WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


alba



policlinica





outubro 2019
D S T Q Q S S
« set    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

editorias






:: ‘Roberto Muniz’

LEÃO DESCARTA ASSUMIR MINISTÉRIO DA SAÚDE; ROBERTO MUNIZ É O INDICADO DO PP

João Leão diz que não tem interesse de deixar a chapa de Rui || Foto Pimenta

O vice-governador João Leão descartou que vá assumir o Ministério da Saúde em abril, quando o titular, Ricardo Barros, deixara o cargo para disputar reeleição a deputado federal. Segundo Leão, o posto deverá ser ocupado pelo senador baiano Roberto Muniz, conforme indicação dos deputados do partido.

Ainda em entrevista ao PIMENTA, o vice-governador João Leão classificou como “fofoca” os rumores de que o PP poderá apoiar a candidatura de ACM Neto a governador da Bahia, isso como parte do acordo para assumir o Ministério da Saúde.

“Não existe isso. O que existe é fofoca”, disse, nesta sexta (19), durante visita às obras de construção da ponte que ligará o centro à zona sul de Ilhéus. Leão estava ao lado do governador Rui Costa. “Não tenho interesse nenhum em sair da [vaga de] vice”.

PIMENTA – O PP continuará com Rui?

JOÃO LEÃO – (Risos) Eu estou fazendo o que aqui? Você quer prova mais concreta. Eu ao lado do governador, tirando uma foto. Não tenho interesse nenhum em sair da vice…

E na família?

Não tem nada.

Mas o que se diz é que Cacá, seu filho, está mais para fechar com ACM Neto…

Não existe isso. O que existe é fofoca. Cacá Leão não está hoje aqui porque está representando o partido em uma convenção no Piauí. Foi representando a Bahia.

O senhor chegou a receber convite para assumir o Ministério da Saúde?

Companheiros do partido me perguntaram se eu gostaria de ir. Eu disse que não. O partido agora está incentivando Roberto Muniz a ir. Eu sou, graças a Deus, o vice-governador que tem um filho senador e um filho deputado federal. Então, está razoável, não está?

EMPRESA PRIVADA ASSUMIRÁ GESTÃO DO AEROPORTO DE ILHÉUS

Costa assina contrato de delegação no Ministério dos Transportes || Foto Edson Leite

Costa assina contrato de delegação no Ministério dos Transportes || Foto Edson Leite

O governo da Bahia assinou, nesta terça (22), contrato pelo qual assume o Aeroporto Jorge Amado, em Ilhéus, e ganha poderes para repassar a gestão à iniciativa privada. A assinatura ocorreu no Ministério dos Transportes, em Brasília, em evento com o ministro Maurício Quintella, o vice-governador João Leão e o secretário estadual de Infraestrutura, Marcus Cavalcanti.

– Aquela região sonha com um novo aeroporto. É o Estado assumindo este equipamento e, em nome do povo da Bahia, agradeço por chegarmos a este consenso – afirmou o governador. Em 2016, o aeroporto de Ilhéus recebeu 550 mil passageiros, segundo a Infraero. Nos primeiros quatro meses deste ano, foram 190 mil.

Após a assinatura do documento nesta terça, o estado já anunciou que fará licitação para empresa de aviação civil assumir a gestão do aeroporto sul-baiano. Segundo o secretário Marcus Cavalcanti, quem vencer a licitação, além de ampliar o terminal, deverá executar obras de recuperação da pista e de tráfego aéreo.

– Nós estamos dando o primeiro passo e estamos tendo condição de fazer um investimento pelo setor privado na melhoria de condição daquele aeroporto para atrair mais voos – enfatizou Cavalcanti. Será o 10º aeroporto sob domínio do estado.

Aeroporto ilheense será gerido por empresa privada || Foto Pimenta

Aeroporto ilheense será gerido por empresa privada || Foto Pimenta

PROJETO DE SENADOR BAIANO PERMITIRÁ AOS BANCOS ABRIR AOS SÁBADOS

Muniz propõe bancos abertos aos sábados || Foto Agência Senado

Muniz propõe bancos abertos aos sábados || Foto Agência Senado

Um senador baiano apresentou projeto de lei que, se aprovado, permitirá aos bancos abrir aos sábados. Roberto Muniz (PP) diz ter se inspirado no sucesso obtido pela Caixa na abertura de agências para o saque do FGTS inativo. Para isso, a ideia é revogar lei da década de 60 e resolução do Conselho Monetário Nacional (CNM).

– Mais de cinquenta anos se passaram e o ordenamento merece atualização para adequação à nova r realidade – muito mais dinâmica e com diretos trabalhistas já mais bem definidos e eficazes”, argumenta, sustentando que a ideia aumentaria a competitividade do setor.

O senador baiano cita países como Estados Unidos, Inglaterra, França e Austrália. Nestes países, as agências funcionam até o meio-dia de sábado. Pela iniciativa de Muniz, cada banco terá liberdade para determinar se abre ou não no final de semana.

Resta saber a opinião dos bancários…

MUNIZ AFIRMA QUE CONTINUARÁ NO GOVERNO

Apesar da revista IstoÉ informar neste final de semana que o secretário-executivo do Ministério das Cidades, Roberto Muniz, estaria de malas prontas para deixar o Governo Dilma e rumaria para a iniciativa privada, o político baiano negou qualquer movimentação nesse sentido. A nota foi repercutida por este blog.

O secretário-executivo disse ao PIMENTA que não deixará o cargo. Permanecerá “exercendo plenamente a função” no governo federal. Além de ocupar o segundo escalão do Ministério das Cidades, Muniz é primeiro-suplente do senador baiano Walter Pinheiro (PT).

ROBERTO MUNIZ DEIXA GOVERNO

A edição online da revista IstoÉ dá como certa a saída de Roberto Muniz do cargo de secretário-executivo do Ministério das Cidades, comandado por Mário Negromonte.

A publicação informa que Antônio Barreto de Oliveira, atual subsecretário de Planejamento e Orçamento do ministério, substituirá Muniz.

Ex-secretário de Agricultura da Bahia, Roberto Muniz é do PP baiano e primeiro-suplente do senador Walter Pinheiro (PT). Deixa o Governo Dilma para ocupar um posto na iniciativa privada.

ROBERTO MUNIZ EM APUROS

Íntegra da nota “Nomeações em xeque”, da Istoé

Os nomes indicados pelo ministro Mário Negromonte para o segundo escalão do Ministério das Cidades ainda não foram publicados no Diário Oficial. A Casa Civil passa um pente fino sobre os nomes, alguns com processos na Justiça e investigados pela Polícia Federal por envolvimento com a máfia dos Sanguessugas. Mesmo assim, desde janeiro, eles já ocupam salas no ministério e circulam pela Esplanada de carro oficial. É o caso de Roberto Muniz, ex-prefeito de Lauro de Freitas (BA) e candidato a secretário-executivo, e Carlos Batinga, indicado pelo PSC para a secretaria de Mobilidade Urbana.

‘PEGADINHA’ COLOCA FERNANDO DE FABINHO NA SEAGRI

Mensagem encaminhada às redações de veículos de comunicação baianos colocava o deputado federal Fernando de Fabinho na Secretaria Estadual de Agricultura (Seagri), em substituição a Roberto Muniz.

O e-mail para envio da ‘notícia’ era parecido com o utilizado pela assessoria de Muniz. Deu pano para manga.

A Seagri emitiu nota pública esclarecendo a ‘pegadinha’ preparada por algum adversário, usando o nome do assessor Josalto Alves. No e-mail falso, a grafia do sobrenome mudava para Alvez.

É a guerra política no ambiente virtual.

PP DISCUTE SUBSTITUTO DE MUNIZ NA SEAGRI

Terminada a folia momesca, a cúpula do PP se reúne para discutir o nome do substituto de Roberto Muniz na Secretaria Estadual de Agricultura (Seagri). Deputado estadual licenciado, Muniz deixa o cargo ao final de março para disputar a reeleição à Assembleia Legislativa baiana.

Definido o nome do substituto, a indicação será encaminhada ao governador Jaques Wagner. O partido também analisará a indicação para o lugar de João Leão, titular da Pasta da Infraestrutura Estadual, que volta à Câmara Federal para disputar a reeleição.

O SILÊNCIO DE MUNIZ

Muniz: silêncio.

Muniz: silêncio.

O secretário estadual de Agricultura, Roberto Muniz, preferiu silenciar-se sobre as críticas sofridas na última quinta, 8 (confira). Os petardos foram desferidos por Moacir Smith Lima, ex-diretor do Instituto Biofábrica de Cacau, órgão que tem orçamento anual estimado em R$ 8 milhões e é responsável pela produção de material genético para a lavoura cacaueira sul-baiana.

Moacir diz que Roberto Muniz boicotou a Biofábrica e que o secretário faz da Seagri um departamento do PP. O Pimenta enviou e-mail à assessoria de comunicação da Seagri, mas não obteve retorno da assessoria. O blog quis saber a opinião de Muniz sobre as acusações graves de Moacir.






WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia