WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


alba










agosto 2019
D S T Q Q S S
« jul    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

editorias






:: ‘Santa Casa de Itabuna’

MORRE RAIMUNDO SEIXAS, EX-DIRETOR DA COOGRAP E COELBA

O produtor e ex-diretor da Coograp e Coelba Raimundo Seixas com a esposa, Aninha

O corpo do produtor rural e ex-presidente do Rotary Club de Itabuna Antônio Raimundo Pontes Seixas será velado a partir das 9h desta sexta (2), no SAF, em Itabuna. Raimundo Seixas faleceu por volta das 17h de ontem (1º), no Hospital Aliança, em Salvador, aos 81 anos.

Raimundo Seixas também foi diretor regional da Coelba, também foi diretor da extinta Cooperativa de Grapiúna de Agropecuaristas (Coograp) e vice-provedor da Santa Casa de Misericórdia de Itabuna, além de sócio-fundador da Loja Maçônica 28 de Julho.

O produtor rural deixa esposa, Aninha Seixas, e os filhos Antônio Mário, Luiz Gustavo e Neto, além de netos. A morte de Raimundo Seixas foi lamentada em redes sociais por amigos e companheiros de clubes de serviço e de empresas por onde o produtor rural passou.

SEPULTAMENTO

Amigos e familiares prestam as últimas homenagens ao produtor rural e dirigente no SAF e o corpo será enterrado às 16h, no Cemitério Campo Santo, em Itabuna. Atualizado às 10h36min.

GREVE NA SANTA CASA ENTRA NO 2º DIA

Greve mobiliza funcionários em frente na entrada do Calixto Midlej.

Greve mobiliza funcionários em frente na entrada do Calixto Midlej.

A greve por tempo indeterminado dos 1,8 mil funcionários da Santa Casa de Misericórdia de Itabuna entra hoje no segundo dia e compromete atendimento nos hospitais Calixto Midlej Filho, Manoel Novaes e São Lucas. A condição para retornar ao trabalho é o pagamento do 13º salário, mas a provedoria da instituição informou que somente poderá pagá-lo depois de receber repasse do SUS.

O pagamento à Santa Casa pode ocorrer até amanhã, caso o Ministério da Saúde faça o repasse ao Fundo Municipal de Saúde. A Secretaria de Saúde de Itabuna informou ontem que a previsão era que o dinheiro relativo a novembro fosse creditado hoje pelo ministério. Somente após o repasse, a prefeitura poderá pagar a rede prestadora de serviços ao SUS.

O Fundo Nacional de Saúde já havia informado, no entanto que repassará somente 70% do valor devido. Os 30% restantes serão repassados apenas em 5 de janeiro. A provedoria da Santa Casa se comprometeu a quitar o 13º salário assim que forem creditados os 70% do mês passado, valor que hoje corresponde a pouco mais de R$ 3 milhões.

O SALÁRIO CAIU

A provedoria da Santa Casa de Misericórdia de Itabuna pagou nesta sexta (9) o salário de fevereiro dos 1.800 funcionários e eliminou risco de greve. A paralisação estava prometida para hoje e foi suspensa com a promessa da direção da instituição.

O presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Saúde de Itabuna (Sintesi), Raimundo Santana, destacou a grande participação dos funcionários nas assembleias ocorridas no sindicato e nos hospitais.

CARNAVAL SEM SALÁRIO NA SANTA CASA

Funcionários da SCMI ainda não receberam janeiro.

Os mais de 1,8 mil funcionários da Santa Casa de Misericórdia de Itabuna vão passar o carnaval sem ter recebido o salário de janeiro. A instituição está sem crédito bancário e o repasse da Secretaria Estadual de Saúde (Sesab) ainda não “pingou” na conta.

Há pouco, este blog entrou em contato com a direção do Sindicato dos Trabalhadores em Saúde de Itabuna (Sintesi). A informação é de que o pagamento do salário está prometido para ocorrer na próxima semana. “Hoje teremos uma assembleia, às 19h, para tratar deste atraso de pagamento”, afirmou o presidente do Sintesi, Raimundo Santana.

AZEVEDO CRITICA AJUDA TÍMIDA DA SESAB

Capitão Azevedo espera que a Sesab divida melhor o pão.

O prefeito Capitão Azevedo (DEM) considerou “tímido” o aumento de repasse de 33% no volume dos repasses da Secretaria Estadual de Saúde (Sesab) para o Hospital de Base de Itabuna. O repasse saltará de R$ 1,5 milhão para R$ 1,97 milhão/mês.

Apesar da crítica, o democrata considerou um avanço o aumento do valor que vai possibilitar, por exemplo, o pagamento em dia dos funcionários do hospital. Até ontem à noite, o salário de abril ainda não havia sido pago.

Azevedo ainda pediu tratamento semelhante ao dispensado à Santa Casa de Misericórdia de Itabuna, que terá adicional de R$ 7 milhões neste ano para serviços como o de neurocirurgia. E lembra, o Hblem, ao contrário da Santa Casa, é “100% SUS”.

SANTA CASA FAZ 94 ANOS

A Santa Casa de Misericórdia de Itabuna completará nesta sexta, 28, 94 anos de fundação. A programação será aberta com a celebração de uma missa pelo bispo Dom Ceslau Stanula na Capela do Hospital Manoel Novaes, às 8h. Na unidade hospitalar, será inaugurada uma agência transfusional, às 10h.

Os festejos serão encerrados com a entrega da Comenda Monsenhor Moysés ao diretor do Manoel Novaes, Jaime Nascimento, ao empresário Wilson Maron e à Irmã Creuza. A solenidade está prevista para as 19h, no auditório Paulo Bicalho, no Hospital Calixto Midlej Filho.

ACORDO SUSPENDE GREVE NA SANTA CASA

A provedoria da Santa Casa de Misericórdia de Itabuna e os dirigentes do Sindicato dos Trabalhadores em Saúde de Itabuna (Sintesi) fecharam acordo que suspende a greve prevista para a próxima segunda-feira (24).

O provedor da Santa Casa, Renan Moreira, disse que a instituição irá contrair empréstimo na Caixa Econômica Federal, para quitar o salário de dezembro dos 2,2 mil funcionários da instituição.

O pagamento deve sair, no máximo, até o dia 26, segundo o provedor. A Santa Casa mantém três dos principais hospitais de Itabuna: São Lucas, Calixto Midlej Filho e Manoel Novaes.

FUNCIONÁRIOS DA SANTA CASA ANUNCIAM GREVE

Funcionários aprovam greve na Santa Casa de Itabuna.

Os funcionários da Santa Casa de Misericórdia de Itabuna decidiram entrar em greve por tempo indeterminado a partir da próxima segunda-feira, 24, em protesto contra o atraso de salário. A decisão foi tomada em assembleia nesta noite. A greve anunciada atinge os hospitais Calixto Midlej Filho, Manoel Novaes e São Lucas.

A assembleia programada para a sede do Sindicato dos Trabalhadores da Saúde de Itabuna (Sintesi) teve de ocorrer na rua devido à quantidade de funcionários, segundo a direção do sindicato. Cerca de 300 trabalhadores em saúde participaram da assembleia.

– Isso revela que os funcionários não mais aceitam a ditadura na Santa Casa. Os antigos provedores sentavam para dialogar. Agora, eles decidem sozinhos e querem que aceitemos – afirmou ao PIMENTA o presidente do Sintesi, Raimundo Santana, que é funcionário da Santa Casa.

A instituição tem aproximadamente 2,2 mil funcionários e ainda não pagou o salário de dezembro. A provedoria alega que houve atraso no repasse de recursos do SUS por parte da Secretaria Estadual de Saúde (Sesab). A secretaria sempre antecipa o dinheiro à Santa Casa, o que não será possível em janeiro devido à falta de dotação orçamentária. O pagamento estaria programado para o primeiro dia de fevereiro (confira mais aqui).

TRABALHADORES DA SANTA CASA PROTESTAM CONTRA ATRASOS

Os frequentes atrasos de salários nos hospitais da Santa Casa de Misericórdia de Itabuna levaram o Sindicato dos Trabalhadores em Saúde de Itabuna e Região (Sintesi) a denunciar a instituição à Superintendência do Trabalho e Emprego. O sindicato também pretende solicitar a intermediação do Ministério Público do Trabalho, com o objetivo de formalizar um Termo de Ajustamento de Conduta que organize o calendário de pagamentos.

Além dessas medidas, o Sintesi programou uma série de manifestações para esta semana. A primeira será na terça-feira, 11,  a partir das 13 horas, em frente ao Hospital Calixto Midlej Filho. Nos dias 12 e 13, no mesmo horário, haverá protestos, respectivamente, em frente aos hospitais Manoel Novaes e São Lucas.

COMOÇÃO NO VELÓRIO DE FUNCIONÁRIA DA SANTA CASA

(Fotoreprodução Pimenta)

O corpo da técnica em enfermagem Cláudia da Silva Borges está sendo velado em Itapé, onde reside a família. O enterro estava previsto para as 17h30min desta terça-feira (4). Parentes e amigos se despedem da funcionária da Santa Casa de Misericórdia de Itabuna em clima de grande comoção.

Cláudia faleceu ontem, por volta das 19h20min, numa colisão frontal da sua moto e um caminhão-tanque que presta serviços à Ellos. O acidente foi no quilômetro 26 da rodovia Ilhéus-Itabuna, em frente à Churrascaria Los Pampas.

O motorista do caminhão fugiu do local sem prestar socorro. Segundo testemunhas narraram à polícia, ele seria João F. de Souza. O veículo pertence à empresária Jeniffer Pires Assunção Batista.

Confira matéria sobre o acidente:

TRAGÉDIA: FUNCIONÁRIA DA SANTA CASA MORRE EM ACIDENTE

FUNCIONÁRIA DA SANTA CASA MORRE EM ACIDENTE EM FRENTE AO LOS PAMPAS

Cláudia retornava para casa quando sofreu o acidente fatal (Fotoreprodução Pimenta).

A técnica em enfermagem Cláudia da Silva Borges morreu em um acidente por volta das 19h20min desta segunda-feira (3) em frente à churrascaria Los Pampas, no quilômetro 26 da rodovia Ilhéus-Itabuna. Ela pilotava uma moto Honda Bros (JRE-1860) e colidiu frontalmente com um caminhão-tanque (JLE-4171).

Cláudia era funcionária da Santa Casa de Misericórdia de Itabuna e seguia para casa após fazer compras na lojas Makro e Atacadão, a menos de dois quilômetros do acidente. Cláudia teve morte instantânea. A carona, identificada como Márcia Cristina, sofreu fratura na perna esquerda e foi socorrida por uma equipe do Samu 192.

Caminhão, já na contramão, arrastou moto e vítima (Foto Pimenta).

O motorista do caminhão fugiu sem prestar socorro às vítimas. A carona, apesar de sentir muita dor, conseguiu balbuciar o nome de Cláudia e afirmar que a motociclista estava grávida. O corpo da motociclista foi arrastado por mais de vinte metros e ficou debaixo do caminhão.

Devido ao risco de explosão do caminhão-tanque, duas equipes do Corpo de Bombeiros foram acionadas. Com o impacto, parte da gasolina vazou na pista. O trânsito ficou lento por duas horas. A polícia liberou o tráfego parcialmente.

PROTESTO NA SANTA CASA

SCMI ainda não pagou salário de novembro.

Os servidores da Santa Casa de Misericórdia de Itabuna fazem manifestação nesta segunda, às 12h30min, na portaria do Hospital Calixto Midlej Filho. Vão protestar contra o atraso de salário.

Raimundo Santana, do Sindicato dos Servidores da Saúde de Itabuna, afirma que o mês de novembro ainda não “caiu” e o pagamento tem sido feito com atraso, todos os meses. A instituição emprega cerca de 1.800 pessoas.

A direção da Santa Casa promete quitar o salário no dia 17 de dezembro, após repasse a ser feito pela Secretaria Estadual de Saúde.

A explicação para os atrasos é que a provedoria antes usava o “limite” para pagar aos funcionários no início do mês. A operação se tornou inviável e agora o “cascalho” cai somente depois repasse da Sesab, feito a cada dia 15.

“A Sesab está em dia com a instituição. O mesmo não ocorre na relação da Santa Casa com os seus funcionários”, queixa-se Raimundo Santana.

PROTESTO NA SANTA CASA

Os funcionários da Santa Casa de Misericórdia de Itabuna fazem protesto nesta quinta-feira, 16, às 12h30min, contra o atraso de salário. Segundo o coordenador do Sindicato dos Trabalhadores em Saúde de Itabuna (Sintesi), João Evangelista, o setor administrativo da instituição anunciou que o dinheiro só deve sair na próxima semana. A Santa Casa mantém os hospitais Calixto Midlej Filho, Manoel Novaes e São Lucas.

TOMA LÁ, DÁ CÁ

Durante a reunião entre a Sesab e a Santa Casa, o provedor Renan Moreira cobrou o pagamento retroativo dos procedimentos feitos a mais pelo Hospital Manoel Novaes desde o mês de março.

A resposta do superintendente de regulação da Sesab, Andrés Alonso, foi desconcertante:

– Nós estamos aqui para buscar o consenso, mas se é para discutir o que o Novaes fez a mais, vamos discutir também o que os hospitais Calixto Midlej Filho e São Lucas fizeram a menos e mesmo assim receberam os repasses (integralmente).

Apesar dos momentos de tensão, e como diria aquele político-repórter, as partes chagaram a um acordo. O secretário estadual de Saúde, Jorge Solla, que ficou irritado pela proibição da imprensa acompanhar a audiência na provedoria, saiu sorridente e disse que um acordo Santa Casa e Sesab será fechado nos próximos dias em relação ao Hospital Manoel Novaes. Diante das câmeras e repórteres, até brincou com o provedor da Santa Casa, Renan Moreira.

SANTA CASA PROÍBE IMPRENSA DE ACOMPANHAR REUNIÃO; SOLLA REBATE

A Santa Casa de Misericórdia de Itabuna proibiu os veículos de comunicação de fazer entrevistas e acompanhar a reunião da provedoria e prestadores de serviço do SUS com o secretário estadual de Saúde, Jorge Solla. O encontro, tido como audiência pública, começou faz 50 minutos.

Jorge Solla foi contra a determinação da provedoria. “Se é audiência pública, o povo deve acompanhar”, disse. Solla observou que o processo deve “ser transparente” e, deste modo, não entendia porque a Santa Casa não iria abrir a reunião para que a imprensa acompanhasse. A provedoria somente autorizou entrevista para o final do encontro.

O titular da Sesab veio a Itabuna para discutir a situação tanto da Santa Casa como do Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães (Hblem). A Santa Casa alega que a Sesab não remunera devidamente pelos serviços, mas o secretário rebate e afirma que a instituição itabunense tem a melhor financiamento do SUS.

Para barrar a imprensa na audiência pública, a provedoria alegou que desconhecia o encontro de hoje, mesmo tendo sido publicado em diversos veículos desde a segunda-feira, 16. O promotor público Clodoaldo Anunciação é o intermediador do encontro.

INCA PREVÊ MAIS DE MIL NOVOS CASOS DE CÂNCER DO COLO DO ÚTERO NA BAHIA

Centro de Radioterapia da Santa Casa

Segundo previsão do Instituto Nacional do Câncer, a Bahia registrará 10.950 novos casos de câncer neste ano de 2010. Destes, 1.030 serão de câncer do colo do útero.

Este tipo de neoplasia é a segunda mais frequente, ficando atrás apenas do câncer de mama, que corresponde a mais de 10% dos casos.

Para o médico radioterapeuta do Centro de Radioterapia da Santa Casa de Misericórdia de Itabuna, José Bandeira, a maior dificuldade para o tratamento da doença ainda é o baixo índice de detecção precoce.

“Estamos com um número médio de detecções muito abaixo das estimativas do Inca”, lamenta o médico, ao constatar os números relativos à área atendida pela Santa Casa. Segundo ele, grande parte das pacientes chega ao centro de radioterapia para iniciar o tratamento com a doença já em estágio avançado.

“São mulheres que relatam a realização periódica anual do exame preventivo, sempre negativado, mas que chegam para tratamento com a doença instalada há dois ou três anos”, relata Bandeira.

Segundo o médico, a rede de atenção básica do SUS deve ser cobrada pela correta orientação dos pacientes, assim como compartilhar a responsabilidade pela segurança dos resultados dos exames.

EXCLUSIVO: POLÍCIA PRENDE ASSASSINO DE “ELIANE DA SANTA CASA”

Francisco foi preso pelo assassinato de Eliane (no destaque).

A polícia do Maranhão prendeu, hoje, o assassino da ex-funcionária da Santa Casa de Misericórdia de Itabuna, Eliane Oliveira, assassinada no dia 24 de janeiro, no bairro Pontalzinho. Francisco Paulo Lins da Silva foi preso na cidade de Santa Luzia do Tide (MA).

Conforme o agente Célio Júnior, a prisão de Francisco ocorreu depois de receber uma denúncia anônima. Uma pessoa identificou Francisco através de foto publicada aqui no Pimenta na Muqueca.

Neste momento, o delegado regional Moisés Damasceno está em contato com a polícia do Maranhão para providenciar a transferência de Franciso Paulo para Itabuna, onde responde à acusação de ter matado com dois tiros a namorada.

Eliane Oliveira era funcionária da Azaléia, em Itapetinga. Também foi sócia de um serviço de telemensagens e funcionária da Santa Casa de Misericórdia de Itabuna.

De acordo com familiares da vítima, Eliane teria sido assassinada por ter ameaçado contar o passado de Francisco, fugitivo das polícias de Goiás e de São Paulo, estados onde era procurado por crimes como homicídio.

Francisco fugiu logo após cometer o crime, uma tarde de domingo. A polícia não conseguia localizá-lo. O carro usado na fuga foi encontrado dias depois em Felizlândia, Minas Gerais. Caiu nas garras da polícia nesta terça.

NEGLIGÊNCIA MÉDICA LEVA TENSÃO AO HOSPITAL MANOEL NOVAES

São tensos os últimos dias no Hospital Manoel Novaes, em Itabuna, por conta de vários casos de negligência médica. A preocupação da Santa Casa de Misericórdia de Itabuna tende a aumentar. Pelo menos uma das famílias de pacientes vítimas do desprezo médico decidiu acionar, judicialmente, a Santa Casa.

A jovem Carolaine Magalhães Oliveira, de 17 anos, morreu com suspeita de gripe H1N1, no sábado da Semana Santa (relembre aqui). O resultado do exame para averiguar se foi esta doença que provocou o óbito da jovem deve chegar às mãos da família de Carolaine nesta segunda-feira, 12.

A vítima sofreu muito em busca de atendimento digno, que lhe foi negado por três vezes – apesar da mãe, Suzete, observar que o estado da jovem não era típico de uma gripe comum, simples, como afirmavam os “médicos”. Nas idas ao Novaes, médicos recomendavam um ou outro tipo de medicamento e mandavam a vítima para casa.

A jovem estava no sétimo mês de gestação e buscou o Hospital Manoel Novaes por quatro vezes, apresentando sintomas típicos da H1N1 ou de pneumonia, desde falta de ar, febre alta e vômito. A dor da família e da paciente aumentava. Um quarto médico reconheceu o quadro grave e recomendou atendimento no Hospital Calixto Midlej Filho. Lá, a mãe teve dificuldades para que a filha fosse atendida porque “não tinha convênio”.

Foram dias de dor por conta de três médicos que, a julgar pelo caso narrado, pouco têm de humanos. Carolaine viveu por mais um, dois dias. Uma cesariana permitiu que o bebê fosse retirado com vida. A família também teve que lidar com médicos e enfermeiros despreparados para caso de paciente com H1N1.

A essa história de negligência, some ainda o caso de Naila de Oliveira, um bebê de sete meses de idade que também foi vítima do despreparo (ou negligência) de médicos do mesmo hospital (relembre o caso).

A MÉDICA SUMIU – JUNTO COM A ENERGIA ELÉTRICA

Situação sui generis, há pouco, no Hospital Manoel Novaes, em Itabuna. Conforme relatos ouvidos pelo Pimenta, o pronto-socorro da unidade pediátrica ficou por cerca de 40 minutos sem energia elétrica. Os atendimentos foram momentaneamente suspensos por conta da escuridão.

Quando a energia voltou, observou-se que a médica plantonista, como se diz, “deu no pé”. Houve princípio de tumulto e revolta generalizada dos pais de crianças que aguardavam atendimento. E qual o procedimento do hospital? Reforçou a segurança. E nada de médica.

Resumo da ópera: quem pôde, foi buscar atendimento no Cemepi (antigo Ipepi), a quase dois quilômetros dali. E olhe que a noite em Itabuna está chuvosa.

SANTA CASA RESPONDE A VEREADORES E PRESIDENTE DA EMASA

Santa Casa diz que isenção foi aprovada pela Câmara.

A isenção no pagamento da conta de água para os hospitais da Santa Casa de Misericórdia de Itabuna foi questionada por vereadores itabunenses, como Ricardo Bacelar, e pelo presidente da Empresa Municipal de Água e Saneamento (Emasa), Alfredo Melo, numa audiência pública na última terça, 30 (confira a nota aqui).

De acordo com Alfredo Melo, a isenção à Santa Casa custa mais de R$ 1,2 milhão, por ano , aos cofres da Emasa. Por meio de sua assessoria, a Santa Casa contesta os vereadores e o presidente da Emasa, além de leitores do Pimenta.

De acordo com a nota, a Santa Casa negociou dívida de R$ 1.003.800,00 em contas atrasadas, relativas ao fornecimento de água dos hospitais Manoel Novaes e Calixto Midlej Filho. O parcelamento da dívida, segundo a instituição, foi efetuado ao final de 2008.  O parcelamento teve a anuência da Câmara Municipal.

De acordo com o contrato, a Santa Casa ganhou direito à isenção pelo menos no período em que estiver sendo paga a dívida de R$ 1 milhão. A isenção, observa a assessoria de comunicação, não cobre o consumo do Hospital São Lucas, arrendado pela provedoria. Mensalmente, é pago à Emasa R$ 5.800,00 do parcelamento.

“Sobre o caráter filantrópico da Santa Casa de Misericórdia de Itabuna,  como ocorre em outras instituições de  mesma  finalidade , esta é uma  concessão do  Governo  Federal  e  constantemente reavaliada pelos órgãos  competentes . Com distinção, a Santa Casa de Itabuna tem ao  longo  das  últimas  décadas  renovado  seu título de  filantropia, a  partir de critérios técnicos  e amplamente reconhecidos pelo Governo Federal”, diz a nota.

A Santa Casa também repele, em nota, comentários sobre o atendimento a pacientes do SUS. Segundo informa, os atendimentos a conveniados somaram 43.993 em 2008, número que subiu para 89.541 no ano passado, sendo 20.366 internações. “Estes dados contestam a  afirmação que a instituição  não atende ao  SUS,  como  postado nos  comentários em anexo  ao texto”.

Confira a íntegra da nota

ATÉ AGORA…

Em resposta à nota sobre um paciente que espera, há dois meses, fazer uma cirurgia para extrair um tumor na cabeça (relembre aqui), a Santa Casa de Misericórdia de Itabuna prometeu que o tomógrafo do Hospital Calixto Midlej Filho estaria “em pleno funcionamento” na sexta-feira, 5.

Por enquanto, nada…

O repórter Fábio Roberto apurou para o Pimenta que o tubo de imagem do tomógrafo está sendo substituído por um outro importado dos Estados Unidos. O técnico responsável pela substituição chegou a Itabuna nesta segunda-feira.








WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia