WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
festival chocolate






alba








junho 2019
D S T Q Q S S
« maio    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  

editorias






:: ‘rodovias’

BALANÇO DA PRF MOSTRA REDUÇÃO DE ACIDENTES EM 48%

prfDurante a Operação Carnaval 2016, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) registrou, entre os dias 5 e 9 de fevereiro, 1.429 acidentes, 150 acidentes graves, 1.415 feridos e 94 mortos. A operação foi finalizada à 0h desta quarta-feira, 10. De acordo com a PRF, os números da Operação Carnaval deste ano ainda não foram finalizados e podem ser ampliados até o fim do dia.

Os dados preliminares apontam redução de 48% do número de acidentes nas rodovias federais durante a operação. Em 2015, (de 13 a 17 de fevereiro) foram 2.306 acidentes, 344 acidentes graves, 2.306 feridos e 97 mortos.

No período carnavalesco, policiais rodoviários trabalharam em pontos estratégicos, patrulhando vias e retirando infratores de circulação. Apesar do esforço de fiscalização e dos trabalhos de sensibilização em relação à bebida ao volante, 1.249 condutores foram flagrados dirigindo embriagados; 153 foram presos.

Somente nesses cinco dias, 69.448 veículos foram flagrados com excesso de velocidade. A ultrapassagem proibida também foi alvo de fiscalização. Mais de 6 mil condutores foram multados. (Da Agência Brasil)

FERIADO TRANQUILO NAS RODOVIAS ESTADUAIS

Polícia deu ênfase ao trabalho preventivo, intensificando as abordagens a veículos (foto Assessoria CIPRv/Itabuna)

Polícia deu ênfase ao trabalho preventivo, intensificando as abordagens a veículos (foto Assessoria CIPRv/Itabuna)

A paz prevaleceu neste feriado nas rodovias estaduais que cortam a região. De acordo com balanço da Operação Carnaval, divulgado pela Companhia Independente da Polícia Rodoviária de Itabuna, houve redução em 50% do número de acidentes com vítima fatal e de 63% em ocorrências sem vítimas.

Em números absolutos, foram três acidentes nos quais as vítimas sofreram ferimentos leves e seis em que os ocupantes dos veículos envolvidos saíram ilesos. O único caso com vítima fatal aconteceu no sábado, dia 6, na BA 262, que liga Ilhéus a Uruçuca. Segundo a polícia, a mulher que perdeu a vida não portava documentos e foi identificada como Hélia, por meio de testemunhas. Outras quarto pessoas estavam no mesmo veículo, mas sofreram apenas ferimentos com pouca gravidade.

A estratégia da polícia foi intensificar as abordagens a veículos, coibindo infrações como a não utilização do cinto de segurança. Ao longo da operação, iniciada no dia 4 e encerrada na manhã desta quarta-feira, foram emitidos 153 autos de infração, a maioria de motoristas que estavam sem o cinto. Houve ainda a retenção de 12 veículos e a apreensão de documentos em situação irregular.

A Companhia é responsável pelo policiamento das estradas do Sul, Extremo-Sul e parte do Sudoeste do estado. Para o Major PM Manoilzo Bonfim, que comanda a unidade, o trabalho preventivo surtiu o efeito esperado. “Este é sem dúvida um saldo positivo para nós, pois houve redução do número de acidentes em relação ao ano passado”, destaca.

FALTA DE EQUIPAMENTOS PROVOCA UMA MORTE DE CRIANÇA A CADA 2 DIAS NAS ESTRADAS

Tipos de equipamentos de segurança para bebês e crianças.

Tipos de equipamentos de segurança para bebês e crianças.

No primeiro semestre deste ano, uma criança morreu a cada dois dias nas rodovias federais de todo o país. Os dados são da Polícia Rodoviária Federal (PRF), que atribui parte das mortes à falta de equipamentos de segurança, como bebê conforto, cadeirinha, assento de elevação e o cinto de segurança.

De acordo com o policial rodoviário Diego Brandão, é comum flagrar motoristas trafegando com crianças sem os equipamentos exigidos por lei. Ao serem flagrados em blitz, alguns condutores acham que não há necessidade do uso de equipamentos de segurança para proteger as crianças, outros alegam que ocupa lugar no carro e ainda há os motoristas que não usam por falta de conhecimento, segundo o policial.

– Esses equipamentos são desenvolvidos com base na massa muscular da criança, da dinâmica de projeção em um acidente. Eles fazem com que a criança não saia da proteção do assento, limitando o deslocamento do corpo, e dão a segurança para que ela não seja arremessada para fora do veículo.

O Código de Trânsito determina que crianças com menos de 10 anos de idade devem ser transportadas nos bancos traseiros. Para o transporte de crianças com até um ano de idade, deve ser usado o bebê conforto. Com mais de um e até quatro anos, deve-se usar a cadeirinha. Já o assento de elevação, deve ser usado por crianças entre quatro anos e sete anos e meio de idade.

A multa prevista pelo não uso de equipamentos de segurança é R$ 191,54, além da perda de sete pontos na carteira e da retenção do veículo até que a irregularidade seja sanada.

Para o vendedor Eduardo Reis, pai de duas crianças, de dois e seis anos, o espaço que os equipamentos ocupam no carro não é desculpa para andar sem eles. “A segurança dos meus filhos é o mais importante”, diz.

Desde 2010, quando o uso dos equipamentos como a cadeirinha começou a ser fiscalizado, a PRF já autuou quase 60 mil condutores de motos e carros transportando crianças de forma irregular. Só neste ano, o número já passa de 11,6 mil infrações. Em 2014, foram 12.550 autuações. Informações da Agência Brasil.

BARBOSA: CONCESSÃO NÃO É PRIVATIZAÇÃO

Barbosa diz que concessão não é privatização (Foto José Cruz).

Barbosa diz que concessão não é privatização (Foto José Cruz).

Um  dia após o anuncio da nova etapa do Programa de Investimento em Logística (PIL) do governo federal, o ministro do Planejamento, Nelson Barbosa, negou que concessão seja uma forma disfarçada de privatização. Conforme o ministro, os modelos adotados pelo governo atendem às necessidades concretas e não a “posições ideológicas”.

O programa anunciado pelo governo ontem (9) prevê investimentos de R$ 198,4 bilhões nos próximos anos e concessão de rodovias, ferrovias e aeroportos. “Concessão é usar e depois devolver, privatizar é vender”, disse o ministro.

Durante reunião conjunta das comissões de Infraestrutura e de Meio Ambiente, Defesa do Consumidor e Fiscalização e Controle do Senado, Barbosa disse que o desafio é transformar a demanda que existe em projetos de execução viável. O ministro avaliou que a taxa de investimento no Brasil em relação ao Produto Interno Bruto (PIB) – hoje em 20% – está na média de outros países, mas ponderou que para crescer mais rápido o país precisa elevar o índice, aumentando a competitividade.

O ministro destacou que a prioridade em ferrovias – com investimentos previstos da ordem de R$ 86,4 bilhões – visa a melhorar o escoamento da safra agrícola do Centro-Oeste, com ligações de saída pelo corredor norte. Questionado sobre a falta de recursos do governo, ele reconheceu que o desembolso para os investimentos previstos será grande, mas será escalonado ao longo do tempo.

No caso das rodovias, as novas licitações terão os estudos concluídos até o início de 2016 e devem começar a sair do papel no segundo semestre do ano que vem.

:: LEIA MAIS »

RODOVIAS DO RECÔNCAVO EM PÉSSIMO ESTADO. ADOLESCENTE FATURA TAPANDO BURACOS

C.N. consegue uns trocados tapando buracos (Foto Pimenta).

C.N. consegue uns trocados tapando buracos na BA-242 (Foto Pimenta).

O menor C.N., de 14 anos, estudante da 4ª série, mora na rua da Estação, próximo à BA-242, que liga a BR-101 aos municípios de Conceição do Almeida e São Felipe, no Recôncavo da Bahia.

C., nas horas em que não está na escola, passa o tempo com um pedaço de tábua recolhendo terra para tapar os buracos que infestam a BA-242 e assim conseguir algumas moedas dos motoristas que trafegam por essa estrada.

A péssima situação da BA-242, não é exceção e sim regra em relação às BAs que cortam a região do Recôncavo. Na 026, que leva à cidade histórica de Cachoeira, o motorista tem que ter muita habilidade para não ficar na estrada. Os 10 quilômetros são uma verdadeira aventura para quem deseja conhecer a cidade patrimônio histórico tombado pelo Iphan.

Situação idêntica é a da BA-420, que liga a cidade de São Félix a Maragogipe. São 15 quilômetros de estrada. Se estivesse em boas condições, o trajeto seria cumprido em 20 minutos. Mas, diante da quantidade de buracos da BA-420, leva-se até 40 minutos para ser percorrido.

Além de afetar a vida dos moradores dessas localidades, as péssimas condições dessas rodovias atingem diretamente os criadores de frango que possuem granjas nas cidades de Conceição da Feira, São Gonçalo dos Campos e Cachoeira (distrito de Belém). Os pequenos avicultores também sofrem com a situação das BAs 242, 026 e 420, pois dependem dessas estradas para fazer escoar a produção.

PELO MENOS 2 MORTOS EM ACIDENTE COM ÔNIBUS QUE SEGUIA DE IPIAÚ PARA SÃO PAULO

Veículo transportava 51 passageiros (foto Silvan Alves / silvanalves.com.br)

Veículo transportava 51 passageiros (foto Silvan Alves / silvanalves.com.br)

G1

Um ônibus com 51 passageiros tombou na manhã deste domingo (26) na BR-116 no trecho entre as cidades de Muriaé e Miradouro, na Zona da Mata. De acordo com as primeiras informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF) de Muriaé, o veículo saiu da pista e caiu em um rio. O Corpo de Bombeiros de Muriáe e de Ubá continuam as buscas no local. Segundo informações preliminares da PRF, havia sido encontrado o corpo de uma pessoa e um bebê estaria desaparecido. Mas, de acordo com os bombeiros de Muriáe, foi confirmado que um bebê, de cerca de três meses, do sexo feminino, foi localizado já sem vida, e uma mulher está desaparecida.

Segundo a PRF, o acidente com o ônibus que seguia de Ipiaú (BA) para São Paulo, ocorreu por volta das 6h30 na ponte do Rio Glória, próxima ao km 684 da rodovia. O motorista afirmou que uma das rodas do veículo travou e ele perdeu o controle. O ônibus atravessou a pista e caiu dentro do rio. A ponte tem cerca de dez metros de altura e o veículo destruiu a mureta de proteção.

Leia mais

GOVERNO MUDA LICITAÇÃO DE RODOVIAS

cesar borgesSabrina Craide | Agência Brasil

O governo vai rever a forma de licitar rodovias depois que o leilão da BR-262 não teve interessados. Segundo o ministro dos Transportes, César Borges, as próximas licitações serão feitas com a oferta de apenas um trecho, e não com dois, como previsto anteriormente. “Não faremos mais que um lote em cada edital, serão datas diferenciadas para todos, até para o setor analisar cada uma”, explicou.

A mudança na metodologia não deverá causar atrasos nas licitações, na avaliação do ministro. Isso porque, segundo ele, os prazos entre a publicação do edital e os leilões poderão ser menores. A estimativa do governo é licitar os nove trechos de rodovias do Programa de Investimentos em Logística até o fim do ano. “Pode ser que a BR-116, que os estudos estão sendo complementados, fique para o próximo ano, mas vamos tentar que seja este ano”, disse.

Antes da mudança, o governo estava prevendo fazer cinco licitações: quatro com dois lotes cada e uma separadamente para o trecho da BR-101, na Bahia.

Leia mais

GOVERNO ADIANTA PROCESSO DE CONCESSÃO DA BR 101 NA BAHIA

O trecho da BR 101 na Bahia integra a Fase 3 da 3ª Etapa do Programa de Concessão de Rodovias Federais, que prevê a transferência de estradas para a gestão privada. Até o final deste mês, a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) colhe contribuições para elaborar os estudos de viabilidade técnica e econômica dos projetos.

Os subsídios coletados nesta etapa servirão para a identificação de pontos críticos e construção de propostas de melhoria para as estradas. Essas informações podem ser encaminhadas a partir de um formulário disponível no site da ANTT.

A Fase 3 do Programa de Concessão inclui ainda a BR 262, entre Minas Gerais e Espírito Santo; BR 153, entre Tocantins e Goiás; BR-050, entre Goiás e Minas Gerais; BR 163, em Mato Grosso; BR 163/262/267, em Mato Grosso do Sul; e BR 060/153/262, que passa pelo Distrito Federal, Goiás e Minas.

ACIDENTE COM ÔNIBUS DEIXA DEZ FERIDOS

Uma colisão entre um ônibus da empresa Rota e um carro que transportava gado deixou dez pessoas feridas na noite desta quinta-feira, 25. O acidente aconteceu no trevo que dá acesso à cidade de Santa Cruz da Vitória. Segundo o blog Vermelhinho, o ônibus fazia a linha Itacaré-Vitória da Conquista.

Todos os feridos eram passageiros do ônibus e foram levados para o posto de saúde de Santa Cruz da Vitória e Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães, em Itabuna. O blog informa que alguns dos pacientes não puderam ser atendidos no Base, por falta de vagas, e acabaram sendo transferidos para o Hospital Geral Luiz Viana Filho, em Ilhéus.

RODOVIA INAUGURADA NO EXTREMO-SUL

O governo baiano inaugurou nesta manhã as obras de recuperação da rodovia BA-290, que liga Medeiros Neto a Itanhém, no Extremo-Sul do Estado. Com isso, a Secretaria Estadual da Infraestrutura (Seinfra) calcula já ter recuperado 3 mil quilômetros de estradas na Bahia nos últimos cinco anos.

A inauguração foi realizada pelo governador Jaques Wagner e o vice-governador e titular da Seinfra, Otto Alencar. O trecho ganhou cobertura em asfalto e sinalização, um investimento de R$ 4,4 milhões, numa ação executada pelo Departamento de Infraestrutura de Transportes da Bahia (Derba), vinculado à secretaria.

PAVIMENTADO O ACESSO A SÃO MIGUEL DAS MATAS

Os moradores de São Miguel das Matas, a 224 quilômetros de Salvador, foram beneficiados no sábado, 17, com a entrega da recuperação do trecho da BA-539, que liga o entroncamento da BA-026 ao município. A inauguração contou com a presença do governador Jaques Wagner e do vice-governador e secretário de Infraestrutura, Otto Alencar.

Foram pavimentados nove quilômetros de extensão da rodovia, beneficiando uma população de 26 mil pessoas das cidades de Laje, Varzedo, Mutuípe, Jequiriçá, Ubaíra e Elísio Medrado. O investimento na obra chegou a R$ 2 milhões.

Além da segurança, a estrada agora proporciona melhores condições para o escoamento da produção, baseada na agricultura e pecuária. Otto Alencar afirma que o governo já recuperou 4 mil quilômetros de estradas e no momento mais 2 mil quilômetros estão sendo revitalizados.

CONCESSÃO DA BR-101 PODE ATRASAR

A concessão da BR-101 será por 25 anos.

Poderá sofrer atrasos a assinatura da concessão à iniciativa privada do trecho de 475,9 quilômetros da BR-101, entre o acesso ao município de Mucuri, no Extremo-Sul baiano, e a divisa entre o Espírito Santo e o Rio de Janeiro, cujo leilão aconteceu em 18 de janeiro. O motivo é a demora da indicação do número mínimo de diretores da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) necessário à homologação do procedimento licitatório.

A turbulência política entre partidos da base aliada e o governo fez com que há pouco mais de uma semana o plenário do Senado Federal rejeitasse a recondução de Bernardo Figueiredo ao cargo de diretor-geral da agência, após ser indicado pela presidente Dilma Rousseff para um período de mais quatro anos. Foram 36 votos contrários à recondução, 31 a favor e uma abstenção.

Com a saída de Figueiredo, a ANTT ficou com apenas dois diretores. São necessários três  para que a agência tome decisões como a homologação da concessão da BR-101.

O leilão de concessão da rodovia teve como vencedor o consórcio liderado pela EcoRodovias. Em teleconferência com analistas na manhã desta sexta-feira, 16, o presidente do grupo, Marcelino Rafart de Seras, confirmou que o processo licitatório deve sofrer atrasos. “Enquanto o Senado Federal não aprove mais um nome, esse processo pode atrasar 10 dias, 15 dias, 30 dias”, afirmou.

BAHIA: 42 MORTES NAS RODOVIAS FEDERAIS

Ultrapassagens indevidas estão entre as mais frequentes causas de mortes nas estradas

Balanço parcial da Polícia Rodoviária Federal informa que o número de acidentes nas estradas federais que cortam o Estado chegou a 527 no período de 16 de dezembro até esta segunda-feira, 2. O saldo é de 284 feridos e 42 mortes.

Com relação aos acidentes, houve aumento de 10,71% em relação ao final de 2010 e início de 2011. Houve elevação também no número de feridos (284 contra 268) e ligeira queda nos registros de mortes (46 no ano passado contra 42 este ano).

A Polícia Rodoviária salienta que 90% dos acidentes estavam relacionados à imprudência, com destaque para ultrapassagens indevidas e embriaguez ao volante.

CUIDADO NAS ESTRADAS

A Polícia Rodoviária Estadual inicia nesta quinta-feira, 23, a Operação São João nas estradas. No sul, extremo-sul e sudoeste da Bahia, as blizen serão intensificadas nas cidades de Ilhéus, Itabuna, Itagibá, Ibirataia, Ibicuí, Itororó, Porto Seguro, Itanhém e Medeiros Neto.

De acordo com a PRE, o tráfego nas rodovias estaduais nessa época do ano costuma aumentar cerca de 40%. No ano passado, houve seis acidentes com os ocupantes sofrendo ferimentos leves e 11 em que não houve feridos. A intenção é trabalhar preventivamente para reduzir ainda mais esses números e manter as estradas da região sem registro de ocorrências com vítimas durante os festejos juninos.

A polícia chama atenção para a necessidade de prudência, observando que é preciso cuidado redobrado em trechos como a Serra de Itaiá, que fica 15 quilômetros antes de Ibicuí. Outro trecho perigoso é o da BR415 entre Itapé e Ibicaraí,onde há animais na pista. É nessa área onde se registra o maior número de acidentes.

DUPLICAÇÃO JÁ!

É inegável que uma pista duplicada é muito mais segura, o que em absoluto prescinde de uma fiscalização, hoje inexistente, que puna com rigor os maus motoristas.

Daniel Thame | www.danielthame.blogspot.com

A técnica de enfermagem Cláudia da Silva Borges, de 32 anos, que trabalhava na Santa Casa de Misericórdia de Itabuna, é a mais nova vítima dessa máquina de matar em que se transformaram as rodovias brasileiras.

É, igualmente, vítima de uma rodovia, a Ilhéus-Itabuna, que há muito ultrapassou sua capacidade de absorver um tráfego intenso entre as duas principais cidades sulbaianas.

Cláudia acabara de fazer compras num supermercado às margens da rodovia e voltava para Itabuna de moto, quando colidiu com um caminhão tanque. O impacto do choque foi tão forte que a frente do caminhão ficou danificada.

A técnica de enfermagem morreu antes de receber qualquer tipo de socorro e sua amiga, Maria Cristina Alves, de 32 anos, que viajava como carona na moto, sofreu fraturas no fêmur e na bacia.

A morte de Cláudia, bem como os inúmeros acidentes registrados na Ilhéus-Itabuna durante as festas de Ano Novo, chama a atenção para a necessidade de duplicar a rodovia, uma reivindicação de mais de duas décadas e que só agora deve sair do campo vago das promessas.

É óbvio que não se pode atribuir os inúmeros acidentes da rodovia Ilhéus-Itabuna ao fato de ter uma única pista com mão dupla. Há o inquestionável fator imprudência, que pode ser notado ao longo da rodovia, em ultrapassagens irresponsáveis, excesso de velocidade, etc.

Caminhão-tanque na contramão matou profissional da Saúde (Foto Pimenta).

Mas é inegável que uma pista duplicada é muito mais segura, o que em absoluto prescinde de uma fiscalização, hoje inexistente, que puna com rigor os maus motoristas.

E a duplicação da rodovia Ilhéus-Itabuna se torna ainda mais premente na medida em que nos próximos anos o Sul da Bahia ganhará equipamentos importantes como o Porto Sul, a Ferrovia Oeste-Leste e a Zona de Processamento de Exportação, ampliando consideravelmente o volume de tráfego.

O governador Jaques Wagner já se comprometeu publicamente com a duplicação da rodovia Ilhéus-Itabuna e os recursos para a obra estão disponíveis no Plano de Aceleração do Crescimento.

A seu favor, ressalte-se que Wagner não é do tipo de político que promete o que não pode entregar, nem um vendedor de ilusões.

A duplicação efetivamente sairá.

O que se precisa é que sejam superados os entraves burocráticos, agilizados os processos legais (incluindo o imbróglio ambiental, essa quase paranóia) e que, finalmente, as máquinas comecem a transformar projeto em realidade.

Em nome de tantas vidas que podem ser poupadas, duplicação já!

Daniel Thame é jornalista, blogueiro e autor de Vassoura.

ACIDENTES MATAM 5 PESSOAS EM RODOVIAS SUL-BAIANAS

O final de semana natalino registrou 13 acidentes e cinco mortes nas principais estradas do sul da Bahia, segundo balanços das polícias rodoviárias Federal e Estadual.

Um dos acidentes ocorreu ontem à noite, no trecho Buerarema-São José da Vitória da BR-101. Valterley Ferreira Marque, 30, atropelou um animal, perdeu a direção da moto Honda 125 Fan (JRO-8662) e sofreu ferimentos leves. A carona Rosemeire de Brito Melo, 21, morreu no local.

Rosemeire usava capacete, mas não o afivelou. O casal se deslocava de Buerarema para Jussari. A Polícia Rodoviária Federal ainda registrou outros dois acidentes, sendo um com feridos. Noutro acidente, morreu um vereador de Ubaitaba (relembre aqui).

Foram registrados três óbitos em rodovias estaduais. Luan de Jesus Oliveira e Luis Carlos Reis dos Santos, 18, morreram ao atropelar um animal no trecho Ibicaraí-Floresta Azul da BR-415. Os dois estavam numa moto.

O outro acidente fatal ocorreu na BA-001, próximo ao Batuba Beach, em Olivença, Ilhéus. Cosme Rodrigues Mota,  51, morreu atropelado no sábado, por volta das 21h30min. O motorista que provocou o acidente fugiu sem prestar socorro.

O corpo foi removido do local sem que fosse feita perícia e sem a presença do delegado. O levantamento cadavérico foi efetuado por agentes da Funerária São José, com autorização do delegado plantonista.

A polícia também efetuou diversas apreensões e prisões. Na véspera de natal,  Sérgio Correia da Silva e o menor J.O.F. seguiam de Itabuna para a Ponta da Tulha, em Ilhéus, com 66 papelotes de maconha e 64 reais em espécie.

Os dois foram levados para a delegacia em Ilhéus. A apreensão e a prisão ocorreram na Base do TOR, na rodovia Ilhéus-Itabuna. Informações do repórter Costa Filho, do programa Tribuna Livre, da rádio Jornal.

Atualizado às 13h25min

ARGÔLO SOFRE ACIDENTE

O deputado estadual Luiz Argôlo (PP) sofreu um acidente automobilístico na noite deste sábado (26), entre as cidades de Mata de São João e Dias D’Ávila. A Hilux em que Argôlo viajava colidiu frontalmente com um Prisma, que trafegava pela contramão.

Os dois veículos envolvidos no acidente tiveram perda total, mas não houve vítimas. Com dores no peito, Argôlo foi levado para um hospital, mas para ele tudo não passou de um susto, segundo a sua assessoria. O motorista do deputado sofreu fratura na perna.

CONFUSÃO E PERIGO NA BR-101

Motoristas que trafegam pela BR-101, no trecho entre Itabuna e São José da Vitória, estão enfrentando grande dificuldade.  No local, são realizadas obras de recuperação e em alguns pontos o fluxo de veículos se dá em apenas uma pista, sendo que a empreiteira responsável providenciou a sinalização para orientar os condutores.

O problema está mesmo na pressa, combinada com imprudência e falta de educação de alguns, que estão desrespeitando as placas e invandindo a pista no momento em que o tráfego está liberado para o sentido oposto. Resultado: trânsito interrompido, quando não ocorre de algum motorista ser forçado a desviar o veículo para o acostamento.

Faz-se necessário uma presença mais constante da Polícia Rodoviária Federal nesse trecho da estrada, a fim de coibir os afobados.

OPERAÇÃO CARNAVAL: DOBRA NÚMERO DE ACIDENTES EM ESTRADAS SUL-BAIANAS

Praticamente dobrou o número de acidentes registrados em rodovias estaduais que cortam a região cacaueira. De acordo com as estatísticas da Polícia Rodoviária Estadual, ocorreram 33 acidentes e duas mortes neste carnaval, ante 17 acidentes e uma morte em igual período de 2009.

De acordo com o major Serpa, da Companhia Independente da PRE,as estatísticas são justificadas com o aumento de 100% no volume de veículos transitando nas estradas sul-baianas, principalmente nos acessos ao litoral sul da Bahia. Os dados são referentes ao período de 8h de sexta-feira (12) às 8h desta quarta (17).

Parte desse aumento no fluxo ocorreu após a inauguração da ponte Itacaré-Camamu, em novembro. A polícia leva em conta os dados das rodovias BAs 001, 262 e 263 e na estadualizada BR-415, que liga Ilhéus a Itabuna.








WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia