberto viu que, para ele, como empresário, seria melhor não compor o secretariado, não fazer parte do governo. Foi uma decisão consensuada”, disse Wenceslau. O vice-prefeito eleito disse, também, que o empresário será das vozes que serão consultadas pelo governo nas decisões. “O diálogo será das marcas deste governo do prefeito Vane [do Renascer]”.

BARBAS DE MOLHO

Os 20 candidatos a vereador do PP em Itabuna que declararam apoio à petista Juçara Feitosa podem sofrer sanções dos diretórios municipal e estadual.

A reprimenda deve ocorrer porque o partido compõe a Frente Partidária em Itabuna, que tem candidato a prefeito, Vane do Renascer (PRB).

Dos 21 nomes que disputam vaga na Câmara de Itabuna pelo partido, apenas Robertinho, filho do empresário Roberto Barbosa, continua apoiando a frente.

FRENTE DEFINE CANDIDATO ATÉ QUINTA. AZEVEDO OFICIALIZA CHAPA NO MESMO DIA

Magalhães anuncia o dia D, de definição.

A frente integrada por cinco partidos da base aliada do governo Wagner definirá candidato a prefeito de Itabuna na próxima quinta, 21, afirmou o comunista e presidente da Bahiagás, Davidson Magalhães, ao Política Livre.

A frente, segundo o também vice-presidente do PCdoB na Bahia, ganhou o apoio do PP e do PPS. Ao site soteropolitano, Davidson afirmou que o Conselho Político do Governo Wagner não estabeleceu consenso em torno da candidatura da petista Juçara Feitosa, o que faz descartar aliança com a “estrelinha”.

Para o comunista, o PT está desgastado em Itabuna e Juçara não seria nome para ganhar a eleição na disputa contra o DEM. O candidato da frente – e o vice – sairá dentre os seguintes nomes: Acácia Pinho (PDT), Vane do Renascer (PRB) e Wenceslau Júnior (PCdoB). Pesquisas auxiliarão na escolha. Vane e Wenceslau são, até agora, os favoritos.

CONVENÇÃO DO DEM

Azevedo terá Renato Costa na vice.

A data escolhida pela Frente Partidária para anunciar o seu candidato é a mesma da convenção do DEM e de outros seis partidos que vão apoiar a reeleição do prefeito Capitão Azevedo. Ele terá como vice o médico Renato Costa (PMDB), ex-deputado que já foi vice-prefeito de Itabuna entre 1989 e 1992. A convenção será na Usemi, em frente à Vila Olímpica.

Segundo anunciou a presidente do DEM, Maria Alice Pereira, o evento contará com a participação dos deputados federais ACM Neto e Lúcio Vieira Lima e dos deputados estaduais Pedro Tavares (PMDB), Augusto Castro (PSDB) e Deraldo Damasceno (PSL). O ato também deve atrair, de acordo com Maria Alice, o presidente nacional do DEM, senador Agripino Maia, e o ex-ministro Geddel Vieira Lima.

TÁ PINTANDO A COLIGAÇÃO ÓLEO DE PEROBA

Entenda aqui

PP VAI CAIR NO COLO DO PT EM ITABUNA

O PT de Itabuna deverá anunciar em breve a entrada de um importante partido na aliança em torno da candidatura de Juçara Feitosa. A aquisição será o Partido Progressista (PP), que sofre forte pressão de um barbudo que mora em Ondina para abdicar do nome do empresário Roberto Barbosa.

Não terá jeito. Embora não desejem oferecer o apoio, os membros locais da legenda se verão obrigados a fazer o gesto de boa vontade, já que fazem parte da base do Governo do Estado e seu pré-candidato não demonstra fôlego para entrar na disputa em condições reais de vencer.

A mesma pressão é feita em outros partidos, como PCdoB e PRB, mas nesse caso as legendas têm, além de pré-candidatos mais competitivos que o do PP, uma forte resistência à ideia de apoiar a candidatura petista. Posicionamento que se acentuou após manobras inábeis e declarações desrespeitosas do deputado federal Geraldo Simões.

Pelo visto, ficará para o PP a tarefa de amenizar o complexo de rejeição do deputado e sua pré-candidata.

Leia mais no Blog Cena Bahiana

SÓ COM GERALDO

Marco Wense

Da base situacionista, o PCdoB tem alguma chance com o PP de Roberto Barbosa se houver uma contrapartida na cidade de Ilhéus, com os comunistas apoiando a candidatura de Jabes Ribeiro ao Palácio do Paranaguá.

O deputado federal Geraldo Simões ainda acredita em uma composição entre petistas e comunistas na sucessão do prefeito Azevedo (DEM).

Geraldo tem motivos de sobra para ficar esperançoso. O tititi entre o PT e o PCdoB, com troca de farpas entre suas lideranças – a mais recente foi entre o parlamentar e Davidson Magalhães –, sempre existiu.

Na última eleição (2008), o ex-vereador Luis Sena foi o indicado para compor a chapa majoritária encabeçada pela petista e ex-primeira dama Juçara Feitosa.

Os comunistas juram por todos os santos que essa sucessão municipal é diferente, já que a opinião de que o PCdoB deve ter candidatura própria é avassaladora entre militantes e simpatizantes.

No PCdoB, no entanto, há também os pragmáticos, os que caminham pela estrada de que o partido só deve ter candidato se o cenário apontar uma possibilidade de vitória.

A viabilidade eleitoral, como condição imprescindível para a disputa do Centro Administrativo, só será alcançada com uma coligação envolvendo legendas da base aliada do governo Wagner e de oposição.

Da base situacionista, o PCdoB tem alguma chance com o PP de Roberto Barbosa se houver uma contrapartida na cidade de Ilhéus, com os comunistas apoiando a candidatura de Jabes Ribeiro ao Palácio do Paranaguá.

Do lado oposicionista, descartando aí o PSDB e, obviamente, o DEM do prefeito Azevedo, só o PMDB presidido pelo médico Renato Costa. Vale lembrar que o peemedebismo tem Leninha Alcântara como pré-candidata.

O trunfo do deputado Geraldo Simões é o governador Jaques Wagner. O parlamentar aposta em uma efetiva participação do chefe do Executivo no processo sucessório.

O problema é que o empenho pessoal de Wagner para que os partidos aliados fiquem com o candidato do PT, principalmente o PCdoB e o PDT, só com uma condição: que o candidato seja Geraldo Simões.

Marco Wense é articulista do Diário Bahia.

SE EMPLACAR…

Coluna “De Rodapés e Achados” (O Trombone):

No final de 2011 ficou definido o apoio de Fernando Gomes a Roberto Minas Aço Barbosa. A destacar a capacidade e o volume de argumentos de Roberto para convencer Fernando, que já afirmou disposição de apoiar até o PT para evitar a reeleição de Azevedo.

Roberto entra na mídia, orientado por FG, para ver se alcança 10% a 12% de intenções de voto até março. Três meses de espera, para quem já o faz há pelo menos seis anos.

Com o risco de enveredar por campanha alheia. Ou correr sozinho.

QUE VENHA 2012!

Cláudio Rodrigues | claudio@formandus.com.br

 

Vamos ouvir as propostas e promessas dos candidatos, suportar o infernal barulho dos carros de som nas ruas do centro e, no primeiro domingo de outubro, escolher aquele que possa tirar Itabuna desse estado de abandono.

 

Estamos às vésperas de mais um novo ano, onde todos fazem um balanço do período que se finda e planejam as realizações do que está pra chegar. O próximo ano é atípico, teremos eleições municipais e logo veremos uma meia dúzia de candidatos a prefeito prometendo o céu e a solução de todos os problemas de nossa cidade, além de uma legião de postulantes a vereador nos dando nome, número e falando de honestidade e ética.

Dos nomes até agora postos no xadrez da política local, temos o atual prefeito Nilton Azevedo, candidato à reeleição, a ex-comerciante, ex-primeira dama e ex-secretária de Desenvolvimento Social Juçara Feitosa, os simpáticos cururus Davidson Magalhães e Wenceslau Junior. Há também os empresários Roberto Barbosa e Ronald Kalid e a professora Acácia Pinho.

Nas últimas três décadas, Itabuna foi administrada por apenas dois grupos, hora o do ex-prefeito Fernando Gomes, hora o do ex-prefeito e deputado federal Geraldo Simões. O atual prefeito Capitão Nilton Azevedo, uma criação de Fernando Gomes, tem uma administração muito mal-avaliada, sua gestão é marcada pela mediocridade, incompetência e denúncias de corrupção. Não há uma rua, travessa, avenida ou caminho da cidade onde o lixo e os buracos não façam parte da paisagem.

O deputado Simões dono do PT, quer a todo custo empurrar goela abaixo a sua esposa como prefeita da cidade. A petista teve como grande mérito administrativo abrir e fechar em pouco tempo uma loja de roupas íntimas num shopping da cidade.

Esses dois grupos têm receitas semelhantes, administram na base do improviso, nunca planejaram a cidade e fizeram sempre seu feijãozinho com arroz. Penso que Itabuna deve arriscar e experimentar um dos novos nomes que estão sendo colocados nessa eleição.

Vejo com bons olhos os postulantes do PC do B, tanto Davidson quanto Wenceslau, desde que ao chegar ao poder não utilizem as práticas do seu partido, que às vezes cometem “malfeitos”, como diz a presidente Dilma. O empresário Roberto Barbosa, que já disputou a prefeitura na última eleição e ficou na terceira colocação, pode levar sua experiência de empresário bem sucedido para a gestão pública.

O empresário e também arquiteto Ronald Kalid comandou a Secretaria de Viação e Obras do ex-prefeito Ubaldo Dantas e, segundo se comenta, foi grande tocador de obras. Conta a seu favor a questão de ser um urbanista, que pode dar nova roupagem à boa e jovem, mas maltratada Itabuna.

Já a professora Acácia Pinho é uma grande interrogação. Na eleição passada foi vice na chapa do candidato fujão Capitão Fábio. Junto com o cabeça de chapa aderiu à candidatura do PT e no dia seguinte pulou do barco, que já tinha água até a metade. Ela tem os conhecimentos acadêmicos e poderia montar uma boa equipe técnica, mas como foi muito vacilante no último pleito, fica a dúvida.

Que venha 2012! Vamos ouvir as propostas e promessas dos candidatos, suportar o infernal barulho dos carros de som nas ruas do centro e, no primeiro domingo de outubro, escolher aquele que possa tirar Itabuna desse estado de abandono.

Vamos ouvir as propostas e promessas dos candidatos, suportar o infernal barulho dos carros de som nas ruas do centro e, no primeiro domingo de outubro, escolher aquele que possa tirar Itabuna desse estado de abandono.

Cláudio Rodrigues é empresário do ramo de formaturas e eventos.

ANUNCIAÇÕES

Da coluna Política, Gente, Poder (Diário Bahia):

ROBERTO BARBOSA, prefeiturável, tem declardo em reservados ambientes, em círculos públicos. Textualmente: “estou procurando, buscando uma articulação, promover alianças para ter o apoio de Geraldo Simões, Fernando Gomes, Ubaldo Dantas”. Roberto Barbosa está com febre acima de 40 graus, está delirando, está suando no cobertor, na cama. Precisa usar remédios.

ROBERTO, SUCESSÃO E O PP

Marco Wense

O PP de Itabuna caminha para os braços de Geraldo Simões.

O empresário Roberto Barbosa, mais conhecido como Roberto Minas Aço, sabe que não será candidato a prefeito de Itabuna pelo Partido Progressista (PP).

O comando estadual da legenda, tendo a frente o ministro das Cidades, Mário Negromonte, já sinalizou que o PP não disputará o cobiçado Centro Administrativo Firmino Alves.

Na sua última visita a Itabuna, o ministro deu evidentes sinais de que a prioridade do partido no sul da Bahia é Jabes Ribeiro, candidatísssimo a prefeito da irmã e vizinha cidade de Ilhéus.

O retorno do jabismo ao Palácio do Paranaguá é fundamental para as futuras pretensões políticas do ministro Negromonte. Jabes Ribeiro ocupa a primeira posição nas pesquisas de intenção de voto.

O PP, acertadamente, quer evitar um atrito desnecessário com o PT de Itabuna, já que o “prefeiturável” Roberto Minas Aço não tem nenhuma chance de sair vitorioso na sucessão do prefeito Azevedo (DEM).

De olho no Palácio de Ondina, Negromonte não quer ser comparado com Geddel Vieira Lima, que depois de virar ministro da Integração Nacional do então presidente Lula, com o aval do governador Jaques Wagner, rompeu com o petista.

É bom ressaltar que a ida de Negromonte para a titularidade do ministério das Cidades foi uma indicação do PP nacional. Não teve participação direta do governador Wagner.

O PP de Itabuna caminha para apoiar o candidato do PT, que pode ser Geraldo Simões ou a ex-primeira dama Juçara Feitosa. O empresário Roberto Minas Aço seria o candidato a vice-prefeito na chapa do Partido dos Trabalhadores.

Nos bastidores, já há um movimento, ainda tímido, de uma negociação envolvendo o PT de Ilhéus, que apoiaria Jabes como contrapartida ao apoio do PP em Itabuna.

Uma coisa é certa: o ministro Mário Negromonte é o candidato do PP na sucessão estadual de 2014.

FÉLIX E O PDT

Não existe nenhum interesse do deputado federal Félix Mendonça Júnior pelo PDT de Itabuna. É o que se deduz diante da falta de motivação do parlamentar com a legenda Brizolista.

Pobre PDT de Itabuna. O partido não faz reunião, não tem sede, telefone, cadeira, mesa, copo descartável, papel higiênico, não tem nada. Não se faz mais PDT como antigamente.

É triste. Muito triste. Viva o PDT de Brizola, Darcy Ribeiro, Dagoberto Brandão, Hélio Pitanga, Nozô. Viva o PDT histórico e todos os seus bravos, coerentes e apaixonados militantes.

Marco Wense é articulista da Contudo.

DORMINDO COM O INIMIGO

A articulação para levar o empresário Roberto Barbosa à presidência do PP em Itabuna ainda poderá dar muita dor de cabeça ao prefeito deste município. Mesmo com o irmão de Azevedo integrando a comissão provisória da legenda, Barbosa não deixou, logo na posse, de tecer duras críticas ao governo.

Todos sabem que o empresário sonha com a Prefeitura e tem projeto para curto prazo. Ou seja, 2012!

“MINAS AÇO” ASSUME O PP ITABUNENSE

O empresário Roberto Barbosa “Minas Aço” assumirá a presidência do diretório itabunense do Partido Progressista (PP), em solenidade marcada para as 17h desta sexta-feira, 23.

A posse será no Tarik Plaza Hotel, na Beira-Rio, e contará com a presença do presidente do PP baiano, o deputado federal Mário Negromonte. Barbosa foi candidato a prefeito de Itabuna em 2008.

Está de olho em 2012.








WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia