WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


alba










agosto 2019
D S T Q Q S S
« jul    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

editorias






:: ‘Santa Casa de Misericórdia de Itabuna’

ITABUNA: PACIENTE BATE O SINO E COMEMORA FIM DO TRATAMENTO CONTRA O CÂNCER

Gildo e a esposa comemoram o fim do tratamento contra o câncer || Foto Karina Lins

Após seis meses de tratamento, o paciente Gildo do Sacramento Cunha pôde bater o sino no setor de Quimioterapia da Santa Casa de Misericórdia de Itabuna. O soar do sino significa o fim do tratamento contra o câncer.

Gildo iniciou o tratamento de colo retal em 8 de janeiro e foi liberado em 16 de julho. Ao lado da esposa, o paciente agradece a toda a equipe no período em que ficou em tratamento.

– A fé em Deus foi muito grande. Fui muito bem recebido e quero agradecer a toda equipe do hospital que me acolheu – disse Gildo, emocionado.

Logo após bater o sino, Gildo recebeu o abraço coletivo de toda a equipe da Quimioterapia. Os profissionais ressaltam que são histórias com a de Gildo que levam a instituição a cumprir a missão de servir, com excelência, a experiência do cuidar.

SANTA CASA DE ITABUNA VIABILIZA 14 DOAÇÕES DE CÓRNEAS EM 2019

Equipe trabalha na captação de doadores em hospitais da Santa Casa

Os hospitais da Santa Casa de Misericórdia de Itabuna registraram 28 doações de córneas desde o início de 2019, segundo a Comissão Intra-Hospitalar de Doação de Órgãos e Tecidos para Transplante (CIHDOTT) da instituição. Os números foram divulgados nesta segunda (8) pela Santa Casa.

Foram 14 doadores contabilizados no período. A doação mais recente ocorreu na semana passada, de acordo com a instituição. Só na última semana de junho, oito pessoas foram contempladas. A última doação, ocorrida na primeira semana deste mês, veio de uma família indígena.

A força tarefa, realizada em parceria com a enfermagem e o serviço social da instituição, traz como slogan “Seja luz nos olhos de alguém! Diga SIM!” e integra a campanha “Rumo à Fila Zero”. O objetivo é zerar a fila de doação de córneas no estado da Bahia, por meio de ações e atividades educativas.

Patrícia Betyar, enfermeira da Comissão de transplantes da Santa Casa, explica que a equipe de enfermagem e o serviço social buscam sempre sinalizar e informar sobre a doação. “É um trabalho constante de conscientização da importância da doação de órgãos e tecidos para transplante por parte da nossa equipe”, diz.

SANTA CASA DE ITABUNA RECEBE R$ 1 MILHÃO DE EMENDA DO DEPUTADO VALMIR ASSUNÇÃO

Valmir Assunção (PT-BA) garante R$ 1 milhão em emenda para a Santa Casa

A Santa Casa de Misericórdia de Itabuna recebeu R$ 1 milhão por meio de emenda parlamentar do deputado federal Valmir Assunção (PT-BA). A informação foi confirmada pelo parlamentar em ofício encaminhado para a prefeitura esta semana. “A emenda é justamente para aprimorar os serviços e auxiliar no desenvolvimento da região”, ressalta Valmir.

O aporte financeiro foi aprovado e, posteriormente, empenhado no dia 28 de dezembro de 2018. Todo o pagamento foi efetuado no dia 19 de junho de 2019. “Nosso mandato tem atuado para levar investimentos que favoreçam a construção de novas políticas para atender o povo sempre melhor. Essa emenda contribui diretamente para a melhoria da qualidade de vida dos munícipes, e colocamo-nos à disposição para dirimir as dúvidas que se fizerem necessárias pela gestão municipal”, salienta o parlamentar em ofício.

Santa Casa de Itabuna recebe R$ 1 milhão de emenda de Valmir || Foto Pimenta

Essa emenda, conforme Valmir Assunção, consta no Orçamento Geral da União de 2018. O petista ratifica sua atuação parlamentar no interior da Bahia e frisa que é preciso mais para que os municípios voltem a ter mais recursos para investimentos em áreas fundamentais do convívio em sociedade. “Seja na saúde, educação, ou infraestrutura, podemos sim ajudar. E temos o papel de buscar, sempre mais, conhecer as demandas das regiões e direcionar ações para supri-las”, completa.

AGRAVAMENTO DA CRISE NA SAÚDE DE ITABUNA

Raimundo Santana

 

 

Os serviços ofertados na UPA foram reduzidos – para diminuir custos – e o Hospital São Lucas e o Cemepi (pediátrico) fecharam, mas esses valores não foram alocados em novos serviços. Ainda assim, com a “sobra” a Secretaria de Saúde de Itabuna não consegue pagar com regularidade os prestadores em funcionamento, apesar de receber rigorosamente do Fundo Nacional de Saúde

 

 

A população de Itabuna, que tem sofrido sucessivas perdas de oferta de serviços de saúde nos últimos tempos, irá se deparar com mais um risco de desassistência. No dia 31 de julho de 2019, encerra-se o contrato de prestação de serviços de saúde entre o Hospital Manoel Novaes (Santa Casa de Misericórdia) e o poder público municipal.

A Santa Casa tem debatido nas suas instâncias internas. Inclusive, apresentou os números do balanço financeiro da instituição no Conselho Municipal de Saúde, em reunião que contou com a presença do Secretário Municipal de Saúde. Durante a reunião, o consenso entre os presentes foi de que a situação da Instituição é preocupante.

O Hospital Manoel Novaes, unidade materno-infantil cujo atendimento é 90% SUS, referenciada na realização de partos de alto risco, está entre as três unidades hospitalares que realizam cirurgias pediátricas no Estado – as outras são Hospital Martagão Gesteira, em Salvador, e Hospital Estadual da Criança, em Feira de Santana. O Manoel Novaes é uma das duas instituições hospitalares que realizam atendimentos em oncologia pediátrica no estado. Nessa especialidade, o hospital itabunense atende a pacientes de mais de 300 municípios do Estado da Bahia.

Na apresentação, a Santa Casa informou um déficit operacional mensal de R$ 1 milhão e 457 mil, que, segundo a mesma, vem sendo debatido com a SESAB e com a Secretaria Municipal de Saúde, sem, contudo, receber dos entes públicos garantias de um encaminhamento que sane tal dificuldade até o momento. O coordenador administrativo da Santa Casa de Itabuna, André Wermann, afirmou que não será possível manter a instituição nesse nível de endividamento contínuo, sob pena de inviabilizá-la.

A politica de saúde em Itabuna precisa passar por um debate importante de financiamento e viabilidade de manutenção dos serviços de saúde em funcionamento, necessariamente envolvendo SESAB e Secretaria Municipal de Saúde. É importante registrar que os valores mensais de repasses da MAC (média e alta complexidade) para Itabuna são insuficientes – cerca de 8 milhões e 400 mil reais.

Por sua vez, os serviços ofertados na UPA foram reduzidos, para reduzir custos, o Hospital São Lucas e o Cemepi (pediátrico) fecharam e esses valores não foram alocados em novos serviços. Ainda assim, com a “sobra” a Secretaria de Saúde de Itabuna não consegue pagar com regularidade os prestadores em funcionamento, apesar de receber rigorosamente em dia do Fundo Nacional de Saúde, por volta do dia 12 de cada mês, o que agrava e muito a situação dos prestadores. Isso é inexplicável.

Se não quisermos passar pela destruição total do sistema de saúde em nosso município, precisamos também de uma atuação contundente do Conselho Municipal de Saúde, do Ministério Público Estadual (MP-BA) e da Vara da Fazenda Pública para que esses abusos de poder praticados pelas autoridades politicas sejam coibidos. Assim, asseguramos a assistência e proteção aos usuários dos serviços de saúde.

Raimundo Santana é dirigente do Sindicato dos Trabalhadores em Saúde de Itabuna e Região (Sintesir).

O QUE EU DESEJO PARA ITABUNA É MAIS SAÚDE!

Eric Junior

 

 

O mutirão, que nasceu da necessidade de aproximar a instituição da população, além de atuar de forma preventiva na saúde, segue mantendo a sua proposta inicial, colaborativa e integradora.

 

Reeleito Provedor da Santa Casa de Misericórdia de Itabuna, maior instituição do interior do Norte e Nordeste do país, posso escrever, hoje, que exerço a minha função não somente por amor à medicina, mas por uma saúde melhor para a minha cidade. Para isto, claro, os desafios foram e são muitos, mas menores que a minha vontade e a vontade de quem está fazendo tudo acontecer junto comigo, principalmente no projeto Santa Casa Nos Bairros, um mutirão de saúde, mensal, realizado em comunidades carentes do nosso município.

Médicos, enfermeiros, técnicos em enfermagem, fisioterapeutas, assistentes sociais e profissionais dos mais diversos setores administrativos doam seu tempo e a sua dedicação, todos os meses, em uma manhã de sábado. Todos voluntários, vale lembrar. Chegamos ao volume de mais de 400 atendimentos médicos (com especialidades como cardiologia, pediatria, ginecologia, geriatria etc) por mutirão, e mais de mil pessoas, aproximadamente, circulando na Feira de Saúde e tendo acesso a testes de glicemia, aferição de pressão e orientações das mais diversas especialidades.

São números expressivos que fazem a diferença e modificam o dia a dia na saúde da população carente de Itabuna, e modificando o dia a dia de todos os envolvidos, nos tornando mais próximos e engajados na certeza de estarmos fazendo a nossa parte por um mundo melhor.

O mutirão, que nasceu da necessidade de aproximar a instituição da população, além de atuar de forma preventiva na saúde, segue mantendo a sua proposta inicial, colaborativa e integradora. Aproveito o aniversário de Itabuna para agradecer a todos que embarcaram neste desafio junto comigo, e desejar à nossa cidade mais saúde. A Santa Casa é nossa, e o projeto Santa Casa nos Bairros é de vocês!

Eric Junior é médico e provedor da Santa Casa de Misericórdia de Itabuna.

SANTA CASA DE ITABUNA VENCE O BENCHMARKING SAÚDE BAHIA

Eric Junior, provedor da Santa Casa de Itabuna

A Santa Casa de Itabuna foi eleita, mais uma vez, a primeira instituição do interior da Bahia no Prêmio Benchmarking Saúde Bahia, considerado o Oscar da saúde no estado. A premiação ocorrerá em Salvador, em outubro.

Mantenedora dos hospitais Calixto Midlej Filho, Manoel Novaes e São Lucas, além do Cemitério Campo Santo, a instituição centenária também aparece, desta vez em segundo lugar, na Categoria Ação Social, com votações realizadas entre profissionais da área de saúde de toda a Bahia.

A Santa Casa de Itabuna tem hoje o provedor mais jovem da sua história, o médico Eric Junior. A gestão do provedor apresenta índice de 95% de aprovação da sua gestão, em avaliação especializada realizada com funcionários em dezembro de 2017.

SANTA CASA DÁ FÉRIAS COLETIVAS A FUNCIONÁRIOS DO SÃO LUCAS, QUE PODE FECHAR EM DEFINITIVO

Mobilização impediu fechamento do São Lucas em 2017, mas agora negociações não avançaram

As negociações entre Secretaria de Saúde de Itabuna e Santa Casa de Misericórdia não avançaram e o risco de demissões de dezenas de trabalhadores é alto caso o Hospital São Lucas feche. A unidade médico-hospitalar é gerida pela Santa Casa. Desde o dia 31 de maio o São Lucas não recebia mais pacientes e os últimos internados já receberam alta.

À espera de uma definição por parte da Secretaria de Saúde de Itabuna, a Santa Casa decidiu dar férias coletivas para dezenas de funcionários que trabalhavam no São Lucas e redistribuir parte deles entre os hospitais Calixto Midlej Filho e Manoel Novaes. Uma reunião estava marcada entre a direção da Santa Casa e o secretário de Saúde de Itabuna, Deivis Guimarães, para a semana passada, mas não ocorreu.

O São Lucas estava operando como retaguarda da Unidade de Pronto-Atendimento (UPA 24 Horas) do Monte Cristo e dispunha de 50 leitos para internações pelo contrato. Antes da crise, em 2017, o São Lucas funcionava com cerca de 170 funcionários. Após o contrato para atuar como unidade de retaguarda, o número de empregados no Hospital foi reduzido para cerca de 100, conforme números do Sindicato dos Trabalhadores em Saúde de Itabuna e Região (Sintesi).

A entidade acompanha todo o processo com preocupação diante dos sinais ainda mais evidentes que dezenas de trabalhadores serão demitidos da Santa Casa por falta de renovação do contrato, segundo o presidente do Sintesi, Raimundo Santana.

Como a Secretaria de Saúde de Itabuna não respondeu, formalmente, à proposta financeira da Santa Casa, o atendimento no São Lucas foi suspenso no dia 31 passado, data em que se encerrou o contrato. Numa entrevista ao PIMENTA, o diretor financeiro da Santa Casa, André Wermann, reclamou da falta de diálogo por parte do secretário para a renovação (relembre aqui), posição que foi confirmada, também, por meio de nota oficial da instituição.

EMENDA ASSEGURA R$ 300 MIL PARA A SANTA CASA DE ITABUNA

Eric Júnior e a vereadora Charliane Sousa, do PTB.

O provedor da Santa Casa de Misericórdia de Itabuna, Eric Júnior, reuniu-se com a vereadora Charliane Sousa (PTB), ontem (14). A instituição promoverá, no Santo Antônio, base da vereadora, o próximo Santa Casa nos Bairros, programado para o dia 9 de junho, no Grupo Escolar Luiz Viana Filho.

Durante o encontro, Charliane confirmou a destinação de R$ 300 mil em emenda para a Santa Casa de Itabuna, por meio do deputado federal Benito Gama (PTB). Segundo ela, o valor apenas aguarda liberação por parte do Ministério da Saúde.

PROGRAMA DE ESTÁGIO DA SANTA CASA DE ITABUNA É ELEITO 2º MELHOR DO PAÍS

Eric Júnior e Eneila recebem premiação do CIEE || Foto Divulgação

A Santa Casa de Misericórdia de Itabuna foi considerada a segunda melhor empresa do país para estagiários no setor privado, segundo avaliação do Centro de Integração Empresa Escola (CIEE). A instituição filantrópica itabunense efetiva 30% dos estagiários, conforme o Centro e recebeu o Prêmio Melhores Programas de Estágio. O provedor da Santa Casa, Eric Júnior, e a coordenadora de Recursos Humanos da instituição, Eneila Cerqueira, receberam a premiação em São Paulo, na quinta (5).

O 2º lugar conquistado pela Santa Casa de Itabuna na Categoria Empresa Privada, acima de 41 estagiários, segundo a Provedoria, se dá em meio a um trabalho de educação continuada, realizado em parceria com diversos setores da instituição, além da participação de instituições dos ensinos técnicos e superiores, por meio dos estágios extracurriculares. A atual fase do Programa de Estágio foi implantado a partir de janeiro de 2017 e, semestralmente, agrega cerca de 40 estagiários extracurriculares.

Programa de Estágio da Santa Casa é considerado segundo melhor do país

Na tarde de ontem (9), os estagiários participaram de uma cerimônia para entrega dos certificados do Programa. A ação, realizada pelo Departamento de Recursos Humanos, no auditório da Santa Casa, contou com a presença de 80 estagiários de diversos setores e seus respectivos coordenadores que fizeram a ação como forma de agradecimento aos estagiários.

“É desafiante, pois trata-se de um programa que aguça os jovens dispostos a desempenharem o seu melhor na busca do crescimento profissional. É muito estimulante ver esses jovens capazes de tomar decisões e desempenhando, com desenvoltura, o seu papel profissional. E também acreditando na nossa gestão”, declarou Eneila.

“Esse Prêmio foi recebido com muito orgulho, pois é fruto da dedicação dos estagiários que acreditam na nossa instituição como campo de aprendizado profissional, mas também resultado da colaboração dos funcionários e coordenadores que acolhem estes estagiários no cotidiano”, declarou Eric Júnior.

SOBRE O PROGRAMA

O cuidado com o Programa de Estágio começa desde o processo de seleção, quando é realizado um levantamento comportamental que consiste em identificar as competências essenciais e as específicas de cada membro. “O trabalho é multidisciplinar. Juntos mapeamos conhecimentos, habilidades, interesses e, principalmente, motivações com o objetivo de trazer melhorias tanto para o aspecto profissional quanto pessoal do nosso estagiário”, explicou Eneila. :: LEIA MAIS »

MORRE O MÉDICO CARLOS MATTEDI

Mattedi com a esposa, Acácia Pinho

O médico endocrinologista Carlos Mattedi faleceu na madrugada desta quarta-feira (16), no Hospital Português, em Salvador, vítima de doença hepática. Mattedi era bastante conhecido em Itabuna e esposo da professora Acácia Pinho, ex-secretária de Administração de Itabuna e ex-candidata a prefeita. O corpo do médico será cremado em Salvador.

Há pouco, a provedoria da Santa Casa de Misericórdia de Itabuna emitiu nota de pesar pela morte do profissional. “Neste momento de dor, a Santa Casa de Itabuna manifesta suas condolências aos familiares. Em especial a sua esposa, professora Acácia Pinho, e à filha do casal.

Capixaba, Mattedi também era membro da irmandade e integrava o corpo clínico da Santa Casa de Itabuna. Também nesta manhã, o médico Rafael Andrade, criador do Mutirão do Diabetes de Itabuna se pronunciou sobre a perda. “Lamentamos a morte de um grande parceiro, que além de profissional exemplar, nos deixa um grande exemplo de solidariedade e voluntariado”, disse Rafael.

PROVEDOR DIZ QUE SITUAÇÃO ERA DE CAOS E CITA NOVA REALIDADE DA SANTA CASA

Eric Junior relata caos encontrado e nova realidade da Santa Casa

O provedor da Santa Casa de Misericórdia de Itabuna, Eric Junior, definiu o primeiro mandato à frente da instituição como período de “mudanças significativas e de amadurecimento na condução dos trabalhos. Eric foi reeleito, no início deste mês, para mais dois anos como provedor da instituição. Ele fez a avaliação do mandato durante encontro da Santa Casa.

Segundo ele, o começo da gestão era preocupante pelo “diagnóstico assustador”. O “raio-x” identificava pendências com a “Receita Federal a ameaças constantes de greve dos funcionários, com salários atrasados e fornecedores insatisfeitos”.

A partir do diagnóstico, a decisão: “Ou íamos para cima, ou fechávamos as portas. Esta segunda nunca foi a minha opção. Montamos um gabinete de crise, tomamos algumas medidas enérgicas, como renegociação das dívidas, e partimos para o ataque”.

Para mudar a situação, afirma o provedor, a Santa Casa buscou e obteve o apoio da sociedade, desde “clubes de serviços a Ministério Público, igreja e outras instituições que se propuseram a nos ajudar”. Segundo ele, “essas ações se refletiram na autoestima dos próprios gestores e colaboradores”. A mudança começou a dar resultados no ano do centenário da instituição.

“A regularização das certidões (INSS, IR e FGTS) foi um marco importante, pois pudemos pleitear emendas parlamentares durante o ano, o que vai desafogar e permitir investimentos em 2018″, diz. “A regularização do salário, a partir de junho, coroou a confiança na gestão, demonstrando que o caminho percorrido foi difícil, mas não em vão”, ressaltou o provedor.

ASSISTÊNCIA AO PACIENTE

Diante do quadro de maior e melhor fluxo de caixa e produtividade, a assistência à saúde também sofreu significativas mudanças, no entendimento de Eric. Ele aponta a implantação de protocolos clínicos (tromboembolismo venoso e infectologia) e de novos serviços, como cirurgia buco-maxilo-facial infantil, a aquisição de uma máquina de laser para a urologia, novo set de laparoscopia, realização de neurocirurgia pelo SUS, por meio de contrato com a Secretaria Estadual de Saúde (Sesab).

Além destes serviços, o provedor acrescenta a retomada do serviço de neuroclínica, a implantação e inauguração da UTI Pediátrica (uma demanda histórica regional), e o retorno dos transplantes, através do CIHDOTT. Além disso, a construção do bunker, que abrigará o segundo acelerador linear, que impacta significativamente no aumento do fluxo da radioterapia.

 

INOVAÇÃO E INAUGURAÇÕES

Desde o começo da gestão, avalia o provedor da Santa Casa, são significativas as mudanças na instituição, começando pala inauguração da Capela do Hospital Calixto Midlej Filho, melhorias no Centro Cirúrgico do Hospital Manoel Novaes, inauguração da Brinquedoteca do Novaes, UTI pediátrica e, por fim, a inauguração do novo Laboratório Interno de Análises Clínicas do Calixto. Neste dezembro, foi entregue ainda o primeiro aplicativo da Santa Casa de Itabuna, com funções informativas para pacientes, e a Biblioteca Comunitária no Calixto, para pacientes, acompanhantes e funcionários.

ACREDITAÇÃO HOSPITALAR

“Vamos prezar pela qualidade nos serviços prestados. Por isso, estamos buscando agregar parceiros, conhecimento técnico e mais projetos”, ressaltou Eric Junior. Mutirão nos bairros, Feira Da Mulher (com serviços exclusivos), modernização da UTI e ajustes nos honorários médicos são alguns dos planos para os próximos doze meses. “Tudo aliado ao projeto de Acreditação Hospitalar, cujo diagnóstico será feito já em janeiro e que proporcionará um avanço técnico e científico almejado por todos os profissionais da Santa Casa de Itabuna. Aos poucos, as coisas foram clareando e hoje temos uma realidade muito distinta da qual encontramos”, ressaltou. :: LEIA MAIS »

PROJETO DE LEITURA ATENDE PACIENTES E ACOMPANHANTES DE HOSPITAL EM ITABUNA

Projeto Ler Faz Bem atende pacientes e acompanhantes do Calixto

Uma pequena biblioteca foi inaugurada,  na tarde desta quinta-feira (21), no Hospital Calixto Midlej Filho, em Itabuna. O Projeto Ler Faz Bem é voltado para pacientes e acompanhantes do hospital e foi idealizado pelo provedor da Santa Casa de Misericórdia de Itabuna, Eric Júnior, contando com o apoio de setores como ouvidoria, serviço social, marketing e hotelaria e do engenheiro Juliano Menezes.

Segundo a  assistente social Adriana Castro, a leitura tem o poder de transformar ambientes e pessoas. “Enquanto lemos, viajamos e esquecemos dos problemas cotidianos. Esse projeto é muito importante para ajudar os nossos pacientes e acompanhantes a ocupar o tempo ocioso de uma maneira prazerosa e enriquecedora”, disse Adriana.

A ouvidora  Rafaella Bomfim, que lida diariamente com situações adversas no hospital, ressaltou a importância de transformar o hospital em um ambiente mais acolhedor. “Todos os dias acompanhamos casos de dor e sofrimento causados por muitas doenças. A leitura vem a ser um alento tanto para aqueles que estão internados quanto para seus acompanhantes, que também precisam desse carinho”, disse Rafaella.  O acervo literário é composto por doações dos colaboradores e da comunidade.

O Ler Faz Bem é o segundo projeto que a Santa Casa de Itabuna lança em dezembro com a finalidade de tornar o  ambiente hospitalar mais aconchegante e humanizado. O primeiro  inaugurado com esta finalidade foi o “Cine Santa Casa”. O cinema, que está funcionando em fase experimental no auditório do Calixto Midlej, fará com que os acompanhantes dos pacientes tenham um momento de entretenimento e diversão.

ERIC JUNIOR É REELEITO PROVEDOR DA SANTA CASA DE ITABUNA

O provedor Eric Junior, reeleito, Sílvio Roberto e João Otávio ao proclamar resultado

O médico cirurgião Eric Ettinger Júnior foi reeleito provedor da Santa Casa de Misericórdia de Itabuna, nesta noite de quarta (6), por unanimidade. O processo de votação foi conduzido pelo médico João Otávio Macedo.

– Agradeço muito a confiança depositada à mim, e gostaria de ressaltar que é uma honra ser provedor da segunda maior empregadora de Itabuna, que atende a mais de 120 municípios pactuados e realiza 620.000 atendimentos por ano. Mas, sem dúvidas, estamos prontos para os próximos cem anos – disse Eric.

Eric Junior é especialista em cirurgia do aparelho digestivo e terapia intensiva e possui MBA Executivo em Saúde pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). É o provedor mais novo da história da Santa Casa. Terá mais dois anos de mandato pela frente.

NÓS ESTAMOS PRONTOS PARA OS PRÓXIMOS CEM ANOS!

Eric Júnior

 

Recentemente, assistindo a uma palestra da gerente regional do Sebrae, Claudiana Figueiredo, uma frase me chamou atenção: “Somos as pessoas que esperamos”. Faço destas as minhas palavras, afirmando que não é preciso aguardar quem mude a nossa realidade, mas sim fazer acontecer.

 

 

Há quase dois anos à frente da Provedoria da Santa Casa de Itabuna, posso dizer, hoje, que os corredores dos hospitais Calixto Midlej Filho, Manoel Novaes e São Lucas deixaram de ser apenas o meu local de trabalho, e se tornaram umas das maiores escolas que já tive na vida. A cada dia, um aprendizado, tanto com pacientes e acompanhantes como com colaboradores. A cada avanço, a cada conquista, a certeza de estarmos no caminho correto. Todos nós, juntos, tentando acertar diariamente.

Em outubro fomos contemplados como a melhor Santa Casa do Interior do Estado na premiação conhecida como o Oscar da Saúde na Bahia, o Benchmarking Saúde. Em uma noite de premiação na capital, representei os 1.800 funcionários e agradeci imensamente pelo reconhecimento à nossa instituição centenária, tão importante para a região pela referência em atendimento e serviços, e por ser a segunda maior empregadora de Itabuna.

Para minha surpresa, este reconhecimento não parou por aí. A Câmara De Vereadores Municipal, na semana seguinte, nos concedeu, pela primeira vez na história de uma instituição com cem anos, Moção de Aplausos (aprovada por unanimidade), numa iniciativa do vereador Júnior Brandão.

Recentemente, assistindo a uma palestra da gerente regional do Sebrae, Claudiana Figueiredo, uma frase me chamou atenção: “Somos as pessoas que esperamos”. Faço destas as minhas palavras, afirmando que não é preciso aguardar quem mude a nossa realidade, mas sim fazer acontecer. E é com este pensamento que encerro o meu agradecimento, inicialmente aos representantes dos demais hospitais da Bahia, que nos concederam o Troféu Ouro; à Câmara Municipal de Itabuna, pela inesquecível Moção de Aplausos; e aos colaboradores da Santa Casa de Itabuna, pela caminhada. Que venham os próximos cem anos!

Eric Júnior é provedor da Santa Casa de Itabuna.








WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia